Quinta-feira, 23/10/2014 IBCJ 
Sermão: Jesus, nosso socorro bem presente! 
Tiago 1:17 - Toda a boa dádiva e todo o dom per...
Quinta-feira, 23/10/2014 IBCJ 
privou dessa sua missão, pelo contrário, não houve um que de 
coração aberto tenha se acheg...
Quinta-feira, 23/10/2014 IBCJ
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sermão: Jesus, nosso socorro bem presente!

582 visualizações

Publicada em

Sermão: Jesus, nosso socorro bem presente!
Texto bíblico: Tiago 1:17 e Hebreu 13:8
Quinta-feira: 23/10/2014
Igreja Batista Central de Jacarepaguá
Pr. Julio Cesar

Visite nosso site: www.ibcjrj.com.br

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
582
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sermão: Jesus, nosso socorro bem presente!

  1. 1. Quinta-feira, 23/10/2014 IBCJ Sermão: Jesus, nosso socorro bem presente! Tiago 1:17 - Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação. Hebreu 13:8 - Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente. Os Evangelhos não economizam palavras para descreverem que muitas pessoas se deslocaram de lugares distantes com o fim de se encontrarem com Jesus Cristo. Movidos, talvez, por tudo o que Cristo realizava e por perceberem sua justiça e o fato de que Ele não fazia acepção de pessoas... A verdade é que Cristo, para muitos, passou a ser associado à palavra socorro. Vinham pessoas de todos os lugares a fim de vê-Lo, de ouvi- Lo, de tocá-Lo e, principalmente, de receber algum favor de sua parte: Zaqueu; A mulher do fluxo de sangue; O oficial do rei; O centurião de Cafarnaum; Os homens que carregaram o paralítico... Por quê? Porque eles acreditaram no socorro, e acreditar no socorro é manter acesa a chama da esperança! O dia em que o indivíduo deixar de crer no socorro ele certamente enterrará neste dia suas esperanças. Cristo esteve ali para levar socorro àqueles que não tinham sequer o direito de esperar pelo socorro, esquecidos, desamparados, desprotegidos. Como nos ensina os Salmos 60 e 108... Salmos 60:11 – “Dá-nos auxílio na angústia, porque vão é o socorro do homem.” Salmos 108:12 – “Dá-nos auxílio para sairmos da angústia, porque vão é o socorro da parte do homem”. O que aconteceu com este salmista para que ele tenha chegado à conclusão de que o socorro do homem é vão? Certamente se frustrou com alguma promessa, com alguma garantia... Não... É certo, pode ficar tranquilo... Da tranquilidade à angústia e às vezes em questão de minutos... Cristo veio para que a esperança fosse devolvida e que valeria a pena esperar pelo socorro, pois Ele fez de si mesmo o próprio socorro. Ele não se
  2. 2. Quinta-feira, 23/10/2014 IBCJ privou dessa sua missão, pelo contrário, não houve um que de coração aberto tenha se achegado a Ele que não tenha encontrado abrigo, refúgio... Ninguém! Ele fazia questão! O que queres que te faça? Foi a pergunta de Cristo. Pergunta de alguém que verdadeiramente se importa com a miséria alheia, de alguém que sabe que pode mudar a realidade e quer mudar a realidade. O socorro outrora tão desejado, mas tão distante, agora estava ali, andando pelas ruas... Aquele de quem o salmista falava em Salmos 46:1 – “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia”. Encarnou-se, tornou-se mais presente do que qualquer momento antes, mais do que em qualquer outro momento da história eles podiam cantar: Salmos 121:1 “Elevam os olhos para os montes: de onde me virá o socorro?”. Salmos 121:2 – “O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra”. Às multidões alcançaram socorro! Os apóstolos alcançaram socorro! Os discípulos alcançaram socorro! Os desconhecidos encontraram socorro! Paulo alcançou socorro! O autor de Hebreus garantiu aos receptores de sua carta que ele deveriam se achegar... Confiadamente, junto ao Trono da graça, a fim de recebermos misericórdia e acharmos graça para socorro em ocasião oportuna. E quanto a nós? Para cada um de nós fica a certeza firmada por Hebreus 12:8 “Ele não mudou!” Fica a garantia dada por Tiago: “Nele não há variação de mudança”. Portanto, Ele não deixou de ser o próprio socorro. Ele continua presente e com o mesmo desejo: socorrer a cada um de nós! E que Ele nos ajude a nunca duvidar desta sua missão e de que Ele quer torná-la realidade em nossa existência. Em Cristo, Pr. Júlio Cesar.
  3. 3. Quinta-feira, 23/10/2014 IBCJ

×