Terceiro Master Mind VIPClub 17 de fevereiro de 2011

1.386 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.386
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Terceiro Master Mind VIPClub 17 de fevereiro de 2011

  1. 1. Sucesso “Acontece quando o preparo encontra a oportunidade.” Qual é o Desafio? “Manter a capacidade de estar um degrau acima. É preciso inovar continuamente.” VIP Business
  2. 3. Napoleon Hill Eu conheço pessoas que triunfam... E sempre triunfarão! Sabem por quê? Eu lhes direi por quê. Porque nunca desistem dos seus sonhos E sempre terminam aquilo que começam. VIP Business
  3. 4. Daniel H. Pink é autor do best-seller Free Agent Nation. Seus artigos sobre mercado de trabalho, negócios e tecnologia foram publicados em vários jornais e revistas, como The New York Times, Havard Business Review, Slate, Fast Company e Wired, onde é editor adjunto. Tem feito palestras em empresas, associações e universidades do mundo inteiro sobre transformações econômicas e estratégias de negócios. Daniel H. Pink
  4. 5. Próximo encontro: 19 de maio de 2011.
  5. 6. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br O cérebro do futuro. A revolução do lado direito do cérebro Daniel H. Pink
  6. 7. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br Os últimos 150 anos. Um peça teatral. Primeiro ato: Era Industrial. Segundo ato: Era da Informação. Terceiro ato: Era Conceitual. Daniel H. Pink
  7. 8. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br Era Industrial. Linhas de produção eficientes. Características: força física perseverança. Daniel H. Pink
  8. 9. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br Era da Informação. A produção passou atuar em segundo plano. Trabalhador do conhecimento. Proficiência na atividade cerebral do tipo E. Daniel H. Pink
  9. 10. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br Era Conceitual. Personagens: Criador e o empático. Domínio da atividade do tipo D.
  10. 11. Daniel H. Pink
  11. 12. Daniel H. Pink
  12. 13. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br “ Deixamos de ser uma economia escorada na resistência física, passamos a ser uma economia escorada no hemisfério esquerdo do cérebro, e hoje o que está emergindo é uma economia e uma sociedade baseada no hemisfério direito do cérebro.” Daniel H. Pink
  13. 14. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br High touch e high concept High tech não basta mais. Daniel H. Pink
  14. 15. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br 3 perguntas fundamentais!!! Sobre o seu trabalho: 1) Alguém no exterior pode fazer mais barato? 2) Um computador pode fazer mais rápido? 3) Existe demanda para o que oferece nessa era de abundância? Daniel H. Pink
  15. 16. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br O único modo de diferenciar seus produtos e serviços na atual saturação do mercado é torná-lo materialmente belos e emocionalmente irresistíveis. Daniel H. Pink
  16. 17. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br Qual o “Antídoto”? <ul><li>Os seis sentidos – aptidões. </li></ul><ul><li>Design. </li></ul><ul><li>História. </li></ul><ul><li>Sinfonia. </li></ul><ul><li>Empatia. </li></ul><ul><li>Lúdico. </li></ul><ul><li>Sentido. </li></ul>Daniel H. Pink
  17. 18. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br Os seis sentidos. Parte 2. Daniel H. Pink Design História Sinfonia
  18. 19. Design: <ul><li>Não se restrinja ao funcional, acrescente design. </li></ul><ul><li>Já não é suficiente desenvolver um produto simplesmente funcional. </li></ul><ul><li>Deve ser fisicamente belo. </li></ul><ul><li>Desperte emoções especiais. </li></ul><ul><li>Isso é economicamente crucial. </li></ul><ul><li>E deve ser pessoalmente gratificante. </li></ul>Daniel H. Pink
  19. 20. História: <ul><li>Não se restrinja ao argumento central. </li></ul><ul><li>Acrescente história. </li></ul><ul><li>Quando estamos até o pescoço de informações. </li></ul><ul><li>Já não é mais suficiente apresentar um bom argumento. </li></ul><ul><li>A essência da persuasão, da comunicação e da compreensão se transformou na capacidade de compor e apresentar uma história capaz de seduzir. </li></ul>Daniel H. Pink
  20. 21. Sinfonia: <ul><li>Não se restrinja ao foco, acrescente sinfonia. </li></ul><ul><li>Antigamente exigia-se foco e especialização. </li></ul><ul><li>A aptidão oposta de juntar as partes esta em alta - Sinfonia. </li></ul><ul><li>A grande demanda hoje não é análise e sim síntese. </li></ul><ul><li>Resultando em uma visão de conjunto. </li></ul><ul><li>E na combinação de partes desconexas num todo inédito e interessante. </li></ul>Daniel H. Pink
  21. 22. Os seis sentidos. O Cérebro do Futuro. A revolução do lado direito de cérebro. Daniel H. Pink
  22. 23. Design.
  23. 24. Os seis sentidos. O Cérebro do Futuro. A revolução do lado direito de cérebro. Daniel H. Pink
  24. 25. História.
  25. 26. Os seis sentidos. O Cérebro do Futuro. A revolução do lado direito de cérebro. Sinfonia Daniel H. Pink
  26. 27. Sinfonia.
  27. 28. Aulas de desenho. Método Betty Edwards. Experiências de Daniel H. Pink
  28. 29. Antes. Daniel H. Pink
  29. 30. Sinfonia Juntar os pedacinhos enxergar relações entre áreas desconexas. Sintetizar ao invés de analisar. Detectar padrões Não se limitar a uma resposta específica. Inventar algo combinando elementos distintos. Daniel H. Pink
  30. 31. Atividade cerebral sinfônica. É um dom típico dos compositores e regentes. Combina um grupo heterogêneo de notas, instrumentos e músicos. Produz um som harmonioso e coerente. Daniel H. Pink
  31. 32. Sinfonia, automação e globalização. Reconhecimento de padrões. Desbravar fronteiras mentais. Descobrir conexões menos evidentes. Realizar ousados saltos da imaginação . Daniel H. Pink
  32. 33. Sinfonia & Vida moderna A avalanche de opções e de estímulos da vida moderna pode ser tão avassaladora que as pessoas com visão de conjunto – aquelas capazes de isolar o que realmente importa – têm uma decisiva vantagem na busca do bem-estar pessoal. Daniel H. Pink
  33. 34. Uma das formas de compreender e desenvolver a aptidão da sinfonia é aprender a desenhar. Daniel H. Pink
  34. 35. Experiências de Daniel H. Pink Aulas de desenho com Bomeisler.
  35. 36. Bomeisler Quando desenhamos não colocamos no papel o que vemos, mas sim símbolos recordados da infância.
  36. 37. Experiências de Daniel H. Pink Observe os lábios. Ninguém tem lábios assim.
  37. 38. Como é o correto? Observar e identificar as proporções. Daniel H. Pink
  38. 39. Como enganar o hemisfério esquerdo? Desenhar de ponta cabeça. O Hemisfério não identifica o que é. Daniel H. Pink
  39. 40. Deixar o hemisfério direito livre. Daniel H. Pink
  40. 41. Por que o desenho fica estranho? Por que as relações entre os elementos estão distorcidas. Daniel H. Pink
  41. 42. Detalhes: A distância da linha dos olhos ao queixo é igual a mesma linha até o alto da cabeça. No meu desenho posicionei meus olhos muito mais alto do que eles são realmente Daniel H. Pink
  42. 43. Espaço negativo. Ele é um dos segredos para aprender a desenhar. Daniel H. Pink
  43. 44. Busque o espaço negativo. Visão de conjunto. Deixamos passar em branco.
  44. 45. Era Conceitual. Quem quer ter sucesso deve entender as relações entre as disciplinas diferentes, apenas aparentemente afastadas. Daniel H. Pink
  45. 46. M.M.A. Mixed Martial Arts Relacionar elementos aparentemente desconexos para criar algo novo. Daniel H. Pink
  46. 47. Mixed Martial Arts
  47. 48. O que será importante desenvolver? Necessidades: Exímio na arte da analogia. Ver um coisa pelo prisma de outra. Daniel H. Pink
  48. 49. Para quem fica a oportunidade. Desbravador de fronteiras. Inventor. Criador de metáforas. Daniel H. Pink
  49. 50. O desbravador de fronteiras. Daniel H. Pink
  50. 51. O prefixo mais recorrente hoje. Multi. Multitarefa. Multicultural. Multimídia. Daniel H. Pink
  51. 52. Desbravadores de fronteiras. Antigamente aprofundar em uma única esfera garantia o sucesso. Hoje os maiores benefícios são colhidos por quem é capaz de atuar com igual segurança em esferas completamente distintas. Daniel H. Pink
  52. 53. Desbravadores de fronteiras. Se especializam em diversas áreas. Falam várias línguas. Adoram a diversidade da raça humana. Vivem multividas, porque isso é mais interessante. E atualmente mais eficaz. Daniel H. Pink
  53. 54. Andy Tuck Pianista. Professor de filosofia. Aplica o que aprendeu nas duas áreas para administrar sua empresa de consultoria e gestão. Daniel H. Pink
  54. 55. Multi-tarefeiros de plantão . Gloria White-Hammond – Pastora e pediatra de Boston. Todd Machover – Compositor de óperas e criador de equipamentos musicais de alta tecnologia. Jhane Barnes – Matemática e criação de peças de vestuário. Daniel H. Pink
  55. 56. Mihalyi Csikszentmihalyi – Psicólogo Estudou a vida de pessoas criativas e descobriu que a “criatividade geralmente exige atravessar as fronteiras que separam áreas diferentes. Daniel H. Pink
  56. 57. Mihalyi Csikszentmihalyi A pessoas mais criativa enxerga relações e nexos que a maioria simplesmente não percebe.
  57. 58. Clement Mok. Designer “ Os próximos dez anos exigirão que as pessoas pensem e trabalhem desbravando fronteiras em áreas que são completamente diferente de seu campo de especialização.
  58. 59. <ul><li>Elas não só terão que atravessar essa fronteira, mas também terão de identificar as oportunidades e estabelecer nexos e relações entre essas oportunidades.” </li></ul>Clement Mok. Designer
  59. 60. Terceirização da TI Demanda por indivíduos capazes de administrar o relacionamento entre os programadores do oriente e os clientes do ocidente. Desenvoltura de um diplomata. Entender de ciência exata da computação. E também de vendas, marketing. Daniel H. Pink
  60. 61. Nicholas Negroponte do MIT “ Muitos problemas de engenharia foram solucionados por profissionais que sequer são engenheiros.” O ponto de vista adotado é mais importante que o QI.
  61. 62. O inventor. “ O segredo do sucesso é arriscar-se a ter pensamentos não convencionais. A convenção é inimiga do progresso.” Trevor Baylis Inventor
  62. 63. Propaganda da Peanut Butter Cups. Daniel H. Pink
  63. 64. Peanut Butter Cups. Daniel H. Pink
  64. 65. Propaganda da Peanut Butter Cups. Mistura por acaso de dois elementos independentes. Daniel H. Pink
  65. 66. Criador de Metáforas. “ Metáfora é a alma de todas as artes.” Twyla Tharp
  66. 67. Palavras do seu chefe: Empresta-me seu ouvido. Daniel H. Pink
  67. 68. George de Mestral Percebeu como o carrapicho se agarra ao pelo do cachorro. Metaforicamente. Criou o velcro. Um computador jamais faria isso. Daniel H. Pink
  68. 69. A metáfora como caminho! A imaginação metafórica é essencial para estabelecer laços de empatia e canais de comunicação que as demais pessoas não possuem. Daniel H. Pink
  69. 70. Abundância & Metáforas. O conforto material importa muito menos do que as metáforas que nos alimentam – quer as pessoas acredite na vida como uma viagem ou como um vale de lágrimas. Daniel H. Pink
  70. 71. Visão de conjunto. O cara que inventou a roda era um idiota. O cara que inventou as outras três é que foi um gênio.” Sid Caesar.
  71. 72. O grande maestro Torna o conjunto organizado e coeso cuja magnificência é muito maior que a simples soma das partes. Daniel H. Pink
  72. 73. Aptidão High Concept da Sinfonia Deve entender as relações de forma global. Deve compreender e estabelecer relações entre as relações. Pensamento sistêmico, gestáltico, holístico. O que importa é a visão de conjunto. Daniel H. Pink
  73. 74. Sally Shaywitz Neurocientista de Yale. Especialista em dislexia. “ Os disléxicos têm outro modo de pensar. Eles são intuitivos e ótimos para resolver problemas, têm visão de conjuntos e sabem simplificar as coisas... São péssimos em tarefas repetitivas, mas inspirados visionários.”
  74. 75. Qual é a sua missão pessoal? Quem deseja se tornar grandes empreendedores precisam aprender a se tornar pensadores sistêmicos... Para desenvolver o impulso de enxergar as partes como um todo coerente. Daniel H. Pink
  75. 76. Daniel Goleman Estudou executivos de grandes empresas. A habilidade de reconhecer padrões os diferencia da média. Daniel H. Pink
  76. 77. Sidney Harman CEO Poetas... É do meio deles que eu acredito que nasceram os líderes empresariais do futuro. Eles contemplam o mundo e se sentem compelidos a interpretá-lo
  77. 78. Medicina narrativa & Sinfonia Medicina Holística. Cura da saúde física, ambiental, mental, emocional, espiritual e social, a cura do indivíduo e do planeta. Daniel H. Pink
  78. 79. A segunda tentativa de auto-retrato. Antes. Daniel H. Pink
  79. 80. O Depois.
  80. 81. Exercícios para desenvolver sua aptidão – Sinfonia. Daniel H. Pink
  81. 82. Dicas: <ul><li>Ouça sinfonias. </li></ul><ul><li>Nona sinfonia de Bethoven – Ode à alegria. </li></ul><ul><li>Sinfonia N. 35 de Mozart. </li></ul><ul><li>Quarta sinfonia de Mahler em sol maior. </li></ul><ul><li>Abertura 1812 de Tchaikovsky. </li></ul><ul><li>Sinfonia N. 94 em sol maior de Haydn, “Surpresa”. </li></ul>
  82. 83. Ouça esse som. Preste atenção aos detalhes. Viaje em outros mundos.
  83. 84. TT
  84. 85. Dicas: <ul><li>Desenhe – há vídeos de Bomeisler e livro. </li></ul><ul><li>Auto-retrato em cinco linhas. </li></ul><ul><li>Diário de Metáforas. </li></ul><ul><li>Siga links. </li></ul>
  85. 86. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br Dicas: Vá as bancas. Compre algo que jamais compraria. Busque por relações.
  86. 87. Dicas: <ul><li>Encontre soluções que procuram problemas. </li></ul><ul><li>Em que outro lugar isso daria certo? </li></ul><ul><li>Inverter resolve? Doação de órgãos. </li></ul><ul><li>Por quê? Leva ao entendimento. </li></ul><ul><li>Por que não leva a grandes mudanças. </li></ul>
  87. 88. Professores da Universidade de Yale Barry Nalebuff e Ian Ayres. Os problemas precisam de soluções. Soluções inteligentes precisam de mais alguns problemas. Why not? How to use everyday ingenuity to solve problem big and small.
  88. 89. vipfisiopersonal.com.br totalmuscularstretching.com.br Dicas: Monte um quadro de inspirações.
  89. 90. My inspirations
  90. 91. Dicas: <ul><li>Leia esses livros. </li></ul><ul><li>Beethoven’s Anvil: music in mind and culture – William Benzon </li></ul><ul><li>Powers of tem – Charles e Ray Eames. </li></ul><ul><li>Dialogue: teh art of thinking together – William Isaacs </li></ul><ul><li>Metáforas da vida cotidiana – George Lakoff e Mark Johnson </li></ul><ul><li>No waste – De creacion Maldeojo. </li></ul><ul><li>How to see: a guide to reading our man-made enviroment – George Nelson </li></ul>
  91. 92. Um Brainstorm de verdade. <ul><li>Regras: </li></ul><ul><li>1) Busque quantidade. Trace metas numéricas. </li></ul><ul><li>2) Alimente as idéias extravagantes. Extremismo é uma virtude. Idéias certas surgem de algo que parecia absurdo. </li></ul><ul><li>3) Seja visual. As imagens liberam a criatividade. </li></ul><ul><li>4) Não julgue precipitadamente. Não há nada como uma idéia ruim. Esqueça os pessimistas. Crie depois analise. </li></ul><ul><li>5) Uma conversa de cada vez. Escute primeiro. Construa sobre a sugestão do outro. </li></ul><ul><li>www.halfbakery.com </li></ul>
  92. 93. Dicas: <ul><li>Celebre seu amadorismo. Sou melhor nas coisas que não sei fazer. Se deseja uma vida criativa, faça as coisas que você não sabe fazer e saboreie a beleza dos erros que cometer. </li></ul><ul><li>www.marcelwanders.com </li></ul>
  93. 94. Para não ficar dúvidas...
  94. 95. Será que é assim?
  95. 97. Obrigado pela atenção!!

×