Unidade 1 Conceitos Básicos

20.467 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.467
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3.986
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
626
Comentários
0
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Unidade 1 Conceitos Básicos

  1. 1. Unidade 1 TIC
  2. 2. Índice 1. Conceitos Básicos 2. Áreas de aplicação das TIC 3 . Estrutura e Funcionamento de um S.I.
  3. 3. Índice 1. Conceitos Básicos 2. Áreas de aplicação das TIC 3 . Estrutura e Funcionamento de um S.I.
  4. 4. 1. Conceitos Básicos 1.1 1.2 1.3 1.4 Informática Tecnologias da Informação TI Tecnologias da Informação e Comunicação TIC A Informação
  5. 5. 1. Conceitos Básicos 1.1 1.2 1.3 1.4 Informática Tecnologias da Informação TI Tecnologias da Informação e Comunicação TIC A Informação
  6. 6. A palavra, Informática, (Informação + Automática) significa tratamento ou processamento da informação, utilizando meios automáticos - computador 1.1. Informática
  7. 7. 1.2. Tecnologias de Informação-TI A palavra tecnologia provém das palavras gregas techné , que significa saber fazer e logia que significa conhecimento organizado . Assim, tecnologia é o conhecimento adquirido e organizado relativo a uma determinada área de intervenção. Informação é todo o conjunto de dados articulados de maneira a terem significado.
  8. 8. Podemos então dizer: Tecnologias da Informação – consistem em processos de tratamento , controlo e comunicação de dados , através de computadores ou sistemas informáticos. 1.2. Tecnologias de Informação-TI
  9. 9. 1.3. Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) <ul><li>TIC – é a designação mais utilizada quando nos referimos a todo o conjunto de recursos tecnológicos e computacionais que usamos para criar e utilizar a informação. </li></ul>Redes de Computadores Centrais Telefónicas Comunicação Por Satélite
  10. 10. 1.4. A Informação A informação é a «matéria-prima» que está na base dos conhecimentos e da comunicação entre as pessoas. A informação está presente sempre que um sinal é transmitido de um ponto a outro. <ul><li>Exemplos de informação: </li></ul><ul><ul><li>palavras; </li></ul></ul><ul><ul><li>quadros; </li></ul></ul><ul><ul><li>música, etc. </li></ul></ul>Para além de transmitida e recebida, a informação pode ser armazenada: em livros, discos, fotografias, etc.
  11. 11. A informação digital pode ser guardada nas memórias do computador sob a forma de bits e bytes. Um bit é a menor unidade de informação guardada num computador. É representado por dois dígitos: 0 ou 1. Um byte é um conjunto de 8 bits. Cada caracter (letra ou símbolo do teclado) ocupa 1 byte quando é guardado em memória. A letra B, por exemplo, é representada por 01000010. 1.4. A Informação (cont) A tabela seguinte representa os múltiplos do byte (B)
  12. 12. 2. Áreas de Aplicação das TIC 2.1 2.2 2.3 Computador Comunicação Controlo e Automação
  13. 13. 2.1 2.2 2.3 Computador Comunicação Controlo e Automação 2. Áreas de Aplicação das TIC
  14. 14. 2.1. Computador Conjunto de dispositivos electrónicos, capaz de aceitar, processar e apresentar dados através da execução de instruções. Informática Burótica Designa a aplicação de meios informáticos no tratamento e circulação da informação em escritórios ou gabinetes administrativos Divide-se em: Consiste num conjunto de conhecimentos e técnicas, ligadas ao processamento automático da informação
  15. 15. 2.2. Comunicação Telecomunicações Telemática Caracteriza-se pela conjugação de meios informáticos (computadores, modems, etc), com meios de comunicação à distância (linhas telefónicas, satélites, etc.) Divide-se em: Consiste na transmissão de informação à distância, através: da televisão, vídeo, linhas telefónicas, satélites, etc.
  16. 16. 2.3. Controlo e Automação As tecnologias de controlo e automação caracterizam-se pela intervenção de meios informáticos no controlo de mecanismos e processos industriais. Robótica CAD CAM É a área que faz a projecção e construção de robôs, através de processos informáticos Projecto ou desenho realizado com a utilização de computadores e softwares específicos Fabrico assistido por computador Divide-se em:
  17. 17. 3. Introdução à estrutura e funcionamento de um S.I. 3.1 3.2 HardWare SoftWare
  18. 18. 3. Introdução à estrutura e funcionamento de um S.I. 3.1 3.2 Hardware são todos os dispositivos físicos do computador Software são os programas do computador
  19. 19. 3.1. HARDWARE (alguns elementos) Periféricos CPU Memórias São responsá-veis pela ligação entre o computador e o exterior É responsá-vel pelo funciona-mento e desempe-nho de todo o computador Determina a forma como estão interligados todos os componentes e periféricos e a velocidade de transmissão da informação Placa Mãe BUS É o local onde são armazenados os dados, temporários ou definitivos É o elemento mais importante de um computador, permite que o CPU comunique com os periféricos
  20. 20. 3.1. HARDWARE (alguns elementos) Periféricos CPU Memórias São responsá-veis pela ligação entre o computador e o exterior É responsá-vel pelo funciona-mento e desempe-nho de todo o computador Determina a forma como estão interligados todos os componentes e periféricos e a velocidade de transmissão da informação Placa Mãe BUS É o local onde são armazenados os dados, temporários ou definitivos É o elemento mais importante de um computador, permite que o CPU comunique com os periféricos
  21. 21. 3.1. HARDWARE Periféricos Entrada Input Saída Output Entrada/Saída I/O Permitem a comunicação do utilizador com o computador Estes dispositivos funcionam alternadamente como dispositivos de Input e Output Permitem a transferência da informação, introduzida no computador, para o exterior Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  22. 22. 3.1. HARDWARE Periféricos Entrada Input Saída Output Entrada/Saída I/O Permitem a comunicação do utilizador com o computador Estes dispositivos funcionam alternadamente como dispositivos de Input e Output Permitem a transferência da informação, introduzida no computador, para o exterior Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  23. 23. 3.1. HARDWARE Periféricos de Entrada Scanner Rato Light Pen Teclado Joystick Leitor Óptico Câmara fotográfica digital Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  24. 24. 3.1. HARDWARE Periféricos de Saída Plotter Impressora Projectores de Imagens Monitor Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  25. 25. 3.1. HARDWARE Periféricos de Entrada e Saída Monitores Tácteis Modems Placas de Rede Drives Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  26. 26. 3.1. HARDWARE Registos     UC CPU Divide-se em: Determina e controla as operações que pretendemos efectuar Componentes que, temporariamente, armazenam dados com que a ALU efectua as operações É responsável por todas as operações aritméticas (+ - / *) e lógicas (‘e’, ‘ou’) UCI Recebe os dados provenientes de componentes externos (teclado), para em seguida serem processados Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS ALU
  27. 27. 3.1. HARDWARE Uma característica importante num sistema informático é, sem dúvida, a sua capacidade de armazenamento de informação , ou seja, a memória . Dois tipos de memórias: Memória principal , central ou primária - São memórias indispensáveis ao funcionamento de um SI. Encontram-se perto do processador. Memória Secundária , auxiliar ou de massa – Podemos dizer que são um complemento à memória primária do computador, porque são necessárias quando pretendemos guardar informação ou programas, com carácter permanente. Memórias Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  28. 28. 3.1. HARDWARE Memórias (cont) Unidades de Memória Memórias Primárias RAM - ROM - Tem como função “guardar” temporariamente a informação do sistema. Memória de leitura e escrita de dados. É volátil . Memória só de leitura de dados. É onde são guardados alguns programas e informação, responsáveis pelo funcionamento interno do computador. Memórias Secundárias Discos Disquetes CDs DVDs Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  29. 29. 3.1. HARDWARE Placa Mãe - Motherboard É o elemento mais importante do computador, pois tem como função permitir que o CPU comunique com todos os periféricos instalados <ul><li>Componentes da Placa-Mãe: </li></ul><ul><li>Slots-para o encaixe das placas de vídeo, som, modems, etc; </li></ul><ul><li>Conectores-para o encaixe de módulos de memória e também do processador; </li></ul><ul><li>Portas-série, paralelo, USB e outras; </li></ul><ul><li>BIOS-pequeno chip responsável pelo reconhecimento do hardware e pelo fornecimento de informações básicas para o funcionamento do PC. </li></ul>Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  30. 30. 3.1. HARDWARE BUS - Barramento Uma das características mais importantes de um computador é a arquitectura de barramento , pois é ela que determina a forma como estão interligados todos os componentes e periféricos desse computador e a velocidade com que a informação é transmitida. São fios condutores por onde circula a informação. Periféricos CPU Memórias Placa Mãe BUS
  31. 31. 3.2. Software Divide-se em: SOFTWARE Software de Sistema – são programas fundamentais para o funcionamento do computador. Ex: Sistema Operativo. Software de Aplicação – engloba todos os programas usados pelos utilizadores para a realização de algumas tarefas. Ex: processadores de texto, editores de imagens, jogos, etc.

×