Fogos em Portugal ( Aluno José Vitor

965 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
965
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fogos em Portugal ( Aluno José Vitor

  1. 1. Fogos em Portugal em 2010<br />
  2. 2.
  3. 3. Incêndios IncêndiosIncêndiosIncêndios<br />Nos últimos 20 anos Portugal arde incessantemente, na realidade arde tanto que chego a pensar onde é que ainda se consegue ir buscar algo mais para arder.<br />A floresta portuguesa é um recurso natural bastante precioso, tanto a nível biológico como económico, mas essa mesma floresta todos os anos é lançada ao abandono e à sorte do Deus dará.<br />Em Portugal não existem meios de prevenção de incêndios organizados e é devido a essa falta de organização e mal aproveitamento de recursos, que ano após ano, tudo arde e tudo volta a renascer para arder uma vez mais.<br />Tal como a polícia, os bombeiros são activos e devia estar na rua (neste caso nas matas) em locais críticos onde pudessem ter uma resposta rápida.<br />
  4. 4. Incêndios IncêndiosIncêndiosIncêndios<br />A reorganização tem de ser pensada de raiz, os quilómetros de densidade florestal sem caminhos ou qualquer via de acesso não podem continuar mais e a replantação tem que ser controlada.<br />Em Portugal a população é envelhecida e a maior parte da floresta do interior é dessa mesma população ou respectivos descendentes. Alguém vai por um idoso de 70 ou 80 anos a limpar a sua floresta ou pedir-lhe dinheiro para pagar uma limpeza de matas, quando ele mal tem dinheiro para medicamentos?<br />Alguém estaria disposto a tirar todos os anos 20 dos seus 25 dias de férias para ir limpar as suas matas?<br />Alguém estaria disposto a pagar a sua limpeza quando dos 50 mil crimes de incêndio nas florestas portuguesas, apenas um por cento dos casos chegaram a julgamento e nenhum teve uma condenação pesada? Não acredito e nem sequer o consigo aceitar.<br />Porque é que os presos não hão-de ter um papel fundamental na limpeza das florestas portuguesas? <br />Porque é que os nossos bombeiros morrem e ficam feridos gravemente e nos limitamos a chorar, sabendo que amanhã outros virão?<br />
  5. 5. Há mais de duas décadas que a floresta portuguesa está ao abandono e não nos faltam os recursos, falta-nos é a inteligência e coragem para os saber usar, falta-nos a justiça para quem ano após queima e manda queimar…<br /> O problema não são as matas, mas sim quem as mata!!!<br />
  6. 6. Os incêndios são na sua grande maioria causados pelos os humanos.<br />O que podemos fazer para que isso não aconteça:<br />1ª Regra : Não acender fogueiras nas florestas ou sítios com muitas árvores ou plantas.<br />2ª Regra : Não deixar garrafas de cerveja ou de coca cola, seja de vidro ou de plástico à toa pelo chão .<br />3ª Regra : Não atire beatas de cigarros para zonas florestais.<br />4ª Regra : Evitar que as pessoas façam de propósito pois os resultados nós já vimos no que dão. <br />
  7. 7. Incêndios feitos em casa <br />Não atire pontas de cigarro e fósforos em qualquer lugar, pode acabar causando um incêndio, por exemplo, em uma área de matagal, que na época da seca se queima com mais facilidade. <br />Fique sempre atento com o que se joga no lixo. Fósforos, cinzas e pontas de cigarro só devem ser jogados fora depois de realmente apagados. Não fume na cama, você pode acabar caindo no sono e daí o cigarro aceso poderia provocar um incêndio. <br />
  8. 8. O Fogo não é brinquedo. Existem outras actividades muito mais divertidas e que não vão colocá-lo em risco. Não solte balões. Apesar da sua beleza no ar, quando caem, podem causar destruição, incêndios e outros acidentes graves. Brincar de pular fogueiras é um costume muito tradicional, mas pode causar graves queimaduras. <br />
  9. 9. Em casa, não se esqueça de desligar o ferro eléctrico, mesmo que se vá ausentar por apenas alguns instantes. Guarde substâncias inflamáveis sempre bem vedadas e em local seguro e ventilado. Muito cuidado com álcool, gasolina.<br />
  10. 10. Não deixe as crianças sozinhas em casa, muito menos, trancadas. pois assim não terão como sair em caso de incêndio ou outra emergência. <br />Não efectue consertos improvisados na rede eléctrica, substitua as tomadas defeituosas. Prefira sempre chamar profissionais especializados. Não faça ligação directa nem reforce os fusíveis. Quando eles se queimam é porque há sinais de perigo.<br />
  11. 11. A sobrecarga do sistema eléctrico provoca super aquecimento e pode causar incêndios. Evite ligar vários aparelhos numa mesma tomada. Verifique também periodicamente se os fios estão bem isolados.<br /> Ao sair para uma viagem, desligue o contador geral da luz. <br />Ao utilizar o forno, primeiro acenda o fósforo, depois abra a tampa e em seguida o gás. Não esqueça panelas no fogo e nunca instale cortinas próximas ao fogão. Instale a botija de gás em local ventilado e verifique se esta tudo bem fechado<br />
  12. 12. Trabalho realizado por: <br />JOSÉ VICTOR PEREIRA MARQUES<br />Nº 11 - 6º E<br />

×