DJAVAN - RUA DOS AMORES

226 visualizações

Publicada em

Como traduzir todo esse amor plural e visceral tão presente nas letras do compositor Djavan em um cenário?
Esse foi o desafio que enfrentei ao desenhar a cenografia para o Show Rua dos amores.
Criei no fundo do palco uma grande superfície branca rica em texturas resultantes da disposição orgânica de milhares de papéis suspensos. Sobre esses papéis são projetadas imagens.
Imagens que são interpretações do sentimento gerado por cada música interpretada nesse palco.
A tela um tanto fragmentada traduz a fragilidade do amor, sua inconstância, suas diversas facetas.
Próximo a metade do Show o público é surpreendido pela queda proposital da tela. E os papéis flutuam.
O amor se desfaz e dele surge o vazio, o palco fica preto.
Até que surge um ponto branco no centro do palco, uma lua, um ponto de partida que ao longo das próximas músicas se expande numa mandala de discos. E as projeções de sentimentos sobre superfícies improváveis seguem encantando o público.

Publicada em: Design
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
226
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

DJAVAN - RUA DOS AMORES

  1. 1. CENOGRAFIA  TURNÊ  NACIONAL  E  INTERNACIONAL DJAVAN  -­‐  RUA  DOS  AMORES
  2. 2. A criação dos cenários para as turnês nacionais e internacionais do compositor e intérprete Djavan tem sempre um grande desafio que apresenta 3 premissas básicas: 1. Movimentação de cenografia dentro de um cubo de box truss. Não se pode contar com a infra-estrutura dos locais dos shows, pois os mesmos são extremamente variados, incluindo ginásios. 2. Praticidade para montar. Todas as montagens tem somente 1 dia. 3. Presença e dinamismo através da marcação de distintos momentos ao longo do show. O cenário criado para o Show Rua dos Amores atende a essas 3 premissas através de recursos e manobras cênicas, incluindo uma tela de projeção de 12m de largura x 6m de altura composta por folhas de papéis nas quais os vídeos eram projetados durante a primeira metade do show. Um momento marcante do show era a queda da tela de projeção que se desfazia em folhas de papéis que caíam planando e davam espaço a um fundo preto, um grande vazio que aos poucos através de cortinas e recortes ia sendo preenchido por discos que ao final formavam uma mandala, onde então os vídeos continuavam a ser projetados. Os vídeos criados para acompanhar as musicas foram elaborados como ilustrações dos sentimentos gerados pelas músicas. Não ilustravam as palavras em si, mas sim as sensações, fossem elas de prazer ou desconforto.
  3. 3. RUA DOS AMORES PROJEÇÃO SOBRE PAPÉIS CENÁRIO - FUNDO PRETO MANDALA QUEDA PAPÉIS 1. RUA DOS AMORES - vídeo sombras 2. PECADO - foto janelas 3.ACELEROU - vídeo animação janelas 4. JA NAO SOMOS DOIS - vídeo árvores e pernas 6. MEU BEM QUERER - vídeo grades cor laranja 7.VIVE - vídeo mar 8. CURUMIM - vídeo galhos PB 10.ANJO DEVITRÔ - luz 20. SAMURAI - vídeo teto galeria lafayete 23. SE - vídeo moça andando sobre paralelepípedos 24. SINA - caleidoscópio sol 17. FLOR DE LIS - caleidoscópio azul 11. IRMA DE NEON - luz LUA - CALEIDOSCÓPIO 5.ASA - luz 14. SORRI - luz 15. RETRATO DAVIDA - Caleidoscópio Lua azul 19. CIGANO - caleidoscópio PB 21. SEDUZIR - vídeo listras azuis girando 9. MAL DE MIM - vídeo slides casal 12. BANGALÔ - luz 13. OCEANO - luz 22. NEM UM DIA - vídeo Morro da Conceição 16.ARES SUTIS - vídeo bailarina 18. SERRADO - caleidoscópio sol Conceito  criado  para  o  Show     Rua  dos  Amores  -­‐  Roteiro: Amor  em  fragmentos quando  amor  se  desfaz O  vazio Quando  o  amor  renasce A  mandala  das  infinitas  possibilidades
  4. 4. Início  do  Show:  Vídeo  PB  com  movimentação  enfaSzada  pela  luz.
  5. 5. Momento  da  queda  da  tela  de  projeção  -­‐  papéis  que  flutuam.
  6. 6. E  no  centro  do  palco  vazio  surge  a  lua.
  7. 7. Mandala  das  infinitas  possibilidades  com  projeções  gráficas

×