SlideShare uma empresa Scribd logo
Prevenção entre Mulheres
HIV & IST’s
COE
HIV
COE
Todas as semanas, cerca de 7.000 mulheres jovens entre 15 e
24 anos são infectadas pelo HIV.
As mulheres que sofreram violência física e/ou sexual em
algum momento em suas vidas, são 1,5 vez mais suscetíveis a
se infectar pelo HIV.
Estatísticas UNAIDS − Ministério da Saúde − Brasil
COE
Infecções Sexualmente Transmissíveis
- Hepatite Viral do tipo B e C, são inflamações do fígado causadas por um
vírus, transmitidas principalmente por sangue contaminado presente em
objetos (agulhas, alicates de unha, aparelhos de barbear, etc), uma das
formas mais comuns de infecções é na realização de piercings e tatuagens.
Você sabe diferenciar as ISTs?
ISTs São infecções Sexualmente Transmissíveis que podem ser passadas de
uma pessoa para a outra, geralmente, nas relações sexuais.
Alguns exemplos mais comuns, são:
- HPV (Papiloma Vírus Humanos), responsável por muitos caso de câncer de
colo de útero;
- Sífilis, causada por uma bactéria principalmente nas relações sexuais e age
silenciosamente sobre as partes íntimas
O que é transmissão vertical?
É a transmissão de HIV (sigla em inglês do Vírus da Imunodeficiência Humana), de
mãe para filho durante a gestação, parto e amamentação.
O risco de transmitir o HIV, para o bebê quando não realizada as intervenções, é de
25%, sendo que, 35% destas transmissões são durante a gestação e 65% durante o
parto.
A infecção por amamentação ocorre com exposição entre 7% e 22% a cada
mamada do bebê.
Informação
Preconceito
Que usar camisinha é a forma mais segura
de se proteger das ISTs?
Faça exames de HIV periodicamente;
Quando fizer tatuagens ou piercings, utilize apenas
agulhas descartáveis;
Quando for manusear feridas ou líquidos corporais de
outras pessoas, utilize luvas descartáveis;
Quando tenho que fazer o teste de HIV?
Se você nunca fez e é uma pessoa sexualmente ativa;
Se fez sexo (oral, vaginal, anal), e não usou camisinha ou a camisinha rompeu;
Se tem, teve, ou acha que teve, uma infecção sexualmente transmissível.
Fazer o teste e saber resultado, é um passo decisivo para a sua saúde. Se você ficar
sabendo que não tem o vírus, tem mais um motivo para continuar se cuidando,
porém, se tiver HIV, o início do tratamento deve ser imediato.
O tratamento é gratuito e melhora a qualidade de vida de quem tem HIV. Seguir o
tratamento corretamente, reduz a quantidade de vírus no corpo, e com isso diminui
a possibilidade de transmissão do vírus.
Após a confirmação positiva de HIV, você será encaminhado para um serviço de
saúde especializado, para iniciar logo o tratamento.
Quanto mais cedo descobrir que tem HIV, maior a possibilidade de sucesso no
tratamento. Através de ações de prevenção pré e pós exposição ao vírus, conheça:
PEP: Profilaxia Pós-Exposição:
Consiste em prevenir a infecção de HIV, através da ingestão de anti retrovirais
após uma provável exposição ao vírus. Idealmente em até 2 horas após a
exposição e no máximo 72 horas. São utilizados por 28 dias para garantir a
eficácia.
PrEP: Profilaxia Pré-Exposição:
Consiste em uso diário de antirretrovirais por pessoas soronegativas, porém
em situações de maior proximidade ao vírus, para reduzir o risco de adquirir a
infecção pelo HIV.
Fiz o teste, sou Positivo. E agora?
Prevenção Mulheres - SIPAT 2018
Você não está sozinha!!
Telefones Úteis
GIV - Grupo de Incentivo a vida
(11) 5084-0255
Disk DST/Aids
0800 16 2550 / 0800 61 1997 /
(11) 9 9130-3310
Avaliação de Empoderamento
de Pessoas vivendo com HIV
(11) 5087-9912
Talvez você esteja em um ponto da vida onde as coisas parecem
não ter mais solução. Talvez você deseje dar um fim em tudo agora,
mas eu preciso que você se dê uma chance. Eu preciso que você
acredite que há outra saída.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aids (hiv)
Aids (hiv)Aids (hiv)
Aids (hiv)
heloisa19
 
SIDA
SIDASIDA
A sida
A sidaA sida
A sida
Mayjö .
 
Trabalho sobre sífilis
Trabalho sobre sífilisTrabalho sobre sífilis
Trabalho sobre sífilis
Karolina Peixoto
 
HIV / AIDS
HIV / AIDSHIV / AIDS
AIDS - tcs
AIDS - tcsAIDS - tcs
AIDS - tcs
Pedro Lisboa
 
A aids entre os adolescentes
A aids entre os adolescentesA aids entre os adolescentes
A aids entre os adolescentes
loirinha17
 
Sida
SidaSida
AIDS
AIDSAIDS
AIDS - The Skeletons
AIDS - The SkeletonsAIDS - The Skeletons
AIDS - The Skeletons
Leandro Mota
 
Sida
SidaSida
Vih Sida
Vih SidaVih Sida
Vih Sida
Alfredo Garcia
 
HIV vs. AIDS
HIV vs. AIDSHIV vs. AIDS
HIV vs. AIDS
Letícia R. Maia
 
4 hiv sida
4 hiv sida4 hiv sida
Aids (1)
Aids (1)Aids (1)
Aids (1)
Marco Ramon
 
Herpes vírus e vírus hiv
Herpes vírus e vírus hivHerpes vírus e vírus hiv
Herpes vírus e vírus hiv
Estephane ingrid Souza Pessoa
 
A sida
A sidaA sida
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
BIBFJ
 

Mais procurados (20)

Aids (hiv)
Aids (hiv)Aids (hiv)
Aids (hiv)
 
SIDA
SIDASIDA
SIDA
 
Hiv trabalho prof paulo
Hiv trabalho  prof pauloHiv trabalho  prof paulo
Hiv trabalho prof paulo
 
A sida
A sidaA sida
A sida
 
Trabalho sobre sífilis
Trabalho sobre sífilisTrabalho sobre sífilis
Trabalho sobre sífilis
 
HIV / AIDS
HIV / AIDSHIV / AIDS
HIV / AIDS
 
AIDS - tcs
AIDS - tcsAIDS - tcs
AIDS - tcs
 
A aids entre os adolescentes
A aids entre os adolescentesA aids entre os adolescentes
A aids entre os adolescentes
 
Sida
SidaSida
Sida
 
AIDS
AIDSAIDS
AIDS
 
AIDS - The Skeletons
AIDS - The SkeletonsAIDS - The Skeletons
AIDS - The Skeletons
 
Sida
SidaSida
Sida
 
Vih Sida
Vih SidaVih Sida
Vih Sida
 
HIV vs. AIDS
HIV vs. AIDSHIV vs. AIDS
HIV vs. AIDS
 
4 hiv sida
4 hiv sida4 hiv sida
4 hiv sida
 
Aids (1)
Aids (1)Aids (1)
Aids (1)
 
Herpes vírus e vírus hiv
Herpes vírus e vírus hivHerpes vírus e vírus hiv
Herpes vírus e vírus hiv
 
A sida
A sidaA sida
A sida
 
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
 
Aids e a bioética
Aids e a bioéticaAids e a bioética
Aids e a bioética
 

Semelhante a Prevenção Mulheres - SIPAT 2018

A sexualidade
A sexualidadeA sexualidade
A sexualidade
Valéria Teixeira
 
Aids
AidsAids
A Sida
A SidaA Sida
Apresentação sida
Apresentação sida  Apresentação sida
Apresentação sida
bibliotecacorga
 
dezembro vermelho - MILKA.pptx
dezembro vermelho - MILKA.pptxdezembro vermelho - MILKA.pptx
dezembro vermelho - MILKA.pptx
MilkaPassos1
 
HISTÓRIA DA MEDICINA HIV PORTUGUES ret.pdf
HISTÓRIA DA MEDICINA HIV PORTUGUES ret.pdfHISTÓRIA DA MEDICINA HIV PORTUGUES ret.pdf
HISTÓRIA DA MEDICINA HIV PORTUGUES ret.pdf
KariP4
 
www.medicinauninter.blogspot.com
www.medicinauninter.blogspot.comwww.medicinauninter.blogspot.com
www.medicinauninter.blogspot.com
Juliana Maggioni
 
Medinter
MedinterMedinter
www.medicinauninter.blogspot.com
www.medicinauninter.blogspot.comwww.medicinauninter.blogspot.com
www.medicinauninter.blogspot.com
Juliana Maggioni
 
Cartilha_Infeccoes_Sexualmente_Transmissiveis_IST_compressed20200610132403(1)...
Cartilha_Infeccoes_Sexualmente_Transmissiveis_IST_compressed20200610132403(1)...Cartilha_Infeccoes_Sexualmente_Transmissiveis_IST_compressed20200610132403(1)...
Cartilha_Infeccoes_Sexualmente_Transmissiveis_IST_compressed20200610132403(1)...
enferikarodrigues
 
7- HIV e aids.pptx
7- HIV e aids.pptx7- HIV e aids.pptx
7- HIV e aids.pptx
GeniViana
 
A sida
A sidaA sida
Ist's e aids
Ist's e aidsIst's e aids
Ist's e aids
Rônald Valença
 
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveisCartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Dyeniffer Packer
 
Aids
AidsAids
Aids
AidsAids
Sida - Trabalho Ciências
Sida - Trabalho CiênciasSida - Trabalho Ciências
Sida - Trabalho Ciências
Melissa Matos
 
Tudo_dentro_cartilha.pdf
Tudo_dentro_cartilha.pdfTudo_dentro_cartilha.pdf
Tudo_dentro_cartilha.pdf
AnaLuciaTolentino1
 
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DSTO QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
BIBFJ
 

Semelhante a Prevenção Mulheres - SIPAT 2018 (20)

A sexualidade
A sexualidadeA sexualidade
A sexualidade
 
Aids
AidsAids
Aids
 
A Sida
A SidaA Sida
A Sida
 
Apresentação sida
Apresentação sida  Apresentação sida
Apresentação sida
 
dezembro vermelho - MILKA.pptx
dezembro vermelho - MILKA.pptxdezembro vermelho - MILKA.pptx
dezembro vermelho - MILKA.pptx
 
HISTÓRIA DA MEDICINA HIV PORTUGUES ret.pdf
HISTÓRIA DA MEDICINA HIV PORTUGUES ret.pdfHISTÓRIA DA MEDICINA HIV PORTUGUES ret.pdf
HISTÓRIA DA MEDICINA HIV PORTUGUES ret.pdf
 
www.medicinauninter.blogspot.com
www.medicinauninter.blogspot.comwww.medicinauninter.blogspot.com
www.medicinauninter.blogspot.com
 
Medinter
MedinterMedinter
Medinter
 
www.medicinauninter.blogspot.com
www.medicinauninter.blogspot.comwww.medicinauninter.blogspot.com
www.medicinauninter.blogspot.com
 
Cartilha_Infeccoes_Sexualmente_Transmissiveis_IST_compressed20200610132403(1)...
Cartilha_Infeccoes_Sexualmente_Transmissiveis_IST_compressed20200610132403(1)...Cartilha_Infeccoes_Sexualmente_Transmissiveis_IST_compressed20200610132403(1)...
Cartilha_Infeccoes_Sexualmente_Transmissiveis_IST_compressed20200610132403(1)...
 
7- HIV e aids.pptx
7- HIV e aids.pptx7- HIV e aids.pptx
7- HIV e aids.pptx
 
A sida
A sidaA sida
A sida
 
Ist's e aids
Ist's e aidsIst's e aids
Ist's e aids
 
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveisCartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
Cartilha infeccoes sexualmente transmissiveis
 
Aids
AidsAids
Aids
 
Aids
AidsAids
Aids
 
Sida - Trabalho Ciências
Sida - Trabalho CiênciasSida - Trabalho Ciências
Sida - Trabalho Ciências
 
Tudo_dentro_cartilha.pdf
Tudo_dentro_cartilha.pdfTudo_dentro_cartilha.pdf
Tudo_dentro_cartilha.pdf
 
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DSTO QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
 
Dia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sidaDia mundial da luta contra a sida
Dia mundial da luta contra a sida
 

Prevenção Mulheres - SIPAT 2018

  • 2. HIV COE Todas as semanas, cerca de 7.000 mulheres jovens entre 15 e 24 anos são infectadas pelo HIV. As mulheres que sofreram violência física e/ou sexual em algum momento em suas vidas, são 1,5 vez mais suscetíveis a se infectar pelo HIV. Estatísticas UNAIDS − Ministério da Saúde − Brasil COE
  • 4. - Hepatite Viral do tipo B e C, são inflamações do fígado causadas por um vírus, transmitidas principalmente por sangue contaminado presente em objetos (agulhas, alicates de unha, aparelhos de barbear, etc), uma das formas mais comuns de infecções é na realização de piercings e tatuagens. Você sabe diferenciar as ISTs? ISTs São infecções Sexualmente Transmissíveis que podem ser passadas de uma pessoa para a outra, geralmente, nas relações sexuais. Alguns exemplos mais comuns, são: - HPV (Papiloma Vírus Humanos), responsável por muitos caso de câncer de colo de útero; - Sífilis, causada por uma bactéria principalmente nas relações sexuais e age silenciosamente sobre as partes íntimas
  • 5. O que é transmissão vertical? É a transmissão de HIV (sigla em inglês do Vírus da Imunodeficiência Humana), de mãe para filho durante a gestação, parto e amamentação. O risco de transmitir o HIV, para o bebê quando não realizada as intervenções, é de 25%, sendo que, 35% destas transmissões são durante a gestação e 65% durante o parto. A infecção por amamentação ocorre com exposição entre 7% e 22% a cada mamada do bebê.
  • 6. Informação Preconceito Que usar camisinha é a forma mais segura de se proteger das ISTs? Faça exames de HIV periodicamente; Quando fizer tatuagens ou piercings, utilize apenas agulhas descartáveis; Quando for manusear feridas ou líquidos corporais de outras pessoas, utilize luvas descartáveis;
  • 7. Quando tenho que fazer o teste de HIV? Se você nunca fez e é uma pessoa sexualmente ativa; Se fez sexo (oral, vaginal, anal), e não usou camisinha ou a camisinha rompeu; Se tem, teve, ou acha que teve, uma infecção sexualmente transmissível. Fazer o teste e saber resultado, é um passo decisivo para a sua saúde. Se você ficar sabendo que não tem o vírus, tem mais um motivo para continuar se cuidando, porém, se tiver HIV, o início do tratamento deve ser imediato. O tratamento é gratuito e melhora a qualidade de vida de quem tem HIV. Seguir o tratamento corretamente, reduz a quantidade de vírus no corpo, e com isso diminui a possibilidade de transmissão do vírus.
  • 8. Após a confirmação positiva de HIV, você será encaminhado para um serviço de saúde especializado, para iniciar logo o tratamento. Quanto mais cedo descobrir que tem HIV, maior a possibilidade de sucesso no tratamento. Através de ações de prevenção pré e pós exposição ao vírus, conheça: PEP: Profilaxia Pós-Exposição: Consiste em prevenir a infecção de HIV, através da ingestão de anti retrovirais após uma provável exposição ao vírus. Idealmente em até 2 horas após a exposição e no máximo 72 horas. São utilizados por 28 dias para garantir a eficácia. PrEP: Profilaxia Pré-Exposição: Consiste em uso diário de antirretrovirais por pessoas soronegativas, porém em situações de maior proximidade ao vírus, para reduzir o risco de adquirir a infecção pelo HIV. Fiz o teste, sou Positivo. E agora?
  • 10. Você não está sozinha!! Telefones Úteis GIV - Grupo de Incentivo a vida (11) 5084-0255 Disk DST/Aids 0800 16 2550 / 0800 61 1997 / (11) 9 9130-3310 Avaliação de Empoderamento de Pessoas vivendo com HIV (11) 5087-9912 Talvez você esteja em um ponto da vida onde as coisas parecem não ter mais solução. Talvez você deseje dar um fim em tudo agora, mas eu preciso que você se dê uma chance. Eu preciso que você acredite que há outra saída.

Notas do Editor

  1. [SAY] [DO] [KNOW]
  2. [SAY] [DO] [KNOW]