JORNAL SEGUNDA QUIZENA DE JUNHO

1.132 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.132
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
860
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

JORNAL SEGUNDA QUIZENA DE JUNHO

  1. 1. CMAwww.jornaltribunapopularonline.comShopping Fonte das Thermas, sala 213 Centro - Caldas Novas/GO (64) 3454-4999Junho/Julho 2013Denúncias e sugestões: jornaltribunapopularcn@gmail.comSAÚDESAÚDESaiba mais sobre aorigem da Festa JuninaMERCÊSGOSPELMAGALNATUREZA
  2. 2. A origem da Festa Junina no Brasil e suas influênciasJunho é o mês de SãoJoão, Santo Antônio e SãoPedro. Por isso, as festasque acontecem em todo omês de junho são chamadasde “Festa Joanina”, espe-cialmente em homenagem aSão João. O nome joaninateve origem, segundo algunshistoriadores, nos paíseseuropeus católicos no sé-culo IV. Quando chegou aoBrasil foi modificado parajunina. Trazida pelos portu-gueses, logo foi incorporadaaos costumes dos povos in-dígenas e negros. A influ-ência brasileira na tradiçãoda festa pode ser percebidana alimentação, quando fo-ram introduzidos o aipim(mandioca), milho, jenipa-po, o leite de coco e tambémnos costumes, como o forró,o boi-bumbá, a quadrilha eo tambor-de-crioula. Masnão foi somente a influênciabrasileira que permaneceunas comemorações juninas.Os franceses, por exemplo,acrescentaram à quadrilha,passos e marcações inspi-rados na dança da nobrezaeuropéia. Já os fogos deartifício, que tanto embele-zam a festa, foram trazidospelos chineses. A dança-de-fitas, bastante comum nosul do Brasil, é originária dePortugal e da Espanha.Para os católicos, afogueira, que é maior sím-bolo das comemoraçõesjuninas, tem suas raízes emum trato feito pelas primasIsabel e Maria. Para avisarMaria sobre o nascimentode São João Batista e as-sim ter seu auxílio após oparto, Isabel acendeu umafogueira sobre o monte.No Nordeste do país, exis-te uma tradição que mandaque os festeiros visitem emgrupos todas as casas ondesejam bem-vindos levandoalegria. Os donos das casas,em contrapartida, mantêmuma mesa farta de bebidas ecomidas típicas para serviros grupos. Os festeiros acre-ditam que o costume é umamaneira de integrar as pes-soas da cidade. Essa tradi-ção tem sido substituída poruma grande festa que reúnetoda a comunidade em vol-ta dos palcos onde prevale-cem os estilos tradicionaise mecânicos do forró. EmCaldas Novas durante todomês, haverá programaçõesdiversificadas em diversoslocais, garantindo a tradi-ção, com danças, fogueirase comidas típicas. Partici-pem!
  3. 3. Dia Mundial de Combate a Drogas é marcado por palestrasO Dia Municipal deCombate as Drogas em Ipa-meri, foi marcado por pales-tras realizadas no AuditórioOedi Silva , com o objetivode alertar a sociedade dosmalefícios das drogas líci-tas e ilícitas.Participaramdo evento, a Prefeita Danie-la Carneiro, o Vice PrefeitoDr. Carlos Roberto de Fariae Souza o Secretário Muni-cipal de Saúde, Fauze Ab-dala da Silva dentre outrosconvidados. O Dia Munici-pal de Combate as Drogas,foi instituído em Ipameri,este ano, através de um pro-jeto de lei no. 2917, de au-toria do Vereador Presiden-te da Câmara Municipal deIpameri Walter Silgail quefoi aprovado pela câmarae sancionado pela PrefeitaDaniela. Segundo o autor doprojeto o objetivo é buscaralertar a população, prin-cipalmente os mais jovenssobre os malefícios que asdrogas provocam. O Dire-tor do CAPS, o EnfermeiroHumberto Ferreira, disseque o órgão tem sido soli-citado frequentemente porfamílias em busca de aten-dimento e que graças aosuporte dado pela PrefeitaDaniela com a contrataçãode dois médicos psiquia-trias, psicólogos, enfermei-ros, e o pessoal de apoioestá sendo possível realizarum atendimento com a de-vida atenção que o assuntomerece, Humberto concluiusuas palavras afirmando quesomente no mês de maio,foram realizados no Centrode Atenção Psicossocial,cerca de 1.500 atendimen-tos. A prefeita Daniela nouso da palavra destacou oquanto é importante para asfamílias Ipamerinas a reali-zação deste trabalho e pediupara que o mesmo seja in-tensificado dia a dia. O Dr.Augusto Cesar da FonsecaNeto, um dos psiquiatrasque proferiu uma das pales-tras falou sobre as ações decombate as drogas e disseque o apoio recebido porparte da administração temfeito a diferença.
  4. 4. Saiba mais sobre a reciclagemReciclagem é um con-juntodetécnicasquetemporfinalidade aproveitar os de-tritos e reutiliza-los no ciclode produção de que saíram.E o resultado de uma sériede atividades, pela qual ma-teriais que se tornariam lixo,ou estão no lixo, são desvia-dos, coletados, separados eprocessados para serem usa-dos como matéria-prima namanufatura de novos produ-tos. Reciclagem é um termooriginalmente utilizado paraindicar o reaproveitamento(ou a reutilização) de umpolímero no mesmo proces-so em que, por alguma razãofoi rejeitado. O retorno damatéria-prima ao ciclo deprodução é denominado re-ciclagem, embora o termojá venha sendo utilizadopopularmente para designaro conjunto de operações en-volvidas. O vocábulo surgiuna década de 1970, quandoas preocupações ambientaispassaram a ser tratadas commaior rigor, especialmen-te após o primeiro choquedo petróleo, quando reci-clar ganhou importânciaestratégica. As indústriasrecicladoras são tambémchamadas secundárias, porprocessarem matéria-primade recuperação. Na maiorparte dos processos, o pro-duto reciclado é completa-mente diferente do produtoinicial. Cada vez mais deve-mos nos conscientizar sobreaimportânciadareciclagem,pois através dela estamosajudando a preservar o meioambiente e garantindo umdesenvolvimento sustentá-vel. Recicle reaproveite eajude a garantir um mundomelhor.
  5. 5. Mercês dá dicas de comocuidar do seu alongamentoSe você usa mega hair,interlace, amarração no ca-belo, tic tac, trancinhas ,qualquer que seja o metodode alongamento de cabelosabe que deve ter muito cui-dado na hora da manutençãodos fios . Os cuidados como aplique removível é bemmais fácil do que cuidar da-queles apliques colocadosdiretamente na cabeça – sejacom trancinhas, costuras,amarrações ou colas. Noentanto, é claro que os apli-ques colocados no salão fi-cam bem mais naturais e sãomais práticos no dia-a-dia.Você só precisa aprender acuidar bem deles. Antes delavar o cabelo você precisapenteá-lo muito bem, come-çando pelas pontas e depoissubindo aos pouquinhos usepente de dentes largos e te-nha calma. Assim só os nósvão embora, e não irá perderos tufos de mechas. Segurea parte que está sendo pen-teada com uma mão e pen-teie com a outra para nãoforçar os fios. Já dentro dochuveiro, o melhor é optarpor um shampoo bem suave,com pH neutro. Massageieo couro cabeludo de cimapara baixo com as pontasdos dedos, fazendo movi-mentos circulares. Deste jei-to os apliques ficarão menosemaranhados. Dica impor-tante: você pode usar condi-cionador, mas é bom aplicaro produto a partir do meiodo cabelo , nunca passe naraiz assim você irá evitarcaspas e oleosidade exces-siva. Se realmente precisarsecar com secador, procureum profissional habilitadoassim seu alongamento es-tará mais seguro e te deixaracom o visual deslumbrante.Faça seu aplique ou manun-tenção conosco temos pro-fissionais habilitados e qua-lificados para te deixar lindae deslumbrante. Observe osvisuais das manequins ladoe veja a diferença.
  6. 6. Piracanjuba terá mais de 300 empregos diretosmais uma conquista do Prefeito AmauriDepois de várias con-versas e negociações que co-meçaram em fevereiro desteano entre o prefeito de Pira-canjuba Amauri Ribeiro e odono da empresa PROPLA-NE, senhor Divino Edinei,ficou acertado que a indús-tria se instalará na cidade. OPrefeito Amauri não mediuesforços para que a empresase instalasse no municípioe aceitou inclusive todas asexigências feitas pela em-presa, como por exemplo, aisenção de impostos. O pre-feito solicitou de imediatoque fossem feitas as roça-gens do local, supervisionoude perto o inicio da limpezado galpão, e afirmou que fará oque for preciso para que Pira-canjuba tenha mais empregos.Amauri esteve por várias vezesna Goiás Industrial e na Secre-taria de Indústria e Comércioe fez questão de agradecer aparceria com o Governo esta-dual. “Volto a reafirmar, nossomunicípio tem o potencial paracrescer e desenvolver e o quefor preciso eu farei. Nós tínha-mos feito outras negociaçõescom algumas empresas, masque não surtiu efeito. Contudoconquistamos a PROPLANE,e esta é uma grande conquistapara todos nós. Vale ressaltarque já estamos em negociaçãocom outras duas empresas, aHering e a Votorantim, o querepresentará muito mais em-prego para nossa gente”, afir-mou.Construção de creche no Jardim Esmeraldaavança rapidamente em Caldas NovasA construção da cre-che no Jardim Esmeraldasegue ritmo acelerado. Aobra com previsão de en-trega de dez meses foi lan-çada pela prefeitura muni-cipal no mês de março. Ocentro de educação infantilterá mil e duzentos metrosquadrados, com capacidadepara atender inicialmen-te 120 crianças. A obra éexecutada pela PrimecomConstrutora, que venceu aconcorrência pública pararealizar a empreitada glo-bal. A obra, orçada em R$1.449.888,18 (Um milhão,quatrocentos e quarenta enove mil, oitocentos e oi-tenta e oito reais e dezoitocentavos) será construídacom recursos do GovernoFederal com contrapartidada prefeitura municipal. OSecretário de Obras, o en-genheiro Catulo de OliveiraAngeles, afirmou que a pre-feitura municipal pretendeinaugurar a obra antes doprazo previsto. “Nós esta-mos acompanhando o avan-ço dos trabalhos na constru-ção da creche e acreditamosque será possível fazer aentrega em tempo recordepara os moradores do Jar-dim Esmeralda e bairrosadjacentes”, disse Catulo deOliveira Angeles. A crechedenominada Espaço Educa-cional Infantil Proinfânciafaz parte do Programa doGoverno Federal “BrasilCarinhoso”. O espaço edu-cacional é localizado naRua 11, esquina com a Rua02, QuadraAPM 07, JardimEsmeralda.
  7. 7. No final da tarde desegunda-feira (10) policiaismilitares do Grupo de Patru-lhamento Tático (GPT) atra-vés de denúncia anônimachegaram a um desmanchede veículos que funcionavaem uma residência no setorItanhangá I, bairro nobre deCaldas Novas. Ao chegarna casa apontada pela de-núncia, os policiais encon-traram três veículos, sendodois deles furtados e váriaspeças de outros veículos.No local policiais recupe-raram um VW Parati, placaKCD 5187 (foto abaixo),furtado no último dia 07 dejunho na cidade de Orizona( 148 km de Caldas Novas),uma camionete, GM – S10de cor prata (foto ao lado),esta estava com placas friase ao consultar o númerodo seu motor verificou-seque se tratava de mais umveículo furtado e segundoos levantamentos ocorreuno último dia 15 de maiodeste ano. Ainda no localdo desmanche havia umaFord / F-1000 estacionadarecheada de peças e portasque pertenciam a Fiat Unotodas com as numeraçõesde seus vidros raspadas ca-racterizando a intensão doscriminosos em adulterar aspeças possivelmente furta-das ou roubadas. O veículoflagrado com as peças deveículos adulteradas perten-ce a Osmar Paulino Ferrei-ra, 56 anos, que não estavano local. Ninguém foi presona casa onde funcionava odesmanche. Por volta das20 horas do mesmo dia, po-liciais militares do Serviçode Inteligência descobriramoutra casa no setor Serrinha,bairro afastado do centro deCaldas Novas que pertenciaa Osmar Paulino, dono damesma F-1000 onde foramencontradas as peças adulte-radas. Na casa de Osmar ospoliciais encontraram maispeças de veículos, entre elas,bancos, latarias, vidros, pai-nel eletrônicos e até um mo-tor completo, todas as peçaspertencentes a veículos damarca UNO. No local nãofoi encontrado ninguém, acasa estava vazia. A políciaacredita que as duas casasdevem ser abrigo de umagrande quadrilha especia-lizada em furtos, roubos edesmanches de veículos queestá agindo na região e pos-sivelmente alguém avisou oscriminosos antes da chegadaPM DESMONTA DESMANCHEDE CARRO ROUBADOda polícia possibilitando afuga. Afinal em Caldas No-vas tem muito bandido beminformado e bem protegido.Todos os veículos e demaispeças foram apresentados nadelegacia de Polícia Civil deCaldas Novas. Fonte: Plan-tão Polícial -Alison Maia.
  8. 8. “Bactéria que come carne” contribuiu para a mortede guitarrista; entenda a doençaDesde2011,oguitarristaJeff Hanneman, da banda he-avy metal Slayer, estava emtratamento para se recuperarde uma doença rara chama-da fasceíte necrotizante, co-nhecida popularmente como“bactéria que come carne”.Após ser mordido por umaaranha, o músico contraiu adoença que se espalha rapi-damente e destrói o tecidomole do corpo, como pelee gordura. De acordo cominformações publicadas estemês no jornal britânico TheGuardian, o músico de 49anos morreu de insuficiênciahepática enquanto se recupe-rava da fasceíte necrotizante.A maioria das pessoas coma doença, segundo o site doCDC (Centro de Controle ePrevenção de Doenças), temoutros problemas de saúdeque podem reduzir a capaci-dade de o organismo comba-ter a infecção, como diabe-tes, problemas renais, câncerou outras doenças crônicasque enfraquecem o sistemaimunológico. Segundo oCDC, os sintomas da doençaincluem dor — semelhanteà de um “estiramento mus-cular” —, manchas verme-lhas ou arroxeadas, incha-ço, úlceras, bolhas, febre,calafrios, fadiga (cansaço) evômitos. Por serem sintomasbem diversificados, a pessoacostuma demorar a procu-rar atendimento médico, oque atrasa o diagnóstico eo tratamento. O tratamento,de acordo com informaçõesdo CDC, é feito com fortesantibióticos administradosna veia. Como nem semprea medicação consegue che-gar a todas as áreas infecta-das e em decomposição, aremoção cirúrgica rápida dotecido morto pode ser crucialpara interromper a infecção.
  9. 9. A prefeitura de CaldasNovas entregou na última-sexta-feira, cinco cami-nhões que foram adquiridoscom recursos próprios dotesouro municipal. Os ve-ículos serão incorporadosà frota municipal. A sole-nidade aconteceu na PraçaMestre Orlando. Compa-receram ao evento o pre-feito Evandro Magal (PP),o vice-prefeito Marco Au-rélio Palmerston (PSDB),a deputada federal MagdaMofatto (PTB), o ex-vice-prefeito Ulisses Naves,secretários municipais, lí-deres comunitários, presi-dentes de partidos políticose populares. Os vereadoresGilmar Engenheiro (PSB),Cláudio Costa (PMDB),Geraldo Pimenta (PSDB),Sirlande de Paula (PSDB),Marim Pires (PSDB), SauloInácio (PSDB), Marinho daCâmara (PRTB), Wander-son Nunes (PSL), Zélia doSargento Arlindo (PTC) eRodrigo Lima (PTB) tam-bém estavam presentes.Foram entregues três ca-minhões zero quilômetroda marca Ford, cada umno valor de R$ 262.500,00(duzentos e sessenta e doismil e quinhentos reais) etambém dois caminhões damarca Hyundai cada umno valor de R$ 80.000,00(oitenta mil reais). Os cin-co caminhões custaram nototal R$ 867.500,00 (oi-tocentos e sessenta e setemil e quinhentos reais) queforam pagos com recursospróprios.De acordo com oprefeito Evandro Magal osbenefícios entregues “sãofruto de economia e traba-lho sério em prol da comu-nidade”. “Caldas Novas temum prefeito que não rouba enão deixa ninguém roubar.No nosso governo é assim,gestão com transparência,honestidade e acima detudo trabalho duro para me-lhorar a vida da nossa gen-te. Esta é a terceira entregade veículos em menos deseis meses. Este é o resulta-do do trabalho e dedicaçãoà nossa cidade”, afirmou oprefeito.As notas fiscais dosveículos foram apresenta-das durante o evento paraque a população e Câmarade Vereadores teve acessoaos documentos. A comprados caminhões foi realizadaatravés de licitação de con-corrência pública. Todos osprocessos de compra po-dem ser acompanhados di-retamente pela população.Ovice-prefeito MarcoAurélioPalmerston afirmou que osveículos serão usados nasnovas frentes de asfalto queserão lançadas pela prefei-tura e para atender a zonarural. “Nosso governotem um diferencial muitogrande, que é a transpa-rência. Aqui está o resul-tado do trabalho, o dinhei-ro dos cidadãos voltandoem benefícios para eles.Os caminhões não são daprefeitura, são da popula-ção, que paga seus impos-tos e contribui com o de-senvolvimento da cidade.Os veículos serão usadospara levar o asfalto a maisbairros de Caldas Novas”,disse o vice-prefeito Mar-co Aurélio Palmerston. Adeputada federal MagdaMofatto parabenizou oexecutivo municipal pelacompra de novos veículospara a frota do município.Para a deputada é impor-tante que as entregas se-jam realizadas em praçapública para que todosconheçam as ações em-preendidas pela prefeitu-ra. “Não tenho dúvidas deque o dinheiro público deCaldas Novas está sendobem aplicado. O resultadoé visto com a compra detantos maquinários comPrefeitura de Caldas Novas realiza entrega cincocaminhões adquiridos com recursos própriosrecursos próprios em tãopouco tempo de gestão. Evamos continuar canali-zando recursos estaduaise federais para fomentar odesenvolvimento da regiãodas Águas Quentes”, de-clarou a deputada federalMagda Mofatto. Segundoo prefeito Evandro Magal,a prefeitura irá extinguir aprática de locação de ca-minhões e maquinário. “Aminha determinação já co-meçou a ser aplicada coma compra dos novos cami-nhões. Vamos acabar comos aluguéis de caminhõesque enriqueceram muitoscompadres e apanigua-dos dos antigos gestores.Na nossa administraçãonão tem isso, não admiti-mos esquema”, relatou oprefeito Evandro Magal.Desde o início do ano de2013 a prefeitura munici-pal iniciou um programade recuperação da frota deveículos e maquinários.Nas próximas semanas de-verão ser entregues carrospara as secretarias muni-cipais e departamentos. Amedida busca ampliar oatendimento à população.
  10. 10. Com o suposto fimda banda Calypso, a can-tora Joelma avisou aos fãsque pretende seguir agoraa carreira gospel. A decla-ração foi dada durante umshow no final da noite Doúltimo dia 8, no São Joãoda Capitá, festa junina deRecife. Os fãs que estavampresentes na apresenta-ção ficaram consternadoscom a mudança de estilo.A filha da artista, NatáliaSarraff, usou seu perfil noFacebook para apoiar a de-cisão da mãe: “tudo que ébom dura pouco? Pelo con-trário, tudo que é bom durapara sempre, pois tudo deDeus dura para sempre.Feliz por sua decisão, mi-nha mãe. Eu te apoio, poiste conheço e sei o que sepassa em seu coração, e seique agora você está felizde verdade”.Joelma anuncia fim da banda e início de carreira gospel

×