Aula extra: Da Lama ao Caos

975 visualizações

Publicada em

Para entender a tragédia de Mariana-MG. Impactos ambientais, sociais, responsáveis, motivos macroestruturais.
Da lama ao caos, do caos a lama, um homem roubado nunca se engana

Publicada em: Meio ambiente
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
975
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
466
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula extra: Da Lama ao Caos

  1. 1. extra 19/11/2015 Prof. Kyoshi Da lama ao caosaula
  2. 2. Cardápio do dia ● Detalhes do desastre ● Impactos ambientais ● Impactos sociais ● Fiscalização de grandes obras ● Quem são os responsáveis? ● Financiamento de campanha
  3. 3. Panorama da tragédia ● Vídeo da Revista Istoé: Link
  4. 4. Detalhes do desastre ● Quando: 5.nov (quinta) ● O que: rompimento de barragem – Depósito de resíduos de mineração ● Onde: MG - Município de Mariana Fonte: www.meexplica.com Procurar na tag Samarco
  5. 5. Extensão do desastre Fonte: Site d' O Globo
  6. 6. Extensão do desastre ● Documentário (curto) Doce Rio: 1 e 2
  7. 7. Detalhes da lama ● 62 bilhões de litros de rejeito ● Níveis de minério muito acima do tolerável para tratamento – Ferro - 1.366.666% (um milhão) acima – Manganês – 118.000% (cem mil) acima – Alumínio – 645.000% acima ● Outros metais (análise da água do Rio): mercúrio, chumbo, boro, bário, arsênio Fonte: R7 Notícias | Gazeta Online
  8. 8. Impactos ambientais ● Deserto de lama – O rejeito de mineração não tem matéria orgânica. Solo ficou infértil – Reconstituição do solo vai demorar séculos Fonte: Site da Folha
  9. 9. Impactos ambientais ● O Rio Doce está morto – Assoreamento, Mudança pH, – Bloqueio de luz, Anoxia – Extinção de peixes endêmicos (e era época reprodutiva!) – Décadas para reestabelecimento de algum ecossistema – Acumulação trófica Fonte: Site da Folha
  10. 10. Vídeo do CQC ● Cobertura de 17.nov Link: Site da Band
  11. 11. Impactos sociais ● 128 casas destruídas ● 11 mortos e 15 “desaparecidos” ● Seis localidades atingidas do município de Mariana (ex: Bento Rodrigues) ● 800mil pessoas sem água ● Solo ficou mole demais para construção
  12. 12. Impactos sociais ● Índios Krenak – Tribo com 350 ● Rio Doce: água, alimento, rituais Fonte: BBC Brasil
  13. 13. Depoimentos de moradores Fonte: Medium | Mídia Ninja
  14. 14. Fiscalização de grandes obras ● MG tem 4 fiscais para 735 barragens ● Em 2014, só 34% foram fiscalizadas ● DNPM (Depto nacional de produção mineral, ligado ao Ministério de Minas e Energia) só gastou 13% do valor destinado a fiscalização Fonte: Site da Folha
  15. 15. Fiscalização: Laudos técnicos ● Out.2013 Revalidação da Licença Operacional ● Apontava falta de plano de contingência ● Apontava falhas diversas Fonte do pdf: Secretaria do Meio Ambiente MG
  16. 16. Quem são os responsáveis? ● T Vídeo Satira - Link
  17. 17. Quem são os responsáveis? ● Samarco é uma empresa privada ● 50% ações – VALE (do Rio Doce?) – Estatal privatizada no governo FHC ● 50% ações – BHP Billiton (anglo-australiana) – Maior empresa mineradora do mundo #quantoVALEavida | #samarconãofoiacidente | #nãofoiacidente
  18. 18. Quem são os responsáveis? ● Em um primeiro momento, as empresas que controlam a Samarco tentaram se esquivar das perguntas sobre a tragédia. Ao diário norte-americano The Wall Street Journal, a Vale declarou ser uma “mera acionista” da mineradora responsável pelas barragens destruídas, “sem qualquer interferência operacional na gestão da empresa, direta ou indiretamente, de perto ou a distância”. ● A BHP, por sua vez, informou que a joint venture era responsável pela “totalidade” das operações em Minas Gerais. Cada uma das empresas possui 50% de participação na Samarco, que faturou 7,5 bilhões de reais e registrou um lucro líquido de 2,8 bilhões em 2014. Fonte: Revista Carta Capital
  19. 19. Financiamento de campanha ● VALE é uma das empresas que mais doa para partidos e candidaturas ● Metade foi para PMDB (23mi) ● PMDB controla o setor de mineração Fonte: Revista Carta Capital
  20. 20. E agora josé?

×