SlideShare uma empresa Scribd logo
no
140
Ano 8
RESENHA
a informação na medida certa
25 de fevereiro de 2017
onespíritaline
2 3RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online
esusJIDENTIDADE COM
4 5RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online
Têm efêmera duração, porque os
seus líderes, vencidos pelas angústias que
os envenenam e que não têm coragem
de enfrentar, fogem da realidade para as
fantasias que se lhes transformam em
pesadelos hediondos, insuportáveis...
De igual maneira, ocorrem esses
fenômenos na fé religiosa, sob outros
aspectos, porém, com os mesmos efeitos
psicológicos, nas diferentes definições em
que se ajustam.
O Cristianismo, por exemplo, não
constitui exceção no seu extraordinário
mapa de expansão terrena.
Desde quando Lucas, o futuro
apóstolo do Evangelho, fascinado por
Jesus Cristo, no glorioso período da
pregação paulina, sugeriu que os Seus
discípulos fossem chamados de cristãos,
que a identificação inscreveu-os na
História como os conquistadores do
mundo espiritual.
A princípio, à força ciclópica da
abnegação e do amor que os animava
escreveu, no holocausto da própria
existência, a mais desafiadora página
de dedicação ao próximo e a Deus de
que se tem notícias, e o martirológio
tornou-se o sublime recurso de expansão
da mensagem libertadora, que passou
a dominar praticamente o mundo
conhecido de então.
Todavia, conforme escreveu Santo
Eusébio, cristão primitivo do século IV, à
medida que as facilidades e as disputas
humanas substituíram os testemunhos
e os sacrifícios dos mártires, a floração
sublime da fé emurcheceu e quase
feneceu...
Mais tarde, a denominação passou
a inspirar suspeitas, pavores e mesmo
ódios, pela alucinação e fanatismo que
tomaram conta daqueles que, dessa
maneira, identificavam-se.
Uma noite terrível, inevitavelmente,
abateu-se sobre a sociedade debilmente
iluminada, de quando em quando, pelos
apóstolos da verdade que renasceram
com a missão de sustentá-la nos
estertores em que se encontrava.
Quase nada permaneceu das
apoteóticas mensagens de amor e de
compaixão ensinadas e vividas por
Jesus, obrigando a caridade a ocultar-
se, envergonhada, nos mantos da divina
misericórdia...
...Veio o Consolador e, novamente,
o formoso brilho do Evangelho como um
sol especial passou a iluminar as vidas e a
aquecer o frio das almas.
Lentamente, porém, à medida que
se vem popularizando, a vulgaridade e a
insensatez humanas tomam conta das
suas fileiras, tentando empanar-lhe as
sublimes claridades.
*
Nesse báratro que domina a
sociedade hodierna que estorcega nos
sofrimentos inenarráveis e atemoriza-
se ante as ameaças perversas de outros
males sem conta, a identidade cristã
perdeu quase completamente o seu
significado inicial.
Negocia-se, mente-se, guerreia-
se, infelicita-se, em nome de Jesus.
Firmam-se tratados e decretos citando as
Suas palavras, enquanto o ser humano
prossegue abandonado à própria sorte...
Não poucos cristãos novos, por
sua vez, que bebem na fonte lustral do
Evangelho desvelado pelo Espiritismo,
a água pura e cristalina do dever, do
amor e da caridade, descuidam-se da
conduta crística, aquela de ser irmão dos
sofredores, de seguir mil passos a mais ao
lado daquele que lhe solicita a companhia
por apenas mil; de dar o manto a quem
necessita somente da capa; de despir-se
da ostentação, do orgulho e do egoísmo
para servir, ao invés de ser servido pela
mensagem que se expande pelo mundo.
O campeonato da vaidade ao
lado das disputas pelos favores de
César e as glórias de Pirro desequilibra
incontáveis valorosos servidores que se
comprometeram em não mais repetir os
erros clamorosos do passado.
Iniciam o ministério do amor
dominados pelo entusiasmo da
ingenuidade e do encantamento, para
trasladar-se para as volúpias do prazer e
das compensações imediatas.
Sexo, poder, luxo e distinções sociais
fascinam-nos e intoxicam-nos no festival
da ilusão.
Soberbos uns e irreverentes outros,
passeiam a incoerência da conduta em
relação à fé nas paisagens humanas,
dando a impressão de que a enfermidade,
a velhice e a desencarnação jamais os
alcançarão...
Abraçando as imposturas terrestres
disputam-lhe a aceitação, afadigando-se
pela conquista das posturas artificiais,
cultivando as técnicas da comunicação
exterior, esquecidos da irradiação do
bem-estar, da harmonia e da alegria de
viver que os deveriam impregnar.
O exterior é-lhes mais importante do
A
identificação é uma das qualidades
psicológicas responsáveis pela
definição do ser humano, ao lado
de outras significativas, tais como: a
personalidade, o conhecimento e a
consciência.
Em razão do seu impositivo,
é possível qualificar-se o indivíduo
face à sua afinidade emocional e
comportamental com as ideias e os
anseios íntimos cultivados.
Graças às aspirações internas
mantidas, surgem as sintonias que
povoam os grupos, aglutinando-os em
sociedades ou núcleos que formam a
humanidade.
Quando são enobrecedoras,
favorecem o progresso moral e social
da pessoa e, em consequência, da grei,
aprimorando a cultura, a ciência e as
artes, a tecnologia e o humanitarismo,
que fomentam o ajuste e a harmonia
global. Todavia, se resultam das paixões
dissolventes, formam os guetos da
criminalidade, as forças da violência, as
gangues da insânia e das alucinações
coletivas, as tribos da drogadição,
resvalando para os abismos do horror
que respondem pelas lutas sangrentas e
perversas.
As propostas filosóficas e o
conhecimento nos mais diversos ramos
do saber, atraem os seres humanos às
suas fileiras e os classificam, tornando-se
conhecidos pelos modismos e conduta,
não raro extravagantes e agressivos.
Periodicamente surgem como
desafios ao status quo, chamando a
atenção pela maneira exibicionista
através da qual projetam a imagem
prepotente que escraviza sua vítima...
6 7RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online
que o interior.
Apresentam-se como novos sepulcros
do ensinamento evangélico, bem cuidados
por fora e por dentro a imundície...
Cuida da tua identidade crística.
Mantém-te simples e sem atavios.
Cultiva a bondade e faze-te útil.
Sorri e ama, auxiliando sempre.
Não importa que não sejas
conhecido ou afamado, lutando, porém,
para seres iluminado.
Apresenta Jesus e oculta-te,
recorda-O e esquece as tuas ambições
enganosas, fazendo que todos aqueles
que se te acerquem, vejam-nO em ti.
Vinculado a Jesus, seja a tua
identidade dEle.
Joanna de Ângelis
Psicografia de Divaldo Pereira Franco, no dia 25
de junho de 2011, no Centro Espírita Caminho da
Redenção, em Salvador, Bahia
Campinas, SP, sediará o I Encontro Fraternidade sem
fronteiras, nos dias 25 e 26 de março de 2017.
No Espaço Guanabara (Rua: Dr. Osvaldo Cruz, 300), o evento
terá início às 8h30 de cada um dos dias. Divaldo Franco proferirá
palestra de encerramento, prevista para às 12h25 do dia 26.
Além de Divaldo Franco, outros palestrantes se revesarão
na tribuna, dentre eles, Jorge Godinho, presidente da Federação
Espírita Brasileira.
Aconteceu no dia 10 de fevereiro de 2017, na cidade de
Barreiros, BA, a Caminhada pela Paz, que reuniu milhares
de pessoas e contou com a presença de Divaldo Franco.
E no dia 11, Divaldo proferiu palestra, no Espaço
Fortiório.
Barreiras, BA
Caminhada pela PazFraternidade sem
fronteiras
Campinas, SP
Rio Grande do Norte
São José de Mipibu, RN, no dia 18 de fevereiro
de 2017, acompanhou a realização do 3º Movimento
Você e a Paz, contando com a presença de Divaldo
Franco.
Já no dia 19 de fevereiro, Divaldo conduziu os
estudos sobre Perturbações Espirituais, no Centro
de Convenções Ponta Negra, em Natal, RN. O
workshop teve início às 8h.
8 9RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online
A Federação Espírita do Estado de Goiás promoverá o 33º Congresso Espírita
daquele Estado, nos dias 25 a 28 de fevereiro de 2017, no Centro de Convenções
de Goiânia. Divaldo Franco estará presente, juntamente com outros conferencistas
convidados.
Foi no dia 17 de fevereiro de 2017, que Divaldo Franco esteve em Fortaleza, CE, nas
dependências do Hotel Praia Centro, a partir das 19h, coordenando estudos espíritas
tendo como tema central: Seja feliz hoje. O evento foi promovido pela Federação
Espírita do Estado do Ceará.
Seja Feliz Hoje
A Federação Espírita
do Paraná promove
mais uma edição da
Conferência Estadual
Espírita, a 19ª.
Com programação
em várias cidades do
Estado, que compõe o
evento no seu todo (ver
programa ao lado), nos
dias 17 a 19 de março
de 2017, no Expotrade,
na cidade de Pinhais,
PR (vizinha de Curitiba),
acontecerá o grande
congrassamento, com
Divaldo Franco, Alberto
Almeida, Haroldo Dias e
Sandra Della Pola.
Maiores
informações poderão
ser colhidas no site
www.feparana.com.br.
10 11RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online
Normalmente discutimos as questões referentes ao renascimento corporal, entrelaçando esse ou aquele argumento,
perpassando impressões e casos vários, probatórios, do nosso conhecimento.
O renascimento no corpo, todavia, reclama o nosso esforço, no sentido de refazer a própria romagem, utilizando-nos
das felizes lições que a Doutrina do Consolador vem-nos apresentando, há tanto tempo.
Renascer em nova indumentária fisiológica é reencarnar. Muito embora o peso que o termo deixa transparecer para alguns,
não resta dúvida de que, sendo lei divina, todos nela estamos incursos. Os que creem na ação dessa lei quanto os que não a
admitem, todos estamos sujeitos ao seu comando.
O ressurgimento no corpo, concitando-nos à mudança de posicionamento ético em face das vivências que empreendemos,
torna necessária a observação das recomendações ou dos lembretes que nos chegam por meio da mostragem dos que
estão lacrimosos, sofridos e marcados por rudes expiações no mundo, junto a tantos que remoem amarguras de aparência
interminável.
Mas, ao lado disso, verificamos os que se gloriam no
trabalho são e afanoso, contínuo e feliz, na expansão das
alegrias e da esperança, do amor e do bem, na trajetória dos
seus dias. Acompanhemos esses quadros, a fim de fazermos
nossa própria escolha, uma vez que sabemos que a colheita que
se faz agora não passa do resultado da sementeira efetuada por
nós mesmos, em outra ocasião…
Ante a bênção do renascimento em que você está
matriculado, não desdenhe as experiências que o alcançam,
convocando-o ao serviço para o encontro com Jesus, nosso
Senhor.
Trabalhe e aprimore-se. Aprimore-se e sirva. Sirva e
passe, fazendo luz a sua volta, clareando a sua reencarnação,
renascendo também em espírito, assemelhando-se ao Criador
pelo amor que espalhe.
Rosângela
(Rosângela. Rosângela, Cap. 11. Raul Teixeira)
orenascer
12 13RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online
Entrevista com Raul
Teixeira
Alavanca – Como o senhor analisa a obra do físico Fritjof
Capra, sobretudo “O Tao da Física”?
Raul Teixeira – Capra realizou uma verdadeira proeza, ao
dividir a comunidade científica em dois grandes grupos, o dos
que contestam sua posição e o daqueles que apoiam suas ideias.
Porque ele se baseia na Física Quântica, na Física Relativista, e
chega a fazer comparação dizendo que tudo que hoje a nossa
Física desenvolve em Laboratórios, sendo pesquisas de pontas,
importantíssimas, nós já podemos identificar no trabalho
dos místicos orientais, há mais de 7 mil anos antes do Cristo.
Naturalmente que sem o tratamento laboratorial que hoje se
aplica e também sem a linguagem específica e os jargões atuais
adotados pela Ciência. Mas o fato, o fenômeno, aí está…
Alavanca – E de que modo isso contribuirá para o avanço
científico?
Raul Teixeira – A confirmação dos trabalhos de Capra vem nos mostrar que as verdades divinas estão espalhadas pelo Cosmo e são sempre, em qualquer tempo, as
mesmas verdades. Enquanto o homem não as reconhece e compreende, passam aos nossos olhos como mistérios. Mas à medida que vamos descobrindo essas verdades,
elas saem do desconhecido e passam a integrar nossa realidade, constituindo-se em pontos de apoio para a Ciência.
Alavanca – O que significa acatar a existência de Deus…
Raul Teixeira – Deus pensa, e Seu pensamento – que é a Verdade – se espalha no Cosmo. E nós, à proporção que vamos crescendo, moral e intelectualmente,
conseguimos captar essa mensagem da Divindade, que se acha no Universo. É importante que entendamos O Livro dos Espíritos, quando nos ensina que nos falta um
sentido para entender a infinidade de Deus. E Jesus Cristo diz que é preciso ter puro o coração para ver a Deus. Então, à proporção que avançamos, em nível de Ciência,
em nível de bom senso, de equilíbrio geral, vamos conseguindo “ver” a Deus, entender a intimidade do Criador, a partir das leis que estão espalhadas pelo Universo.
Naturalmente que não apenas Capra, mas um pugilo de outros físicos tem enveredado por esse caminho. E hoje encontramos uma literatura muito vasta, vinculando os
progressos da Física às questões espirituais. Não é à toa que nós vivemos uma época que é propriamente a Era do Espírito.
(Entrevista concedida ao Jornal Alavanca nº 397, de Campinas - SP)
14 15RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online
Preserva a jovialidade na tua
conduta.
Um cenho carregado reflete aflição,
desgosto, contrariedade.
Podes ser de atitudes retas e
comportamento sério, sem que te
afixes a máscara contraída do mau
humor.
Jovialmente e com alegria esparze
bom ânimo, irradiando o bem-estar de
que esteja rico o teu coração.
0 tesouro de um comportamento
jovial tem o preço da felicidade que
oferece a todas as pessoas.
Joanna de Ângelis
(Vida feliz. Joanna de Ângelis. Cap. XXXIV. Divaldo
Franco)
Inumeráveis foram os criminosos no
mundo que, em qualquer nível, admitiram
seus erros, sob o peso do remorso,
começando o processo do ressarcimento da
renovação, voltando aos caminhos de suas
vítimas, mesmo que sofrendo por parte delas
doestos, apupos, agressividade. Quem está
disposto a renovar-se não teme os corretivos
ou remédios, ainda quando doloridos ou
amargos.
Em seu caso particular, aprenda a pedir
desculpas, a confessar seus erros, a admitir
seus equívocos, para que não aninhe
remorsos na alma, ou para que o seu remorso
tenha o poder de lhe fazer reerguer e não
sucumbir.
Considere que você não é infalível. Dê-se
conta de que não é invulnerável.
E, assim, terá tranquilidade em admitir o
lado que ainda vibra feio em sua intimidade.
Somente quando se decida a não mais
alimentar remorsos, por orgulho ou algo que
corresponda a isso, é que você deixará de
padecer desnecessariamente.
Confesse, dessa forma, o seu erro, quando
ele ocorra, e parta para o acerto, pois todos
os que seguem pelos caminhos humanos
podem tropeçar, podem tombar, mas que,
em nome do auto-respeito, aprendam a
recuperar-se, a soerguer-se, a elevar-se para
os planos de luz da alma em paz.
Joanes
(Para uso diário. Joanes, cap. 21. Raul Teixeira)
É
de se compreender os porquês de se acharem
pela Terra inteira as almas solitárias, digerindo
indigestas frustrações afetivas. Quantas que correm
numa busca ansiosa por alguém que as queira, que
as ame, que a elas se dediquem ou a quem se possam
dedicar, sem nenhum êxito?
Significativo número dessas criaturas que
experimentam sensação de vazio no íntimo
por falta de uma relação afetiva harmônica e
verdadeira, advém desse quadro de adúlteros
que feriram corações e sentimentos em tempos
remotos ou próximos, em muitos casos tendo aceito
conúbios com pessoas comprometidas, com pleno
conhecimento da situação, quando adentraram o
círculo perturbador do adultério.
A dinâmica com que o egoísmo age não permite
ao indivíduo ególatra a capacidade avaliativa que
o levaria, num simples movimento de pôr-se no
lugar do outro, o afastamento da excitante quão
perturbadora aventura.
Sempre o melhor a fazer será não adulterar, não
iludir a ninguém, considerando que os adúlteros
passarão a levar sobre os ombros o peso da tortura
moral que a outros impuseram, o que somente o
tempo com as suas cambiantes de frustrações, dores
e lágrimas, conseguirá resolver.
À frente das dificuldades insolúveis dos
relacionamentos humanos, onde o amor não
conseguiu os anelados resultados da convivência
equilibrada, valerá sempre a pena homenagear-se a
honestidade, a transparência das atitudes, o diálogo
marcado pela paciência e pela compreensão, a fim
de que, após os tempestuosos e sombrios dias, ou
depois das quadras invernosas do gelo sentimental,
novamente brilhe o sol da esperança e a vida
refloresça em nova primavera.
Camilo
(Minha família, o mundo e eu. Camilo, Cap. 24. Raul Teixeira)
E
xistem genitores que apenas procriam,
fugindo à responsabilidade.
Não compete, porém, aos filhos julgá-
los com severidade, desde que não são
dotados da necessária lucidez e correção
para esse fim.
Se fracassaram no sagrado ministério,
não se furtarão à consciência, em forma
da presença da culpa neles gravada.
Auxiliá-los por todos os meios ao
alcance é mister indeclinável, que o
filho deve ofertar com extremos de
devotamento e renúncia.
A ingratidão dos filhos para com os
pais é dos mais graves enganos a que se
pode permitir o Espírito na sua marcha
ascensional.
A irresponsabilidade dos progenitores
de forma alguma justifica a falência dos
deveres morais por parte da prole.
Ninguém se vincula a outrem através
dos vigorosos liames do corpo somático,
da família, sem justas, ponderosas razões.
Desincumbir-se das tarefas relevantes
que o amor e o reconhecimento impõem -
eis o impositivo que ninguém pode julgar
lícito postergar.
Joanna de Ângelis
(Leis morais da vida. Joanna de Ângelis, Cap. 17. Divaldo
Franco)
16 RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online
VISITE OS SITES:
Editora Fráter: http://editorafrater.com.br
Livraria LEAL: http://mansaodocaminho.com.br/livraria-leal/
TODOS PRECISAM DE PAZ NA ALMA
Numa linguagem simples e objetiva, a Benfeitora Benedita Maria oferta-
nos inspiradas meditações para que possamos bem compreender temas
como nosso papel no mundo, nossa relação com os outros, nossa
busca pela maturidade, nossas crenças e suas consequências, temas
para quais o ser humano vem buscando respostas que nem sempre são
encontradas a contento.
Todos Precisam de Paz na Alma é uma obra maravilhosa e merece
nossa especial atenção, em virtude da agitação da vida moderna;
dos excessos de distrações facultadas pelo avanço da tecnologia; do
afrouxamento dos valores morais; do crescimento dos valores materiais
e o distanciamento de Deus.
As pessoas precisam de rumo certo para viver em paz; precisam de paz
na alma para viver com saúde.
SOL DE ESPERANÇA
Alguns Espíritos dedicados que vivem reencarnados aqui e ali,
em diversas paisagens terrenas, retornaram para reafirmar a
legitimidade da vida, através da sobrevivência à morte, ora pela
psicografia, ora pela psicofonia, em reuniões espíritas particulares
e públicas, ressaltando a grandeza e excelência de Jesus Cristo e
do Evangelho, que lembram um sol de esperança, prenunciando o
grande amor que um dia reunirá todas as criaturas como irmãos,
quando o monstro da guerra for página da história do passado, e
a fraternidade real abrir os braços à Era da Paz que logo mais se
estabelecerá no mundo, em nome de Jesus, o Pastor Divino das
nossas vidas.
Enquanto o homem não se convencer de que lhe é necessário
conquistar as paisagens íntimas, suas realizações externas
deixá-lo-ão em desencanto, sob frustrações que se sucederão,
tantas vezes quantas sejam as glórias alcançadas no mundo de
fora.
Joanna de Ângelis
(Momentos enriquecedores. Joanna de Ângelis, Cap. 8. Divaldo Franco)
Sabedor que é de que o que contamina o homem é o que
lhe “sai” do imo, apresentado em seus atos, entendas que, do
mesmo modo, é o substrato da sua intimidade que tem o poder
de conferir-lhe alforria, libertando-o das celas tormentosas do
passado de delitos, a fim de que se alteie feliz, refletindo a luz
dos Céus que há conseguido, com esforço, amealhar
Camilo
(Cintilação das estrelas. Camilo, Cap. 18. Raul Teixeira)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Abaixo a depressão richard simonetti
Abaixo a depressão   richard simonettiAbaixo a depressão   richard simonetti
Abaixo a depressão richard simonetti
Helio Cruz
 
A força das ideias richard simonetti
A força das ideias   richard simonettiA força das ideias   richard simonetti
A força das ideias richard simonetti
Helio Cruz
 
Boletim OPAE maio 1 2019
Boletim OPAE  maio 1 2019 Boletim OPAE  maio 1 2019
Boletim OPAE maio 1 2019
O PAE PAE
 
Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016
jorge hessen hessen
 
Cidade no além (andré luiz e lucius)
Cidade no além (andré luiz e lucius)Cidade no além (andré luiz e lucius)
Cidade no além (andré luiz e lucius)
Sheila Büchele
 
BOLETIM O PAE - JUNHO/2016
BOLETIM O PAE   -  JUNHO/2016BOLETIM O PAE   -  JUNHO/2016
BOLETIM O PAE - JUNHO/2016
O PAE PAE
 
Reformador 09 setembro_2006
Reformador 09 setembro_2006Reformador 09 setembro_2006
Reformador 09 setembro_2006
grupofce
 
Boletim o pae junho
Boletim o pae   junho Boletim o pae   junho
Boletim o pae junho
jorge hessen hessen
 
Histórias que trazem felicidade
Histórias que trazem felicidadeHistórias que trazem felicidade
Histórias que trazem felicidade
Helio Cruz
 
Cinqüenta perguntas sobre o livro Nosso Lar
Cinqüenta perguntas sobre o livro Nosso LarCinqüenta perguntas sobre o livro Nosso Lar
Cinqüenta perguntas sobre o livro Nosso Lar
Eduardo Henrique Marçal
 
Desapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para EvoluirDesapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para Evoluir
Ricardo Azevedo
 
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
GEOMPM FEEB
 
Espirito e vida (2)
Espirito e vida (2)Espirito e vida (2)
Espirito e vida (2)
Mariana Alves
 
Evangelho Cap5 item14
Evangelho Cap5 item14Evangelho Cap5 item14
Evangelho Cap5 item14
Patricia Farias
 
Carta 4
Carta 4Carta 4
Edição n. 58 do CH Noticias - Abril/2020
Edição n. 58 do CH Noticias - Abril/2020Edição n. 58 do CH Noticias - Abril/2020
Edição n. 58 do CH Noticias - Abril/2020
CH Notícias - Casa dos Humildes - Recife
 
Boletim o pae marco 2019
Boletim o pae   marco 2019Boletim o pae   marco 2019
Boletim o pae marco 2019
O PAE PAE
 
5ª Catequese - Itinerário JMJ Rio'13
5ª Catequese - Itinerário JMJ Rio'135ª Catequese - Itinerário JMJ Rio'13
5ª Catequese - Itinerário JMJ Rio'13
Jotas_Viana
 
Se a mediunidade falasse viii
Se a mediunidade falasse viiiSe a mediunidade falasse viii
Se a mediunidade falasse viii
Marcílio Pereira
 

Mais procurados (19)

Abaixo a depressão richard simonetti
Abaixo a depressão   richard simonettiAbaixo a depressão   richard simonetti
Abaixo a depressão richard simonetti
 
A força das ideias richard simonetti
A força das ideias   richard simonettiA força das ideias   richard simonetti
A força das ideias richard simonetti
 
Boletim OPAE maio 1 2019
Boletim OPAE  maio 1 2019 Boletim OPAE  maio 1 2019
Boletim OPAE maio 1 2019
 
Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016Boletim o pae março 2016
Boletim o pae março 2016
 
Cidade no além (andré luiz e lucius)
Cidade no além (andré luiz e lucius)Cidade no além (andré luiz e lucius)
Cidade no além (andré luiz e lucius)
 
BOLETIM O PAE - JUNHO/2016
BOLETIM O PAE   -  JUNHO/2016BOLETIM O PAE   -  JUNHO/2016
BOLETIM O PAE - JUNHO/2016
 
Reformador 09 setembro_2006
Reformador 09 setembro_2006Reformador 09 setembro_2006
Reformador 09 setembro_2006
 
Boletim o pae junho
Boletim o pae   junho Boletim o pae   junho
Boletim o pae junho
 
Histórias que trazem felicidade
Histórias que trazem felicidadeHistórias que trazem felicidade
Histórias que trazem felicidade
 
Cinqüenta perguntas sobre o livro Nosso Lar
Cinqüenta perguntas sobre o livro Nosso LarCinqüenta perguntas sobre o livro Nosso Lar
Cinqüenta perguntas sobre o livro Nosso Lar
 
Desapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para EvoluirDesapego - Liberdade para Evoluir
Desapego - Liberdade para Evoluir
 
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
Transição Planetária - Aula 7 - Cap. 13,14,15 - Conquistando o tempo malbarat...
 
Espirito e vida (2)
Espirito e vida (2)Espirito e vida (2)
Espirito e vida (2)
 
Evangelho Cap5 item14
Evangelho Cap5 item14Evangelho Cap5 item14
Evangelho Cap5 item14
 
Carta 4
Carta 4Carta 4
Carta 4
 
Edição n. 58 do CH Noticias - Abril/2020
Edição n. 58 do CH Noticias - Abril/2020Edição n. 58 do CH Noticias - Abril/2020
Edição n. 58 do CH Noticias - Abril/2020
 
Boletim o pae marco 2019
Boletim o pae   marco 2019Boletim o pae   marco 2019
Boletim o pae marco 2019
 
5ª Catequese - Itinerário JMJ Rio'13
5ª Catequese - Itinerário JMJ Rio'135ª Catequese - Itinerário JMJ Rio'13
5ª Catequese - Itinerário JMJ Rio'13
 
Se a mediunidade falasse viii
Se a mediunidade falasse viiiSe a mediunidade falasse viii
Se a mediunidade falasse viii
 

Destaque

Building High Performance APIs In Go Using gRPC And Protocol Buffers
Building High Performance APIs In Go Using gRPC And Protocol BuffersBuilding High Performance APIs In Go Using gRPC And Protocol Buffers
Building High Performance APIs In Go Using gRPC And Protocol Buffers
Shiju Varghese
 
Alistair McNaught - Rough diamond or fool's gold? E-content as an accessibili...
Alistair McNaught - Rough diamond or fool's gold? E-content as an accessibili...Alistair McNaught - Rough diamond or fool's gold? E-content as an accessibili...
Alistair McNaught - Rough diamond or fool's gold? E-content as an accessibili...
sherif user group
 
Case study 2 mm
Case study 2 mmCase study 2 mm
Case study 2 mm
hanumanhackhot
 
Actualité du droit de l'information septembre 2016
Actualité du droit de l'information septembre 2016Actualité du droit de l'information septembre 2016
Actualité du droit de l'information septembre 2016
Michèle Battisti
 
Geraldine Huzar - The Open University and accessibly learning
Geraldine Huzar - The Open University and accessibly learningGeraldine Huzar - The Open University and accessibly learning
Geraldine Huzar - The Open University and accessibly learning
sherif user group
 
Gopal Dutta - Collaboration is the key: working as part of a team to organise...
Gopal Dutta - Collaboration is the key: working as part of a team to organise...Gopal Dutta - Collaboration is the key: working as part of a team to organise...
Gopal Dutta - Collaboration is the key: working as part of a team to organise...
sherif user group
 
Look At Modular Before You Decide
Look At Modular Before You DecideLook At Modular Before You Decide
Look At Modular Before You Decide
Greg Lerdahl-Starrco Company
 
HR FINAL PLAN
HR FINAL PLANHR FINAL PLAN
HR FINAL PLAN
Mahmoud Salah
 
Voedselbeieid, inleiding bij EZ febr2017
Voedselbeieid, inleiding bij EZ febr2017Voedselbeieid, inleiding bij EZ febr2017
Voedselbeieid, inleiding bij EZ febr2017
Krijn Poppe
 
Behavioral disorders
Behavioral disordersBehavioral disorders
Behavioral disorders
maahi2311
 
Peter gentsch multi channel intelligence ne_com_07-10-2015
Peter gentsch multi channel intelligence ne_com_07-10-2015Peter gentsch multi channel intelligence ne_com_07-10-2015
Peter gentsch multi channel intelligence ne_com_07-10-2015
Peter Gentsch
 
Comprehensive study of agricultural income
Comprehensive study of agricultural incomeComprehensive study of agricultural income
Comprehensive study of agricultural income
Abhishek Murali
 
ана т¦л¦ 4 сынып
ана т¦л¦ 4 сыныпана т¦л¦ 4 сынып
The 17 cheapest countries to visit for budget travel
The 17 cheapest countries to visit for budget travelThe 17 cheapest countries to visit for budget travel
The 17 cheapest countries to visit for budget travel
Rayna Tours
 
Homemade survival kit
Homemade survival kitHomemade survival kit
Homemade survival kit
Clever Survivalist
 
Madagascar vu de l'intérieur - Volume 2 : l'Eau
Madagascar vu de l'intérieur - Volume 2 : l'EauMadagascar vu de l'intérieur - Volume 2 : l'Eau
Madagascar vu de l'intérieur - Volume 2 : l'Eau
Pierre-Yves Babelon
 
Forum 3 minggu 4 metodologi penelitian bisnis
Forum 3 minggu 4 metodologi penelitian bisnisForum 3 minggu 4 metodologi penelitian bisnis
Forum 3 minggu 4 metodologi penelitian bisnis
Donny_suryo
 
Compressor
CompressorCompressor
Compressor
Samandeep Singh
 

Destaque (18)

Building High Performance APIs In Go Using gRPC And Protocol Buffers
Building High Performance APIs In Go Using gRPC And Protocol BuffersBuilding High Performance APIs In Go Using gRPC And Protocol Buffers
Building High Performance APIs In Go Using gRPC And Protocol Buffers
 
Alistair McNaught - Rough diamond or fool's gold? E-content as an accessibili...
Alistair McNaught - Rough diamond or fool's gold? E-content as an accessibili...Alistair McNaught - Rough diamond or fool's gold? E-content as an accessibili...
Alistair McNaught - Rough diamond or fool's gold? E-content as an accessibili...
 
Case study 2 mm
Case study 2 mmCase study 2 mm
Case study 2 mm
 
Actualité du droit de l'information septembre 2016
Actualité du droit de l'information septembre 2016Actualité du droit de l'information septembre 2016
Actualité du droit de l'information septembre 2016
 
Geraldine Huzar - The Open University and accessibly learning
Geraldine Huzar - The Open University and accessibly learningGeraldine Huzar - The Open University and accessibly learning
Geraldine Huzar - The Open University and accessibly learning
 
Gopal Dutta - Collaboration is the key: working as part of a team to organise...
Gopal Dutta - Collaboration is the key: working as part of a team to organise...Gopal Dutta - Collaboration is the key: working as part of a team to organise...
Gopal Dutta - Collaboration is the key: working as part of a team to organise...
 
Look At Modular Before You Decide
Look At Modular Before You DecideLook At Modular Before You Decide
Look At Modular Before You Decide
 
HR FINAL PLAN
HR FINAL PLANHR FINAL PLAN
HR FINAL PLAN
 
Voedselbeieid, inleiding bij EZ febr2017
Voedselbeieid, inleiding bij EZ febr2017Voedselbeieid, inleiding bij EZ febr2017
Voedselbeieid, inleiding bij EZ febr2017
 
Behavioral disorders
Behavioral disordersBehavioral disorders
Behavioral disorders
 
Peter gentsch multi channel intelligence ne_com_07-10-2015
Peter gentsch multi channel intelligence ne_com_07-10-2015Peter gentsch multi channel intelligence ne_com_07-10-2015
Peter gentsch multi channel intelligence ne_com_07-10-2015
 
Comprehensive study of agricultural income
Comprehensive study of agricultural incomeComprehensive study of agricultural income
Comprehensive study of agricultural income
 
ана т¦л¦ 4 сынып
ана т¦л¦ 4 сыныпана т¦л¦ 4 сынып
ана т¦л¦ 4 сынып
 
The 17 cheapest countries to visit for budget travel
The 17 cheapest countries to visit for budget travelThe 17 cheapest countries to visit for budget travel
The 17 cheapest countries to visit for budget travel
 
Homemade survival kit
Homemade survival kitHomemade survival kit
Homemade survival kit
 
Madagascar vu de l'intérieur - Volume 2 : l'Eau
Madagascar vu de l'intérieur - Volume 2 : l'EauMadagascar vu de l'intérieur - Volume 2 : l'Eau
Madagascar vu de l'intérieur - Volume 2 : l'Eau
 
Forum 3 minggu 4 metodologi penelitian bisnis
Forum 3 minggu 4 metodologi penelitian bisnisForum 3 minggu 4 metodologi penelitian bisnis
Forum 3 minggu 4 metodologi penelitian bisnis
 
Compressor
CompressorCompressor
Compressor
 

Semelhante a Resenha espirita on line 140

Resenha espirita on line 136
Resenha espirita on line 136Resenha espirita on line 136
Resenha espirita on line 136
MRS
 
Boletim 200413
Boletim   200413Boletim   200413
Boletim 200413
Marcio Lira
 
Resenha espirita on line 151
Resenha espirita on line 151Resenha espirita on line 151
Resenha espirita on line 151
MRS
 
Religiao e religiosidade
Religiao e religiosidadeReligiao e religiosidade
Religiao e religiosidade
Manoel Gamas
 
O centro espirita_herculanopires
O centro espirita_herculanopiresO centro espirita_herculanopires
O centro espirita_herculanopires
Helio Cruz
 
Resenha espirita on line 125
Resenha espirita on line 125Resenha espirita on line 125
Resenha espirita on line 125
MRS
 
Boletim OPAE - JUNHO 2016
Boletim OPAE   - JUNHO 2016Boletim OPAE   - JUNHO 2016
Boletim OPAE - JUNHO 2016
O PAE PAE
 
Boletim informativo fev2015
Boletim informativo fev2015Boletim informativo fev2015
Boletim informativo fev2015
fespiritacrista
 
Reformador 04 abril_2006
Reformador 04 abril_2006Reformador 04 abril_2006
Reformador 04 abril_2006
grupofce
 
Atraves do tempo (psicografia chico xavier espiritos diversos)
Atraves do tempo (psicografia chico xavier   espiritos diversos)Atraves do tempo (psicografia chico xavier   espiritos diversos)
Atraves do tempo (psicografia chico xavier espiritos diversos)
Fernando Moraes
 
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
CH Notícias - Casa dos Humildes - Recife
 
Resenha espirita on line 148
Resenha espirita on line 148Resenha espirita on line 148
Resenha espirita on line 148
MRS
 
Ave maria materialistas
Ave maria   materialistasAve maria   materialistas
Ave maria materialistas
Fatoze
 
à Luz do consolador 5ª parte
à Luz do consolador   5ª parteà Luz do consolador   5ª parte
à Luz do consolador 5ª parte
Sergio Silva
 
Curso visitação fraterna
Curso visitação fraternaCurso visitação fraterna
Curso visitação fraterna
Movimento da Fraternidade
 
Estudo do livro Roteiro lição 24
Estudo do livro Roteiro lição 24Estudo do livro Roteiro lição 24
Estudo do livro Roteiro lição 24
Candice Gunther
 
Jornal Espírita
Jornal Espírita Jornal Espírita
Jornal Espírita
Gildineide Marinho
 
Resenha espirita on line 129
Resenha espirita on line 129Resenha espirita on line 129
Resenha espirita on line 129
MRS
 
Edição n. 41 do CH Noticias - Novembro/2018
Edição n. 41 do CH Noticias - Novembro/2018Edição n. 41 do CH Noticias - Novembro/2018
Edição n. 41 do CH Noticias - Novembro/2018
CH Notícias - Casa dos Humildes - Recife
 
As faces da espiritualidade hernandes dias lopes
As faces da espiritualidade   hernandes dias lopesAs faces da espiritualidade   hernandes dias lopes
As faces da espiritualidade hernandes dias lopes
Deusdete Soares
 

Semelhante a Resenha espirita on line 140 (20)

Resenha espirita on line 136
Resenha espirita on line 136Resenha espirita on line 136
Resenha espirita on line 136
 
Boletim 200413
Boletim   200413Boletim   200413
Boletim 200413
 
Resenha espirita on line 151
Resenha espirita on line 151Resenha espirita on line 151
Resenha espirita on line 151
 
Religiao e religiosidade
Religiao e religiosidadeReligiao e religiosidade
Religiao e religiosidade
 
O centro espirita_herculanopires
O centro espirita_herculanopiresO centro espirita_herculanopires
O centro espirita_herculanopires
 
Resenha espirita on line 125
Resenha espirita on line 125Resenha espirita on line 125
Resenha espirita on line 125
 
Boletim OPAE - JUNHO 2016
Boletim OPAE   - JUNHO 2016Boletim OPAE   - JUNHO 2016
Boletim OPAE - JUNHO 2016
 
Boletim informativo fev2015
Boletim informativo fev2015Boletim informativo fev2015
Boletim informativo fev2015
 
Reformador 04 abril_2006
Reformador 04 abril_2006Reformador 04 abril_2006
Reformador 04 abril_2006
 
Atraves do tempo (psicografia chico xavier espiritos diversos)
Atraves do tempo (psicografia chico xavier   espiritos diversos)Atraves do tempo (psicografia chico xavier   espiritos diversos)
Atraves do tempo (psicografia chico xavier espiritos diversos)
 
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
Edição n. 14 do CH Noticias - Agosto/2016
 
Resenha espirita on line 148
Resenha espirita on line 148Resenha espirita on line 148
Resenha espirita on line 148
 
Ave maria materialistas
Ave maria   materialistasAve maria   materialistas
Ave maria materialistas
 
à Luz do consolador 5ª parte
à Luz do consolador   5ª parteà Luz do consolador   5ª parte
à Luz do consolador 5ª parte
 
Curso visitação fraterna
Curso visitação fraternaCurso visitação fraterna
Curso visitação fraterna
 
Estudo do livro Roteiro lição 24
Estudo do livro Roteiro lição 24Estudo do livro Roteiro lição 24
Estudo do livro Roteiro lição 24
 
Jornal Espírita
Jornal Espírita Jornal Espírita
Jornal Espírita
 
Resenha espirita on line 129
Resenha espirita on line 129Resenha espirita on line 129
Resenha espirita on line 129
 
Edição n. 41 do CH Noticias - Novembro/2018
Edição n. 41 do CH Noticias - Novembro/2018Edição n. 41 do CH Noticias - Novembro/2018
Edição n. 41 do CH Noticias - Novembro/2018
 
As faces da espiritualidade hernandes dias lopes
As faces da espiritualidade   hernandes dias lopesAs faces da espiritualidade   hernandes dias lopes
As faces da espiritualidade hernandes dias lopes
 

Mais de MRS

Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154
MRS
 
Resenha espirita on line 153
Resenha espirita on line 153Resenha espirita on line 153
Resenha espirita on line 153
MRS
 
Resenha espirita on line 152
Resenha espirita on line 152Resenha espirita on line 152
Resenha espirita on line 152
MRS
 
Rastros de luz 13
Rastros de luz 13Rastros de luz 13
Rastros de luz 13
MRS
 
Rastros de luz 12
Rastros de luz 12Rastros de luz 12
Rastros de luz 12
MRS
 
Resenha espirita on line 150
Resenha espirita on line 150Resenha espirita on line 150
Resenha espirita on line 150
MRS
 
Resenha espirita on line 149
Resenha espirita on line 149Resenha espirita on line 149
Resenha espirita on line 149
MRS
 
Rastros de luz 11
Rastros de luz 11Rastros de luz 11
Rastros de luz 11
MRS
 
Rastros de luz 10
Rastros de luz 10Rastros de luz 10
Rastros de luz 10
MRS
 
Resenha espirita on line 147
Resenha espirita on line 147Resenha espirita on line 147
Resenha espirita on line 147
MRS
 
Rastros de luz 09
Rastros de luz 09Rastros de luz 09
Rastros de luz 09
MRS
 
Resenha espirita on line 145
Resenha espirita on line 145Resenha espirita on line 145
Resenha espirita on line 145
MRS
 
Rastros de luz 08
Rastros de luz 08Rastros de luz 08
Rastros de luz 08
MRS
 
Resenha espirita on line 144
Resenha espirita on line 144Resenha espirita on line 144
Resenha espirita on line 144
MRS
 
Rastros de luz 07
Rastros de luz 07Rastros de luz 07
Rastros de luz 07
MRS
 
Resenha espirita on line 143
Resenha espirita on line 143Resenha espirita on line 143
Resenha espirita on line 143
MRS
 
Rastros de luz 06
Rastros de luz 06Rastros de luz 06
Rastros de luz 06
MRS
 
Resenha espirita on line 142
Resenha espirita on line 142Resenha espirita on line 142
Resenha espirita on line 142
MRS
 
Rastros de luz 05
Rastros de luz 05Rastros de luz 05
Rastros de luz 05
MRS
 
Resenha espirita on line 141
Resenha espirita on line 141Resenha espirita on line 141
Resenha espirita on line 141
MRS
 

Mais de MRS (20)

Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154Resenha espirita on line 154
Resenha espirita on line 154
 
Resenha espirita on line 153
Resenha espirita on line 153Resenha espirita on line 153
Resenha espirita on line 153
 
Resenha espirita on line 152
Resenha espirita on line 152Resenha espirita on line 152
Resenha espirita on line 152
 
Rastros de luz 13
Rastros de luz 13Rastros de luz 13
Rastros de luz 13
 
Rastros de luz 12
Rastros de luz 12Rastros de luz 12
Rastros de luz 12
 
Resenha espirita on line 150
Resenha espirita on line 150Resenha espirita on line 150
Resenha espirita on line 150
 
Resenha espirita on line 149
Resenha espirita on line 149Resenha espirita on line 149
Resenha espirita on line 149
 
Rastros de luz 11
Rastros de luz 11Rastros de luz 11
Rastros de luz 11
 
Rastros de luz 10
Rastros de luz 10Rastros de luz 10
Rastros de luz 10
 
Resenha espirita on line 147
Resenha espirita on line 147Resenha espirita on line 147
Resenha espirita on line 147
 
Rastros de luz 09
Rastros de luz 09Rastros de luz 09
Rastros de luz 09
 
Resenha espirita on line 145
Resenha espirita on line 145Resenha espirita on line 145
Resenha espirita on line 145
 
Rastros de luz 08
Rastros de luz 08Rastros de luz 08
Rastros de luz 08
 
Resenha espirita on line 144
Resenha espirita on line 144Resenha espirita on line 144
Resenha espirita on line 144
 
Rastros de luz 07
Rastros de luz 07Rastros de luz 07
Rastros de luz 07
 
Resenha espirita on line 143
Resenha espirita on line 143Resenha espirita on line 143
Resenha espirita on line 143
 
Rastros de luz 06
Rastros de luz 06Rastros de luz 06
Rastros de luz 06
 
Resenha espirita on line 142
Resenha espirita on line 142Resenha espirita on line 142
Resenha espirita on line 142
 
Rastros de luz 05
Rastros de luz 05Rastros de luz 05
Rastros de luz 05
 
Resenha espirita on line 141
Resenha espirita on line 141Resenha espirita on line 141
Resenha espirita on line 141
 

Último

Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
MasaCalixto2
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (18)

Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 

Resenha espirita on line 140

  • 1. no 140 Ano 8 RESENHA a informação na medida certa 25 de fevereiro de 2017 onespíritaline
  • 2. 2 3RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online esusJIDENTIDADE COM
  • 3. 4 5RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online Têm efêmera duração, porque os seus líderes, vencidos pelas angústias que os envenenam e que não têm coragem de enfrentar, fogem da realidade para as fantasias que se lhes transformam em pesadelos hediondos, insuportáveis... De igual maneira, ocorrem esses fenômenos na fé religiosa, sob outros aspectos, porém, com os mesmos efeitos psicológicos, nas diferentes definições em que se ajustam. O Cristianismo, por exemplo, não constitui exceção no seu extraordinário mapa de expansão terrena. Desde quando Lucas, o futuro apóstolo do Evangelho, fascinado por Jesus Cristo, no glorioso período da pregação paulina, sugeriu que os Seus discípulos fossem chamados de cristãos, que a identificação inscreveu-os na História como os conquistadores do mundo espiritual. A princípio, à força ciclópica da abnegação e do amor que os animava escreveu, no holocausto da própria existência, a mais desafiadora página de dedicação ao próximo e a Deus de que se tem notícias, e o martirológio tornou-se o sublime recurso de expansão da mensagem libertadora, que passou a dominar praticamente o mundo conhecido de então. Todavia, conforme escreveu Santo Eusébio, cristão primitivo do século IV, à medida que as facilidades e as disputas humanas substituíram os testemunhos e os sacrifícios dos mártires, a floração sublime da fé emurcheceu e quase feneceu... Mais tarde, a denominação passou a inspirar suspeitas, pavores e mesmo ódios, pela alucinação e fanatismo que tomaram conta daqueles que, dessa maneira, identificavam-se. Uma noite terrível, inevitavelmente, abateu-se sobre a sociedade debilmente iluminada, de quando em quando, pelos apóstolos da verdade que renasceram com a missão de sustentá-la nos estertores em que se encontrava. Quase nada permaneceu das apoteóticas mensagens de amor e de compaixão ensinadas e vividas por Jesus, obrigando a caridade a ocultar- se, envergonhada, nos mantos da divina misericórdia... ...Veio o Consolador e, novamente, o formoso brilho do Evangelho como um sol especial passou a iluminar as vidas e a aquecer o frio das almas. Lentamente, porém, à medida que se vem popularizando, a vulgaridade e a insensatez humanas tomam conta das suas fileiras, tentando empanar-lhe as sublimes claridades. * Nesse báratro que domina a sociedade hodierna que estorcega nos sofrimentos inenarráveis e atemoriza- se ante as ameaças perversas de outros males sem conta, a identidade cristã perdeu quase completamente o seu significado inicial. Negocia-se, mente-se, guerreia- se, infelicita-se, em nome de Jesus. Firmam-se tratados e decretos citando as Suas palavras, enquanto o ser humano prossegue abandonado à própria sorte... Não poucos cristãos novos, por sua vez, que bebem na fonte lustral do Evangelho desvelado pelo Espiritismo, a água pura e cristalina do dever, do amor e da caridade, descuidam-se da conduta crística, aquela de ser irmão dos sofredores, de seguir mil passos a mais ao lado daquele que lhe solicita a companhia por apenas mil; de dar o manto a quem necessita somente da capa; de despir-se da ostentação, do orgulho e do egoísmo para servir, ao invés de ser servido pela mensagem que se expande pelo mundo. O campeonato da vaidade ao lado das disputas pelos favores de César e as glórias de Pirro desequilibra incontáveis valorosos servidores que se comprometeram em não mais repetir os erros clamorosos do passado. Iniciam o ministério do amor dominados pelo entusiasmo da ingenuidade e do encantamento, para trasladar-se para as volúpias do prazer e das compensações imediatas. Sexo, poder, luxo e distinções sociais fascinam-nos e intoxicam-nos no festival da ilusão. Soberbos uns e irreverentes outros, passeiam a incoerência da conduta em relação à fé nas paisagens humanas, dando a impressão de que a enfermidade, a velhice e a desencarnação jamais os alcançarão... Abraçando as imposturas terrestres disputam-lhe a aceitação, afadigando-se pela conquista das posturas artificiais, cultivando as técnicas da comunicação exterior, esquecidos da irradiação do bem-estar, da harmonia e da alegria de viver que os deveriam impregnar. O exterior é-lhes mais importante do A identificação é uma das qualidades psicológicas responsáveis pela definição do ser humano, ao lado de outras significativas, tais como: a personalidade, o conhecimento e a consciência. Em razão do seu impositivo, é possível qualificar-se o indivíduo face à sua afinidade emocional e comportamental com as ideias e os anseios íntimos cultivados. Graças às aspirações internas mantidas, surgem as sintonias que povoam os grupos, aglutinando-os em sociedades ou núcleos que formam a humanidade. Quando são enobrecedoras, favorecem o progresso moral e social da pessoa e, em consequência, da grei, aprimorando a cultura, a ciência e as artes, a tecnologia e o humanitarismo, que fomentam o ajuste e a harmonia global. Todavia, se resultam das paixões dissolventes, formam os guetos da criminalidade, as forças da violência, as gangues da insânia e das alucinações coletivas, as tribos da drogadição, resvalando para os abismos do horror que respondem pelas lutas sangrentas e perversas. As propostas filosóficas e o conhecimento nos mais diversos ramos do saber, atraem os seres humanos às suas fileiras e os classificam, tornando-se conhecidos pelos modismos e conduta, não raro extravagantes e agressivos. Periodicamente surgem como desafios ao status quo, chamando a atenção pela maneira exibicionista através da qual projetam a imagem prepotente que escraviza sua vítima...
  • 4. 6 7RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online que o interior. Apresentam-se como novos sepulcros do ensinamento evangélico, bem cuidados por fora e por dentro a imundície... Cuida da tua identidade crística. Mantém-te simples e sem atavios. Cultiva a bondade e faze-te útil. Sorri e ama, auxiliando sempre. Não importa que não sejas conhecido ou afamado, lutando, porém, para seres iluminado. Apresenta Jesus e oculta-te, recorda-O e esquece as tuas ambições enganosas, fazendo que todos aqueles que se te acerquem, vejam-nO em ti. Vinculado a Jesus, seja a tua identidade dEle. Joanna de Ângelis Psicografia de Divaldo Pereira Franco, no dia 25 de junho de 2011, no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia Campinas, SP, sediará o I Encontro Fraternidade sem fronteiras, nos dias 25 e 26 de março de 2017. No Espaço Guanabara (Rua: Dr. Osvaldo Cruz, 300), o evento terá início às 8h30 de cada um dos dias. Divaldo Franco proferirá palestra de encerramento, prevista para às 12h25 do dia 26. Além de Divaldo Franco, outros palestrantes se revesarão na tribuna, dentre eles, Jorge Godinho, presidente da Federação Espírita Brasileira. Aconteceu no dia 10 de fevereiro de 2017, na cidade de Barreiros, BA, a Caminhada pela Paz, que reuniu milhares de pessoas e contou com a presença de Divaldo Franco. E no dia 11, Divaldo proferiu palestra, no Espaço Fortiório. Barreiras, BA Caminhada pela PazFraternidade sem fronteiras Campinas, SP Rio Grande do Norte São José de Mipibu, RN, no dia 18 de fevereiro de 2017, acompanhou a realização do 3º Movimento Você e a Paz, contando com a presença de Divaldo Franco. Já no dia 19 de fevereiro, Divaldo conduziu os estudos sobre Perturbações Espirituais, no Centro de Convenções Ponta Negra, em Natal, RN. O workshop teve início às 8h.
  • 5. 8 9RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online A Federação Espírita do Estado de Goiás promoverá o 33º Congresso Espírita daquele Estado, nos dias 25 a 28 de fevereiro de 2017, no Centro de Convenções de Goiânia. Divaldo Franco estará presente, juntamente com outros conferencistas convidados. Foi no dia 17 de fevereiro de 2017, que Divaldo Franco esteve em Fortaleza, CE, nas dependências do Hotel Praia Centro, a partir das 19h, coordenando estudos espíritas tendo como tema central: Seja feliz hoje. O evento foi promovido pela Federação Espírita do Estado do Ceará. Seja Feliz Hoje A Federação Espírita do Paraná promove mais uma edição da Conferência Estadual Espírita, a 19ª. Com programação em várias cidades do Estado, que compõe o evento no seu todo (ver programa ao lado), nos dias 17 a 19 de março de 2017, no Expotrade, na cidade de Pinhais, PR (vizinha de Curitiba), acontecerá o grande congrassamento, com Divaldo Franco, Alberto Almeida, Haroldo Dias e Sandra Della Pola. Maiores informações poderão ser colhidas no site www.feparana.com.br.
  • 6. 10 11RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online Normalmente discutimos as questões referentes ao renascimento corporal, entrelaçando esse ou aquele argumento, perpassando impressões e casos vários, probatórios, do nosso conhecimento. O renascimento no corpo, todavia, reclama o nosso esforço, no sentido de refazer a própria romagem, utilizando-nos das felizes lições que a Doutrina do Consolador vem-nos apresentando, há tanto tempo. Renascer em nova indumentária fisiológica é reencarnar. Muito embora o peso que o termo deixa transparecer para alguns, não resta dúvida de que, sendo lei divina, todos nela estamos incursos. Os que creem na ação dessa lei quanto os que não a admitem, todos estamos sujeitos ao seu comando. O ressurgimento no corpo, concitando-nos à mudança de posicionamento ético em face das vivências que empreendemos, torna necessária a observação das recomendações ou dos lembretes que nos chegam por meio da mostragem dos que estão lacrimosos, sofridos e marcados por rudes expiações no mundo, junto a tantos que remoem amarguras de aparência interminável. Mas, ao lado disso, verificamos os que se gloriam no trabalho são e afanoso, contínuo e feliz, na expansão das alegrias e da esperança, do amor e do bem, na trajetória dos seus dias. Acompanhemos esses quadros, a fim de fazermos nossa própria escolha, uma vez que sabemos que a colheita que se faz agora não passa do resultado da sementeira efetuada por nós mesmos, em outra ocasião… Ante a bênção do renascimento em que você está matriculado, não desdenhe as experiências que o alcançam, convocando-o ao serviço para o encontro com Jesus, nosso Senhor. Trabalhe e aprimore-se. Aprimore-se e sirva. Sirva e passe, fazendo luz a sua volta, clareando a sua reencarnação, renascendo também em espírito, assemelhando-se ao Criador pelo amor que espalhe. Rosângela (Rosângela. Rosângela, Cap. 11. Raul Teixeira) orenascer
  • 7. 12 13RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online Entrevista com Raul Teixeira Alavanca – Como o senhor analisa a obra do físico Fritjof Capra, sobretudo “O Tao da Física”? Raul Teixeira – Capra realizou uma verdadeira proeza, ao dividir a comunidade científica em dois grandes grupos, o dos que contestam sua posição e o daqueles que apoiam suas ideias. Porque ele se baseia na Física Quântica, na Física Relativista, e chega a fazer comparação dizendo que tudo que hoje a nossa Física desenvolve em Laboratórios, sendo pesquisas de pontas, importantíssimas, nós já podemos identificar no trabalho dos místicos orientais, há mais de 7 mil anos antes do Cristo. Naturalmente que sem o tratamento laboratorial que hoje se aplica e também sem a linguagem específica e os jargões atuais adotados pela Ciência. Mas o fato, o fenômeno, aí está… Alavanca – E de que modo isso contribuirá para o avanço científico? Raul Teixeira – A confirmação dos trabalhos de Capra vem nos mostrar que as verdades divinas estão espalhadas pelo Cosmo e são sempre, em qualquer tempo, as mesmas verdades. Enquanto o homem não as reconhece e compreende, passam aos nossos olhos como mistérios. Mas à medida que vamos descobrindo essas verdades, elas saem do desconhecido e passam a integrar nossa realidade, constituindo-se em pontos de apoio para a Ciência. Alavanca – O que significa acatar a existência de Deus… Raul Teixeira – Deus pensa, e Seu pensamento – que é a Verdade – se espalha no Cosmo. E nós, à proporção que vamos crescendo, moral e intelectualmente, conseguimos captar essa mensagem da Divindade, que se acha no Universo. É importante que entendamos O Livro dos Espíritos, quando nos ensina que nos falta um sentido para entender a infinidade de Deus. E Jesus Cristo diz que é preciso ter puro o coração para ver a Deus. Então, à proporção que avançamos, em nível de Ciência, em nível de bom senso, de equilíbrio geral, vamos conseguindo “ver” a Deus, entender a intimidade do Criador, a partir das leis que estão espalhadas pelo Universo. Naturalmente que não apenas Capra, mas um pugilo de outros físicos tem enveredado por esse caminho. E hoje encontramos uma literatura muito vasta, vinculando os progressos da Física às questões espirituais. Não é à toa que nós vivemos uma época que é propriamente a Era do Espírito. (Entrevista concedida ao Jornal Alavanca nº 397, de Campinas - SP)
  • 8. 14 15RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online Preserva a jovialidade na tua conduta. Um cenho carregado reflete aflição, desgosto, contrariedade. Podes ser de atitudes retas e comportamento sério, sem que te afixes a máscara contraída do mau humor. Jovialmente e com alegria esparze bom ânimo, irradiando o bem-estar de que esteja rico o teu coração. 0 tesouro de um comportamento jovial tem o preço da felicidade que oferece a todas as pessoas. Joanna de Ângelis (Vida feliz. Joanna de Ângelis. Cap. XXXIV. Divaldo Franco) Inumeráveis foram os criminosos no mundo que, em qualquer nível, admitiram seus erros, sob o peso do remorso, começando o processo do ressarcimento da renovação, voltando aos caminhos de suas vítimas, mesmo que sofrendo por parte delas doestos, apupos, agressividade. Quem está disposto a renovar-se não teme os corretivos ou remédios, ainda quando doloridos ou amargos. Em seu caso particular, aprenda a pedir desculpas, a confessar seus erros, a admitir seus equívocos, para que não aninhe remorsos na alma, ou para que o seu remorso tenha o poder de lhe fazer reerguer e não sucumbir. Considere que você não é infalível. Dê-se conta de que não é invulnerável. E, assim, terá tranquilidade em admitir o lado que ainda vibra feio em sua intimidade. Somente quando se decida a não mais alimentar remorsos, por orgulho ou algo que corresponda a isso, é que você deixará de padecer desnecessariamente. Confesse, dessa forma, o seu erro, quando ele ocorra, e parta para o acerto, pois todos os que seguem pelos caminhos humanos podem tropeçar, podem tombar, mas que, em nome do auto-respeito, aprendam a recuperar-se, a soerguer-se, a elevar-se para os planos de luz da alma em paz. Joanes (Para uso diário. Joanes, cap. 21. Raul Teixeira) É de se compreender os porquês de se acharem pela Terra inteira as almas solitárias, digerindo indigestas frustrações afetivas. Quantas que correm numa busca ansiosa por alguém que as queira, que as ame, que a elas se dediquem ou a quem se possam dedicar, sem nenhum êxito? Significativo número dessas criaturas que experimentam sensação de vazio no íntimo por falta de uma relação afetiva harmônica e verdadeira, advém desse quadro de adúlteros que feriram corações e sentimentos em tempos remotos ou próximos, em muitos casos tendo aceito conúbios com pessoas comprometidas, com pleno conhecimento da situação, quando adentraram o círculo perturbador do adultério. A dinâmica com que o egoísmo age não permite ao indivíduo ególatra a capacidade avaliativa que o levaria, num simples movimento de pôr-se no lugar do outro, o afastamento da excitante quão perturbadora aventura. Sempre o melhor a fazer será não adulterar, não iludir a ninguém, considerando que os adúlteros passarão a levar sobre os ombros o peso da tortura moral que a outros impuseram, o que somente o tempo com as suas cambiantes de frustrações, dores e lágrimas, conseguirá resolver. À frente das dificuldades insolúveis dos relacionamentos humanos, onde o amor não conseguiu os anelados resultados da convivência equilibrada, valerá sempre a pena homenagear-se a honestidade, a transparência das atitudes, o diálogo marcado pela paciência e pela compreensão, a fim de que, após os tempestuosos e sombrios dias, ou depois das quadras invernosas do gelo sentimental, novamente brilhe o sol da esperança e a vida refloresça em nova primavera. Camilo (Minha família, o mundo e eu. Camilo, Cap. 24. Raul Teixeira) E xistem genitores que apenas procriam, fugindo à responsabilidade. Não compete, porém, aos filhos julgá- los com severidade, desde que não são dotados da necessária lucidez e correção para esse fim. Se fracassaram no sagrado ministério, não se furtarão à consciência, em forma da presença da culpa neles gravada. Auxiliá-los por todos os meios ao alcance é mister indeclinável, que o filho deve ofertar com extremos de devotamento e renúncia. A ingratidão dos filhos para com os pais é dos mais graves enganos a que se pode permitir o Espírito na sua marcha ascensional. A irresponsabilidade dos progenitores de forma alguma justifica a falência dos deveres morais por parte da prole. Ninguém se vincula a outrem através dos vigorosos liames do corpo somático, da família, sem justas, ponderosas razões. Desincumbir-se das tarefas relevantes que o amor e o reconhecimento impõem - eis o impositivo que ninguém pode julgar lícito postergar. Joanna de Ângelis (Leis morais da vida. Joanna de Ângelis, Cap. 17. Divaldo Franco)
  • 9. 16 RESENHA ESPÍRITA online RESENHA ESPÍRITA online VISITE OS SITES: Editora Fráter: http://editorafrater.com.br Livraria LEAL: http://mansaodocaminho.com.br/livraria-leal/ TODOS PRECISAM DE PAZ NA ALMA Numa linguagem simples e objetiva, a Benfeitora Benedita Maria oferta- nos inspiradas meditações para que possamos bem compreender temas como nosso papel no mundo, nossa relação com os outros, nossa busca pela maturidade, nossas crenças e suas consequências, temas para quais o ser humano vem buscando respostas que nem sempre são encontradas a contento. Todos Precisam de Paz na Alma é uma obra maravilhosa e merece nossa especial atenção, em virtude da agitação da vida moderna; dos excessos de distrações facultadas pelo avanço da tecnologia; do afrouxamento dos valores morais; do crescimento dos valores materiais e o distanciamento de Deus. As pessoas precisam de rumo certo para viver em paz; precisam de paz na alma para viver com saúde. SOL DE ESPERANÇA Alguns Espíritos dedicados que vivem reencarnados aqui e ali, em diversas paisagens terrenas, retornaram para reafirmar a legitimidade da vida, através da sobrevivência à morte, ora pela psicografia, ora pela psicofonia, em reuniões espíritas particulares e públicas, ressaltando a grandeza e excelência de Jesus Cristo e do Evangelho, que lembram um sol de esperança, prenunciando o grande amor que um dia reunirá todas as criaturas como irmãos, quando o monstro da guerra for página da história do passado, e a fraternidade real abrir os braços à Era da Paz que logo mais se estabelecerá no mundo, em nome de Jesus, o Pastor Divino das nossas vidas. Enquanto o homem não se convencer de que lhe é necessário conquistar as paisagens íntimas, suas realizações externas deixá-lo-ão em desencanto, sob frustrações que se sucederão, tantas vezes quantas sejam as glórias alcançadas no mundo de fora. Joanna de Ângelis (Momentos enriquecedores. Joanna de Ângelis, Cap. 8. Divaldo Franco) Sabedor que é de que o que contamina o homem é o que lhe “sai” do imo, apresentado em seus atos, entendas que, do mesmo modo, é o substrato da sua intimidade que tem o poder de conferir-lhe alforria, libertando-o das celas tormentosas do passado de delitos, a fim de que se alteie feliz, refletindo a luz dos Céus que há conseguido, com esforço, amealhar Camilo (Cintilação das estrelas. Camilo, Cap. 18. Raul Teixeira)