Estruturas de madeira

122 visualizações

Publicada em

.

Publicada em: Engenharia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
122
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estruturas de madeira

  1. 1. Bruno Petry Diórgenes Valério Jorge Jéssica Grünfeld Juliana Graziela Lamim Viviane Laís Correia
  2. 2.  Galpão 425,25 m²  Dimensões: 13,5 x 31,5 m
  3. 3. - Fechamento e portão: Pinus elliotti - Pilares e vigas: Eucalypto citriodora
  4. 4.  Nome Científico: Pinus elliottii  Densidade: 0,50 g/cm³
  5. 5.  O Pinus é uma madeira comumente utilizada nas construções. É também conhecida pelos nomes populares de pinheiro e pinheiro americano. Pertence ao grupo das coníferas e da família Pinaceae. Utilizado principalmente para fechamento e móveis, devido a suas características mecânicas.
  6. 6.  Nome Científico: Eucalyptus citriodora  Densidade: 0,87 g/cm³
  7. 7.  Originário da Austrália, o Eucalipto foi trazido ao Brasil para ornamentação e tornou-se árvore de valor. É uma árvore conífera, da família Myrtaceae, atinge a fase adulta três vezes mais rápido que árvores nativas. Madeira de muitas qualidades, com boa resistência mecânica.
  8. 8. Método de substituição de seiva  Método utilizado no tratamento de madeiras que tenham o alburno permeável, como o Pinus e Eucalypto.  O tratamento é realizado no máximo 24 horas após o corte da árvore.  A madeira é mergulhada em uma mistura de sais, conhecida como CCB (borato de cobre cromado).  A solução de impregnação deve ser ácida, pH baixo, para manter a mistura de sais em completa solubilidade.  A reação de fixação é lenta, recomenda-se sete dias com imerso na solução preservativa.
  9. 9.  Logo no início do tratamento, há uma mudança de coloração na parte externa, sem que tenha ocorrido uma penetração superior a 1 cm dos ingredientes ativos.  A mudança de cor dos mourões nem sempre é garantia da eficiência do tratamento.  Dependendo da região do Brasil e dos fatores climáticos, como temperatura, umidade relativa do ar e velocidade dos ventos, o tempo de imersão para um bom tratamento preservativo pode ultrapassar 40 dias.
  10. 10.  Após tratamento, a madeira deverá ser empilhada à sombra e protegida da chuva por pelo menos 40 dias, tempo necessário para secagem e fixação dos componentes na madeira, bem como para minimizar o aparecimento de rachaduras.  Dependendo da intensidade destas rachaduras, a madeira poderá ter sua durabilidade reduzida, já que poderão expor regiões internas da madeira que não foram tratadas.
  11. 11.  Valor: R$ 67.478,00
  12. 12.  Valor: R$ 129.206,00
  13. 13.  Valor: R$ 75.660,00

×