SlideShare uma empresa Scribd logo
Montador e Reparador de Computador
Alunos: Gustavo Thorpe e João Filho
VENTILAÇÃO E BITOLA DO FIOS
VENTILAÇÃO
A função da fonte é justamente remover o ar quente existente
dentro do gabinete do micro e jogá-lo para fora. O fluxo de ar
dentro do micro funciona da seguinte forma: o ar frio entra
através de ranhuras existentes na parte frontal do gabinete.
Esse ar é aquecido devido a trocas de calor com outros
dispositivos, como o processador , placas de vídeo, chipset,
etc. Como o ar quente é menos denso do que o ar frio, a sua
tendência natural é subir, com isso, o ar quente fica retido na
parte superior do gabinete. A ventoinha existente na fonte de
alimentação funciona como um exaustor , puxando o ar
quente desta região e soprando-o para fora do micro.
TAMANHO DAS VENTOINHAS
• As fontes de alimentação para computadores podem vim com
uma ventoinha de 80 mm em sua parte traseira ou com uma
ventoinha de 120 , 135 ou 140 mm em sua parte inferior.
Fontes com ventoinhas maiores em sua parte inferior são mais
interessantes, pois as maiores produzem maior fluxo de ar e
um menor nível de ruídos.
80 mm 120 mm
BITOLA DO FIOS
• Geralmente os fios das fontes de alimentações tem uma bitola
mínima de 18 AWG, mais as fontes ruins apresentam fios finos
:bitola de 20 AWG ou 22 AWG.
• Fontes de maior potência a partir de 750W de melhor qualidade
apresentam fios mais grossos bitola de 16 AWG.
• Usar fios mais finos do que o recomendando em geral faz com
que as tensões da fonte caiam para valores abaixo do mínimo
permitido quando a fonte está entregando potências próximas
de sua potência máxima, podendo fazer com que o computador
funcione de maneira errática.
FIOS ELÉTRICOS

Mais conteúdo relacionado

Mais de Mario Kleber

Virus de Facebook e Adware
Virus de Facebook e AdwareVirus de Facebook e Adware
Virus de Facebook e Adware
Mario Kleber
 
Keylogger e Screenlogger
Keylogger e ScreenloggerKeylogger e Screenlogger
Keylogger e Screenlogger
Mario Kleber
 
Worm e hoax
Worm e  hoaxWorm e  hoax
Worm e hoax
Mario Kleber
 
Trojan e Time Bomb
Trojan e Time BombTrojan e Time Bomb
Trojan e Time Bomb
Mario Kleber
 
Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)
Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)
Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)
Mario Kleber
 
Importância do Aterramento
Importância do AterramentoImportância do Aterramento
Importância do Aterramento
Mario Kleber
 
Cuidados com a Fonte de Alimentação
Cuidados com a Fonte de AlimentaçãoCuidados com a Fonte de Alimentação
Cuidados com a Fonte de Alimentação
Mario Kleber
 
Instalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Instalação de Fonte de Alimentação no GabineteInstalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Instalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Mario Kleber
 
Manumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Manumtençao Preventiva de Fonte de AlimentaçãoManumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Manumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Mario Kleber
 
Virus Hijacker e I love you
Virus Hijacker e I love youVirus Hijacker e I love you
Virus Hijacker e I love you
Mario Kleber
 
Virus de boot e Time Bomb
Virus de boot e Time BombVirus de boot e Time Bomb
Virus de boot e Time Bomb
Mario Kleber
 
Virus de Macro e Zumbi
Virus de Macro e ZumbiVirus de Macro e Zumbi
Virus de Macro e Zumbi
Mario Kleber
 
Worm e Cavalo de Troia
Worm e Cavalo de TroiaWorm e Cavalo de Troia
Worm e Cavalo de Troia
Mario Kleber
 
Adwares e spywares
Adwares e spywaresAdwares e spywares
Adwares e spywares
Mario Kleber
 
Intel core i5 x amd phenom ii x4
Intel core i5 x amd phenom ii x4Intel core i5 x amd phenom ii x4
Intel core i5 x amd phenom ii x4
Mario Kleber
 
Processadores core i3 e amd
Processadores core i3 e amdProcessadores core i3 e amd
Processadores core i3 e amd
Mario Kleber
 
Flash rom
Flash romFlash rom
Flash rom
Mario Kleber
 
Memória EEPROM
Memória EEPROMMemória EEPROM
Memória EEPROM
Mario Kleber
 
Memoria PROM
Memoria PROMMemoria PROM
Memoria PROM
Mario Kleber
 
Memórias EPROM
Memórias EPROMMemórias EPROM
Memórias EPROM
Mario Kleber
 

Mais de Mario Kleber (20)

Virus de Facebook e Adware
Virus de Facebook e AdwareVirus de Facebook e Adware
Virus de Facebook e Adware
 
Keylogger e Screenlogger
Keylogger e ScreenloggerKeylogger e Screenlogger
Keylogger e Screenlogger
 
Worm e hoax
Worm e  hoaxWorm e  hoax
Worm e hoax
 
Trojan e Time Bomb
Trojan e Time BombTrojan e Time Bomb
Trojan e Time Bomb
 
Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)
Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)
Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)
 
Importância do Aterramento
Importância do AterramentoImportância do Aterramento
Importância do Aterramento
 
Cuidados com a Fonte de Alimentação
Cuidados com a Fonte de AlimentaçãoCuidados com a Fonte de Alimentação
Cuidados com a Fonte de Alimentação
 
Instalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Instalação de Fonte de Alimentação no GabineteInstalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Instalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
 
Manumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Manumtençao Preventiva de Fonte de AlimentaçãoManumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Manumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
 
Virus Hijacker e I love you
Virus Hijacker e I love youVirus Hijacker e I love you
Virus Hijacker e I love you
 
Virus de boot e Time Bomb
Virus de boot e Time BombVirus de boot e Time Bomb
Virus de boot e Time Bomb
 
Virus de Macro e Zumbi
Virus de Macro e ZumbiVirus de Macro e Zumbi
Virus de Macro e Zumbi
 
Worm e Cavalo de Troia
Worm e Cavalo de TroiaWorm e Cavalo de Troia
Worm e Cavalo de Troia
 
Adwares e spywares
Adwares e spywaresAdwares e spywares
Adwares e spywares
 
Intel core i5 x amd phenom ii x4
Intel core i5 x amd phenom ii x4Intel core i5 x amd phenom ii x4
Intel core i5 x amd phenom ii x4
 
Processadores core i3 e amd
Processadores core i3 e amdProcessadores core i3 e amd
Processadores core i3 e amd
 
Flash rom
Flash romFlash rom
Flash rom
 
Memória EEPROM
Memória EEPROMMemória EEPROM
Memória EEPROM
 
Memoria PROM
Memoria PROMMemoria PROM
Memoria PROM
 
Memórias EPROM
Memórias EPROMMemórias EPROM
Memórias EPROM
 

Último

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 

Último (20)

Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 

Ventilação e bitola do fios

  • 1. Montador e Reparador de Computador Alunos: Gustavo Thorpe e João Filho VENTILAÇÃO E BITOLA DO FIOS
  • 2. VENTILAÇÃO A função da fonte é justamente remover o ar quente existente dentro do gabinete do micro e jogá-lo para fora. O fluxo de ar dentro do micro funciona da seguinte forma: o ar frio entra através de ranhuras existentes na parte frontal do gabinete. Esse ar é aquecido devido a trocas de calor com outros dispositivos, como o processador , placas de vídeo, chipset, etc. Como o ar quente é menos denso do que o ar frio, a sua tendência natural é subir, com isso, o ar quente fica retido na parte superior do gabinete. A ventoinha existente na fonte de alimentação funciona como um exaustor , puxando o ar quente desta região e soprando-o para fora do micro.
  • 3.
  • 4. TAMANHO DAS VENTOINHAS • As fontes de alimentação para computadores podem vim com uma ventoinha de 80 mm em sua parte traseira ou com uma ventoinha de 120 , 135 ou 140 mm em sua parte inferior. Fontes com ventoinhas maiores em sua parte inferior são mais interessantes, pois as maiores produzem maior fluxo de ar e um menor nível de ruídos. 80 mm 120 mm
  • 5. BITOLA DO FIOS • Geralmente os fios das fontes de alimentações tem uma bitola mínima de 18 AWG, mais as fontes ruins apresentam fios finos :bitola de 20 AWG ou 22 AWG. • Fontes de maior potência a partir de 750W de melhor qualidade apresentam fios mais grossos bitola de 16 AWG. • Usar fios mais finos do que o recomendando em geral faz com que as tensões da fonte caiam para valores abaixo do mínimo permitido quando a fonte está entregando potências próximas de sua potência máxima, podendo fazer com que o computador funcione de maneira errática.