Assembleia Legislativa de São Paulo

Comissão da Verdade
do Estado de São Paulo “Rubens Paiva”
Presidente: Adriano Diogo (...
2

Orlando Momente (Landinho)
(Desaparecido em 1974)

Dados Pessoais
Nome: Orlando Momente
Data de nascimento: 10 de outub...
3

Dados biográficos
Fez curso primário e de desenho mecânico em sua cidade
natal, o último concluído em 1950. Mudou-se pa...
4

Dados biográficos
Momente atuou como operário em São Paulo até transferir-se para o
Araguaia, onde desapareceu aos 41 a...
5

Dados sobre sua prisão e desaparecimento
Foi visto pela última vez por seus companheiros no dia 30 de dezembro de 1973....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Orlando Momente (Landinho)

170 visualizações

Publicada em

Comissão da Verdade do Estado de SP "Rubens Paiva"

Dados Pessoais
Nome: Orlando Momente
Data de nascimento: 10 de outubro de 1933
Local de nascimento: Rio Claro (SP) - Brasil
Organização Política: Partido Comunista do Brasil (PC do B)

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
170
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Orlando Momente (Landinho)

  1. 1. Assembleia Legislativa de São Paulo Comissão da Verdade do Estado de São Paulo “Rubens Paiva” Presidente: Adriano Diogo (PT) Relator: André Soares (DEM) Membros Titulares: Ed Thomas (PSB), Marco Zerbini (PSDB) e Ulysses Tassinari (PV) Suplentes: Estevam Galvão (DEM), João Paulo Rillo (PT), Mauro Bragato (PSDB), Orlando Bolçone (PSB) e Regina Gonçalves (PV) Assessoria Técnica da Comissão da Verdade: Ivan Seixas (Coordenador), Amelinha Teles, Tatiana Merlino, Thais Barreto, Vivian Mendes, Renan Quinalha e Ricardo Kobayaski
  2. 2. 2 Orlando Momente (Landinho) (Desaparecido em 1974) Dados Pessoais Nome: Orlando Momente Data de nascimento: 10 de outubro de 1933 Local de nascimento: Rio Claro (SP) - Brasil Organização Política: Partido Comunista do Brasil (PC do B)
  3. 3. 3 Dados biográficos Fez curso primário e de desenho mecânico em sua cidade natal, o último concluído em 1950. Mudou-se para a cidade de São Paulo, onde trabalhou como operário na Companhia Antártica Paulista entre 1951 e 1959. Ali conheceu sua esposa com quem se casou em abril de 1961 e tiveram uma filha, Rosana. Militou no PCB e posteriormente no PC do B. Com o golpe militar de 1964, foi viver com sua família em uma fazenda em Fernandópolis, onde ficou pouco tempo, indo para a clandestinidade. Periodicamente visitava a sua família, sendo que, no ano de 1969, foi a última vez que esteve com seus familiares.
  4. 4. 4 Dados biográficos Momente atuou como operário em São Paulo até transferir-se para o Araguaia, onde desapareceu aos 41 anos. Devido às perseguições políticas, foi viver no norte de Goiás e posteriormente no sul do Pará, próximo à Transamazônica, na localidade de Paxiba. Tinha um gênio alegre e muito criativo. Sabia sair-se com facilidade de situações difíceis. Muito habilidoso e prestativo, conquistava facilmente a simpatia de todos que o conheciam, Em algumas ocasiões esteve frente a frente com agentes da repressão, passando por camponês e dando informações erradas sobre os guerrilheiros, contando para isto com a ajuda dos moradores que o apresentavam como compadre ou parente. Pertencia ao Destacamento A – Helenira Resende – da Guerrilha.
  5. 5. 5 Dados sobre sua prisão e desaparecimento Foi visto pela última vez por seus companheiros no dia 30 de dezembro de 1973. Em 1974, Joana de Almeida, moradora da região e esposa de Luiz Vieira de Almeida, camponês também desaparecido, esteve em seu antigo sítio na Paxiba, próximo a São Domingos, e encontrou restos de uma ossada humana, semienterrada. Visíveis estavam o crânio e um fêmur, com características de terem sido enterrados há pouco tempo, porque ainda tinham restos de carne. Ao lado da ossada estava um chapéu feito de couro de coati curtido, o que lhe deu certeza de que se tratava de seu compadre e amigo Orlando. Na época, Joana nada pôde fazer porque estava proibida pelo Exército de ir a seu sítio, ao qual fora às escondidas à procura de alimentos. Este depoimento foi dado à equipe de jornalistas da revista “Manchete” em 1993.

×