PERGAMINHO CIENTÍFICO Nº 4

1.848 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.848
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.391
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PERGAMINHO CIENTÍFICO Nº 4

  1. 1. Se CRÉDITO: MARIANA SEBASTIÃO EDIÇÃO ESPECIAL PARA O 3º ENCONTRO DE JOVENS CIENTISTAS DA BAHIA 30 DE NOVEMBRO DE 2012 • Nº 4 • SALVADOR/BA m Entrevista com - Roberto Santos ros Pág. 3 ta e INSPIRAÇÃO, TÉRMINOS E RECOMEÇOS: dica: INICIAÇÃO CIENTÍFICA ABRE NOVOS HORIZONTES PARA JUVENTUDE Chegou o último dia do 3º Encontro de CRÉDITO: DIVULGAÇÃO Jovens Cientistas da Bahia (3º EJCB) e, como planejado, o evento reuniu mais de 190 estudantes oriundos de instituições públicas e privadas do Estado. “Os jovens cientistas tiveram a chance de expor os seus trabalhosHIA para outros colegas sob a forma de apresenta- tro ções orais, experimentos e jogos, promovendo uma interação fundamental na troca de Lira, coordenadora do 3º EJCB. “Espero que este evento abra novos horizontes para estes Reunidos na Faculdade de Medicina da Bahia, palestrantes, alunos e professores estudantes e que os mesmos possam opção de vida”, completa. tem cérebro e que somos capazes de Rural Rolf Weinberg, localizada em Mata de Aberto com chave de ouro pelo ciclo de produzir”, concluiu. São João. conferências “O Ser Humano da Ciência”, o A presença do astronauta brasileiro Marcos O Encontro de Jovens Cientistas da Bahia Encontro apresentou aos jovens cientistas o Pontes foi um marco no primeiro dia do médico e diretor da Fiocruz Bahia, Mitermayer evento. Ele trouxe em sua palestra palavras de conferência do médico Roberto Santos, Galvão dos Reis. O “Dr. Miter”, como é grande motivação para os jovens por meio da presidente da Academia de Ciências da Bahia, conhecido, contou a sua experiência de vida e sua experiência: “Tudo é possível se você e com as premiações dos concursos de vídeo, bel narrou com muito bom humor as suas estudar, trabalhar, persistir e fazer além daquilo que esperam de você”, aconselhou. próxima edição do evento já estão à vista: um cientista. “Já trabalhei em uma pedreira As palestras do paleontólogo Alexander “Atualmente ele é um evento bianual, mas a numa cidade chamada Coaraci. Em Salvador, Kellner e do velejador baiano Aleixo Belov nossa meta é que ele aconteça todo ano”, .br. morei em Pau da Lima e trabalhei como boy apresentaram um mundo de possibilidades à em um escritório antes de passar no vestibular juventude participante do evento, que estava de medicina na Escola Bahiana”, disse. O ansiosa para que as suas apresentações Para saber tudo que rolou no 3º Encontro pesquisador incentivou ainda a prática da também fossem bem feitas e elogiadas: de Jovens Cientistas acesse: “Espero que o pessoal goste da apresentação jovenscientistasdabahia.wordpress.com ressaltou os benefícios desta atividade. Acesse também as nossas redes sociais! “Precisamos mostrar que somos um país que Raimundo dos Santos, estudante da Escola
  2. 2. Editorial QUE TIPO DE JOVEM Neste último dia de evento, teremos o desfecho de toda CIENTISTA VOCÊ É?programação elaborada para o 3º Encontro de Jovens Cientistas CRÉDITO: MARIANA ALCÂNTARAda Bahia. Além das apresentações orais em Vida de JovemCientista, destaco, no dia de hoje, a palestra do professorpresidente da Academia Baiana de Ciências, e o WorkshopNegócios Sociais, dois grandes convites que os faço! Em O SerHumano da Ciência, o professor Roberto Santos discursará sobrea ciência na Bahia, uma oportunidade ímpar de conhecer ahistória da ciência em nosso Estado, igualmente interessante eimportante é o Workshop Negócios Sociais promovido pelaArtemisia Brasil. Trata-se de uma oportunidade de aprendercomo ser um empreendedor e solucionar problemas sociais.passa a fazer parte do calendário de estudantes e professorestodos que se empenharam para a realização deste congresso,especialmente, ao comparecimento de todos os estudantes dasmais diversas instituições de ensino que ao longo desta semana Conheça Luana Caldas, do Colégio Estadual Alfredo Magalhães. Ela apresentará o experi-apresentaram seus projetos de forma brilhante. Daqui a um ano, quando da realização do 4º EJCB, espero que mento “Em Busca dos Minerais das Rochas”, além de participar do concurso de vídeonos encontremos, com o objetivo de fortalecermos a educação Olá! Meu nome é Luana de Almeida Caldas Rochas”, no qual demonstrei a formação das Novamente, obrigado a todos! estou com 13 anos, curso o 8º ano do ensino estalactites e estalagmites. Nas pesquisas fundamental e já faço parte da Iniciação adaptei o conteúdo dos livros de forma que Ciências do Colégio Estadual Alfredo possamos utilizar material reciclado comoJorge Lúcio Rodrigues das Dores Magalhães há três anos. Durante este período barbante e potes de maionese de vidro.Comissão Organizadora do 3º Encontro de Jovens Cientistas da Bahia participei apresentando os trabalhos que Desenvolvi essa pesquisa por que gosto de desenvolvi em diversos eventos e instituições trabalhar com rochas, por ser interessante aGRANDE ANGULAR na capital e no interior, além de outros maneira como elas são formadas e porqueVencedora do concurso de fotografia estados, como: SBPC Jovem, FEMMIC, 2ª este assunto engloba conhecimentos sobreé Sarah Ornellas, do Colégio Anchieta! Encontro Jovens Cientistas, Semana de solo, minerais, dentre outros. No decorrer Biologia na Ufba, dentre outros. Apresentei o da pesquisa percebi que o meu interesse experimento chamado “Desvendando realmente era em Perícia, área de Geologia. DR. BERINJELA EXPLICA! QUANDO UM ATO VIRA CRIME NA INTERNET? estão previstos no Código Penal (CP). Por Lei que prescreve a proteção de dados pessoais exemplo: o crime de furto está enquadrado dos usuários da net, ou seja, as empresas não do art. 155 do CP, “furtar para si ou para devem usar os cadastros com dados de seus outrem, coisa alheia móvel”, independente do clientes para uso indevido (fornecer, ou até "Acredito que a ciência é exatamente a percepção do que meio que o agente criminoso utilize para vender, os dados pessoais dos clientes, tais comonos parece passageiro e comum. É a busca pelo entendimen- concretizar o crime. Então, um internauta que CPF, estado civil, etc.) para outras empresas, nemto de fenômenos que nos pareciam tão costumeiros que já consiga tirar “coisa móvel” (dinheiro, por vasculhar a vida dos clientes, utilizando dadosnão nos chamavam a atenção. E foi assim que eu percebi que exemplo) de outra pessoa utilizando a net é pessoais. O CP também prevê o crime de ofensao amadurecimento de uma simples maçã, processo que vejo tão criminoso quanto aquele tradicional e o Código Civil prescreve que “todo aquele que ladrão que furta os outros na rua. Já ocorreu, causar dano a outrem, tem o dever reparar∕diferentes. O que eu antes via como somente a mudança de por exemplo, em diversas partes do mundo, indenizar”. Assim, também, todo usuário da netcores de uma fruta (o que já me encantava), hoje, entendo de crackers conseguirem invadir o sistema deve ter cuidado, pois as ofensas e os danosque envolve vários fenômenos químicos e determinadas informático de determinado banco e morais também são crimes e podem obrigar acondições de temperatura. Entendo que a ciência se forma pessoa indenizar o prejudicado, além dedesse jeito, a partir da observação de algo rotineiro, até a para suas contas ou para contas de terceiros, responder processo criminal.formação de uma hipótese, como fez Isaac Newton ao o que caracteriza o crime de furto, com o usoformular o conceito da "gravitação universal" a partir da na internet. Há outras leis esparsas (separadas Luís Cláudio Madeira é Advogado,queda de, quem diria, uma maçã!" do CP), inclusive, algumas recentemente Professor Universitário, Mestre emSARAH ORNELLAS, 15 ANOS aprovadas, que preveem certos atos, Direito (UFBA) e Doutorando em Direito praticados com o uso da net, como crimino- pela Universidade de Lisboa TEL.: (71) 3283-6564. E-MAIL: imprensajovenscientistas@gmail.com. BLOG: jovenscientistasdabahia.wordpress.com FOTO CAPA: bahiaeconomica.com.br. COMISSÃO ORGANIZADORA: Rejâne Maria Lira-da-Silva (Coordenadora); Rosely Cristina Lira da Silva; Josefa Rosimere Lira da Silva; Jorge Lúcio Rodrigues das Dores; Yukari Figueroa Mise; Bárbara Rosemar Nascimento Araújo; Maria Dulcinéia Sales dos Santos. ASSESSORIA DO EVENTO: Anne Evelyn Cerqueira Gomes. ASSESSORIA DE WEBDESIGN: Mariana Alcântara – Jornalista (DRT BA 2962) e Mariana Sebastião – Jornalista (DRT BA 4260). IDENTIDADE VISUAL: David Marques. PROJETO GRÁFICO/PAGINAÇÃO: Thais Mota e Daniel Pita. 2
  3. 3. A VOZ DA EXPERIÊNCIA CRÉDITO: MARIANA ALCÂNTARAAos 86 anos, o presidente da Academia de Ciências da Bahia, RobertoSantos, incentiva a prática da pesquisa científica pelas novas geraçõesO entrevistado de hoje para o Pergaminhoformado em Medicina pela UniversidadeFederal da Bahia em 1949 e que, em 1951, Entendemos que o ensino detornou-se professor desta instituição, seguindo ciências na Bahia e no Brasilos mesmos passos do seu pai, Edgar Santos. Oprofessor Roberto Santos nasceu em 15 de ainda está deixando a desejar. Osetembro de 1926 e foi secretário estadual de ensino precisa ser ativo e intera-saúde, reitor da UFBA de 67 a 71, governador daBahia de 75 a 79, ministro da saúde de 86 a 87, tivo e o estudante precisa deba-deputado federal de 95 a 99. Dentre estas ter, discutir e criticar ideiasinúmeras atividades desenvolvidas, é possível ROBERTO SANTOSdestacar ainda a presidência no Conselho MÉDICOTecnológico (CNPq) entre 85 e 86, além dafundação e presidência da Academia de a atenção destes jovens e fazer com que elesCiências da Bahia desempenhada até os dias se interessem pelas carreiras científicas?atuais. É membro honorário da Academia Essa é uma das preocupações principais daNacional de Medicina, membro titular da nossa Academia de Ciências da Bahia. Entende-Academia de Letras da Bahia, da Academia mos que o ensino das ciências na Bahia e noBaiana de Educação e da Academia de Medicina Brasil ainda está deixando muito a desejar.da Bahia. Tem mais de 40 trabalhos publicados, Pretendemos que esse ensino se torne muito para fazer o trabalho de tornar os seusentre eles: “Educação Médica nos Trópicos”, “O ativo e interativo e que o estudante baiano alunos cada vez mais críticos?Ensino Médico no Brasil” e “A Pesquisa Médica tenha condição não só de ouvir o que é O trabalho da Academia é somente o começo.no Brasil”. Durante a sua carreira acadêmica, transmitido pelos professores, pelos livros ou Para isso, nós temos realizado palestras queestudou em diferentes universidades dos pelos meios de comunicação modernos, mas envolvem aspectos representativos disso que seEstados Unidos e Inglaterra, especializando-se também levantar questões, debater, discutir, está pretendendo. Por exemplo, uma das coisasem Clínica Médica, Medicina Experimental, criticar o que está sendo apresentado a ele, e que nós estamos examinando como fazer sãodoutorado em Medicina e Saúde e que nessa troca de ideias entre os professores e formas avançadas de divulgação da ciência.pós-doutorado em Nefrologia. os alunos surjam temas, assuntos, Pretendemos medir a percepção da ciência pela perguntas que o estudante queira buscar população, fazer enquetes junto a alunos de meios de responder. várias séries e cursos e junto ao público geral, Conte-nos um pouco sobre a sua história de tanto nas grandes cidades quanto no interior,vida e como o senhor se interessou pela ciência. Como tornar estes estudantes cada vez para saber a percepção que o público baianoTenho uma longa história, pois tenho tido uma mais críticos? tem das ciências.atividade muito intensa ao longo de muitas O professor tem que estar preparado pra isso.décadas. Estou agora com 86 anos, Na verdade, o que se pretende é estabelecer o Nem todos os pesquisadores universitáriosjá tenho 62 anos de formado em medicina, debate. O mais importante não é só absorver estão interessados em trabalhar com alunose durante todo esse tempo tenho trabalhado essas informações que são transmitidas pelos de iniciação científica júnior, voltando os seus professores, livros, meios de comunicação etc, e olhos apenas para a pós-graduação. Como sim saber como usá-las, como criticar, como mudar essa cultura dentro das universidades? Qual será o tema da sua conferência debater. É isso que nós estamos pretendendo Acho que para isso um dos instrumentos, umdurante o 3º Encontro de Jovens Cientistas da que a Academia de Ciências da Bahia participe, dos fatores, são realmente reuniões como estaBahia? que vocês estão fazendo. Acho que elas têm umA minha ideia é falar em termos de estímulo da papel importantíssimo para que os atores dejuventude para que se dediquem, além de O senhor acredita que a realização desse evento todo esse processo se sintam estimulados, emcumprir as obrigações curriculares, reserve que vai reunir centenas de estudantes baianos regime de competição. É bom que elesalgum tempo, alguma energia, para conseguir para os corredores da histórica Faculdade de comparem com outros que estão fazendo ameios e recursos para realizar algum trabalho Medicina tem grande representação? mesma coisa, que estão tendo mais ou menosde pesquisa. Isso está cada vez mais difundido Este é um local histórico. O primeiro colégio dos sucesso. Então, reuniões desse tipo são extre- jesuítas se implantou aqui. Aqui, você ainda mamente importantes. Não é o único, mas se-estudante e quando reitor, que foi exatamente encontra os alicerces daqueles antigos prédios guramente é um dos instrumentos importantespromover as primeiras reuniões de pesquisas que fazem parte da história do ensino na Bahia. para aferirmos como estão realizando as coisas.feitas por estudantes. muito grande, continua sediando muitas coisas leia e ouça a entrevista na íntegra em: Estão inscritos no evento muitos estudantes que são ainda de interesse da formação do jovenscientistasdabahia.wordpress.comoriundos de escolas públicas de Salvador, pessoal da área da saúde.muitos deles com pouca intimidade com omundo da ciência. Para o senhor, quais Como a Academia de Ciências da Bahia temestratégias a escola pode utilizar para atrair trabalhado para preparar os professores 3
  4. 4. JOVENSdoREPÓRTERES CIENTÍFICOS A ciência na telinha celular: como produzir vídeos científicos estimulando a criatividade CRÉDITO: MARIANA SEBASTIÃO CRÉDITO: MANU DIAS | SECOM BA As oficinas de vídeo do Projeto Jovens Repórteres Científicos com estudantes de escolas públicas já produziram mais de cem vídeos com celulares. Todo material está disponível no canal do YouTube ‘Educombahia’ De vídeos feitos com celulares a devido à coleta escassa do lixo. Isto para que uma imagem produzida pode fazer toda a edição do seu internet já está lotada. Briga de colégio, vídeo no Windows Live Movie piadas engraçadas, gravações de perspectiva menor dentro daquele telinha é de três segundos! Se você Maker, em qualquer versão. Caso espetáculos e tantos outros. Mas pode assunto enorme que eu escolhi alongar demais a imagem, o vídeo você utilize um software livre, um acreditar: ainda tem espaço para outras exemplo de editor de vídeo interessante é o Kino. Ambos os diretor e produtor especial: você! A PESQUISA TEMÁTICA E ELABO- ORGANIZAÇÃO DO MATERIAL programas são ideais para quem ideia é aproveitar as funcionalidades de RAÇÃO DO ROTEIRO COLETADO E EDIÇÃO DO VÍDEO tem pouca ou nenhuma experiên- qualquer celular que possua uma 1º) Fazer uma pesquisa sobre o Depois de ter recolhido todo o cia com edição de vídeos. Existe câmera e um gravador de voz e tema. Procurar informações material para o seu vídeo, é uma grande quantidade de outros produzir minivídeos, de um a dois necessário organizar tudo o que editores de vídeo gratuitos que minutos, com assuntos de ciências. As quaisquer outros materiais que você tem. Pegue um papel, uma você pode utilizar. próximas linhas foram escritas especial- possam lhe ajudar na produção caneta e o seu celular, e comece a do seu vídeo; anotar o nome de cada uma das DIVULGAÇÃO criatividade e utilizar a sua tecnologia 2º) Produzir o texto do roteiro. Não suas imagens em movimento ou Editado seu vídeo, é a hora da esqueça de incluir no texto fotos e escrever o que tem em divulgação! Cadastre uma conta Por onde começar? O primeiro passo é informações importantes do ponto cada uma delas. Essa organização no YouTube, carregue o seu curta e muito, muito fácil: encontrar um vai te ajudar a escolher as utilize suas redes sociais. Uma dica: assunto que seja interessante para de um minuto, você pode escrever melhores imagens produzidas alguns sites promovem concurso você. Feito isso, o ideal é escolher dez linhas de uma folha de caderno, para compor o seu vídeo na hora de vídeos de um minuto, com dentro desse assunto, uma perspectiva quantidade certinha para a narração da edição. Essa técnica é chamada temas diversos. Um deles é o menor. Por exemplo: vamos supor que do seu vídeo durar 60 segundos; de decupagem nas grandes Festival do Minuto, cujo site é escolhi o tema Lixo. Mas este tema é 3º) Com o texto do roteiro emissoras de televisão. Depois www.festivaldominuto.com.br. imenso. Então, o que faço? Escolho falar prontinho, é hora de casar texto e disso, hora de editar o seu material! Já pensou em ser premiado por dos problemas que o meu bairro sofre imagem. Atenção: o tempo ideal Se você usa o sistema Windows, uma produção inteiramente sua? WORKSHOP SOBRE NEGÓCIOS SOCIAIS É NOVIDADE NO 3º ENCONTRO DE JOVENS CIENTISTAS DA BAHIA último dia de evento (30/11), na sua periferia, mas sim no centroCRÉDITO: MARIANA SEBASTIÃO pretende mostrar de forma teórica e prática o conceito de negócios Segundo as duas embaixadoras sociais, dando a oportunidade aos baianas, existem vários casos de participantes de conhecer mais o negócios sociais no Brasil. Em campo e promover atividades Salvador, alguns casos que se enquadram no setor foram As embaixadoras do Movimento Choice na Bahia, Ticiana Figuei- Dossier Digital, o Instituto de rêdo e Naraiana Costa, explicam Co-Responsabilidade para que negócios sociais, ou “setor 2.5”, Educação e Saúde (INCORES), o são empresas que oferecem Cajazeiras Card e o Caja Taxi. soluções para problemas sociais HISTÓRICO – O conceito “negó- Os participantes do workshop terão a oportunidade de debater sobre problemas por meio de sua atividade cios sociais” surgiu nos anos 1970, principal, utilizando mecanismos em Bangladesh, a partir do sociais e propor soluções para os mesmos por meio de um negócio inovador de mercado e gerando impacto Grameen Bank, de Mohammed Os participantes do 3º Encontro de parceria entre o Movimento Choice, positivo nas classes C, D e E. Yunus, ganhador do Prêmio Nobel Jovens Cientistas da Bahia terão a que reúne estudantes universitá- “Os negócios sociais se diferen- da Paz. No Brasil, o setor vem se oportunidade de participar de uma rios engajados em negócios sociais ciam das práticas de Responsabili- estabelecendo aos poucos. Para atividade inovadora. Trata-se do do Brasil, com a Artemisia. dade Social Corporativa, pois o saber mais sobre o Movimento Workshop Negócios Sociais, uma O Workshop, que ocorrerá neste desenvolvimento social não está Choice acesse www.choice.org.br. REALIZAÇÃO PATROCÍNIO APOIO PARCEIROS Colégio Estadual Thales de Azevedo • Colégio Estadual Alfredo Magalhães • Escola Municipal Lot. Santa Júlia • CEP- Nilton Sucupira 4

×