Docentes: DANILLO FERNANDES COSTA;
IAN PEDRO SOARES CASTRO;
MARCELO DE SOUZA CARNEIRO;
STHEFANNY NUNES DE PINA;
WILLIAMS D...
 A água da chuva não é totalmente pura, pois sempre
carrega componentes da atmosfera, o próprio CO2 ao
se dissolver na ág...
Monumento danificado
 Em Oslo, teve um acordo onde representantes
de 26 nações do Canadá à Ucrânia, assinaram
o mesmo, que visa diminuir a chu...
 Purificação do carvão mineral, antes de seu
uso;
 Emprego de caldeiras com sistemas de
absorção de SO2;
 Uso de petról...
INTEMPERISMO
 O intemperismo, também conhecido como
meteorização, consiste na alteração física e
química que levam à degradação e
enfr...
 O intemperismo consiste da transformação das
rochas em materiais mais estáveis em condições
físico-químicas diferentes d...
Intemperismo físico: Desagregação ou
desintegração do material de origem (rocha ou
sedimento) sem que haja alteração quími...
Intemperismo químico: Quebra da
estrutura química dos minerais que
compõe a rocha ou sedimento (material de
origem). As ro...
Intemperismo Biológico: Ocorre através dos
seres vivo (plantas ou/e animais) onde
estes desempenham de forma direta ou
ind...
As chamadas rochas ígneas ou magmáticas (rochas
fundidas) formam-se pelo resfriamento do magma,
fundido nas profundezas da...
As rochas sedimentares são formadas através da
deposição e consolidação de sedimentos. Sedimentos
são materiais originados...
 Veículos elétricos.
 Telhado verde.
Caso não haja um retrocesso na emissão de gases, esse
fenômeno ocasionará uma infinidade de modificações no
espaço natural...
Efeito estufa natural favorável à vida na Terra.
Os principais gases que provocam esse
fenômeno são:
 dióxido de carbono (CO2);
 óxido nitroso (N2O);
 metano (CH4);
 c...
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Química Ambiental
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Química Ambiental

181 visualizações

Publicada em

Aula simples e rápida de química ambiental, com enfoque nos principais conceitos

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
181
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Química Ambiental

  1. 1. Docentes: DANILLO FERNANDES COSTA; IAN PEDRO SOARES CASTRO; MARCELO DE SOUZA CARNEIRO; STHEFANNY NUNES DE PINA; WILLIAMS DA SILVA QUEIROZ
  2. 2.  A água da chuva não é totalmente pura, pois sempre carrega componentes da atmosfera, o próprio CO2 ao se dissolver na água a torna um pouco ácida, com um pH aproximadamente igual a 5,6. A reação da água com o gás carbônico é:  A chuva ácida é um fenômeno causado pela poluição da atmosfera. Ela pode acarretar muitos problemas para as plantas, animais, solo, água, construções e também às pessoas. Reage com metais e carbonatos atacando muitos materiais usados na construção civil, como mármore e calcários.
  3. 3. Monumento danificado
  4. 4.  Em Oslo, teve um acordo onde representantes de 26 nações do Canadá à Ucrânia, assinaram o mesmo, que visa diminuir a chuva ácida, diminuindo a emissão de Enxofre em 87% até o ano de 2005. A decisão foi resultado de um encontro de dois dias em Oslo que se tratava de um esforço para reduzir os poluentes ambientais. Outros países, Irlanda, Portugal e Hungria, afirmaram que pretendiam assinar o acordo. O pacto visa, reverter o quadro da chuva ácida que ameaça a saúde humana.
  5. 5.  Purificação do carvão mineral, antes de seu uso;  Emprego de caldeiras com sistemas de absorção de SO2;  Uso de petróleo de melhor qualidade e purificação de seus derivados;  Construção de motores de carros mais eficientes (que destruam os gases nocivos);
  6. 6. INTEMPERISMO
  7. 7.  O intemperismo, também conhecido como meteorização, consiste na alteração física e química que levam à degradação e enfraquecimento das rochas e de seus minerais. É um importante agente no processo de formação de solos e modelador do relevo.
  8. 8.  O intemperismo consiste da transformação das rochas em materiais mais estáveis em condições físico-químicas diferentes daquelas em que elas se originaram.
  9. 9. Intemperismo físico: Desagregação ou desintegração do material de origem (rocha ou sedimento) sem que haja alteração química dos minerais constituintes. Ele, portanto, causa uma desagregação de fragmentos cada vez menores, conservando as características de seus minerais, aumentando a superfície de contato dos fragmentos, o que colabora com o intemperismo químico. Em regiões desérticas e de clima semiárido esse processo é mais intenso.
  10. 10. Intemperismo químico: Quebra da estrutura química dos minerais que compõe a rocha ou sedimento (material de origem). As rochas, então, sofrem um processo de decomposição. A intensidade deste intemperismo é relacionada com a temperatura, pluviosidade e vegetação, ocorrendo principalmente nas regiões intertropicais.
  11. 11. Intemperismo Biológico: Ocorre através dos seres vivo (plantas ou/e animais) onde estes desempenham de forma direta ou indireta o trabalho muito importante na intemperização das rochas. Além disso, produz os solos mais férteis do mundo, sendo muito comum na Rússia e na Ucrânia.
  12. 12. As chamadas rochas ígneas ou magmáticas (rochas fundidas) formam-se pelo resfriamento do magma, fundido nas profundezas da Terra. Por vezes, o magma é expelido por vulcões ou fissuras na superfície terrestre onde pode se resfriar. Porém, comumente, o resfriamento e a solidificação do material magmático ocorrem no interior da crosta. Em decorrência das altas temperaturas
  13. 13. As rochas sedimentares são formadas através da deposição e consolidação de sedimentos. Sedimentos são materiais originados da destruição e alteração de rochas pré-existentes. Assim, a formação de uma rocha sedimentar decorre de uma sucessão de eventos, que constituem o chamado ciclo sedimentar
  14. 14.  Veículos elétricos.
  15. 15.  Telhado verde.
  16. 16. Caso não haja um retrocesso na emissão de gases, esse fenômeno ocasionará uma infinidade de modificações no espaço natural e, automaticamente, na vida do homem. Dentre muitas, as principais são: • Mudanças climáticas drásticas, onde lugares de temperaturas extremamente frias sofrem elevações e áreas úmidas enfrentam períodos de estiagem. Além disso, o fenômeno pode levar áreas cultiváveis e férteis a entrar em um processo de desertificação. • Aumento significativo na incidência de grandes tempestades, furacões ou tufões e tornados. • Perda de espécies da fauna e flora em distintos domínios naturais do planeta. • Contribuir para o derretimento das calotas de gelo localizadas nos polos e, consequentemente, provocar uma elevação global nos níveis dos oceanos.
  17. 17. Efeito estufa natural favorável à vida na Terra.
  18. 18. Os principais gases que provocam esse fenômeno são:  dióxido de carbono (CO2);  óxido nitroso (N2O);  metano (CH4);  cloro-fluor-carboneto (CFC);

×