Primeira guerra mundial.aula

2.859 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.859
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
29
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
103
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Primeira guerra mundial.aula

  1. 1. Primeira Guerra Mundial Conflito bélico mundial ocorridoentre 28 de Julho de 1914 e 11 de novembro de 1818
  2. 2. Antecedentes• Exaltação do sentimento nacionalista, gerando certo tipo de repúdio aos estrangeiros (xenofobia).• Paz armada, o clima de tensão era extremo. As potências começaram a desenvolver a indústria armamentista.• Disputas em regiões fronteiriças, com populações formadas por mais de uma nacionalidade, como na Alsácia e na Lorena (entre a Alemanha e a França), na Trentina e proximidades de Trieste (Itália e Império Austríaco), e na península Balcânica (disputada pela Rússia e pela Áustria).• Revanchismo francês, movimento de grande rivalidade entre França e Alemanha, após derrota da França na guerra Franco-Prussiana (1870). – Alsácia e Lorena, estes dois territórios muito ricos em minério foram perdidos na guerra Franco-Prussiana e a França ansiava por recuperá-los.
  3. 3. Choque deimperialismos, rivalidade entre as potênciaseuropéias pelo poderdas colônias na África ena Ásia. Disputa pela África
  4. 4. • Política de Alianças, as potencias começaram a fazer certo tipo de aliança por afinidade política e econômica que fora desenvolvida historicamente. – Tríplice Entente: Inglaterra, França e Rússia; – Tríplice Aliança: Alemanha, Áustria-Hungria e Itália.
  5. 5. • A Itália, apesar de fazer parte da Tríplice Aliança permaneceu neutra na guerra até maio de 1915, quando "trocou de time", entrando na guerra ao lado dos países que formavam a Tríplice Entente. – Entrou na guerra sob a promessa de seus novos aliados de que receberia o território de regiões fronteiriças da Áustria.• Em 1917, a Inglaterra e a França perderam um aliado, a Rússia, mas em compensação ganharam outro, os Estados Unidos.
  6. 6. O Estopim• O assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando (herdeiro do trono austríaco) no dia 28 de junho de 1914 em Saravejo (capital da Bósnia). – Ele e sua esposa foram assassinados por um jovem estudante sérvio (Gravilo Princip) por meio de uma organização secreta nacionalista, a mão negra – A Áustria lançou um ultimato (quase impossível de ser aceito) à Sérvia – Era um pretexto para a guerra entre os dois países, declarada em 01 de agosto de 1914 – A partir daí o sistema de alianças foi acionado, com a Rússia apoiando a Sérvia e a Alemanha apoiando a Áustria.
  7. 7. A morte serviu de pretexto para que os países entrassem em guerra. Desde1871 as potências estavam em paz umas com as outras, mas estavam numacorrida armamentista (investindo em avanços militares e uma tentandosuperar a outra).
  8. 8. Fases da Guerra• Guerra de movimento (1914) – Alemanha tomou a iniciativa da guerra, lançando seus exércitos pela fronteira da França. • O Plano Schlieffen previa um rápido avanço para o Ocidente, forçando a derrota da França e, em seguida, o deslocamento do exército para o Oriente, para enfrentar a Rússia – O rápido avanço em direção a Paris incluiu a violação da neutralidade belga e serviu de pretexto para os ingleses entrarem em guerra. – Essas iniciativas acabaram sendo frustradas pela vitória franco-britânica na batalha do Marne (setembro de 1914)
  9. 9. • Guerra de Trincheiras (conhecida como guerra da lama dos ratos e dos piolhos (1915-1917) – Abriram-se trincheiras em toda frente ocidental, onde os soldados ficavam centenas de dias entrincheirados. • Fome e doenças – O armamento e o aparelhamento aéreo despertaram um novo surto industrial acelerado (a indústria européia tornou-se puramente bélica). Novas armas apareceram. – Outros países foram sendo arrastados para a luta armada, já que a abertura de novos fronts poderia significar o fim do impasse no Ocidente – Morreram cerca de 600 mil homens.
  10. 10. Nas trincheiras: Infantaria commascáras de gás, Ypres, 1917.
  11. 11. • Saída da Rússica – Com o triunfo da Revolução Russa de 1917, onde os bolcheviques estabeleceram-se no poder, foi assinado um acordo com a Alemanha para oficializar sua retirada do grande conflito. – Este acordo chamou-se Tratado de Brets-Litovsk, que impôs duras condições para a Rússia.
  12. 12. • Entrada dos Estados Unidos – Os norte-americanos tinham muitos investimenos nesta guerra com seus amigos aliados (Inglaterra e França). Era preciso garantir o recebimento de tais investimentos. Utilizou-se como pretexto o afundamento do navio “Lusitânia”, que conduzia passageiros norte- americanos.
  13. 13. • Participação do Brasil – Os alemães, diante da superioridade naval da Inglaterra, resolveram empreender uma guerra submarina sem restrições. – Na noite de 03 de abril de 1917, o navio brasileiro “Paraná” foi atacado pelos submarinos alemães perto de Barfleur, na França. – O Brasil, presidido por Wenceslau Brás, rompeu as relações com Berlim e revogou sua neutralidade na guerra. – Novos navios brasileiros foram afundados. – No dia 25 de outubro, quando recebeu a notícia do afundamento do navio “Macau”, o Brasil declarou guerra Á Alemanha. – Enviou auxílio à esquadra inglesa no policiamento do Atlântico e uma missão médica.
  14. 14. Armas de movimento estratégico A Primeira Guerra Mundial foi uma mistura de tecnologia do século XX com táticas do século XIX. Tanques de guerraAs tropas avançavam em tanquesblindados, superando metralhadoras, arames etrincheiras.
  15. 15. Usado para isolar os Aliados e responder a bloqueios da marinha inglesa. Os submarinos alemães destruíram mais de 6,5 mil Submarinos navios. Inicialmente usados em missões de mapeamento e observação, depois integrou planos de ataque com bombardeios a trincheiras eAviões de guerra cidades.
  16. 16. Metralhadoras: tinham a potência de disparar 450 tiros por minuto. Deixou as batalhas mais violentas e dificultava a aproximação dos adversários.Exército britânico utilizando uma metralhadora Vickers. Armas químicas: Em 1915 os alemães lançavam gás cloro sobre as tropas aliadas. Seu efeito é devastador: se inalado destrói os órgãos respiratórios.
  17. 17. O fim da guerra• Em 1918 as vitórias aliadas na França e o impacto da Revolução na Rússia acabaram resultando na queda do governo imperial alemão e num cessar-fogo, assinado em 1918. Era o armístico, que colocava um ponto final na Primeira Guerra Mundial. – Vitória da Tríplice Entente.
  18. 18. Consequências
  19. 19. • Ascensão dos Estados Unidos – o país torna- se a grande potência mundial no cenário político, econômico e militar.
  20. 20. • Declínio da Europa – o continente foi devastado pela guerra, morreram, aproximadamente, nove milhões de pessoas (entre civis e militares). O número de feridos, entre civis e militares, ficou em cerca de 30 milhões.• Crises da democracia liberal. Abre-se as vertentes para outros tipos de governo como o totalitarismo, o socialismo e o anarquismo.• Ascensão do totalitarismo – inicia-se o nazifacismo em decorrência da derrota da tríplice aliança.
  21. 21. • Criação da liga das nações, uma instituição internacional com o objetivo de preservar a paz mundial por intermédio de tratados de paz, entre eles o mais importante foi o segundo tratado.• Tratado de Versalhes, um tratado de paz entre vencedores e vencidos, que impõe duras condições à Alemanha, gerando ressentimento e plantando a semente de uma nova guerra mundial.
  22. 22. • Mudanças no mapa da Europa, após assinatura do Tratado de Versalhes. As novas nações européias em 1919.
  23. 23. Reflexão• A guerra resolveu o problema fundamental da Europa ou só acentuou a desigualdade, a intolerância e disseminou a morte pelo mundo?• O que a guerra tinha de diferente das anteriores?• Há realmente um vencedor quando falamos de guerra?
  24. 24. Seis momentos cruciais• Jan/1914: Assassinato de Fransisco Ferdinando.• Ago/1914: Batalha das Fronteiras.• Abr/1917: Entrada americana.• Dez/1917: Saída russa.• Ago/1918: Segunda batalha do Marme.• Nov/1918: Rendição.

×