Artigo

275 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Artigo

  1. 1. Modelo para escrita de artigos em L TEX A Mauro N. Madeira Cursos de Ciˆncia da Computa¸˜o e Sistemas de Informa¸˜o e ca ca Unisul - Palho¸a c 21 de maio de 2005 Resumo Descri¸˜o de um modelo para a utiliza¸˜o do L TEX na escrita de artigos. Este modelo utiliza ca ca A a classe Article sem altera¸˜es. S˜o apresentadas algumas informa¸˜es de como escrever um artigo, co a co levando-se em considera¸˜o a leitura do arquivo fonte .tex como referˆncia. Para a manuten¸˜o e ca e ca apresenta¸˜o das referˆncias bibliogr´ficas ´ utilizado o BiBTeX, empregando o estilo ABNTEX. ca e a e Palavras Chave: L TEX, modelo, artigo. A1 Introdu¸˜o caEste documento ´ o resultado do processamento do arquivo modelo.tex. O formato de p´gina utilizado e a´ A4. O texto est´ disposto na p´gina respeitando os espa¸amentos definidos pelo comando abaixo:e a a csetmarginsrb{2.5cm}{2.5cm}{2.5cm}{2.5cm}{1.5cm}{0mm}{1cm}{0.5cm}Na ordem temos: esquerda, topo, direita, inferior, cabe¸alho e rodap´. c e2 Primeira p´gina aNa primeira p´gina temos os comandos abaixo que formatam a identifica¸˜o do artigo: a ca • T´ ıtulo do artigo: utilizando o comando title, vocˆ pode indicar o t´ e ıtulo do artigo; • O autor ou autores do artigo ´ indicado com o comando author. Inclua, separando as linhas com e , outros itens, como neste exemplo; • Uma data diferente daquela em que o texto foi processado com date{20/05/2005}. Se vocˆ quiser e definir a data do momento do processamento, n˜o inclua o comando. a3 Se¸˜es coComo vocˆ pode notar neste modelo, as se¸˜es e sub-se¸˜es do artigo s˜o indicados com a palavra- e co co achave section, subsection, subsubsection, etc. Como sempre, em fun¸˜o da ordem de apari¸˜o e ca caaninhamento no texto, L TEX sempre se lembra da numera¸˜o correta. A ca 1
  2. 2. 4 Figuras e tabelas4.1 FigurasNo arquivo modelo.tex observa-se como incluir figuras e tabelas no artigo. O t´ ıtulo de uma dada figura(ver Figura 1) deve vir abaixo da mesma e centralizado. Observe como ´ feita a referˆncia da figura no e etexto: ref{figRede} A palavra que serve como referˆncia ` figura, figRede, ´ aquela indicada no corpo e a ede inclus˜o da figura, precedida de label. Como sempre a ordem e numera¸˜o s˜o controlados pelo a ca aprocessador, respeitando a ordem de apari¸˜o no texto. ca Figura 1: Uma figura do artigo (Obs.: As figuras podem ser geradas em .jpg para processar o arquivo com sa´ PDF ou .eps para ıdasa´ PS. Caso o arquivo tenha a extens˜o padr˜o, n˜o ´ preciso indicar no ponto de inclus˜o.) ıda a a a e a4.2 TabelasOs t´ ıtulos das tabelas podem vir acima das mesmas, como mostrado na tabela 1. Tabela 1: Exemplo de tabela U vitA vitC vitD prot lip d1 1 3 4 2 3 d2 1 3 3 3 2 d3 1 3 4 3 1 d4 3 5 2 5 2 d5 4 5 2 5 1 d6 3 5 2 3 4 d7 4 4 1 3 25 Usando Referˆncias eNeste exemplo usamos a ferramenta BiTeX para controlar a formata¸˜o e inclus˜o das referˆncias. O ca a ecomando bibliography{biblio} diz que a lista de obras referenciadas est´ na base de dados pre- asente no arquivo biblio.bib. Este aquivo deve ser gravado com a extens˜o .bib. No topo deste arquivo a(artigo.tex), a linha usepackage[alf]{abntcite} indica a inclus˜o do estilo mantido pelo grupo ABN- aTEX, que apresenta as referˆncias no formato alfanum´rico seguindo o padr˜o ABNT. Esta norma permite e e aainda que seja utilizado o sistema num´rico. Neste caso retire [alf]. Para que dˆ certo, processe seu e etexto uma vez com o comando latex ou pdflatex, uma vez bibtex e mais duas vezes latex ou pdflatex.(Obs.: o primeiro comando gera arquivos .ps e o segundo .pdf). O arquivo biblio.bib possui v´riosa 2
  3. 3. exemplos de tipos de material para referˆncia. Observa¸˜o importante: nunca use processadores de texto e cacomo o MS WORD para editar arquivos .tex e .bie. Para o Windows, use o TexNicCenter, dispon´ ıvelgratuitamente em http://www.toolscenter.org. Alguns exemplos de cita¸˜o: ca • cite{gil} gera: (GIL, 1999) • citeonline{gil} gera: Gil (1999) • citeonline[p´g.45]{gil} gera: a Gil (1999, p´g.45) a • apudonline{dragonas}{gregorio} gera: Dragonas (apud ´ GREGORIO, 2002)Lembre-se de que ´ necess´rio instalar o pacote ABNTEX no seu sistema Latex. Veja a p´gina do projeto: e a ahttp://abntex.codigolivre.org.br/. Caso vocˆ esteja utilizando a distribui¸˜o Miktex (http://www. e camiktex.org) para o Windows, baixe o arquivo .zip, descompacte e arraste o diret´rio texmf para dentro odo seu disco C:, para que ele sobreponha o diret´rio ali existente com o mesmo nome. N˜o deixe de o aatualizar o Miktex para ele incorporar o estilo ABNT. Entre em op¸˜es do Miktex e atualize, apertando coo bot˜o Refresh. Veja Figura 2. a Figura 2: Fazendo o MikTex incorporar novos pacotesReferˆncias eDRAGONAS, T. Greek father’s participation in labour and care of the infant. Scandinavian Journal ofCaring Sciences, v. 6, n. 3, p. 151–159, 1992.GIL, A. C. M´todos e T´cnicas de Pesquisa Social. 5. ed. [S.l.]: Editora Atlas, 1999. e e ´GREGORIO, V. R. P. Cuidando Do Pai Durante O Processo de Nascimento Fundamentado Na TeoriaTranscultural de Leininger/Vit´ria Regina Petter Greg´rio. Disserta¸˜o (Mestrado) — Universidade o o caFederal de Santa Catarina, CCS, 2002. 3

×