A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes
A Palavra Pela Paz na Síria 2ed
Eric Campos Bastos Guedes ­ pe...
A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes
isso ocorresse, os EUA teriam uma boa justificativa para      ...
A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes
atendado com armas químicas na Síria seria a investigação para...
A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes
drástica dos juros bancários?
b. Partindo da hipótese de que h...
A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes
proclama o cristianismo e a Síria não. Os livros sagrados são ...
A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes
providência de os governos debaterem publicamente suas        ...
A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes
a meu estado, acaba descobrindo porque o povo pediu para liber...
A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes
Referências
[1]
http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013­0...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A palavra pela paz na siria 2ed - eric campos bastos guedes

284 visualizações

Publicada em

Importantes considerações sobre a possível decisão do governo dos EUA de atacar pesadamente a Síria após o recente ataque com armas químicas que teria ocorrido naquele país. A questão é delicada e parece exigir mais tempo para que pontos obscuros sejam esclarecidos.
Devemos lembrar a Regra do Carpinteiro: “meça duas vezes, corte apenas uma”. Também devemos ter em mente o seguinte lema: “quem não conhece a História está fadado a repeti-la. Este trabalho propõe alternativas para uma solução pacífica e plenamente satisfatória para todos os homens de boa vontade."

Faço aqui a seguinte proposta em benefício de todos: que os
governos da Síria e dos EUA iniciem um debate público,
transparente e divulgado pela Internet, onde as questões
relativas a guerra na Síria sejam colocadas de modo claro,
direto e inequívoco, para que todas as pessoas no mundo
possam saber do que se trata e para que possam todos
julgarem por si mesmos. A Verdade concorda com a
Verdade!

Autor: Eric Campos Bastos Guedes - pesquisador independente.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
284
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A palavra pela paz na siria 2ed - eric campos bastos guedes

  1. 1. A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes A Palavra Pela Paz na Síria 2ed Eric Campos Bastos Guedes ­ pesquisador independente Bom Jesus do Itabapoana, RJ ­ Brasil Shopping Point 200 ­ lan house “Lets Play” ­ máquina 07 Dia 05 de setembro de 2013, 18h28, quinta Introdução Importantes considerações sobre a possível decisão do governo dos                EUA de atacar pesadamente a Síria após o recente ataque com armas                      químicas que teria ocorrido naquele país. A questão é delicada e parece                      exigir mais tempo para que pontos obscuros sejam esclarecidos.                Devemos lembrar a Regra do Carpinteiro: “meça duas vezes, corte                  apenas uma”. Também devemos ter em mente o seguinte lema: “quem                    não conhece a História está fadado a repeti­la”. Este trabalho propõe                    alternativas para uma solução pacífica e plenamente satisfatória para                todos os homens de boa vontade. Tags: Síria, Bashar al­Assad, Eric Campos Bastos Guedes, armas                químicas, Sebastião Corain, Israel, EUA, democracia direta, democracia              pura, superdemocracia, pesquisa independente. Pontos a considerar: 1. Imagem. Certamente todos os governos do mundo necessitam              manter uma imagem adequada perante a comunidade internacional,              com a finalidade de facilitar o comercio e aceitação de seus                    produtos entre as diversas nações etc. Hoje, os olhos do mundo                    estão voltados para a Síria e, por esse motivo, se Bashar al­Assad                      empregasse armas químicas isso seria amplamente divulgado. O              efeito disso seria, claramente, o repúdio de todas as nações. Se                    1/8
  2. 2. A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes isso ocorresse, os EUA teriam uma boa justificativa para                bombardear a Síria pesadamente e tomar o controle daquele país.                  Será que o ditador Bashar al­Assad poderia ignorar completamente                um raciocínio tão simples? Será que Bashar al­Assad gostaria de                  dar a justificativa perfeita para Barack Obama empregar força total                  contra a Síria? 2. Dúvidas. Se é verdade que Bashar al­Assad ordenou o uso de                    armas químicas na Síria, o que, exatamente, ele esperava com                  isso? Vencer a guerra? Certamente que não, pois usar um tal tipo                      de arma traria para seu governo o repúdio internacional, além do                    que as tais armas químicas poderiam matar muitos dos próprios                  soldados e simpatizantes de Assad. 3. Agir racionalmente. Está claro para todos quem ordenou o uso                  de armas químicas na Síria? Estaria claro para todos se o uso de                        armas químicas foi obra de Assad ou dos opositores? Está                  realmente claro? Para mim, não está… Em vista disso, faria sentido                    o governo dos EUA apoiar “rebeldes” que poderiam ter empregado                  armas químicas num genocídio mosntruoso? O que poderíamos              esperar de tais “rebeldes” atuando no governo da Síria? Até que se                      determine com exatidão e clareza a autoria dos ataques com armas                    químicas, não se pode apoiar um ou outro lado. 4. História. “Quem não conhece sua história está fadado a repeti­la”                  ­ Vamos nos lembrar do que houve na Guerra do Iraque, quando a                        pretexto de manter a segurança diante de um suposto arsenal                  químico iraquiano o governo dos EUA empreendeu aquela guerra ­                  o tal “arsenal químico” nunca foi encontrado, entretanto, mais de                  100 mil civis já morreram em decorrência da intervenção do governo                    norte­americano (fonte: [1]). 5. “Cui bono” ­ Quem ganhou com a ampla divulgação do atentado                    com armas químicas? Bashar al­Assad ou seus inimigos? A quem                  poderia interessar a divulgação de um atentado com armas                químicas na Síria? Mais: o caminho natural após um suposto                  2/8
  3. 3. A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes atendado com armas químicas na Síria seria a investigação para se                    determinar a autoria. Quem empreenderia uma tal investigação? O                governo dos EUA financia e apoia amplamente os órgãos que                  estariam naturalmente incumbidos de proceder a necessária            investigação. 6. Irã e Pearl Harbor. O Irã anunciou que se o governo dos EUA                        atacar a Síria, o Irã vai atacar Israel. Por sua vez, Israel respondeu                        que responderá com força total a um ataque iraniano. Se isso                    ocorrer, o governo dos EUA terá a oportunidade que buscava para                    tomar o Irã também. Provavelmente isso foi previsto pelo governo                  de Barack Obama ­ não seria essa uma das “finalidades” do ataque                      contra a Síria? Provocar o Irã, conseguir fazê­lo reagir e então obter                      o consentimento da população para uma nova guerra? É um recurso                    muito utilizado pelo governo dos EUA. Por exemplo, como no caso                    do ataque contra Pearl Harbor, que foi previsto e permitido. Foi                    permitido com a finalidade de convencer o povo americano a entrar                    na Segunda Guerra Mundial. “Informaram” ao povo que teria sido                  um ataque surpresa, para que o engodo não fosse descoberto, mas                    uma análise meramente sensata dos textos nos mostra que o                  ataque já era aguardado. 7. Recursos financeiros mal empregados. Há um meio muito              melhor de empregar os recursos financeiros que serão gastos                numa possível guerra contra a Síria e contra o Irã. Porque não                      promover uma série de prêmios para trabalhos que visassem                responder a questões cruciais para os norte­americanos e para toda                  a raça humana? Por exemplo, porque não financiar a criação de                    concursos com os seguintes temas para pesquisas: a. Como organizar um sistema de crédito/empréstimos entre            pessoas onde quem empresta dinheiro tem todas as garantias                e facilidades de que vai receber o dinheiro de volta (com um                      possível acréscimo) e onde quem pega dinheiro não fica                sujeito aos desmandos de crimionosos? Como implementar            juridicamente um tal sistema de modo a forçar a redução                  3/8
  4. 4. A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes drástica dos juros bancários? b. Partindo da hipótese de que haveria um medicamento              chamado CARBONCELLOX inventado por “Sebastião Corain”          (engenheiro brasileiro), e que curaria 90% dos casos de                câncer, responder aos seguintes itens: i. Resgatar a fórmula do Carboncellox ii. Saber exatamente como produzir o Carboncellox iii. Medir estatisticamente a taxa de cura para o câncer                proporcionada pelo Carboncellox c. Determinar medidas de baixo custo que permitissem reduzir              drasticamente o número de novos casos de            AIDS/contaminação por HIV na África e também no mundo                todo (os custos decorrentes de novas contaminações por              HIV/AIDS são muito altos ­ claramente deve haver interesse                financeiro em se evitar novos casos de AIDS/HIV) d. Responder a questão: Como criar um sistema de              pesquisadores independentes que buscasse solucionar as          grandes questões que atormentam nossa civilização, tais            como as supramencionadas? e. Etc etc. Há um potencial absurdamente grande de questões                  que podem e devem ser respondidas o quanto antes para o                    benefício de todos e especialemente para o benefício de                alguns em particular (é o meu caso! Necessito de ajuda                  urgente! Há anos tentam me matar de modos inimagináveis                para o cidadão comum, mas tenho resistido por enquanto ­ se                    eu vier a morrer/desaparecer, estejam certos de que: ­ eu não                    bebo e nunca bebi; não fumo e nunca fumei; não uso drogas e                        nunca usei; não me relaciono sexualmente desde 2010 e                todos os médicos que consulto dizem que não tenho nenhuma                  infecção ­ se eu morrer/desaparecer os culpados constam,              em grande parte em meu e­book “O povo cego e as farsas do                        poder 3ed”) 8. Cristianismo. A questão religiosa opõem Síria e EUA. O ocidente                  4/8
  5. 5. A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes proclama o cristianismo e a Síria não. Os livros sagrados são                    diveresos. Com base nisso, qual deveria ser a atitude do governo                    dos EUA? Vamos examinar o Novo Testamento! Em Romanos                12:17­21 está escrito: ”Não paguem a ninguém o mal com o mal.                      Procurem agir de tal maneira que vocês recebam a aprovação                  dos outros.. No que depender de vocês, façam todo possível para                    viver em paz com todas as pessoas. Meus queridos irmãos:                  nunca se vinguem de ninguém; pelo contrário, deixem que seja                  Deus quem dê o castigo. Pois as escrituras sagradas dizem: ‘Eu                    me vingarei, eu acertarei contas com eles, diz o Senhor.’ Mas                    façam como dizem as escrituras: ‘Se o seu inimigo estiver com                    fome, dê comida à ele; se estiver com sede, dê água. [...] Não                        deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem.”                        [2] (grifos meus) Será que o comportamento de Barack Obama e do                      congresso norte­americano vai fazer justiça a essas sábias e                sagradas palavras? Vamos torcer para isso! 9. Debate transparente. O melhor caminho para resolver qualquer              conflito é a Palavra. Os recursos diplomáticos não estão sendo                  usados do modo como deveriam. Não está havendo um debate                  honesto, uma justa e transparente colocação verbal das questões.                Faço aqui a seguinte proposta em benefício de todos: que os                    governos da Síria e dos EUA iniciem um debate público,                  transparente e divulgado pela Internet, onde as questões              relativas a guerra na Síria sejam colocadas de modo claro,                  direto e inequívoco, para que todas as pessoas no mundo                  possam saber do que se trata e para que possam todos                    julgarem por si mesmos. A Verdade concorda com a                Verdade! Se essa proposta for implementada, os resultados serão                surpreendentes. As palavras tem um poder insuspeito: assim como                na equação Einsteniana E=mc2 , onde uma pequena quantidade de                matéria se converte numa grande quantidade de energia, a pequena                  5/8
  6. 6. A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes providência de os governos debaterem publicamente suas            questões e disponibilizarem esses debates na Internet para que                eles sejam acessíveis a todos, trará benefícios miraculosos para                todos. 10. Democracia direta. O estabelecimento de uma democracia            direta na Síria poderia ser colocada em discussão. Pessoas que                  tem atuado em favor da democracia direta (também chamada de                  superdemocracia e de democracia pura) podem e devem agir                organizando um grupo com a finalidade de instituir a                superdemocracia na Síria. Para evitar uma guerra isso é                perfeitamente válido e desejável. A democracia direta é o regime                  político onde o povo está organizado e reunido delibera sobre que                    decisões políticas tomar ­ e toma o próprio povo as decisões                    respeitantes a ele; numa democracia direta não elegemos              representantes, mas representamos a nós mesmos. Num regime de                superdemocracia, algumas pessoas recebem certas incumbências          para que o sistema funcione, mas essas incumbências não elevam                  ninguém a uma situação onde estejam acima do bem e do mal,                      como parece ocorrer com os políticos que se acham no direito de                      mandar milhares para morte enquanto eles mesmos não travam o                  bom combate. Para informações sobre a democracia direta,              pode­se consultar [3], [4]. Iniciativas válidas quanto ao              estabelecimento da democracia direta incluem os projetos: Demoex              e Listapartecipata. Uma rápida pesquisa no Youtube ou no Google                  pode esclarecer muito sobre a democracia direta. Espero sinceramente que sejam tomadas as decisões certas quanto ao                  conflito na Síria. Estou com problemas de saúde que me foram impostos                      por pessoas que se opõem as ideias que tenho desenvolvido e                    divulgado. Não busquei doença alguma por mim mesmo, não me expus a                      nenhum risco que possa explicar meu estado periclitante. Estou cheio de                    dores e sofrendo as piores difamações possíveis. Quando alguém chega                  6/8
  7. 7. A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes a meu estado, acaba descobrindo porque o povo pediu para libertar                    Barrabás no Lugar de Cristo ­ apesar de Barrabás ser assassino, Cristo                      havia sido difamado por essa corja que está aí só para roubar, matar e                          destruir. Um dia a Verdade vai aparecer e o Cristo vai poder dizer: “O                          tempo da mentira já passou!” Nesse tempo, os assassinos, os covardes,                    os mentirosos, os enganadores, os imorais e todos os outros discípulos                    do demônio vão ser jogados no lago de fogo para terem o que merecem!                          “As almas dos profetas clamam por justiça debaixo do altar!” “Faço aqui a seguinte proposta em benefício de todos: que os                    governos da Síria e dos EUA iniciem um debate público,                  transparente e divulgado pela Internet, onde as questões              relativas a guerra na Síria sejam colocadas de modo claro,                  direto e inequívoco, para que todas as pessoas no mundo                  possam saber do que se trata e para que possam todos julgarem                      por si mesmos. A Verdade concorda com a Verdade!” 7/8
  8. 8. A Palavra pela Paz na Síria 2ed ­ Eric Campos Bastos Guedes Referências [1] http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013­03­17/guerra­do­iraque­conta biliza­174­mil­mortes­em­dez­anos fonte consultada em 04 de setembro            de 2013, 18h15min. [2] O Novo Testamento ­ Nova Tradução na Linguagem de Hoje.                  Barueri ­ SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 2002. 320p. (CDD ­ 225.5269) [3] http://demoex.net/en , consultada em 04 de setembro de 2013,                20h54min. [4] http://www.listapartecipata.it/ , consultada em 04 de setembro de              2013, 20h56min. Outras obras do mesmo autor Sexo Seguro sem Culpa O Povo Cego e as  Farsas do Poder 3ed Fórmulas para Números Primos Sífilis por Contaminação Criminosa (Neuro)cisticercose por Contaminação  Criminosa A Cura da Esquizofrenia A Cura do Hipotireoidismo e a Cura do  Hipertireoidismo Fórmulas que Geram Números Primos Um Jogo Aritmético Forró! ­ Um Outro Jogo Aritmético 8/8

×