Choi Yun-Jeong
Kim Sun-Yeong

 

w*

 

x/ l

 

~'](_›'i7:l.
r u
u : r u n x'  n¡ pm Im
a
O 1 a a 1 v a 9 a . um
.  .
4?* par. . u j¡ p n I p n
a p Ç
f!  f.  I f.  l l.  i u 9 O;  l

...
mv

a

 

 

 

 

 

 

 

 

 

c. .
O celeiro da fazenda é um
esconderijo secreto para os ratos. 
Ali há um grande estoque

de comida,  frutas,  grãos e um
mo...
Na manhã de Natal,  os ratos não

estavam felizes como de costume.  t¡  ' oww g
Um dos ratos,  do alto da escada,  gritou:...
Outro rato,  o padeiro,  disse: 
_ Vamos dar uma lição nesse
Gato Malvado. 

, m- E o rato da lavanderia falou: 
- Meu avô...
'41' " '

 

    

M. 
 
,  _ -w «' 5
_. ,.». .. . 
» nf , 
É"  “” ›
' n: 
 M _ , 
. _ _gv A” _
' A; 

 

--wuar~_›y›" »ç....
-Vamos colocar  e   )
alguma coisa bem pesada,  a ~  
para que o gato não consiga ' w
mais se mexer. 

Todos os outros rat...
n

: :u : L: ¡Elgílalã-IÍ¡

mkt:  (an: 

$511::  a

: iu

:  irmagLll 'M1 - : Isunl nl. 

5;! , r;  :tal lua; 

? RIR

E11...
.›-*

 

q_ , x
,  (í.   
. matt,  
n w »xa gw' «
à law v  ; mw   Abs.  .  a x3 K
, ' ,   _,  < a _ "
v/ üx ( u X _ *t 7  ...
wnnb1-'üe- v-, ... .›. .,c; .=--~w»«. ... _.. ._ ar. ... ,m__. ,.». › _ . 

Cada rato escolheu uma

~ - A da esquerda é ma...
LEE' m:  l  l

_ Mas que tÍPo de coisa leve vamos amarrar?  l n¡ › f' “' Í l  . .   v A
- Uma coisa leve e com barulho!  A...
-. 
.. 

'u
, .- ›-

 

, e-
4 E V
n
as. .. ,  L_ . 
.si. 
;u _. r. ›
,  “a
x
'um ¡

l

V
,  "w
g- . .~-› ,  :: ea
Í** l l...
/ ” f:  É_ ll.  ' t  o 3.'
. . l ,  ' _
 f¡ _f v¡ * _
: :.. .-: ';i"'. .___. t v' «  .  ..  ..  ' w w : _ _ . . 
"M" H . «...
3%. ,.. . *gugu* . _,, .,m, ,.. ¡¡. anningunu-_~wm1nvwmwvsn~vu m. . . wm--n-uy-_yru
J_ Í_

. .Ja

 

- Foi decidido então ...
,my _ _.  'pt í f _i_ g l . 
Á rr~~ ¡ › q_ /  , a z

 

as › .  S' - _

*  « ill-ZÉ' Àsl ' » r

É  "› A ,   W _
* '-« Ô  “...
f' _  â;  Como as castanhas já estavam rolando por  mw»
 toda a parte,  para a nova votação os ratos
" decidiram desenhar ...
$ . u.
, 
l à
v¡ . 
 ' .  .I
. Í
nuns'.  nana;  nnn-runnanli». 
:: um Em 'hxvnlnuiiafh 'plõllglllllíflil-
_=  amam 'm7 : I...
».  .

 

 

   

g
_
a l' 1
.  ' T a
x . ..s ,  , - _
i ' ' x_
j»  A y _ . 
f N' e Vir. ” ~
f
a:  '› . __
m. .
.  ,
'aÍw'...
- E onde vamos deixar o guizo? 

- Vamos passar de fininho pela cozinha
e deixá-lo dentro do avental da moça. 
_ Vamos dei...
- Foi decidido então que deixaremos o guizo . 
em frente à porta da casa.
- O_ual será.  a melhor hora para
fazermos isso? 

- Bem de madrugada,  quando todos
estiverem dormindo. 

-- Ao meio-dia,...
n .  .', '.›

 
 

 

une-mm.
. . .___ .  .
_ f
. 
,
. é , 
'a à í y
,  e. 
K _ / v Ç l* ›
«r A . Eli.  'úêlk ! nim rzerifL-únlhnu: Âhkiàazi:  P161." aq...
'VÍ
t
3

 

m: : em ; tauunlniia 5.!  *fâ= ..l, n'll, l.l'lr
kr : riem : rf 7 “IMEQ-lt” 45.51%! 
.^ ¡Ilrlgm = Í , Irá-ll à!  3...
, ,  ._ .  u. .
s , K
3
_ .  . .  .
. p,
›. ..
.  .
_a
_,  .. 
Õ!  . v1. . .t r . .,
, . «li
. a , V. / 
Ill.  _
.  .x 
, ...
v'

l. 
r
 x w
: f 
À 
-_/ /
ur_

. b 4 v -~  1X/  l

=  'pow/ r' ' 'r ,  f: 

i ' l . f
LL: : ',  . »r : H g

 

. Lv/ Í ...
â s. .

' v' /  A , Â
, f ã x' , / “

5;/  _ , 
773a?  y M. , "
xy?  _ s' 'ar
»I _ h / r-fg*

Í O que vai acontecer com os...
u a.  '
. - .  ,. - y .  v¡ .  . r ¡ .  . s . 
« - , › .  . .  u s
n-

O Gato Malvado convidou seu amigo,  o Gato Tom,  J(...
O n- 9 a i
ç .  n:  z e , . . 
.a

O rato corajoso do estábulo foi o mais votado. 
Será que ele realmente consegue colocar...
Diferentes gráficos de barras: 

  

Toda vez que ouvem o trim-trim do guizo,  os ratos colocam um
quadradinho de papel co...
Os ratos fizeram uma avaliação ñsica. 
A altura de cada rato está indicada por tiras de papel colorido. 
A tira de papel c...
Guia para pais e educadores

Fugindo das garras do gato conta a história de um grupo de
ratos que resolve dar uma lição no...
~' . ›z›n›umu. -u~u a~munu. _,
 
Lendo a 'história É

Ao longo da história,  o leitor se depara com diferentes sugestões f...
“arma AVAB-! Mlcfrík ; +5. = ,r. a.¡-. ›i-. _x~; =,: raiik«~ _w »v-. miüuiiurt-
-Íkm czalia1ro~ ih 'Êtlalníkl "nana um ãfm...
Fugindo das garras do gato
Fugindo das garras do gato
Fugindo das garras do gato
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Fugindo das garras do gato

411 visualizações

Publicada em

Deleite

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
411
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fugindo das garras do gato

  1. 1. Choi Yun-Jeong Kim Sun-Yeong w* x/ l ~'](_›'i7:l.
  2. 2. r u u : r u n x' n¡ pm Im a O 1 a a 1 v a 9 a . um . . 4?* par. . u j¡ p n I p n a p Ç f! f. I f. l l. i u 9 O; l Choi Yun-Jeong Kim Sun -Yeong
  3. 3. mv a c. .
  4. 4. O celeiro da fazenda é um esconderijo secreto para os ratos. Ali há um grande estoque de comida, frutas, grãos e um monte de feno macio. É onde os ratos encontram tudo de que precisam. O Natal está chegando! Mas todos os ratos pressentem que alguma coisa errada está para acontecer. 27% , ~'*_: Y _Anne-F
  5. 5. Na manhã de Natal, os ratos não estavam felizes como de costume. t¡ ' oww g Um dos ratos, do alto da escada, gritou: Ah . * _ - Olhem lá! * 'X Era o rato do moinho. Ele entrou no à* -Ç-«Vígffvuà ° í. . celeiro balançando uma mensagem: s '*'~*s. .«›«› f O Gato Malvado deixou isso para nós. õ / f
  6. 6. Outro rato, o padeiro, disse: _ Vamos dar uma lição nesse Gato Malvado. , m- E o rato da lavanderia falou: - Meu avô me disse que antigamente as pessoas . , amarravam uma espécie de alarme no pescoço dos gatos. s 5 . A
  7. 7. '41' " ' M. , _ -w «' 5 _. ,.». .. . » nf , É" “” › ' n: M _ , . _ _gv A” _ ' A; --wuar~_›y›" »ç. ,,. .,, ,r--_-_- -: -V~_. ._. ., › ; _ V v¡ . ..m-gm . .a u-. ., '. _- . A »s- WZ ~ -. n. 9.¡ . fa! , v" 05.' ' * . .. . I
  8. 8. -Vamos colocar e ) alguma coisa bem pesada, a ~ para que o gato não consiga ' w mais se mexer. Todos os outros ratos acenaram com a cabeça.
  9. 9. n : :u : L: ¡Elgílalã-IÍ¡ mkt: (an: $511:: a : iu : irmagLll 'M1 - : Isunl nl. 5;! , r; :tal lua; ? RIR E1151: hulk): 'L' nua- : nnuçblnlea = . ¡¡l-*l~; llíl'lx' : um um : Hit _E 'análimr 'llllñi *teíln= .. 'traiu ; Murteira i¡- r: “Ein ã* nuatlim Inn-naun: unil- : ama _fix 1 24' 'Í. .f'_. , _M 1 l_ 'mt _ 'm' ; i5 u. .. 1 ~. É' * '-, 1 -. l _ "i7 _k à ' ; x . , “w , ç “R 'Num : mm fra u: ›sA__IolLk--~
  10. 10. .›-* q_ , x , (í. . matt, n w »xa gw' « à law v ; mw Abs. . a x3 K , ' , _, < a _ " v/ üx ( u X _ *t 7 : 22:( 1/ d_ . k g : x n l 7 j _ N, ç 1-, ~V D _. ¡ 4 j¡ a x( (, * c. ! r m4/ " X y "--v / w' AXÉ? " , _ -. _ __ ”_ z. % 9, -~, ,. « › x / fr tl' ~ ' , .x-~. : , ç,, , : a: . , " í( . 'f . ' '/ ' r ' k - 1,7' 7 / A i l1l V *' l › . Í k V 2* r . ... ._ "à, j 1x* _xr - Por que não nos dividimos em duas filas para escolhermos, em vez de ficarmos discutindo? Na fila da direita, fica quem vota em uma coisa pesada. Na fila da esquerda, fica quem vota em uma coisa leve.
  11. 11. wnnb1-'üe- v-, ... .›. .,c; .=--~w»«. ... _.. ._ ar. ... ,m__. ,.». › _ . Cada rato escolheu uma ~ - A da esquerda é mais que será uma coisa leve. fila. longa. Foi decidido então
  12. 12. LEE' m: l l _ Mas que tÍPo de coisa leve vamos amarrar? l n¡ › f' “' Í l . . v A - Uma coisa leve e com barulho! Assim poderemos ouvir quando o gato estiver ~ &a; ou não por perto. z a" Â wkãgr ' Il” - Uma coisa leve e brilhante! ' V “ «/ ' Assim poderemos ver quando s, ;f ' ' _ _ _ ç * “ o gato estiver chegando. = 'A , _ *ns-W - ~ e j . - Uma coisa leve e com cheiro! V l A a 'A ' Assim poderemos farejar o gato quando ele estiver . V_ V , , e , ç s: z . , se aproximando. v ç A _ . _. * V A , r ; H j_
  13. 13. -. .. 'u , .- ›- , e- 4 E V n as. .. , L_ . .si. ;u _. r. › , “a x 'um ¡ l V , "w g- . .~-› , :: ea Í** l l , . . ~ -, '.'r __ , n . ,p . . n' . f [mpg-g, agp_ “c” glhnril; “Í*”¡lll-l_L'ñ_'(-. vl gnu": :1-~ ! . r ur. . _
  14. 14. / ” f: É_ ll. ' t o 3.' . . l , ' _ f¡ _f v¡ * _ : :.. .-: ';i"'. .___. t v' « . .. .. ' w w : _ _ . . "M" H . « a. ” “ ' ' , . . ... ç_ 'A j! j; Ag; z, _. Desse jeito ia levar o dia todo. O rato que mora no moinho disse: . ,m 1 7:1' . fi *- a _ - * ( _” s' - Por que nao fazemos uma votaçao 3 '- “ q* colocando castanhas na frente dos três cartazes com os desenhos? Então, cada rato votou colocando uma castanha na frente de um dos cartazes. O cartaz com o desenho de uma coisa sonora recebeu o maior número " de castanhas.
  15. 15. 3%. ,.. . *gugu* . _,, .,m, ,.. ¡¡. anningunu-_~wm1nvwmwvsn~vu m. . . wm--n-uy-_yru J_ Í_ . .Ja - Foi decidido então que será uma coisa leve e que faça barulho.
  16. 16. ,my _ _. 'pt í f _i_ g l . Á rr~~ ¡ › q_ / , a z as › . S' - _ * « ill-ZÉ' Àsl ' » r É "› A , W _ * '-« Ô “ . :Í , .. l g à ; x _í/ j r i Agora os ratos precisam ã. ' ig í lg l l ' ; Í decidir que tipo de coisa leve I_' K j à l' a i / e que faça barulho vão amarrar ' no pescoço do gato. j' ° “ 'v 2' - Que tal um despertador? - Vai ser muito barulhento. .. Que tal amarrarrnos g um guizo? l.
  17. 17. f' _ â; Como as castanhas já estavam rolando por mw» toda a parte, para a nova votação os ratos " decidiram desenhar círculos em duas folhas de papel. Um circulo para cada castanha. 2.9”. . xv/ . 'Ax' , . ~ . c* : V . .I - i . ~ r' q( - ¡ a . -= r l r . .- S' É › a” Í a K”, ' , _"'x. ,x j” 'h x . y -. _ . r N j 2 É * x k h l/ l , N ; l v . e; n. à_ _ *JIJ V “ 5%** ' a, f À , l - Foi decidido então que amarraremos ¡_ ~ ) ã um pequeno guizo.
  18. 18. $ . u. , l à v¡ . ' . .I . Í nuns'. nana; nnn-runnanli». :: um Em 'hxvnlnuiiafh 'plõllglllllíflil- _= amam 'm7 : Inmmwzm v *pIsa-. pstalnrsl SIIJÍÃ. : 'na rQI; Q,i«'fwl›_'_f@~ spjkeí - " &i'm; :iiñíhika ? Ehn1il-'B. inicia ^ unem: : qu: : “¡:0=. l"o›= _lI“¡n: *um @uma : iiiiavnx 1:10 Lvthllvhnilv. .. Mir' gula: ¡EU iiállíelnnq: guia ali: ?lllnlrlê z : bulas:
  19. 19. ». . g _ a l' 1 . ' T a x . ..s , , - _ i ' ' x_ j» A y _ . f N' e Vir. ” ~ f a: '› . __ m. . . , 'aÍw' i , 'c
  20. 20. - E onde vamos deixar o guizo? - Vamos passar de fininho pela cozinha e deixá-lo dentro do avental da moça. _ Vamos deixá-lo dentro do potinho de comida do gato. - Mas, e se o gato nos vir? - Vamos deixá-lo em frente à porta da casa.
  21. 21. - Foi decidido então que deixaremos o guizo . em frente à porta da casa.
  22. 22. - O_ual será. a melhor hora para fazermos isso? - Bem de madrugada, quando todos estiverem dormindo. -- Ao meio-dia, quando o carteiro tocar a campainha. - De manhã, bem cedo, quando o leiteiro chegar. x i
  23. 23. n . .', '.› une-mm.
  24. 24. . . .___ . . _ f . , . é , 'a à í y , e. K _ / v Ç l* › «r A . Eli. 'úêlk ! nim rzerifL-únlhnu: Âhkiàazi: P161." aqui; :Em ijrqjanlbnr-nllhn qIlfÍLf 4:91:74:: ;of d? E ir-síaniks a an( êülànwu: nm rrejrêí¡ an: “ornnr1iumf ' i~ #Eliseu ã ¡I= «j. _=¡›$*rí'1."'l<n, vhnnsr ikañzcíuir' n: : “_0I*fli'°ü= ,! : Masini-rn r Luan: 'itaim v “ z : v6: ¡nágzzlennm 5.! ?nuas 5.! 'tqizín-¡a- Fhnthnajnka_ : lia: iíavjflihnlnnr lwnlnhjr : j: “uñlcr A: 'raguamanrtar = _ . .VI›“ÍÊI= .I'; ÉI*' : aum 'um gléílfífrv *ih* Ín= _,Ir^t= .n: . ? i 'ln l 2 V4», a ? Ji ” f” P - '~ . A . V,
  25. 25. 'VÍ
  26. 26. t 3 m: : em ; tauunlniia 5.! *fâ= ..l, n'll, l.l'lr kr : riem : rf 7 “IMEQ-lt” 45.51%! .^ ¡Ilrlgm = Í , Irá-ll à! 31H? ” . ,away-muita ! lhkkãllw . . "Baum , em naun: "hiiâlmlâiliíã ih» nu. ç Jll: 'kamalh vlanfn: : : :cial anal! ! grf lnlilíl¡ f : :us auganzuli; 5 mu: v¡ m2.
  27. 27. , , ._ . u. . s , K 3 _ . . . . . p, ›. .. . . _a _, .. Õ! . v1. . .t r . ., , . «li . a , V. / Ill. _ . .x , l/. ..xç . aU. .t. l! 7.? .. m . f, . . f . X . x 1 r. .. cl). f: xl . u. ul¡ a. a. . , . Í . .. . rr I
  28. 28. v' l. r x w : f À -_/ / ur_ . b 4 v -~ 1X/ l = 'pow/ r' ' 'r , f: i ' l . f LL: : ', . »r : H g . Lv/ Í xxx . b. ; a3 f , i “z/ Ã , : , '"x M l¡ a. › __ - '"': t ”^--. _ ' V. . e t; x xs o x . ., z e - . x, I K ! 4 ~ / l V É' ' . 1 J' , // u, :: f y ij' V py, -“/ :< x; _/ - Gostou do Sininho? X? " › _ v _. .S r V , _ I "J A moça amarrou o presente no pescoço do gato. 7 " Mas ele não parecia muito feliz. O gato tentou tirar o guizo com as patas. E balançava a cabeça. "Trim-trim-trim. .." A moça fez um carinho no gato e disse: - Logo você vai se acostumar e vai gostar muito do presente.
  29. 29. â s. . ' v' / A ,  , f ã x' , / “ 5;/ _ , 773a? y M. , " xy? _ s' 'ar »I _ h / r-fg* Í O que vai acontecer com os ratos ¡ a partir de agora? . ”Í'”>~ ~ Sempre que ouvirem o trim-trim-trim . * do guizo por perto, todos vão correr w “f y p para algum lugar seguro. « W -~- z . ' r KT: - Uau! Esse foi o melhor Natal que ' . w , w ' “u, c, . . < fl_ 3 ' a a gente Ja teve. _o , *ax* Eles brindaram, dançaram e se * g' e ” divertiram muito todos juntos.
  30. 30. u a. ' . - . ,. - y . v¡ . . r ¡ . . s . « - , › . . . u s n- O Gato Malvado convidou seu amigo, o Gato Tom, J( para uma visita. Por isso, os ratos fizeram uma reunião de emergência. ill O que nós podemos amarrar no Gato Tom? Uma coisa com cheiro 1:' O C) brilhante _ m Uma coisa: f! com som ' ' o › f' "Foi decidido que in. será um chapéu com 73%. .m, _ . . uma lanternmha. " N f o
  31. 31. O n- 9 a i ç . n: z e , . . .a O rato corajoso do estábulo foi o mais votado. Será que ele realmente consegue colocar o chapéu no Gato Tom? m_. ,., ... ..~. ~.. .._. ... ... ... ... ... __. .._. ... ... ._. . . u. . w. ... ... ... ..__. ,.. ..__. -~. ... ... ... ... ... ... ... ... ... .__. a ¡ _ ¡OOCJCDCÊCECDCÍJCÍDCD o 1 o . . p. ... ._. _.. ... OOCDCDGÕ - 5 l l . ----_. ... ;.. --. .,-_ . .-__ l Por sorte, o Gato Tom pensou que o chapéu fosse presente de um amigo. Ele ficou se exibindo para o Gato Malvado, mostrando seu novo chapéu.
  32. 32. Diferentes gráficos de barras: Toda vez que ouvem o trim-trim do guizo, os ratos colocam um quadradinho de papel colorido em uma das colunas do gráfico de barras. Assim eles podem descobrir em qual momento do dia precisam tomar mais cuidado. wà-mmnwé' Í Wit** -. _ . ... .»~*“'“' _. _______ ¡ñ________, __. ... ._. ... _.. ... _ Quando é que o trim-trim toca com mais frequência?
  33. 33. Os ratos fizeram uma avaliação ñsica. A altura de cada rato está indicada por tiras de papel colorido. A tira de papel colorido mais comprida representa o rato mais alto. Qual é o mais alto? . _ . s, , _. V>*. ':*ñ O peso de cada rato foi medido com uma mola. O comprimento da mola esticada é representado com uma tira de papel colorido. Qual é o mais pesado? r. ... -.-. _.. uma. .-, »naununwswn g t a r ã 1. í -, .,, .__, ... ... _.. .._. aUAÊ â
  34. 34. Guia para pais e educadores Fugindo das garras do gato conta a história de um grupo de ratos que resolve dar uma lição no Gato Malvado. De que forma os ratos se organizaram para apresentar diferentes opiniões e tomar decisões? Essa história introduz, em etapas, como as diferentes sugestões dos ratos são propostas a todos e depois selecionadas pelo grupo por meio de votações. Na primeira votação realizada, os ratos posicionaram-se em fila na frente da opção escolhida. Ou seja, cada rato representava por si mesmo o seu voto. Na segunda votação, em vez de ficar em fila, cada rato depositou uma castanha na frente do cartaz escolhido. Ou seja, cada castanha representava um rato. Na terceira votação, em vez de utilizar as castanhas, os ratos passaram a desenhar um circulo representando cada voto, e então contaram quantos círculos foram feitos para saber qual das opções foi a mais votada. Os ratos perceberam que votar depositando uma castanha era mais fácil do que ficar em fila, e, depois, que era ainda mais fácil e conveniente desenhar um círculo como simbolo de cada voto. Ao longo da história, é possivel ver e descobrir rapidamente qual é a ideia mais votada pelos ratos em cada etapa. A partir desta demonstração visual, a criança pode entender a relação entre os objetos e suas representações gráficas, construindo também uma base significativa para a compreensão de conceitos de estatistica e probabilidade.
  35. 35. ~' . ›z›n›umu. -u~u a~munu. _, Lendo a 'história É Ao longo da história, o leitor se depara com diferentes sugestões feitas pelos ratos. Eles dizem, por exemplo: "Vamos fazer isso desse jeito. "; "Não, desse outro jeito é melhorl". Discuta com a criança como cada situação poderia ser resolvida. A cada votação, antes de ler o que foi definido pelos ratos, pergunte à criança qual das opções ela acha que teve o maior número de votos. Mesmo que ela sugira algo diferente do resultado apresentado na história, mostre de forma sutil a representação gráfica, dizendo: "Vamos ver o que foi que os ratos decidiram? ". Conforme o texto for lido, a criança começará a perceber a vantagem de conferir os resultados visualmente. Expandindo as possibilidades Mesrno que muitas atividades com gráficos sejam realizadas na escola, é interessante que também sejam praticadas em casa. As crianças encontrarão sempre informações apresentadas em forma de gráficos na televisão, nos jornais, nas propagandas etc. No começo, as crianças terão dificuldades para interpretar certos gráficos. No entanto, olhando para a altura das barras em um gráfico de barras, poderão dizer qual é o item com mais ocorrência. Ao planejar uma atividade em casa, escolha sempre um tema capaz de despertar o interesse da criança. Por exemplo, ao abrir um pacote de balas de diferentes sabores, _ identifique qual é a cor de bala que veio em maior quantidade. *H H' Faça um gráfico para representar o processo de contagem e verificar o resultado.
  36. 36. “arma AVAB-! Mlcfrík ; +5. = ,r. a.¡-. ›i-. _x~; =,: raiik«~ _w »v-. miüuiiurt- -Íkm czalia1ro~ ih 'Êtlalníkl "nana um ãfmxrm oÍk-r ¡fhihlll V* ; pela : lia: 'roxcrílâllll ? suar 9mm» na ¡katia-titan! 'ílilihi dello¡ “taum *uma Til-ahi. .. *Íilllld 'Et-usuiàvzolliiçlr : L 'Inalliunrt A : guri-mr 'Til-ñ' 'ÁIMui-. nuuj ? ousar-inda angry-aii' Iiüçik' 'Iullm *lañuauíflíhxíka il'- ãnvlin* ; um imail: .v na *Íyllalk 5km ? ML taqàiixàqx nu ' ügxáhr aníunanlitêkuík -. ~ . mu. - Etvnw 'hihi-tits -' . .vila-tania , cnu-'iít-üpn» ¡ka Itu) gnu, - e : H-líiiouaw dimunxíkm "r _. run-miar" A instant-Tbm; (hm ñunfzgeiau¡ iram ! num inner: : arqgxujnvhnudh» um 1Íh(_§Íe~l'l'-"h'AlI)-Í' 'Idlülnil' = uIIñi-L' 'mum- , Illllçlílnzrik-r; «Trwfhvnrl-L-»ihx «dia-fit» ÇF-. JJJ ÂF-. JJJ -uLfIar-, nuu (nm-_t-ñk-L- ¡cmkacrrfih-(ur , Íhlf-. J air-Jigsaw , um . rx-. nr @ka íñiiñms- íñ'. lán'iii, .t. .r- , F5,'. ;;ÚJ_(Í1Â; ~ Éljja* lljçf-. jã ? Í > _ . cuiéflum '-4 incitar-Inn _ #inn ik-L# 'ten-. liihrik-xw. ika 'link-Sa a . . «agir-Man ) y j t. ) r Hp l_ lj:

×