Trabalho de área de projecto

7.604 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.604
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
158
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de área de projecto

  1. 2. I ntrodução <ul><li>• Bem-vindos!Quando pensamos em animais, costumamos imaginar cães, gatos ou exemplares do jardim zoológico. Mas há milhares de incríveis seres marinhos e que são selvagens, fantásticos e maravilhosos. Já te perguntaste alguma vez o que faz um polvo com todos esse braços? A turma do 7ºE vão ajudar-te a encontrar a resposta a essas perguntas e a muitas mais sobre os fascinantes animais aquáticos. Diverte-te! </li></ul>
  2. 3. Animais aquáticos Os animais aquáticos constituem um grupo grande e diversificado. Vão desde espécies pequenas e inofensivas aos gigantes e poderosos das águas. Dentro deste misterioso mundo, encontramos os peixes, crustáceos, mamíferos e moluscos. É como uma viagem a um outro mundo dentro do planeta terra.
  3. 4. F actos sobre os peixes <ul><li>• O que é um peixe? </li></ul><ul><li>O peixe é um animal que vive na água e tem esqueleto. </li></ul><ul><li>O seu sangue é frio, ou seja, tem a mesma temperatura da água em que está submerso. </li></ul><ul><li>A maioria dos peixes tem barbatanas, que os ajudam a nadar, e também escamas, para proteger o seu corpo. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>• Quantos tipos de peixes existem? </li></ul><ul><li>Há cerca de 21 mil tipos de peixes que podem dividir-se em três grandes grupos </li></ul><ul><li>Um pequeno grupo, o das enguias, não tem dentes e tritura a comida com a boca. </li></ul><ul><li>O segundo grupo é muito antigo e não tem um esqueleto formado de ossos, mas de cartilagens. Este grupo inclui os tubarões. </li></ul><ul><li>Ao terceiro dos grandes grupos pertencem aos peixes com espinhas, como a carpa e o atum. </li></ul><ul><li>Os peixes podem parecer muito diferentes uns dos outros e possuir todas as cores que possas imaginar (vermelho, verde, cinzento, amarelo, púrpura, laranja, azul e castanho). Alguns têm riscas, outros são lisos. Variam em medida e na forma, desde finos e alongados a curtos e grossos. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>• Os peixes podem viver fora de água ? </li></ul><ul><li>Alguns podem durante algumas horas, alguns dias e alguns anos! Os perioftalmos saltam para e terra e até se pegam às árvores. Outros têm patas e podem caminhar na terra respirando ar durante poucos dias. Como é que conseguem? </li></ul><ul><li>Dispõem de uma câmara especial nas guelras que o permite. Há peixes que têm guelras e pulmões, pelo que podem passar algum tempo em terra firme. No Verão, os ribeiros onde vivem secam e o peixe com pulmões envolve-se numa bola de barro e fica a dormitar na margem do leito. Pode continuar assim durante meses e mesmo anos, até que volte a chover e o ribeiro recupere o seu caudal! </li></ul><ul><li>Enquanto dorme, o peixe respira ar por um pequeno orifício feito no barro seco. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>• Como é que os peixes podem respirar na água ? </li></ul><ul><li>Os peixes podem respirar na água graças ao desenho especial dos seus corpos. </li></ul><ul><li>Claro que necessitam de respirar oxigénio e o oxigénio encontra-se na terra e na água. </li></ul><ul><li>Os animais de terra têm pulmões com os quais podem absorver o oxigénio do ar, mas não da água. Os peixes não têm pulmões, têm guelras como as quais obtêm o oxigénio da água. </li></ul><ul><li>Quando um peixe respira, entra água na boca, que volta a expulsar por uns orifícios existentes debaixo das guelras, ficando apenas com o oxigénio. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>• Os peixes podem viver em tanques gelados? </li></ul><ul><li>Se o tanque estiver totalmente gelado, claro que naõ, dado que o gelo sólido não pode dar ao peixe o oxigénio que necessita para viver, mas geralmente, quando falamos de tanques gelados, referimo-nos apenas á superfície e debaixo dela o peixe pode viver tranquilamente. </li></ul><ul><li>Pode ficar no fundo, onde a temperatura é mais quente. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>• Os peixes dormem? </li></ul><ul><li>A maioria dorme, mas com os olhos abertos! Não podem fecha-los porque não têm pálpebras. Quando dormem, ficam sobre as costas ou sobre a barriga, no fundo do tanque, rio, oceano ou aquário onde vivem. </li></ul><ul><li>Os que não dormem também descansam, deixando de nadar e ficando quietos num sitio durante algum tempo. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>• O que comem os peixes? </li></ul><ul><li>Como há tantas outras criaturas marinhas à procura de comida, os peixes comem o que podem e encontram. </li></ul><ul><li>Insectos, larvas, outros peixes mais pequenos que eles...Há alguns que até comem as suas próprias crias. Algumas comem plantas. </li></ul>
  10. 11. • Os peixes sentem dor quando ficam presos a um anzol? Podiam sentir uma pequena dor, mas para isso tinham que ter nervos no ponto onde são feridos e esses nervos tinham que mandar essa mensagem de dor para o seu cérebro. Os peixes dispõem de um sistema nervoso muito pobre, pelo que não é provável que sofram. <ul><li>• Um peixe pode emitir sons? </li></ul><ul><li>Alguns, mas poucos. Há um tipo de peixes que produz um som parecido com o coaxar das rãs, que é emitido a partir da sua barriga. O peixe-gato também emite sons, mas só quando o tiram da água. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>• Qual é o peixe mais pequeno? </li></ul><ul><li>O mais pequeno é o peixe pigmeu, que, depois de adulto, mede mais de nove milímetro de comprimento, ou seja, esta linha:—— </li></ul><ul><li>• Qual é o peixe maior? </li></ul><ul><li>O tubarão-baleia pode medir até 18 metros de comprimento e pesar 15 toneladas, mais do dobro de um elefante africano. Felizmente para os outros peixes, só come plancton, uma substância composta por pequenos bocados de matéria viva que flutua no mar. </li></ul>
  12. 13. S upernadadores <ul><li>• Todos os peixes nadam? </li></ul><ul><li>Há um tipo de peixes que não. Caminham na areia do fundo do mar e são conhecidos por peixe-morcego. Vivem em~´aguas salgadas pouco profundas e as suas barbatanas não são realmente barbatanas, mas patas, que o peixe-morcego usa para se deslocar. </li></ul><ul><li>O desenho mostra-nos o seu estranho aspecto: </li></ul>
  13. 14. <ul><li>• A que velocidade é que os peixes podem nadar? </li></ul><ul><li>O mais rápido é o peixe-vela, que pode alcançar até 109 quilómetros por hora. Outros, poucos, chegam aos 45 e 70 quilómetros e os restantes são muito mais lento. Há uma espécie de truta pequena que nada a seis quilómetros por hora, mas qualquer um deles nada mais rapidamente que tu! </li></ul>
  14. 15. <ul><li>• O que é um banco de peixes? </li></ul><ul><li>Um banco de peixes não significa o que parece. Os bancos são grupos de peixes que vivem juntos e assim se protegem melhor do ataque dos seus esfomeados inimigos. Cada banco é constituído por um só tipo de peixes e nunca encontrarás uma pescada e um arenque juntos no mesmo banco. Também não encontrarás peixes bebés num banco de peixes adultos . </li></ul>• Quantos peixes existem num banco? O número pode variar. Podes ter 25 num banco de atuns ou centenas de milhares num banco de sardinhas.
  15. 16. P iranhas e Tubarões <ul><li>• Os tubarões são perigosos? </li></ul><ul><li>A maioria sim, mas não todos. Entre os primeiros, o grande tubarão branco é especialmente perigoso e protagonizou diversos ataques contra seres humanos, sobretudo na Austrália. Os tubarões não têm um esqueleto importante mas possuem umas poderosíssimas mandíbulas e uns dentes muito afiados. Mesmo a pele dos tubarões é perigosa já que está coberta com espinhos que são como pequenos dentes. Pode ficar-se ferido só com o roçar de um tubarão. </li></ul>
  16. 17. <ul><li>• Há algum peixe mais perigoso que o tubarão? </li></ul><ul><li>Algumas pessoas pensam que a piranha é ainda mais perigosa que o tubarão. Apesar de serem de pequeno porte, possuem dentes muito afiados, viajam em bancos de milhares e atacam todas ao mesmo tempo. Em poucos minutos, um banco de piranhas tanto pode comer completamente outro peixe maior, como um animal que tenha caído á água. Só se pode encontrálas numa região:a Amazónia, na América do Sul.b </li></ul>
  17. 18. S erpentes de Mar e Enguias <ul><li>• Existem serpentes de mar? </li></ul><ul><li>Sim, mas não são monstruosas. São simples serpentes que vivem no mar ou peixes em forma de serpente, como queiras. Uma delas é regaleco, que atinge os 7.5 ou9 metros de comprimento e tem espinhas vermelhas e brilhantes no alto da cabeça. O seu aspecto é ameaçador, mas é inofensiva. </li></ul><ul><li>• Que aspecto têm as enguias bebés? </li></ul><ul><li>Não se parecem com os seus pais, assemelham-se a pequenas tiras de cristal. Ao crescer, transformam-se no peixe alongado que conhecemos como enguia. </li></ul>
  18. 19. <ul><li>• As enguias “eléctricas” geram mesmo electricidade? </li></ul><ul><li>Sim, dado que o seu corpo é como a bateria de um carro. Fabrica e armazena electricidade que a enguia pode ligar e desligar. </li></ul><ul><li>Utiliza esse electricidade para caçar e proteger-se de inimigos e a descarga pode ser tão potente que pode atirar um homem contra a parede. Os pequenos animais marinhos ficam estonteados pela descarga e convertem-se numa presa fácil para a enguia. Os cientistas ainda não descobriram como esse estranho peixe pode produzir energia. </li></ul><ul><li>A lgumas enguias podem gerar 8000 voltas, ou seja, electricidade suficiente para acender 12 lâmpadas de 60 watts! </li></ul>
  19. 20. P eixes voadores, carpas, cavalos-marinhos e sereias <ul><li>• O peixe voador voa mesmo? </li></ul><ul><li>Não, o peixe voador não voa. Na verdade, plana no ar; para voar, agitaria as suas barbatanas como se fossem as assas de um pássaro, coisa que não faz. Limita-se a propulsioná-las e saltar por cima da água a grande velocidade, tentando escapar dos seus inimigos que geralmente são os golfinhos. Quando um peixe voador quer planar, começa por nadar à tona da água e a grande velocidade, assomando a cabecinha para o exterior. Depois dá um grande salto e vai à superfície. Pode planar no ar até 100 metros seguidos. </li></ul>
  20. 21. <ul><li>• Quanto tempo pode viver a carpa? </li></ul><ul><li>Sabe-se de uma que viveu 40 anos, mas a maioria não passa dos 17. As que vivem nos aquários não vivem tanto tempo e nem as que se encontram em lugares contaminados. </li></ul><ul><li>N UM TANQUE, UMA CARPADOURADA PODE CRESCER ATÉ ALCANÇAR A MEDIDA DOS TEUS BRAÇOS! </li></ul>
  21. 22. <ul><li>• O cavalo-marinho é um peixe? </li></ul><ul><li>É, embora não pareça. A não ser pela sua cabeça, também não pareceria um cabalo, verdade seja dita. Além disso, não se move como os outros peixes, desloca-se em pé, como a cauda apontando para baixo. Uma única barbatana dorsal, como os seus movimentos rápidos, impulsiona-o para a frente. </li></ul>
  22. 23. O maravilhoso polvo <ul><li>• O polvo é um peixe? </li></ul><ul><li>Não. O polvo vive no mar, mas está mais relacionado com os moluscos e outros crustáceos do que com os peixes. </li></ul><ul><li>• O QUE FAZ UM POLVO </li></ul><ul><li>COM OS SEUS OITO </li></ul><ul><li>BRAÇOS? </li></ul><ul><li>Um polvo usa os seus oito braços </li></ul><ul><li>para caçar caranguejos, retirando-os da </li></ul><ul><li>sua concha. </li></ul>
  23. 24. M ais maravilhas sem espinhas <ul><li>• O que é uma estrela-do-mar? </li></ul><ul><li>A estrela-do-mar é uma criatura marinha em forma de estrela. Geralmente têm cinco patas e podem ser de cores incríveis (vermelho, azul ou cor-de-rosa). Se cortares uma estrela-do-mar aos bocados, cada bocado converte-se num novo animal. </li></ul>
  24. 25. <ul><li>F I M </li></ul><ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Carlos T. nº2 7ºE </li></ul><ul><li>Manuel nº7 7ºE </li></ul><ul><li>Vítor nº24 7ºE </li></ul>

×