1campeonatointerigrejasregulamento

164 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
164
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1campeonatointerigrejasregulamento

  1. 1. Folha 01/03 2º CAMPEONATO INTERIGREJAS DE FUTSAL DE BAURU/SP REGULAMENTO DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O CAMPEONATO INTERIGREJAS, será organizado pelo GRUPO CRISTÃO ATIVO eapoio do CENTRO DE LASER E ESPORTES nº 6 do SESI – BAURU, conforme disposto neste regulamento,no Código Desportivo da FPFS e no CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva). Art. 2º - Esta competição tem por finalidade incentivar a prática do Futsal e promover aintegração entre seus participantes e denominações Cristãs. Art. 3º - Poderão participar do 2º CAMPEONATO INTERIGREJAS, todas as igrejasinteressadas de BAURU E REGIÃO legalmente inscritas dentro do prazo estabelecido e que se submeteremaos termos deste regulamento e regras oficiais de FUTSAL. § 1º - poderá ser inscrita mais de uma equipe por igreja. § 2º - O campeonato será entre 20 equipes, inscritas por ordem de entrega da documentação e devagas remanescentes, podendo ser acrescidas vagas a critério da organização. Art. 4º – O CAMPEONATO INTERIGREJAS, será realizado em datas e locais determinadospelo organizador, com obrigatoriedade das equipes inscritas em disputá-las até seu final, na forma estabelecidapela Tabela de jogos assim elaborada pela Organização. Art. 5º – Para a participação no CAMPEONATO INTERIGREJAS, será cobrada uma taxa deinscrição no valor de R$ 150,00 (Cento e cinquenta reais), para cada equipe participante. Art. 6º – Haverá tolerância de 15 minutos para o início da 1ª partida da rodada. Se uma equipenão comparecer dento do prazo estipulado, será considerada perdedora por W. O., e a partida NÃOacontecerá. Nas seguintes partidas não haverá tolerância, Usar o bom senso, todos querem participar dosjogos. DAS INSCRIÇÕES DE ATLETAS Art. 7º – As equipes deverão inscrever no máximo de 15 (QUINZE) atletas que possuamCédula de Identidade (RG) original, ou outro documento com foto que contenha o número do referidodocumento. NÃO será aceito CÓPIA (xerox) na apresentação dos documentos. § 1º – O atleta só poderá ser inscrito para competir por uma equipe. § 2º – Não será permitida a substituição ou inscrição de atletas após o início da competição. § 3º – O atleta maior de 15 (QUINZE) a 18 (DEZOITO) anos de idade, para participar doCAMPEONATO INTERIGREJAS, deverá apresentar AUTORIZAÇÃO assinada pelo pai ou responsável. Art. 8º – A inscrição da equipe, deverá ser feita com os organizadores até o dia 30/05/2011. Art. 9º – A ORGANIZAÇÃO do CAMPEONATO se reservará do direito, a seu juízo de cancelar oregistro de Atletas e Dirigentes das equipes que, no decorrer da competição, tenham conduta indigna ousimilar, inclusive de seus torcedores, sendo que fica proibido o uso de buzinas e apitos nos ginásios deesportes, ou qualquer outro instrumento sonoro que venha a prejudicar a arbitragem e o bom andamento dapartida. DA DURAÇÃO DAS PARTIDAS Art. 10º – As partidas terão o tempo de duração em todas as fases de 20 x 20 (VINTE PORVINTE) minutos, com intervalo de 5 (CINCO) minutos, e cada uma das equipes com direito de solicitar 1 (um)tempo técnico por jogo. DA PARTICIPAÇÃO DOS ATLETAS E DIRIGENTES Art. 11º – Para início da partida, cada equipe deverá apresentar 5 (CINCO) atletas, NÃO SENDOPERMITIDO o inicio da partida com número inferior (w.o.).E lhes darei um mesmo coração, e um só caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem, e o bem de seusfilhos, depois deles. (Jeremias 32:39)
  2. 2. Folha 02/03 Art. 12º – Será permitida a presença no banco de reservas de 10 (DEZ) atletas, Técnico ouAuxiliar Técnico, devidamente descriminados na ficha de inscrição. Caso a equipe tenha Massagista, Médico,Fisioterapeuta e Professor de Educação Física, os mesmos poderão ficar no banco de reservas com seusrespectivos documentos de identificação profissional. Art. 13º – A equipe que for decretada perdedora por W. O., por não conter o número mínimo deatletas para iniciar a partida ou cumprir com horário estabelecido, será punida com 03 (TRES) pontos. Art. 14º – Todos os atletas deverão utilizar OBRIGATÓRIAMENTE CANELEIRAS, e tênis SEMTRAVAS, será punido com cartão amarelo o jogador que desrespeitar este artigo e será impedido de prosseguirno jogo. DA FORMA DE DISPUTA E CONTAGEM DE PONTOS Art. 15º – O CAMPEONATO INTERIGREJAS, será realizado pelo sistema de pontos ganhos,pela seguinte conformidade: a-) VITÓRIA = 3 (três) pontos; b-) EMPATE COM GOLS = 2 (dois) pontos; c-) EMPATE SEM GOLS = 1 (um) ponto; d-) DERROTA ou “W. O.” = 0 (zero) ponto. § 1º – A tabela dos jogos será elaborada através de sorteio no dia da reunião técnica,deverão ser por grupo, onde todos jogam contra todos. § 2º – Nas partidas de oitavas de final, nas quartas de final, semifinal e final,permanecendo o empate nos jogos, serão cobradas “penalidades máximas”, de acordo com as normas daFPFS. AS INFRAÇÕES E SUAS PENALIDADES Art. 16º – O atleta que, durante a partida, receber o cartão: § 1º – VERMELHO: Estará excluído da partida e deverá cumprir uma partida desuspensão automática; § 2º – O atleta que receber uma série de 2 (dois) cartões AMARELO, deverá cumpriruma partida de suspensão automática; § 3° - Se um atleta, em determinado momento do CAMPEONATO, receber o segundocartão AMARELO, e na mesmo partida receber o cartão VERMELHO, cumprirá 2 (duas) partidas de suspensãoautomática. § 4º – A quantidade de cartões recebidos independe de comunicação oficial dosORGANIZADORES, sendo de responsabilidade exclusiva das equipes disputantes da competição o seucontrole e cumprimento. § 5º – Os cartões recebidos na 1ª (primeira) fase, NÃO serão zerados para a disputadas demais fases do CAMPEONATO. Art. 17º – O atleta que não respeitar e reclamar por gestos ou palavras, ofender moralmenteoficiais de arbitragem, delegados, membros da ORGANIZAÇÃO, ou fizer USO DE PALAVRAS DE BAIXOCALÃO, antes, durante ou após a partida, sofrerão punição com cartão amarelo. Podendo a critério daorganização serem eliminados do CAMPEONATO, de acordo com os relatórios dos árbitros e dos ofendidos napartida. Art. 18º – Ocorrendo invasão de quadra, tumulto grave, lançamento de objetos dentro daquadra de jogo ou em direção aos Árbitros, Anotadores, Representantes, Atletas ou Dirigentes, participantes dapartida, antes, durante ou após a mesma, a equipe à que, comprovadamente pertencerem os autores dainfração, ainda que TORCEDORES, além de se responsabilizarem por eventuais danos materiais, seráEXCLUÍDA da competição e ARCARÁ COM AS POSSÍVEIS DESPESAS ocasionadas pela manifestação antidesportivas. DO MANDO DOS JOGOS Art. 19º - O mando dos jogos será determinado pela ORGANIZAÇÃO.E lhes darei um mesmo coração, e um só caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem, e o bem de seusfilhos, depois deles. (Jeremias 32:39)
  3. 3. Folha 03/03 Art. 20º - A equipe que estiver à esquerda da tabela de jogos, terá a incumbência de trocar ouniforme no caso de coincidência das cores. DAS OBRIGAÇÕES DAS EQUIPES Art. 21º - Entregar ao anotador os documentos dos Atletas, Técnico ou Auxiliar Técnico edemais Profissionais que integrem a equipe, no momento da inscrição da equipe. Art. 22º – Cada equipe poderá utilizar 15 (dez) atletas em cada jogo, os quais serão inscritosem sumula e que, deverão estar devidamente uniformizados, com camisas iguais, com numeração visível,calções iguais , meia de cano longo e caneleira (obrigatório). O goleiro deverá usar camisa de cor diferente desua equipe e da equipe adversária mesmo quando for goleiro linha. Art. 23º – Nas partidas será obrigatória a presença no banco de reservas de um Técnico, ouauxiliar devidamente inscrito, podendo ser jogador,o qual será inscrito nas duas funções, ficando facultativa apresença de Fisioterapeuta, Massagista ou Preparador Físico devidamente inscritos com registro no CREF,ficando proibido para estes o uso de camisetas cavadas e chinelos. § - Único, a equipe que não apresentar Técnico ou Auxiliar Técnico perderá o jogo por W.O. DAS OBRIGAÇÕES DA ORGANIZAÇÃO Art. 24º – O CAMPEONATO INTERIGREJAS tem em sua OGANIZAÇÃO, a obrigação deelaborar o respectivo regulamento e tabela dos jogos, adotar todas as providências de ordem técnica, escalarárbitros e anotadores para as partidas. Art. 25º – Serão conferidos os seguintes prêmios aos participantes: § 1º – TROFÉUS: Campeão, Vice Campeão e 3º Colocado, Artilheiro e Goleiro menos vazado; § 2º – MEDALHAS: Campeão, Vice Campeão e 3º Colocado; DAS DISPOSIÇÕES FINAIS Art. 26º – A ORGANIZAÇÃO, não será responsável por qualquer acidente que vierem a ocorreraos atletas, representantes e torcedores das equipes participantes dentro ou fora das competições. Art. 27º – Os casos omissos no presente regulamento serão decididos, sem apelação, pelaORGANIZAÇÃO, que os resolverá dentro do espírito de confraternização das IGREJAS, o mesmo que inspiraas competições, de acordo com as normas de ética esportivas. Art. 28º - As equipe deverão trazer aos jogos, uma bola oficial, em boas condições de jogo. Art. 29º – O presente REGULAMENTO, entrará em vigor nesta data, após sua leitura aos senhoresdiretores e representantes das equipes, os quais receberão uma cópia assinada por todos, comprometendo-secom seu cumprimento de forma integral. Bauru, 02 de maio de 2011. EDVALDO FRANCISCO MINHANO GRUPO CRISTÃO ATIVO COMISSÃO ORGANIZADORAE lhes darei um mesmo coração, e um só caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem, e o bem de seusfilhos, depois deles. (Jeremias 32:39)

×