Jornal Novos Horizontes - Março 2013

391 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
391
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
97
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal Novos Horizontes - Março 2013

  1. 1. Fundado em Janeiro de 1972 - Ano XLI Nº 492 Março de 2013 Q UARESMA: TEMPO PROFUN- DO E FECUNDO PARA TRANS FORMARMOS NOSSAS VIDAS NAQUILO QUE DEUS QUER PARA NÓS” Pe. Valentim, mSC ACOMPANHE NESTA EDIÇÃO Páginas 2 PONTO DE VISTA 3 APROFUNDANDO A FÉ 4 TEMPO PAROQUIAL 5 PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA 6 ESPERA EM ORAÇÃO COM A PALAVRA A 7 COMUNIDADE 8 MISSAS DE RUA
  2. 2. MARÇO DE 2013 PÁGINA 02 NOVOS HORIZONTES Ponto de Vista Pe. Frank, mSC Palavra do Pároco Pe. Valentim, mSC A Semana Santa: “Passamos da Morte para Símbolos e significado a Vida quando Amamos aos Irmãos’’ (1 Jo,3,14) Neste tempo de Quaresma, caminhamos para a Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus, Nosso Senhor Jesus Cristo. Na Liturg- Quando buscamos a Páscoa, Nesse tempo, em que ia, vamos nos envolvendo cada vez mais até penetrarmos no Mis-temos que passar pelo caminho estamos vivendo a Páscoa do tério da Salvação. Por isto atenção para os símbolos e significados.da Cruz. Processo necessário para Senhor, passando pela Quaresma Logo no início da Semana Santa, no Domingo de Ramos, celebra-a alcançarmos. Deus nos deu a com o aprofundamento de seu mos Jesus na sua Entrada Triunfal em Jerusalém. Celebramos Jesus quesalvação. O resgate acontece na morte tema: “Juventude e Fraternidade- inicia sua Paixão. Os ramos verdes manifestam a nossa alegre esperan-e ressurreição de Jesus. É natural e fazendo-nos assumir com Isaías 6,8, ça. Mas há os que expressam a realidade da dor e já ouvimos a leitura danormal nossa rejeição pela cruz, porém, a disponibilidade e compromisso Paixão. Somos o povo de Deus que caminha da alegria dos ramos pela tristecomo cristãos, em nossa experiência “Eis-me aqui, envia-me”- como paixão e morte, até a vitória da Cruz e Ressurreição do Homem das Dores.com Deus, sabemos que não existe discípulo(a) do Ressuscitado, Entre Segunda e Quarta-feira santa, celebramos comoutro caminho para a ressurreição a possamos realizar a missão Procissões a Quarta Estação da Via Sacra: Maria Encontra-não ser assumindo, em nossas vidas, a necessária, hoje, na nossa Igreja: se com seu Filho. Em Maria, a Mãe das Dores, todos nós nosCruz necessária que nos leva à Vida. comunicar a todos a boa notícia, levar reconhecemos, fiéis a Cristo. Ela nos leva a encontrar seu Filho flagelado,O convite do mestre que nos chama a palavra que nos move a viver como coroado com espinhos, condenado para ser morto, carregando sua cruz.a tomar a Cruz e segui-lo. A Cruz uma comunidade de fé para realizar Na noite da Quinta-feira Santa, inicia-se o grande Tríduo Sa-só tem sentido no seguimento e na as obras do seu Reino. grado. Observamos bem os três locais onde a Igreja quer nos le-fidelidade ao seu projeto de Amor. Disponíveis e enviados, var na Liturgia. Na Quinta-feira, o Cenáculo. Um refeitório onde se A celebração da Páscoa, em assumindo a nossa vocação celebrava a Páscoa dos Judeus. É um lugar de acolhimento, lava-se osnossa vida, tem tudo haver com a Missionária, façamos de todas as pés dos convidados, para que todos tenham lugar, celebra-se em família.maneira como vivemos a Quaresma. atividades de nosso calendário Na Sexta-feira, o Calvário. Um local fora dos muros da cidadeA liturgia atualiza nossa fé fazendo Pastoral, oportunidades de levar de Jerusalém onde os degradados e condenados eram executados. Ouvi-memória do Mistério em nossa esse Cristo Ressuscitado para remos a Paixão de Cristo, veneramos o Lenho da Cruz em que Cristo é si-caminhada. Não posso deixar de todos, principalmente, os afastados, nal da nossa fé e salvação. Rezemos por toda a humanidade digna de sal-fazer a pergunta: Em que a celebração os desanimados, aqueles que se vação. Depois, participamos da Procissão do Senhor Morto. Um cortejodesses mistérios mudou a minha cansaram e perderam o entusiasmo fúnebre que nos leva a meditar sobre a Paixão e a Morte de Nosso Senhor.vida? Que realidades de minha vida do seu batismo, que ficaram na No Sábado Santo, estamos no Jardim, lugar de vida com ár-foram convertidas? A celebração morte e não deram o passo para a vores frondosas e plantas. Na fogueira, acolhemos o fogo. Ele nos traz aque não me leva à conversão e a Ressurreição. O Ressuscitado se luz que será abençoada e levada para acender o Círio Pascal. Ele é o sím-fazer mudanças reais na vida, se pôs no meio de nós e nos fez Igreja. bolo maior da Ressurreição de Nosso Senhor. Com os sinais Alfa etorna perda de tempo? Anestesia... Que nessa páscoa, reafirmemos nossa Ômega, começo e fim, a Cruz com as cinco chagas pelo qual fomos sal-para não ver o que deve ser mudado condição de batizados, discípulos- vos e o ano em que vivemos, pois Jesus Cristo é ontem, hoje e sempre.e transformado na vida. Por isso, Missionários. Então, podemos dizer: Todos nós acendemos a nossa vela que ilumina a Vigília. Com a Luz de Cris-meus irmãos(as), cada tempo litúrgico FELIZ PÁSCOA. to em nossas mãos, renovamos o nosso Batismo e recebemos esta Água so-é uma oportunidade para fazermos De Cor, bre nós. No final, celebramos juntos, festivamente, cantando Aleluia a Res-uma autêntica experiência com Deus. Pe.Valentim Meneses,mSC surreição de Nosso Senhor, na grande Ação de Graças que é a Eucaristia. Orientador: Pe. Valentim Menezes, mSC Site: http://paroquianssc.wordpress.com EXPEDIENTE PAROQUIAL E-mail:paroquianssc@gmail.com expediente Missas: Redatores: Aurenei Walterfang, Carlos Silveira, Anúncio:Secretaria Paroquial Domingos: às 7h, 9h, 18h15 e 20h. Carolina Belisário, Cerqueira Lima, Marli Jordão, Administração: Rua Barão, 807 Praça Seca Segunda-feira: Missa da Esperança, às 19h15 Diácono Jatobá, Diácono João Walterfang, Ir. Jacarepaguá - Rio de Janeiro / RJ Quarta-feira: Missa às 19h15 e após, Terço dos Homens Gislene fdz, Sergio de Queiroz, Virgínia Lopes e Tel.: (21) 2452-5188 e 2464-1947 Quinta e sexta-feira na Matriz, às 19h15 Luiz Antônio. Todos os sábados, às18h, Missa no Repouso Santa Maria, Rua Japurá, 555. Impressão Gráfica:ZM Notícias - R. Prof. Revisão: Maria Clara Fonseca Heleno Claudio Fragoso, 529 - Nova Editoração: Bruno Tortorella Iguaçu - RJ - Tel: (21) 2669-1515 Secretaria Paroquial:Atendimento de segunda a sexta-feira, de 8h às 20h. Diagramação: Graça Villarin e Bruno Tortorella Sábados, das 8h às 12h.
  3. 3. MARÇO DE 2013 PÁGINA 03 NOVOS HORIZONTES Aprofundando a Fé! O Evangelho de Marcos O Evangelho de Marcos se abre com uma citação atribuí- Eis o tempo de conversão. Eis o dia da salvação. da aos profetas Isaías A Quaresma, tempo litúrgico de conversão. A Igreja nos prepara para a grande festa da (40,3) e MalaquiasPáscoa. É tempo para nos arrependermos de nossos pecados e mudarmos algo em nós, para sermos (3,1). A citação tirada domelhores e podermos viver próximos de Cristo. A Quaresma dura 40 dias: começa na Quarta- profeta Malaquias quefeira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos. Ao longo deste tempo, sobretudo, na liturgia diz “Estou mandando o mensageiro para preparar o caminho à tua frente”do domingo, fazemos um esforço para recuperar o ritmo e estilo de verdadeiros fiéis, e devemos (ML 3,1). O evangelista faz uma pequena modificação,viver como filhos de Deus. O roxo é a cor litúrgica deste tempo, que significa luto e penitência. É ao invés de dizer “caminho à minha frente”, ele fala deum tempo de reflexão, de penitência, de conversão espiritual, tempo e preparação para o mistério “teu caminho”. Esta modificação é para mostrar que opascal. Cristo nos convida a mudar de vida. A Igreja nos convida a viver a Quaresma como um caminho do verdadeiro Messias é o mesmo caminho decaminho à Jesus Cristo, escutando a Palavra de Deus, orando, compartilhando com o próximo Deus. Isto é: o Messias está para chegar e vai palmilhar oe praticando obras de misericórdia. Estamos convidados a viver uma série de atitudes que nos caminho de Deus. Marcos, portanto, ao citar Malaquias,ajudam a parecer mais com Jesus Cristo, já que por ação do pecado, nos afastamos mais de Deus. fazendo a modificação nos mostra que:Na Quaresma, aprendemos a conhecer e apreciar a Cruz de Jesus. Com isto, aprendemos, também, •Um mensageiro vai preparar o caminho do verda-a tomar nossa cruz com alegria para alcançar a glória da ressurreição. Os quarenta dias estão deiro Messias que está para chegar e que é o caminho de Deus.baseados no símbolo do número quarenta na Bíblia: os quarenta dias do dilúvio; os quarenta dias •O caminho de Deus, que se mostrará na práticaque Jesus passou no deserto; entre outros. Na Bíblia, o número quatro simboliza o universo material, do verdadeiro Messias, é o caminho da libertação do povo.seguido de zeros quer dizer o tempo de nossa vida na terra, seguido de provações e dificuldades. A citação tirada do profeta Isaías (40,3), Marcos faz uma pequena, mas significativa modificação: a voz que Diácono Jatobá grita está no deserto. O deserto terá muita importância no Fiscalização Evangelho de Marcos, ele apresentado como uma alter- nativa ao templo. Marcos vai falar que esse mensageiro grita no deserto, e não no templo. Como o templo não era apenas o centro religioso, mas também o centro econômi- Por que as tragédias acontecem? Há muito tempo, nosso povo tem menosprezado as leis. co e político, já podemos afirmar que a preparação doParece-me que elas foram feitas para serem burladas. Um bom exemplo foi a Lei Seca, pois vemos que caminho de Deus se realiza a margem do centro à rev-a grande maioria das pessoas, até bem próximas, reclamam e tentam artifícios para se esquivarem da elia do poder religioso, político e econômico dominante.mesma. Lembramos que quando proibiram o fumo em recintos fechados, também houve resistência, Somos assim conduzidos não ao Templo, mas aocomo também com os cintos de segurança nos automóveis. Assim, vamos dando o nosso jeitinho deserto, para nos encontrarmos com o Mensageiro Joãopara driblar as leis. Batista. Encontrar-se no deserto com João Batista é pre- Quando os desastres acontecem, toda população e a mídia se voltam e reivindicam a parar-se para o caminho do Messias. A presença de Joãofiscalização relativa a esse ou aquele acontecimento, mas muitas leis ficam esquecidas. Além disso, Batista é, portanto, o retorno da voz profética contra todoà cobrança dos fiscais não acontece com o rigor que a situação exige, então vêm as grandes tragédias, o poder que domina e explora, exigindo conversão. Assim,como ocorreu, recentemente, na boate em Santa Maria. Assim, surgem as perguntas: Onde está o deserto se torna também o lugar simbólico do encontroa fiscalização? Como deixam passar? Como são burladas? As cobranças só ocorrem quando os com o movimento profético para preparar o caminho dodesastres acontecem? Messias. Ao anunciar a vinda de “alguém mais forte, João Os profissionais que estudam a cidade se debruçam sobre as várias matérias e procuram Batista reconhece publicamente que ele não é o Messiasdar soluções para as situações previsíveis de risco. Mas, ao longo dos anos, esses vêm as mesmas esperado e sim apenas um servidor dele (Marcos 1,7).serem conduzidas por pessoas despreparadas, tanto no campo técnico, como no campo financeiro, ( CONTINUA) Marli Jordãodesvirtuando todo um trabalho pela cidade. Nós, como cidadãos, devemos encarar as leis com umolhar a nosso favor, não esperando o Estado, e sim, cobrando a eficácia das mesmas. Carlos Silveira e Virginia Lopes ECC CONVIDA: Para a Super Feijoada organizada pelo movi- mento que acontecerá no dia 14 de abril, do- CURSO DE FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS PARÓQUIA NOSSA SENHORA mingo. Os convites já estão à venda, ao final DO SAGRADO CORAÇÃO- PRAÇA SECA das missas dominicais. VENHA ALMOÇAR Tempo de duração: 4 meses CONOSCO! Início: Março /2013 a Junho /2013 Objetivo Geral: Proporcionar aos catequistas uma Formação Bíblica e Doutrinal Básica, - Também estão abertas as inscrições para o 28º de acordo com o Diretório Nacional de Catequese. ECC. Convide casais conhecidos, familiares ou A quem se destina: Católicos praticantes que desejam ser catequistas e os que já exercem amigos para que eles possam realizar um en- esse ministério, e desejam aprofundar seus conhecimentos. contro com o Deus Vivo. Seja evangelizador! Dia: Todos os sábados das 15h às 17h. Inscrições na Secretaria da Matriz!
  4. 4. MARÇO DE 2013 PÁGINA 04 NOVOS HORIZONTES TEMPO PAROQUIAL O que aconteceu? - QUARTA-FEIRA DE CINZAS “É agora o momento favorável, é agora o dia da salvação” ( 2 Cor 6, cf. 2) Com este espírito, dia 13 passado, os fiéis se reuniram para receber a imposição das cinzas e contemplar a chegada da Quares- ma, um tempo profundo de oração, jejum e caridade. Pe. Valentim ressaltou que aquele que recebe as cinzas está se comprometendo a seguir o caminho de conversão proporcionado aos discípulos de Cristo. Na missa da noite, Pe. Rafael mSC, concelebrou a Euca- ristia, e foi enviado, em missão, pela congregação, ao Equador. - VIAS SACRAS Na sexta-feira, 15, nossa Matriz reanimou o espírito missionário de seus paroquianos. Foi celebrado o ENVIO dos líderes de pastorais e leigosa missão de buscar 15 lares, a cada sexta-feira da quaresma, para rezarem juntos, a Via Crucis de Jesus. Assim, o caminho Sagrado do Senhor, foi vi-venciado pelos presentes em uma bonita celebração que mesclou a Santa Missa com a partilha da Via Sacra. A cruz, simbolizou o envio, demonstrandoque dificuldades surgiram, porém, com elas, a certeza da Ressurreição invadirá nossos corações. Boa Missão aos que assumiram esse compromisso! O que acontecerá? - CURSO DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE 2013 - FESTA DO EAC Dias 6, 7 e 8 de Março, de 19:30 às 21:45h, no Ceuzinho. Dia 6 de abril. Convites à venda, a partir deste domingo, no valor Inscrições ao final das missas dominicais ou nos dias de curso. de R$ 5,00, o qual concederá direito a um cachorro quente ou prato Traga 1kg de alimento não perecível como forma de contribuição de batata frita. Início às 18h, com adoração ao Santíssimo Sacramento, Palestrantes: Pe. Valentim e Equipe da CF 2013. PARTICIPE! Término às 23h. Esperamos vocês, seus familiares e amigos.
  5. 5. MARÇO DE 2013 PÁGINA 05 NOVOS HORIZONTES PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA 201317:00- Confissão Comunitária da Penintência, na Igreja Matriz.20:00- Confissão Comunitária da Penintência, na Igreja Matriz. 17:00 – Missa do Lava-pés na Igreja Matriz, com as crianças e adolescen- tes da Comunidade, além de encenação da Santa Ceia, feita pelas crianças. 20:00 – Missa da Ceia do Senhor e do Lava-pés (Memorial do Serviço Frater-06:45 – Bênção dos Ramos na Praça Seca (em frente ao Country Clube), no). Procissão e Adoração até às 24 horas.logo após, pequena procissão até a Igreja. Missa na Igreja Matriz. 08:00 – Concentração e Bênção dos Ramos na Beneficiência Portuguesa ( RuaFlorianópolis) e no PAM ( Rua Marangá). Logo após, as duas procissões saem, 04:00 (4 horas da manhã) – Caminhada da Penitência em silêncio pelassimultaneamente, encontrando-se no Estacionamento da Igreja Matriz, onde ruas do bairro. Sairá da Igeja Matriz na Rua Barão.será celebrada a Missa de Ramos, com todas as Comunidades da Paróquia. 15:00 – Liturgia da Paixão de Nosso Senhor com cerimônia de adoração da Cruz18:00 – Bênção dos Ramos no estacionamento da Igreja. Logo após, po- e logo após, encenação do AUTO DA PAIXÃO DE NOSSO SENHOR JESUScissão pela Rua Interlagos, seguindo para a Igreja, onde será celebrada a CRISTO, em seguida, haverá procissão do Senhor Morto pelas ruas do bairro.Missa de Ramos com os jovens. 30 DE MARÇO – SÁBADO SANTO19:45 – Bênção dos Ramos com as Famílias, no pátio, em frente a Igreja 20:00 – Solene Vigília Pascal (Bênção do Fogo, Bênção do Círio Pascal, Bên-Matriz. Logo após, Missa de Ramos dentro da Igreja. ção da Água do Batismo). Vamos iniciar no pátio em frente a Igreja Matriz, na Rua Barão.Obs: Em todas as Missas será realizado a oferta dos Cofrinhos da Cam-panha da Fraternidade. 31 DE MARÇO – DOMINGO DE PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO 07:00 – Missa de Páscoa19:00 – Missa da Esperança (Missa pelos Falecidos) na Matriz e, logo 09:00 – Missa de Páscoa com as crianças e adolescentes.após, procissão com Nossa Senhora das Dores até a Comunidade São PauloApóstolo. 18:15 – Missa de Páscoa com os jovens 20:00- Missa de Páscoa com as famílias/Casais.19:00 – Missa do Senhor dos Passos, na Igreja Matriz, e, em seguida, * MISSAS DA SEMANA SANTA NAS COMUNIDADES DA PARÓQUIA procissão com a Imagem até o Repouso Santa Maria. 28/03: 19:30 – Missa do Lava-pés na Comunidade São Paulo Apóstolo, no Mato Alto.18:30 – Concentração dos homens com a imagem do Senhor dos Passos no 30/03: 19:00 – Solene Vigília Pascal na Comunidade Imaculada Conceição,Repouso Santa Maria. rua Urucuia.18:30 - Concentração das mulheres com a imagem de Nossa Senhora dasDores no Ipase. 31/03: 10:00 – Missa do Domingo de Páscoa na Comunidade São Paulo.19:15 - Missa do Encontro de Jesus com Maria, na Igreja Matriz.
  6. 6. MARÇO DE 2013 PÁGINA 06 NOVOS HORIZONTES Paixão de Cristo e Juventude! ESPERA EM ORAÇÃO Como bem sabemos, revela-se toda a potencialidade Jesus de Nazaré foi submetido dessa humanidade, que pode, pela A Quaresma é um período em à desumana tortura nas mais Graça de Deus, assumir o Reinoque toda a Igreja se encontra em diversas dimensões de seu ser. Na até as últimas consequências.penitência, revendo seus atos, Quaresma, e mais precisamente Diante da Paixão dese fortalecendo cada vez mais na Semana Santa, nos dedicamos Cristo, somos desafiados ana oração, se preparando para a refazer os passos de nosso contemplar a Paixão de todasviver intensamente o maior Senhor no caminho da entrega as Juventudes de nossa pátria!gesto de amor e renovação: a plena, cuja palavra final não Em nosso país, milhares demorte e ressurreição do nosso é a morte, mas sim a Vida em jovens são mortos anualmente.Senhor. Neste ano de 2013, toda a sua beleza! Inúmeros Das mortes registradas em meioeste tempo está sendo marcado artistas, religiosos e tantos outros, a população jovem, cerca depor uma oração comum a dedicam-se a apresentar ao mundo 38,6%1 são causadas por fatorestodos os católicos, a escolha em que consistiu o sofrimento violentos, número que cresceudo nosso novo Pontífice. Após um longo tempo examinando repetidamente sua recaído sobre o Nazareno! assustadoramente na últimaconsciência diante de Deus, o atual sucessor de Pedro, Bento XVI, Mas, e hoje, o que significa década! A Paixão de Cristo estáchegou a certeza de que não tem mais vigor físico e mental para fazer memória dessa história? aí, estampada no rosto de nossosadministrar o ministério que o foi confiado. Por este motivo, decidiu Por vezes, nós católicos, jovens, que como o Senhor, sãorenunciar obedecendo à legislação. Este foi um grande testemunho nos identificamos profundamente condenados e abandonados pelade humildade, não se deixou enganar pela vaidade e autoridade. com a Paixão de nosso Senhor. sociedade e, infelizmente, até pelosEm sua penúltima oração do Angelus, destacou que o tentador é falso, Dentre tantos motivos, talvez um discípulos que na “hora das trevas”não nos empurra diretamente para o mal, mas em direção a um falso bem, deles seja em função de nossas fugiram e não permaneceramfazendo crer que o que importa é o poder, fazendo com que Deus passe a próprias realidades, de nossos com o Mestre! Eis o nossoser secundário, ficando reduzido a um meio, podendo passar a ser irreal. sofrimentos, que vemos retratados desafio, acompanhar o Senhor Os quarenta dias que antecedem a Páscoa fortalecem a nossa luta no sofrimento do “Homem de no rosto de tantas Juventudes!contra o inimigo, tornando-se um tempo propício para descobrirmos, Nazaré”. Nele está estampadonovamente, a nossa fé em Deus. Em pleno espírito de Jornada Mundial o rosto de toda a humanidade Ir. Gislene Danielski - FDZda Juventude, devemos nos lembrar que a nossa Igreja é única e que sofredora! Mas, nele também,a mesma “só será jovem, quando o jovem for Igreja”. Precisamosmanifestar essa vontade diante de todas as situações. Muitas especulações Ultimato: Precisa-se de Santosestão sendo feitas com relação a este assunto, mas precisamos confiar de Calça Dins!na palavra, nos fortalecendo para não nos abatermos por injúrias. Muitos gostam de admirar as estrelas. Aos nossos olhos, elas são bril-Continuemos, então, em oração para que a vontade do hantes e distantes. Este mesmo conceito, muitas vezes, se aplica à Santidade.Espírito Santo, nosso Chefe Supremo, seja cumprida Nós, jovens, pensamos que ser Santo é algo que não está ao nosso alcance.neste Conclave que está a cada dia mais próximo. Adriano Gonçalves nos relata nas passagens de seu livro : “Santos Victória Vecchi de Calça Jeans”, que Santidade não é distante como as estrelas e podemos absorver seu brilho. E nos perguntamos, qual é o significado de ser Santo? Ser Santo é viver a Palavra e o Amor de Cristo em nosso dia-a- MOVIMENTO SERRA DO dia e ter como guia o nosso Deus. O livro nos mostra que é possível ser BRASIL Santo sem deixar de ser jovem. Além disso, mostra que o mundo preci- sa de jovens Santos que vão à escola, faculdade, festas. Que saiam com Terço e Oração Vocacional, os amigos, que curtam a vida sem esquecer que Cristo é a sua bússola. toda primeira e terceira quar Que aproveitam as coisas boas que a vida oferece, mas sem ser mundano. ta-feira, na sala L, do Prédio “Santo de Calça Jeans” nos desafia a viver esta San- Paroquial, das 19:15h às 21h. tidade, usando calça jeans, tênis, praticando esportes, ficando no computador, ouvindo música... Sendo jovens que carregam con- Encontros do Grupo: sigo a essência da sabedoria, bondade e da Palavra do Senhor. Recomendo esta leitura maravilhosa, que nos remete a sermos nós Quintas-Feiras das 18h às mesmos, andando pela cidade com asas invisíveis, no meio da multidão.E 19h. transformando o mundo ao nosso modo, com a consciência de que nos- sas ações são pequenas gotas no oceano. Pode parecer algo pequeno, mas VOCÊ É O NOSSO CONVIDADO! afinal, o que é o oceano? Apenas um enorme conjunto de gotas... Carolina Belisario
  7. 7. MARÇO DE 2013 PÁGINA 07 NOVOS HORIZONTES CENTRO DA AÇÃO SOCIAL COM A PALAVRA A COMUNIDADE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DO SAGRADO CORAÇÃO Anualmente, realiza-se em nossa paróquia, o Curso da Campanha da Fraternidade, que este ano tem PRAÇA SECA por tema: “Fraternidade e Juventude” e lema: “ Eis-me aqui, envia-me” ( Is 6,8). O curso, é organizado pelo O que é a Pastoral Social? “Para a Igreja, o COMIPA (Conselho Missionário Paroquial). Por isso, nesta edição, Angela e Fran, que foram coordenadores do serviço da caridade “é expressão irrenunciável COMIPA, nos últimos quatro anos, nos trazem as informações e objetivos do Curso da CF 2013. Não deixem de ler! à sua própria essência”. A Pastoral Social é ex- pressão desta caridade e da solicitude da Igreja NH: Qual objetivo principal deste curso? com situações nas quais a vida está ameaçada”. O nosso CAS-PNSSC existe para prestar Angela e Fran: Todos os cursos que o COMIPA promove tem serviço aos mais pobres da nossa comunidade. por objetivo a evangelização, a missão e o esclarecimento sobre Hoje, olhando para a situação das pessoas que diversos temas ligados a nossa religião, que consequentemente, nos procuram, identificamos que a nossa ne- nos fazem refletir, aprofundar a nossa fé e espiritualidade. cessidade maior está em promover a pessoa, principalmente, aquelas com dificuldades em NH: Qual a concepção do VER, JULGAR E AGIR, princípios utilizados em acessar os serviços públicos, desempregadas cada um dos dias de curso? e necessitadas em ser ouvidas. A capacita- ção profissional também se faz necessária. Angela e Fran: Ver - É o despertar para os problemas dos nossos jovens, não Para que possamos atender melhor pre-podemos observar a realidade de modo passivo, e sim, mergulharmos na realidade de modo que, possamos cisamos da colaboração de voluntários desuperar nossos problemas, fraquezas e limitações. diversas áreas profissionais, tais como: médi-Julgar- Temos que observar os problemas e a nossa realidade sob a ótica da Igreja. Não só analisar e cos, fisioterapeutas, farmacêuticos, dentistas,questionar os fatos, mas também, as consequências das situações estudadas anteriormente. enfermeiros, psicólogos, advogados, assis- tentes sociais, técnicos em manutenção deAgir- É realmente o sentido da palavra AGIR. São os jovens, que com um longo caminho a percorrer, computadores, convênios com laboratóriospossibilitam uma participação ativa na Igreja. Sua Fé será o apoio e o sustento para construção de um de análises clínicas e de imagens, con-mundo mais fraterno, mais justo e mais irmão. sultórios e cursos de capacitação profissional (domésticas, manicures, pedicures, etc.) SeNH: Qual a importância de um curso como esse, oferecido pela Igreja, para que seus fiéis aprofundem a você quer ser um voluntário, precisa de umCampanha da Fraternidade de cada ano? funcionário e quer nos ajudar a ajudar, entre em contato conosco pelo e-mail: <centroso-Angela e Fran: O Curso da CF em nossa paróquia é anual, e seu objetivo é despertar a solidariedade cial.pnssc@gmail.com>. Você é bem-vindo!dos seus fiéis e da comunidade em relação a um problema concreto que envolve a sociedade brasileira, Convidamos todos ao nosso encon-buscando caminhos e solução. tro da 5ª SEMANA SOCIAL BRASILEIRA – ESTADO PARA QUE E PARA QUEM?NH: Deixem uma mensagem para a comunidade, convidando-a a participar. Acontecerá no dia 6 de abril de 8 às 12 horas, no Céuzinho. Venha refletir conos-Angela e Fran: Paroquianos da Praça Seca, não deixem de participar do curso da CF 2013, cujo tema co sobre os acontecimentos sociais, políti-discute a situação dos jovens e a mudança de época vivida atualmente. cos e econômicos do Estado Brasileiro. Precisamos construir um país justo. Diácono João Ananias- PROJETO ESPIRITUALIDADE E SAÚDE COMUNICADO OFICIAL À COMUNIDADE PAROQUIAL BIOPSICOSSOCIAL As Filhas de Nossa Senhora do Sagrado Quanto a Derrubada de árvores no Estacionamento da Matriz.Coração convidam a comunidade para o 8º Encontrosobre saúde espiritual, física e emocional, que será “No mês passado, foi realizado o corte de três árvores norealizado dia 8 de março, às 20 horas, na Paróquia estacionamento de nossa Matriz. Uma delas já estava condenada eNossa Senhora do Sagrado Coração. Tema: Depressão. apresentava riscos as pessoas que passavam pela rua Florianópolis. AsPalestrantes: Drª Ana Lúcia Serri Morais, Drª Luzia Helena Gonçalves da Silva outras duas estavam impedindo a construção da futura cobertura do nossoe Drª Ana Paula Baroncelli Paredes. estacionamento. A operação foi acompanhada e autorizada pela Fundação*Adoração: Padre Cláudio Baraúna Parques e Jardins. Este órgão, por sua vez, exigiu a medida compensatória No momento da Adoração clamamos ao MÉDICO dos Médicos, que visa o replantio de mudas arbóreas. Quanto a este replantio, já foi feitoJesus, que derrame sobre nós sua MISERICÓDIA que nos cura e nos liberta. o encaminhamento. Que bom ter gente atenta aos acontecimentos.” De Cor,Participe conosco.. Pe.Valentim,mSC
  8. 8. MARÇO DE 2013 PÁGINA 08 NOVOS HORIZONTES Crônica do Mês: FICHA LIMPA OU FICHA QUARESMA SUJA, EIS A QUESTÃO! Sabemos que o tempo da O que adianta juntar-me a meus irmãos em pas- Quaresma começou na quarta-feira seatas notáveis, reafirmando o nosso compromisso com de cinzas, mas quanto ao seu término uma pátria que ri em nossa cara e que nos trata como ocorrerá para alguns no Domingo de Ramos, para outros, na Quarta- se moleques fôssemos. Dias desses, os jornais estam- feira Santa ou na Quinta-feira Santa antes a Ceia do Senhor. Porém o param fotos dos senhores Fernando Collor e sr. Re- que importa é ser esse período reservado para a reflexão e conversão. Renan Calheiros, eleito nan Calheiros, em largos sorrisos festejando, talvez, a Ou seja, o católico deve se aproximar de Deus visando ao seu cres- presidente do Senado. conquista do terceiro bastião da República: o Senado. cimento espiritual e fazer uma comparação da sua vida com a do E dos escombros de nossa democracia, sem se importar com a fétida poeira, nosso Senhor Jesus Cristo, como nos falam os evangelhos. Devemos que por certo levantou-se, algumas eminentes figuras do “mensalão” de braços da- intensificar nossa fé com o objetivo de sermos melhores e proporcio- dos com os imbatíveis sugadores dos bens públicos, apontados em diversas C.P.Is. narmos o bem a todas as pessoas, como falei na crônica de fevereiro. Associaram-se a corja de corruptos e ungem seus corpos com o óleo podre das Não é preciso entrar na igreja nas pontas dos pés, consciências perdidas e comprometidas com a lama da política brasileira. como se estivesse pisando em Deus. Basta somente tentar am- pliar sua conversão, não colocando o seu eu acima de tudo, Precisamos de uma reforma política séria e honesta neste país. controlando a sua vaidade para que Deus apareça e não você. Hoje, o que vigora é a política do real “$”. Quem tem, leva o Diploma A cor litúrgica é o roxo, que significa penitência. O roxo nesse tempo e ocupa um lugar em suas casas legislativas. Quem não tem, satisfaz-se não significa luto e sim que a Igreja está se preparando espiritual- com a esperança de dias melhores. Seria um avanço razoável, se pudés- mente para a grande festa da Páscoa, a Ressurreição de Jesus Cristo. semos para as próximas eleições, implantar o voto distrital. Os líderes locais Na cultura judaica, o número quatro simboliza o universo ficariam politicamente fortalecidos, abrindo espaço para os menos possuídos. material e os zeros que o seguem o tempo de nossas vidas na ter- É vergonhoso demais o quadro político que nos assiste. O Presidente do ra, nossas provações e dificuldades. Portanto, a duração da quares- Congresso tem um passado calcado no peculato, falsidade ideológica e uso de ma está baseada simbolicamente nesse número. Com ela, os qua- documento falso. Na Câmara, Henrique Eduardo Alves, com o beneplácito da renta dias do dilúvio, os quarenta anos do povo judeu no deserto, presidente Dilma, foi eleito Presidente, mesmo com a ficha suja por uma série os quarenta dias de Moisés e de Elias na montanha e os quarenta de denúncias e irregularidades e Eduardo Cunha acusado de sonegação fiscal para dias que Jesus passou no deserto antes de começar sua vida pública. líder do PMDB. Depois de tudo isto, o senhor Renan Calheiros teve o desplante de Faço votos que saibamos também, novamente, fazer bom discursar falando em ética, como se fosse possível, o roto rir do esfarrapado. Miro proveito desses quarenta dias. Uma Santa Quaresma e Páscoa para Teixeira acertou na mosca: “pior do que este, só um parlamento fechado” todos. Sérgio de Queiroz Antonio Cerqueira MISSAS NA RUA NO TEMPO QUARESMAL Anualmente, neste período, nossa Igreja deixa seus limites físicos e vai ao encontro do seu povo. Nesse sentido, durante as quartas-feiras da Quaresma, estaremos celebrando Missas pelas ruas da Praça Seca, como sinal da presença de Jesus Cristo que envia seus discípulos a anunciar o seu Reino de Amor a todas as nações, independente da fé professada por cada um. Assim, convidamos você também, a entrar na roda conosco. A seguir, apresentamos os locais das missas que ainda faremos nas ruas. Não deixe de participar, a fim de sermos testemunhas desse Cristo que res- taura vidas. PRÓXIMAS MISSAS DE RUA: Dia 06/março/13 – Praça do Ipase( Mato Alto) Dia 13/março/13 – Lagoa da Prata (Rua Marangá com a Florianópolis) Horário: Sempre às 19:15h

×