2
TÍTULO I - DO REGIMENTO GERAL
DA INTRODUÇÃO E OBJETIVO
Art. 1º - Competição destinada à promoção da qualidade de vida do...
3
DA COMISSÃO DE ÉTICA E DISCIPLINA ESPORTIVA
Art. 7º - São passíveis de punição todos aqueles que, direta e indiretamente...
4
c) O atleta ou membro da comissão técnica que praticar atos de agressão ou
revide contra assistência, companheiro da equ...
5
TÍTULO II - DO REGIMENTO TÉCNICO
DA COMPETIÇÃO
Art. 21º- As partidas terão início na hora fixada no Boletim ou Nota Ofic...
6
§ 3º - A equipe que ocasionar o término de uma partida seja por número insuficiente
de atletas, expulsões e/ou contusões...
7
DA MODALIDADE
Art. 30º- Regida pelas regras oficiais e conforme disposto neste regulamento.
a) A equipe é composta por a...
8
TÍTULO III – DISPOSIÇÕES GERAIS
DA TAXA DE INSCRIÇÃO
Art. 31º- a) As taxas de inscrição seguirão a tabela abaixo relacio...
9
de reservas, sendo obrigatória a inscrição na partida de no mínimo 9 atletas.
Apenas 1 atleta poderá permanecer na quadr...
10
CONGRESSO TÉCNICO
Na ocasião do Congresso Técnico, deverá ser informado:
- custo das taxas de arbitragem;
- sistema de ...
11
CONTATOS DA COORDENANÇÃO TÉCNICA
Professor Rodrigo Marin de Freitas
Fone: (41) 88668929
E-mail: rodrigomafrei@hotmail.c...
Regulamento taca araucaria de futsal 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Regulamento taca araucaria de futsal 2013

1.215 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.215
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
467
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regulamento taca araucaria de futsal 2013

  1. 1. 2 TÍTULO I - DO REGIMENTO GERAL DA INTRODUÇÃO E OBJETIVO Art. 1º - Competição destinada à promoção da qualidade de vida dos participantes através da modalidade futsal, promovendo valores como a cooperação, responsabilidade, determinação, confiança e honestidade. Além de proporcionar uma integração que favorece o trabalho com a diversidade cultural. DOS PARTICIPANTES Art. 2º - Podem participar da TAÇA ARAUCÁRIA de Futsal 2013, agremiações esportivas de Araucária, Curitiba e Região Metropolitana. DAS INSCRIÇÕES Art. 3º - No ato da inscrição da agremiação, mediante entrega da ficha de inscrição devidamente preenchida com todos os dados e relação nominal da comissão técnica, deverá ser efetuado o pagamento. Art. 4º - É ilimitado o número de atletas inscritos por equipe/categoria. § único Pode ser inscrito até três equipes por categoria, sendo “A”, “B” e “C”. DOS PROTESTOS Art. 6º - Aos representantes credenciados e aos capitães de equipes é facultado protestar contra irregularidades verificadas durante a partida, sempre que puderem comprovar que alguma agremiação deixou de cumprir os aspectos legais do presente regulamento. § único - Os protestos devem ser fundamentados com provas circunstanciais ou fatos que possam evidenciar a irregularidade e redigidos em termos adequados. A Coordenação Técnica reserva-se o direito de não enviar à Comissão de Ética e Disciplina Esportiva os protestos sem as respectivas provas e os que versarem sobre arbitragem, ou seja, não serão aceitos protestos contra a arbitragem.
  2. 2. 3 DA COMISSÃO DE ÉTICA E DISCIPLINA ESPORTIVA Art. 7º - São passíveis de punição todos aqueles que, direta e indiretamente ligados ao Campeonato, provoquem distúrbios ou tentem desvirtuar as finalidades da competição, apresentando protestos improcedentes, críticas difamatórias, ou outros atos que tumultuem a organização do evento, sob pena de advertência, suspensão e exclusão. DAS NORMAS DISCIPLINARES Art. 8º - As normas disciplinares da competição atendem às seguintes disposições: § único - A equipe, seus atletas e membros da comissão técnica inclusos nos artigos constantes nesse capítulo cumprem as penas imediatamente, não havendo necessidade de instalação da Comissão de Ética e Disciplina Esportiva. Art. 9º - O número de cartões que compõem 1 (uma) série é estabelecido pelo seguinte: - 03 cartões amarelos – 01 jogo de suspensão; - 01 cartão vermelho – 01 jogo de suspensão; - Casos extraordinários serão julgados pela Comissão Organizadora Art. 10º- Fica eliminado da TAÇA ARAUCÁRIA de Futsal 2013: a) O atleta ou membro da comissão técnica que for punido com cartão vermelho, desde que relatado em súmula como ato de indisciplina; b) O atleta e/ou a equipe que burlarem quaisquer das disposições do presente regulamento; c) O atleta ou membro da comissão técnica que tentar agredir ou revidar contra a assistência, companheiro de equipe, adversário, equipe de arbitragem ou representante da LIGA; d) A equipe, bem como seus atletas, que tiver 3 (três) ou mais atletas expulsos em uma mesma partida, desde que relatado em súmula como atos de indisciplina ou agressão; e) a equipe, e seus atletas, que abandonar o local da competição durante o transcorrer da mesma sem permissão do árbitro, exceto por motivo de impossibilidade física. f) A equipe cuja torcida agredir verbalmente ou fisicamente algum membro da LIGA, arbitragem ou mesmo a equipe adversária; Art. 11º- Fica suspenso da próxima edição da TAÇA ARAUCARIA de Futsal : a) O atleta ou membro da comissão técnica que provocar tumulto antes, durante e após o jogo; b) A equipe, seus atletas e membros da comissão técnica que derem causa a invasão de campo, quadra ou cancha por torcedores;
  3. 3. 4 c) O atleta ou membro da comissão técnica que praticar atos de agressão ou revide contra assistência, companheiro da equipe, adversário, equipe de arbitragem ou representante da LIGA; d) A equipe, bem como seus atletas, que contar com 5 (cinco) ou mais pessoas incursas na letra “c” deste artigo. DAS PREMIAÇÕES Art. 12º- Será distribuída ainda a seguinte premiação: a) Medalhas e troféus para as equipes classificadas em 1º, 2º e 3º lugar; Sub-7 a premiação será para todos os atletas participantes. b) Troféu para o artilheiro; c) d) Troféu para o goleiro da equipe menos vazada; Troféu para o melhor atleta de cada categoria. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 13º- A LIGA ARAUCARIENSE DE FUTSAL não se responsabiliza por qualquer acidente que possa ocorrer com atletas ou terceiros durante a realização da competição. Art. 14º- As despesas com alimentação e transporte são de inteira responsabilidade da agremiação participante. Art. 15º- Os danos causados às dependências onde se realizam as partidas são de exclusiva responsabilidade das equipes ou atletas motivadores dos mesmos e devem ser reparados no prazo de 72 (setenta e duas) horas, sob pena de não participação nos próximos Campeonatos. Art. 16º- As reuniões de representantes são realizadas em horário e local designados previamente pela Coordenação Técnica. § único - As deliberações e decisões tomadas no congresso e reuniões técnicas são indiscutíveis, irrecorríveis e irreversíveis. O não comparecimento implica na aceitação total das decisões. Art. 17º- Cabe às equipes participantes, efetuar o pagamento das taxas de arbitragem, antes do início de cada partida. Art. 18º- Os órgãos oficiais de comunicação e informação são o Boletim e a Nota Oficial e cartazes nos editais próximos aos ginásios participantes. Art. 19º- A inscrição de uma agremiação é considerada como evidência de que conhece e se compromete a respeitar as regras da modalidade esportiva, assim como deste regulamento e da Coordenação Técnica. Art. 20º- Os casos omissos do presente regulamento serão resolvidos pela Coordenação Técnica da competição, respeitados os princípios do contraditório e ampla defesa, desde que necessário, com fulcro na legislação pátria apropriada vigente.
  4. 4. 5 TÍTULO II - DO REGIMENTO TÉCNICO DA COMPETIÇÃO Art. 21º- As partidas terão início na hora fixada no Boletim ou Nota Oficial. Somente haverá tolerância de 15 minutos para a primeira partida da rodada. A equipe que não se apresentar no local da competição, na hora estabelecida e em condições de iniciar a disputa, será considerada derrotada por Wx0. O Wx0 será caracterizado por vitória de 4x0. § único - A equipe que se fizer provocar o Wx0 por 2 vezes será considerada eliminada da competição. Art. 22º- Somente poderão competir atletas uniformizados, de acordo com as regras oficiais da modalidade, salvo itens acatados nas normas complementares. Art. 23º- No caso de uniformes que possam confundir a arbitragem, será efetuado sorteio e a equipe perdedora disporá de 10 minutos para substituí-los, sob pena de perda dos pontos da respectiva partida. Art. 24º- (Todos os atletas e comissão técnica deverão apresentar, obrigatoriamente, ao representante designado, antes do início da partida, a CÉDULA DE IDENTIDADE ou CARTEIRINHA FORNECIDA PELA ORGANIZAÇÃO). Para confecção das carteirinhas será necessário foto e fotocópia da certidão de nascimento. Será cobrado um valor de R$ 10,00 por carteirinha. § único - Não serão aceitos documentos rasurados de forma que a identificação do atleta seja duvidosa. Art. 25º- Somente poderão permanecer no banco as pessoas mencionadas na Relação Nominal da Comissão Técnica entregue no ato da inscrição: técnico, auxiliar, massagista e representante da agremiação. Art. 26º- As partidas suspensas no seu decorrer, por qualquer motivo, e que não possam ser reiniciadas em uma hora, terão a súmula assinada e sua continuidade será, sempre que possível, antes da rodada subseqüente da competição. Prevalecerá o resultado e o tempo anteriormente decorrido, sendo que as punições registradas na súmula serão mantidas. § 1º - No local de competição, o árbitro é a autoridade competente para decidir a suspensão ou o encerramento da partida. § 2º - No reinício da partida, obrigatoriamente, os atletas deverão ser os mesmos presentes em campo/quadra na hora da paralisação, exceção feita às substituições normais.
  5. 5. 6 § 3º - A equipe que ocasionar o término de uma partida seja por número insuficiente de atletas, expulsões e/ou contusões simuladas, será considerada perdedora, independentemente do resultado/placar no momento do término da partida. Art. 27º- A equipe (e/ou atleta) que incorrer em WO não será eliminada da competição na categoria, mas deverá efetuar o pagamento da taxa de arbitragem integral no 1º (primeiro) dia útil após o fato ocorrido. § 1º - Serão atribuídos ao adversário os pontos da partida com o placar de 4x0. § 2º - Os cartões e punições ocorridos nas partidas realizadas não serão cancelados e o controle é de responsabilidade de seus responsáveis. Art. 28º- Na hipótese de atraso ou ausência do árbitro escalado, caberá a Coordenação Técnica ou representante da LIGA. decidir sobre a transferência da partida ou designar um elemento capacitado para arbitrá-la. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE Art. 29º- Nas competições realizadas no sistema de rodízio, em caso de empate, para se conhecer os mais bem classificados, os desempates deverão obedecer aos seguintes critérios: a) entre duas equipes: 1. confronto direto na fase; 2. saldo de gols na fase; 3. melhor ataque nos jogos disputados na fase; 4. saldo de gols em todos os jogos realizados na competição; 5. menor média de cartões vermelhos; 6. menor média de cartões amarelos; 7. sorteio. b) entre três ou mais equipes: 1. maior número de vitórias das equipes empatadas na fase; 2. saldo de gols nos jogos das equipes empatadas na fase; 3. melhor ataque nos jogos das equipes empatadas na fase; 4. melhor defesa nos jogos das equipes empatadas na fase; 5. saldo de gols nos jogos realizados na fase; 6. melhor ataque nos jogos disputados na fase; 7. saldo de gols marcados por jogo em toda a competição; 8. melhor média de gols marcados por jogo em toda a competição; 9. menor média de cartões vermelhos; 10.menor média de cartões amarelos; 11.sorteio.
  6. 6. 7 DA MODALIDADE Art. 30º- Regida pelas regras oficiais e conforme disposto neste regulamento. a) A equipe é composta por atletas, 1 técnico, 1 auxiliar e 1 massagista; b) Sub 07: A partida é disputada em dois períodos de 12 minutos com 05 minutos de intervalo, último minuto de cada tempo cronometrado; Sub 09: A partida é disputada em dois períodos de 15 minutos com 05 minutos de intervalo, último minuto de cada tempo cronometrado Sub 11: A partida é disputada em dois períodos de 15 minutos com 05 minutos de intervalo, último minuto de cada tempo cronometrado; Sub 13: A partida é disputada em dois períodos de 15 minutos com 05 minutos de intervalo, último minuto de cada tempo cronometrado; Sub 15: A partida é disputada em dois períodos de 18 minutos com 05 minutos de intervalo, último minuto de cada tempo cronometrado;  A SERIE PRATA SERÁ DISPUTADA EM 3 TEMPOS, CONFORME DESCRITO NO ARTIGO 32 DESTE REGULAMENTO. c) O uso de caneleiras para a prática será obrigatório; d) A pontuação por partida é: - 3 pontos para vitória; - 1 ponto para empate; - nenhum ponto para derrota; e) Em caso de empate, no sistema de rodízio, entre as equipes na pontuação final, utilizam-se os critérios de desempate já mencionados nesse regulamento; f) Em caso de empate na partida em que se adotou o sistema de eliminatória (Cruzamento Olímpico), utiliza-se como critério para desempate a cobrança de pênaltis, sendo a 1ª série 5 X 1, cobrados alternadamente por jogadores diferentes precisando apenas estar relacionados em súmula. Persistindo o empate, a 2ª série será 1 X 1, cobrados alternadamente por jogadores diferentes até que se obtenha um vencedor;
  7. 7. 8 TÍTULO III – DISPOSIÇÕES GERAIS DA TAXA DE INSCRIÇÃO Art. 31º- a) As taxas de inscrição seguirão a tabela abaixo relacionada conforme o número de equipes inscritas pela agremiação; b) O não pagamento da taxa até a 3ª rodada implicará na eliminação da equipe da competição; 01 Equipe da mesma agremiação R$ 170,00 02 Equipe da mesma agremiação R$ 220,00 03 Equipe da mesma agremiação R$ 270,00 04 Equipe da mesma agremiação R$ 320,00 05 Equipe da mesma agremiação R$ 370,00 06 Equipes ou mais da mesma agremiação R$ 450,00 DA CATEGORIA Art. 32º- As categorias que podem participar são as seguintes: a)  Sub 07 – nascidos em 2006/2007;  Sub 09 – nascidos em 2004/2005;  Sub 11 – nascidos em 2002/2003;  Sub 13 – nascidos em 2000/2001;  Sub 15 – nascidos em 1999/1998; A TAÇA ARAUCARIA 2013 SERÁ DISPUTADA EM 2 SÉRIES SÉRIE OURO: PODERÃO PARTICIPAR ATLETAS FEDERADOS, SENDO QUE CASO A EQUIPE EM DISPUTA NÃO ESTEJA PARTICIPANDO DAS COMPETIÇÕES DA FEDERAÇÃO, ESTA PODERÁ TER APENAS 2 CONVIDADOS DE ATLETAS FEDERADOS POR OUTRAS AGREMIAÇÕES. SÉRIE PRATA: PODERÃO PARTICIPAR APENAS ATLETAS NÃO FEDERADOS NO ANO CORRENTE. Na série prata, os jogos serão disputados em 3 tempos, seguindo modelo dos Jogos Escolares, ao qual, na metade do 1º tempo, deverão ser substituídos todos os atletas da quadra por aqueles que estiverem no banco
  8. 8. 9 de reservas, sendo obrigatória a inscrição na partida de no mínimo 9 atletas. Apenas 1 atleta poderá permanecer na quadra. No segundo tempo, a equipe ficará livre da substituição obrigatória. DAS INSCRIÇÕES Art. 33º- As inscrições terão início no dia 15 de julho encerrando-se no dia 05 de agosto: a) Última data para inscrição é dia 05 de agosto; b) A equipe que desejar inscrever novos atletas, caso a Ficha de Inscrição esteja incompleta, ou ainda, substituir outros atletas, após ter feito sua inscrição somente poderá fazê-lo durante os dias de semana (terça-feira a sexta-feira) no horário das 14h às 20h, observando os critérios para inscrição e substituição de atletas descritos no Regulamento TAXA DE ARBITRAGEM POR PARTIDA R$ 40,00 Obs. Os valores acima representam uma referência, podendo ser alterados até o Congresso Técnico. LOCAIS DE COMPETIÇÃO COLÉGIO SÃO VICENTE DE PAULO, ESCOLA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS, CEPE/PETROBRÁS, GINÁSIOS DISPONÍVEIS DE EQUIPES PARTICIPANTES. CIDADE DE ARAUCÁRIA/PR. Havendo necessidade, por qualquer motivo que venha a impedir a realização nos locais acima, outro local será designado antecipadamente, salvo na possibilidade de adiamento da rodada.
  9. 9. 10 CONGRESSO TÉCNICO Na ocasião do Congresso Técnico, deverá ser informado: - custo das taxas de arbitragem; - sistema de disputa e conseqüente sorteio e divisão em grupos; - local e horário das partidas; - providências técnicas. No congresso técnico deve comparecer o representante designado pela agremiação, sendo imprescindível sua participação. O não comparecimento implicará no acatamento às decisões tomadas, sem direito a futuras reclamações. O congresso técnico, no que se refere à data, local e horário, será desenvolvido de acordo com o estipulado no quadro abaixo: C O N G R E S S O T É C N I C O 05 de agosto de 2013. Local a ser definido. Horário as 19h30 SISTEMA DE DISPUTA- SERÁ DECIDIDO EM CONGRESSO TÉCNICO. Conforme congresso técnico(FORMULA DA ORGANIZAÇÃO). 1ª Fase Rodízio Simples; 2ª Fase Cruzamento Olímpico INÍCIO PREVISTO PARA 08 de agosto de 2013.
  10. 10. 11 CONTATOS DA COORDENANÇÃO TÉCNICA Professor Rodrigo Marin de Freitas Fone: (41) 88668929 E-mail: rodrigomafrei@hotmail.com Atenciosamente Professor Rodrigo Marin de Freitas

×