Relatorio sintese cnt abril2014 - r118 - final

675 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
675
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
496
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio sintese cnt abril2014 - r118 - final

  1. 1. PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 118 20 a 25 de abril de 2014 Registro TSE: BR - 00086/2014
  2. 2. 2 ÍNDICE 1 – DADOS TÉCNICOS............................................................................................. 03 2 – ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 2014........................................................................ 04 3 – AVALIAÇÃO DO GOVERNO.............................................................................. 13 4 – EXPECTATIVA................................................................................................... 20 5 – TEMAS CONJUNTURAIS.................................................................................... 23 5.1 - CUSTO DE VIDA ................................................................................ 23 5.2 - POLÍTICA............................................................................................ 25 5.3 - BRASIL................................................................................................ 27 5.4 - MAIS MÉDICOS................................................................................... 30 5.5 - SAÚDE................................................................................................ 32 5.6 - SEGURANÇA....................................................................................... 36 5.7 - PETROBRAS........................................................................................ 40 5.8 - INTERNET E MEIOS DE COMUNICAÇÃO............................................ 45 5.9 - BOLSA FAMÍLIA.................................................................................. 51 ANEXO 1 – Avaliação do Governo.......................................................................... 53 ANEXO 2 – Desempenho do Presidente................................................................. 57
  3. 3. 3 1. DADOS TÉCNICOS PESQUISA CNT/MDA | RODADA 118 COBERTURA - Regiões do Brasil: 5 - Unidades da Federação: 24 - Municípios: 137 - Amostragem por cotas: Região, Município, Porte do Município, Zona Urbana/Rural, Sexo, Idade e Renda familiar. NÚMERO DE ENTREVISTAS - 2.002 entrevistas - Margem de erro: 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança - Checagem de 20% da amostra PERÍODO DE COLETA 20 a 25 de abril de 2014 Descrição metodológica: 2.002 entrevistas estratificadas de forma proporcional ao tamanho, por cinco regiões e 24 Unidades da Federação, com sorteio aleatório de 137 municípios com probabilidade de seleção proporcional ao tamanho (PPT) considerando cotas em função do porte do município.
  4. 4. 4 2. ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 2014 Tabela 1 – INTENÇÃO DE VOTO ESPONTÂNEA PARA PRESIDENTE RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Dilma Rousseff 21,3 20,5 Aécio Neves 5,6 9,3 Lula 5,6 6,5 Marina Silva 3,5 4,5 Eduardo Campos 1,6 3,6 Outros 2,2 1,4 Branco / Nulo 15,0 14,1 Não sabe / Não respondeu 45,0 40,1 Total 100,0 100,0 Em 2014, serão realizadas eleições para Presidente da República, Governador(a) do Estado, Senador(a), Deputado(a) Federal e Deputado(a) Estadual. Com relação às eleições para Presidente da República, em quem o (a) Sr(a) votaria se as eleições fossem hoje? (ESPONTÂNEA)
  5. 5. 5 1º TURNO Tabela 2 – INTENÇÃO DE VOTO ESTIMULADA PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA – 1° TURNO – CENÁRIO 1 RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Dilma Rousseff – PT 43,7 37,0 Aécio Neves – PSDB 17,0 21,6 Eduardo Campos - PSB 9,9 11,8 Branco / Nulo 20,4 20,0 Não sabe / Não respondeu 9,0 9,6 Total 100,0 100,0 Da seguinte lista de possíveis candidatos, em quem o (a) Sr(a) votaria para Presidente da República se as eleições fossem hoje? (ESTIMULADA) 1 – Aécio Neves PSDB 2 - Dilma Rousseff PT 3 - Eduardo Campos PSB
  6. 6. 6 Tabela 3 – INTENÇÃO DE VOTO ESTIMULADA PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA – 1° TURNO – CENÁRIO 2 RESPOSTA ABR/2014 (%) Dilma Rousseff - PT 36,5 Aécio Neves - PSDB 21,5 Eduardo Campos - PSB 11,2 José Maria Eymael - PSDC 0,6 Levy Fidelix - PRTB 0,4 Randolfe Rodrigues - PSOL 0,4 Branco / Nulo 19,2 Não sabe / Não respondeu 10,2 Total 100,0 Da seguinte lista de possíveis candidatos, em quem o (a) Sr(a) votaria para Presidente da República se as eleições fossem hoje? (ESTIMULADA) 1 – Eduardo Campos PSB 2 - Dilma Rousseff PT 3 - Aécio Neves PSDB 4 – Levy Fidelix PRTB 5 – Randolfe Rodrigues PSOL 6 – José Maria Eymael PSDC
  7. 7. 7 Tabela 4 – INTENÇÃO DE VOTO ESTIMULADA PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA – 1° TURNO – CENÁRIO 3 RESPOSTA ABR/2014 (%) Dilma Rousseff - PT 36,4 Aécio Neves - PSDB 21,2 Eduardo Campos - PSB 11,1 Magno Malta - PR 0,6 Pastor Everaldo - PSC 0,4 Randolfe Rodrigues - PSOL 0,4 José Maria Eymael - PSDC 0,4 Levy Fidelix - PRTB 0,3 Branco / Nulo 19,0 Não sabe / Não respondeu 10,2 Total 100,0 Da seguinte lista de possíveis candidatos, em quem o (a) Sr(a) votaria para Presidente da República se as eleições fossem hoje? (ESTIMULADA) 1 - Dilma Rousseff PT 2 – Eduardo Campos PSB 3 - Aécio Neves PSDB 4 - Magno Malta PR 5 – Levy Fidelix PRTB 6 – Randolfe Rodrigues PSOL 7 – José Maria Eymael PSDC 8 - Pastor Everaldo PSC
  8. 8. 8 2º TURNO Tabela 5 – INTENÇÃO DE VOTO ESTIMULADA PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA – 2° TURNO – CENÁRIO 1 RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Dilma Rousseff – PT 46,6 39,2 Aécio Neves – PSDB 23,4 29,3 Branco / Nulo 20,8 22,8 Não sabe / Não respondeu 9,2 8,7 Total 100,0 100,0 Em um eventual segundo turno para a Eleição Presidencial de 2014, das seguintes alternativas de possíveis candidatos, em quem o (a) Sr. (a) votaria se as eleições fossem hoje? (Estimulada) 1 - Dilma Rousseff PT 2 - Aécio Neves PSDB Tabela 6 – INTENÇÃO DE VOTO ESTIMULADA PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA – 2° TURNO – CENÁRIO 2 RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Dilma Rousseff – PT 48,6 41,3 Eduardo Campos - PSB 18,0 24,0 Branco / Nulo 23,9 24,4 Não sabe / Não respondeu 9,5 10,3 Total 100,0 100,0 Em um eventual segundo turno para a Eleição Presidencial de 2014, das seguintes alternativas de possíveis candidatos, em quem o (a) Sr. (a) votaria se as eleições fossem hoje? (Estimulada) 1- Dilma Rousseff PT 2 - Eduardo Campos PSB
  9. 9. 9 Tabela 7 – INTENÇÃO DE VOTO ESTIMULADA PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA – 2° TURNO – CENÁRIO 3 RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Aécio Neves – PSDB 31,6 31,3 Eduardo Campos - PSB 16,9 20,1 Branco / Nulo 33,9 32,9 Não sabe / Não respondeu 17,5 15,7 Total 100,0 100,0 Em um eventual segundo turno para a Eleição Presidencial de 2014, das seguintes alternativas de possíveis candidatos, em quem o (a) Sr. (a) votaria se as eleições fossem hoje? (Estimulada) 1 - Aécio Neves PSDB 2 - Eduardo Campos PSB
  10. 10. 10 LIMITE DE VOTO Tabela 8 – LIMITE DE VOTO EM DILMA ROUSSEFF RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) É a única em que votaria 26,7 23,2 É uma candidata em que poderia votar 31,4 29,4 Não votaria nela de jeito nenhum 37,3 43,1 Não conhece / Não sabe quem é / Nunca ouviu falar 0,4 0,8 Não sabe / Não respondeu 4,1 3,5 Total 100,0 100,0 Em relação à possível candidata Dilma Rousseff, o (a) Sr. (a) votaria ou não votaria nela para presidente da República em 2014? 1. É a única em que votaria 2. É uma candidata em que poderia votar 3. Não votaria nela de jeito nenhum 4. Não conhece / Não sabe quem é / Nunca ouviu falar
  11. 11. 11 Tabela 9 – LIMITE DE VOTO EM AÉCIO NEVES RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) É o único em que votaria 9,1 11,9 É um candidato em que poderia votar 33,9 33,0 Não votaria nele de jeito nenhum 36,0 32,4 Não conhece / Não sabe quem é / Nunca ouviu falar 16,2 16,6 Não sabe / Não respondeu 4,8 6,1 Total 100,0 100,0 Em relação ao possível candidato Aécio Neves, o(a) Sr. (a) votaria ou não votaria nele para presidente da República em 2014? 1. É o único em que votaria 2. É um candidato em que poderia votar 3. Não votaria nele de jeito nenhum 4. Não conhece / Não sabe quem é / Nunca ouviu falar
  12. 12. 12 Tabela 10 – LIMITE DE VOTO EM EDUARDO CAMPOS RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) É o único em que votaria 2,6 6,1 É um candidato em que poderia votar 29,4 29,3 Não votaria nele de jeito nenhum 33,9 29,9 Não conhece / Não sabe quem é / Nunca ouviu falar 29,1 29,2 Não sabe / Não respondeu 5,0 5,5 Total 100,0 100,0 Em relação ao possível candidato Eduardo Campos, o(a) Sr. (a) votaria ou não votaria nele para presidente da República em 2014? 1. É o único em que votaria 2. É um candidato em que poderia votar 3. Não votaria nele de jeito nenhum 4. Não conhece / Não sabe quem é / Nunca ouviu falar
  13. 13. 13 3. AVALIAÇÃO DO GOVERNO AVALIAÇÃO POSITIVA: 32,9% AVALIAÇÃO NEGATIVA: 30,6% Tabela 11 – AVALIAÇÃO DO GOVERNO DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Ótimo 6,5 5,9 Bom 29,9 27,0 Regular 37,9 35,9 Ruim 11,2 14,3 Péssimo 13,6 16,3 Não sabe / Não respondeu 0,8 0,6 Total 100,0 100,0 O (a) Sr.(a) avalia o governo da Presidente Dilma Rousseff como: 1 - Ótimo 2 - Bom 3 - Regular 4 - Ruim 5 - Péssimo
  14. 14. 14 SÉRIE HISTÓRICA GOVERNO LULA – 2º mandato - jan/2007 até dez/2010 (%) DATA POSITIVO REGULAR NEGATIVO abr/2007 49,5 34,3 14,6 jun/2007 47,5 36,5 14,0 out/2007 46,5 35,9 16,5 fev/2008 52,7 32,5 13,7 abr/2008 57,5 29,6 11,3 set/2008 68,8 23,2 6,8 dez/2008 71,1 21,6 6,4 jan/2009 72,5 21,7 5,0 mar/2009 62,4 29,1 7,6 mai/2009 69,8 23,9 5,8 set/2009 65,4 26,6 7,2 nov/2009 70,0 22,7 6,2 jan/2010 71,4 22,0 5,8 mai/2010 76,1 19,2 4,4 ago/2010 77,5 15,4 4,6 set/2010 78,4 15,9 3,9 set/2010 79,4 15,9 4,0 dez/2010 83,4 13,7 2,2 GOVERNO DILMA ROUSSEFF –jan/2011 até abr/2014 (%) DATA POSITIVO REGULAR NEGATIVO ago/2011 49,2 37,1 9,3 jul/2012 56,6 35,5 7,0 Jun/2013 54,2 35,6 9,0 Jul/2013 31,3 38,7 29,5 Set/2013 38,1 39,7 21,9 Nov/2013 39,0 37,7 22,7 Fev/2014 36,4 37,9 24,8 Abr/2014 32,9 35,9 30,6
  15. 15. 15 HISTÓRICO DE AVALIAÇÃO DO GOVERNO FEDERAL – GOVERNO DILMA
  16. 16. 16 Tabela 12 – APROVAÇÃO DO DESEMPENHO PESSOAL DA PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF À FRENTE DO GOVERNO RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Aprova 55,0 47,9 Desaprova 41,0 46,1 Não sabe / Não respondeu 4,0 6,0 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) aprova ou desaprova o desempenho pessoal da Presidente Dilma Rousseff à frente do Governo? 1 - Aprova 2 - Desaprova
  17. 17. 17 SÉRIE HISTÓRICA GOVERNO LULA – 2º mandato - jan/2007 até dez/2010 (%) DATA APROVA DESAPROVA Não sabe / Não respondeu abr/2007 63,7 28,2 8,2 jun/2007 64,0 29,8 6,3 out/2007 61,2 32,5 6,3 fev/2008 66,8 28,6 4,7 abr/2008 69,3 26,1 4,7 set/2008 77,7 16,6 5,7 dez/2008 80,3 15,2 4,6 jan/2009 84,0 12,2 3,9 mar/2009 76,2 19,9 4,0 mai/2009 81,5 15,7 2,9 set/2009 76,8 18,7 4,6 nov/2009 78,9 14,6 6,5 jan/2010 81,7 13,9 4,4 mai/2010 83,7 13,1 3,2 ago/2010 80,5 14,4 5,2 set/2010 81,4 12,2 6,5 set/2010 80,7 16,4 3,0 dez/2010 87,0 10,7 2,4 GOVERNO DILMA ROUSSEFF –jan/2011 até abr/2014 (%) DATA APROVA DESAPROVA Não sabe / Não respondeu ago/2011 70,2 21,1 8,8 Jul/2012 75,7 17,3 7,1 Jun/2013 73,7 20,4 5,9 Jul/2013 49,3 47,3 3,4 Set/2013 58,0 40,5 1,5 Nov/2013 58,8 38,9 2,3 Fev/2014 55,0 41,0 4,0 Abr/2014 47,9 46,1 6,0
  18. 18. 18 HISTÓRICO DA APROVAÇÃO DA PRESIDENTE – GOVERNO DILMA
  19. 19. 19 Tabela 13 – AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO DO GOVERNADOR RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Ótimo 5,4 5,1 Bom 28,5 29,1 Regular 35,0 35,5 Ruim 12,3 10,5 Péssimo 16,0 17,4 Não sabe / Não respondeu 2,8 2,4 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) avalia o governador do seu Estado como: 1 - Ótimo 2 - Bom 3 - Regular 4 - Ruim 5 - Péssimo Tabela 14 – AVALIAÇÃO DA ATUAÇÃO DO PREFEITO RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Ótimo 7,6 5,7 Bom 25,0 23,4 Regular 29,1 31,4 Ruim 13,6 11,3 Péssimo 21,9 25,1 Não sabe / Não respondeu 2,7 3,1 Total 100,0 100,0 O (a) Sr.(a) avalia o Prefeito de sua cidade como: 1 - Ótimo 2 - Bom 3 - Regular 4 - Ruim 5 - Péssimo
  20. 20. 20 4. EXPECTATIVA Tabela 15 – EXPECTATIVA PARA A SITUAÇÃO DO EMPREGO NO PAÍS PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES EMPREGO | PRÓXIMOS 6 MESES FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Vai melhorar 36,7 30,2 Vai ficar igual 40,7 40,6 Vai piorar 20,7 26,4 Não sabe / Não respondeu 1,9 2,8 Total 100,0 100,0 Em sua opinião, nos próximos seis meses a situação do emprego no país: 1 - Vai melhorar 2 - Vai ficar igual 3 - Vai piorar Tabela 16 – EXPECTATIVA PARA A SITUAÇÃO DA RENDA MENSAL DO ENTREVISTADO PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES RENDA MENSAL | PRÓXIMOS 6 MESES FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Vai aumentar 32,2 25,1 Vai ficar igual 53,5 53,6 Vai diminuir 12,2 18,1 Não sabe / Não respondeu 2,1 3,2 Total 100,0 100,0 Em sua opinião, nos próximos seis meses a sua renda mensal: 1 - Vai aumentar 2 - Vai ficar igual 3 - Vai diminuir
  21. 21. 21 Tabela 17 – EXPECTATIVA PARA A SITUAÇÃO DA SAÚDE NO PAÍS PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES SAÚDE | PRÓXIMOS 6 MESES FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Vai melhorar 26,5 23,9 Vai ficar igual 41,1 40,0 Vai piorar 30,8 34,3 Não sabe / Não respondeu 1,6 1,8 Total 100,0 100,0 Em sua opinião, nos próximos seis meses a saúde no país: 1 - Vai melhorar 2 - Vai ficar igual 3 - Vai piorar Tabela 18 – EXPECTATIVA PARA A SITUAÇÃO DA EDUCAÇÃO NO PAÍS PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES EDUCAÇÃO | PRÓXIMOS 6 MESES FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Vai melhorar 33,3 28,0 Vai ficar igual 44,0 44,1 Vai piorar 21,2 25,8 Não sabe / Não respondeu 1,5 2,1 Total 100,0 100,0 Em sua opinião, nos próximos seis meses a educação no país: 1 - Vai melhorar 2 - Vai ficar igual 3 - Vai piorar
  22. 22. 22 Tabela 19 – EXPECTATIVA PARA A SITUAÇÃO DA SEGURANÇA PÚBLICA NO PAÍS PARA OS PRÓXIMOS SEIS MESES SEGURANÇA | PRÓXIMOS 6 MESES FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Vai melhorar 27,0 21,6 Vai ficar igual 37,8 36,4 Vai piorar 33,7 40,3 Não sabe / Não respondeu 1,5 1,7 Total 100,0 100,0 Em sua opinião, nos próximos seis meses, a segurança pública no país: 1 - Vai melhorar 2 - Vai ficar igual 3 - Vai piorar
  23. 23. 23 5. CONJUNTURAIS 5.1. CUSTO DE VIDA Tabela 20 – AVALIAÇÃO DO CUSTO DE VIDA EM RELAÇÃO AOS ÚLTIMOS SEIS MESES CUSTO DE VIDA ABR/2014 (%) Aumentou 79,1 Permaneceu igual 17,5 Diminuiu 3,0 Não sabe / Não respondeu 0,3 Total 100,0 Em relação ao custo de vida, que é quanto se gasta para viver, o (a) Sr. (a) considera que nos últimos seis meses ele: 1 - Aumentou 2 - Permaneceu igual 3 – Diminuiu
  24. 24. 24 Tabela 21 – ITEM DE CONSUMO REGULAR COM MAIOR ALTA DE PREÇO NOS ÚLTIMOS SEIS MESES CUSTO DE VIDA ABR/2014 (%) Alimentação 70,8 Tarifas públicas (água, energia e outros) 9,8 Moradia 5,6 Saúde 4,2 Educação 3,5 Transporte / ônibus 3,4 Lazer 0,9 Nenhum 0,6 Não sabe / Não respondeu 1,1 Total 100,0 Em sua opinião, qual dos itens abaixo apresentou maior alta de preço nos últimos seis meses? 1 - Alimentação 2 - Educação 3 - Saúde 4 - Lazer 5 - Moradia 6 - Tarifas públicas (água, energia e outros) 7 - Transporte
  25. 25. 25 5.2. POLÍTICA Tabela 22 – GRAU DE INTERESSE NA ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA DESTE ANO RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Muito interessado na eleição 15,0 14,1 Com interesse médio na eleição 22,4 27,1 Pouco interessado na eleição 29,4 30,7 Sem nenhum interesse na eleição 32,7 27,5 Não sabe / Não respondeu 0,5 0,5 Total 100,0 100,0 Em relação à Eleição para Presidente da República em outubro deste ano, o(a) Sr. (a) se considera como: 1 - Muito interessado na eleição 2 –Com interesse médio na eleição 3 - Pouco interessado na eleição 4 –Sem nenhum interesse na eleição
  26. 26. 26 Tabela 23 – PREFERÊNCIA NA FORMA DE ATUAR DO PRÓXIMO PRESIDENTE DO BRASIL RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Continue totalmente a forma atual de governar 12,1 6,9 Continue a maioria das ações 23,1 21,2 Mude a maioria das ações 25,0 29,2 Mude totalmente a forma atual de governar 37,2 39,5 Não sabe / Não respondeu 2,6 3,2 Total 100,0 100,0 Em relação ao próximo Presidente do Brasil, o(a) Sr. (a) prefere que seja alguém que: 1 - Continue totalmente a forma atual de governar 2 - Continue a maioria das ações em relação à forma atual de governar 3 – Mude a maioria das ações em relação à forma atual de governar 4 - Mude totalmente a forma atual de governar
  27. 27. 27 5.3. BRASIL Tabela 24 – SETORES QUE MAIS PRECISAM DE MELHORIAS NO BRASIL (RESPOSTAS MULTIPLAS - ATÉ DUAS CITAÇÕES) RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Saúde 84,4 79,9 Educação 47,6 47,4 Segurança 35,1 37,7 Emprego 10,7 12,4 Habitação 6,6 6,6 Transporte público 5,6 5,0 Saneamento 3,5 2,4 Energia 1,7 1,5 Não sabe / Não respondeu 0,2 0,6 Dos itens relacionados a seguir, em sua opinião, quais os dois que mais precisam de melhorias no Brasil? 1 – Saúde 2 – Educação 3 – Habitação 4 – Segurança 5 – Emprego 6 – Transporte público 7 – Saneamento 8 – Energia
  28. 28. 28 Tabela 25 – EXPECTATIVAS SOBRE A ECONOMIA DO PAÍS EM 2014 RESPOSTA ABR/2014 (%) Crescer muito 14,2 Crescer pouco 32,3 Não vai crescer / vai se manter 34,3 Vai reduzir 10,0 Não sabe / Não respondeu 9,3 Total 100,0 Em relação à economia do país em 2014, o (a) Sr. (a) considera que ela vai: 1 – Crescer muito 2 - Crescer pouco 3 – Não vai crescer/vai se manter 4 – Vai reduzir Tabela 26 – EXPECTATIVAS SOBRE A INFLAÇÃO NO PAÍS EM 2014 RESPOSTA ABR/2014 (%) Crescer muito 46,2 Crescer pouco 26,6 Não vai crescer / Vai se manter 14,2 Vai reduzir 4,2 Não sabe / Não respondeu 8,8 Total 100,0 Em relação à inflação do país em 2014, o (a) Sr. (a) considera que ela vai: 1 – Crescer muito 2 - Crescer pouco 3 – Não vai crescer/vai se manter 4 – Vai reduzir
  29. 29. 29 5.4. “MAIS MÉDICOS” Tabela 27 – PERCENTUAL QUE APOIA O PROGRAMA “MAIS MÉDICOS” RESPOSTA NOV/2013 (%) ABR/2014 (%) Sim 84,3 74,8 Não 12,8 18,7 Não sabe / Não respondeu 2,9 6,5 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) apoia o programa “Mais Médicos”? 1 - Sim 2 - Não Tabela 28 – OPINIÃO A RESPEITO DA CAPACITAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO PROGRAMA “MAIS MÉDICOS” RESPOSTA NOV/2013 (%) ABR/2014 (%) Estão capacitados para atender nossa população 66,8 63,2 Não estão capacitados para atender nossa população 21,5 22,5 Não sabe / Não respondeu 11,7 14,3 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) acha que os médicos estrangeiros, do programa “Mais Médicos”, estão capacitados a fazer atendimento à população no Brasil? 1 - Sim, acho que eles estão capacitados para atender nossa população 2 – Não acho que eles estão capacitados para atender nossa população
  30. 30. 30 Tabela 29 – CONSIDERAÇÃO EM RELAÇÃO AO CUMPRIMENTO DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA “MAIS MÉDICOS” RESPOSTA NOV/2013 (%) ABR/2014 (%) Sim, cumprindo totalmente seus objetivos 13,0 25,2 Sim, mas cumprindo em parte os seus objetivos 46,0 34,7 Não, não está cumprindo seus objetivos 21,6 24,0 Não sabe / Não respondeu 19,4 16,1 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) considera que o programa “Mais Médicos” está cumprindo os objetivos para os quais foi criado? 1 –Sim, está cumprindo totalmente seus objetivos 2 –Sim, mas está cumprindo apenas em parte os seus objetivos 3 – Não, não está cumprindo os seus objetivos Tabela 30 – PERCENTUAL DOS ENTREVISTADOS QUE CONHECE ALGUEM QUE JÁ FOI ATENDIDO POR UM MÉDICO ESTRANGEIRO DO PROGRAMA “MAIS MÉDICOS” RESPOSTA NOV/2013 (%) ABR/2014 (%) Sim, e foi bem atendido 6,1 19,4 Sim, mas não foi bem atendido 1,5 3,1 Não conheço 90,6 72,1 Não sabe / Não respondeu 1,8 5,3 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) conhece alguém que já foi atendido por um médico estrangeiro do programa “Mais Médicos”? 1 - Sim, e foi bem atendido 2 - Sim, mas não foi bem atendido 3 – Não, não conheço ninguém que tenha sido atendido
  31. 31. 31 Tabela 31 – PERCENTUAL DOS ENTREVISTADOS QUE CONSIDERA QUE O PROGRAMA “MAIS MÉDICOS” FOI CAPAZ DE MELHORAR A SAÚDE PÚBLICA NO BRASIL RESPOSTA ABR/2014 (%) Sim, foi capaz de melhorar 39,1 Não, não foi capaz de melhorar 41,3 Não sabe / Não respondeu 19,7 Total 100,0 O (a) Sr. (a) considera que o programa “Mais Médicos” foi capaz de melhorar a condição da saúde pública no Brasil? 1 – Sim, foi capaz de melhorar 2 – Não, não foi capaz de melhorar
  32. 32. 32 5.5. SAÚDE Tabela 32 – PERCENTUAL DOS ENTREVISTADOS QUE JÁ SOFREU ALGUMA DESSAS DOENÇAS: CÂNCER, DIABETES, DOENÇAS CARDIOVASCULARES, DEPRESSÃO, PÂNICO OU FOBIA RESPOSTA ABR/2014 (%) Sim 19,8 Não 79,5 Não sabe / Não respondeu 0,7 Total 100,0 O (a) Sr. (a) sofre ou já sofreu alguma dessas doenças: câncer, diabetes, doenças cardiovasculares, depressão, pânico ou fobia? 1 – Sim 2 – Não
  33. 33. 33 Tabela 33 – RELAÇÃO DOS TIPOS DE DOENÇAS SOFRIDAS PELOS ENTREVISTADOS (RESPOSTAS MÚLTIPLAS) PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 19,8% dos entrevistados que afirmaram sofrer ou já ter sofrido de alguma das doenças avaliadas RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM JÁ TEVE ALGUMA DESTAS DOENÇAS Diabetes 6,2 31,6 Depressão 6,1 31,1 Doenças cardiovasculares 5,3 27,0 Pânico ou Fobia 2,2 11,1 Câncer 1,5 7,8 Outras 0,2 1,0 Não sofre ou não sofreu de alguma das doenças acima 80,2 Qual (quais) dessas doenças o (a) Sr. (a) sofre ou já sofreu? 1 – Câncer 2 – Diabetes 3 – Doenças cardiovasculares 4 – Depressão 5 – Pânico ou fobia 6 - Outras
  34. 34. 34 Tabela 34 – PERCENTUAL DOS ENTREVISTADOS QUE FAZ OU JÁ FEZ O USO DE ANTIDEPRESSIVOS OU ANSIOLÍTICOS NO TRATAMENTO DE DEPRESSÃO OU PÂNICO PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 7,7% dos entrevistados que afirmaram sofrer ou já ter sofrido de depressão ou pânico RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM TEM OU JÁ TEVE DEPRESSÃO OU PÂNICO Sim, faço uso 2,5 32,9 Sim, já fiz uso 2,7 35,5 Não, nunca usei 2,3 29,0 Não sabe / Não respondeu 0,2 2,6 Não sofre ou não sofreu de depressão ou pânico 92,3 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) faz ou já fez uso de antidepressivos ou ansiolíticos? 1 – Sim, faço uso 2 – Sim, já fiz uso 3 – Não, nunca usei
  35. 35. 35 Tabela 35 – PERCENTUAL DOS ENTREVISTADOS QUE CONSIDERA FÁCIL CONSEGUIR O ATENDIMENTO MÉDICO CONTRA A DEPRESSÃO PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 7,7% dos entrevistados que afirmaram sofrer ou já ter sofrido de depressão ou pânico RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM TEM OU JÁ TEVE DEPRESSÃO OU PÂNICO Apenas na rede privada é fácil 1,8 23,2 Apenas na rede pública é fácil 0,9 11,6 Fácil tanto na rede pública quanto na rede privada 0,9 11,0 Não é fácil nem na rede privada nem na rede pública 3,7 48,4 Não sabe / Não respondeu 0,4 5,8 Não sofre ou não sofreu de depressão ou pânico 92,3 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) considera que é fácil conseguir atendimento de saúde contra a depressão? 1 – Sim, na rede pública é fácil 2 – Sim, na rede privada é fácil 3 – Sim, é fácil na rede pública e na rede privada 4 – Não é fácil nem na rede privada nem na rede pública
  36. 36. 36 5.6. SEGURANÇA PÚBLICA Tabela 36 – AVALIAÇÃO DA SEGURANÇA NA CIDADE EM QUE RESIDE RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Ótima 4,9 5,1 Boa 25,0 20,8 Regular 37,5 36,8 Ruim 13,3 15,1 Péssima 19,0 22,0 Não sabe / Não respondeu 0,4 0,2 Total 100,0 100,0 Como o (a) Sr. (a) você avalia a sua segurança pessoal e de sua família na cidade onde vive? 1 - Ótima 2 - Boa 3 - Regular 4 - Ruim 5 – Péssima
  37. 37. 37 Tabela 37 – PERCENTUAL QUE SENTE QUE A VIOLÊNCIA AUMENTOU NA CIDADE ONDE MORA NO ÚLTIMO ANO RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Sim, aumentou muito 46,5 57,8 Sim, aumentou um pouco 30,3 27,5 Não, não aumentou 22,9 14,4 Não sabe / Não respondeu 0,2 0,2 Total 100,0 100,0 No último ano, o (a) Sr. (a) sente que a violência aumentou no lugar onde o (a) Sr. (a) mora? 1 – Sim, aumentou muito 2 – Sim, aumentou um pouco 3 – Não, não aumentou
  38. 38. 38 Tabela 38 – TIPO DE VIOLÊNCIA QUE MAIS PREOCUPA O ENTREVISTADO RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Assalto a mão armada 36,8 41,7 Latrocínio (roubo seguido de morte) 25,3 23,1 Estupro 13,5 15,8 Roubo a residência 14,8 10,9 Furto de veículo 2,5 3,3 Sequestro-relâmpago 3,5 2,8 Outro 1,7 0,9 Nenhum 0,5 0,6 Não sabe / Não respondeu 1,2 0,9 Total 100,0 100,0 Que tipo de violência mais o preocupa? 1 - Assalto à mão armada 2 - Sequestro-relâmpago 3 - Roubo a residência 4 - Furto de veículo 5 – Latrocínio (roubo seguido de morte) 6 – Estupro
  39. 39. 39 Tabela 39 – PRINCIPAL MEDIDA PARA COIBIR A VIOLÊNCIA NAS CIDADES RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Redução da maioridade penal para 16 anos 36,0 37,6 Mais policiamento nas ruas 31,9 31,5 Mais investimentos em educação 18,4 16,5 Aumento de penas 10,0 9,9 Construção de novas penitenciárias 2,6 2,5 Não sabe / Não respondeu 1,1 1,9 Total 100,0 100,0 O que o (a) Sr. (a) acha que precisa ser feito para coibir a violência nas cidades? 1 - Mais policiamento nas ruas 2 – Construção de novas penitenciárias 3 - Aumento de penas 4 – Redução da maioridade penal para 16 anos 5 – Mais investimentos em educação
  40. 40. 40 5.7. PETROBRAS Tabela 40 – PERCENTUAL DOS ENTREVISTADOS QUE TEM ACOMPANHADO AS NOTÍCIAS SOBRE AS DENÚNCIAS ENVOLVENDO A PETROBRAS RESPOSTA ABR/2014 (%) Sim, tenho acompanhado 30,3 Sim, ouvi falar 19,9 Não, não tenho acompanhado / não ouvi falar 49,5 Não sabe / Não respondeu 0,3 Total 100,0 O (a) Sr. (a) tem acompanhado as notícias sobre as denúncias envolvendo a Petrobras? 1 – Sim, tenho acompanhado 2 – Sim, ouvi falar 3 – Não, não tenho acompanhado / não ouvi falar
  41. 41. 41 Tabela 41 – PERCENTUAL QUE É A FAVOR DA CPI PARA APURAR E INVESTIGAR A PETROBRAS PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 50,2% dos entrevistados que afirmaram acompanhar ou ter ouvido falar sobre as denúncias envolvendo a Petrobras RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM ACOMPANHA / JÁ OUVIU FALAR Sim 45,9 91,4 Não 2,7 5,5 Não sabe / Não respondeu 1,6 3,2 Não tenho acompanhado / não ouvi falar 49,8 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) é a favor da CPI para apurar e investigar as informações envolvendo a Petrobras? 1 – Sim 2 – Não
  42. 42. 42 Tabela 42 – PERCENTUAL DE ENTREVISTADOS QUE ACHAM QUE HOUVE IRREGULARIDADES NA COMPRA DA REFINARIA DE PASADENA PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 50,2% dos entrevistados que afirmaram acompanhar ou ter ouvido falar sobre as denúncias envolvendo a Petrobras RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM ACOMPANHA / JÁ OUVIU FALAR Sim 40,5 80,5 Não 3,2 6,5 Não sabe / Não respondeu 6,5 13,0 Não tenho acompanhado / não ouvi falar 49,8 Total 100,0 100,0 Em sua opinião, houve irregularidades na compra da refinaria de Pasadena? 1 – Sim 2 – Não
  43. 43. 43 Tabela 43 – RESPONSABILIDADE DE DILMA ROUSSEFF NA COMPRA DA REFINARIA DE PASADENA PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 50,2% dos entrevistados que afirmaram acompanhar ou ter ouvido falar sobre as denúncias envolvendo a Petrobras RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM ACOMPANHA / JÁ OUVIU FALAR Sim, ela é responsável 33,4 66,5 Não, ela foi mal informada 11,2 22,3 Não sabe / Não respondeu 5,6 11,2 Não tenho acompanhado / não ouvi falar 49,8 Total 100,0 100,0 Sabendo que Dilma Rousseff dirigia o Conselho de Administração da Petrobras na época da aquisição da refinaria de Pasadena, quando ela era ministra da Casa Civil, o (a) Sr. (a) considera que ela teve responsabilidade na compra? 1 – Sim. Ela é responsável porque deveria se informar bem antes da aprovação do negócio 2 – Não. Ela foi mal informada a respeito do negócio da Petrobras
  44. 44. 44 Tabela 44 – PERCEPÇÃO SOBRE CAPACIDADE DE DILMA ROUSSEFF EM GERENCIAR O GOVERNO RESPOSTA ABR/2014 (%) Sim, considero a presidente uma boa gerente 22,3 Não, a presidente não é uma boa gerente 30,6 A presidente é uma gerente regular, às vezes acerta, às vezes erra 44,8 Não sabe / Não respondeu 2,2 Total 100,0 O (a) Sr. (a) considera a presidente Dilma uma pessoa que sabe gerenciar o governo? 1 - Sim, considero a presidente uma boa gerente 2 - Não, a presidente não é uma boa gerente 3 – A presidente é uma gerente regular, às vezes acerta, às vezes erra
  45. 45. 45 5.8. INTERNET E MEIOS DE COMUNICAÇÃO Tabela 45 – UTILIZAÇÃO DE INTERNET RESPOSTA ABR/2014 (%) Sim, utilizo 60,1 Não, não utilizo 39,9 Total 100,0 O (a) Sr. (a) utiliza a Internet? 1 – Sim, utilizo 2 – Não, não utilizo Tabela 46 –FREQUÊNCIA DE UTILIZAÇÃO DE INTERNET PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 60,1% dos entrevistados que utilizam internet RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM UTILIZA INTERNET Diariamente 39,4 65,5 Alguns dias por semana 15,2 25,3 Alguns dias por mês 1,8 3,1 Raramente 3,6 6,1 Não sabe / Não respondeu 0,1 0,1 Não utiliza internet 39,9 Total 100,0 100,0 Com que frequência o (a) Sr. (a) utiliza a Internet? 1 – Diariamente 2 – Alguns dias por semana 3 – Alguns dias por mês 4 – Raramente 5 – Outros
  46. 46. 46 Tabela 47 – PERCENTUAL QUE UTILIZA REDES SOCIAIS PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 60,1% dos entrevistados que utilizam internet RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM UTILIZA INTERNET Sim, utilizo redes sociais 50,9 84,6 Não, não utilizo redes sociais 9,2 15,4 Não utiliza internet 39,9 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) utiliza as redes sociais? 1 – Sim, utilizo 2 – Não, não utilizo
  47. 47. 47 Tabela 48 –REDE SOCIAL MAIS UTILIZADA PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 50,9% dos entrevistados que utilizam redes sociais RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM UTILIZA REDE SOCIAL Facebook 42,5 83,6 Whatsapp 6,2 12,3 YouTube 0,7 1,5 Twitter 0,7 1,3 Instagram 0,3 0,5 Orkut 0,1 0,2 Não sabe / Não respondeu 0,3 0,7 Não utiliza redes sociais 49,1 Total 100,0 100,0 Qual rede social o (a) Sr. (a) mais utiliza? 1 – Facebook 2 – Twitter 3 – Instagram 4 – Whatsapp 5 – YouTube 6- Orkut
  48. 48. 48 Tabela 49 – MEIO ELETRÔNICO QUE O ENTREVISTADO MAIS CONFIA E UTILIZA PARA SE INFORMAR PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 50,9% dos entrevistados que utilizam redes sociais RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM UTILIZA REDE SOCIAL Portais de notícias 29,2 57,5 Redes sociais 15,6 30,6 Blogs 2,6 5,2 Outros sites 2,1 4,2 Não sabe / Não respondeu 1,3 2,5 Não utiliza redes sociais 49,1 Total 100,0 100,0 Qual dos seguintes meios eletrônicos o (a) Sr. (a) mais confia e utiliza para se informar ? 1 - Portais de notícias 2 - Redes sociais 3 – Blogs 4 – Outros sites
  49. 49. 49 Tabela 50 – PERCENTUAL QUE CONSIDERA QUE O USO DAS REDES SOCIAIS ATRAPALHA OU AUXILIA NO TRABALHO E / OU ESTUDO PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 50,9% dos entrevistados que utilizam redes sociais RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM UTILIZA REDE SOCIAL Auxilia 32,7 64,2 Atrapalha 15,7 30,9 Não sabe / Não respondeu 2,4 4,8 Não utiliza redes sociais 49,1 Total 100,0 100,0 O (a) Sr. (a) acha que o uso das redes sociais atrapalha ou auxilia no trabalho e /ou no estudo? 1 – Atrapalha 2 – Auxilia Tabela 51 – IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA AUXILIAR NA DECISÃO DO VOTO NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES PERCENTUAL DE RESPOSTAS VÁLIDAS: 50,9% dos entrevistados que utilizam redes sociais RESPOSTA % ENTRE O TOTAL DOS ENTREVISTADOS % PARA QUEM UTILIZA REDE SOCIAL Sim, serão importantes 21,8 42,9 Não, não serão importantes 27,9 54,8 Não sabe / Não respondeu 1,1 2,3 Não utiliza redes sociais 49,1 Total 100,0 100,0 As redes sociais serão importantes para auxiliar o (a) Sr. (a) a decidir o seu voto nas próximas eleições? 1 – Sim, serão importantes 2 – Não, não serão importantes
  50. 50. 50 Tabela 52 – MEIOS DE INFORMAÇÃO QUE O ENTREVISTADO UTILIZA E CONSIDERA IMPORTANTES PARA A FORMAÇÃO DE OPINIÃO SOBRE O BRASIL (RESPOSTAS MULTIPLAS - ATÉ DUAS CITAÇÕES) RESPOSTA ABR/2014 (%) Televisão 83,0 Internet 35,7 Jornal impresso 24,6 Rádio 18,7 Amigos / Boca a boca 10,8 Revistas 2,2 Outro meio 0,5 Não se informa 0,1 Não sabe / Não respondeu 0,5 Dos meios de informação que o (a) Sr. (a) utiliza, quais considera importantes para a sua formação de opinião sobre o Brasil? 1 - Jornal impresso 2 - Televisão 3 - Rádio 4 - Internet (blogs, sites, redes sociais etc.) 5 - Revistas 6 - Amigos / Boca a boca 7 – Outro meio 98 – Não se informa
  51. 51. 51 5.9. BOLSA FAMÍLIA Tabela 53 – PERCENTUAL QUE RECEBE OU CONHECE ALGUÉM QUE RECEBE BOLSA FAMÍLIA RESPOSTA FEV/2014 (%) ABR/2014 (%) Recebe recursos do programa 12,4 11,7 Apenas conhece outra pessoa que recebe recursos 46,1 48,4 Não recebe e não conhece quem receba recursos 41,3 39,0 Não sabe / Não respondeu 0,2 0,9 Total 100,0 100,0 Em relação ao programa Bolsa Família, o (a) Sr: 1 – Recebe recursos do Bolsa Família 2 – Apenas conhece outra pessoa que recebe recursos do programa 3 – Não recebe e não conhece quem receba recursos do programa
  52. 52. 52 Tabela 54 – RESUMO DA POSSIBILIDADE DE VOTO PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA EM 2014 CANDIDATO POTENCIAL POSITIVO POTENCIAL NEGATIVO NÃO CONHECE Não sabe / Não respondeu Dilma Rousseff 52,6 43,1 0,8 3,5 Aécio Neves 44,9 32,4 16,6 6,1 Eduardo Campos 35,4 29,9 29,2 5,5 Tabela 55 – RESUMO DA POSSIBILIDADE DE VOTO PARA PRESIDENTE DA REPÚBLICA EM 2014, CONSIDERANDO APENAS QUEM CONHECE O CANDIDATO CANDIDATO POTENCIAL POSITIVO POTENCIAL NEGATIVO Não sabe / Não respondeu Aécio Neves 53,8 38,8 7,4 Dilma Rousseff 53,0 43,4 3,6 Eduardo Campos 50,0 42,2 7,8
  53. 53. 53 ANEXO 1 – AVALIAÇÃO DO GOVERNO GOVERNO FERNANDO HENRIQUE– 1º mandato | jan/1995 até dez/1998 DATA POSITIVO REGULAR NEGATIVO jul/1998 31,0 46,0 23,0 dez/1998 32,0 43,0 23,0 GOVERNO FERNANDO HENRIQUE– 2º mandato | jan/1999 até dez/2002 DATA POSITIVO REGULAR NEGATIVO jan/1999 27,0 37,0 33,0 fev/1999 19,0 32,0 47,0 mar/1999 16,0 39,0 43,0 abr/1999 17,0 35,0 46,0 mai/1999 15,0 32,0 51,0 jul/1999 12,0 33,0 53,0 ago/1999 12,0 28,0 59,0 set/1999 8,0 26,0 65,0 out/1999 8,0 27,0 62,0 nov/1999 11,0 28,0 59,0 dez/1999 12,0 26,0 59,0 jan/2000 16,0 40,0 43,0 fev/2000 16,0 33,0 49,0 mar/2000 16,0 31,0 51,0 abr/2000 14,0 34,0 51,0 mai/2000 15,0 31,0 53,0 jun/2000 13,0 26,0 59,0 jul/2000 19,0 34,0 44,0 ago/2000 18,8 39,1 39,3 set/2000 23,4 35,8 38,0 out/2000 19,1 41,7 35,7 dez/2000 23,0 34,5 38,0
  54. 54. 54 GOVERNO FERNANDO HENRIQUE– 2º mandato | jan/1999 até dez/2002 - CONTINUAÇÃO DATA POSITIVO REGULAR NEGATIVO jan/2001 25,4 40,4 30,6 fev/2001 26,2 39,8 29,5 mar/2001 33,3 36,7 26,6 abr/2001 29,7 38,9 27,9 mai/2001 22,1 36,2 37,1 jun/2001 17,7 35,1 44,5 jul/2001 19,8 33,5 43,6 ago/2001 21,7 35,3 40,0 set/2001 21,7 36,1 39,4 out/2001 22,0 38,9 36,4 dez/2001 22,9 38,0 35,2 jan/2002 26,7 38,9 30,5 fev/2002 27,4 39,8 28,8 mar/2002 28,1 38,7 29,1 abr/2002 25,6 37,1 32,6 mai/2002 28,2 37,9 29,5 jun/2002 29,8 39,8 26,0 jul/2002 26,7 43,4 27,2 ago/2002 27,6 40,3 29,6 set/2002 25,2 37,7 33,8 out/2002 24,3 38,6 34,4
  55. 55. 55 GOVERNO LULA – 1º mandato | jan/2003 até dez/2006 DATA POSITIVO REGULAR NEGATIVO jan/2003 56,6 17,7 2,3 mar/2003 45,0 32,7 7,9 abr/2003 47,7 34,8 9,4 mai/2003 51,6 35,7 7,2 jul/2003 46,3 38,8 10,3 ago/2003 48,3 38,6 10,0 out/2003 41,6 42,3 12,3 dez/2003 41,0 41,9 12,9 fev/2004 39,9 40,6 15,1 mar/2004 34,6 42,7 19,4 mai/2004 34,6 43,5 20,0 jun/2004 29,4 44,2 24,1 ago/2004 38,2 40,8 17,7 set/2004 41,3 39,1 16,4 dez/2004 44,5 38,2 14,4 fev/2005 42,6 39,9 13,9 abr/2005 41,9 39,8 16,0 mai/2005 39,8 38,3 18,8 jul/2005 40,3 37,1 20,0 set/2005 35,8 38,2 24,0 nov/2005 31,1 37,6 29,0 fev/2006 37,5 40,0 21,4 abr/2006 37,6 36,7 24,1 mai/2006 38,3 37,5 22,2 jul/2006 41,0 38,5 19,3 ago/2006 43,6 39,5 15,6
  56. 56. 56 GOVERNO LULA – 2º mandato | jan/2007 até dez/2010 DATA POSITIVO REGULAR NEGATIVO abr/2007 49,5 34,3 14,6 jun/2007 47,5 36,5 14,0 out/2007 46,5 35,9 16,5 fev/2008 52,7 32,5 13,7 abr/2008 57,5 29,6 11,3 set/2008 68,8 23,2 6,8 dez/2008 71,1 21,6 6,4 jan/2009 72,5 21,7 5,0 mar/2009 62,4 29,1 7,6 mai/2009 69,8 23,9 5,8 set/2009 65,4 26,6 7,2 nov/2009 70,0 22,7 6,2 jan/2010 71,4 22 5,8 mai/2010 76,1 19,2 4,4 ago/2010 77,5 15,4 4,6 set/2010 78,4 15,9 3,9 set/2010 79,4 15,9 4,0 dez/2010 83,4 13,7 2,2 GOVERNO DILMA – jan/2011 até abr/2014 DATA POSITIVO REGULAR NEGATIVO ago/2011 49,2 37,1 9,3 Jul/2012 56,6 35,5 7,0 Jun/2013 54,2 35,6 9,0 Jul/2013 31,3 38,7 29,5 Set/2013 38,1 39,7 21,9 Nov/2013 39,0 37,7 21,7 Fev/2014 36,4 37,9 24,8 Abr/2014 32,9 35,9 30,6
  57. 57. 57 ANEXO 2 – HISTÓRICO DA APROVAÇÃO DO DESEMPENHO PESSOAL DO PRESIDENTE GOVERNO FERNANDO HENRIQUE– 2º mandato | jan/1999 até dez/2002 DATA APROVA DESAPROVA mar/2001 45,6 45,4 abr/2001 46,1 46,5 mai/2001 37,4 54,7 jun/2001 30,1 62,3 jul/2001 31,8 58,8 ago/2001 32,7 59,3 set/2001 34,5 58,9 out/2001 36,4 55,6 dez/2001 37,4 51,7 jan/2002 40,5 48,8 fev/2002 40,5 46,1 mar/2002 39,0 51,5 abr/2002 36,0 52,2 mai/2002 41,8 46,5 jun/2002 41,6 45,1 jul/2002 40,2 47,0 ago/2002 37,3 49,6 set/2002 37,6 50,9 out/2002 34,7 53,9
  58. 58. 58 GOVERNO LULA – 1º mandato | jan/2003 até dez/2006 DATA APROVA DESAPROVA jan/2003 83,6 6,8 mar/2003 78,9 12,3 abr/2003 73,9 14,2 mai/2003 78,0 13,0 jul/2003 77,6 14,4 ago/2003 76,7 16,2 out/2003 70,6 20,8 dez/2003 69,9 21,0 fev/2004 65,3 24,2 mar/2004 59,6 30,5 mai/2004 60,2 32,4 jun/2004 54,1 37,6 ago/2004 58,1 32,8 set/2004 58,8 30,7 dez/2004 65,4 26,7 fev/2005 66,1 26,5 abr/2005 60,1 29,0 mai/2005 57,4 32,7 jul/2005 59,9 30,2 set/2005 50,0 39,4 nov/2005 46,7 44,2 fev/2006 53,3 38,0 abr/2006 53,6 37,6 mai/2006 53,9 37,8 jul/2006 55,8 37,0 ago/2006 59,3 32,5
  59. 59. 59 GOVERNO LULA – 2º mandato | jan/2007 até dez/2010 DATA APROVA DESAPROVA abr/2007 63,7 28,2 jun/2007 64,0 29,8 out/2007 61,2 32,5 fev/2008 66,8 28,6 abr/2008 69,3 26,1 set/2008 77,7 16,6 dez/2008 80,3 15,2 jan/2009 84,0 12,2 mar/2009 76,2 19,9 mai/2009 81,5 15,7 set/2009 76,8 18,7 nov/2009 78,9 14,6 jan/2010 81,7 13,9 mai/2010 83,7 13,1 ago/2010 80,5 14,4 set/2010 81,4 12,2 set/2010 80,7 16,4 dez/2010 87,0 10,7 GOVERNO DILMA – jan/2011 até abr/2014 DATA APROVA DESAPROVA ago/2011 70,2 21,1 jul/2012 75,7 17,3 Jun/2013 73,7 20,4 Jul/2013 49,3 47,3 Set/2013 58,0 40,5 Nov/2013 58,8 38,9 Fev/2014 55,0 41,0 Abr/2014 47,9 46,1

×