SlideShare uma empresa Scribd logo
PROJETO  MINHA HISTÓRIA
EMEF BAIRRO CACHOEIRA PROFESSORA: CLÁUDIA REGINA DA SILVA TURMA: 2º ANO - A
MINHA HISTÓRIA LEVANTAMENTO  HISTÓRICO E  GEOGRÁFICO COLETA DE  REGISTROS  DOCUMENTAIS E IMAGENS RESGATE E VALORIZAÇÃO  DA CULTURA LOCAL
 
Antigamente, a vida das famílias era mais simples e tranqüila, não existia a correria que vemos  hoje em dia.
 
As pessoas andavam a pé, pois quase não existiam carros.  As ruas eram de  terra ou de paralelepípedos.
 
 
As crianças podiam brincar nas ruas e calçadas, pois  não havia perigo de acidentes ou assaltos.
 
 
 
As brincadeiras, nessa época, eram: roda, pega-pega, esconde-esconde, passa anel, barra manteiga, bolinha de gude, etc.
 
Os vizinhos eram como integrantes das outras famílias, todos os dias se reuniam nas varandas de suas casas para conversar enquanto as crianças brincavam.
 
As famílias eram bem grandes, um casal tinha mais de seis filhos. Mas hoje o número de pessoas na família diminuiu muito, o normal é um casal ter um ou dois filhos.
 
 
 
 
Isso aconteceu  porque a vida moderna  fez com que a mulher tivesse que trabalhar para ajudar nas despesas da casa.
 
 
A violência e as dificuldades para se viver bem, também  são motivos que influenciaram no tamanho das famílias.
 
Além da quantidade de pessoas de uma família,  outras diferenças existem se compararmos à vida de hoje. Nas casas não existiam aparelhos de televisão,  ouvia-se música em vitrolas com discos de vinil ou no rádio.
 
 
Onde também eram transmitidas as notícias e até novelas.As fotografias eram feitas por um homem que colocava um pano preto na cabeça e  falava “olha o passarinho”, para as pessoas sorrirem.
 
Era comum matarem  galinhas e porcos no quintal de casa, onde também se colhiam verduras e legumes de uma horta que os mais velhos cuidavam.
 
Como não existia geladeira, as carnes eram cozidas em fogões à lenha e armazenadas em latões, mergulhadas em gordura de porco – banha, para não estragarem.
Não existia água encanada e  as pessoas precisavam buscar baldes de água para lavar as louças, roupas, cozinhar ou tomar banho. E ainda falam que a vida era mais fácil!
CONSTRUÍMOS A HISTÓRIA
VIVEMOS A HISTÓRIA
PORQUE NÓS SOMOS  A HISTÓRIA
FIM

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Projeto proinfo mh

Benavente
BenaventeBenavente
Kaigang
KaigangKaigang
Kaigang
viajante2
 
Aonde foi parar o tempo?
Aonde foi parar o tempo?Aonde foi parar o tempo?
Aonde foi parar o tempo?
Irene Aguiar
 
artigos-sardinha
artigos-sardinhaartigos-sardinha
artigos-sardinha
Durango Duarte
 
Nos que nascemos antes de 1945 iz n
Nos que nascemos antes de 1945 iz nNos que nascemos antes de 1945 iz n
Nos que nascemos antes de 1945 iz n
Eduardo Ellery
 
Nos que nascemos antes de 1945
Nos que nascemos antes de 1945Nos que nascemos antes de 1945
Nos que nascemos antes de 1945
Amadeu Wolff
 
A vida dos que nasceram antes de 1945!
A vida dos que nasceram antes de 1945!A vida dos que nasceram antes de 1945!
A vida dos que nasceram antes de 1945!
Aristides Monteiro
 
O RESGATE DA FESTA DE SANTA CRUZ
O RESGATE DA FESTA DE SANTA CRUZO RESGATE DA FESTA DE SANTA CRUZ
O RESGATE DA FESTA DE SANTA CRUZ
Ari de Assis
 
O que é folclore por simone helen drumond
O que é folclore por simone helen drumondO que é folclore por simone helen drumond
O que é folclore por simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Tapuias
TapuiasTapuias
Palavra jovem n 24
Palavra   jovem n 24Palavra   jovem n 24
Palavra jovem n 24
Escola Figueiredo Correia
 
Formação política
Formação políticaFormação política
Formação política
Raiane Saldanha
 
Era uma vez uma praia atlântica
Era uma vez uma praia atlânticaEra uma vez uma praia atlântica
Era uma vez uma praia atlântica
Filipa Julião
 
337 an 22_junho_2011.ok
337 an 22_junho_2011.ok337 an 22_junho_2011.ok
337 an 22_junho_2011.ok
Roberto Rabat Chame
 
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do séculoJoana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Ana
 
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do séculoJoana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Ana
 
O Natal na Voz do Povo 2
O Natal na Voz do Povo 2O Natal na Voz do Povo 2
O Natal na Voz do Povo 2
Biblioteca Municipal Proença-a-Nova
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familia
Luis Alberto Bassoli
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familia
Karina Cordovil
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familia
Hilda Lucki
 

Semelhante a Projeto proinfo mh (20)

Benavente
BenaventeBenavente
Benavente
 
Kaigang
KaigangKaigang
Kaigang
 
Aonde foi parar o tempo?
Aonde foi parar o tempo?Aonde foi parar o tempo?
Aonde foi parar o tempo?
 
artigos-sardinha
artigos-sardinhaartigos-sardinha
artigos-sardinha
 
Nos que nascemos antes de 1945 iz n
Nos que nascemos antes de 1945 iz nNos que nascemos antes de 1945 iz n
Nos que nascemos antes de 1945 iz n
 
Nos que nascemos antes de 1945
Nos que nascemos antes de 1945Nos que nascemos antes de 1945
Nos que nascemos antes de 1945
 
A vida dos que nasceram antes de 1945!
A vida dos que nasceram antes de 1945!A vida dos que nasceram antes de 1945!
A vida dos que nasceram antes de 1945!
 
O RESGATE DA FESTA DE SANTA CRUZ
O RESGATE DA FESTA DE SANTA CRUZO RESGATE DA FESTA DE SANTA CRUZ
O RESGATE DA FESTA DE SANTA CRUZ
 
O que é folclore por simone helen drumond
O que é folclore por simone helen drumondO que é folclore por simone helen drumond
O que é folclore por simone helen drumond
 
Tapuias
TapuiasTapuias
Tapuias
 
Palavra jovem n 24
Palavra   jovem n 24Palavra   jovem n 24
Palavra jovem n 24
 
Formação política
Formação políticaFormação política
Formação política
 
Era uma vez uma praia atlântica
Era uma vez uma praia atlânticaEra uma vez uma praia atlântica
Era uma vez uma praia atlântica
 
337 an 22_junho_2011.ok
337 an 22_junho_2011.ok337 an 22_junho_2011.ok
337 an 22_junho_2011.ok
 
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do séculoJoana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
 
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do séculoJoana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
Joana teixeira a vida quotidiana na segunda metade do século
 
O Natal na Voz do Povo 2
O Natal na Voz do Povo 2O Natal na Voz do Povo 2
O Natal na Voz do Povo 2
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familia
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familia
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familia
 

Projeto proinfo mh

  • 1. PROJETO MINHA HISTÓRIA
  • 2. EMEF BAIRRO CACHOEIRA PROFESSORA: CLÁUDIA REGINA DA SILVA TURMA: 2º ANO - A
  • 3. MINHA HISTÓRIA LEVANTAMENTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO COLETA DE REGISTROS DOCUMENTAIS E IMAGENS RESGATE E VALORIZAÇÃO DA CULTURA LOCAL
  • 4.  
  • 5. Antigamente, a vida das famílias era mais simples e tranqüila, não existia a correria que vemos hoje em dia.
  • 6.  
  • 7. As pessoas andavam a pé, pois quase não existiam carros. As ruas eram de terra ou de paralelepípedos.
  • 8.  
  • 9.  
  • 10. As crianças podiam brincar nas ruas e calçadas, pois não havia perigo de acidentes ou assaltos.
  • 11.  
  • 12.  
  • 13.  
  • 14. As brincadeiras, nessa época, eram: roda, pega-pega, esconde-esconde, passa anel, barra manteiga, bolinha de gude, etc.
  • 15.  
  • 16. Os vizinhos eram como integrantes das outras famílias, todos os dias se reuniam nas varandas de suas casas para conversar enquanto as crianças brincavam.
  • 17.  
  • 18. As famílias eram bem grandes, um casal tinha mais de seis filhos. Mas hoje o número de pessoas na família diminuiu muito, o normal é um casal ter um ou dois filhos.
  • 19.  
  • 20.  
  • 21.  
  • 22.  
  • 23. Isso aconteceu porque a vida moderna fez com que a mulher tivesse que trabalhar para ajudar nas despesas da casa.
  • 24.  
  • 25.  
  • 26. A violência e as dificuldades para se viver bem, também são motivos que influenciaram no tamanho das famílias.
  • 27.  
  • 28. Além da quantidade de pessoas de uma família, outras diferenças existem se compararmos à vida de hoje. Nas casas não existiam aparelhos de televisão, ouvia-se música em vitrolas com discos de vinil ou no rádio.
  • 29.  
  • 30.  
  • 31. Onde também eram transmitidas as notícias e até novelas.As fotografias eram feitas por um homem que colocava um pano preto na cabeça e falava “olha o passarinho”, para as pessoas sorrirem.
  • 32.  
  • 33. Era comum matarem galinhas e porcos no quintal de casa, onde também se colhiam verduras e legumes de uma horta que os mais velhos cuidavam.
  • 34.  
  • 35. Como não existia geladeira, as carnes eram cozidas em fogões à lenha e armazenadas em latões, mergulhadas em gordura de porco – banha, para não estragarem.
  • 36. Não existia água encanada e as pessoas precisavam buscar baldes de água para lavar as louças, roupas, cozinhar ou tomar banho. E ainda falam que a vida era mais fácil!
  • 39. PORQUE NÓS SOMOS A HISTÓRIA
  • 40. FIM