THE TRUMAN SHOW <br />“A vida em directo”<br />
Qual o significado do título?<br /> o show é Truman – sem ele, não haveria programa;<br /> é um reality-show, que mostra a...
Filme realizado numa época em que os media eram alvo de toda a crítica<br />Os media controlam toda a informação  e chegam...
As personagens<br />
Truman Burbank<br />Truman Burbank (Carrey) vive em Seahaven, um verdadeiro paraíso terrestre onde as pessoas parecem coex...
Christof<br /><ul><li>Qual é o seu “papel”?
O criador (Deus?...)
Truman é a criatura?
Truman olha para a lua à noite - a natureza ou Deus -, não sabendo que o seu olhar se dirige para Christof (um nome nada s...
Meryl Burbank/Hannah Gill<br />Meryl é uma simples marioneta da empresa: não sabe porque faz o que faz, mas faz na mesma.<...
Marlon<br />Marlon, o “amigo de Truman” que faz por cumprir ordens, compreende a vontade de fugir de Truman, mas obedece s...
Lauren/Sylvia<br />Sylvia, a mulher dos sonhos de Truman, é a única que tenta impedir que a “exploração” de Truman continu...
Mãe de Truman / Angela<br />
A sua vida é representada em palco, exibida num programa “non-stop” que deixa as audiências se deleitarem com um pouco de ...
Quando Truman sai do cenário, demonstra uma postura crítica perante o mundo que o rodeia, liberta-se desse mundo  composto...
No entanto,<br />Quando Truman sai do cenário, este demonstra uma postura crítica perante aquele mundo, liberta-se dele e ...
O argumento de AndrewNicol não se baseia, obviamente, no factor surpresa, antes no desenvolvimento do personagem de Truman...
A essência do filme é a conspiração. O medo que todos temos de estarmos sendo observados o tempo todo. Mas também traz a v...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Analisando a "Vida em Directo"

1.666 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.666
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Analisando a "Vida em Directo"

  1. 1.
  2. 2. THE TRUMAN SHOW <br />“A vida em directo”<br />
  3. 3. Qual o significado do título?<br /> o show é Truman – sem ele, não haveria programa;<br /> é um reality-show, que mostra a vida de pessoas “reais”;<br /> “febre” do directo: o que é “em directo” é real?<br />
  4. 4. Filme realizado numa época em que os media eram alvo de toda a crítica<br />Os media controlam toda a informação e chegam a questionar-se a si próprios<br />Filme realizado para questionar a forma como os media e, em especial, a TV manipulam a opinião pública, criam ficção e mascaram certos factos<br />Para tal, o filme mostra-nos um personagem – Truman Burbank - que vive num mundo de ficção, uma invenção dos media<br />Truman, e unicamente ele, não tem ideia de que se encontra num gigante estúdio de TV, à medida que o resto da humanidade o observa<br />
  5. 5. As personagens<br />
  6. 6. Truman Burbank<br />Truman Burbank (Carrey) vive em Seahaven, um verdadeiro paraíso terrestre onde as pessoas parecem coexistir no meio da utópica alegria de uma série de TV dos anos 50. Ele é casado com Meryl (Linney), mas o seu casamento não é dos mais felizes. Truman começa a aperceber-se que as aparências iludem, e que o ambiente onde vive é meticulosamente controlado, pois o paraíso é apenas um gigantesco e sofisticado cenário de um programa de televisão, criado e desenvolvido por um homem chamado Christof (Harris). <br />
  7. 7. Christof<br /><ul><li>Qual é o seu “papel”?
  8. 8. O criador (Deus?...)
  9. 9. Truman é a criatura?
  10. 10. Truman olha para a lua à noite - a natureza ou Deus -, não sabendo que o seu olhar se dirige para Christof (um nome nada subtil). A religião das pessoas "reais" é a televisão (uma idosa poderia ter uma almofada com a cara do Papa, mas não pode entreter-se a seguir a sua vida em directo). O mundo das aparências e o desejo de compreender e alcançar o que está mais além, sempre foi um grande ensejo dos filósofos. A própria natureza humana é posta à prova. Truman é "programado" para não deixar a ilha em que vive, e, consequentemente, deseja conhecer o que está no outro lado do mundo, tal como Fernão de Magalhães</li></li></ul><li>Burbank<br />Um verdadeiro paraíso terrestre onde as pessoas parecem coexistir no meio da utópica alegria de uma série de TV dos anos 50. <br />Truman começa a aperceber-se que as aparências iludem, e que o ambiente onde vive é meticulosamente controlado, pois o paraíso é apenas um gigantesco e sofisticado cenário de um programa de televisão, criado e desenvolvido por um homem.<br />
  11. 11. Meryl Burbank/Hannah Gill<br />Meryl é uma simples marioneta da empresa: não sabe porque faz o que faz, mas faz na mesma.<br />Não é dotada de qualquer espírito crítico ou vontade própria…<br />
  12. 12. Marlon<br />Marlon, o “amigo de Truman” que faz por cumprir ordens, compreende a vontade de fugir de Truman, mas obedece sempre à empresa.<br />Faz-se acompanhar de um “six-pack of beer”.<br />
  13. 13. Lauren/Sylvia<br />Sylvia, a mulher dos sonhos de Truman, é a única que tenta impedir que a “exploração” de Truman continue a acontecer.<br />
  14. 14. Mãe de Truman / Angela<br />
  15. 15. A sua vida é representada em palco, exibida num programa “non-stop” que deixa as audiências se deleitarem com um pouco de pathos (sofrimento) e alguma emoção os quais se tornam viciantes<br />A audiência, no filme, congratula-se com a felicidade e a tristeza de Truman, tal como nós nos identificamos com ele, vivenciamos os seus dramas, sofremos, gostamos, odiamos,…<br /><ul><li>Enquanto isso, o produtor-realizador ganha milhões, fazendo-se passar por “Deus” na vida de Truman
  16. 16. Quando Truman sai do cenário, demonstra uma postura crítica perante o mundo que o rodeia, liberta-se desse mundo composto meramente por actores que vivenciam situações numa cidade circunscrita por uma plataforma de alta tecnologia, onde o sol e a chuva são meros efeitos especiais</li></li></ul><li>Assim, este filme resulta numa metáfora com várias interpretações possíveis:<br />Truman vive num mundo ficcionado pelos media, tal como nós que aceitamos o que os media e, em especial, a TV, nos oferecem;<br />O seu receio em abandonar aquele mundo é idêntico à nossa passividade perante os programas aos quais assistimos que nos induzem ao divertimento, ao entretenimento, longe dos problemas do quotidiano<br />
  17. 17. No entanto,<br />Quando Truman sai do cenário, este demonstra uma postura crítica perante aquele mundo, liberta-se dele e analisa criticamente a atitude do produtor-realizador<br />Esta deverá ser a nossa postura perante os media<br />Devemos criar uma postura crítica, assumindo um distanciamento entre aquilo a que estamos expostos e a imagem do mundo que nos é dada<br />Neste filme, também nós, espectadores, somos analisados como vilões, vítimas e heróis, à semelhança do agente de seguros Truman Burbank.<br />
  18. 18. O argumento de AndrewNicol não se baseia, obviamente, no factor surpresa, antes no desenvolvimento do personagem de Truman (afinal é o seu "show"), as suas reacções perante a gradual descoberta da situação e os seus desejos de fugir ao mundo em que vive. No comum dos mortais, o escapismo às vezes consiste em submergir-se em raios catódicos; no caso de Truman essa manifestação é mais literal, e inversa: o desejo de sair da televisão para o mundo.<br />A essência do filme é a conspiração. O medo que todos temos de estarmos sendo observados o tempo todo. Mas também traz a vontade que qualquer humano tem de ser o centro das atenções pelo menos uma vez na vida (a tal história dos 15 minutos de fama).<br />
  19. 19. A essência do filme é a conspiração. O medo que todos temos de estarmos sendo observados o tempo todo. Mas também traz a vontade que qualquer humano tem de ser o centro das atenções pelo menos uma vez na vida (a tal da história dos 15 minutos de fama).<br />
  20. 20.
  21. 21.
  22. 22. Trabalho de grupo (a escrever no Moodle)<br /><ul><li> grupos de 3 alunos
  23. 23. reflexão em grupo sobre o filme</li></ul>Temas para reflexão:<br />o filmecentra-se naevolução das suspeitas e reacções de Truman; <br />vemostelevisãoparafugir à nossarealidade, parafugiraomundo; Truman querfugirdatelevisão e irpara o mundo…<br />Até que ponto um ser humano (ou uma empresa) pode ter poder sobre a vida de outra pessoa? <br />Até que ponto o ser humano é livre para escolher seu destino? <br />Quando estamos com outras pessoas somos nós mesmos ou passamos a vida toda representando alguém que gostaríamos ser? <br />Qual a atitude dos telespectadores assim que o programa acabou?<br />Como é que a publicidade nos média interfere na vida das pessoas? <br />reflectir sobre as semelhanças/diferenças com programas como o BigBrother ou SecretStory.<br />E, no caso de nãovosvoltar a ver: bomdia, boa tarde e boa noite.<br />

×