Processo da Adoção
da Hashtag
#VemPraRua nos
Protestos Brasileiros
de 2013
O estopim do #VemPraRua
• São Paulo e os R$0,20;
• O “Movimento Passe Livre” e o “não é só por 20 centavos”;
• Os primeiro...
“Não é só por 20 centavos”
• A campanha da Fiat e sua ligação com os protestos;
• O #VemPraRua invade as ruas e as redes s...
Metodologia da pesquisa
• Catalogação dos dados do Twitter que continham #VemPraRua;
• Criação de grafos para entender a h...
1ª Fase: Teens (15 de junho)
• Composta em sua maioria por adolescentes;
• Uso de gritos de guerra e convocação;
• Violênc...
2ª Fase: Informacional (16 de
junho)
• Informação em tempo real sobre os protestos;
• Planejamento para protestos do dia 1...
3ª Fase: Celebridade e Protestos
(17 de junho)
• Formada principalmente por celebridades e posts sobre os protestos do dia...
Outras visualizações da rede
Hubs
Conclusão
• #VemPraRua acompanha a evolução do povo brasileiro nos protestos;
• Hashtag criada para mostrar a indignação d...
Rede e Rua: o Processo da Adoção da Hashtag #VemPraRua nos Protestos Brasileiros de 2013
Rede e Rua: o Processo da Adoção da Hashtag #VemPraRua nos Protestos Brasileiros de 2013
Rede e Rua: o Processo da Adoção da Hashtag #VemPraRua nos Protestos Brasileiros de 2013
Rede e Rua: o Processo da Adoção da Hashtag #VemPraRua nos Protestos Brasileiros de 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rede e Rua: o Processo da Adoção da Hashtag #VemPraRua nos Protestos Brasileiros de 2013

768 visualizações

Publicada em

Em junho de 2013, uma onda de protestos tomou conta de todo o Brasil. Em diversas cidades, milhões de brasileiros foram às ruas reivindicar melhorias políticas, sociais e econômicas. Mas essa mobilização não aconteceu apenas no espaço físico das cidades, a internet teve grande importância como território de mobilização, convocação e informação acerca dos protestos. Para este trabalho, vamos analisar a constituição da rede #VemPraRua no Twitter, isto é, três dias em que essa hashtag foi utilizada na rede – mais especificamente, os dias 15, 16 e 17 de junho - , a fim de compreender a construção e o espalhamento desta que foi a hashtag mais utilizada ao longo das manifestações brasileiras.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
768
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
187
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rede e Rua: o Processo da Adoção da Hashtag #VemPraRua nos Protestos Brasileiros de 2013

  1. 1. Processo da Adoção da Hashtag #VemPraRua nos Protestos Brasileiros de 2013
  2. 2. O estopim do #VemPraRua • São Paulo e os R$0,20; • O “Movimento Passe Livre” e o “não é só por 20 centavos”; • Os primeiros protestos e a opressão policial; • A revolta popular toma conta do Brasil;
  3. 3. “Não é só por 20 centavos” • A campanha da Fiat e sua ligação com os protestos; • O #VemPraRua invade as ruas e as redes sociais; • Novas pautas começam a surgir e o movimento cresce; • As outras hashtags além do #VemPraRua;
  4. 4. Metodologia da pesquisa • Catalogação dos dados do Twitter que continham #VemPraRua; • Criação de grafos para entender a hashtag; • Temporalização desses gráficos; • Descoberta de como a rede estabelecia suas relações;
  5. 5. 1ª Fase: Teens (15 de junho) • Composta em sua maioria por adolescentes; • Uso de gritos de guerra e convocação; • Violência policial é o tema mais abordado; • Pouca presença de “periferia” na rede;
  6. 6. 2ª Fase: Informacional (16 de junho) • Informação em tempo real sobre os protestos; • Planejamento para protestos do dia 17 de junho; • Compartilhamento de notícias; • Violência e passeatas nacionais e internacionais eram mais retweetadas;
  7. 7. 3ª Fase: Celebridade e Protestos (17 de junho) • Formada principalmente por celebridades e posts sobre os protestos do dia 17; • Expansão da rede #VemPraRua; • Celebridades foram as grandes autoridades e ajudaram a espalhar a rede; • As informações sobre os protestos e a opinião dos perfis ajudou a consolidar a hashtag;
  8. 8. Outras visualizações da rede
  9. 9. Hubs
  10. 10. Conclusão • #VemPraRua acompanha a evolução do povo brasileiro nos protestos; • Hashtag criada para mostrar a indignação do povo; • Uniu a internet e a rua; • Primeiro passo para a “revolução brasileira”;

×