Universo Celestial a Origem
A forma de ver Deus pelos seres humanos, Deus não é singular Deus está no plural
e está em cad...
Aconteça o que acontecer tem de haver sempre alguém culpado, o ser humano
individualmente nunca põe as culpas em si mesmo,...
é dessa forma que nós temos o testemunho da nossa realidade é dessa forma que
nós temos a noção da realidade da nossa exis...
A realidade saída do livro das paginas seladas era assombroso as figuras tinham
códigos, as ordens tinham um comando muito...
Origem universo celestial
A imagem da criação a força da existência que existe em cada um de nós, somos o
génese da origem...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

0002

335 visualizações

Publicada em

SRGPORToriGem

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
335
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

0002

  1. 1. Universo Celestial a Origem A forma de ver Deus pelos seres humanos, Deus não é singular Deus está no plural e está em cada um de nós. Nós somos a imagem a partir da força da origem da criação do universo celestial Deus é a imagem da criação a chama de fogo o principio. A nossa abordagem e a nossa maneira de ver Deus muita das vezes é mal interpretada e mal direccionada, nós pomos o nosso individualismo em destaque e pensamos que devia-mos ser atendidos por problemas que surgem no momento e no segundo da existência, tanto a nível de doenças como de guerras como a maldade dos humanos que cometem a outros humanos a fome e todas as catástrofes e todos os males que acontecem no planeta e a todos nós seres vivos. A imagem de Deus é a imagem, que cada um de nós é, a nossa caminhada é a da transformação e da vontade da liberdade só somos o que somos porque a realidade se dá, a nossa realidade é o nosso testemunho que cada um de nós seres humanos somos. A vontade da criação a imagem da liberdade que cada ser vivo e humano é, testemunha toda a força da liberdade da criação, o ser humano não está preso a si próprio o ser humano está sim ligado a uma vontade de caminhar e de liberdade da força da criação da imagem do universo celestial. A nossa imagem é universal e uma única forma da existência, a da criação do universo celestial, a nossa liberdade individual em ligação com a imagem da criação dá a cada ser humano um caminho de liberdade, é o caminho que cada ser humano pode seguir livremente. Em Jesus nós temos o testemunho que o que nos liga é a nossa verdade a nossa realidade a nossa imagem da criação, Jesus faz e dá a entender que a morte só tem um significado na forma física, nós compreendemos em Jesus que a nossa verdadeira imagem está na liberdade da nossa criação, temos e somos a liberdade da obra da criação do universo celestial. Nada interfere no caminho da nossa passagem, porque a liberdade da forma criada tem um espaço aberto é isso que faz os seres vivos evoluírem sobre todos os aspectos da sua forma, se a forma de seres vivos não tivessem a liberdade da origem criada não havia testemunho e não havia forma de testemunhar a razão da existência. Todo o ser humano gosta de ser livre de ter uma forma de pensamento livre de caminhar livremente, de poder evoluir de poder discutir, é assim que a nossa forma caminha, sendo cada forma viva, o ser humano tem a imagem de Deus em forma da origem da criação, a força da criação do universo celestial, a chama de fogo o principio. A nossa imagem nunca é destruída nem tem fim, porque cada um de nós é a liberdade da criação do universo celestial a chama de fogo a origem, a nossa transformação é o poder da liberdade da criação do universo celestial. srgport http://grutadoconvento.blogspot.com srgport O ser humano e a sua forma de pensar O ser humano e pela sua filosofia da sua natureza humana tem de arranjar sempre bodes expiatórios.
  2. 2. Aconteça o que acontecer tem de haver sempre alguém culpado, o ser humano individualmente nunca põe as culpas em si mesmo, tem de haver sempre terceiros a serem os culpados e nunca ele o culpado. O ser humano tem a tendência para culpar sempre Deus para todos os males que acontecem , a si próprio e mesmo incute culpas a Deus por outras catástrofes tudo o que acontece de mal a culpa é sempre de Deus. O ser humano pergunta-se a si mesmo onde está Deus, quando morrem seres humanos em guerras doenças e todos os males que afligem o planeta, mas o ser humano é esse mesmo Deus que se pergunta a si próprio. O ser humano é a imagem da liberdade da criação, em cada ser humano existe o caminho da liberdade, o ser humano tem a liberdade de caminhar livremente, claro que vai encontrar muitas barreiras no seu caminho mas é essa liberdade que torna o ser humano livre. O ser humano quando pergunta a si próprio onde está Deus, está a falar com ele próprio, o caminho de ser humano é de liberdade, o ser humano tem a liberdade de evoluir de caminhar de explorar outros planetas outros universos é isso que a força da imagem da criação dá a cada um de nós, a resposta é tens a liberdade de transformar-te tens a liberdade de poder evoluir tens a liberdade em caminhar. Deus está em toda a nossa forma de evolução, porque cada um de nós seres humano é a imagem da criação a forma do poder do universo celestial, a imagem de Deus é a nossa própria, a nossa imagem infinita poderosa e transformadora porque cada um de nós é poder criado é força da criação do universo celestial. Nós ao perguntar a nós próprios onde está Deus, a nossa resposta está em cada um de nós a resposta, está em nós próprio está na imagem da criação que cada ser humano é. Está em nós a força de saber transformar está em nós a força de saber distribuir, está em nós a força de evoluir, está em nós a força de saber acolher, cada um de nós é a imagem da criação a chama de fogo a origem do universo celestial, cada ser humano tem a sua liberdade individual, cada ser humano é imagem da criação cada ser humano é uma forma do poder da transformação do universo celestial. A nossa imagem é unigénito é força da transformação e da multiplicação o poder está em cada forma de vida em cada ser humano, porque cada ser humano é evolução é origem da criação do universo celestial a chama de fogo a imagem unigénita. srgport http://grutadoconvento.blogspot.com srgport O testemunho da realidade Somos o testemunho da realidade, a obra do inicio a imagem da força da liberdade da criação, do universo celestial. Temos em cada um de nós seres vivos a liberdade do caminho, em cada um de nós existe a força da transformação a chama de fogo a imagem da criação do universo celestial. Na nossa pequena caminhada a nível do universo, somos confrontados com toda a espécie de desumanidade a todos os níveis mas é isso que nós torna seres humanos
  3. 3. é dessa forma que nós temos o testemunho da nossa realidade é dessa forma que nós temos a noção da realidade da nossa existência. O corpo que habita na nossa imagem é uma passagem, que nós torna uma forma, essa forma que nós adquirimos é momentânea, pois a nossa imagem não tem qualquer semelhança com o corpo que nós temos. A força da liberdade da criação é a imagem da nossa verdadeira existência, a chama de fogo é a origem da nossa imagem é o principio da existência. A nossa realidade tem uma forma porque a nossa existência comprova, a nossa verdadeira origem, a origem que está ligada ao principio, nesse primeiro aparecimento a força da realidade concebe a sua própria imagem, a chama de fogo. Temos a imagem da criação em cada um de nós, todas as formas de vida são testemunhas da verdadeira origem. O nosso testemunho caminha em cada um de nós, em cada um de nós é presente a imagem da criação a chama de fogo a origem do universo celestial, a nossa liberdade tem o poder de caminhar na plenitude mas sempre como testemunha da nossa realidade. srgport http://grutadoconvento.blogspot.com srgport O grande sinal O grande livro que transportava o sinal, tinha sido aberto. Do seu interior era agora conhecido todo o seu teor, as figuras representadas nas paginas tinham todas um sinal de identificação, e o seu código era e tinha um comandado. Das paginas do grande livro aberto e que estava selado, agora saiam as suas frases e as suas figuras, a realidade tinha agora um sentido e a sua concretização era agora posta em prática. As formas que absorviam os sinais saídos do grande livro de paginas seladas, tinham uma estranha sensação da própria realidade, em que eram envolvidas e absorvidas em todo o poder que saía do livro de pagina seladas. As figuras que saíam das paginas do livro selado eram levadas pelo código de um comando exterior, a sua forma de executar era estranha, nas ordens que punha em prática para as figuras saídas do livro de paginas seladas. A forma de actuar do comando era inutilizar a subsistência, as figuras saídas do livro de paginas seladas levavam consigo essa forma produzida pelo seu comando. Nada tinha consequência aparente porque as ordens eram decifradas pelas figuras saídas do grande livro de paginas seladas e agora aberto para o exterior. A precisão do comando ás figuras saídas do grande livro de paginas seladas era muito sublime, era tudo uma ordem da sua forma de execução ao pormenor. Tudo tinha um principio e um objectivo definitivo, as suas ordens eram muito consistentes. A forma dos sinais saídos do grande livro de paginas seladas, tinham agora a exactidão que todos procuravam e que ninguém tinha alguma fez tido a capacidade de compreender a sua decifração.
  4. 4. A realidade saída do livro das paginas seladas era assombroso as figuras tinham códigos, as ordens tinham um comando muito astuto e eficaz, a sua improbidade não tinha área de limitação a sua forma de prosseguir era ilimitada. O inconveniente da abertura do grande livro de paginas seladas e que eram libertadas as suas figuras, e que recebiam as ordens de obedecer a um comando com um ideal perverso e com grande crueldade essa era a grande mostra do seu risco. srgport O símbolo da maldade O esconderijo do símbolo da maldade abriu a sua entrada, do seu interior saiu o grande exercito que é formado pelas quatro faces dominantes do exercito do seu comando, o exercito que tinha o comando das quatro formas da representação. O sinal do símbolo da maldade tinha agora o domínio sobra as quatro conquistas que fizera. Para trás tinha deixado uma grande destruição o poder das suas armas mortíferas eram arrasadoras e dominantes, os seus passos eram demolidores e na sua passagem deixava grandes crateras abertas, do interior dos orifícios eram soltados mais defesas do seu vasto arsenal. A figura da maldade tinha agora o poder todo sobre si, as suas mentiras e a força do seu exercito que tinha o comando das quatro faces fazia a figura dominar sobre tudo e todos, o símbolo da sua conquista tinha agora a representação em cada uma das formas do seu domínio. O símbolo da maldade era agora a representação máxima, toda a forma era dominada pela figura da maldade o cativeiro era instalado para quem não segui-se o seu ideal, e todos os seguidores do seu ideal tinham a servidão diante de si mesmo. O volume do seu ideal abria assim a escravatura sobre todas as formas, a casa do inicio do armagedão rasgava assim todos os juramentos. A doutrina do símbolo da maldade maquiavélica, jurava sobre a sua mentira e tinha feito conquistas sobre o seu juramento, a realidade que parecia ser verdadeira, não passava de um plano organizado na doutrina do símbolo da maldade maquiavélica. A figura da maldade era decifrada pela inscrição de C.I.A nas suas inicias do seu código eram abertos os seus planos, as suas quatro plataformas eram orientadas pelo poder exercido, as quatro faces tinham o domínio sobre tudo e todos a escravidão sobre todas as formas, era agora a sua arma poderosa. O símbolo da figura da maldade era agora a forma dominante, tinha imposto a escravidão e a servidão era a realidade sobre toda a forma de existência a sua forma arquitectada de organizar o seu plano tinha sido bem conduzido, os actos praticados e a mentira sobre os acontecimentos tinham sido levados ao engano de todos. O encontro com a origem do universo celestial ara agora uma realidade, porque o esconderijo do inicio casa armagedão tinha deixado de ser secreto, tinha iniciado a sua maldade de mentiras maquiavélicas, para passar ao domínio completo sobre todas as formas e sobre tudo, a própria existência. srgport
  5. 5. Origem universo celestial A imagem da criação a força da existência que existe em cada um de nós, somos o génese da origem do universo celestial, em cada um de nós existe o testemunho da nossa verdadeira origem celestial. A chama de fogo a imagem do inicio a nossa origem primária, o nosso testemunho o caminho da liberdade da obra criadora. A nossa passagem é o testemunho da realidade da nossa liberdade criada e gerada pela força da imagem. A liberdade infinita do universo celestial é o poder da criação, temos em cada um de nós a liberdade testemunhal e a prova da sua certeza, a configuração existencial é a origem da sua própria liberdade, a sua versatilidade é toda a força da sua forma como poder grandioso de transformação. Somos a imagem criada a partir da liberdade da criação do universo celestial, cada um de nós é um testemunho da realidade do universo celestial cada um de nós é a liberdade da imagem criada a partir da géneses da criação a chama de fogo o inicio da denominação. Temos a certeza em cada um de nós como sendo imagem da origem da criação, caminhamos em liberdade. A forma individual de cada um é a verdade retirada da força da criação, a imagem universal e criada na origem do universo é o nosso aspecto a origem da realidade o poder da transformação. srgport A tua origem divina Tu és a imagem da criação da liberdade do universo celestial, tu és a origem do sinal divino que se abriu á liberdade do entendimento. O teu caminho é a tua liberdade da tua origem divina, tu és a força da imagem da transformação em ti caminha a imagem da origem divina a chama de fogo o principio infinito da obra da realidade. Tu és a obra da realidade, a imagem da criação. A tua origem é a imagem divina o poder do universo celestial. A tua origem é imagem transformada, que passa á realidade para toda a forma do poder da obra criada possa atingir a transcendência, ao compreenderes a tua liberdade dás origem ao testemunho da verdade. Somos a realidade divina, temos a imagem da criação do universo celestial. Em cada um de nós, habita o inicio o génese do universo celestial, porque tu e nós somos a obra da força da criação do universo celestial o poder da força da transformação, a origem da liberdade da realidade. Temos o testemunho em cada um de nós, porque cada um de nós é a origem da liberdade a força da transformação do universo celestial. Em todos nós existe a energia da estrutura do poder da criação porque cada um de nós é a imagem do dinamismo da imagem do universo celestial. srgport universo_celestial srgport

×