Neto a comunicacao enquanto ideologia

813 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
813
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Neto a comunicacao enquanto ideologia

  1. 1. A Comunicação enquanto ideologia
  2. 2. Tecnologias de Comunicação (remontam à Antiguidade Clássica) ≠ Ideologia da Comunicação (remonta aos anos 40 do séc. XX)
  3. 3. A Ideologia da Comunicação: antecedentes teóricos Cultura da Argumentação ≠ Cultura da Evidência (subjectiva, dependente de valores individuais) (objectiva, independente de valores individuais) Princípios da Modernidade: • desenvolvimento da Ciência e da Tecnologia • adopção e difusão crescente da linguagem matemática • nova representação da memória enquanto conhecimento transferível para um suporte
  4. 4. A Ideologia da Comunicação: implicações do pensamento cibernético A Cibernética (anos 40), ramo da Ciência dedicado ao estudo de fenómenos de Comunicação: analogia entre o corpo humano e os dispositivos técnicos (ambos vistos como sistemas de trocas de informação) • explicação do funcionamento de dispositivos técnicos a partir da compreensão do corpo humano • explicação do funcionamento do corpo humano a partir da compreensão de dispositivos técnicos • a Comunicação como modelo de descrição: representar tudo, da divisão celular à sociedade no seu todo, como sistemas de troca de informação
  5. 5. 1) novo entendimento do Homem como dispositivo comunicante – nova representação do modo de satisfação das necessidades humanas: adopção de (mais) tecnologias de comunicação (ex: micro-informática) 1) nova representação da sociedade como rede 1) nova representação da Economia: a informação como mercadoria capaz de impulsionar os mercados e constituir solução para crises económicas – novo entendimento do ideal de sociedade: a sociedade da comunicação, centrada na circulação da informação 1) novos “adversários” a combater: ruído, entropia, desordem A Ideologia da Comunicação: princípios basilares
  6. 6. A Ideologia da Comunicação: a INFORmação autoMÁTICA Mecanografia: - neutralidade/autonomização do código/suporte (cartões perfurados) face ao conteúdo da mensagem - aplicações: Contabilidade (inicialmente), Recenseamento, e processamento de grandes volume de dados em tempo útil (primeira máquina mecanográfica: Hollerith, em 1890) Cálculo: - a Matemática enquanto sistema de apreensão e compreensão do Mundo - aplicações: da Contabilidade à Engenharia (construção), Defesa (carreiras de tiro), e Semiótica (linguagem) - primeiro calculador com relé binário de aplicação aos telefones (Stibitz, 1939) - possibilidade de cálculo à distância, via telefone, desenvolvida em 1940 por Wiener e Mauchly - aplicação na solução de problemas do telefone criou mais problemas (mais comunicações em simultâneo por linha, maior qualidade da transmissão) A Electrónica e o Computador (anos 40): - síntese do cálculo e da mecanografia - tratamento lógico e automático da informação - digitalização enquanto base para a circulação de materiais

×