Pibpe4 tri2013 2703

2.306 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.306
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.985
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pibpe4 tri2013 2703

  1. 1. DESEMPENHO MACROECONÔMICO DE PERNAMBUCO NO 4º TRIMESTRE DE 2013 Economia pernambucana registra crescimento de 3,5% no ano de 2013 O Produto Interno Bruto, a preços de mercado, do Estado de Pernambuco apresentou, no quarto trimestre de 2013, aumento de 3,0% em relação ao registrado no mesmo trimestre do ano anterior. Em 2013, os três grandes setores econômicos – agropecuária, indústria e serviços – apresentaram desempenho positivo, por conseguinte, a economia estadual fechou o ano com crescimento de 3,5% em comparação a 2012. Tabela 1 – Variação (%) do PIB trimestral de Pernambuco e do Brasil, a preços de mercado – 4º trimestre de 2013 Período PE BR Trimestre/mesmo trimestre do ano anterior 3,0 1,9 Acumulado ao longo do ano 3,5 2,3 Fonte: Sistema de Contas Regionais - Agência CONDEPE/FIDEM e IBGE Nos três últimos meses de 2013, o setor da agropecuária apresentou variação negativa de 5,4%. Em sentido oposto, a indústria cresceu 2,1%, os serviços, 2,7% e os impostos, 1,7%. Tabela 2 - Taxa de crescimento (%) do Valor Adicionado por setores, dos Impostos e do PIB a preços de mercado de Pernambuco – 1º trimestre/2012 ao 4º Trimestre/2013* (Base: igual período do ano anterior) Períodos Agropecuária Indústria Serviços Valor Adicionado (VA) Impostos PIB 1º Trim/2012* -35,0 11,0 5,8 5,3 5,9 5,4 2º Trim/2012* -24,1 5,6 4,3 2,8 2,7 2,8 3º Trim/2012* -13,9 2,5 4,1 3,0 3,0 3,0 4º Trim/2012* -17,6 3,1 5,4 3,8 4,4 3,9 2012* -22,2 5,4 4,9 3,7 4,0 3,7 1º Trim/2013* 28,7 4,7 4,0 4,6 3,7 4,4 2º Trim/2013* 23,2 7,0 4,6 6,6 5,9 6,5 3º Trim/2013* -7,0 1,5 2,3 1,7 3,0 1,8 4º Trim/2013* -5,4 2,1 2,7 3,2 1,7 3,0 2013* 4,9 3,1 3,9 3,8 2,2 3,5 Fonte: Sistema de Contas Regionais - Agência CONDEPE/FIDEM e IBGE (*) Dados preliminares. A evolução do PIB trimestral, a preços de mercado, de Pernambuco e do Brasil em 2012 e 2013 é exibida no gráfico a seguir. O quarto trimestre de 2013 mostra recuperação da economia estadual após abrupta desaceleração ocorrida no trimestre anterior.
  2. 2. Gráfico 1 - Desempenho (%) do PIB trimestral de Pernambuco e do Brasil, a preços de mercado – 1º trimestre/2012 ao 4º Trimestre/2013* (Base: igual período do ano anterior) Fonte: Sistema de Contas Regionais - Agência CONDEPE/FIDEM e IBGE. (*) Dados preliminares. A economia pernambucana apresentou melhor desempenho no primeiro semestre de 2013. No entanto, a taxa de crescimento do quarto trimestre desse ano, mostrou recuperação quando confrontada com a do trimestre anterior. A evolução dos indicadores setoriais - pela ótica dos componentes do Valor Adicionado Bruto (VAB) da economia pernambucana – é descrita a seguir: I.I Agropecuária A agropecuária apresentou decréscimo de 5,4% no quarto trimestre de 2013, proveniente das reduções de 7,4% na pecuária (influenciada pela produção leiteira e pela avicultura) e de 4,4% na agricultura. Neste setor, as maiores quedas ocorreram nas lavouras permanentes (7,0%), em virtude da baixa na produção de manga e banana. No mesmo sentido, as lavouras temporárias diminuíram 3,9%, em razão do comportamento das culturas de mandioca, milho e arroz. Não obstante, no acumulado de 2013, a agropecuária apresentou crescimento de 4,9%, como decorrência de melhores safras no primeiro semestre de 2013, principalmente, nas áreas sertanejas do Pajeú, Araripe e extremo norte da região de Petrolina, onde ocorreram melhores condições climáticas. Ademais, esse melhor desempenho deve-se também às bases deprimidas das safras correspondentes ao mesmo semestre do ano anterior e que sofreram maiores quedas decorrentes de estiagens mais severas. Gráfico 2 - Desempenho do Valor Adicionado da AGROPECUÁRIA em Pernambuco e no Brasil – 1º trimestre/2012 ao 4º trimestre/2013* (Base: igual período do ano anterior) Fonte: Sistema de Contas Regionais - Agência CONDEPE/FIDEM e IBGE. (*) Dados preliminares. - 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 7,0 1ºtrim/12 2ºtrim/12 3ºtrim/12 4ºtrim/12 1ºtrim/13 2ºtrim/13 3ºtrim/13 4ºtrim/13 5,4 2,8 3,0 3,9 4,4 6,5 1,8 3,0 0,8 0,6 0,9 1,8 1,8 3,3 2,2 1,9 Pernambuco Brasil -35,0 -24,1 -13,9 -17,6 28,7 23,2 -7,0 -5,4 -8,1 1,2 4,0 -7,0 17,0 13,0 -1,0 2,4 -40,0 -30,0 -20,0 -10,0 0,0 10,0 20,0 30,0 40,0 1ºtrim/12 2ºtrim/12 3ºtrim/12 4ºtrim/12 1ºtrim/13 2ºtrim/13 3ºtrim/13 4ºtrim/13 PE BR
  3. 3. I.II Indústria A indústria pernambucana registrou crescimento de 2,1% no quarto trimestre de 2013, influenciado predominantemente pelo desempenho da construção civil (8,2%) e, em menor escala, pela indústria de transformação (2,3%). Destaca-se, nesta atividade, o aumento na produção dos setores de produtos químicos, produtos de metal, minerais não metálicos e metalurgia básica. Em sentido contrário, os serviços de utilidade pública apresentaram redução de 6,1%, desempenho este associado à queda na geração de energia hidroelétrica, em decorrência da redução na defluência mínima obrigatória nas usinas de Xingó e Sobradinho, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico – ONS. No acumulado do ano a indústria geral cresceu 3,1%, tendo em vista o desempenho positivo da construção civil (9,8%), impulsionada pelas obras de infraestrutura e de mobilidade urbana vinculadas à Copa do Mundo, bem como pela continuidade de grandes empreendimentos (refinaria, fábrica de automóveis da FIAT, entre outros) e o incremento do programa “Minha Casa, Minha Vida”, principalmente no interior. O comportamento relativamente estável da indústria de transformação pernambucana (0,7%) refletiu, por um lado, o aumento do dinamismo observado nos ramos de produtos químicos, de metalurgia básica (fornecedora da construção civil) e de papel e celulose (produtos para embalagem). De outro lado, o setor de alimentos e bebidas foi impactado negativamente pela diminuição na produção de açúcar, em decorrência do menor rendimento industrial da cana de açúcar, por influência de fatores climáticos na safra 2012/2013. Gráfico 3 - Desempenho (%) do Valor Adicionado da INDÚSTRIA em Pernambuco e no Brasil – 1º trimestre/2012 ao 4º trimestre/2013* (Base: igual período do ano anterior) Fonte: Sistema de Contas Regionais - Agência CONDEPE/FIDEM e IBGE. (*) Dados preliminares. I.III Serviços O setor de serviços cresceu 2,7% no quarto trimestre de 2013, impulsionado pelo crescimento do comércio (6,3%) e pelo conjunto das atividades da administração pública, defesa e seguridade social (3,5%). Em 2013, o setor de serviços cresceu 3,9% em decorrência do melhor desempenho no primeiro semestre, recuperando-se ao final do ano após desaceleração observada no terceiro trimestre. Esse comportamento resultou de maior dinamismo nas atividades do comércio (7,8%) e dos serviços de transporte (5,6%). 11,0 5,6 2,5 3,1 4,7 7,0 1,5 2,1 -0,1 -2,2 -0,7 0,0 -1,2 2,7 1,9 1,5 -4,0 -2,0 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 1° Trim/12 2° Trim/12 3° Trim/12 4° Trim/12 1° Trim/13 2° Trim/13 3° Trim/13 4° Trim/13 PE BR
  4. 4. Gráfico 4 - Desempenho (%) do Valor Adicionado dos SERVIÇOS em Pernambuco e no Brasil – 1º trimestre/2012 ao 4º trimestre/2013* (Base: igual período do ano anterior) Fonte: Sistema de Contas Regionais - Agência CONDEPE/FIDEM e IBGE. (*) Dados preliminares. Em valores correntes, o PIB a preços de mercado foi estimado em R$ 35,4 bilhões no quarto trimestre de 2013. Tabela 3 – Produto Interno Bruto, a preços de mercado, de Pernambuco – 1º trimestre/2012 ao 4° Trimestre/2013 Trimestre PIB Trimestral (R$ Bilhão) 1º Trim/2012* 26,6 2º Trim/2012* 26,8 3º Trim/2012* 27,9 4º Trim/2012* 31,3 2012* 112,7 1º Trim/2013* 29,5 2º Trim/2013* 29,4 3º Trim/2013* 31,4 4º Trim/2013* 35,4 2013* 125,7 Fonte: Sistema de Contas Regionais - Agência CONDEPE/FIDEM (*) Dados preliminares. 5,8 4,3 4,1 5,4 4,0 4,6 2,3 2,7 1,7 1,6 1,4 2,8 1,7 2,4 2,2 1,8 0,0 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 7,0 1º Trim/12 2º Trim/12 3º Trim/12 4º trim/12 1º trim/13 2º trim/13 3º trim/13 4º trim/13 PE BR Fonte: Ag.

×