SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
O menino que tirou
a sede de meio
milhão de africanos
Ryan nasceu no Canadá em maio de
1991, ou seja, hoje (2010) tem 19 anos.
Quando pequeno, na escola, com apenas
seis anos, sua professora lhes falou sobre
como viviam as crianças na África.
Profundamente comovido ao saber que
algumas até morrem de sede, que não há
poços de onde tirar água, e pensar que a
ele bastavam alguns passos para que a
água saísse da torneira durante horas...
Ryan perguntou quanto custaria para levar água a eles. A professora
pensou um pouco, e se lembrou de uma organização chamada
WaterCan, dedicada ao tema, e lhe disse que um pequeno poço
poderia custar cerca de 70 dólares.
Quando chegou em casa, foi direto a sua mãe
Susan e lhe disse que necessitava de 70 dólares
para comprar um poço para as crianças
africanas.
Sua mãe disse-lhe que ele deveria consegui-los
e foi-lhe dando tarefas em casa com as
quais Ryan ganhava alguns dólares por semana.
Finalmente reuniu os 70 dólares e pediu à sua
mãe que o acompanhasse à sede da WaterCan
para comprar seu poço para os meninos da
África. Quando o atenderam, disseram-lhe que
o custo real da perfuração de um poço era
de 2.000 dólares.
Susan deixou claro que ela não poderia lhe dar
2.000 dólares por mais que limpasse cristais
durante toda a vida, porém Ryan não se rendeu.
Prometeu aquele homem que voltaria… e o fez.
Contagiados por seu entusiasmo, todos
puseram-se a trabalhar: seus irmãos,
vizinhos e amigos.
Entre todo o bairro conseguiram reunir
2.000 dólares trabalhando e fazendo
mandados e Ryan voltou triunfante a
WaterCan para pedir seu poço.
Em janeiro de 1999 foi perfurado um
poço em uma vila ao norte de Uganda.
À partir daí começa a lenda.
Ryan não parou de arrecadar fundos e
de viajar por meio mundo buscando
apoios.
Quando o poço de Angola estava pronto,
o colégio começou uma
correspondência com as crianças do
colégio que ficava ao lado do poço,
na África.
Assim Ryan conheceu Akana: um jovem
que havia escapado das garras dos
exércitos de meninos e que lutava para
estudar a cada dia. Ryan sentiu-se cativado
por seu novo amigo e pediu a seus pais
para ir vê-lo. Com um grande esforço
econômico de sua parte, os pais pagaram
sua viagem a Uganda e Ryan, em 2000,
chegou ao povoado onde havia sido
perfurado seu poço. Centenas de meninos
dos arredores formavam um corredor e
gritavam seu nome.- Sabem meu nome? - Ryan perguntou a seu guia.
- Todo mundo que vive 100 quilômetros ao redor sabe, ele respondeu.
Hoje em dia, Ryan –com 19 anos- tem sua própria fundação e
conseguiu levar mais de 400 poços à África.
Encarrega-se também de proporcionar educação e de ensinar aos
nativos a cuidar dos poços e da água.
Recolhe doações de todo o mundo e estuda para ser engenheiro
hidráulico. Ryan tem-se empenhado em acabar com a sede na África.
Day Without Rain - ENYADay Without Rain - ENYA
http://www.ryanswell.ca/http://www.ryanswell.ca/

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Ryan hreljac, o menino que sonhou saciar a sede da África

Semelhante a Ryan hreljac, o menino que sonhou saciar a sede da África (6)

Ryan hreljac p
Ryan hreljac pRyan hreljac p
Ryan hreljac p
 
Ryan hreljac p
Ryan hreljac pRyan hreljac p
Ryan hreljac p
 
Ryan hreljac - O Menino que saciou a sede de 500.000 africanos
Ryan hreljac - O Menino que saciou a sede de 500.000 africanosRyan hreljac - O Menino que saciou a sede de 500.000 africanos
Ryan hreljac - O Menino que saciou a sede de 500.000 africanos
 
Ryan Hreljac
Ryan HreljacRyan Hreljac
Ryan Hreljac
 
Ryan hreljac p
Ryan hreljac pRyan hreljac p
Ryan hreljac p
 
Ryan hreljac p
Ryan hreljac pRyan hreljac p
Ryan hreljac p
 

Mais de Oracy Filho

Tea time (Coleção de bules de chá)
Tea time (Coleção de bules de chá)Tea time (Coleção de bules de chá)
Tea time (Coleção de bules de chá)Oracy Filho
 
Segurança dos Pneus
Segurança dos PneusSegurança dos Pneus
Segurança dos PneusOracy Filho
 
Museu de penicos
Museu de penicos Museu de penicos
Museu de penicos Oracy Filho
 
As belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
As belezas do Pantanal Mato-grossense - BrasilAs belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
As belezas do Pantanal Mato-grossense - BrasilOracy Filho
 
Evolucão do Ábaco ao Computador
Evolucão do Ábaco ao ComputadorEvolucão do Ábaco ao Computador
Evolucão do Ábaco ao ComputadorOracy Filho
 
O sofrimento de Renoir
O sofrimento de RenoirO sofrimento de Renoir
O sofrimento de RenoirOracy Filho
 
Aeronautas & aeronaves - A história da aviação
Aeronautas & aeronaves - A história da aviaçãoAeronautas & aeronaves - A história da aviação
Aeronautas & aeronaves - A história da aviaçãoOracy Filho
 
Emigrazione italiana
Emigrazione italiana Emigrazione italiana
Emigrazione italiana Oracy Filho
 
Convento de mafra
Convento de mafraConvento de mafra
Convento de mafraOracy Filho
 
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIMAuto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIMOracy Filho
 
Literatura e Arte
Literatura e ArteLiteratura e Arte
Literatura e ArteOracy Filho
 
Montage de la Tour Eiffel
Montage de la Tour Eiffel Montage de la Tour Eiffel
Montage de la Tour Eiffel Oracy Filho
 
As mais lindas bibliotecas do planeta
As mais lindas bibliotecas do planetaAs mais lindas bibliotecas do planeta
As mais lindas bibliotecas do planetaOracy Filho
 
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de JaneiroA história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de JaneiroOracy Filho
 
Castelos de Portugal
Castelos de PortugalCastelos de Portugal
Castelos de PortugalOracy Filho
 
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908Oracy Filho
 
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogsNO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogsOracy Filho
 
Museu Walter P. Chrysler
Museu Walter P. ChryslerMuseu Walter P. Chrysler
Museu Walter P. ChryslerOracy Filho
 
Pinturas de Rob Gonsalves
Pinturas de Rob GonsalvesPinturas de Rob Gonsalves
Pinturas de Rob GonsalvesOracy Filho
 

Mais de Oracy Filho (20)

Tea time (Coleção de bules de chá)
Tea time (Coleção de bules de chá)Tea time (Coleção de bules de chá)
Tea time (Coleção de bules de chá)
 
Segurança dos Pneus
Segurança dos PneusSegurança dos Pneus
Segurança dos Pneus
 
Museu de penicos
Museu de penicos Museu de penicos
Museu de penicos
 
As belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
As belezas do Pantanal Mato-grossense - BrasilAs belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
As belezas do Pantanal Mato-grossense - Brasil
 
Evolucão do Ábaco ao Computador
Evolucão do Ábaco ao ComputadorEvolucão do Ábaco ao Computador
Evolucão do Ábaco ao Computador
 
O sofrimento de Renoir
O sofrimento de RenoirO sofrimento de Renoir
O sofrimento de Renoir
 
Aeronautas & aeronaves - A história da aviação
Aeronautas & aeronaves - A história da aviaçãoAeronautas & aeronaves - A história da aviação
Aeronautas & aeronaves - A história da aviação
 
Emigrazione italiana
Emigrazione italiana Emigrazione italiana
Emigrazione italiana
 
Convento de mafra
Convento de mafraConvento de mafra
Convento de mafra
 
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIMAuto & Technik MUSEUM SINSHEIM
Auto & Technik MUSEUM SINSHEIM
 
Literatura e Arte
Literatura e ArteLiteratura e Arte
Literatura e Arte
 
Montage de la Tour Eiffel
Montage de la Tour Eiffel Montage de la Tour Eiffel
Montage de la Tour Eiffel
 
Bazar egípcio
Bazar egípcioBazar egípcio
Bazar egípcio
 
As mais lindas bibliotecas do planeta
As mais lindas bibliotecas do planetaAs mais lindas bibliotecas do planeta
As mais lindas bibliotecas do planeta
 
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de JaneiroA história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
A história do bondinho do Pão de Açúcar - Rio de Janeiro
 
Castelos de Portugal
Castelos de PortugalCastelos de Portugal
Castelos de Portugal
 
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
Exposição do Centenário da Abertura dos Portos no Rio de Janeiro 1908
 
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogsNO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
NO JAPÃO, ASILO PARA CÃES GUIAS APOSENTADOS - Sapporo retirementhomefordogs
 
Museu Walter P. Chrysler
Museu Walter P. ChryslerMuseu Walter P. Chrysler
Museu Walter P. Chrysler
 
Pinturas de Rob Gonsalves
Pinturas de Rob GonsalvesPinturas de Rob Gonsalves
Pinturas de Rob Gonsalves
 

Último

Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteIpdaWellington
 

Último (20)

Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 

Ryan hreljac, o menino que sonhou saciar a sede da África

  • 1. O menino que tirou a sede de meio milhão de africanos
  • 2. Ryan nasceu no Canadá em maio de 1991, ou seja, hoje (2010) tem 19 anos. Quando pequeno, na escola, com apenas seis anos, sua professora lhes falou sobre como viviam as crianças na África. Profundamente comovido ao saber que algumas até morrem de sede, que não há poços de onde tirar água, e pensar que a ele bastavam alguns passos para que a água saísse da torneira durante horas... Ryan perguntou quanto custaria para levar água a eles. A professora pensou um pouco, e se lembrou de uma organização chamada WaterCan, dedicada ao tema, e lhe disse que um pequeno poço poderia custar cerca de 70 dólares.
  • 3. Quando chegou em casa, foi direto a sua mãe Susan e lhe disse que necessitava de 70 dólares para comprar um poço para as crianças africanas. Sua mãe disse-lhe que ele deveria consegui-los e foi-lhe dando tarefas em casa com as quais Ryan ganhava alguns dólares por semana. Finalmente reuniu os 70 dólares e pediu à sua mãe que o acompanhasse à sede da WaterCan para comprar seu poço para os meninos da África. Quando o atenderam, disseram-lhe que o custo real da perfuração de um poço era de 2.000 dólares. Susan deixou claro que ela não poderia lhe dar 2.000 dólares por mais que limpasse cristais durante toda a vida, porém Ryan não se rendeu. Prometeu aquele homem que voltaria… e o fez.
  • 4. Contagiados por seu entusiasmo, todos puseram-se a trabalhar: seus irmãos, vizinhos e amigos. Entre todo o bairro conseguiram reunir 2.000 dólares trabalhando e fazendo mandados e Ryan voltou triunfante a WaterCan para pedir seu poço. Em janeiro de 1999 foi perfurado um poço em uma vila ao norte de Uganda. À partir daí começa a lenda. Ryan não parou de arrecadar fundos e de viajar por meio mundo buscando apoios.
  • 5. Quando o poço de Angola estava pronto, o colégio começou uma correspondência com as crianças do colégio que ficava ao lado do poço, na África. Assim Ryan conheceu Akana: um jovem que havia escapado das garras dos exércitos de meninos e que lutava para estudar a cada dia. Ryan sentiu-se cativado por seu novo amigo e pediu a seus pais para ir vê-lo. Com um grande esforço econômico de sua parte, os pais pagaram sua viagem a Uganda e Ryan, em 2000, chegou ao povoado onde havia sido perfurado seu poço. Centenas de meninos dos arredores formavam um corredor e gritavam seu nome.- Sabem meu nome? - Ryan perguntou a seu guia. - Todo mundo que vive 100 quilômetros ao redor sabe, ele respondeu.
  • 6.
  • 7. Hoje em dia, Ryan –com 19 anos- tem sua própria fundação e conseguiu levar mais de 400 poços à África. Encarrega-se também de proporcionar educação e de ensinar aos nativos a cuidar dos poços e da água. Recolhe doações de todo o mundo e estuda para ser engenheiro hidráulico. Ryan tem-se empenhado em acabar com a sede na África.
  • 8. Day Without Rain - ENYADay Without Rain - ENYA http://www.ryanswell.ca/http://www.ryanswell.ca/