Projeto de Implementação deObservatórios Ambientais       em África           2013-2016
IntroduçãoOportunidade                                                              A falta de informação ambiental nos pa...
Etapas de Projeto1                                                                        2    Objetivo: Implementação de ...
REALIZARResultados Esperados • Caracterização do estado ambiental                                                 • Atraçã...
CONTACTOS  Se pretende esclarecimentos ou colaborar neste              projeto, contacte-me…              Contactos:    Tâ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Observatorio ambiental josé

168 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Observatorio ambiental josé

  1. 1. Projeto de Implementação deObservatórios Ambientais em África 2013-2016
  2. 2. IntroduçãoOportunidade A falta de informação ambiental nos países em desenvolvimento é um constrangimento à atuação de ONG’s, universidades, empresas privadas e outras instituições nestes países. Apenas é possível contribuir para o desenvolvimento efetivo de um país através da partilha dos mesmos conhecimento e ferramentas técnicas de que os países desenvolvidos dispõe.Projeto Enquadramento: Tornar comunidades de países em Duração: 3 anos desenvolvimento autónomas na recolha e interpretação de informação ambiental. Objetivos: 1. Recolher informação ambiental Âmbito: Criar observatórios ambientais em paises em desenvolvimento 2. Utilizar a informação recolhida 3. Capacitar o país para uma correta gestão ambiental Área: S. Tomé e Príncipe e segundo país a definir 4. Estimular a cooperação
  3. 3. Etapas de Projeto1 2 Objetivo: Implementação de infraestruturas e formação e técnicos Objetivo: Divulgação da informação Atividades: Atividades: • Preparação da formação e material didático • Construção de portal Web com fórum pata troca de experiencias; • Identificação de infraestruturas e aquisição de material • Elaboração de perfis ambientais de comunidades locais com identificação dos principais riscos para a comunidade • Processo de seleção de formandos • Divulgação dos perfis ambientais junto das comunidades • Formação • Organização de conferencias internacionais sobre o tema • Organização de saídas de campo • Editar publicações ambientais • Avaliação da formação e dos formandos Saídas: Portal web, publicações e conferências organizadas • Produção e analise de resultados em continuo após formação Resultados: Criação de mecanismos participativos e de cooperação Saídas: Técnicos e infraestruturas locais internacional e divulgação de resultados Resultados: Produção de informação ambiental em continuo3 4 Objetivo: Apoio ao Governo e instituições publicas na definição de Objetivo: Criação de condições para a sustentabilidade financeira politicas e correta gestão ambiental do laboratório a longo prazo. Atividades: Atividades: • Identificação de instituições publicas com impacto na gestão • Prospeção de mercados ambiental • Criação de serviços de valor acrescentado para o laboratório • Organização de sessões de esclarecimento e workshops sobre • Identificação de clientes os resultados obtidos e proposta de soluções para problemáticas ambientais identificadas • Apoio ao arranque do serviço a clientes • Apoio na elaboração de legislação específica Saídas: Novos serviços de laboratório ,clientes e lucro financeiro que permita financiar a atividade de investigação ambiental. Saídas: Capacitação das instituições publicas para uma eficaz gestão ambiental e produção de legislação adequada à Resultados: Sustentabilidade financeira do projeto preservação ambiental Resultados: Melhoria da gestão ambiental do país
  4. 4. REALIZARResultados Esperados • Caracterização do estado ambiental • Atração de investimento privado • Identificação de populações vulneráveis a • Atracção de fundos de desenvolvimento riscos ambientais internacionais • Capacitação de técnicos locais • Estimulo ao dialogo entre diferentes stakeholders • Aumento da eficácia de projectos • Disseminação de boas praticas ambientais • Capacitação dos lideres políticos na definição de • Atracção de Investigação e politicas ambientais DesenvolvimentoO que já alcançámos Próximos passos • Cronograma do projeto (de 1,5 a 3 anos – adaptável de acordo • Pesquisa de fundos que possam financiar o projeto com os requisitos de financiamento) • Procurar de preponentes/parceiros de acordo com os fundos • Declaração da Direção Geral do Ambiente de S. Tomé e identificados (ONG’s, empresas, universidades, etc…) Príncipe em como o Governo apoia o projeto • Caracterização da situação de referência em Cabo Verde • Caracterização da situação de referência em S. Tomé e Príncipe • Pesquisa de metodologias de laboratório com potencial de • Apoio informal do governo de Cabo Verde (Ministro do Ambiente utilização nas análises ambientais e Procurador Geral da Republica) • Desenvolvimento de conteúdos pedagógicos • Parceiros fixos: • Elaboração de orçamento
  5. 5. CONTACTOS Se pretende esclarecimentos ou colaborar neste projeto, contacte-me… Contactos: Tânia Isabel vieira LucasE-mail: tania_lucas24@hotmail.com Telemóvel: (+351) 91 882 4027

×