SlideShare uma empresa Scribd logo
Disciplina: Língua Portuguesa
3os
Integrados AGR118, INF118, ZOO118
Professora Cláudia Santos
4. PROPOSTA DE REDAÇÃO: DESAFIOS PARA O COMBATE A PANDEMIAS NO MUNDO GLOBALIZADO
A partir da leitura dos textos motivadores a
seguir e com base em seus conhecimentos e
reflexões, redija um texto dissertativo-
argumentativo na modalidade escrita formal da
língua portuguesa sobre o tema “Desafios para
o combate a pandemias no mundo
globalizado”, apresentando proposta de
intervenção para o problema em pauta.
Selecione, organize e relacione, de forma
coerente e coesa, argumentos e fatos para a
defesa do seu ponto de vista.
TEXTO I
Veja a diferença entre surto, epidemia,
pandemia e endemia.
Surto: acontece quando há o aumento
repentino do número de casos de uma doença
em uma região específica. Para ser
considerado surto, o aumento de casos deve
ser maior do que o esperado pelas autoridades.
Em algumas cidades (como Itajaí-SC), a
dengue é tratada como surto (e não como
epidemia), pois acontece em regiões
específicas (um bairro, por exemplo).
Epidemia: a epidemia se caracteriza quando
um surto acontece em diversas regiões. Uma
epidemia a nível municipal acontece quando
diversos bairros apresentam uma doença, a
epidemia a nível estadual acontece quando
diversas cidades têm casos e a epidemia
nacional acontece quando diversas cidades têm
casos e a epidemia nacional acontece quando
há casos em diversas regiões do país.
Pandemia: em uma escala de gravidade, a
pandemia é o pior dos cenários. Ela acontece
quando uma epidemia se espalha por diversas
regiões do planeta. Em 2009, a gripe A (ou
gripe suína) passou de epidemia para pandemia
quando a OMS começou a registrar casos nos
seis continentes do mundo. A aids, apesar de
estar diminuindo no mundo, também é
considerada uma pandemia.
Endemia: a endemia não está relacionada a
uma questão quantitativa. Uma doença é
classificada como endêmica (típica) de uma
endêmica (típica) de uma região quando
acontece com muita frequência no local. As
doenças endêmicas podem ser sazonais. A
febre amarela, por exemplo, é considerada uma
doença endêmica da região Norte do Brasil.
(Disponível em:
https://educacao.uol.com.br/disciplinas/geografia/surto-
epidemia-pandemia-e-endemia-entenda-qual-e-a-diferenca-
entre-eles.htm - Acesso em 3/2/2020. Adaptado).
TEXTO II
O que é o coronavírus?
Nomeado oficialmente de 2019-nCoV, o novo
coronavírus é similar a outros dois identificados
nas últimas décadas. Um deles foi responsável
por causar a Síndrome Respiratória Aguda
Grave (Sars, na sigla em inglês), e matou 774
das 8.098 infectadas em uma epidemia que
começou na China em 2002.
Outro esteve por trás da Síndrome Respiratória
do Oriente Médio (Mers, na sigla em inglês),
que matou 858 dos 2.494 pacientes
identificados com a infecção desde 2012 nesta
região do mundo.
Até o momento, entre os quase 4 mil casos
notificados do 2019-nCoV, houve 106 mortes —
todas na China. O novo vírus causa infecção
respiratória aguda. Sintomas começam com
uma febre, seguida de tosse seca e, depois de
uma semana, leva a falta de ar. Ainda não há
cura nem vacina.
(Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-
51258799 - Acesso em 3/2/2020. Adaptado).
TEXTO III
Em pleno século 21, após incontáveis
pandemias que dizimaram milhões de pessoas,
há um único tratado internacional para regular
as ações que a comunidade internacional deve
tomar em situações emergenciais de saúde
pública, o Regulamento Sanitário Internacional,
da OMS (International Health Regulations). E é
ele que entra em vigor agora que a entidade
classificou o surto como emergência global.
“A partir do momento em que uma epidemia
passa a ser considerada uma emergência de
saúde pública de importância internacional, a
OMS faz uma série de recomendações aos
seus estados-membros, como no transporte
marítimo e aéreo, e permite o deslocamento de
recursos financeiros para o local afetado”,
explica Deisy de Freitas Lima Ventura,
coordenadora do Programa de Pós-Graduação
em Saúde Global e Sustentabilidade Faculdade
de Saúde Pública da Universidade de São
Paulo.
“O regulamento é eficiente no sentido de que é
capaz de fortalecer os sistemas de saúde locais
e guiar os países durante a emergência. Mas
sua eficácia dependerá do grau de
comprometimento do país com as
recomendações da OMS”, avalia Christopher
Mores, professor de Saúde Global do Instituto
Milken de Saúde Pública Universidade George
Washington e pesquisador de epidemiologia e
controle de doenças.
(Disponível em: https://exame.abril.com.br/mundo/coronavirus-
e-emergencia-global-de-saude-o-que-acontece-agora/ - Acesso
em 3/2/2020. Adaptado).
TEXTO IV
(Disponível em:
https://arteemanhasdalingua.blogspot.com/2020/03/ati
vidade-com-o-cascao-em-epoca-de.html/ - Acesso em
18/3/2020).
ORIENTAÇÕES PARA O ALUNO
Você poderá rascunhar sua redação
previamente (sugestão: fazer o projeto do texto
conforme formulário). No entanto, o texto
definitivo a ser entregue para o professor
deverá ser escrito à tinta e ater-se ao limite de 8
a 30 linhas.
Lembramos ainda que sua redação deverá ser
autoral e que os textos motivacionais foram
apresentados apenas para despertar os seus
conhecimentos sobre o tema. Portanto, é
proibido reproduzi-los total ou parcialmente.
A redação poderá receber nota zero caso: não
atenda à proposta solicitada; não possua
estrutura textual correspondente à dissertativo-
argumentativa; não apresente qualquer texto
escrito na folha de redação; apresente somente
até 7 linhas e conteúdo; e/ou apresente
impropérios, desenhos e outras formas
propositais de anulação, como a inserção de
partes deliberadamente desconectadas com o
tema proposto.
Bom trabalho!
Professora Cláudia Santos
P.S.: Toda produção de texto deve ser
precedida de um projeto de texto. Sigam as
orientações, conforme apresentação explanada
em sala de aula e disponibilizada no grupo
(whatsapp) da turma.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Proposta 4 o combate a pandemias no mundo globalizado

Dengue - controle de pragas
Dengue - controle de pragasDengue - controle de pragas
Dengue - controle de pragas
adrianomedico
 
AULA 02- SAUDE E DOENCAS PANDEMICAS.pptx
AULA 02- SAUDE E DOENCAS PANDEMICAS.pptxAULA 02- SAUDE E DOENCAS PANDEMICAS.pptx
AULA 02- SAUDE E DOENCAS PANDEMICAS.pptx
FranciscaalineBrito
 
Covid 19-convertido.pptx
Covid 19-convertido.pptxCovid 19-convertido.pptx
Covid 19-convertido.pptx
asnsdt
 
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundialCoronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Fernando Alcoforado
 
AULA 002- DOENCAS PANDEMICA para aprofundamentoS.pptx
AULA 002-  DOENCAS PANDEMICA para aprofundamentoS.pptxAULA 002-  DOENCAS PANDEMICA para aprofundamentoS.pptx
AULA 002- DOENCAS PANDEMICA para aprofundamentoS.pptx
FranciscaalineBrito
 
7ª AULA Epidemiologia.ppt
7ª AULA Epidemiologia.ppt7ª AULA Epidemiologia.ppt
7ª AULA Epidemiologia.ppt
DiogoViana21
 
Quando o coronavrus_invade_o_planeta_-_jean-pierre_willem_exclusivo_editora_l...
Quando o coronavrus_invade_o_planeta_-_jean-pierre_willem_exclusivo_editora_l...Quando o coronavrus_invade_o_planeta_-_jean-pierre_willem_exclusivo_editora_l...
Quando o coronavrus_invade_o_planeta_-_jean-pierre_willem_exclusivo_editora_l...
BarbaraKato1
 
Informe campanha influenza-_-25_03_2014
Informe campanha influenza-_-25_03_2014Informe campanha influenza-_-25_03_2014
Informe campanha influenza-_-25_03_2014
Cândida Mirna
 
Informe técnico campanha influenza- 2014
Informe técnico campanha influenza- 2014Informe técnico campanha influenza- 2014
Informe técnico campanha influenza- 2014
José Ripardo
 
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdfEPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
JooMarceloFerreiraBr
 
A DENGUE EM SOBRAL (CE): ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO PERÍODO DE 2008 A 2011
A DENGUE EM SOBRAL (CE): ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO PERÍODO DE 2008 A 2011A DENGUE EM SOBRAL (CE): ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO PERÍODO DE 2008 A 2011
A DENGUE EM SOBRAL (CE): ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO PERÍODO DE 2008 A 2011
Débora Freire
 
plano-contingencia-coronavirus-COVID19.docx
plano-contingencia-coronavirus-COVID19.docxplano-contingencia-coronavirus-COVID19.docx
plano-contingencia-coronavirus-COVID19.docx
Proteção No Trabalho
 
Reconhecer episódios de endemias e ou epidemias ,
Reconhecer episódios de endemias e ou epidemias ,Reconhecer episódios de endemias e ou epidemias ,
Reconhecer episódios de endemias e ou epidemias ,
Solange Alcaraz
 
Epidemiologia contextos e pluralidade
Epidemiologia contextos e pluralidadeEpidemiologia contextos e pluralidade
Epidemiologia contextos e pluralidade
Socorro Carneiro
 
Informe campanha influenza_2011
Informe campanha influenza_2011Informe campanha influenza_2011
Informe campanha influenza_2011
João Paulo Cavalcante
 
PALESTRA CORRETA.pptx
PALESTRA CORRETA.pptxPALESTRA CORRETA.pptx
PALESTRA CORRETA.pptx
VeridyanaValverde1
 
Normas técnicas de combate a dengue
Normas técnicas de combate a dengueNormas técnicas de combate a dengue
Normas técnicas de combate a dengue
Daniel Silva de Oliveira
 
Dengue 1
Dengue 1Dengue 1
Simp6 dengue
Simp6 dengueSimp6 dengue
Simp6 dengue
NURSETAVARES
 
Aula ciencias da natureza angela
Aula ciencias da natureza angelaAula ciencias da natureza angela
Aula ciencias da natureza angela
DiedNuenf
 

Semelhante a Proposta 4 o combate a pandemias no mundo globalizado (20)

Dengue - controle de pragas
Dengue - controle de pragasDengue - controle de pragas
Dengue - controle de pragas
 
AULA 02- SAUDE E DOENCAS PANDEMICAS.pptx
AULA 02- SAUDE E DOENCAS PANDEMICAS.pptxAULA 02- SAUDE E DOENCAS PANDEMICAS.pptx
AULA 02- SAUDE E DOENCAS PANDEMICAS.pptx
 
Covid 19-convertido.pptx
Covid 19-convertido.pptxCovid 19-convertido.pptx
Covid 19-convertido.pptx
 
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundialCoronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
Coronavirus e seus impactos sobre a economia mundial
 
AULA 002- DOENCAS PANDEMICA para aprofundamentoS.pptx
AULA 002-  DOENCAS PANDEMICA para aprofundamentoS.pptxAULA 002-  DOENCAS PANDEMICA para aprofundamentoS.pptx
AULA 002- DOENCAS PANDEMICA para aprofundamentoS.pptx
 
7ª AULA Epidemiologia.ppt
7ª AULA Epidemiologia.ppt7ª AULA Epidemiologia.ppt
7ª AULA Epidemiologia.ppt
 
Quando o coronavrus_invade_o_planeta_-_jean-pierre_willem_exclusivo_editora_l...
Quando o coronavrus_invade_o_planeta_-_jean-pierre_willem_exclusivo_editora_l...Quando o coronavrus_invade_o_planeta_-_jean-pierre_willem_exclusivo_editora_l...
Quando o coronavrus_invade_o_planeta_-_jean-pierre_willem_exclusivo_editora_l...
 
Informe campanha influenza-_-25_03_2014
Informe campanha influenza-_-25_03_2014Informe campanha influenza-_-25_03_2014
Informe campanha influenza-_-25_03_2014
 
Informe técnico campanha influenza- 2014
Informe técnico campanha influenza- 2014Informe técnico campanha influenza- 2014
Informe técnico campanha influenza- 2014
 
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdfEPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
EPIDEMIOLOGIA - Copia.pdf
 
A DENGUE EM SOBRAL (CE): ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO PERÍODO DE 2008 A 2011
A DENGUE EM SOBRAL (CE): ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO PERÍODO DE 2008 A 2011A DENGUE EM SOBRAL (CE): ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO PERÍODO DE 2008 A 2011
A DENGUE EM SOBRAL (CE): ANÁLISE EPIDEMIOLÓGICA DO PERÍODO DE 2008 A 2011
 
plano-contingencia-coronavirus-COVID19.docx
plano-contingencia-coronavirus-COVID19.docxplano-contingencia-coronavirus-COVID19.docx
plano-contingencia-coronavirus-COVID19.docx
 
Reconhecer episódios de endemias e ou epidemias ,
Reconhecer episódios de endemias e ou epidemias ,Reconhecer episódios de endemias e ou epidemias ,
Reconhecer episódios de endemias e ou epidemias ,
 
Epidemiologia contextos e pluralidade
Epidemiologia contextos e pluralidadeEpidemiologia contextos e pluralidade
Epidemiologia contextos e pluralidade
 
Informe campanha influenza_2011
Informe campanha influenza_2011Informe campanha influenza_2011
Informe campanha influenza_2011
 
PALESTRA CORRETA.pptx
PALESTRA CORRETA.pptxPALESTRA CORRETA.pptx
PALESTRA CORRETA.pptx
 
Normas técnicas de combate a dengue
Normas técnicas de combate a dengueNormas técnicas de combate a dengue
Normas técnicas de combate a dengue
 
Dengue 1
Dengue 1Dengue 1
Dengue 1
 
Simp6 dengue
Simp6 dengueSimp6 dengue
Simp6 dengue
 
Aula ciencias da natureza angela
Aula ciencias da natureza angelaAula ciencias da natureza angela
Aula ciencias da natureza angela
 

Mais de Cláudia Santos

2ª Proposta de Produção de textos - FAKE NEWS.pdf
2ª Proposta de Produção de textos - FAKE NEWS.pdf2ª Proposta de Produção de textos - FAKE NEWS.pdf
2ª Proposta de Produção de textos - FAKE NEWS.pdf
Cláudia Santos
 
05 06 resumo e resenho
05 06 resumo e resenho05 06 resumo e resenho
05 06 resumo e resenho
Cláudia Santos
 
05 05 unidade iii - coerência - análise - para 12-05
05 05 unidade iii - coerência - análise - para 12-0505 05 unidade iii - coerência - análise - para 12-05
05 05 unidade iii - coerência - análise - para 12-05
Cláudia Santos
 
Paródia
ParódiaParódia
Paródia
Cláudia Santos
 
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova BrasilProva de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Cláudia Santos
 
Atividade para iniciar o texto descritivo
Atividade para iniciar o texto descritivoAtividade para iniciar o texto descritivo
Atividade para iniciar o texto descritivo
Cláudia Santos
 

Mais de Cláudia Santos (6)

2ª Proposta de Produção de textos - FAKE NEWS.pdf
2ª Proposta de Produção de textos - FAKE NEWS.pdf2ª Proposta de Produção de textos - FAKE NEWS.pdf
2ª Proposta de Produção de textos - FAKE NEWS.pdf
 
05 06 resumo e resenho
05 06 resumo e resenho05 06 resumo e resenho
05 06 resumo e resenho
 
05 05 unidade iii - coerência - análise - para 12-05
05 05 unidade iii - coerência - análise - para 12-0505 05 unidade iii - coerência - análise - para 12-05
05 05 unidade iii - coerência - análise - para 12-05
 
Paródia
ParódiaParódia
Paródia
 
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova BrasilProva de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
Prova de Língua Portuguesa conforme Descritores da Prova Brasil
 
Atividade para iniciar o texto descritivo
Atividade para iniciar o texto descritivoAtividade para iniciar o texto descritivo
Atividade para iniciar o texto descritivo
 

Último

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
EdimaresSilvestre
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
y6zh7bvphf
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 

Último (20)

ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.pptLITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
LITERATURA INDÍGENA BRASILEIRA: elementos constitutivos.ppt
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
SLIDE LIÇÃO 10 - DESENVOLVENDO UMA CONSCIÊNCIA DE SANTIDADE - TEXTO ÁUREO...
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 

Proposta 4 o combate a pandemias no mundo globalizado

  • 1. Disciplina: Língua Portuguesa 3os Integrados AGR118, INF118, ZOO118 Professora Cláudia Santos 4. PROPOSTA DE REDAÇÃO: DESAFIOS PARA O COMBATE A PANDEMIAS NO MUNDO GLOBALIZADO A partir da leitura dos textos motivadores a seguir e com base em seus conhecimentos e reflexões, redija um texto dissertativo- argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Desafios para o combate a pandemias no mundo globalizado”, apresentando proposta de intervenção para o problema em pauta. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para a defesa do seu ponto de vista. TEXTO I Veja a diferença entre surto, epidemia, pandemia e endemia. Surto: acontece quando há o aumento repentino do número de casos de uma doença em uma região específica. Para ser considerado surto, o aumento de casos deve ser maior do que o esperado pelas autoridades. Em algumas cidades (como Itajaí-SC), a dengue é tratada como surto (e não como epidemia), pois acontece em regiões específicas (um bairro, por exemplo). Epidemia: a epidemia se caracteriza quando um surto acontece em diversas regiões. Uma epidemia a nível municipal acontece quando diversos bairros apresentam uma doença, a epidemia a nível estadual acontece quando diversas cidades têm casos e a epidemia nacional acontece quando diversas cidades têm casos e a epidemia nacional acontece quando há casos em diversas regiões do país. Pandemia: em uma escala de gravidade, a pandemia é o pior dos cenários. Ela acontece quando uma epidemia se espalha por diversas regiões do planeta. Em 2009, a gripe A (ou gripe suína) passou de epidemia para pandemia quando a OMS começou a registrar casos nos seis continentes do mundo. A aids, apesar de estar diminuindo no mundo, também é considerada uma pandemia. Endemia: a endemia não está relacionada a uma questão quantitativa. Uma doença é classificada como endêmica (típica) de uma endêmica (típica) de uma região quando acontece com muita frequência no local. As doenças endêmicas podem ser sazonais. A febre amarela, por exemplo, é considerada uma doença endêmica da região Norte do Brasil. (Disponível em: https://educacao.uol.com.br/disciplinas/geografia/surto- epidemia-pandemia-e-endemia-entenda-qual-e-a-diferenca- entre-eles.htm - Acesso em 3/2/2020. Adaptado). TEXTO II O que é o coronavírus? Nomeado oficialmente de 2019-nCoV, o novo coronavírus é similar a outros dois identificados nas últimas décadas. Um deles foi responsável por causar a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars, na sigla em inglês), e matou 774 das 8.098 infectadas em uma epidemia que começou na China em 2002. Outro esteve por trás da Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers, na sigla em inglês), que matou 858 dos 2.494 pacientes identificados com a infecção desde 2012 nesta região do mundo. Até o momento, entre os quase 4 mil casos notificados do 2019-nCoV, houve 106 mortes — todas na China. O novo vírus causa infecção respiratória aguda. Sintomas começam com uma febre, seguida de tosse seca e, depois de uma semana, leva a falta de ar. Ainda não há cura nem vacina. (Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral- 51258799 - Acesso em 3/2/2020. Adaptado). TEXTO III Em pleno século 21, após incontáveis pandemias que dizimaram milhões de pessoas, há um único tratado internacional para regular as ações que a comunidade internacional deve tomar em situações emergenciais de saúde pública, o Regulamento Sanitário Internacional, da OMS (International Health Regulations). E é ele que entra em vigor agora que a entidade classificou o surto como emergência global. “A partir do momento em que uma epidemia passa a ser considerada uma emergência de saúde pública de importância internacional, a OMS faz uma série de recomendações aos seus estados-membros, como no transporte marítimo e aéreo, e permite o deslocamento de recursos financeiros para o local afetado”, explica Deisy de Freitas Lima Ventura,
  • 2. coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Global e Sustentabilidade Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. “O regulamento é eficiente no sentido de que é capaz de fortalecer os sistemas de saúde locais e guiar os países durante a emergência. Mas sua eficácia dependerá do grau de comprometimento do país com as recomendações da OMS”, avalia Christopher Mores, professor de Saúde Global do Instituto Milken de Saúde Pública Universidade George Washington e pesquisador de epidemiologia e controle de doenças. (Disponível em: https://exame.abril.com.br/mundo/coronavirus- e-emergencia-global-de-saude-o-que-acontece-agora/ - Acesso em 3/2/2020. Adaptado). TEXTO IV (Disponível em: https://arteemanhasdalingua.blogspot.com/2020/03/ati vidade-com-o-cascao-em-epoca-de.html/ - Acesso em 18/3/2020). ORIENTAÇÕES PARA O ALUNO Você poderá rascunhar sua redação previamente (sugestão: fazer o projeto do texto conforme formulário). No entanto, o texto definitivo a ser entregue para o professor deverá ser escrito à tinta e ater-se ao limite de 8 a 30 linhas. Lembramos ainda que sua redação deverá ser autoral e que os textos motivacionais foram apresentados apenas para despertar os seus conhecimentos sobre o tema. Portanto, é proibido reproduzi-los total ou parcialmente. A redação poderá receber nota zero caso: não atenda à proposta solicitada; não possua estrutura textual correspondente à dissertativo- argumentativa; não apresente qualquer texto escrito na folha de redação; apresente somente até 7 linhas e conteúdo; e/ou apresente impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, como a inserção de partes deliberadamente desconectadas com o tema proposto. Bom trabalho! Professora Cláudia Santos P.S.: Toda produção de texto deve ser precedida de um projeto de texto. Sigam as orientações, conforme apresentação explanada em sala de aula e disponibilizada no grupo (whatsapp) da turma.