Palestra Dariva Portais Corporativos

1.628 visualizações

Publicada em

Palestra efetuada pela Navita http://www.navita.com.br

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.628
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra Dariva Portais Corporativos

  1. 1. Portais Corporativos Portais na Prática Roberto Dariva e Marcia Murata
  2. 2. Objetivo deste módulo é discutir os principais pontos de atenção em projetos de portais e os principais erros cometidos <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Mercado </li></ul><ul><li>Planejamento </li></ul><ul><li>Principais Falhas </li></ul><ul><li>Demo de um Portal </li></ul>
  3. 3. Introdução sobre os Palestrantes <ul><li>Roberto Dariva - Mestre em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina e professor de MBAs em São Paulo e Santa Catarina, o executivo entrou no mercado de desenvolvimento web em 1995. Montou sua primeira empresa em 1998, em 2003, fundou a Navita, empresa especializada em Portais Corporativos e BlackBerry (serviços e softwares). Também é fundador e membro do conselho de administração da Zartana.com, empresa de e-mail e mobile marketing. </li></ul><ul><li>Marcia Murata - </li></ul>
  4. 4. Sobre a Navita <ul><li>Fundada em 2003 </li></ul><ul><li>Especialista em Portais Corporativos e BlackBerry </li></ul><ul><li>Um dos principais fornecedores de Portais da AL (IDC) </li></ul><ul><li>Desde 2003 implantando Portais e de 2006 BlackBerry </li></ul>
  5. 5. Clientes Portais
  6. 6. Clientes BlackBerry
  7. 7. Clientes BlackBerry
  8. 8. <ul><li>Website – conjunto de páginas de conteúdo HTML </li></ul><ul><li>Intranet – conjunto de páginas de conteúdo HTML e sistemas baseados em web. Uma intranet é protegida por segurança e fica disponível para colaboradores de uma empresa. Geralmente é gerida por RH ou comunicação. </li></ul><ul><li>Extranet – Semelhante a uma Intranet, porém expõe o conteúdo e sistemas para acesso externos através de um canal seguro para fornecedores, parceiros e clientes. </li></ul><ul><li>Publicadores – São os famosos “admins” feitos sob medida para gerenciar conteúdo de páginas web. Eles são criados especificamente para websites ou intranets, porém são engessados e limitados tecnicamente e em termos de funcionalidades. </li></ul>Definições
  9. 9. <ul><li>CMS – Content Management System ou gerenciador de conteúdos é um software que permite o gerenciamento de páginas web de websites e intranets por usuários de negócio. Um CMS permite transformar páginas estáticas em dinâmicas, acelerando a manutenção de websites e intranets. </li></ul><ul><li>Portal Corporativo – É um conceito para um website que serve como interface ou canal único para a informação de uma companhia e sua base de conhecimento para seus colaboradores e, possivelmente, para clientes, parceiros de negócios e também para o público em geral. </li></ul><ul><li>Portais Móveis – São Portais com conteúdos disponíveis para dispositivos móveis (celulares). O volume de conteúdo oferecido por um portal móvel é menor que o de um portal web, porém, deve-se utilizar o mesmo conteúdo para reduzir esforços. </li></ul>Definições
  10. 10. Portal Corporativo
  11. 11. <ul><li>SLIDES MARCIA </li></ul>TÍTULO
  12. 12. <ul><li>Gerência de Projetos </li></ul><ul><ul><li>Falta de planejamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de controle sobre equipe de desenvolvimento </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de compreensão do que é importante </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de controle de prazos </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de controle sobre o escopo </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de gerência de riscos </li></ul></ul><ul><ul><li>Falhas de comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de orquestração do todo </li></ul></ul> Por que Portais falham? Escopo Qualidade Prazo Custo Crie um wish list para controlar o escopo!
  13. 13. <ul><li>Conteúdo </li></ul><ul><ul><li>Conteúdo para web preparado como impresso </li></ul></ul><ul><ul><li>Dimensionamento de esforço falho para preparação </li></ul></ul><ul><ul><li>Prazos geralmente comprometidos (cliente) </li></ul></ul><ul><ul><li>Esquecimento de áreas, páginas, etc </li></ul></ul><ul><ul><li>Preparação de conteúdo sem enxergar o Portal (visual) </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de definição de estilo (1º, 2º ou 3º pessoa?) </li></ul></ul> Por que Portais falham? Produza conteúdos fáceis e diretos, repletos com as palavras-chave que identificam o conteúdo da página. Resuma no primeiro parágrafo tudo o que vem à seguir. Defina o “tom” dos textos antes de começar a produção.
  14. 14. <ul><li>Comunicação </li></ul><ul><ul><li>Ninguém sabe o que quer </li></ul></ul><ul><ul><li>Dificuldades para aprovação (diretores mudam de idéias a cada dia) </li></ul></ul><ul><ul><li>Marketing e Tecnologia não falam a mesma língua </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de reuniões periódicas </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de documentação, atas e formalizações. </li></ul></ul> Por que Portais falham? Comunicação é o que se entende e não o que se deseja que os outros entendam! Defina quem fala com quem, quem responde pra quem, que solicita pra quem. Faça reuniões periódicas e certifique-se que o projeto está evoluindo através de entregas menores e mais freqüentes.
  15. 15. <ul><li>Equipe </li></ul><ul><ul><li>Definição de Comitê? </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Pode ser bom, mas... </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Pode ser burocrático (ninguém decide) </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Falta de definição clara de responsabilidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de entendimento de prioridades </li></ul></ul><ul><ul><li>Entendimento errado de requisitos </li></ul></ul> Por que Portais falham? Equipe é um ponto muito delicado em qualquer tipo de projeto. As pessoas produzem mais ou menos, as pessoas trocam de empresas, as pessoas (não) tomam decisões, as pessoas precisam de disciplina e orientação sempre!
  16. 16. <ul><li>Infra-Estrutura </li></ul><ul><ul><li>“ Vamos lançar o Portal, mas cadê o servidor”? </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de planejamento de volume de usuários </li></ul></ul><ul><ul><li>Alta disponibilidade? (Cluster, LoadBalancing, Fail over) </li></ul></ul><ul><ul><li>Teste de Carga? </li></ul></ul><ul><ul><li>Integração? Servidores na mesma rede? </li></ul></ul><ul><ul><li>Sem Lançamento assistido ou Produção controlada </li></ul></ul><ul><ul><li>Qual o custo da indisponibilidade? </li></ul></ul> Por que Portais falham? A Infra-estrutura parece ser a última parte de um projeto de portal, mas deve ser planejada e trabalhada desde o início do projeto e sempre será um ponto de atenção. Existem inúmeras formas, com valores bem distintos para se fazer a mesma coisa. Depende do perfil do projeto e do risco a se correr.
  17. 17. <ul><li>Gerência de Mudanças </li></ul><ul><ul><li>Nenhuma preocupação com a mudança </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de um plano de mudanças claro </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de comunicação da mudança </li></ul></ul><ul><ul><li>Falta de planejamento da mudança </li></ul></ul><ul><ul><li>Ao substituir, entregue no mínimo o que já existia </li></ul></ul><ul><ul><li>Lance as novidades aos poucos </li></ul></ul> Por que Portais falham? Ninguém gosta de mudanças! A mudança impulsiona a rejeição. Toda mudança deve ser muito bem trabalhada. Envolva as pessoas para que lhe digam como deve ser a mudança, intuitivamente você conseguirá o seu apoio. Escolha os formadores de opinião!
  18. 18. Riscos Continuar manutenção do projeto após implantação inicial Médio Médio – Queda de adesão pelos usuários e depreciação do proejto Falta de evolução Realizar testes de carga nos servidores antes de liberar utilização para usuários finais Média Alto – Mal funcionamento do ambiente e dificuldades de utilização das ferramentas Instabilidade no ambiente pós-produção Definir claramente os requisitos de negócios e quebrar o desenvolvimento em fases com pequenas entregas Média Médio – Atrasar implantação por atraso no desenvolvimento Atraso no desenvolvimento Fazer planejamento no início do projeto e solicitar compra/liberação de servidores  com antecedência Média Médio – Dificuldade para implantação e configuração servidores Falta de recursos de infra-estrutura Definir responsáveis pela elaboração do conteúdo, estabelecer cronograma e seguir planejamento Alta Alto – Retrabalho para inserção de conteúdo nas páginas ou atraso no cronograma Elaboração de conteúdo Analisar previamente os mecanismos para integração com softwares legados e realizar testes de integração no início do projeto Alta Alto – Atraso no cronograma e problemas de funcionamento do software Integração com sistemas legados Estabelecer prazo para aprovação pelos usuários e seguir o planejamento Média Médio – Atraso no andamento das atividades Atraso nas aprovações Desenvolver ferramentas que sejam úteis para usuários e promover utilização através de usuários chave Média Alto – Intranet com pouca utilização e audiência Baixa adesão pelos usuários Coletar e definir com riqueza de detalhes os requisitos de negócios Alta Alto – Produzir artefatos sem alinhamento com as necessidades de negócios Falta de clareza no levantamento de requisitos Contenção Probabilidade Impacto Risco
  19. 19. <ul><li>SEO ( S earch E ngine O timization) </li></ul><ul><ul><li>Ou M arketing de O timização de B uscadores </li></ul></ul><ul><ul><li>Nenhuma preocupação com encontrabilidade </li></ul></ul><ul><ul><li>70% das visitas vêm de servidores de busca (Forrester) </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultado orgânico não é o mesmo que adwords </li></ul></ul><ul><ul><li>Cuidado com o uso abusivo de Flash (não é indexado) </li></ul></ul><ul><ul><li>Isso pode se aplicar para Intranets, fácil indexação </li></ul></ul> Por que Portais falham? Use a força do Google, Yahoo e família para lhe trazer resultados! SEO é estratégia pura! É instigante! Pense Otimizado! Gere resultados!
  20. 20. <ul><li>SEO ( O que importa para uma boa classificação? ) </li></ul><ul><ul><li>Links apontando para o seu site </li></ul></ul><ul><ul><li>URL amigável </li></ul></ul><ul><ul><li>Título relacionado ao conteúdo </li></ul></ul><ul><ul><li>Palavras-chave e Descrição </li></ul></ul><ul><ul><li>Conteúdo repleto de palavras-chave </li></ul></ul><ul><ul><li>Imagens com ALT </li></ul></ul><ul><ul><li>Links internos </li></ul></ul><ul><ul><li>Cliques em buscas </li></ul></ul><ul><ul><li>Sitemap.xml, etc </li></ul></ul> Por que Portais falham?
  21. 21. <ul><li>Manutenção / Treinamento / Evolução </li></ul><ul><ul><li>Nasceu o Portal! Meu trabalho acabou? </li></ul></ul><ul><ul><li>Os usuários estão preparados para atualizar? </li></ul></ul><ul><ul><li>Estão todos treinados? </li></ul></ul><ul><ul><li>Treinamos usuários replicadores? </li></ul></ul><ul><ul><li>Qual é o plano de treinamento para novos no time? </li></ul></ul><ul><ul><li>Qual é o plano de evolução? </li></ul></ul><ul><ul><li>Existe um canal claro de solicitações? Wish list </li></ul></ul> Por que Portais falham? Um Portal Corporativo é um ser vivo! É a porta de entrada para sua empresa! É ferramenta de trabalho e não pode parar, nem retroceder! Estabeleça metas e mensure resultados e use isso para garantir sua evolução!
  22. 22. Por que Portais falham? Um Portal Corporativo na prática! Demonstração Navita Portal.

×