1
2
>Projeto:
Asuntos del Sur, Instituto Mídia Étnica, Periféricos.Jor, Futura Media e Update orga-
nizaram o Encontro Mucho...
3TALLER MUCHO CON POCO: Nuevos liderazgos, nuevas herramientas y nuevas agendas en América Latina y Chile.
12:00 as 14:00 ...
4TALLER MUCHO CON POCO: Nuevos liderazgos, nuevas herramientas y nuevas agendas en América Latina y Chile.
DIA 2 - JORNADA...
5TALLER MUCHO CON POCO: Nuevos liderazgos, nuevas herramientas y nuevas agendas en América Latina y Chile.
13:00 – 13:30 A...
6“Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”
>Painelistas:
-Caio Tendolini...
7“Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”
>Painelistas:
-Ana Aranha - R...
8“Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”
>Painelistas:
-Caru Schwingel...
9“Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”
>Painelistas:
-Joselício Júni...
10
>Organizadores:
*Asuntos del Sur
É um centro de pensamento independente sem fins lucrativos
que, desde 2007, dedica-se ...
11
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Programação Mucho con Poco - São Paulo

109 visualizações

Publicada em

Um espaço para os ativistas que já utilizam as tecnologias digitais trocarem experiências e criarem redes de trabalho para o fortalecimento de suas atuações é o mote da oficina “Mucho con Poco” que acontece no dia 15 de agosto (sábado), das 9h às 19h, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista e nos dias 18 e 19 de agosto, na Fundação São Martinho, no Centro do Rio de Janeiro.

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
109
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
39
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Programação Mucho con Poco - São Paulo

  1. 1. 1
  2. 2. 2 >Projeto: Asuntos del Sur, Instituto Mídia Étnica, Periféricos.Jor, Futura Media e Update orga- nizaram o Encontro Mucho con Poco, em São Paulo: “Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”. Este busca gerar um espaço no qual os ativistas que utilizam tecnologias digitais se reúnam, troquem expe- riências e criem redes de trabalho para o fortalecimento de suas atuações. Propomos como centro do debate o papel e desafio dessas inovações integradas ao contexto específico brasileiro, em que a violência é protagonista. No Brasil a situação é preocupante: a cada 10 minutos uma pessoa é assassinada, sendo que a polícia é responsável por seis mortes em cada 24 horas. Além disso, nos últimos cinco anos, matou 11 mil pessoas. A Anistia Internacional alerta sobre tal situação e demonstra preocupação com o aumento das mortes cometidas por policiais no país que, na maio- ria dos casos, mesmo quando associadas à tortura e maus tratos, não há punição. No entanto, apesar desta situação, os cidadãos não se calam ou se acomodam, mas o que se observa é a proliferação de projetos que, mediante o uso inovador de ferramen- tas disponíveis, como a tecnologia, a arte com um sentido político, a atuação em rede, dentre outras, estão fazendo suas vozes serem ouvidas. Desde as margens, onde há menos recursos e as mudanças são mais necessárias, é justamente onde estão oco- rrendo ações altamente inovadoras. >Objetivos: A proposta deste evento é trabalhar com esses atores sociais para discutirmos a ino- vação política e como a tecnologia digital e outras formas do fazer político adquiriram papel predominante nas suas atuações e vem formatando a própria agenda brasileira. Objetiva-se propiciar um espaço de diálogo e construção coletiva, compartilhando ex- periências e visando aprimorar a criação de uma rede que reúna tais atores com o intuito de ampliar o impacto de seus projetos individuais. “Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”
  3. 3. 3TALLER MUCHO CON POCO: Nuevos liderazgos, nuevas herramientas y nuevas agendas en América Latina y Chile. 12:00 as 14:00 Transporte para o Campo Limpo Saída de frente ao hotel Macksoud Plaza (Alameda Campinas, 150 - Bela Vista) 15:00 - 19:00 Oficina de Trabalho Capao Ciudadano, Rua Martinho Vaz LOCAL Centro de Defesa e Convi- vência da Mulher - Rua Martinho Vaz de Barros, 257 - Campo Limpo 20:00 - 23:30 Evento Cultural Bar Sede Vila Fundão “Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência” DIA 1 - JORNADA FECHADA 14 DE AGOSTO 2015
  4. 4. 4TALLER MUCHO CON POCO: Nuevos liderazgos, nuevas herramientas y nuevas agendas en América Latina y Chile. DIA 2 - JORNADA ABERTA 15 DE AGOSTO 2015 10:00 Acreditaciones 10:00 - 11:30 Hackear a política Coordenação do painel: Matias Bianchi, Asuntos del Sur 1. Caio Tendolini Silva 2. Juan Manuel Crespo - FLOK (Equador) 3. Gabi Juns, Escola de Ativismo 4. Patrícia Cornils - Actantes 5. Pedro Abramovay - Open Software Foundation (OSF) 6. Marília Jahnel de Oliveira, SDH - Prefeitura de SP - Coordenadora de Promoção do Direito à Cidade. 11:30 - 13:00 Tecnologias para democratizar o poder Coordenação do painel: Caio Tendolini, Update 1. Paulo Rogerio - Instituto Midia Ét- nica (Salvador/BA) 2. Anna Livia Arida, Rede Nossas Ci- dades - Minha Sampa 3. Haydee Svab, TransparênciaHacker 4. Gustavo Seraphim - Wikipraça 5. Alex Barcellos, Agência Solano Trindade 6. Rafael Poço, Eu Voto - 7. Lívia Ascava TransparênciaHacker 8. Organização Repórter Brasil - Ana Aranha - Coordenadora da área de Jornalismo 13:00 – 13:30 ALMORÇO “Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”
  5. 5. 5TALLER MUCHO CON POCO: Nuevos liderazgos, nuevas herramientas y nuevas agendas en América Latina y Chile. 13:00 – 13:30 ALMORÇO 13:30 – 15:00 Artivismo e novos meios: criatividade na participação política Coordenação do painel: Caru Schwingel - Perifericos.Jor 1. Eduardo Barbosa, Bob Controver- sista 2. Aline Cavalcanti, cicloativista 3. Henny Freitas, Parque Augusta 4. Paulinho Fluxus, Canil 5. Fernando Sato, Casa da Lapa - Sato do Brasil 6. Joselicio Junior, Juninho, Círculo Palmarino 15:00 – 16:30 Inovação política (protesto e resistên- cia) no âmbito da violência Coordenação do painel: Bernardo Gutierrez - Futura Media 1. Laila Manuelle, Guerrilha GRR 2. Danilo, Comité Popular da COPA SP / Casa Mafalda 3. Salvador Schavelzon, UNIFESP, Cír- culo Cidadania 4. Ana Rolon, Fósforo (México) 5. Giovanna Migliori Semeraro, Advo- gados Ativistas 6. Gilson Schwartz - Portal da Juven- tude da Prefeitura SP 7. Periferia em Movimento 16:30 - 17:00 FECHAMENTO DA JORNADA ABERTA “Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência” DIA 2 - JORNADA ABERTA 15 DE AGOSTO 2015
  6. 6. 6“Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência” >Painelistas: -Caio Tendolini Silva - Update Caio Tendolini é economista e trabalha com inovação e política. Desenvolve o Update e colabora com a Rede Sustentabilidade e o Catarse. -Juan Manuel Crespo - FLOK Society do Ecuador Mestre em Desenvolvimento e Globalização pela Universidade do País Vasco (UPV-EHU) e pelo Instituto de Estudios sobre Desarrollo y Cooperación Internacional (HEGOA) do País Vasco, Espanha. Membro da equipe de coordenação de pesquisa do projeto Buen Co- nocer/FLOK Society. -Gabi Juns - Escola de Ativismo Gerente de comunicação e fundadora da Escola de Ativismo. Trabalhou na Campanha Energia para a Vida e foi estrategista do Movimento Xingu nas redes sociais digitais. É de- signer gráfica e digital. -Patrícia Cornils - Actantes Jornalista. Escreveu na revista ARede sobre o uso de tecnologias da informação e comuni- cação em iniciativas de inclusão social, participou da Transparência Hacker e ajudou a criar a Casa de Lua. Hoje é ativista na Actantes, uma associação de defesa da liberdade e priva- cidade na internet. -Pedro Abramovay - OSF Pedro Abramovay é diretor para América Latina da Open Society Foundations, organização filantrópica que financia organizações da sociedade civil, sobretudo relacionadas a direitos humanos, justiça e democracia. -Marília Jahnel de Oliveira - SDH - Prefeitura de SP Coordenadora de promoção do Direito à Cidade na Prefeitura da cidade de São Paulo. -Matías Bianchi (Asuntos del Sur) Director Fundador de Asuntos del Sur. Doctor en Ciencia Política. Docente universitario y Consultor/asesor en Política latinoamericana y procesos democráticos. -Paulo Rogério - Instituto Mídia Étnica Co-fundador e diretor executivo do Instituto Mídia Étnica. Especialista em Jornalismo e Novas Mídias pela Universidade de Maryland e pesquisador afiliado ao Berkman Center for Internet and Society da Universidade de Harvard. Coordenador do Projeto VOJO BRASIL, em parceria com o MIT - Massachusetts Institute of Technology.
  7. 7. 7“Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência” >Painelistas: -Ana Aranha - Repórter Brasil Coordenadora de jornalismo do Repórter Brasil e repórter apaixonada pelo ofício de contar histórias, principalmente as relacionadas a direitos humanos. Formada pela USP, tem 11 prê- mios de jornalismo. Foi repórter na revista Época e desde 2011 se dedica ao jornalismo in- dependente, colaborando para diversos veículos (e veículos diversos) como The Guardian, agência Pública, Veja, Rolling Stone e Marie Claire. -Gustavo Seraphim - Wikipraça Trabalha na criação, planejamento e coordenação de programas, projetos, produtos e even- tos sociocriativos, tecnológicos e artísticos. Especializado em gerenciamento de projetos e formado em direito. Tem interesse em tecnologias e inovações que geram mudanças sociais. Projeto mais recente desenvolvido foi o Wikipraça, mecanismo de ativação de território e empoderamento dos cidadãos através de métodos analógicos e digitais. -Anna Livia Arida - Rede Nossas Cidades Diretora da Rede Nossas Cidades e Minha Sampa. Foi coordenadora de projetos no MOVE - Avaliação e Estratégia em Desenvolvimento Social e investigadora no Movimento Mundial pela Infância e Criando Consultoria, além da sua trajetória na área de Direitos Humanos. É graduada em direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e especialista em lei econômica e setores regulados pelo governo. -Alex Barcellos - Agência Solano Trindade Articulador Cultural da Agência Solano Trindade, ator e músico. Hoje, representa a REDE Juvesol, que trabalha a Economia Solidária junto à juventude. Assessor comercial do projeto RDES de Empreendimentos Solidários da Zona Sul de São Paulo junto à Secretaria Na- cional de Economia Solidária do Ministério do Trabalho. Agitador do projeto Sociocultural Narra Várzea e Delegado Municipal de Cultura no município de Taboão da Serra/SP. -Rafael Poço - Eu Voto Advogado, ativista socioambiental e, há vários anos, dedica-se a iniciativas que buscam con- tribuir para melhorar a democracia, ampliar e qualificar a participação social e provocar re- flexões sobre as práticas políticas atuais. -Lívia Ascava - Transparência Hacker Jornalista digital. Membro da Transparência Hacker. Trabalhou como organizadora de con- teúdos web no WebCitizens. Trabalhou em TEDxAmazonia e TEDxSaoPaulo. Tem ampla experiência no manejo de estratégias de redes sociais e marketing digital.
  8. 8. 8“Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência” >Painelistas: -Caru Schwingel - Periféricos.JOR Jornalista, mestra em Cibercultura e doutora em Ciberjornalismo, com pós-doutorado em Fotônica e Novas Mídias. Atua como professora, pesquisadora, consultora e ativista do ciberjornalismo e das mídias e redes digitais. É pesquisadora do CAEPM/ESPM. -Eduardo Barbosa - Bob Controversista Coordenador pedagógico no Ponto de Cultura com P de Protagonismo, em Guarulhos/SP. Presidente da Asociação Cultural e Educacional do Movimento Hip Hop Revolucionário. É membro e militante do Partido Comunista do Brasil. -Aline Cavalcante - Cicloativismo Jornalista e cicloativista, usa a bike como transporte desde 2008 quando se mudou de Araca- ju/SE para São Paulo. É uma das idealizadoras do oGangorra, que faz projetos de educação, mobilidade e empreendedorismo utilizando a bicicleta como ferramenta de transformação social, principalmente entre jovens. Participa ainda de iniciativas que trabalham com a pro- moção do uso da bicicleta na cidade, como Pedalinas, Bike Anjo, Ciclocidade, entre outros.” -Henny Freitas - Parque Augusta É jornalista, permacultora, educadora ambiental e articuladora da Rede Novos Parques. Mestra em empreendedorismo, pela University of Buckingham, a aventureira abandonou uma carreira consolidada na Inglaterra para fazer o que mais gosta: desfrutar a natureza. Para isso, (co)criou o projeto EarthCode (Código Terra), reciclARTE e do consumo consciente, difundiu o conceito “zero lixo” (da compra ao descarte) e documentou mais de 180 comu- nidades étnicas, alternativas e convencionais na Austrália, Brasil, Argentina, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Amazônia. Baseada nessa investigação in loco, escreveu a dis- sertação: “É viável uma Cidade Sustentável”. -Paulinho Fluxus - Canil Artista. Com estudos em artes visuais, multimídia e intermídia pela Universidade de São Paulo. -Fernando Sato, Casa da Lapa - Sato do Brasil Integrante do coletivo Casadalapa, também faz parte da Frente 3 de Fevereiro, Jornalistas Livres e Linha de Frente. Originalmente designer gráfico, trabalha com direção de arte, ce- nografia, animação, video, fotografia, jornalismo, intervenção urbana, grafite, ação direta e arte de rua. Acredita no espaço público, na convivência, nos direitos humanos, na tolerância, no amor e na ousadia.
  9. 9. 9“Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência” >Painelistas: -Joselício Júnior, Juninho - Círculo Palmarino Jornalista e militante do Partido Socialismo e Liberdade e do Círculo Palmarino. Presidente do Instituto de Estudos Afro-Brasileiro Manuel Querino. Com estudos em Comunicação Social pela Universidade de Santo Amaro e Pós-Graduação em Mídia, Informação e Cultura pela Celacc/ECA-USP. -Salvador Schavelzon - UNIFESP/Casa do Povo/Círculo de Cidadania Antropólogo, professor e investigador da UNIFESP, integrante do Círculo de Cidadania Sampa. Estudou mobilização e poder constituinte, cosmopolítica indígena, etnografia do estado e processos políticos latinoamericanos. Seu último livro é uma análise dos conceitos de Viver Bem/Buen Vivir e plurinacionalidade nos processos constituintes andinos. -Ana Rolon - YoSoy132/Fósforo (México) Graduada em comunicação pela Universidade Iberoamericana. Criadora do vídeo viral ‘131 alumnos de la Ibero responden’ que iniciou o movimento social estudantil #YoSoy132. Uma das organizadoras do #Debate132. Produtora digital e co-fundadora da Fósforo, agência de comunicação para ONGs, ACs e movimentos sociais. -Giovanna Migliori Semeraro - Advogados Ativistas Colaboradora dos Advogados Ativistas. Sócia do escritório Marini Advogados e ex-coorde- nadora da área de demandas comunitárias no Teto Brasil. Graduada em direito pela PUC- SP. Mestranda em teoria e filosofia do direito pela USP. Advogada na área de direito penal e direitos humanos. -Bernardo Gutiérrez - Futura Media Pós-periodista em tecnopolítica, hacktivismo e cultura livre. Fundador da rede FuturaMedia e membro do Global Revolution Research Network (GRRN). Consultor e investigador da Oxfam.
  10. 10. 10 >Organizadores: *Asuntos del Sur É um centro de pensamento independente sem fins lucrativos que, desde 2007, dedica-se à análise, ao debate e à realização de propostas de políticas públicas para a América Latina. ADS tem o objetivo central de constituir-se como uma plataforma de deliberações dos principais problemas e preocupações que afetam a nossa região. ADS procura influenciar políticas regio- nais e nacionais. (www.asuntosdelsur.org) *Instituto Mídia Étnica O Instituto de Mídia Étnica é uma organização da sociedade civil que realiza projetos para assegurar o direito humano à co- municação e o uso das ferramentas tecnológicas pelos grupos socialmente excluídos, especialmente a comunidade afro-bra- sileira. *Periféricos.Jor Periféricos.Jor atua em projetos e ideais do entorno, das mar- gens, do que está subjacente e é mobilizador. Conta histórias com múltiplos olhares e pontos de vista. Desenvolve projetos jornalísticos, culturais e sociais, com vistas à mobilização para a cultura da paz, justiça restaurativa e ação cidadã. Promove a apropriação tecnológica para o midialivrismo. *Futura Media Futura Media é uma rede flexível de inovação com sede em São Paulo (Brasil). Temos à disposição do cliente mais de cem jornalistas, escritores, fotógrafos, designers, community ma- nagers, informáticos, criativos de marketing, programadores, cineastas, urbanistas, pesquisadores, sociólogos e arquitetos espalhados em mais de vinte países. Escolhemos a equipe de trabalho mais apropriada para cada cliente. *Update Update é um laboratório que visa compreender, disseminar e fortalecer as práticas emergentes de política na América Latina.  “Inovação Política desde as margens: o uso da tecnologia digital em contextos de violência”
  11. 11. 11

×