Relatório da atividade experimental ciências.
Relatório da atividade experimental ciências.
Relatório da atividade experimental ciências.
Relatório da atividade experimental ciências.
Próximos SlideShares
Relatório dissecação do coração de porcoRelatório dissecação do coração de porco
Carregando em ... 3
1 de 4

Mais conteúdo relacionado

Relatório da atividade experimental ciências.

  1. Relatório da atividade experimental Dissecação do coração de um porco Grupo: Diego Lima - Nº3 João Picão - Nº 8 Liliana de Matos Cordeiro – Nº11 Melissa Tavares – Nº 14 Raúl Poiana – Nº17 Introdução: O coração é um órgão musculoso localizado na caixa torácica entre os dois pulmões, com uma ligeira Inclinação para o lado esquerdo e tem forma cónica. Pesa entre 300g a 400g no adulto e o seu tamanho Está relacionado com a estatura de cada indivíduo. Em condições normais pode dizer-se que é um pouco Maior que o tamanho da mão fechada. Internamente, o coração está dividido em quatro cavidades, duas Aurículas, separadas pelo septo interauricular, e dois ventrículos, separados pelo septo interventricular. Cada Uma das aurículas comunica através de uma abertura com o ventrículo situado no mesmo lado. Nessas Aberturas, existem válvulas (aurículo-ventriculares), estruturas cuja função é regular a passagem do sangue Das aurículas para os ventrículos. No coração, ainda se podem observar outras válvulas, no inicio das Artérias, à saída do coração – válvulas sigmóides ou semilunares.
  2. Objetivos: Descrever a forma e a estrutura do coração de um mamífero; Inferir as funções das estruturas do coração com base na sua observação. Materiais: Coração de porco; Tabuleiro de dissecação; Sonda canelada; Bisturi; Tesoura; Agulhas de dissecação; Pinça; Luvas; Procedimentos: 1 – Calçar as luvas e observar atentamente o coração, primeiramente pela face ventral e depois pela face dorsal. 2 – Reparou-se nas aurículas, achatadas, e nos ventrículos, que formam a massa principal do coração. Identificou-se as veias cavas, em relação com a aurícula direita, e as veias pulmonares, em relação com a aurícula esquerda.
  3. 3 – Introduz-se a sonda canelada na artéria pulmonar e com a tesoura cortou- se longitudinalmente, prosseguindo o corte até ao ventrículo direito; Observou-se as membranas esbranquiçadas que separam a artéria do ventrículo – são as válvulas arteriais (semilunares); Prosseguiu-se a dissecação da parede do ventrículo até se aproximar do sulco interventricular. Afastou-se os bordos da incisão e observou-se as membranas esbranquiçadas que separam a aurícula do ventrículo e que constituem a válvula tricúspide. 4 – Efectuou-se seguidamente a dissecação do ventrículo esquerdo. Introduz-se a sonda canelada na artéria aorta e cortou-se a sua parede a todo o comprimento, prosseguindo o corte até ao ventrículo esquerdo; Observou-se as membranas esbranquiçadas que separam a artéria do ventrículo – são as válvulas semilunares; Afastou-se os bordos da incisão e observou-se as membranas esbranquiçadas que separam a aurícula do ventrículo e que constituem a válvula bicúspide. 5 – Observou-se e registou-se os resultados. Discussão: Tendo em conta todos os procedimentos que realizamos, podemos concluir que: No lado esquerdo do coração apenas circula sangue arterial e no lado direito sangue venoso Aos ventrículos estão ligados artérias e às aurículas estão ligados veias As válvulas tricúspides e bicúspides separam as aurículas dos ventrículos O miocárdio é mais espesso nos ventrículos do que nas aurículas O miocárdio é mais espesso no ventrículo esquerdo do que no direito Conclusões: No coração, tudo tem uma função específica e extremamente importante.
  4. https://pt.slideshare.net/MariaIsabelFreitas/relatrio-dissecao-do-corao-de-porco- lcia-gomes-n17-e-maria-freitas-n18 https://www.youtube.com/watch?v=qS1jJo1y2v4 https://notapositiva.com/dissecacao-do-coracao-de-um-porco/# http://www.rdpc.uevora.pt/bitstream/10174/11817/23/V_4%20mar%C3%A7o_Pr otocolo_disseca%C3%A7%C3%A3o_cora%C3%A7%C3%A3o.pdf https://ebsm.pt/base/?p=4266