Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009

1.163 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.163
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
645
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009

  1. 1. Caracterização e Dimensionamentodo Turismo Receptivo na Bahia 2009 Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
  2. 2. Pesquisa Fipe Para aferir os números do turismo na Bahia, tivemos a preocupação de contratar a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE, instituição da Universidade de São Paulo – USP, responsável pelas pesquisas da Embratur, de forma que, usando a mesma metodologia, pudéssemos comparar o dados da Bahia com o de outros estados da Federação. A pesquisa foi contratada em junho de 2008 e realizada durante exatamente um ano.
  3. 3. Aspectos GeraisObjetivos:Caracterizar e dimensionar o turismo doméstico einternacional no estado, identificando os seguinteselementos: Contagem do fluxo turístico Perfil sócio-econômico dos viajantes Seus gastos Suas avaliações das áreas e / ou eventos visitados Taxa de ocupação dos meios de hospedagem das localidades pesquisadas.
  4. 4. Aspectos Gerais As pesquisas foram realizadas no período de alta, média e baixa estações nos 22 principais portões de entrada do estado (receptivo tradicional) e nos municípios marcados fortemente pelas festas juninas, carnavalescas e religiosas. As localidades foram selecionadas com base na capacidade hoteleira, no apelo natural, cultural e/ou econômica, além do seu reconhecido potencial turístico. Para consolidação dos dados, foram feitas, no período, quatro tipos de pesquisas, realizadas em sete etapas. Ao todo, foram aplicados 16.525 questionários nas localidades de receptivo tradicional e nos municípios fortemente marcados pelos eventos juninos, carnavalescos e religiosos. As entrevistas foram realizadas de forma direta e aleatória nas seguintes localidades:
  5. 5. Receptivos tradicionais Salvador  Lençóis Porto Seguro  Maraú / Camamu Trancoso  Barreiras Arraial D’Ajuda  Cachoeira Santa Cruz Cabrália  Ilha de Itaparica Ilhéus  Vera Cruz Ilha de Comandatuba  Itacaré Morro de São Paulo  Juazeiro Praia do Forte  Paulo Afonso Costa do Sauípe  Rio de Contas Imbassaí  Prado
  6. 6. Eventos Juninos Salvador  Euclides da Cunha Porto Seguro  Cachoeira Ilhéus  Serrinha Lençóis  Macaúbas Senhor do Bonfim  Entre Rios Barreiras  Amargosa Jequié  Piritiba Paulo Afonso  Barra Cruz das Almas  Maragojipe Santo Antonio de Jesus  Ibicuí Mucugê
  7. 7. Eventos religiosos Bom Jesus da Lapa (Festa de Nosso Senhor Bom Jesus) Cachoeira (Festa de Nossa Senhora da Boa Morte) Canudos (Romaria de Canudos) Monte Santo (Romaria da Serra de Piquaraçá)
  8. 8. Eventos carnavalescos Salvador Porto Seguro
  9. 9. Dimensionamento eCaracterização do TurismoReceptivo Carnaval
  10. 10. Fluxo Turístico A pesquisa de contagem de fluxo turístico do Carnaval ocorreu entre os dias 20 e 26 de fevereiro, na cidade de Salvador, e entre os dias 26 de fevereiro e 1 de Março, em Porto Seguro. Neste período também foi realizado o levantamento censitário em hotéis e a estimação do fluxo turístico no evento nas localidades indicadas.
  11. 11. Fluxo Turístico Em Salvador, o levantamento de dados foi feito nos cinco principais pontos de entrada de pessoas na cidade: Aeroporto, Terminal Rodoviário, Ferry Boat e nas rodovias BA- 099 e BR-324. Em Porto Seguro, o levantamento de dados foi feito nos três principais pontos de entrada de pessoas na cidade: Aeroporto, Terminal Rodoviário e Rodovia.
  12. 12. Fluxo Turístico Cidade Via aérea Hidroviária Rodovia Rodoviária TotalSalvador 324.995 55.609 35.567 78.590 494.761P. Seguro 36.206 - 49.745 20.912 106.862 Total 361.201 55.609 85.312 99.502 601.624
  13. 13. Salvador
  14. 14. SalvadorVia Aérea A via aérea foi responsável pela entrada de 324.995 turistas no mês de fevereiro, apresentando-se assim como o principal portão de entrada de turistas na cidade, responsável por 65,7% do fluxo turístico. A maioria (85,3%) dos turistas que chegaram a Salvador por via aérea no mês de fevereiro mora no Brasil.
  15. 15. Salvador Argentina, Estados Unidos e Itália são os principais países emissores de turista para Salvador durante o Carnaval. Alemanha, Portugal, Espanha e França também representam um contingente significativo, enquanto Inglaterra, Israel e Suíça apresentaram baixo, mais representativo. Como não existe uma série histórica de pesquisa de fluxo de turistas no Carnaval, não se pode considerar este resultado como ranking definitivo.
  16. 16. País % No de TuristasBrasil 85,3 277.177Argentina 1,9 6.330Estados Unidos 1,8 6.318Itália 1,6 5.048Alemanha 1,4 4.476Portugal 1,3 4.352Espanha 1,2 3.897França 1,1 3.717Israel 0,6 2.070Inglaterra 0,5 1.675Suíça 0,3 1.036Austrália 0,3 944Venezuela 0,2 748Canadá 0,2 712Holanda 0,2 572Outros países 1,8 5.923Total 100 324.995
  17. 17. Salvador Dos turistas que residem no Brasil, o principal pólo emissor foi o estado de São Paulo, responsável por 29,4% do fluxo na via aérea. A seguir aparecem ainda com destaque o estado do Rio de Janeiro (18,4%), o próprio estado da Bahia (10,5%), Distrito Federal (7,6%) e Minas Gerais (7,5%).
  18. 18. Estado % No de TuristasSão Paulo 29,4 81.498Rio de Janeiro 18,4 51.047Bahia 10,5 29.179Distrito Federal 7,6 21.065Minas Gerais 7,5 20.737Pernambuco 5,8 15.994Alagoas 2,9 8.162Paraná 2,9 8.018Ceará 2,5 6.867Rio Grande do Sul 2,3 6.352Rio Grande do Norte 2,2 6.040Sergipe 1,5 4.255Paraíba 1,2 3.441Espírito Santo 1,0 2.878Goiás 1,0 2.783Santa Catarina 0,8 2.270Pará 0,5 1.287Amazonas 0,4 1.158Outros 1,5 4.145Total 100 277.177
  19. 19. Salvador No Carnaval, dois municípios aparecem com destaque no mês de fevereiro como principais emissores de turistas para Salvador. Primeiramente São Paulo/SP, responsável por 24,5% do fluxo turístico e depois Rio de Janeiro/RJ, com 17,2% do fluxo. A seguir, já bem distantes da participação destes municípios aparecem: Brasília/DF (7,6%), Belo Horizonte/MG (5,7%) e Recife (5,3%).
  20. 20. SalvadorVia hidroviária A via hidroviária foi responsável pela entrada de 55.609 turistas no mês de Fevereiro. A maioria (93,0%) dos turistas que chegaram a Salvador por via hidroviária mora no Brasil. Dos turistas que residem no Brasil, mais da metade (54,9%) são oriundos do próprio estado baiano. A seguir aparecem o estado de São Paulo (11,0%), Rio de Janeiro (9,9%), Distrito Federal (5,4%) e Minas Gerais (4,7%)
  21. 21. País de Residência dos Turistas (%) N. de TuristasBrasil 93,0 51.739Alemanha 1,9 1.034França 1,0 567Itália 0,8 434Argentina 0,7 400Portugal 0,5 300Espanha 0,5 267Outros 1,6 867Total 100,0 55.609
  22. 22. UF de Residência dos Turistas do Brasil (%) N. de Turistas BA 54,9 28.403 SP 11,0 5.687 RJ 9,9 5.102 DF 5,4 2.792 MG 4,7 2.413 PE 2,7 1.379 ES 2,3 1.206 SE 2,3 1.172 CE 1,3 689 PR 1,1 552 MA 0,8 414 GO 0,7 345 AL 0,5 276 RS 0,5 276 PB 0,3 172 RN 0,3 172 SC 0,3 172 MS 0,3 138 MT 0,2 103 PI 0,2 103 AM 0,1 69 PA 0,1 34 RO 0,1 34 RR 0,1 34Total 100,0 51.739
  23. 23. Salvador Como o estado da Bahia corresponde a mais da metade do número de turistas, é evidente que os principais municípios emissores estejam localizados na Bahia. Valença/BA foi o principal município emissor de turistas pra cidade de Salvador, com 17,9% do fluxo. A seguir aparecem São Paulo/SP (8,7%), Rio de Janeiro/RJ (8,4%), Brasília/DF (5,4%), Ilhéus/BA (4,1%) e Itabuna/BA (4,0%)
  24. 24. SalvadorVia rodoviária - ônibus A rodoviária de Salvador foi responsável pela entrada de 78.590 turistas no mês de Fevereiro. Destes, apenas 5,3% vieram de outros países, o restante (94,7%) são residentes no Brasil.
  25. 25. País de Residência dos Turistas (%) N. de TuristasBrasil 94,7 74.457Israel 1,0 755Estados Unidos 0,7 534Austrália 0,6 471Inglaterra 0,4 328Alemanha 0,3 260França 0,3 255Outros Países 1,9 1.530Total 100,0 78.590
  26. 26. Salvador Assim como na via hidroviária, o próprio estado da Bahia é o principal emissor de turistas pra Salvador, responsável por 56,8% do fluxo no mês de Fevereiro. A seguir aparecem Sergipe (16,2%), Pernambuco (5,2%), São Paulo (4,7%) e Alagoas (3,5%). O principal município emissor de turistas rodoviários para Salvador é Aracajú/SE, responsável por 14,5% do número de turistas. A seguir aparecem São Paulo/SP (4,3%), Juazeiro/BA (3,8%), Vitória da Conquista/BA (3,6%) e Jequié/BA (3,0%).
  27. 27. Porto Seguro
  28. 28. Porto SeguroVia Aérea O aeroporto de Porto Seguro foi responsável pela entrada de 36.206 turistas no mês de Fevereiro. Destes, apenas 6,3% vieram de outros países, o restante (93,7%) são residentes no Brasil. No que tange os turistas brasileiros, o estado de São Paulo é o principal emissor de turistas pra Porto Seguro, correspondendo a 32,4% do fluxo no mês de Fevereiro. A seguir aparecem o estado de Minas Gerais (25,4%), Bahia (11,1%), Rio de Janeiro (8,9%) e Rio Grande do Sul (6,4%).
  29. 29. Porto Seguro O principal município emissor de turistas rodoviários para Porto Seguro é Belo Horizonte/MG, responsável por 14,5% do número de turistas. A seguir aparecem São Paulo/SP (13,7%), Salvador/BA (6,2%), Rio de Janeiro/RJ (5,8%) e Brasília/DF (5,0%).
  30. 30. Porto SeguroVia rodoviária-ônibus A rodoviária de Porto Seguro foi responsável pela entrada de 20.912 turistas no mês de Fevereiro. Destes, apenas 4,4% vieram de outros países, o restante (95,6%) são residentes no Brasil. No que tange os turistas brasileiros, o estado da Bahia é o principal emissor de turistas pra Porto Seguro, correspondendo a metade (49,9%) do fluxo no mês de Fevereiro. A seguir aparecem o estado de Minas Gerais (22,6%), Rio de Janeiro (16,2%), Espírito Santo (4,4%) e São Paulo (2,7%).
  31. 31. Porto Seguro O principal município emissor de turistas rodoviários para Porto Seguro é Belo Horizonte/MG, responsável por 15,2% do número de turistas. A seguir aparecem Rio de Janeiro/RJ (13,2%), Vitória da Conquista/BA (11,0%), Itabuna/BA (10,1%) e Camacan/BA (4,1%).
  32. 32. Perfil e Gasto do Turista A média etária dos turistas da pesquisa do carnaval foi de 34,1 anos, dado semelhante aos resultados obtidos com a pesquisa dos eventos juninos (31,4 anos). Os dados também indicam que a renda média individual dos turistas da pesquisa do carnaval (R$ 3.958,39) foi bem superior à renda média individual dos turistas da pesquisa das festas juninas (R$ 1.720,40).
  33. 33. Perfil e Gasto do Turista O gasto médio per capita efetivado pelos turistas que participaram do carnaval foi de R$ 1.017,51, realizados com abadás e camarote (32,5%), hospedagem (32,3%), alimentação (10,1%), compras pessoais (7,5%), atrativos e passeios (6,3%), transporte local (5,2%) e outros (6,0%). Analisando concomitantemente com os dados obtidos na pesquisa dos eventos juninos, observa- se que o gasto médio per capita realizado pelos turistas que visitaram as localidades principalmente por causa dos eventos juninos (R$ 229,91) foi bem inferior.
  34. 34. Perfil e Gasto do Turista Os dados também apontam que 74,0% dos turistas pretendem retornar aos municípios no carnaval, um dado positivo, já que o retorno indica a satisfação do turista. Esse parecer ainda é reforçado com o dado de que mais de 87% tiveram suas expectativas correspondidas ou superadas e que quase 90% recomendariam o carnaval dessas localidades a outras pessoas.
  35. 35. Perfil e Gasto do Turista Em relação ao evento carnavalesco, exceto o item higiene/limpeza (alimentos e bebidas), que teve avaliação negativa de mais de 56%, todos os demais itens (animação, arquibancada, blocos, camarotes, decoração, espaço, fantasias/abadás, participação popular, ritmo/musicalidade, trios elétricos, bandas e clubes/espaços privativos) tiveram avaliação positiva da grande maioria dos turistas. No geral, infra-estrutura e os serviços turísticos dos municípios também foram bem avaliados pelos visitantes. Apenas os sanitários públicos foram considerados ruins ou muito ruins por mais da metade (62,8%) dos turistas que os utilizaram.
  36. 36. Perfil e Gasto do Turista Em Porto Seguro, os aspectos que mais agradaram os turistas no carnaval do município foram os atrativos carnavalescos (27,2%) e a animação (21,9%). Em contrapartida, os aspectos que mais desagradaram foram a infra-estrutura (19,9%) e a limpeza pública (16,1%). Em Salvador, os atrativos carnavalescos (34,4%) e a animação (31,8%) também foram os aspectos que mais agradaram os turistas no carnaval da cidade. Os aspectos que mais desagradaram foram a limpeza pública (22,5%) e a segurança pública (20,8%).

×