SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
Dinâmica política das ondas progressista e
conservadora no século XXI: uma análise
sobre a conjuntura política brasileira
Autores: Ane Caroline Fagundes, Frederico Alves Costa
Financiamento: CNPq / FAPEAL
INTRODUÇÃO
Onda Progressista
Ascensão no fim do século XX e primeira década do século
XXI
● Ascensão ao poder pela via eleitoral;
● Reconhecimento de demandas
marginalizadas;
● Políticas de combate às desigualdades;
● Crítica ao neoliberalismo e articulação
com demandas neoliberais.
Figura 1 - Representantes de governos progressistas
na América Latina nos anos 2000
Fonte: BBC News Brasil, 2022
INTRODUÇÃO
Onda Conservadora
Ascensão na segunda década dos anos 2000
● Ascensão de governos conservadores
por meio de eleição ou da promoção
de golpes;
● Negação de direitos sociais
historicamente conquistados;
● Defesa do Neoliberalismo;
● Privilégio de relações externas com
países do norte global.
Figura 2 - Representantes de governos conservadores na
América Latina nos anos 2010
Fonte: Gazeta do Povo, 2019
INTRODUÇÃO
Brasil
Onda progressista – governos Lula
(2002-2010) e governos Dilma Roussef
(2011-2016)
.
Onda conservadora - Governos Temer
(2016-2018) e Bolsonaro (2019-2022).
Fonte: Fabio Rodrigues Pozzebom/Abr Fonte: Catraca Livre, 2023
OBJETIVO DO TRABALHO
Objetivo geral
Compreender a dinâmica política das “ondas “progressista e “conservadora” no Brasil.
Objetivos específicos
- Compreender a atuação e o posicionamento de atores envolvidos nas disputas políticas no contexto
das ondas progressista e conservadora no Brasil;
- Problematizar a ampliação ou a redução da legitimidade de demandas sociais e de participação de
atores sociais na esfera pública brasileira.
METODOLOGIA
Pesquisa Bibliográfica
● Busca no Portal de Periódicos CAPES;
● Inclusão de artigos que debatem a dinâmica
política da segunda metade do século XX até a
atualidade;
● Cruzamento do descritor-país (Brasil) com os
descritores-eixo;
● Quantitativo dos artigos selecionados: 27.
Tabela 1 – Descritores para busca
sistemática
Fonte: Os Autores, 2023
METODOLOGIA
Pesquisa documental
• Documentos produzidos pelos principais atores políticos identificados na fase da
pesquisa bibliográfica – PT, PMDB, PSDB e PSL;
• Foram coletados documentos como programas de governo e declarações dos
partidos.
METODOLOGIA
Análise do discurso
● Teoria do Discurso proposta por
Ernesto Laclau e por Chantal
Mouffe;
● Discurso, Demanda, Antagonismo,
Hegemonia, Democracia, Consenso
de Centro, Agonismo.
Fonte: Pidal, 2014 Fonte: Barcelona
Metrópoles, 2022
Figura 5 - Ernesto Laclau Figura 6 - Chantal Mouffe
METODOLOGIA
Discurso
● Laclau e Mouffe são autores pós-estruturalistas;
● A realidade é construída discursivamente.
“Por discurso [...] não tenho em mente algo que é essencialmente relativo
às áreas da fala e da escrita, mas quaisquer conjuntos nos quais as
relações desempenham o papel constitutivo” (Laclau, 2013, p. 116).
METODOLOGIA
Demanda:
Explicitação de uma falta na
ordem social;
Antagonismo:
Construção de uma fronteira
política que explicita a
formação de um “nós” em
contraposição a um “eles”.
Hegemonia
“Hegemonia é um tipo de
relação política caracterizada
pela sedimentação de um
discurso particular como um
discurso universal que visa a
invisibilizar a fronteira
política” (Costa e Prado, 2017).
METODOLOGIA
Democracia Moderna
Forma política de sociedade
marcada pela articulação
contingente entre dois princípios em
constante tensão: igualdade e
liberdade.
Consenso de centro
Estratégia política que busca
articular demandas
historicamente antagônicas
(neoliberalismo + projeto de
esquerda);
Caracterizada pela tentativa de
invisibilizar antagonismos.
Agonismo
passagem de uma relação
antagonista (amigo-inimigo)
para uma relação entre
adversários, em que se
reconhecem como oponentes
legítimos.
RESULTADOS PARCIAIS
ANTECEDENTES DA ASCENSÃO DA ONDA PROGRESSISTA NO BRASIL - CONTEXTO
DE CRISE DO DISCURSO NEOLIBERAL
Crise econômica no segundo governo FHC
• A economia do país não crescia (demanda por
crescimento econômico);
• Aumento do desemprego (demanda por geração
de empregos);
• Enfraquecimento da base governista – os
partidos passam a sair da base do governo.
Fonte: Sérgio Lima/Folha Imagem
Figura 7 – protesto contra o governo FHC em 1999
EMERGÊNCIA E SEDIMENTAÇÃO DO GOVERNO PROGRESSISTA - FORMAÇÃO
CONSENSO DE CENTRO
RESULTADOS PARCIAIS
Fonte: Poder360, 2022
Figura 8 – Lula (PT) e José Alencar (PL)
em 2002
• Publicação da Carta ao Povo Brasileiro em 2002
(incorporação de demandas neoliberais a um
projeto político de esquerda);
• Aliança com José Alencar e PL para “acalmar”
o empresariado (Fortes; French, 2012);
• Ampliação das alianças com partidos de centro
e centro-direita durante o primeiro mandato,
como o PP e o PMDB.
CONSEQUÊNCIAS DO CONSENSO DE CENTRO
● Deslocamento do PT em direção ao centro através da construção de articulações com
partidos de centro e centro-direita;
● Satisfação das demandas heterogêneas presentes na cadeia, possibilitando a
minimização das tensões internas durante algum tempo;
● Sedimentação do governo progressista e enfraquecimento da oposição.
RESULTADOS PARCIAIS
RESULTADOS PARCIAIS
CONSEQUÊNCIAS DO CONSENSO DE CENTRO
● Cadeia petista construída como um limite;
● Enfraquecimento do governo progressista;
● Visibilidade dos antagonismos.
Figura 10 – Manifestações contra a
Copa do Mundo em 2014.
Fonte: Barros, 2014
Figura 9 – Manifestações em Junho de
2013.
Fonte: Brasil de Fato, 2021 Fonte: O Globo, 2016.
Figura 10 – Protestos pró-impeachment
em 2015.
GOLPE - ASCENSÃO DA ONDA CONSERVADORA
RESULTADOS PARCIAIS
Fonte: Catraca Livre, 2023
• Rompimento da aliança PT-PMDB;
• Construção da cadeia antagonista – demandas
antipetista, anticorrupção, antissistema e defesa do
neoliberalismo;
• Impeachment de Dilma Rousseff em 2016;
• Governo Temer (PMDB em aliança com PSDB)
fracassa em construir uma nova ordem;
• Eleição de Bolsonaro em 2018 construída através do
discurso antipetista articulando demandas como em
defesa da privatização, da militarização, anti-
corrupção, anti-direitos LGBT, anti-feministas.
Figura 11 – Bolsonaro assumindo a presidência em
2019.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
O consenso de centro, ao mesmo tempo que possibilitou a emergência do governo
progressista, impôs uma barreira a esse governo. Isso implicou em: 1) limites para a
satisfação das demandas de esquerda e 2) a construção da cadeia petista como inimiga. Nesse
contexto, a extrema direita emerge como possibilidade de construção de sociedade.
REFERÊNCIAS
Além de Bolsonaro, quais outros presidentes não passaram a faixa?. Catraca Livre. Disnponível em:
<https://catracalivre.com.br/cidadania/alem-de-bolsonaro-quais-outros-presidentes-nao-passaram-a-faixa/> Acesso em: 28 nov. 2023
BARROS, C. Conheça os ativistas que gritam “não vai ter Copa”, UOL, 2014. Disponível em:
<https://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2014/02/20/conheca-os-ativistas-que-gritam-nao-vai-ter-copa.htm>. Acesso em: 28
out. 2023.
CARMO, M. "Bolívia aprova a nova Constituição do país." BBC, 9 dez. 2007. Disponível em:
https://www.bbc.com/portuguese/reporterbbc/story/2007/12/071209_boliviaconstituicao2ml. Acesso em: 02 jul. 2023.
CARNEIRO, J. D. Água: o mundo todo está desprivatizando. Controvérsia, 13 jul. 2017. Disponível em:
https://controversia.com.br/2017/07/13/agua-o-mundo-todo-esta-desprivatizando%EF%BB%BF/. Acesso em: 24 nov. 2023.
Chantal Mouffe, Barcelona Metrópoles, 2022. Disponível em: <https://www.barcelona.cat/metropolis/en/authors/chantal-mouffe>.
Acesso em: 01 dez. 2023
COSTA, F. A.; PRADO, M. A. M. Artimanhas da Hegemonia: Obstáculos à radicalização da democracia no brasil. Psicologia &
Sociedade, v. 29, n. Psicol. Soc., 2017 29, 2017. Disponível em:
https://www.scielo.br/j/psoc/a/CzQ356mCpWRG9rWfJkcMw3G/abstract/?lang=pt#. Acesso em: 6 fev. 2023.
"Evo Morales enfrenta protestos de indígenas na Bolívia" Gazeta do Povo, 2019. Disponível em:
https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/breves/evo-morales-enfrenta-protestos-de-indigenas-na-bolivia/. Acesso em: 2 jul. 2023.
REFERÊNCIAS
Ex-presidente da Bolívia Jeanine Áñez é presa por participação no golpe de 2019. Brasil de Fato, 13 mar. 2021. Disponível em:
https://www.brasildefato.com.br/2021/03/13/ex-presidente-da-bolivia-jeanine-anez-e-presa-por-participacao-no-golpe-de-2019. Acesso
em: 24 nov. 2023.
La UNSAM despide a Ernesto Laclau, Pidal, 2014. Disponível em: <https://noticias.unsam.edu.ar/2014/04/14/la-unsam-
despide-a-ernesto-laclau/>. Acesso em: 01 dez. 2023
Lula liga para Evo Morales por ‘solidariedade e preocupação humanista. Veja, 2019. Disponível em:
<https://veja.abril.com.br/mundo/lula-liga-para-evo-morales-por-solidariedade-e-preocupacao-humanista>. Acesso em: 01
dez. 2023.
Relembre as disputas de Lula pela Presidência, Poder 360, 2022. Disponível em:
<https://www.poder360.com.br/eleicoes/relembre-as-disputas-de-lula-pela-presidencia/>. Acesso em: 01 dez. 2023
SALES, A. G. "Bolsonaro insinua encontro com Áñez; ela nega." Jornal GGN, data de publicação do artigo. Disponível em:
https://jornalggn.com.br/politica/bolsonaro-insinua-encontro-com-anez-ela-nega/. Acesso em: 02 jul. 2023.
Sérgio Lima/Folha Imagem. FHC enfrenta maior ato contra o seu governo hoje. Folha de São Paulo. Dispnível em:
<https://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc26089902.htm>. Acesso em: 01 dez. 2023.
REFERÊNCIAS
Da esquerda para a direita: uma década de mudanças políticas na América do Sul. Gazeta do Povo, 2019. Disponível em:
https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/esquerda-direita-america-sul/. Acesso em: 05 dez. 2023.
As diferenças entre avanço da esquerda na América Latina e 'onda rosa' de duas décadas. BBC News Brasil, 2022. Disponível em:
https://www.bbc.com/portuguese/internacional-61989885. Acesso em: 05 dez. 2023.
Lula transmite faixa presidencial para Dilma. G1, 2011. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/posse-de-
dilma/noticia/2011/01/lula-transmite-faixa-presidencial-para-dilma.html. Acesso em: 05 dez. 2023.
FORTES, A.; FRENCH, J. A “Era Lula”, as eleições presidenciais de 2010 e os desafios do pós-neoliberalismo. Tempo Social, v. 24,
n. 1, jun. 2012.
Protestos contra Dilma reúnem 3,6 milhões em todos os estados. O Globo, 2016. Disponível em:
https://oglobo.globo.com/politica/protestos-contra-dilma-reunem-36-milhoes-em-todos-os-estados-18865889. Acesso em: 05 dez, 2023.
Impeachment 5 anos: a relação entre junho de 2013 e a ascensão da extrema direita. Brasil de Fato, 2021. Disponível em:
https://www.brasildefato.com.br/2021/04/18/impeachment-5-anos-a-relacao-entre-junho-de-2013-e-a-ascensao-da-extrema-direita.
Acesso em: 05 dez. 2023.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a slide apresentado no xeppp sobre a dinâmica política brasileira.pptx

Cenários do futuro político do brasil
Cenários do futuro político do brasilCenários do futuro político do brasil
Cenários do futuro político do brasilFernando Alcoforado
 
2006 10 22 Relatorio Governo Lula Revisto Rosa[2]
2006 10 22  Relatorio Governo Lula Revisto Rosa[2]2006 10 22  Relatorio Governo Lula Revisto Rosa[2]
2006 10 22 Relatorio Governo Lula Revisto Rosa[2]guest23053a
 
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9Gerson Coppes
 
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciaisDilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciaisRoberto Rabat Chame
 
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciaisDilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciaisFernando Alcoforado
 
PT e a "síndrome do Flamengo", mito de origem e dilemas do presente
PT e a "síndrome do Flamengo", mito de origem e dilemas do presentePT e a "síndrome do Flamengo", mito de origem e dilemas do presente
PT e a "síndrome do Flamengo", mito de origem e dilemas do presenteTiago de Andrade
 
A autocrítica que a esquerda precisa fazer
A autocrítica que a esquerda precisa fazerA autocrítica que a esquerda precisa fazer
A autocrítica que a esquerda precisa fazerFernando Alcoforado
 
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilFernando Alcoforado
 
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilRoberto Rabat Chame
 
Brasil em Debate - volume 3: Governo Lula e o Novo Papel do Estado Brasileiro, O
Brasil em Debate - volume 3: Governo Lula e o Novo Papel do Estado Brasileiro, OBrasil em Debate - volume 3: Governo Lula e o Novo Papel do Estado Brasileiro, O
Brasil em Debate - volume 3: Governo Lula e o Novo Papel do Estado Brasileiro, OEdinho Silva
 
PIG - Os 30 Berlusconis
PIG - Os 30 Berlusconis PIG - Os 30 Berlusconis
PIG - Os 30 Berlusconis Paulo Franco
 
1619620744490_Apresentação Ciencia Política.pdf
1619620744490_Apresentação Ciencia Política.pdf1619620744490_Apresentação Ciencia Política.pdf
1619620744490_Apresentação Ciencia Política.pdfRoseane74
 
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosO gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosFernando Alcoforado
 
Articulação de esquerda análise da articulação de esquerda sobre as eleiçõe...
Articulação de esquerda   análise da articulação de esquerda sobre as eleiçõe...Articulação de esquerda   análise da articulação de esquerda sobre as eleiçõe...
Articulação de esquerda análise da articulação de esquerda sobre as eleiçõe...Partido dos Trabalhadores
 
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporâneaLibelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporâneaFernando Alcoforado
 
Politica brasileira - Prof. Altair Aguilar
Politica brasileira - Prof. Altair AguilarPolitica brasileira - Prof. Altair Aguilar
Politica brasileira - Prof. Altair AguilarAltair Moisés Aguilar
 

Semelhante a slide apresentado no xeppp sobre a dinâmica política brasileira.pptx (20)

Cenários do futuro político do brasil
Cenários do futuro político do brasilCenários do futuro político do brasil
Cenários do futuro político do brasil
 
2006 10 22 Relatorio Governo Lula Revisto Rosa[2]
2006 10 22  Relatorio Governo Lula Revisto Rosa[2]2006 10 22  Relatorio Governo Lula Revisto Rosa[2]
2006 10 22 Relatorio Governo Lula Revisto Rosa[2]
 
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
Extra [3-2022] - Resolução de exercícios aula 6, 7, 8, 9
 
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciaisDilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
 
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciaisDilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
 
PT e a "síndrome do Flamengo", mito de origem e dilemas do presente
PT e a "síndrome do Flamengo", mito de origem e dilemas do presentePT e a "síndrome do Flamengo", mito de origem e dilemas do presente
PT e a "síndrome do Flamengo", mito de origem e dilemas do presente
 
A autocrítica que a esquerda precisa fazer
A autocrítica que a esquerda precisa fazerA autocrítica que a esquerda precisa fazer
A autocrítica que a esquerda precisa fazer
 
Igor grabois
Igor graboisIgor grabois
Igor grabois
 
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
 
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
 
Brasil em Debate - volume 3: Governo Lula e o Novo Papel do Estado Brasileiro, O
Brasil em Debate - volume 3: Governo Lula e o Novo Papel do Estado Brasileiro, OBrasil em Debate - volume 3: Governo Lula e o Novo Papel do Estado Brasileiro, O
Brasil em Debate - volume 3: Governo Lula e o Novo Papel do Estado Brasileiro, O
 
PIG - Os 30 Berlusconis
PIG - Os 30 Berlusconis PIG - Os 30 Berlusconis
PIG - Os 30 Berlusconis
 
Politicas publicas no_br_perspec_tania_bacelar
Politicas publicas no_br_perspec_tania_bacelarPoliticas publicas no_br_perspec_tania_bacelar
Politicas publicas no_br_perspec_tania_bacelar
 
1619620744490_Apresentação Ciencia Política.pdf
1619620744490_Apresentação Ciencia Política.pdf1619620744490_Apresentação Ciencia Política.pdf
1619620744490_Apresentação Ciencia Política.pdf
 
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosO gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
 
Articulação de esquerda análise da articulação de esquerda sobre as eleiçõe...
Articulação de esquerda   análise da articulação de esquerda sobre as eleiçõe...Articulação de esquerda   análise da articulação de esquerda sobre as eleiçõe...
Articulação de esquerda análise da articulação de esquerda sobre as eleiçõe...
 
Comissaodaverdade
ComissaodaverdadeComissaodaverdade
Comissaodaverdade
 
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporâneaLibelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
 
514 an 10_março_2015.ok
514 an 10_março_2015.ok514 an 10_março_2015.ok
514 an 10_março_2015.ok
 
Politica brasileira - Prof. Altair Aguilar
Politica brasileira - Prof. Altair AguilarPolitica brasileira - Prof. Altair Aguilar
Politica brasileira - Prof. Altair Aguilar
 

slide apresentado no xeppp sobre a dinâmica política brasileira.pptx

  • 1. Dinâmica política das ondas progressista e conservadora no século XXI: uma análise sobre a conjuntura política brasileira Autores: Ane Caroline Fagundes, Frederico Alves Costa Financiamento: CNPq / FAPEAL
  • 2. INTRODUÇÃO Onda Progressista Ascensão no fim do século XX e primeira década do século XXI ● Ascensão ao poder pela via eleitoral; ● Reconhecimento de demandas marginalizadas; ● Políticas de combate às desigualdades; ● Crítica ao neoliberalismo e articulação com demandas neoliberais. Figura 1 - Representantes de governos progressistas na América Latina nos anos 2000 Fonte: BBC News Brasil, 2022
  • 3. INTRODUÇÃO Onda Conservadora Ascensão na segunda década dos anos 2000 ● Ascensão de governos conservadores por meio de eleição ou da promoção de golpes; ● Negação de direitos sociais historicamente conquistados; ● Defesa do Neoliberalismo; ● Privilégio de relações externas com países do norte global. Figura 2 - Representantes de governos conservadores na América Latina nos anos 2010 Fonte: Gazeta do Povo, 2019
  • 4. INTRODUÇÃO Brasil Onda progressista – governos Lula (2002-2010) e governos Dilma Roussef (2011-2016) . Onda conservadora - Governos Temer (2016-2018) e Bolsonaro (2019-2022). Fonte: Fabio Rodrigues Pozzebom/Abr Fonte: Catraca Livre, 2023
  • 5. OBJETIVO DO TRABALHO Objetivo geral Compreender a dinâmica política das “ondas “progressista e “conservadora” no Brasil. Objetivos específicos - Compreender a atuação e o posicionamento de atores envolvidos nas disputas políticas no contexto das ondas progressista e conservadora no Brasil; - Problematizar a ampliação ou a redução da legitimidade de demandas sociais e de participação de atores sociais na esfera pública brasileira.
  • 6. METODOLOGIA Pesquisa Bibliográfica ● Busca no Portal de Periódicos CAPES; ● Inclusão de artigos que debatem a dinâmica política da segunda metade do século XX até a atualidade; ● Cruzamento do descritor-país (Brasil) com os descritores-eixo; ● Quantitativo dos artigos selecionados: 27. Tabela 1 – Descritores para busca sistemática Fonte: Os Autores, 2023
  • 7. METODOLOGIA Pesquisa documental • Documentos produzidos pelos principais atores políticos identificados na fase da pesquisa bibliográfica – PT, PMDB, PSDB e PSL; • Foram coletados documentos como programas de governo e declarações dos partidos.
  • 8. METODOLOGIA Análise do discurso ● Teoria do Discurso proposta por Ernesto Laclau e por Chantal Mouffe; ● Discurso, Demanda, Antagonismo, Hegemonia, Democracia, Consenso de Centro, Agonismo. Fonte: Pidal, 2014 Fonte: Barcelona Metrópoles, 2022 Figura 5 - Ernesto Laclau Figura 6 - Chantal Mouffe
  • 9. METODOLOGIA Discurso ● Laclau e Mouffe são autores pós-estruturalistas; ● A realidade é construída discursivamente. “Por discurso [...] não tenho em mente algo que é essencialmente relativo às áreas da fala e da escrita, mas quaisquer conjuntos nos quais as relações desempenham o papel constitutivo” (Laclau, 2013, p. 116).
  • 10. METODOLOGIA Demanda: Explicitação de uma falta na ordem social; Antagonismo: Construção de uma fronteira política que explicita a formação de um “nós” em contraposição a um “eles”. Hegemonia “Hegemonia é um tipo de relação política caracterizada pela sedimentação de um discurso particular como um discurso universal que visa a invisibilizar a fronteira política” (Costa e Prado, 2017).
  • 11. METODOLOGIA Democracia Moderna Forma política de sociedade marcada pela articulação contingente entre dois princípios em constante tensão: igualdade e liberdade. Consenso de centro Estratégia política que busca articular demandas historicamente antagônicas (neoliberalismo + projeto de esquerda); Caracterizada pela tentativa de invisibilizar antagonismos. Agonismo passagem de uma relação antagonista (amigo-inimigo) para uma relação entre adversários, em que se reconhecem como oponentes legítimos.
  • 12. RESULTADOS PARCIAIS ANTECEDENTES DA ASCENSÃO DA ONDA PROGRESSISTA NO BRASIL - CONTEXTO DE CRISE DO DISCURSO NEOLIBERAL Crise econômica no segundo governo FHC • A economia do país não crescia (demanda por crescimento econômico); • Aumento do desemprego (demanda por geração de empregos); • Enfraquecimento da base governista – os partidos passam a sair da base do governo. Fonte: Sérgio Lima/Folha Imagem Figura 7 – protesto contra o governo FHC em 1999
  • 13. EMERGÊNCIA E SEDIMENTAÇÃO DO GOVERNO PROGRESSISTA - FORMAÇÃO CONSENSO DE CENTRO RESULTADOS PARCIAIS Fonte: Poder360, 2022 Figura 8 – Lula (PT) e José Alencar (PL) em 2002 • Publicação da Carta ao Povo Brasileiro em 2002 (incorporação de demandas neoliberais a um projeto político de esquerda); • Aliança com José Alencar e PL para “acalmar” o empresariado (Fortes; French, 2012); • Ampliação das alianças com partidos de centro e centro-direita durante o primeiro mandato, como o PP e o PMDB.
  • 14. CONSEQUÊNCIAS DO CONSENSO DE CENTRO ● Deslocamento do PT em direção ao centro através da construção de articulações com partidos de centro e centro-direita; ● Satisfação das demandas heterogêneas presentes na cadeia, possibilitando a minimização das tensões internas durante algum tempo; ● Sedimentação do governo progressista e enfraquecimento da oposição. RESULTADOS PARCIAIS
  • 15. RESULTADOS PARCIAIS CONSEQUÊNCIAS DO CONSENSO DE CENTRO ● Cadeia petista construída como um limite; ● Enfraquecimento do governo progressista; ● Visibilidade dos antagonismos. Figura 10 – Manifestações contra a Copa do Mundo em 2014. Fonte: Barros, 2014 Figura 9 – Manifestações em Junho de 2013. Fonte: Brasil de Fato, 2021 Fonte: O Globo, 2016. Figura 10 – Protestos pró-impeachment em 2015.
  • 16. GOLPE - ASCENSÃO DA ONDA CONSERVADORA RESULTADOS PARCIAIS Fonte: Catraca Livre, 2023 • Rompimento da aliança PT-PMDB; • Construção da cadeia antagonista – demandas antipetista, anticorrupção, antissistema e defesa do neoliberalismo; • Impeachment de Dilma Rousseff em 2016; • Governo Temer (PMDB em aliança com PSDB) fracassa em construir uma nova ordem; • Eleição de Bolsonaro em 2018 construída através do discurso antipetista articulando demandas como em defesa da privatização, da militarização, anti- corrupção, anti-direitos LGBT, anti-feministas. Figura 11 – Bolsonaro assumindo a presidência em 2019.
  • 17. CONSIDERAÇÕES FINAIS O consenso de centro, ao mesmo tempo que possibilitou a emergência do governo progressista, impôs uma barreira a esse governo. Isso implicou em: 1) limites para a satisfação das demandas de esquerda e 2) a construção da cadeia petista como inimiga. Nesse contexto, a extrema direita emerge como possibilidade de construção de sociedade.
  • 18. REFERÊNCIAS Além de Bolsonaro, quais outros presidentes não passaram a faixa?. Catraca Livre. Disnponível em: <https://catracalivre.com.br/cidadania/alem-de-bolsonaro-quais-outros-presidentes-nao-passaram-a-faixa/> Acesso em: 28 nov. 2023 BARROS, C. Conheça os ativistas que gritam “não vai ter Copa”, UOL, 2014. Disponível em: <https://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2014/02/20/conheca-os-ativistas-que-gritam-nao-vai-ter-copa.htm>. Acesso em: 28 out. 2023. CARMO, M. "Bolívia aprova a nova Constituição do país." BBC, 9 dez. 2007. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/reporterbbc/story/2007/12/071209_boliviaconstituicao2ml. Acesso em: 02 jul. 2023. CARNEIRO, J. D. Água: o mundo todo está desprivatizando. Controvérsia, 13 jul. 2017. Disponível em: https://controversia.com.br/2017/07/13/agua-o-mundo-todo-esta-desprivatizando%EF%BB%BF/. Acesso em: 24 nov. 2023. Chantal Mouffe, Barcelona Metrópoles, 2022. Disponível em: <https://www.barcelona.cat/metropolis/en/authors/chantal-mouffe>. Acesso em: 01 dez. 2023 COSTA, F. A.; PRADO, M. A. M. Artimanhas da Hegemonia: Obstáculos à radicalização da democracia no brasil. Psicologia & Sociedade, v. 29, n. Psicol. Soc., 2017 29, 2017. Disponível em: https://www.scielo.br/j/psoc/a/CzQ356mCpWRG9rWfJkcMw3G/abstract/?lang=pt#. Acesso em: 6 fev. 2023. "Evo Morales enfrenta protestos de indígenas na Bolívia" Gazeta do Povo, 2019. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/breves/evo-morales-enfrenta-protestos-de-indigenas-na-bolivia/. Acesso em: 2 jul. 2023.
  • 19. REFERÊNCIAS Ex-presidente da Bolívia Jeanine Áñez é presa por participação no golpe de 2019. Brasil de Fato, 13 mar. 2021. Disponível em: https://www.brasildefato.com.br/2021/03/13/ex-presidente-da-bolivia-jeanine-anez-e-presa-por-participacao-no-golpe-de-2019. Acesso em: 24 nov. 2023. La UNSAM despide a Ernesto Laclau, Pidal, 2014. Disponível em: <https://noticias.unsam.edu.ar/2014/04/14/la-unsam- despide-a-ernesto-laclau/>. Acesso em: 01 dez. 2023 Lula liga para Evo Morales por ‘solidariedade e preocupação humanista. Veja, 2019. Disponível em: <https://veja.abril.com.br/mundo/lula-liga-para-evo-morales-por-solidariedade-e-preocupacao-humanista>. Acesso em: 01 dez. 2023. Relembre as disputas de Lula pela Presidência, Poder 360, 2022. Disponível em: <https://www.poder360.com.br/eleicoes/relembre-as-disputas-de-lula-pela-presidencia/>. Acesso em: 01 dez. 2023 SALES, A. G. "Bolsonaro insinua encontro com Áñez; ela nega." Jornal GGN, data de publicação do artigo. Disponível em: https://jornalggn.com.br/politica/bolsonaro-insinua-encontro-com-anez-ela-nega/. Acesso em: 02 jul. 2023. Sérgio Lima/Folha Imagem. FHC enfrenta maior ato contra o seu governo hoje. Folha de São Paulo. Dispnível em: <https://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc26089902.htm>. Acesso em: 01 dez. 2023.
  • 20. REFERÊNCIAS Da esquerda para a direita: uma década de mudanças políticas na América do Sul. Gazeta do Povo, 2019. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/esquerda-direita-america-sul/. Acesso em: 05 dez. 2023. As diferenças entre avanço da esquerda na América Latina e 'onda rosa' de duas décadas. BBC News Brasil, 2022. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-61989885. Acesso em: 05 dez. 2023. Lula transmite faixa presidencial para Dilma. G1, 2011. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/posse-de- dilma/noticia/2011/01/lula-transmite-faixa-presidencial-para-dilma.html. Acesso em: 05 dez. 2023. FORTES, A.; FRENCH, J. A “Era Lula”, as eleições presidenciais de 2010 e os desafios do pós-neoliberalismo. Tempo Social, v. 24, n. 1, jun. 2012. Protestos contra Dilma reúnem 3,6 milhões em todos os estados. O Globo, 2016. Disponível em: https://oglobo.globo.com/politica/protestos-contra-dilma-reunem-36-milhoes-em-todos-os-estados-18865889. Acesso em: 05 dez, 2023. Impeachment 5 anos: a relação entre junho de 2013 e a ascensão da extrema direita. Brasil de Fato, 2021. Disponível em: https://www.brasildefato.com.br/2021/04/18/impeachment-5-anos-a-relacao-entre-junho-de-2013-e-a-ascensao-da-extrema-direita. Acesso em: 05 dez. 2023.