Alunas:Maria Eduarda Dal BemMarcelle B. ScheneiderPortuguês – AprendendoresumirProfª. Nilve6º Ano ‘B’
Peixes Exóticos
• Existem muitas raças de peixesexóticos, geralmente são muitoraros. Esses peixes têm umaaparência às vezes um poucoestran...
Peixe-cofre-amarelo• Nome Científico: Ostracion cubicus• Recebe este nome em decorrência de seu corpoencerrado numa caixa ...
Peixe-leão• Nome Científico: Pterois volitans• O peixe-leão é nativo dos oceanos Pacífico e Índico,tornou-se uma ameaça à ...
Peixe flowerhorn• Nome Científico: Amphilophus citrinellus eAmphilophus trimaculatus• Chega atingir 35 cm de comprimento, ...
Peixe Palhaço• Nome Científico: Amphiprion frenatus• O peixe-palhaço é um pequeno peixe marinhoque forma parte da paisagem...
Peixe Vidro Indiano• Nome Científico: Chanda ranga• Ele é originário da Índia e Tailândia, podechegar até 6 cm de comprime...
Peixe-sapo cabeludo• Nome Científico: Antennarius striatus• Os filamentos são partes do animal e sãousados para fins de ca...
FIM
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Peixes exóticos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Peixes exóticos

1.752 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.752
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Peixes exóticos

  1. 1. Alunas:Maria Eduarda Dal BemMarcelle B. ScheneiderPortuguês – AprendendoresumirProfª. Nilve6º Ano ‘B’
  2. 2. Peixes Exóticos
  3. 3. • Existem muitas raças de peixesexóticos, geralmente são muitoraros. Esses peixes têm umaaparência às vezes um poucoestranha, mas no fundo, se olharbem para eles, são até bonitos.
  4. 4. Peixe-cofre-amarelo• Nome Científico: Ostracion cubicus• Recebe este nome em decorrência de seu corpoencerrado numa caixa óssea composta por placashexagonais, e chega a atingir 50 cm decomprimento.• Habitat: águas claras em torno de recifes decorais em profundidades de 3 a 80 m;Hábito: É um peixe solitário: ele envenena a águaonde vive, de modo que pode ser fatal paraoutros peixes;Ocorrência: todo litoral brasileiro
  5. 5. Peixe-leão• Nome Científico: Pterois volitans• O peixe-leão é nativo dos oceanos Pacífico e Índico,tornou-se uma ameaça à biodiversidade marinhada costa da América do Sul.• Como se alimenta de vários peixes menores, causadesequilíbrio no ecossistema e pode, inclusive,gerar a extinção de outras espécies.• Este animal invasor, de cerca de 35 cm, tem umestômago que pode se expandir até 30 vezes ovolume inicial.
  6. 6. Peixe flowerhorn• Nome Científico: Amphilophus citrinellus eAmphilophus trimaculatus• Chega atingir 35 cm de comprimento, sãobastantes agressivos e não recomendáveis paraaquários comunitários. É considerado um dospeixes mais interativos no meio aquarístico,bastante inteligente, costuma comer na mão dodono e acompanhar os seus movimentos.
  7. 7. Peixe Palhaço• Nome Científico: Amphiprion frenatus• O peixe-palhaço é um pequeno peixe marinhoque forma parte da paisagem dos recifes decoral.• O peixe-palhaço vive nos recifes de coral doPacífico. É um peixe que se alimentaparticularmente de gambas e de mexilhões.Segunda as espécies, o peixe-palhaço medeentre 6 a 15 cm de comprimento.
  8. 8. Peixe Vidro Indiano• Nome Científico: Chanda ranga• Ele é originário da Índia e Tailândia, podechegar até 6 cm de comprimento.• É o mais popular entre os peixes vidro, quesão caracterizados por possuírem o corpoquase transparente permitindo a visibilidadede seus órgãos internos.
  9. 9. Peixe-sapo cabeludo• Nome Científico: Antennarius striatus• Os filamentos são partes do animal e sãousados para fins de camuflagem predatorial.• São visto nas águas da Indonésia, mas ospeixes-sapo podem ser vistos em uma vastaregião oceânica. Mais comumente em recifesde corais e águas rasas.
  10. 10. FIM

×