SlideShare uma empresa Scribd logo
Caracterização e
      Dimensionamento
do Turismo Receptivo na Bahia
            2009
   Fundação Instituto de Pesquisas
        Econômicas - FIPE
Pesquisa Fipe
   Para aferir os números do turismo na Bahia,
    tivemos a preocupação de contratar a Fundação
    Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE,
    instituição da Universidade de São Paulo – USP,
    responsável pelas pesquisas da Embratur, de forma
    que, usando a mesma metodologia, pudéssemos
    comparar o dados da Bahia com o de outros
    estados da Federação.
   A pesquisa foi contratada em junho de 2008 e
    realizada durante exatamente um ano.
Aspectos Gerais
Objetivos:
Caracterizar e dimensionar o turismo doméstico e
internacional no estado, identificando os seguintes
elementos:
 Contagem do fluxo turístico
 Perfil sócio-econômico dos viajantes
 Seus gastos
 Suas avaliações das áreas e / ou eventos
   visitados
 Taxa de ocupação dos meios de hospedagem
   das localidades pesquisadas.
Aspectos Gerais
   As pesquisas foram realizadas no período de alta, média e baixa
    estações nos 22 principais portões de entrada do estado
    (receptivo tradicional) e nos municípios marcados fortemente
    pelas festas juninas, carnavalescas e religiosas. As localidades
    foram selecionadas com base na capacidade hoteleira, no apelo
    natural, cultural e/ou econômica, além do seu reconhecido
    potencial turístico.
   Para consolidação dos dados, foram feitas, no período, quatro
    tipos de pesquisas, realizadas em sete etapas. Ao todo, foram
    aplicados 16.525 questionários nas localidades de receptivo
    tradicional e nos municípios fortemente marcados pelos eventos
    juninos, carnavalescos e religiosos. As entrevistas foram
    realizadas de forma direta e aleatória nas seguintes localidades:
Receptivos tradicionais
   Salvador                 Lençóis
   Porto Seguro             Maraú / Camamu
   Trancoso                 Barreiras
   Arraial D’Ajuda          Cachoeira
   Santa Cruz Cabrália      Ilha de Itaparica
   Ilhéus                   Vera Cruz
   Ilha de Comandatuba      Itacaré
   Morro de São Paulo       Juazeiro
   Praia do Forte           Paulo Afonso
   Costa do Sauípe          Rio de Contas
   Imbassaí                 Prado
Eventos Juninos

   Salvador                    Euclides da Cunha
   Porto Seguro                Cachoeira
   Ilhéus                      Serrinha
   Lençóis                     Macaúbas
   Senhor do Bonfim            Entre Rios
   Barreiras                   Amargosa
   Jequié                      Piritiba
   Paulo Afonso                Barra
   Cruz das Almas              Maragojipe
   Santo Antonio de Jesus      Ibicuí
   Mucugê
Eventos religiosos

   Bom Jesus da Lapa (Festa de Nosso Senhor
    Bom Jesus)
   Cachoeira (Festa de Nossa Senhora da Boa
    Morte)
   Canudos (Romaria de Canudos)
   Monte Santo (Romaria da Serra de
    Piquaraçá)
Eventos carnavalescos


   Salvador

   Porto Seguro
Dimensionamento e
Caracterização


   Eventos Juninos
Eventos Juninos

   Nos eventos juninos foram pesquisadas 21
    localidades, no período de 22 e 25 de junho
    de 2008.
   Foram realizadas pesquisas de contagem,
    turismo receptivo e levantamento censitário.
Eventos Juninos
   Salvador                    Euclides da Cunha
   Porto Seguro                Cachoeira
   Ilhéus                      Serrinha
   Lençóis                     Macaúbas
   Senhor do Bonfim            Entre Rios
   Barreiras                   Amargosa
   Jequié                      Piritiba
   Paulo Afonso                Barra
   Cruz das Almas              Maragojipe
   Santo Antonio de Jesus      Ibicuí
   Mucugê
Pesquisa de Contagem

   Fluxo total de turistas: 90.628 dos quais
    65.615, equivalente a 67 %, tiveram como
    motivação da viagem as festas juninas.
   No total de localidades pesquisadas,
    observa-se que o fluxo de turistas em
    Salvador, Porto Seguro e Ilhéus não são
    destinações que têm apelo de Festas
    Juninas, tanto que em todas elas a
    motivação da festa não ultrapassa 25%.
Pesquisa de Contagem

   Já nas demais cidades, afora Barreiras, a
    motivação da festa chega a 70%.
   Em Jequié, por exemplo, 100% dos
    entrevistados tiveram o evento junino como
    motivador da viagem.
   O próprio estado da Bahia é o maior
    emissor de turistas domésticos durante esse
    período, com 77,2% do total.
Pesquisa de Contagem

   22,8% dos turistas são de outros estados.
   Dos turistas provenientes da região
    nordeste, foi registrado o percentual de
    84,9% do total (aqui incluídos o da Bahia).
   Salvador foi a principal cidade emissora,
    com 42,6% dos turistas domésticos.
Pesquisa de Contagem

   Mas observou-se incidência relativamente
    alta de turistas de:

       São Paulo (5,2%)
       Pernambuco (2,7%)
       Sergipe (2,7%)
       Rio de Janeiro (2,4%)
       Minas Gerais (2,3%)
Pesquisa de Contagem

   Dos turistas estrangeiros, os Estados
    Unidos se destaca como principal emissor,
    com 23% do total.
   Salvador e Lençóis foram os municípios
    que receberam maior variedade de turistas
    estrangeiros, com, respectivamente, 11 e
    nove países diferentes.
Pesquisa de Contagem

   40% dos turistas internacionais chegaram
    por Salvador, 27% por São Paulo, 10% pelo
    Rio de Janeiro e igual percentual por Porto
    Seguro.
   O gasto médio per capta efetivado pelos
    turistas que visitaram as cidades por causa dos
    eventos juninos foi de R$ 229,91, sendo
    distribuídos entre diversão (37,1%), alimentação
    (23,9%), hospedagem (15,4%), compras
    (14,7%), transporte local (6,5%) e outros (2,5%).
Perfil do Turista
   Observou-se que 57,3% dos turistas já haviam
    participado do evento. Trata-se de um dado
    positivo, pois indica a satisfação do turista.
   86,9% dos turistas tiveram suas expectativas
    atendidas ou superadas.
   82% disseram que retornariam aos eventos e 90%
    recomendariam o evento para
   outras pessoas.
   88% avaliou positivamente itens como: decoração,
    espaço, qualidade do som, iluminação, organização
    e animação)
Perfil do Turista
   94,3% avaliou como bom e muito bom: atrações
    musicais tradicionais, atrações musicais
    eletrônicas, barracas de comida, concurso de
    quadrilhas, programação religiosa, trio de forró e
    show de espada)
   No geral, a infraestrutura turística dos
    municípios foi bem avaliada.
   A exceção foram os banheiros públicos, mal
    avaliados por 51% dos turistas.
   70% dos entrevistados disseram preferir o São
    João ao Carnaval.
Perfil do Turista
   Gênero: predominância do sexo masculino (52,7%). Em
    Cachoeira houve predominância do gênero feminino
    (62,8%).
   Faixa etária: Observa-se a predominância do público
    jovem, com idades entre 16 a 31 anos (60%).
   Grau de instrução: A maior parte dos turistas possui
    nível médio completo (56,4%) ou superior completo
    (29,9%).
   Ocupação: Estudantes (19,2%), comerciários (13%) e
    funcionários públicos (13%).
   Renda média mensal individual: R$ 1.720,40. Os
    turistas que visitaram Barreiras tem a maior renda (R$
    4.633,90) e os de Barra a menor (R$821,30).
Perfil do Turista
   Acompanhantes de viagem: A maior parte dos
    turistas que visitaram os municípios realizaram a
    viagem com até 4 pessoas.
   Principal meio de transporte: 60% utilizou ônibus
    de linha e 30% automóvel próprio.
   Principal meio de hospedagem: 70% hospedou-
    se em casa de amigos e parentes e 10% alugaram
    imóveis.
   Aquisição de serviços de agências de viagem:
    97% não utilizou este tipo de serviço.
   Gasto médio no local: O gasto médio foi de R$
    448,20.
Perfil do Turista

   Gasto médio per capta no local: O gasto per
    capta foi de R$ 249,00.
   Gasto per capta dia no local: R$ R$ 65,53.
   Permanência no município do evento: 80%
    dos turistas permaneceram 4 pernoites e menos
    de 5% ficaram mais do que 7 pernoites.
   Principal fator de influência: 80% visitou o
    município por comentários de amigos e
    parentes ou porque já conheciam o evento.
Perfil do Turista
   Principal veículo de comunicação que influenciou na
    decisão:
   Internet (70% indicou site ou portal do próprio município.
    Em Amargosa, Cachoeira, Euclides da Cunha, e
    Mucugê foi de 100%). Televisão (12,4%)
   Em Entre Rios, 100% dos turistas apontaram o rádio
    como principal fator de influência. Em Paulo Afonso,
    nenhum turista apontou a Internet.
   Avaliação de preços: 6,7% consideraram os preços
    baixos, 65,1% consideraram normais e 24,9% elevados.
   Tipo de música preferida: 70% diz preferir forró pé-de-
    serra e 22% forró eletrônico.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Produção associada ao turismo praia do forte
Produção associada ao turismo   praia do forteProdução associada ao turismo   praia do forte
Produção associada ao turismo praia do forte
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Relatório Carnaval 2015
Relatório Carnaval 2015Relatório Carnaval 2015
Relatório Carnaval 2015
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Dimensionamento do turismo receptivo 2008 2009
Dimensionamento do turismo receptivo 2008 2009Dimensionamento do turismo receptivo 2008 2009
Dimensionamento do turismo receptivo 2008 2009
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Investimentos no turismo
Investimentos no turismoInvestimentos no turismo
Investimentos no turismo
Guy Valerio
 
Eventos Carnavalescos
Eventos CarnavalescosEventos Carnavalescos
Eventos Carnavalescos
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Caracterzação Fipe 2011 perfil turista
Caracterzação Fipe 2011 perfil turista Caracterzação Fipe 2011 perfil turista
Caracterzação Fipe 2011 perfil turista
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009
Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009
Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Caracterização e dimensionamento do turismo receptivo na Bahia
Caracterização e dimensionamento do turismo receptivo na BahiaCaracterização e dimensionamento do turismo receptivo na Bahia
Caracterização e dimensionamento do turismo receptivo na Bahia
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Produção Associada ao Turismo
Produção Associada ao Turismo Produção Associada ao Turismo
Produção Associada ao Turismo
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Dimensionamento Do Turismo Receptivo
Dimensionamento Do Turismo ReceptivoDimensionamento Do Turismo Receptivo
Dimensionamento Do Turismo Receptivo
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Artigo são joão em miguel calmon ()
Artigo são joão em miguel calmon ()Artigo são joão em miguel calmon ()
Artigo são joão em miguel calmon ()
Fabiana Nery dos Santos
 
Observatorio de turismo 20 pg
Observatorio de turismo 20 pgObservatorio de turismo 20 pg
Observatorio de turismo 20 pg
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Turismo no brasil 2011 2014
Turismo no brasil 2011 2014Turismo no brasil 2011 2014
Turismo no brasil 2011 2014
Gabriela Otto
 
Boletim3
Boletim3Boletim3
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do TurismoPrograma de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Envolvimento comunidade eventos municipais
Envolvimento comunidade eventos municipaisEnvolvimento comunidade eventos municipais
Envolvimento comunidade eventos municipais
Camila Munari
 
Cândido e zottis. turismo multiplas abordagens
Cândido e zottis. turismo   multiplas abordagensCândido e zottis. turismo   multiplas abordagens
Cândido e zottis. turismo multiplas abordagens
Daniel S Fernandes
 
Turismo SC- Desafios e Oportunidades por Anita Pires
Turismo SC- Desafios e Oportunidades por Anita PiresTurismo SC- Desafios e Oportunidades por Anita Pires
Turismo SC- Desafios e Oportunidades por Anita Pires
Pires e Associados
 
O processo de urbanização turística em ponta negra jussara aires
O processo de urbanização turística em ponta negra   jussara airesO processo de urbanização turística em ponta negra   jussara aires
O processo de urbanização turística em ponta negra jussara aires
Luara Schamó
 
PI 2012 segundo semestre - Vila Zelina
PI 2012 segundo semestre - Vila ZelinaPI 2012 segundo semestre - Vila Zelina
PI 2012 segundo semestre - Vila Zelina
karolturismo
 

Mais procurados (20)

Produção associada ao turismo praia do forte
Produção associada ao turismo   praia do forteProdução associada ao turismo   praia do forte
Produção associada ao turismo praia do forte
 
Relatório Carnaval 2015
Relatório Carnaval 2015Relatório Carnaval 2015
Relatório Carnaval 2015
 
Dimensionamento do turismo receptivo 2008 2009
Dimensionamento do turismo receptivo 2008 2009Dimensionamento do turismo receptivo 2008 2009
Dimensionamento do turismo receptivo 2008 2009
 
Investimentos no turismo
Investimentos no turismoInvestimentos no turismo
Investimentos no turismo
 
Eventos Carnavalescos
Eventos CarnavalescosEventos Carnavalescos
Eventos Carnavalescos
 
Caracterzação Fipe 2011 perfil turista
Caracterzação Fipe 2011 perfil turista Caracterzação Fipe 2011 perfil turista
Caracterzação Fipe 2011 perfil turista
 
Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009
Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009
Caracterização do Turismo Receptivo Carnaval 2009
 
Caracterização e dimensionamento do turismo receptivo na Bahia
Caracterização e dimensionamento do turismo receptivo na BahiaCaracterização e dimensionamento do turismo receptivo na Bahia
Caracterização e dimensionamento do turismo receptivo na Bahia
 
Produção Associada ao Turismo
Produção Associada ao Turismo Produção Associada ao Turismo
Produção Associada ao Turismo
 
Dimensionamento Do Turismo Receptivo
Dimensionamento Do Turismo ReceptivoDimensionamento Do Turismo Receptivo
Dimensionamento Do Turismo Receptivo
 
Artigo são joão em miguel calmon ()
Artigo são joão em miguel calmon ()Artigo são joão em miguel calmon ()
Artigo são joão em miguel calmon ()
 
Observatorio de turismo 20 pg
Observatorio de turismo 20 pgObservatorio de turismo 20 pg
Observatorio de turismo 20 pg
 
Turismo no brasil 2011 2014
Turismo no brasil 2011 2014Turismo no brasil 2011 2014
Turismo no brasil 2011 2014
 
Boletim3
Boletim3Boletim3
Boletim3
 
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do TurismoPrograma de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Turismo
 
Envolvimento comunidade eventos municipais
Envolvimento comunidade eventos municipaisEnvolvimento comunidade eventos municipais
Envolvimento comunidade eventos municipais
 
Cândido e zottis. turismo multiplas abordagens
Cândido e zottis. turismo   multiplas abordagensCândido e zottis. turismo   multiplas abordagens
Cândido e zottis. turismo multiplas abordagens
 
Turismo SC- Desafios e Oportunidades por Anita Pires
Turismo SC- Desafios e Oportunidades por Anita PiresTurismo SC- Desafios e Oportunidades por Anita Pires
Turismo SC- Desafios e Oportunidades por Anita Pires
 
O processo de urbanização turística em ponta negra jussara aires
O processo de urbanização turística em ponta negra   jussara airesO processo de urbanização turística em ponta negra   jussara aires
O processo de urbanização turística em ponta negra jussara aires
 
PI 2012 segundo semestre - Vila Zelina
PI 2012 segundo semestre - Vila ZelinaPI 2012 segundo semestre - Vila Zelina
PI 2012 segundo semestre - Vila Zelina
 

Semelhante a Caracterização do turismo receptivo são joão

CaracterizaçãO Do Turismo Receptivo Eventos Relaigiosos
CaracterizaçãO Do Turismo Receptivo   Eventos RelaigiososCaracterizaçãO Do Turismo Receptivo   Eventos Relaigiosos
CaracterizaçãO Do Turismo Receptivo Eventos Relaigiosos
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Perfil Do Turista
Perfil Do TuristaPerfil Do Turista
Pesquisa Lençóis
Pesquisa LençóisPesquisa Lençóis
Pesquisa Lençóis
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Perfil do turista
Perfil do turistaPerfil do turista
Perfil do turista
Perfil do turistaPerfil do turista
Fluxo Turístico
Fluxo TurísticoFluxo Turístico
Verão da bahia
Verão da bahiaVerão da bahia
Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2014
Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2014Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2014
Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2014
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Caminhos do sertao
Caminhos do sertaoCaminhos do sertao
Caminhos do sertao
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Pesquisa demanda turistica Ubatuba
Pesquisa demanda turistica UbatubaPesquisa demanda turistica Ubatuba
Pesquisa demanda turistica Ubatuba
Thiago
 
Produção Associada ao Turismo 20.02
Produção Associada ao Turismo  20.02Produção Associada ao Turismo  20.02
Produção Associada ao Turismo 20.02
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Monografia de mariana alves jaques no turismo da ufop em 2006
Monografia de mariana alves jaques no turismo da ufop em 2006Monografia de mariana alves jaques no turismo da ufop em 2006
Monografia de mariana alves jaques no turismo da ufop em 2006
citacoesdosprojetosdeotavioluizmachado
 
Trabalho de conclusão de curso - SLIDES
Trabalho de conclusão de curso - SLIDESTrabalho de conclusão de curso - SLIDES
Trabalho de conclusão de curso - SLIDES
Luísa Alves
 
Perfil do turista no Carnaval de Uruguaiana.pdf
Perfil do turista no Carnaval de Uruguaiana.pdfPerfil do turista no Carnaval de Uruguaiana.pdf
Perfil do turista no Carnaval de Uruguaiana.pdf
Antonio Pedro da Costa e Silva Lima
 
Marketing em eventos
Marketing em eventosMarketing em eventos
Marketing em eventos
Rafael Teodoro
 
SEBRAE RJ | O Potencial do Carnaval Carioca para MPE
SEBRAE RJ | O Potencial do Carnaval Carioca para MPE SEBRAE RJ | O Potencial do Carnaval Carioca para MPE
SEBRAE RJ | O Potencial do Carnaval Carioca para MPE
Alinesilva.in
 
Potencial de Negócios e Oportunidades no Carnaval Carioca
Potencial de Negócios e Oportunidades no Carnaval Carioca Potencial de Negócios e Oportunidades no Carnaval Carioca
Potencial de Negócios e Oportunidades no Carnaval Carioca
SemRoteiro
 
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RNDiagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
blogandoturismo
 
Trabalho economia na Cidade de Ibicuí Bahia
Trabalho economia na Cidade de Ibicuí BahiaTrabalho economia na Cidade de Ibicuí Bahia
Trabalho economia na Cidade de Ibicuí Bahia
kady2014
 
Trabalho sobre atibaia
Trabalho sobre atibaiaTrabalho sobre atibaia
Trabalho sobre atibaia
isamaria200
 

Semelhante a Caracterização do turismo receptivo são joão (20)

CaracterizaçãO Do Turismo Receptivo Eventos Relaigiosos
CaracterizaçãO Do Turismo Receptivo   Eventos RelaigiososCaracterizaçãO Do Turismo Receptivo   Eventos Relaigiosos
CaracterizaçãO Do Turismo Receptivo Eventos Relaigiosos
 
Perfil Do Turista
Perfil Do TuristaPerfil Do Turista
Perfil Do Turista
 
Pesquisa Lençóis
Pesquisa LençóisPesquisa Lençóis
Pesquisa Lençóis
 
Perfil do turista
Perfil do turistaPerfil do turista
Perfil do turista
 
Perfil do turista
Perfil do turistaPerfil do turista
Perfil do turista
 
Fluxo Turístico
Fluxo TurísticoFluxo Turístico
Fluxo Turístico
 
Verão da bahia
Verão da bahiaVerão da bahia
Verão da bahia
 
Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2014
Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2014Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2014
Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2014
 
Caminhos do sertao
Caminhos do sertaoCaminhos do sertao
Caminhos do sertao
 
Pesquisa demanda turistica Ubatuba
Pesquisa demanda turistica UbatubaPesquisa demanda turistica Ubatuba
Pesquisa demanda turistica Ubatuba
 
Produção Associada ao Turismo 20.02
Produção Associada ao Turismo  20.02Produção Associada ao Turismo  20.02
Produção Associada ao Turismo 20.02
 
Monografia de mariana alves jaques no turismo da ufop em 2006
Monografia de mariana alves jaques no turismo da ufop em 2006Monografia de mariana alves jaques no turismo da ufop em 2006
Monografia de mariana alves jaques no turismo da ufop em 2006
 
Trabalho de conclusão de curso - SLIDES
Trabalho de conclusão de curso - SLIDESTrabalho de conclusão de curso - SLIDES
Trabalho de conclusão de curso - SLIDES
 
Perfil do turista no Carnaval de Uruguaiana.pdf
Perfil do turista no Carnaval de Uruguaiana.pdfPerfil do turista no Carnaval de Uruguaiana.pdf
Perfil do turista no Carnaval de Uruguaiana.pdf
 
Marketing em eventos
Marketing em eventosMarketing em eventos
Marketing em eventos
 
SEBRAE RJ | O Potencial do Carnaval Carioca para MPE
SEBRAE RJ | O Potencial do Carnaval Carioca para MPE SEBRAE RJ | O Potencial do Carnaval Carioca para MPE
SEBRAE RJ | O Potencial do Carnaval Carioca para MPE
 
Potencial de Negócios e Oportunidades no Carnaval Carioca
Potencial de Negócios e Oportunidades no Carnaval Carioca Potencial de Negócios e Oportunidades no Carnaval Carioca
Potencial de Negócios e Oportunidades no Carnaval Carioca
 
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RNDiagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
Diagnostico da Oferta Turistica de Carnauba dos Dantas - RN
 
Trabalho economia na Cidade de Ibicuí Bahia
Trabalho economia na Cidade de Ibicuí BahiaTrabalho economia na Cidade de Ibicuí Bahia
Trabalho economia na Cidade de Ibicuí Bahia
 
Trabalho sobre atibaia
Trabalho sobre atibaiaTrabalho sobre atibaia
Trabalho sobre atibaia
 

Mais de Secretaria de Turismo da Bahia

Notificacao de adjudicacao de contrato siet cont direta
Notificacao de adjudicacao de contrato siet  cont diretaNotificacao de adjudicacao de contrato siet  cont direta
Notificacao de adjudicacao de contrato siet cont direta
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Notificacao de adjudicacao de contrato rbts sbqc 00317
Notificacao de adjudicacao de contrato rbts  sbqc  00317Notificacao de adjudicacao de contrato rbts  sbqc  00317
Notificacao de adjudicacao de contrato rbts sbqc 00317
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Notificacao de adjudicacao de contrato plano museologico mwp sqc 00118
Notificacao de adjudicacao de contrato plano museologico mwp  sqc 00118Notificacao de adjudicacao de contrato plano museologico mwp  sqc 00118
Notificacao de adjudicacao de contrato plano museologico mwp sqc 00118
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Notificacao de adjudicacao de contrato pat sbqc 00617
Notificacao de adjudicacao de contrato pat sbqc 00617Notificacao de adjudicacao de contrato pat sbqc 00617
Notificacao de adjudicacao de contrato pat sbqc 00617
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Notificacao de adjudicacao de contrato intervencoes nauticas sbqc 00417
Notificacao de adjudicacao de contrato intervencoes nauticas sbqc 00417Notificacao de adjudicacao de contrato intervencoes nauticas sbqc 00417
Notificacao de adjudicacao de contrato intervencoes nauticas sbqc 00417
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Notificacao de adjudicacao de contrato gestao municipal sbqc 00517
Notificacao de adjudicacao de contrato gestao municipal sbqc 00517Notificacao de adjudicacao de contrato gestao municipal sbqc 00517
Notificacao de adjudicacao de contrato gestao municipal sbqc 00517
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Notificacao de adjudicacao de contrato fiscalizacao sbqc 00217
Notificacao de adjudicacao de contrato fiscalizacao sbqc 00217Notificacao de adjudicacao de contrato fiscalizacao sbqc 00217
Notificacao de adjudicacao de contrato fiscalizacao sbqc 00217
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Notificacao de adjudicacao de contrato estudos e proj mwp sbqc 00717
Notificacao de adjudicacao de contrato estudos e proj mwp sbqc 00717Notificacao de adjudicacao de contrato estudos e proj mwp sbqc 00717
Notificacao de adjudicacao de contrato estudos e proj mwp sbqc 00717
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Notificacao de adjudicacao de contrato adolescentes e jovens chs sbqc 00817
Notificacao de adjudicacao de contrato adolescentes e jovens chs sbqc 00817Notificacao de adjudicacao de contrato adolescentes e jovens chs sbqc 00817
Notificacao de adjudicacao de contrato adolescentes e jovens chs sbqc 00817
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Programa para integração da Cultura e Turismo - resumo
Programa para integração da Cultura e Turismo - resumo Programa para integração da Cultura e Turismo - resumo
Programa para integração da Cultura e Turismo - resumo
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos os-Santos
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos os-SantosPlano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos os-Santos
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos os-Santos
Secretaria de Turismo da Bahia
 
PDTIS Salvador e entorno
PDTIS Salvador e entornoPDTIS Salvador e entorno
PDTIS Salvador e entorno
Secretaria de Turismo da Bahia
 
PDTIS Baía de Todos-os-Santos
PDTIS Baía de Todos-os-SantosPDTIS Baía de Todos-os-Santos
PDTIS Baía de Todos-os-Santos
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Apresentação 40º fórum
Apresentação 40º fórum  Apresentação 40º fórum
Apresentação 40º fórum
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Boletim de Informações do Turismo - 1º semestre de 2015
Boletim de Informações do Turismo - 1º semestre de 2015Boletim de Informações do Turismo - 1º semestre de 2015
Boletim de Informações do Turismo - 1º semestre de 2015
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Boletim desempenho hoteleiro 2014
Boletim desempenho hoteleiro 2014Boletim desempenho hoteleiro 2014
Boletim desempenho hoteleiro 2014
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Abril 2015)
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Abril 2015)Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Abril 2015)
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Abril 2015)
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Janeiro 2015)
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Janeiro 2015)Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Janeiro 2015)
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Janeiro 2015)
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Desempenho hotelaria janeiro a junho 2015
Desempenho hotelaria janeiro a junho   2015Desempenho hotelaria janeiro a junho   2015
Desempenho hotelaria janeiro a junho 2015
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Caracterização Fipe 2011 - Perfil do Turista
Caracterização Fipe 2011 - Perfil do Turista Caracterização Fipe 2011 - Perfil do Turista
Caracterização Fipe 2011 - Perfil do Turista
Secretaria de Turismo da Bahia
 

Mais de Secretaria de Turismo da Bahia (20)

Notificacao de adjudicacao de contrato siet cont direta
Notificacao de adjudicacao de contrato siet  cont diretaNotificacao de adjudicacao de contrato siet  cont direta
Notificacao de adjudicacao de contrato siet cont direta
 
Notificacao de adjudicacao de contrato rbts sbqc 00317
Notificacao de adjudicacao de contrato rbts  sbqc  00317Notificacao de adjudicacao de contrato rbts  sbqc  00317
Notificacao de adjudicacao de contrato rbts sbqc 00317
 
Notificacao de adjudicacao de contrato plano museologico mwp sqc 00118
Notificacao de adjudicacao de contrato plano museologico mwp  sqc 00118Notificacao de adjudicacao de contrato plano museologico mwp  sqc 00118
Notificacao de adjudicacao de contrato plano museologico mwp sqc 00118
 
Notificacao de adjudicacao de contrato pat sbqc 00617
Notificacao de adjudicacao de contrato pat sbqc 00617Notificacao de adjudicacao de contrato pat sbqc 00617
Notificacao de adjudicacao de contrato pat sbqc 00617
 
Notificacao de adjudicacao de contrato intervencoes nauticas sbqc 00417
Notificacao de adjudicacao de contrato intervencoes nauticas sbqc 00417Notificacao de adjudicacao de contrato intervencoes nauticas sbqc 00417
Notificacao de adjudicacao de contrato intervencoes nauticas sbqc 00417
 
Notificacao de adjudicacao de contrato gestao municipal sbqc 00517
Notificacao de adjudicacao de contrato gestao municipal sbqc 00517Notificacao de adjudicacao de contrato gestao municipal sbqc 00517
Notificacao de adjudicacao de contrato gestao municipal sbqc 00517
 
Notificacao de adjudicacao de contrato fiscalizacao sbqc 00217
Notificacao de adjudicacao de contrato fiscalizacao sbqc 00217Notificacao de adjudicacao de contrato fiscalizacao sbqc 00217
Notificacao de adjudicacao de contrato fiscalizacao sbqc 00217
 
Notificacao de adjudicacao de contrato estudos e proj mwp sbqc 00717
Notificacao de adjudicacao de contrato estudos e proj mwp sbqc 00717Notificacao de adjudicacao de contrato estudos e proj mwp sbqc 00717
Notificacao de adjudicacao de contrato estudos e proj mwp sbqc 00717
 
Notificacao de adjudicacao de contrato adolescentes e jovens chs sbqc 00817
Notificacao de adjudicacao de contrato adolescentes e jovens chs sbqc 00817Notificacao de adjudicacao de contrato adolescentes e jovens chs sbqc 00817
Notificacao de adjudicacao de contrato adolescentes e jovens chs sbqc 00817
 
Programa para integração da Cultura e Turismo - resumo
Programa para integração da Cultura e Turismo - resumo Programa para integração da Cultura e Turismo - resumo
Programa para integração da Cultura e Turismo - resumo
 
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos os-Santos
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos os-SantosPlano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos os-Santos
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos os-Santos
 
PDTIS Salvador e entorno
PDTIS Salvador e entornoPDTIS Salvador e entorno
PDTIS Salvador e entorno
 
PDTIS Baía de Todos-os-Santos
PDTIS Baía de Todos-os-SantosPDTIS Baía de Todos-os-Santos
PDTIS Baía de Todos-os-Santos
 
Apresentação 40º fórum
Apresentação 40º fórum  Apresentação 40º fórum
Apresentação 40º fórum
 
Boletim de Informações do Turismo - 1º semestre de 2015
Boletim de Informações do Turismo - 1º semestre de 2015Boletim de Informações do Turismo - 1º semestre de 2015
Boletim de Informações do Turismo - 1º semestre de 2015
 
Boletim desempenho hoteleiro 2014
Boletim desempenho hoteleiro 2014Boletim desempenho hoteleiro 2014
Boletim desempenho hoteleiro 2014
 
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Abril 2015)
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Abril 2015)Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Abril 2015)
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Abril 2015)
 
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Janeiro 2015)
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Janeiro 2015)Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Janeiro 2015)
Boletim de Desempenho Econômico do Turismo - Mtur (Janeiro 2015)
 
Desempenho hotelaria janeiro a junho 2015
Desempenho hotelaria janeiro a junho   2015Desempenho hotelaria janeiro a junho   2015
Desempenho hotelaria janeiro a junho 2015
 
Caracterização Fipe 2011 - Perfil do Turista
Caracterização Fipe 2011 - Perfil do Turista Caracterização Fipe 2011 - Perfil do Turista
Caracterização Fipe 2011 - Perfil do Turista
 

Caracterização do turismo receptivo são joão

  • 1. Caracterização e Dimensionamento do Turismo Receptivo na Bahia 2009 Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE
  • 2. Pesquisa Fipe  Para aferir os números do turismo na Bahia, tivemos a preocupação de contratar a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas - FIPE, instituição da Universidade de São Paulo – USP, responsável pelas pesquisas da Embratur, de forma que, usando a mesma metodologia, pudéssemos comparar o dados da Bahia com o de outros estados da Federação.  A pesquisa foi contratada em junho de 2008 e realizada durante exatamente um ano.
  • 3. Aspectos Gerais Objetivos: Caracterizar e dimensionar o turismo doméstico e internacional no estado, identificando os seguintes elementos:  Contagem do fluxo turístico  Perfil sócio-econômico dos viajantes  Seus gastos  Suas avaliações das áreas e / ou eventos visitados  Taxa de ocupação dos meios de hospedagem das localidades pesquisadas.
  • 4. Aspectos Gerais  As pesquisas foram realizadas no período de alta, média e baixa estações nos 22 principais portões de entrada do estado (receptivo tradicional) e nos municípios marcados fortemente pelas festas juninas, carnavalescas e religiosas. As localidades foram selecionadas com base na capacidade hoteleira, no apelo natural, cultural e/ou econômica, além do seu reconhecido potencial turístico.  Para consolidação dos dados, foram feitas, no período, quatro tipos de pesquisas, realizadas em sete etapas. Ao todo, foram aplicados 16.525 questionários nas localidades de receptivo tradicional e nos municípios fortemente marcados pelos eventos juninos, carnavalescos e religiosos. As entrevistas foram realizadas de forma direta e aleatória nas seguintes localidades:
  • 5. Receptivos tradicionais  Salvador  Lençóis  Porto Seguro  Maraú / Camamu  Trancoso  Barreiras  Arraial D’Ajuda  Cachoeira  Santa Cruz Cabrália  Ilha de Itaparica  Ilhéus  Vera Cruz  Ilha de Comandatuba  Itacaré  Morro de São Paulo  Juazeiro  Praia do Forte  Paulo Afonso  Costa do Sauípe  Rio de Contas  Imbassaí  Prado
  • 6. Eventos Juninos  Salvador  Euclides da Cunha  Porto Seguro  Cachoeira  Ilhéus  Serrinha  Lençóis  Macaúbas  Senhor do Bonfim  Entre Rios  Barreiras  Amargosa  Jequié  Piritiba  Paulo Afonso  Barra  Cruz das Almas  Maragojipe  Santo Antonio de Jesus  Ibicuí  Mucugê
  • 7. Eventos religiosos  Bom Jesus da Lapa (Festa de Nosso Senhor Bom Jesus)  Cachoeira (Festa de Nossa Senhora da Boa Morte)  Canudos (Romaria de Canudos)  Monte Santo (Romaria da Serra de Piquaraçá)
  • 8. Eventos carnavalescos  Salvador  Porto Seguro
  • 10. Eventos Juninos  Nos eventos juninos foram pesquisadas 21 localidades, no período de 22 e 25 de junho de 2008.  Foram realizadas pesquisas de contagem, turismo receptivo e levantamento censitário.
  • 11. Eventos Juninos  Salvador  Euclides da Cunha  Porto Seguro  Cachoeira  Ilhéus  Serrinha  Lençóis  Macaúbas  Senhor do Bonfim  Entre Rios  Barreiras  Amargosa  Jequié  Piritiba  Paulo Afonso  Barra  Cruz das Almas  Maragojipe  Santo Antonio de Jesus  Ibicuí  Mucugê
  • 12. Pesquisa de Contagem  Fluxo total de turistas: 90.628 dos quais 65.615, equivalente a 67 %, tiveram como motivação da viagem as festas juninas.  No total de localidades pesquisadas, observa-se que o fluxo de turistas em Salvador, Porto Seguro e Ilhéus não são destinações que têm apelo de Festas Juninas, tanto que em todas elas a motivação da festa não ultrapassa 25%.
  • 13. Pesquisa de Contagem  Já nas demais cidades, afora Barreiras, a motivação da festa chega a 70%.  Em Jequié, por exemplo, 100% dos entrevistados tiveram o evento junino como motivador da viagem.  O próprio estado da Bahia é o maior emissor de turistas domésticos durante esse período, com 77,2% do total.
  • 14. Pesquisa de Contagem  22,8% dos turistas são de outros estados.  Dos turistas provenientes da região nordeste, foi registrado o percentual de 84,9% do total (aqui incluídos o da Bahia).  Salvador foi a principal cidade emissora, com 42,6% dos turistas domésticos.
  • 15. Pesquisa de Contagem  Mas observou-se incidência relativamente alta de turistas de:  São Paulo (5,2%)  Pernambuco (2,7%)  Sergipe (2,7%)  Rio de Janeiro (2,4%)  Minas Gerais (2,3%)
  • 16. Pesquisa de Contagem  Dos turistas estrangeiros, os Estados Unidos se destaca como principal emissor, com 23% do total.  Salvador e Lençóis foram os municípios que receberam maior variedade de turistas estrangeiros, com, respectivamente, 11 e nove países diferentes.
  • 17. Pesquisa de Contagem  40% dos turistas internacionais chegaram por Salvador, 27% por São Paulo, 10% pelo Rio de Janeiro e igual percentual por Porto Seguro.  O gasto médio per capta efetivado pelos turistas que visitaram as cidades por causa dos eventos juninos foi de R$ 229,91, sendo distribuídos entre diversão (37,1%), alimentação (23,9%), hospedagem (15,4%), compras (14,7%), transporte local (6,5%) e outros (2,5%).
  • 18. Perfil do Turista  Observou-se que 57,3% dos turistas já haviam participado do evento. Trata-se de um dado positivo, pois indica a satisfação do turista.  86,9% dos turistas tiveram suas expectativas atendidas ou superadas.  82% disseram que retornariam aos eventos e 90% recomendariam o evento para  outras pessoas.  88% avaliou positivamente itens como: decoração, espaço, qualidade do som, iluminação, organização e animação)
  • 19. Perfil do Turista  94,3% avaliou como bom e muito bom: atrações musicais tradicionais, atrações musicais eletrônicas, barracas de comida, concurso de quadrilhas, programação religiosa, trio de forró e show de espada)  No geral, a infraestrutura turística dos municípios foi bem avaliada.  A exceção foram os banheiros públicos, mal avaliados por 51% dos turistas.  70% dos entrevistados disseram preferir o São João ao Carnaval.
  • 20. Perfil do Turista  Gênero: predominância do sexo masculino (52,7%). Em Cachoeira houve predominância do gênero feminino (62,8%).  Faixa etária: Observa-se a predominância do público jovem, com idades entre 16 a 31 anos (60%).  Grau de instrução: A maior parte dos turistas possui nível médio completo (56,4%) ou superior completo (29,9%).  Ocupação: Estudantes (19,2%), comerciários (13%) e funcionários públicos (13%).  Renda média mensal individual: R$ 1.720,40. Os turistas que visitaram Barreiras tem a maior renda (R$ 4.633,90) e os de Barra a menor (R$821,30).
  • 21. Perfil do Turista  Acompanhantes de viagem: A maior parte dos turistas que visitaram os municípios realizaram a viagem com até 4 pessoas.  Principal meio de transporte: 60% utilizou ônibus de linha e 30% automóvel próprio.  Principal meio de hospedagem: 70% hospedou- se em casa de amigos e parentes e 10% alugaram imóveis.  Aquisição de serviços de agências de viagem: 97% não utilizou este tipo de serviço.  Gasto médio no local: O gasto médio foi de R$ 448,20.
  • 22. Perfil do Turista  Gasto médio per capta no local: O gasto per capta foi de R$ 249,00.  Gasto per capta dia no local: R$ R$ 65,53.  Permanência no município do evento: 80% dos turistas permaneceram 4 pernoites e menos de 5% ficaram mais do que 7 pernoites.  Principal fator de influência: 80% visitou o município por comentários de amigos e parentes ou porque já conheciam o evento.
  • 23. Perfil do Turista  Principal veículo de comunicação que influenciou na decisão:  Internet (70% indicou site ou portal do próprio município. Em Amargosa, Cachoeira, Euclides da Cunha, e Mucugê foi de 100%). Televisão (12,4%)  Em Entre Rios, 100% dos turistas apontaram o rádio como principal fator de influência. Em Paulo Afonso, nenhum turista apontou a Internet.  Avaliação de preços: 6,7% consideraram os preços baixos, 65,1% consideraram normais e 24,9% elevados.  Tipo de música preferida: 70% diz preferir forró pé-de- serra e 22% forró eletrônico.