SlideShare uma empresa Scribd logo
Tema Atividades económicas
Subtema Atividades Económicas: recursos, processos de produção e sustentabilidade
Os recursos naturais são imprescindíveis para a vida humana e o Homem,
através das atividades económicas, tem explorado e utilizado os recursos
naturais para:
- o seu sustento, produzindo alimentos;
- aumentar o seu conforto
- e produzir mais riqueza.
Recursos naturais – todos os elementos da Natureza que podem ser utilizados, no seu
estado natural ou transformados, para satisfazer as necessidades
da população.
Hídricos Biológicos Minerais Energéticos
Classificação dos recursos naturais
De acordo com a sua natureza:
A exploração dos recursos de modo indiferenciado revelou que nem todos têm a
mesma capacidade de regeneração.
De acordo com a sua capacidade de regeneração:
 Recursos naturais renováveis – são todos aqueles que, se o Homem os souber
preservar e utilizar, não se esgotam, pois renovam-se continuamente.
Exs.: recursos biológicos (animais e vegetais);
recursos hídricos (águas superficiais e subterrâneas);
recursos energéticos: sol, vento, ondas, calor da Terra (geotérmica)…
solo, ar
 Recursos naturais não renováveis – são todos aqueles cuja utilização continuada
pode levar ao seu esgotamento, ou seja, todos aqueles que são finitos (não se
repõem na natureza à mesma velocidade com que são consumidos).
Exs.: recursos minerais (ferro, cobre, ouro, … e combustíveis fósseis – carvão, petróleo, gás
natural e urânio).
Classificação dos recursos naturais
Recursos minerais – substâncias naturais (minérios) formadas por processos
geológicos que, ocorrendo na crosta terrestre com uma
concentração superior à média, podem ser
economicamente exploráveis.
Classificação
metálicos não metálicos energéticos
ouro, prata, ferro,
alumínio, cobre, …
Rochas
industriais:
areia, argila,
quartzo, …
Rochas
ornamentais:
calcário,
mármore,
granito, …
Petróleo, carvão, gás
natural e urânio
(combustíveis fósseis)
A nossa qualidade de vida gera grandes necessidades de energia, o que causa,
inevitavelmente, poluição (do ar, da água, dos solos e do clima), cujo impacto
importa reduzir o mais possível.
Fontes de energia
Setor estratégico não podemos dispensá-la
luz elétrica
proteção do frio
transporte das pessoas e
mercadorias
base de todos os setores
económicos:
agricultura,
indústria
serviços
progresso científico
Distribuição mundial e fluxos comerciais dos principais minérios

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Recursos naturais.pptx

Recursos naturais introdução
Recursos naturais introduçãoRecursos naturais introdução
Recursos naturais introdução
adelinacgomes
 
Recursos Minerais
Recursos MineraisRecursos Minerais
Recursos Minerais
pedagogiaparaofuturo
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
a6968
 
Recursos minerais
Recursos mineraisRecursos minerais
Recursos minerais
mak1996
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
verasanches
 
recursos naturais umo
 recursos naturais umo recursos naturais umo
recursos naturais umo
Umo Fuad
 
Recursos naturais transparências
Recursos naturais   transparênciasRecursos naturais   transparências
Recursos naturais transparências
Sandra Semedo
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
EB 2/3 Avelar Brotero
 
Intervenção do homem
Intervenção do homemIntervenção do homem
Intervenção do homem
margaridabt
 
Os recursos do subsolo
Os recursos do subsoloOs recursos do subsolo
Os recursos do subsolo
Catalin Danu
 
Recursos naturais da litosfera
Recursos naturais da litosferaRecursos naturais da litosfera
Recursos naturais da litosfera
Wagner Góes
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
João Fernandes
 
Apresentação1 yara
Apresentação1 yaraApresentação1 yara
Apresentação1 yara
avelar brotero
 
Recursosnaturais1
Recursosnaturais1Recursosnaturais1
Recursosnaturais1
Terceiro Calhau
 
Recursos naturais indira
Recursos naturais indiraRecursos naturais indira
Recursos naturais indira
Indira Djata
 
Exercício de PowerPoint.pptx
Exercício de PowerPoint.pptxExercício de PowerPoint.pptx
Exercício de PowerPoint.pptx
jesuadodeosorio
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
Emlur
 
Intervenção do homem
Intervenção do homemIntervenção do homem
Intervenção do homem
margaridabt
 
5 intervenção do homem nos subssistemas
5   intervenção do homem  nos subssistemas5   intervenção do homem  nos subssistemas
5 intervenção do homem nos subssistemas
margaridabt
 
Gestão sustentável dos recursos
Gestão sustentável dos recursos Gestão sustentável dos recursos
Gestão sustentável dos recursos
Ana Ribeiro
 

Semelhante a Recursos naturais.pptx (20)

Recursos naturais introdução
Recursos naturais introduçãoRecursos naturais introdução
Recursos naturais introdução
 
Recursos Minerais
Recursos MineraisRecursos Minerais
Recursos Minerais
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Recursos minerais
Recursos mineraisRecursos minerais
Recursos minerais
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
 
recursos naturais umo
 recursos naturais umo recursos naturais umo
recursos naturais umo
 
Recursos naturais transparências
Recursos naturais   transparênciasRecursos naturais   transparências
Recursos naturais transparências
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
 
Intervenção do homem
Intervenção do homemIntervenção do homem
Intervenção do homem
 
Os recursos do subsolo
Os recursos do subsoloOs recursos do subsolo
Os recursos do subsolo
 
Recursos naturais da litosfera
Recursos naturais da litosferaRecursos naturais da litosfera
Recursos naturais da litosfera
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
 
Apresentação1 yara
Apresentação1 yaraApresentação1 yara
Apresentação1 yara
 
Recursosnaturais1
Recursosnaturais1Recursosnaturais1
Recursosnaturais1
 
Recursos naturais indira
Recursos naturais indiraRecursos naturais indira
Recursos naturais indira
 
Exercício de PowerPoint.pptx
Exercício de PowerPoint.pptxExercício de PowerPoint.pptx
Exercício de PowerPoint.pptx
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Intervenção do homem
Intervenção do homemIntervenção do homem
Intervenção do homem
 
5 intervenção do homem nos subssistemas
5   intervenção do homem  nos subssistemas5   intervenção do homem  nos subssistemas
5 intervenção do homem nos subssistemas
 
Gestão sustentável dos recursos
Gestão sustentável dos recursos Gestão sustentável dos recursos
Gestão sustentável dos recursos
 

Mais de AnaBeatriz125525

What is social media.pdf Social media refers to digital platforms and applica...
What is social media.pdf Social media refers to digital platforms and applica...What is social media.pdf Social media refers to digital platforms and applica...
What is social media.pdf Social media refers to digital platforms and applica...
AnaBeatriz125525
 
Filosofia_determinismo_radical_10ano_libertismo_determinismo
Filosofia_determinismo_radical_10ano_libertismo_determinismoFilosofia_determinismo_radical_10ano_libertismo_determinismo
Filosofia_determinismo_radical_10ano_libertismo_determinismo
AnaBeatriz125525
 
Minerais Metálicos e não metálicos (1) (1).pdf
Minerais Metálicos e não metálicos (1) (1).pdfMinerais Metálicos e não metálicos (1) (1).pdf
Minerais Metálicos e não metálicos (1) (1).pdf
AnaBeatriz125525
 
nasa.pdf
nasa.pdfnasa.pdf
Mahsa Amini.pdf
Mahsa Amini.pdfMahsa Amini.pdf
Mahsa Amini.pdf
AnaBeatriz125525
 
história(2).pdf
história(2).pdfhistória(2).pdf
história(2).pdf
AnaBeatriz125525
 

Mais de AnaBeatriz125525 (6)

What is social media.pdf Social media refers to digital platforms and applica...
What is social media.pdf Social media refers to digital platforms and applica...What is social media.pdf Social media refers to digital platforms and applica...
What is social media.pdf Social media refers to digital platforms and applica...
 
Filosofia_determinismo_radical_10ano_libertismo_determinismo
Filosofia_determinismo_radical_10ano_libertismo_determinismoFilosofia_determinismo_radical_10ano_libertismo_determinismo
Filosofia_determinismo_radical_10ano_libertismo_determinismo
 
Minerais Metálicos e não metálicos (1) (1).pdf
Minerais Metálicos e não metálicos (1) (1).pdfMinerais Metálicos e não metálicos (1) (1).pdf
Minerais Metálicos e não metálicos (1) (1).pdf
 
nasa.pdf
nasa.pdfnasa.pdf
nasa.pdf
 
Mahsa Amini.pdf
Mahsa Amini.pdfMahsa Amini.pdf
Mahsa Amini.pdf
 
história(2).pdf
história(2).pdfhistória(2).pdf
história(2).pdf
 

Último

05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
Escola Municipal Jesus Cristo
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Ana Da Silva Ponce
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
Mary Alvarenga
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Mary Alvarenga
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
Manuais Formação
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
kdn15710
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Luana Neres
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
Escola Municipal Jesus Cristo
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
ssuser701e2b
 

Último (20)

05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
BULLYING NÃO É AMOR.pdf LIVRO PARA TRABALHAR COM ALUNOS ATRAVÉS DE PROJETOS...
 
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdfArundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
Arundhati Roy - O Deus das Pequenas Coisas - ÍNDIA.pdf
 
Acróstico - Reciclar é preciso
Acróstico   -  Reciclar é preciso Acróstico   -  Reciclar é preciso
Acróstico - Reciclar é preciso
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.Caça-palavras    ortografia M antes de P e B.
Caça-palavras ortografia M antes de P e B.
 
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manualUFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
UFCD_8298_Cozinha criativa_índice do manual
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptxAula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
Aula01 - ensino médio - (Filosofia).pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
Aula 2 - 6º HIS - Formas de registro da história e da produção do conheciment...
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docxPROPOSTA CURRICULAR  EDUCACAO FISICA.docx
PROPOSTA CURRICULAR EDUCACAO FISICA.docx
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
LIBRO LAS MANOS NO SON PARA PEGAR-MAESTRA EN PREESCOLAR_organized_rotated (1)...
 

Recursos naturais.pptx

  • 1. Tema Atividades económicas Subtema Atividades Económicas: recursos, processos de produção e sustentabilidade
  • 2. Os recursos naturais são imprescindíveis para a vida humana e o Homem, através das atividades económicas, tem explorado e utilizado os recursos naturais para: - o seu sustento, produzindo alimentos; - aumentar o seu conforto - e produzir mais riqueza. Recursos naturais – todos os elementos da Natureza que podem ser utilizados, no seu estado natural ou transformados, para satisfazer as necessidades da população.
  • 3. Hídricos Biológicos Minerais Energéticos Classificação dos recursos naturais De acordo com a sua natureza: A exploração dos recursos de modo indiferenciado revelou que nem todos têm a mesma capacidade de regeneração.
  • 4. De acordo com a sua capacidade de regeneração:  Recursos naturais renováveis – são todos aqueles que, se o Homem os souber preservar e utilizar, não se esgotam, pois renovam-se continuamente. Exs.: recursos biológicos (animais e vegetais); recursos hídricos (águas superficiais e subterrâneas); recursos energéticos: sol, vento, ondas, calor da Terra (geotérmica)… solo, ar  Recursos naturais não renováveis – são todos aqueles cuja utilização continuada pode levar ao seu esgotamento, ou seja, todos aqueles que são finitos (não se repõem na natureza à mesma velocidade com que são consumidos). Exs.: recursos minerais (ferro, cobre, ouro, … e combustíveis fósseis – carvão, petróleo, gás natural e urânio). Classificação dos recursos naturais
  • 5. Recursos minerais – substâncias naturais (minérios) formadas por processos geológicos que, ocorrendo na crosta terrestre com uma concentração superior à média, podem ser economicamente exploráveis. Classificação metálicos não metálicos energéticos ouro, prata, ferro, alumínio, cobre, … Rochas industriais: areia, argila, quartzo, … Rochas ornamentais: calcário, mármore, granito, … Petróleo, carvão, gás natural e urânio (combustíveis fósseis)
  • 6. A nossa qualidade de vida gera grandes necessidades de energia, o que causa, inevitavelmente, poluição (do ar, da água, dos solos e do clima), cujo impacto importa reduzir o mais possível. Fontes de energia Setor estratégico não podemos dispensá-la luz elétrica proteção do frio transporte das pessoas e mercadorias base de todos os setores económicos: agricultura, indústria serviços progresso científico
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. Distribuição mundial e fluxos comerciais dos principais minérios