Escritório do CIO x Governança de TI

562 visualizações

Publicada em

Mais um buzzword. Escritório do CIO... Ou um ponto focal para sair do operacional, do imediatismo, da apagação de incêndio e contar menos com a sorte? É a mesma coisa que Governança de TI, não é? Fizemos diversos projetos que deram excelentes resultados, mas para que dessem certo, tiveram a participação efetiva do CIO que muitas vezes "comprou a briga" que uma iniciativa dessas precisa. Um racional sobre o assunto nessa apresentação, com alguns desses projetos listados no final.

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
562
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
13
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Escritório do CIO x Governança de TI

  1. 1. ou... O que é Governança de TI? Por: Cesar Monteiro – IT Partners Ltda
  2. 2. é…. Para simplificar
  3. 3. performance com…
  4. 4. c o n f o r m i d a d e Image Credit: Bloomsberries via Flickr
  5. 5. Mas eu sou o CIO… …para que eu preciso de Governança de TI?
  6. 6. um conjunto de políticas organizacionais, legais, questões técnicas, culturais e de pessoas, melhores tratados por uma equipe encarregada com a responsabilidade de um resultado bem sucedido dessas iniciativas. ” “Planejar a TI envolve
  7. 7. Uma estrutura que deve garantir que as partes interessadas sejam ouvidas, que formaliza a qualidade das tomadas de decisão e que seja o veículo pelo qual os projetos de TI sejam efetivamente implementados
  8. 8. Bem… OK! Mas QUAIS são os benefícios?
  9. 9. TI consegue Alinhamento com o Negócio
  10. 10. Você tem Melhor Controle sobre os RISCOS
  11. 11. você Reduz o tempo de Entrega
  12. 12. Provê M e l h o r Q u a l i d a d e de Serviços
  13. 13. ediminui o ¢usto dos $erviços
  14. 14. Resultando em… …aumentar o valor das partes interessadas
  15. 15. Mas certo mesmo é que muitas organizações estão sacrificando dinheiro, produtividade e vantagem competitiva por não implementarem uma Governança de TI efetiva ” “ Lynn Lawton CISA, FCA, FIIA, PIIA, FBCS CITP, International President of ITGI
  16. 16. E x c e l e n t e ! ! …mas como implementar governança atravésdo escritório do CIO
  17. 17. Antes, o que não é Governança de TI: Não é falar de“ITIL ou CobiT” - Entenda por Melhores Práticas aquilo que funciona para você. Também não é sobre limitar a TI, mas como controlar TI” “
  18. 18. Va Pergunte a si mesmo: Estamos fazendo bem feito? Estamos obtendo os benefícios? Estamos fazendo as coisas certas? Estamos fazendo da forma certa? Val-IT
  19. 19. Va Considere os Meios: A questão de Arquitetura: Métodos e Padrões A questão do Valor: Retorno de Investimento A questão da Entrega: Capacidade e Eficiência A questão da Estratégia: Alinhamento de TI Estamos fazendo bem feito? Estamos obtendo os benefícios? Estamos fazendo as coisas certas? Estamos fazendo da forma certa? Val-IT
  20. 20. Por onde começar? Desenvolva um SISTEMA possível para a sua instituição Sustente o modelo com políticas e procedimentos (ex.ISO38k) Crie um Comitê de Governança de TI Inclua quem ajude a decidir as decisões institucionais Elabore um Programa para implementar esse Sistema Chegue a um consenso do que atacar primeiro Faça Planejamento Estratégico e Gestão Financeira Implemente Planejamento de Portfólio e Projetos Crie espaço para a Gestão do Relacionamento com o Negócio Atenda a conformidades Gerenciamento de Risco, Continuidade Identifique as necessidades de Políticas e Procedimentos Crie um plano de comunicação
  21. 21. Metodologia para a Governança de TI As metas de negócios devem dirigir as ações (ex. BSC): E as iniciativas de TI devem ser monitoradas pelo Escritório do CIO através de Portfólios de Projetos... Qual a razão para a iniciativa? Como ela sustenta as necessidades de negócio ROI Nível de Esforço Custo Escritório e time de projetos
  22. 22. O Programa deve ser priorizado com os seguintes tipos de projetos: • De cunho legal e obrigatório • Que resolva os maiores riscos operacionais • Projetos Estratégicos • Projetos com retorno significativos • Que tragam diferenciais Metodologia para a Governança de TI
  23. 23. o Escritório do CIO deve priorizar ações que: Maximize o ROI • Melhore os resultados para o Negócio • Aumente receite e ganhos • Reduza os custos operacionais Mitigue os Riscos • Garanta a Segurança e a Continuidade • Minimize a exposição a riscos externos Aumente a Agilidade • Sustente e adapte as operações para as mudanças necessárias para o negócio Melhore o Desempenho • Melhore o desempenho das operações fim-a-fim • Melhore a satisfação dos clientes e colaboradores
  24. 24. Necessidades, Problemas e Desafios Procedimentos Auditoria e Métricas Contrôle Operações Táticas e Estratégicas Demanda Recursos de TI e do Negócio Entrega $, Capacidade, Prioridades Planejamento Alinhamento Flexibilidade EficiênciaQualidade Falta de alinhamento com o negócio Reduzir custos sem planejar nadaGerenciamento de Projetos ineficiente Entregar complexidade ao invés de usar padronizações Sem evidências para auditoria Gerenciar as mudanças Reduzir os custos em 30% Falta de transparencia Perder metas por falta de gestão Lidar com muitos projetos complexos ao mesmo tempo Não conseguir agregar ou distribuir ROI Sem condições de gerenciar contratos de 3os. Incapacidade em capturar demandas Sem meios de priorizar as necessidades para o negócio Sem condições de estabelecer SLAs Tomar decisões sobre terceirização
  25. 25. O que Fazer e o que Não Fazer Fazer • Não complique as coisas • Estabeleça metas realistas • Construa um Sistema de Gestão baseado no mínimo para dar certo (ex.ISO20k) • Implemente via projetos • Definir sempre papéis e responsabilidades O que não Fazer • Fazer tudo você mesmo • Ser super ambicioso • Não respeitar a cultura • Esquecer de comunicar • Fazer tudo em cima da hora • Negligenciar o valor de uma equipe treinada.
  26. 26. Fatores Críticos de Sucesso • Transparência • Compromisso da Gerencia Sr • Atender as mudanças nos negócios • Foco • Expectativas e necessidades mensuráveis • Não reinventar a roda • e principalmente evoluir, não revolucionar
  27. 27. Para maiores informações visite: http://itpartners.com.br/2014/portal/consultoria.php ITIL https://youtu.be/Mu0mI5w78Ng COBIT http://www.isaca.org/Knowledge-Center/Academia/Pages/IT- Governance-Using-COBIT-and-Val-IT.aspx IT Governance http://www.itgi.org/ Todas imagens: Flickr - créditos atribuídos aos proprietários Apresentação criada por: C e s a r A . M o n t e i r o IT Partners Ltda Email:cmonteiro@itpartners.com.br Cel. : 11-98122-5131
  28. 28. CASES
  29. 29. • Fundada em 1918 e no Brasil desde 1998, a Leroy Merlin vem trazendo inovações para o mercado de material de construção. Focadas na qualidade de produtos, no atendimento e nos serviços prestados, as lojas da rede oferecem ambientes espaçosos e agradáveis para receber melhor seus clientes. • Em linha com a inovação no ambiente de TI, conferido pela implantação do SAP, a empresa contou com a IT Partners para uma série de iniciativas. Um projeto de destaque foi a construção de indicadores de governança aplicados a TI. • O desafio foi vencido com a aplicação do COBIT 5, ISO 15.504 e ITIL. Os indicadores traduzem as realidades de TI em termos temporais e impactantes no negócio. • Um marco significativo do projeto foi a implantação de um painel (dashboard) online que aumenta a percepção de valor das entregas dos serviços de TI. Gestão por INDICADORES
  30. 30. • Considerando a necessidade de o Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso do Sul alinhar o Planejamento Estratégico Plurianual aos objetivos estratégicos do Poder Judiciário Nacional, o Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul desenvolve com proficiência várias competências em TI. • Entre as iniciativas de valor, em 2012-2013 a instituição investiu em melhorias nos processos de gestão de serviços de TI. • A IT Partners, juntamente com a software house especialista em java 3Layer, desenvolveu um conjunto de processos baseados nos ditames da ITIL e da ISO/IEC 20.000. Estes processos foram automatizados por uma ferramenta de ITSM eficiente e inovadora. • A percepção da contribuição de TI para o valor dos serviços da instituição foi o principal marco nos benefícios do projeto. • O projeto durou cerca de 10 meses e ao final, colocou o TJMS no grupo de destaque em tecnologia do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) do Brasil. PROJETO ITSM
  31. 31. • O Instituto Curitiba de Informática (ICI), organização gerida pela Prefeitura Municipal de Curitiba, tem como finalidade o ensino, a pesquisa e o desenvolvimento científico e tecnológico nas áreas de tecnologia e comunicação, disseminando a TI como meio de facilitar a utilização dos serviços públicos na capital paranaense. • Em conjunto com o ICI, a IT Partners desenvolveu ações para o Projeto de Governança de TI da Prefeitura da capital paranaense, realizando um Assessment em mais de 30 secretarias, composta por um total de 230 entrevistas com as diversas esferas da PMC. A consolidação do material coletado indicou os processos mais pertinentes em um ambiente com mais de 50 mil ativos de TI. • As recomendações do Assessment deram origem a uma segunda etapa de projeto, com duração de 22 meses, o Projeto Governança de TI abordou 13 processos do Gerenciamento de Serviços de TI. • Processos como Gerenciamento de Incidentes, Problemas, Mudanças e Liberação garantem uma operação estável que atende cerca de 15 mil chamados/mês que, acompanhados dos processos táticos como Gerenciamento de Nível de Serviço, Gerenciamento Financeiro e Gerenciamento de Fornecedores, resultam em uma gestão eficiente e focada no cliente. • Atualmente a Assessoria Técnica de Informações da Prefeitura controla o fornecedor de serviços de TI do município baseado em números, indicadores e índices de medição de qualidade. Projeto ICI – Prefeitura de Curitiba
  32. 32. • A Marisa é a maior rede de lojas de varejo especializada em moda feminina e moda íntima e uma das maiores redes de lojas de departamento de vestuário feminino, masculino e infantil do País. São mais de 340 lojas espalhadas por todas as regiões do Brasil. Buscando sempre se adaptar às necessidades de seu público, com a modernização e ampliação das lojas e do mix de produtos oferecidos, a companhia conquistou a confiança de suas clientes. • Buscando aprimorar as práticas de ITIL da companhia e atuar em sintonia com o que há de melhor, a IT Partners realizou durante dois meses (de março a abril de 2012) a avaliação da maturidade dos processos de TI baseados em relatórios de auditorias externas. Para isso, levou em conta as particularidades dos processos operacionais e estratégicos em uma grande rede varejista. • Após as avaliações, foi realizado o planejamento da Implementação de indicadores e de pontos de controle do CobiT (guia de boas práticas para a gestão de TI). Projeto Marisa
  33. 33. • Única distribuidora de energia do Maranhão, a CEMAR possui quatro unidades de negócios distribuídas nas cidades de São Luís, Bacabal, Timon e Imperatriz, que atendem a cerca de 6,6 milhões de habitantes em 1,8 milhão de domicílios nos 217 municípios do Estado. • Durante 17 meses - de fevereiro de 2010 a julho de 2012 -, a IT Partners realizou um Assessment com avaliação de maturidade dos processos de TI da CEMAR, para posteriormente definir um plano de ação para melhoria de seus serviços. Dessa forma, foram modelados e implementados 14 processos estratégicos focados em resultados para a empresa. Esses processos, em etapa seguinte, também receberam trabalhos de mentoring e pós- produção. • O projeto resultou em um significativo aumento na eficiência operacional de TI, simplificando os processos do dia-a-dia, e garantiu otimização dos recursos financeiros da área, o que possibilitou redução no orçamento de TI e aumento na satisfação dos clientes. Os resultados foram reconhecidos pelo Chief Financial Officer e o Conselho de Administração do Grupo Equatorial Energia. Projeto CEMAR

×