SlideShare uma empresa Scribd logo
………….EDITORIAL. …………
Rev. Ang. de Ciênc. da Saúde. 2021 Jul – Dez; 2 (2): 1-3
ISSN (Online): 2789 - 2832 / ISSN (Print): 2789 - 2824
Equipa Multidisciplinar de Profissionais de Saúde, Docentes e Investigadores Nacionais
1
Licenciado com uma Licença Creative Commons 4.0
Os desafios da publicação científica no campo da saúde em
Angola
The challenges of scientific publication in the health field in
Angola
Hermenegildo Osvaldo Chitumba  1
, Humberto Morais2
Palavras – Chave: Publicações; Ciência; Angola
Keywords: Publications; Science; Angola
Pode-se observar que ao longo da história da humanidade, a vida dos indivíduos e das sociedades foram
transformadas pelos resultados da pesquisa.
Nos países desenvolvidos são amplos os ganhos com a pesquisa científica do ponto de vista financeiro e
contribuições elevadas no número de publicações 1
.
Objectivando examinar a produção científica global de artigos indexados à base de dados Scopus – Elsevier, do
ano 1970 - 2016, Salmerón-Manzano e Manzano-Agugliaro2
, concluíram que os países com maior produção
científica global foram os Estados Unidos seguido pelo Reino Unido.
Apesar de actualmente os Países Africanos constituírem o berço dos principais problemas de saúde,
fundamentalmente do fórum infeccioso, o contributo destes para a produção científica global ainda é
marcadamente insuficiente e com alguma limitação.
Até 1996 a produção científica africana em termos globais não passava de 1.5%3
. A base de dados AJOL (African
Journals Online), até Fevereiro do ano de 2022 apontava a Nigéria, África do Sul, Etiopia, Kenya, Gana e Egipto,
como sendo os países Africanos com maior número de revistas cientificas.
África do Sul, Egipto e Nigéria compõem 60% do número total de artigos indexados na base de dados PubMed4
.
Nos últimos anos, em Angola, tem estado a crescer o número de investigadores que de uma forma tímida e
com iniciativas isoladas vêm evidando esforços para alavancar a pesquisa e investigação clínica na área da saúde
no país.
Há 5 anos, era uma miragem falar de revistas científicas electrónicas. Actualmente o país está dando passos
significativos, com o nascimento de revistas científicas em vários domínios do saber. Contudo, mais do que o
aumento no número de revistas científicas que por sinal são de algum modo o maior mecanismo para a difusão
rápida do conhecimento, torna-se imprescindível a capacitação dos profissionais envolvidos na produção do
conhecimento.
Ao analizarmos o número de artigos indexados à base de dados PubMed, usando como estratégia de busca
avançada o termo Angola[Affiliation], ou seja, artigos que possuem pelo menos um autor contendo a palavra
Angola na afiliação institucional entre o ano de 1800 - 2022, verificamos que o sistema a 04 de Fevereiro de 2022,
______________________________
1- Faculdade de Medicina, Universidade José Eduardo dos Santos, Huambo, Angola. Orcid: 0000-0003-1905-
137X
2- Departamento de Cardiologia, Hospital Militar Principal/Instituto Superior, Luanda, Angola. Orcid: 0000-
0002-1471-5408
 - Autor correspondente. Email: chitumba16@gmail.com
Doi: https://doi.org/10.54283/RACSaude.v2n2.2021.p1-3
Os desafios da publicação científica no campo da saúde em Angola. 2021 Jul – Dez; 2 (2): 1-3
2
RACSAÚDE – Revista Angolana de Ciências da Saúde. www.racsaude.com
retorna 614 artigos, dos quais 554 (89,8%) foram publicados nos últimos 10 anos (2012-2021). Observando-se
assim, um aumento significativo de 9 artigos publicados em 2012 para 97 artigos publicados em 2021 (Fig. 1).
Figura 1 – Número de artigos indexados à base de dados PubMed no período de 2012 a 2021, usando como
estratégia de busca o termo Angola[Affiliation]
Corroborando os pronunciamentos encontrados no manual de Frascati5
, para que os países em via de
desenvolvimento dos quais Angola faz parte, deiam passos largos e positivos na direcção certa, torna-se necessário
dar a devida atenção por parte dos decisores políticos e gestores, na capacitação dos recursos humanos e
financeiros destinados a investigação científica, encontrando assim um método para a consecução dos objectivos
preconizados.
Este feito, terá como resultado a existência de uma massa crítica estável de docentes e investigadores que
possam aferir com argúcia os principais problemas e lacunas no domínio das ciências médicas e da saúde, com o
estabelecimento de prioridades na sua resolução.
Nestes dois anos de existência da RACSaúde, foi possível constatar, por um lado, a existência de muita
substância a nível das Universidades, Institutos e Centros de Investigação Científica, Centros de Saúde e Hospitais
dos mais variados níveis, que devidamente encaminhada teria como resultado um impulso na produção científica
nacional; por outro lado, constatamos que, ainda existe dificuldade no manejo de ferramentas tecnológicas e no
domínio do método de investigação científica (por parte dos profissionais de saúde, docentes e investigadores),
que são pressupostos para produzir informação com rigor e qualidade aceitável.
Uma das formas de colmatar, estas insuficiências é a criação de mecanismo de incentivo aos actores do campo
da produção científica.
Deve-se encarar a investigação científica não apenas como uma forma de gerar conhecimento novo para
enriquecimento dos currículos, mas sim, como uma ferramenta necessária e imprescindível para o
desenvolvimento, diversificação da economia, e uma forma de identificação de problemas que de algum modo
requerem solução do ponto de vista da ciência.
Acreditamos que a RACSaúde venha a ter no futuro um papel fundamental na difusão dos trabalhos científicos
realizados nas nossas universidades, instituições de investigação e de saúde. Apelamos assim, aos interessados o
envio de trabalhos para a nossa revista. A equipa editorial tudo fará, para que, o sistema “recepção – revisão por
pares – aceitação e/ou rejeição dos artigos – publicação na revista” seja feita com celeridade, sem prejuízo na
qualidade dos trabalhos publicados. Todos os pesquisadores docentes profissionais de saúde e não só estão
convidados a dar vida a revista e participar da internacionalização, visibilidade e desenvolvimento da ciência em
Angola e no Mundo.
Agradecemos a todos os autores que consideraram a RACSaúde para tornar público os resultados de suas
investigações nesta edição.
9
14
34
62
78
73 73
64
97 97
0
20
40
60
80
100
120
Número de artigos indexados à base de dados Pubmed
2012
2013
2014
2015
2016
2017
2018
2019
2020
2021
Os desafios da publicação científica no campo da saúde em Angola. 2021 Jul – Dez; 2 (2): 1-3
3
RACSAÚDE – Revista Angolana de Ciências da Saúde. www.racsaude.com
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
1. Anand NP, Hofman KJ, Glass RIJAM. The globalization of health research: harnessing the scientific
diaspora. 2009;84(4):525-34. doi:https://doi.org/10.1097/ACM.0b013e31819b204d
2. Salmerón-Manzano E, Manzano-Agugliaro FJP. Worldwide scientific production indexed by Scopus on
Labour Relations. 2017;5(4):25. doi: https://doi.org/10.3390/publications5040025
3. Confraria H, Godinho MMJS. The impact of African science: A bibliometric analysis. 2015;102(2):1241-
68. doi: https://doi.org/10.1007/s11192-014-1463-8
4. Uthman OA, Uthman MB. Geography of Africa biomedical publications: an analysis of 1996–2005
PubMed papers. 2008;8(2):1-11. doi:https://doi.org/10.1186/1476-072x-6-46
5. Manual de Frascati. Guidelines for Collecting and Reporting Data on Research and Experimental
Development. Paris: OCDE Publishing; 2015. 395 p.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Rac saúde.2021 v2n2_1-3 (pt)

Metodologia trab científico
Metodologia trab científicoMetodologia trab científico
Metodologia trab científico
Leandro Lourenção Duarte
 
Artigo (seminário sandra)
Artigo (seminário sandra)Artigo (seminário sandra)
Artigo (seminário sandra)
Nathália Cassiano
 
Publicação de Artigos em Revistas Indexadas.ppt
Publicação de Artigos em Revistas Indexadas.pptPublicação de Artigos em Revistas Indexadas.ppt
Publicação de Artigos em Revistas Indexadas.ppt
ssusera55655
 
Qualidade de vida dos joves parte teórica (71 a) (3)
Qualidade de vida dos joves   parte teórica (71 a) (3)Qualidade de vida dos joves   parte teórica (71 a) (3)
Qualidade de vida dos joves parte teórica (71 a) (3)
Qualivida
 
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Solange Santana
 
Ciencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdf
Ciencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdfCiencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdf
Ciencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdf
RaphaelAndrade55
 
Tcc helena
Tcc helenaTcc helena
Tcc helena
Helena
 
Infectologia: Como Motivar o Aluno de Graduação?
Infectologia: Como Motivar o Aluno de Graduação?Infectologia: Como Motivar o Aluno de Graduação?
Infectologia: Como Motivar o Aluno de Graduação?
Alexandre Naime Barbosa
 
Capacidade funcional e sua mensuração em idosos: uma revisão integrativa
Capacidade funcional e sua mensuração em idosos: uma revisão integrativaCapacidade funcional e sua mensuração em idosos: uma revisão integrativa
Capacidade funcional e sua mensuração em idosos: uma revisão integrativa
Centro Universitário Ages
 
Edição 6 informapet 6
Edição 6  informapet 6Edição 6  informapet 6
Edição 6 informapet 6
Petianos Alimentos Londrina
 
Projeto Final Ciências Biológica.pdf
Projeto Final Ciências Biológica.pdfProjeto Final Ciências Biológica.pdf
Projeto Final Ciências Biológica.pdf
Jussara Santin
 
A Produção do Conhecimento nas Ciências da Saúde
A Produção do Conhecimento nas Ciências da Saúde A Produção do Conhecimento nas Ciências da Saúde
A Produção do Conhecimento nas Ciências da Saúde
Atena Editora
 
RESPOSTAS AVALIAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA.pdf
RESPOSTAS AVALIAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA.pdfRESPOSTAS AVALIAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA.pdf
RESPOSTAS AVALIAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA.pdf
Marina Disney
 
30 anos do sus
30 anos do sus30 anos do sus
30 anos do sus
Paula Brustolin Xavier
 
Capacitacao a distancia para atencao basica hipertensao aux enferm
Capacitacao a distancia para atencao basica hipertensao aux enfermCapacitacao a distancia para atencao basica hipertensao aux enferm
Capacitacao a distancia para atencao basica hipertensao aux enferm
manoelramosdeoliveir1
 
Estadísticas de uso e impacto-Tardelli
Estadísticas de uso e impacto-TardelliEstadísticas de uso e impacto-Tardelli
Estadísticas de uso e impacto-Tardelli
Latindex
 
Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do...
Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do...Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do...
Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do...
Universidade Estadual de Maringá
 
Acesso à Saúde no Brasil.pdf
Acesso à Saúde no Brasil.pdfAcesso à Saúde no Brasil.pdf
Acesso à Saúde no Brasil.pdf
LarayneGFO
 
Abertura de dados de pesquisa: a importância da visão multidisciplinar
Abertura de dados de pesquisa: a importância da visão multidisciplinarAbertura de dados de pesquisa: a importância da visão multidisciplinar
Abertura de dados de pesquisa: a importância da visão multidisciplinar
http://bvsalud.org/
 
Panorama geral do scholar one no mundo e na coleção SciELO Brasil - Alex Mend...
Panorama geral do scholar one no mundo e na coleção SciELO Brasil - Alex Mend...Panorama geral do scholar one no mundo e na coleção SciELO Brasil - Alex Mend...
Panorama geral do scholar one no mundo e na coleção SciELO Brasil - Alex Mend...
SciELO - Scientific Electronic Library Online
 

Semelhante a Rac saúde.2021 v2n2_1-3 (pt) (20)

Metodologia trab científico
Metodologia trab científicoMetodologia trab científico
Metodologia trab científico
 
Artigo (seminário sandra)
Artigo (seminário sandra)Artigo (seminário sandra)
Artigo (seminário sandra)
 
Publicação de Artigos em Revistas Indexadas.ppt
Publicação de Artigos em Revistas Indexadas.pptPublicação de Artigos em Revistas Indexadas.ppt
Publicação de Artigos em Revistas Indexadas.ppt
 
Qualidade de vida dos joves parte teórica (71 a) (3)
Qualidade de vida dos joves   parte teórica (71 a) (3)Qualidade de vida dos joves   parte teórica (71 a) (3)
Qualidade de vida dos joves parte teórica (71 a) (3)
 
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
 
Ciencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdf
Ciencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdfCiencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdf
Ciencia_aberta_editores_cientificos_Ebook.pdf
 
Tcc helena
Tcc helenaTcc helena
Tcc helena
 
Infectologia: Como Motivar o Aluno de Graduação?
Infectologia: Como Motivar o Aluno de Graduação?Infectologia: Como Motivar o Aluno de Graduação?
Infectologia: Como Motivar o Aluno de Graduação?
 
Capacidade funcional e sua mensuração em idosos: uma revisão integrativa
Capacidade funcional e sua mensuração em idosos: uma revisão integrativaCapacidade funcional e sua mensuração em idosos: uma revisão integrativa
Capacidade funcional e sua mensuração em idosos: uma revisão integrativa
 
Edição 6 informapet 6
Edição 6  informapet 6Edição 6  informapet 6
Edição 6 informapet 6
 
Projeto Final Ciências Biológica.pdf
Projeto Final Ciências Biológica.pdfProjeto Final Ciências Biológica.pdf
Projeto Final Ciências Biológica.pdf
 
A Produção do Conhecimento nas Ciências da Saúde
A Produção do Conhecimento nas Ciências da Saúde A Produção do Conhecimento nas Ciências da Saúde
A Produção do Conhecimento nas Ciências da Saúde
 
RESPOSTAS AVALIAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA.pdf
RESPOSTAS AVALIAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA.pdfRESPOSTAS AVALIAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA.pdf
RESPOSTAS AVALIAÇÃO GERAL DA DISCIPLINA METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA.pdf
 
30 anos do sus
30 anos do sus30 anos do sus
30 anos do sus
 
Capacitacao a distancia para atencao basica hipertensao aux enferm
Capacitacao a distancia para atencao basica hipertensao aux enfermCapacitacao a distancia para atencao basica hipertensao aux enferm
Capacitacao a distancia para atencao basica hipertensao aux enferm
 
Estadísticas de uso e impacto-Tardelli
Estadísticas de uso e impacto-TardelliEstadísticas de uso e impacto-Tardelli
Estadísticas de uso e impacto-Tardelli
 
Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do...
Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do...Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do...
Estilo de vida de estudantes de graduação em enfermagem de uma instituição do...
 
Acesso à Saúde no Brasil.pdf
Acesso à Saúde no Brasil.pdfAcesso à Saúde no Brasil.pdf
Acesso à Saúde no Brasil.pdf
 
Abertura de dados de pesquisa: a importância da visão multidisciplinar
Abertura de dados de pesquisa: a importância da visão multidisciplinarAbertura de dados de pesquisa: a importância da visão multidisciplinar
Abertura de dados de pesquisa: a importância da visão multidisciplinar
 
Panorama geral do scholar one no mundo e na coleção SciELO Brasil - Alex Mend...
Panorama geral do scholar one no mundo e na coleção SciELO Brasil - Alex Mend...Panorama geral do scholar one no mundo e na coleção SciELO Brasil - Alex Mend...
Panorama geral do scholar one no mundo e na coleção SciELO Brasil - Alex Mend...
 

Mais de Revista Angolana de Ciências da Saúde

A narrative review on Rotavirus A in Mozambique
A narrative review on Rotavirus A in Mozambique A narrative review on Rotavirus A in Mozambique
A narrative review on Rotavirus A in Mozambique
Revista Angolana de Ciências da Saúde
 
The angolan journal of health sciences as a contribution to scientific resear...
The angolan journal of health sciences as a contribution to scientific resear...The angolan journal of health sciences as a contribution to scientific resear...
The angolan journal of health sciences as a contribution to scientific resear...
Revista Angolana de Ciências da Saúde
 
Influence of population density and access to sanitation on covid 19 in mozam...
Influence of population density and access to sanitation on covid 19 in mozam...Influence of population density and access to sanitation on covid 19 in mozam...
Influence of population density and access to sanitation on covid 19 in mozam...
Revista Angolana de Ciências da Saúde
 
Gene expression on rat1 fibroblast cells after transformation by evi1
Gene expression on rat1 fibroblast cells after transformation by evi1Gene expression on rat1 fibroblast cells after transformation by evi1
Gene expression on rat1 fibroblast cells after transformation by evi1
Revista Angolana de Ciências da Saúde
 
Factores associados à insatisfação dos médicos dos hospitais de nível terciár...
Factores associados à insatisfação dos médicos dos hospitais de nível terciár...Factores associados à insatisfação dos médicos dos hospitais de nível terciár...
Factores associados à insatisfação dos médicos dos hospitais de nível terciár...
Revista Angolana de Ciências da Saúde
 
Ectopia cordis uma condição rara
Ectopia cordis uma condição raraEctopia cordis uma condição rara
Ectopia cordis uma condição rara
Revista Angolana de Ciências da Saúde
 
Cardiologia em Angola marcando passos para a excelência
Cardiologia em Angola marcando passos para a excelênciaCardiologia em Angola marcando passos para a excelência
Cardiologia em Angola marcando passos para a excelência
Revista Angolana de Ciências da Saúde
 
A pandemia da Covid 19 dos factos à evidência científica
A pandemia da Covid 19 dos factos à evidência científicaA pandemia da Covid 19 dos factos à evidência científica
A pandemia da Covid 19 dos factos à evidência científica
Revista Angolana de Ciências da Saúde
 

Mais de Revista Angolana de Ciências da Saúde (8)

A narrative review on Rotavirus A in Mozambique
A narrative review on Rotavirus A in Mozambique A narrative review on Rotavirus A in Mozambique
A narrative review on Rotavirus A in Mozambique
 
The angolan journal of health sciences as a contribution to scientific resear...
The angolan journal of health sciences as a contribution to scientific resear...The angolan journal of health sciences as a contribution to scientific resear...
The angolan journal of health sciences as a contribution to scientific resear...
 
Influence of population density and access to sanitation on covid 19 in mozam...
Influence of population density and access to sanitation on covid 19 in mozam...Influence of population density and access to sanitation on covid 19 in mozam...
Influence of population density and access to sanitation on covid 19 in mozam...
 
Gene expression on rat1 fibroblast cells after transformation by evi1
Gene expression on rat1 fibroblast cells after transformation by evi1Gene expression on rat1 fibroblast cells after transformation by evi1
Gene expression on rat1 fibroblast cells after transformation by evi1
 
Factores associados à insatisfação dos médicos dos hospitais de nível terciár...
Factores associados à insatisfação dos médicos dos hospitais de nível terciár...Factores associados à insatisfação dos médicos dos hospitais de nível terciár...
Factores associados à insatisfação dos médicos dos hospitais de nível terciár...
 
Ectopia cordis uma condição rara
Ectopia cordis uma condição raraEctopia cordis uma condição rara
Ectopia cordis uma condição rara
 
Cardiologia em Angola marcando passos para a excelência
Cardiologia em Angola marcando passos para a excelênciaCardiologia em Angola marcando passos para a excelência
Cardiologia em Angola marcando passos para a excelência
 
A pandemia da Covid 19 dos factos à evidência científica
A pandemia da Covid 19 dos factos à evidência científicaA pandemia da Covid 19 dos factos à evidência científica
A pandemia da Covid 19 dos factos à evidência científica
 

Último

AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao Facia
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao  FaciaAULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao  Facia
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao Facia
AntonioXavier35
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagemSistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
BarbaraKelle
 
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Lenilson Souza
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
walterjose20
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de espaços    e equipamentoshigienização de espaços    e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
Manuel Pacheco Vieira
 
VIAS+E+ADMINISTRAÇÃO+DE+MEDICAMENTOS-+AULA+03 (2).pdf
VIAS+E+ADMINISTRAÇÃO+DE+MEDICAMENTOS-+AULA+03 (2).pdfVIAS+E+ADMINISTRAÇÃO+DE+MEDICAMENTOS-+AULA+03 (2).pdf
VIAS+E+ADMINISTRAÇÃO+DE+MEDICAMENTOS-+AULA+03 (2).pdf
kailanejoyce4
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
jhordana1
 
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdfMedicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
jhordana1
 

Último (9)

AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao Facia
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao  FaciaAULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao  Facia
AULA 04.06. BOTOX.pdfHarmonizaçao Facia
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de    espaços e equipamentoshigienização de    espaços e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagemSistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
Sistema Reprodutor Feminino curso tec. de enfermagem
 
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
Descubra os segredos do emagrecimento sustentável: Dicas práticas e estratégi...
 
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptxA-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
A-Importancia-da-Saude-Mental-na-Juventude.pptx
 
higienização de espaços e equipamentos
higienização de espaços    e equipamentoshigienização de espaços    e equipamentos
higienização de espaços e equipamentos
 
VIAS+E+ADMINISTRAÇÃO+DE+MEDICAMENTOS-+AULA+03 (2).pdf
VIAS+E+ADMINISTRAÇÃO+DE+MEDICAMENTOS-+AULA+03 (2).pdfVIAS+E+ADMINISTRAÇÃO+DE+MEDICAMENTOS-+AULA+03 (2).pdf
VIAS+E+ADMINISTRAÇÃO+DE+MEDICAMENTOS-+AULA+03 (2).pdf
 
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
8. Medicamentos que atuam no Sistema Endócrino.pdf
 
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdfMedicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
Medicamentos que atuam no Sistema Digestório.pdf
 

Rac saúde.2021 v2n2_1-3 (pt)

  • 1. ………….EDITORIAL. ………… Rev. Ang. de Ciênc. da Saúde. 2021 Jul – Dez; 2 (2): 1-3 ISSN (Online): 2789 - 2832 / ISSN (Print): 2789 - 2824 Equipa Multidisciplinar de Profissionais de Saúde, Docentes e Investigadores Nacionais 1 Licenciado com uma Licença Creative Commons 4.0 Os desafios da publicação científica no campo da saúde em Angola The challenges of scientific publication in the health field in Angola Hermenegildo Osvaldo Chitumba  1 , Humberto Morais2 Palavras – Chave: Publicações; Ciência; Angola Keywords: Publications; Science; Angola Pode-se observar que ao longo da história da humanidade, a vida dos indivíduos e das sociedades foram transformadas pelos resultados da pesquisa. Nos países desenvolvidos são amplos os ganhos com a pesquisa científica do ponto de vista financeiro e contribuições elevadas no número de publicações 1 . Objectivando examinar a produção científica global de artigos indexados à base de dados Scopus – Elsevier, do ano 1970 - 2016, Salmerón-Manzano e Manzano-Agugliaro2 , concluíram que os países com maior produção científica global foram os Estados Unidos seguido pelo Reino Unido. Apesar de actualmente os Países Africanos constituírem o berço dos principais problemas de saúde, fundamentalmente do fórum infeccioso, o contributo destes para a produção científica global ainda é marcadamente insuficiente e com alguma limitação. Até 1996 a produção científica africana em termos globais não passava de 1.5%3 . A base de dados AJOL (African Journals Online), até Fevereiro do ano de 2022 apontava a Nigéria, África do Sul, Etiopia, Kenya, Gana e Egipto, como sendo os países Africanos com maior número de revistas cientificas. África do Sul, Egipto e Nigéria compõem 60% do número total de artigos indexados na base de dados PubMed4 . Nos últimos anos, em Angola, tem estado a crescer o número de investigadores que de uma forma tímida e com iniciativas isoladas vêm evidando esforços para alavancar a pesquisa e investigação clínica na área da saúde no país. Há 5 anos, era uma miragem falar de revistas científicas electrónicas. Actualmente o país está dando passos significativos, com o nascimento de revistas científicas em vários domínios do saber. Contudo, mais do que o aumento no número de revistas científicas que por sinal são de algum modo o maior mecanismo para a difusão rápida do conhecimento, torna-se imprescindível a capacitação dos profissionais envolvidos na produção do conhecimento. Ao analizarmos o número de artigos indexados à base de dados PubMed, usando como estratégia de busca avançada o termo Angola[Affiliation], ou seja, artigos que possuem pelo menos um autor contendo a palavra Angola na afiliação institucional entre o ano de 1800 - 2022, verificamos que o sistema a 04 de Fevereiro de 2022, ______________________________ 1- Faculdade de Medicina, Universidade José Eduardo dos Santos, Huambo, Angola. Orcid: 0000-0003-1905- 137X 2- Departamento de Cardiologia, Hospital Militar Principal/Instituto Superior, Luanda, Angola. Orcid: 0000- 0002-1471-5408  - Autor correspondente. Email: chitumba16@gmail.com Doi: https://doi.org/10.54283/RACSaude.v2n2.2021.p1-3
  • 2. Os desafios da publicação científica no campo da saúde em Angola. 2021 Jul – Dez; 2 (2): 1-3 2 RACSAÚDE – Revista Angolana de Ciências da Saúde. www.racsaude.com retorna 614 artigos, dos quais 554 (89,8%) foram publicados nos últimos 10 anos (2012-2021). Observando-se assim, um aumento significativo de 9 artigos publicados em 2012 para 97 artigos publicados em 2021 (Fig. 1). Figura 1 – Número de artigos indexados à base de dados PubMed no período de 2012 a 2021, usando como estratégia de busca o termo Angola[Affiliation] Corroborando os pronunciamentos encontrados no manual de Frascati5 , para que os países em via de desenvolvimento dos quais Angola faz parte, deiam passos largos e positivos na direcção certa, torna-se necessário dar a devida atenção por parte dos decisores políticos e gestores, na capacitação dos recursos humanos e financeiros destinados a investigação científica, encontrando assim um método para a consecução dos objectivos preconizados. Este feito, terá como resultado a existência de uma massa crítica estável de docentes e investigadores que possam aferir com argúcia os principais problemas e lacunas no domínio das ciências médicas e da saúde, com o estabelecimento de prioridades na sua resolução. Nestes dois anos de existência da RACSaúde, foi possível constatar, por um lado, a existência de muita substância a nível das Universidades, Institutos e Centros de Investigação Científica, Centros de Saúde e Hospitais dos mais variados níveis, que devidamente encaminhada teria como resultado um impulso na produção científica nacional; por outro lado, constatamos que, ainda existe dificuldade no manejo de ferramentas tecnológicas e no domínio do método de investigação científica (por parte dos profissionais de saúde, docentes e investigadores), que são pressupostos para produzir informação com rigor e qualidade aceitável. Uma das formas de colmatar, estas insuficiências é a criação de mecanismo de incentivo aos actores do campo da produção científica. Deve-se encarar a investigação científica não apenas como uma forma de gerar conhecimento novo para enriquecimento dos currículos, mas sim, como uma ferramenta necessária e imprescindível para o desenvolvimento, diversificação da economia, e uma forma de identificação de problemas que de algum modo requerem solução do ponto de vista da ciência. Acreditamos que a RACSaúde venha a ter no futuro um papel fundamental na difusão dos trabalhos científicos realizados nas nossas universidades, instituições de investigação e de saúde. Apelamos assim, aos interessados o envio de trabalhos para a nossa revista. A equipa editorial tudo fará, para que, o sistema “recepção – revisão por pares – aceitação e/ou rejeição dos artigos – publicação na revista” seja feita com celeridade, sem prejuízo na qualidade dos trabalhos publicados. Todos os pesquisadores docentes profissionais de saúde e não só estão convidados a dar vida a revista e participar da internacionalização, visibilidade e desenvolvimento da ciência em Angola e no Mundo. Agradecemos a todos os autores que consideraram a RACSaúde para tornar público os resultados de suas investigações nesta edição. 9 14 34 62 78 73 73 64 97 97 0 20 40 60 80 100 120 Número de artigos indexados à base de dados Pubmed 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020 2021
  • 3. Os desafios da publicação científica no campo da saúde em Angola. 2021 Jul – Dez; 2 (2): 1-3 3 RACSAÚDE – Revista Angolana de Ciências da Saúde. www.racsaude.com REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. Anand NP, Hofman KJ, Glass RIJAM. The globalization of health research: harnessing the scientific diaspora. 2009;84(4):525-34. doi:https://doi.org/10.1097/ACM.0b013e31819b204d 2. Salmerón-Manzano E, Manzano-Agugliaro FJP. Worldwide scientific production indexed by Scopus on Labour Relations. 2017;5(4):25. doi: https://doi.org/10.3390/publications5040025 3. Confraria H, Godinho MMJS. The impact of African science: A bibliometric analysis. 2015;102(2):1241- 68. doi: https://doi.org/10.1007/s11192-014-1463-8 4. Uthman OA, Uthman MB. Geography of Africa biomedical publications: an analysis of 1996–2005 PubMed papers. 2008;8(2):1-11. doi:https://doi.org/10.1186/1476-072x-6-46 5. Manual de Frascati. Guidelines for Collecting and Reporting Data on Research and Experimental Development. Paris: OCDE Publishing; 2015. 395 p.