Plano de ensino tme 2012.1

576 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
576
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de ensino tme 2012.1

  1. 1. UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL CACHOEIRA DO SUL ANO / SEMESTRE: 2012/1CURSO (s): ODONTOLOGIADISCIPLINA: TÉCNICAS E MATERIAIS EM ENDODONTIA CRÉDITOS: 4CÓDIGO: 402014 C / H TOTAL: 68PROFESSOR: CHARLES DA CUNHA PEREIRA TURNO: TARDE PLANO DE ENSINO-APRENDIZAGEM1. EMENTA DA DISCIPLINA:Formar cirurgião-dentista clínico geral voltado para os problemas da Saúde Bucal, com orientação preventiva e social,consciente e apto para atuar na sua comunidade, integrando-se às atividades das outras profissões da área da saúde. 2. OBJETIVO GERAL DA DISCIPLINA:a) Formar um cirurgião-dentista com habilidade de aplicar princípios biológicos, técnicos e éticos para resolver os problemas das doenças buco-dentais mais prevalentes no distrito Geo-Educacional na qual está inserida a Universidade e em programas estratégicos de interesse nacional;b) Formar um cirurgião-dentista clínico geral voltado para os problemas de saúde bucal, com filosofia preventiva e social, apto e conscientizado para atuar na sua comunidade, integrando-se em atividades das outras profissões da área da saúde:c) Conduzir o aluno a uma mudança de comportamento, tendo em vista que a educação sempre e necessariamenteconduz a uma mudança de comportamento. 3. ABORDAGENS TEMÁTICAS: - Apresentação da disciplina de Técnicas e Materiais em Endodontia - Instrumentos de uso endodôntico: apresentação, forma e uso. - Isolamento absoluto em Endodontia - Cirurgia de acesso: abertura da câmara pulpar e localização dos canais nos dentes monorradiculares, birradicularese molares. - Odontometria - Esvaziamento do canal: pulpectomia, penetração desinfetante. - Preparo químico-mecânico dos canais. Princípios e técnicas - Medicação intracanal - Obturação do canal radicular - Radiologia aplicada a Endodontia - Acidentes em Endodontia - Retratamento endodôntico4. METODOLOGIA DE ENSINO:As atividades teóricas serão desenvolvidas através de aulas expositivas com auxílio de recursos audiovisuais (multi-mídia e diapositivos).As atividades práticas serão desenvolvidas em Laboratório utilizando dentes humanos extraídos montados emmanequim. Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000
  2. 2. Atividades Discentes:- PresenciaisAulas expositivas teóricas e seminários em sala de aula, e atividades práticas em laboratório.- Semi-PresenciaisLeitura prévia dos conteúdos trabalhados em sala de aula.AULA CONTEÚDO DESENVOLVIDO Teórica: Apresentação da disciplina, Instrumental de uso endodôntico, Isolamento absoluto 27/02 Prática: Teórica de Cirurgia de acesso dentes mono e birradiculares Teórica: Cirurgia de acesso de dentes molares 05/03 Prática: Seleção de dentes e montagem do manequim Teórica: Esvaziamento I 12/03 Prática: Cirurgia de acesso dentes monorradiculares Teórica: Esvaziamento II 19/03 Prática: Cirurgia de acesso dentes birradiculares Teórica: Odontometria + Teste 1 26/03 Prática: Cirurgia de acesso de dente molar Teórica: Preparo do canal I - Meios Químicos 02/04 Prática: Esvaziamento e Odontometria de dente mono e birradicular Teórica: Preparo do canal II - Meios Mecânicos - Filosofia + Teste 2 09/04 Prática: Esvaziamento e Odontometria de dente molar Teórica: Preparo do canal III - Meios Mecânicos – Técnica 16/04 Prática: PQM em dente monorradicular Teórica: Obturação I – Materiais 23/04 Prática: PQM de dente birradicular Teórica: Obturação II – Técnica 30/04 Prática: PQM de molar Teórica: G1 07/05 Prática: PQM de molar Teórica: Radiologia aplicada à Endodontia 14/05 Prática: PQM de molar Teórica: Medicação Intracanal I – Bio 21/05 Prática: Obturação de dente mono Teórica: Medicação Intracanal II – Necro 28/05 Prática: Obturação de dente birradicular Teórica: Retratamento – Técnica 04/06 Prática: Obturação de dente molar Teórica: Avaliação da atividade semi-presencial 19/05 11/06 Prática: Obturação de dente molar Teórica: Seminário 18/06 Prática: Retratamento de dente mono Teórica: Seminário 25/06 Prática: Retratamento de dente mono Teórica: Acidentes em Endodontia 02/07 Prática: Retratamento de dente mono 09/07 Teórica: G2 16/07 Teórica: Substituição de grau 19/05 Atividade semi - presencial. Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000
  3. 3. 6. PROCESSOS AVALIATIVOS6.1 CRITÉRIOS:Avaliação teórica Serão duas avaliações teóricas bimestrais, G1 correspondente aos conteúdos teóricos desenvolvidos no primeirobimestre, com peso 01 (um), e G2 ao final do segundo bimestre de caráter cumulativo, com peso 02 (dois). Os grausatribuídos variarão de zero a dez, porém, para compor o grau da avaliação G1 serão realizados dois testes valendo 0,5pontos cada um e duas atividades semi-presenciais valendo 0,5 pontos cada uma. Na avaliação de G2 serão realizadosdois testes valendo 0,5 pontos cada, uma atividade semi-presenciais valendo 0,5 pontos e um seminário valendo 0,5pontos.2. Avaliação prática2.1. Avaliação Qualitativa Na avaliação prática desenvolvida em laboratório, serão atribuídos graus numéricos de 0 (zero) à 10 (dez) ao finalde cada aula prática, considerando os seguintes aspectos: a) Apresentação pessoal e cumprimento de horários b) Instrumental c) Biossegurança d) Técnica endodôntica e) Embasamento teórico f) Organização e planejamento Através destes dados o professor atribuirá o grau numérico final de G1 e G2, variando de 0 (zero) a 10 (dez), sendoeste grau a média aritmética dos graus obtidos em cada aula prática no período correspondente a cada uma dasavaliações.2.2. Avaliação Quantitativa Além da avaliação qualitativa, haverá também uma avaliação quantitativa, na qual o aluno deverá realizar umtrabalho mínimo, como destacado abaixo: - Abertura da câmara pulpar, preparo e obturação dos canais radiculares de : 01 (um) dente monorradicular, 01(um) dente birradicular e 01 (um) dente molar. Este trabalho mínimo poderá ser alterado, desde que não se ofereça condições para sua execução.3. Substituição de grau: 3.1. Não haverá substituição de grau prático, permanecendo imutáveis os graus obtidos. 3.2. As provas de substituição de grau restringir-se-ão somente às provas teóricas. 3.3. Somente terá direito a esta substituição o aluno que obtiver média semestral das atividades práticas, grau 6 (seis).Média final para aprovação na disciplina- será considerado aprovado o aluno que alcançar, na média ponderada entre os dois graus teóricos (G1 e G2), notaigual ou superior a seis (6,0) e na média ponderada entre os dois graus práticos (G1 e G2), nota igual ou superior aseis (6,0)- a média final é composta pela média obtida na avaliação teórica adicionada à média obtida na avaliação prática, oresultado dividido por 2 (dois) MT + MP = 6,0 (seis) 2Será considerado reprovado o aluno que:• não obtiver, na média dos graus teóricos, inclusive aquele obtido na prova de substituição, nota igual ou superior a seis (6,0), independente da aprovação no grau prático• não obtiver, na média dos graus práticos, nota igual ou superior a seis (6,0), independente da aprovação no grau teórico Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000
  4. 4. 6.2 INSTRUMENTOS: • Avaliação Teórica • Avaliação Prática o Avaliação Qualitativa o Avaliação Quantitativa • Substituição de grau7. RECURSOS DE APOIO:• Audiovisual• Multi-mídia (data-show)• Projeção de slides• Quadro• Material didático disponibilizado no blog www.endoulbracds@blogspot.com8. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BÁSICAS:LEONARDO, M.R. Endodontia: tratamento dos canais radiculares: princípios técnicos e biológicos. Volume 1. SãoPaulo: Artes Médicas, 2005.LEONARDO, M.R. Endodontia: tratamento dos canais radiculares: princípios técnicos e biológicos. Volume 2. SãoPaulo: Artes Médicas, 2005.LEONARDO, M.R.; LEAL, J.M. Endodontia: tratamento de canais e radiculares. 3ª ed., São Paulo: Panamericana, 1998.9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS COMPLEMENTARES :ALVARES, S. Endodontia clínica. 2ª ed., São Paulo: Santos, 1991.COHEN, S.; BURNS, R. C. Caminhos da polpa. 7ª ed., Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2000.COHEN, S.; BURNS, R. C. Pathways of the pulp. 8ª ed., St. Louis, Missouri - Mosby, 2002.ESTRELA, C. Ciência endodôntica. Volume 1. São Paulo: Artes Médicas, 2004.ESTRELA, C. Ciência endodôntica. Volume 2. São Paulo: Artes Médicas, 2004.ESTRELA, C.; FIGUEIREDO, J.A.P. Endodontia – princípios biológicos e mecânicos. 2ª ed., São Paulo: Artes Médicas,2001.WALTON,R.; TORABINEJAD, M. Princípios e prática em endodontia. 2ª ed., São Paulo: Santos, 199710. BIBLIOTECA PERSON:11. OUTRAS LEITURAS RECOMENDADAS:Artigos e Periódicos Especializados: • Journal of Endodontics • The Journal of Evidence – Based Dental Practice • Journal of Dental Research • Journal of Endodontics Practice • Jornal Brasileiro de Clínica Odontológica Integrada • Jornal de Assessoria ao Odontologista • Jornal Brasileiro de Endo/Pério • Internacional Dental Journal Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000
  5. 5. • The Journal of Clinical Investigation • The Journal of the American Dental Association • Quintessence International • British Dental Journal • Dental Traumatology • Dental Clinics of North American • Stomatos • Revista Odontológica de Araçatuba • Oral Surgery, Oral Medicine, Oral radiology and Oral Endodontology • Australian Dental Journal • Revista Associação Brasileira de OdontologiaSites de Internet: • www.bireme.br • www.medline.com.br • www.pubmed.com.br • www.lilacs.com.br Rua Martinho Lutero, 301 - Bairro Universitário - CEP 96501-595 - CACHOEIRA DO SUL - RS - Fone/Fax: (51) 723.4000

×