e os mitos dalubrificação|esterilização de instrumentos rotatórios        DESCUBRA A        VERDADE        SOBRE ESSE TEMA
APRESENTAÇÃOConheça o Agente K,o revelador de mitos dosprocessos de lubrificação eesterilização dos instrumentosrotatórios...
MITO Limpeza, desinfecção   e esterilização têm a mesma      finalidade.Limpeza é o processoque garante a eficáciada desin...
A desinfecção com        MITOálcool etílico a 70% ésuficiente para livrar os instrumentosrotatórios de focos de contaminaç...
MITO Esterilizar os   instrumentos rotatórios   uma vez ao dia é o suficiente.Esterilizar instrumentosrotatórios uma vez a...
Autoclavar danifica   MITO     os instrumentos.              Há um desgaste natural             das partes internas dos   ...
TOMIparte daSó é preciso lubrificar a         conexão do   instrumento com a mangueira.É necessária alubrificação tanto da...
Um rápido jato                       MITO     de spray basta para a     lubrificação dos instrumentos. O jato de spray dev...
MITO É necessário lubrificar os instrumentos rotatórios KaVo após a Autoclavagem.             O correto é lubrificar      ...
MITO Todos os são iguais.         lubrificantesSó o KaVo UNIspraypossui ação detergentee bactericida, alémdo óleo que gara...
O processo de   esterilizar                    MITO   instrumentos em autoclave   ou estufa é o mesmo.               Os in...
MITO     A lubrificação pode     ser feita submergindo     o instrumento rotatório     em um copo com óleo. Este processo ...
A esterilização dosinstrumentos                    MITOsomente deve ser realizadaapós procedimentos que envolvamsecreções ...
Fique Ligado!A constatação dafalta de higieneou cuidados com opaciente, como a comprovadatransmissão de doenças ou danosà ...
Dicas para lubrificação econservação dos seus instrumentos.1 Limpar o instrumento externamente com álcool etílico.2 Lubrif...
2A     Bico aplicador para     encaixe Borden (com     ponteira). Encaixar     sempre no furo maior.2B     Bico aplicador ...
2C       Bico aplicador para       encaixe MULTIflex       (sem ponteira).3 Uma vez ao dia, lubrificar a pinça com UNIspra...
Após todos esses cuidados, os4    instrumentos estão prontos para     esterilização na autoclave.     Após a esterilização...
REFERÊNCIASAGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIASANITÁRIA. Serviços Odontológicos:Prevenção e Controle de Riscos. Brasília:Editor...
e os mitos da               lubrificação|esterilização                de instrumentos rotatórios                 www.kavo....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guia do Agente K

570 visualizações

Publicada em

Mitos e verdades sobre a lubrificação e esterilização de instrumentos rotatórios

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
570
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guia do Agente K

  1. 1. e os mitos dalubrificação|esterilização de instrumentos rotatórios DESCUBRA A VERDADE SOBRE ESSE TEMA
  2. 2. APRESENTAÇÃOConheça o Agente K,o revelador de mitos dosprocessos de lubrificação eesterilização dos instrumentosrotatórios.Ele desvendará nas próximaspáginas, mitos e tambémapresentará as verdadessobre este assunto.Boa leitura egrandes descobertas!
  3. 3. MITO Limpeza, desinfecção e esterilização têm a mesma finalidade.Limpeza é o processoque garante a eficáciada desinfecção eesterilização.A limpeza removefisicamente a sujidade e matériasorgânicas das peças de mão.Desinfecção é o processo quereduz o número demicroorganismos patogênicos,mas pode não eliminar todos eles.Esterilização é o processo deextinção completa de todos osmicroorganismos, inclusive esporos,através de processo deautoclavagem. 02
  4. 4. A desinfecção com MITOálcool etílico a 70% ésuficiente para livrar os instrumentosrotatórios de focos de contaminaçãoe microorganismos. O álcool etílico a 70% limpa, mas não elimina microorganismospotencialmente infecciosos em suasuperfície. Somente após o processode esterilização, as peças de mãoestarão completamente livres dorisco de contaminação por doençascomo Hepatite tipo A, B e C,Herpes ou até mesmo o vírustransmissor da AIDS.03
  5. 5. MITO Esterilizar os instrumentos rotatórios uma vez ao dia é o suficiente.Esterilizar instrumentosrotatórios uma vez aodia é um risco para opaciente, para o dentistae sua equipe. O recomendadoé lubrificar e esterilizar oinstrumento a cada trocade paciente. 04
  6. 6. Autoclavar danifica MITO os instrumentos. Há um desgaste natural das partes internas dos instrumentos rotatóriosdevido aos sucessivos ciclos deesterilização. Porém, se houver amanutenção preventiva através delimpeza externa e lubrificaçãoadequada dos instrumentos, a vidaútil será maior.05
  7. 7. TOMIparte daSó é preciso lubrificar a conexão do instrumento com a mangueira.É necessária alubrificação tanto daparte da conexão doinstrumento como nacabeça, na pinça de fixação dabroca. A cabeça deverá serlubrificada uma vez ao dia.Somente lubrificando por completoseu instrumento você terá aeliminação dos resíduosnão-acessíveis na assepsia manuale a garantia de uma manutençãoeficaz. 06
  8. 8. Um rápido jato MITO de spray basta para a lubrificação dos instrumentos. O jato de spray deve durar de 2 a 3 segundos, para que haja uma lubrificação eficiente no corpo e na cabeça do instrumento.07
  9. 9. MITO É necessário lubrificar os instrumentos rotatórios KaVo após a Autoclavagem. O correto é lubrificar os instrumentos antes de autoclavá-los, para que haja uma maior proteçãodos mecanismos internos da peçadurante o processo de esterilização.A lubrificação após a esterilizaçãopode ocasionar nova contaminaçãoantes mesmo de o produto serutilizado para o procedimentoclínico. 08
  10. 10. MITO Todos os são iguais. lubrificantesSó o KaVo UNIspraypossui ação detergentee bactericida, alémdo óleo que garantea vida útil doscomponentesmecânicosinternos daspeças de mão.A garantia dosinstrumentos KaVoestá vinculada àcorreta lubrificaçãocom UNIspray.09
  11. 11. O processo de esterilizar MITO instrumentos em autoclave ou estufa é o mesmo. Os instrumentos rotatórios, mesmo que tenham sido previamentelubrificados, não podem seresterilizados na estufa, já que ocalor seco chega a 180º, podendoressecar e danificar os componentesinternos e reduzir a sua vida útil.Na autoclave, desde que osinstrumentos sejam lubrificadosantes da esterilização, isto nãoacontece, pois o calor úmido chegaa 135º, que é o ideal paraesterilização das peças de mão. 10
  12. 12. MITO A lubrificação pode ser feita submergindo o instrumento rotatório em um copo com óleo. Este processo não lubrifica. O que pode ocorrer é a oxidação do instrumento, além da contaminação da peça.11
  13. 13. A esterilização dosinstrumentos MITOsomente deve ser realizadaapós procedimentos que envolvamsecreções sanguíneas.O risco de contágioestá presente mesmona saliva do paciente.Independente doprocedimento realizado,para que não haja a transmissãode agentes infecciosos entre suaequipe e pacientes, é precisoesterilizar os instrumentos a cadaatendimento. 12
  14. 14. Fique Ligado!A constatação dafalta de higieneou cuidados com opaciente, como a comprovadatransmissão de doenças ou danosà saúde, pode acarretar ao dentistaresponsabilidade penal por erro deexercício profissional.* *Penalidade preceituada pelo Código Civil Brasileiro, nos artigos 927, de 931 a 935, e de 942 a 951, pelo Código de Defesa do Consumidor no artigo 14, e pelo Código de Ética Odontológica.13
  15. 15. Dicas para lubrificação econservação dos seus instrumentos.1 Limpar o instrumento externamente com álcool etílico.2 Lubrificar o instrumento com UNIspray, acionando-o por 1 a 2 segundos. Lembre-se que o UNIspray deve estar na posição vertical e o instrumento na posição horizontal. Lubrificar sempre o instrumento conforme orientado no frasco. 14
  16. 16. 2A Bico aplicador para encaixe Borden (com ponteira). Encaixar sempre no furo maior.2B Bico aplicador para encaixe INTRA (sem ponteira).15
  17. 17. 2C Bico aplicador para encaixe MULTIflex (sem ponteira).3 Uma vez ao dia, lubrificar a pinça com UNIspray, acionando-o de 1 a 2 segundos. Utilize sempre o bico aplicador para encaixe Borden. 16
  18. 18. Após todos esses cuidados, os4 instrumentos estão prontos para esterilização na autoclave. Após a esterilização, retirar 5 imediatamente o instrumento da autoclave e armazená-lo em local apropriado. Antes de colocar o instrumento em uso, 6 acoplá-lo na mangueira e acioná-lo durante alguns segundos, eliminando o possível excesso de óleo.IMPORTANTE• Não submergir o instrumento em banho de desinfecção.• O UNIspray vem acompanhado de 1 bico aplicador para 2 encaixes - Sistema Borden e INTRA.• O bico aplicador para sistema MULTIflex acompanha a turbina 603B em sua embalagem.• Lubrificar os instrumentos, impreterivelmente, antes de cada ciclo de esterilização e a cada turno de trabalho (no mínimo duas vezes ao dia). Antes de realizar a lubrificação, identifique o tipo de encaixe correto.17
  19. 19. REFERÊNCIASAGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIASANITÁRIA. Serviços Odontológicos:Prevenção e Controle de Riscos. Brasília:Editora Anvisa, 2006. 152 p.JORGE, Antonio Olavo Cardoso. Princípios debiossegurança em odontologia. Disponível em<http://periodicos.unitau.br/ojs-2.2/index.php/biociencias/article/viewFile/60/38>. Acesso em 3 de Novembro de 2008.PEREIRA, R.S. Descontaminação de CanetasOdontológicas de Alta Rotação. 2006.100 f.Dissertação (Mestrado em Medicina Tropical naárea de Concentração de Microbiologia)-Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública,Universidade Federal de Góias. Goiânia 2006.PRADO, Maria Emiliana Magalhães; SANTOS,Silvana Soléo Ferreira dos. Avaliação dascondições de esterilização de Materiaisodontológicos em consultórios na Cidade deTaubaté. Disponível em <http://periodicos.unitau.unitau.br/ojs-2.2/index.php/biociencias/article/view/51/29. Acesso em 3 de Novembrode 2008. 18
  20. 20. e os mitos da lubrificação|esterilização de instrumentos rotatórios www.kavo.com.br Fábrica KaVo Rua Chapecó, 86 - Saguaçu | CEP 89221-040 Tel.: (47) 3451.0100 | Fax: (47) 3451.0214 falecom@kavo.com | Joinville - SC Centro de Inovações KaVoAv. Ibirapuera, 2.480 - Moema | CEP 04028-002 Tel.: (11) 3323.0500 | Fax: (11) 3323.0505 saopaulo@kavo.com | São Paulo - SP

×