31 03-2012 - Apresentação dos Resultados do 1T12

313 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
313
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

31 03-2012 - Apresentação dos Resultados do 1T12

  1. 1. Apresentação deResultados do 1T12 11 de Maio de 2012
  2. 2. Destaques • A receita líquida aumentou em 13,9% alcançando R$56,6 milhões no 1T12, comparado a R$49,7 milhões no 1T11. • EBITDA Ajustado de R$41,9 milhões no 1T12, aumento de 10,4% sobre o 1T11 com margem de 74,0% no trimestre. • FFO Ajustado de R$34,6 milhões no 1T12, em linha com o 1T11. Margem FFO Ajustado de 61,0% no 1T12. • Aluguel nas mesmas lojas (SSR) alcançando crescimento de dois dígitos (12,1%) no trimestre. Vendas nas mesmas lojas (SSS) registrou aumento de 9,8% no trimestre. • Em janeiro de 2012, a Companhia obteve controle do Shopping Plaza Sul. • Em março de 2012, concluímos nossa primeira emissão de debêntures, totalizando R$300 milhões captados. • Em 27 de março de 2012, a Sonae Sierra Brasil inaugurou seu 11º shopping, o Uberlândia Shopping, em Uberlândia, Minas Gerais. 2
  3. 3. Indicadores Operacionais Vendas (R$ milhões) Taxa de ocupação (% da ABL) Vendas (R$ milhões) Taxa de Ocupação (% ABL) 11,4% 98,8% 98,3% 98,5% 98,4% 98,5% 98,0% 97,7% 97,5% 97,4% 111 936 841 1T10 2T10 3T10 4T10 1T11 2T11 3T11 4T11 1T12 1T11 1T12 Same SSS/m² Sales Store Same Store Rents SSR/m² (SSS)/sqm (in R$) (SSR)/sqm (in R$) 9,8% 12,1% 111 111 940 55 856 49 1T11 1T12 1T11 1T12 3
  4. 4. Crescimento ProjetadoA Sonae Sierra Brasil possui em andamento um pipeline sólido de novos empreendimentos eexpansões que irá quase dobrar a ABL própria da Companhia até 2013 Crescimento da ABL própria (mil m2) Crescimento da ABL própria (em milhares de m²) Londrina e M&A Goiânia Greenfields Plaza Sul e Expansão Penha 118 1 17 45 PDP (II), Metrópole (II) e 390 Tívoli 209 Uberlândia +87% 2011 2012 2013 Total 4
  5. 5. Projetos Greenfield - Uberlândia Uberlândia Shopping Interior do shopping Cidade Uberlândia Estado MG Inauguração 27 de Março de 2012 ABL (mil m2) 45,3 Participação SSB 100% ABL Comercializada 93% Capex Bruto (R$ MM) 201,2 Fachada do shopping 5Dados em 31 de Março de 2012
  6. 6. Projetos Greenfield – Londrina e Goiânia Boulevard Londrina Shopping Passeio das Águas Shopping Cidade Londrina Cidade Goiânia Estado PR Estado GO Inauguração Prevista 1T13 Inauguração Prevista 2S13 ABL (mil m2) 47,8 ABL (mil m2) 78,1 Participação SSB* 84,5% Participação SSB 100% ABL Comprometida 70% ABL Comprometida 43% Capex Bruto Incorrido (R$ MM) 122,9 Capex Bruto Incorrido (R$ MM) 91,6 Ilustração e obras do Projeto Ilustração e obras do Projeto 6Dados em 31 de Março de 2012 *Participação considerando que o parceiro exerça na totalidade seus direitos no projeto
  7. 7. Expansões Expansões concluídas Expansões futuras Campo Limpo Metrópole Tivoli Metrópole Parque D. Pedro (Expansão I) (Expansão II) (Expansão II) São Bernardo Sta. Bárbara São Bernardo Localização São Paulo (SP) Campinas (SP) (SP) D’Oeste (SP) (SP) Participação da Sonae Sierra 20% 100% 30% 100% 51% Brasil ABL adicional 3,0 9,0 7,0 12,0 5,0 total (milhares de m2) Data de início 1S2011 1S2010 1S2012 2S2012 1S2013 da construção Inauguração Set/2011 Nov/2011 2013 2013 2013 % de ABL já locada*: 100% 100% n.a. n.a. n.a. * Em 31 de Março de 2012 7
  8. 8. Performance Financeira e Operacional Receita Bruta (R$ mil) 1T12 1T11 Var. % Aluguel 48.150 41.342 16,5% Receita de linearização 342 949 -64,0% Receita de serviço 4.048 4.033 0,4% Receita de estacionamento 6.200 5.610 10,5% Estrutura Técnica (key money) 2.657 2.398 10,8% Outras receitas 410 325 26,1% Total 61.807 54.657 13,1% Receita Bruta (R$ milhões) Breakdown da Receita Bruta Composição da Receita Bruta 1T11 1T12 13,1% 1% 1% 4% 4% 10% Aluguel 10% 111 7% 111 Receita de Serviços 61,8 8% Receita de Estacionamento Estrutura Técnica (Key Money) 77% 78% Outras Receitas 54,7 1T11 1T12 8
  9. 9. Custos e Despesas Custos e Despesas (R$ mil) 1Q12 1Q11 Var. % Depreciações e amortizações 439 403 8,9% Pessoal 6.756 5.623 20,1% Serviços externos 2.749 2.132 28,9% Custo de ocupação (lojas vagas) 1.066 865 23,2% Custos de acordos contratuais com lojistas 331 336 -1,5% Constituição (reversão) da provisão para créditos de 446 580 -23,1% liquidação duvidosa Aluguel 761 625 21,8% Viagens 532 224 137,5% Outros 1.969 1.824 7,9% Total 15.049 12.612 19,3% Classificado como: Custos dos aluguéis e dos serviços prestados 9.598 8.556 12,2% Despesas operacionais 5.451 4.056 34,4% Total 15.049 12.612 19,3% 9
  10. 10. Indicadores Receita líquida Receita Líquida (R$ milhões) EBITDA Ajustado e Margem (R$ milhões) EBITDA Ajustado (R$ 76,3% 74,0% milhões) 13,9% 10,4% 56,6 41,9 49,7 38,0 1T11 1T12 1T11 1T12 FFO Ajustado e Margem (R$ milhões) Net Operating Income - NOI (R$ milhões) FFO Ajustado (R$ NOI 69,2% milhões) 61,0% 0,5% 15,1% 111 54,9 34,4 34,6 47,7 1T11 1T12 1T11 1T12 10
  11. 11. Indicadores – Informações Gerenciais (PDP 51%) Receita Receita Líquida (R$ milhões) EBITDA ajustado EBITDA Ajustado e Margem (R$ milhões) 73,2% 70,6% 15,9% 11,7% 111 111 45,1 31,8 38,9 28,5 1T11 1T12 1T11 1T12 FFO Ajustado e Margem (R$ milhões) Lucro Líquido (R$ milhões) Net Income (R$ million) 63,6% FFO ajustado 53,8% -64,8% -1,9% 111 111 24,7 62,6 24,3 22,0 1T11 1T12 1T11 1T12 11
  12. 12. Posição de Caixa e Alavancagem Caixa Líquido Disponível (R$ milhões) Perfil da Dívida Fixa IPCA 19% 731,3 710 29% CDI 19% TR 21,3 33% Caixa e Empréstimos Caixa Líquido Equivalentes Montante Saldo emCronograma de Amortização da Dívida (R$ milhões) Financiamentos Comprometid Duração 31/03/12 Taxa Contratados o (R$ (anos) (R$ milhões) milhões) CDI + Capital de Giro 20 5 18 2,85% CDI + Capital de Giro 27 6 25 3,30% Manauara Shopping 112 12 8,50% 130 TR + Metrópole Shopping – Expansão I 53 8 54 10,3% TR + Uberlândia Shopping 81 15 53 453,9 11,30% TR + Boulevard Londrina Shopping 120 15 72 10,90% TR + Passeio das Águas Shopping 200 12 0 11,00% CDI + 30,0 35,2 48,6 49,5 Debentures – 1ª série 95 5 0,96% 97 92,8 IPCA + Debentures – 2ª série 205 7 207 6,25% 2012 2013 2014 2015 2016 2017 em Total 914 710 diante Média 10,2 11,40% 12Dados em 31 de Março de 2012
  13. 13. Q&ARelações com investidoresCarlos Alberto CorreaDiretor de Relações com InvestidoresMurilo HyaiGerente de Relações com InvestidoresEduardo Pinotti de OliveiraAnalista de Relações com Investidores ObrigadoWebsite:www.sonaesierrabrasil.com.br/riEmail:ribrasil@sonaesierra.comPhone:+55 (11) 3371-4188
  14. 14. Aviso Legal► O material a seguir contém informações gerais a respeito da Sonae Sierra Brasil S.A. e de suas subsidiárias (“Companhia”) na data da apresentação. As informações neste material estão em formato resumido e não estão completas. Este material não deve ser considerado como uma recomendação a investidores potenciais e não constitui base para a tomada consciente de uma decisão de investimento. Esta apresentação é estritamente confidencial e não pode ser revelada a nenhuma outra pessoa. Nenhuma declaração ou garantia, expressa ou implícita, é feita ou dada com relação à exatidão, integridade ou completitude dessas informações, as quais não devem tomadas como exatas, íntegras ou completas.► Esta apresentação contém declarações sobre perspectivas futuras (forward-looking statements), nos termos da Seção 27A da Lei de Valores Mobiliários de 1933 dos Estados Unidos, conforme alterada (“Lei de Valores Mobiliários dos EUA”) e da Seção 21E da Lei de Negociação de Valores Mobiliários de 1934 dos Estados Unidos. Essas declarações a respeito de perspectivas futuras são apenas previsões e não são garantia de desempenho futuro. Os investidores devem ter consciência de que todas essas declarações sobre perspectivas futuras estão e estarão, conforme o caso, sujeitas a vários riscos, incertezas e fatores relativos às operações e ao ambiente de negócios da Companhia e de suas subsidiárias, o que pode levar os resultados efetivos da Companhia a diferirem significativamente de qualquer resultado futuro, expresso ou implícito, nessas declarações sobre perspectivas futuras. Ninguém é responsável por atualizar essas informações.► Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou solicitação de oferta para a subscrição ou compra de qualquer valor mobiliário. Nem esta apresentação, nem nada aqui contido constituirá a base de qualquer tipo de contrato ou compromisso.

×