SlideShare uma empresa Scribd logo
• Romanos 12: 9- 21
• Versiculo chave - 10 Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram
dar honra aos outros mais do que a vocês. Leia o capítulo completo: Romanos
12.
• Introdução: Honrar segundo o dicionário significa “dignificar, distinguir”, isto é,
mostrar consideração especial a alguma pessoa. Tratar com honra implica em
homenagear e logo pensamos em alguma cerimônia em que formalmente
honramos.
• Como cristão devemos pensar o honrar conforme o conceito que a biblia nos
impõem , desta forma a apalavra do grego mais utilizada para HONRAR é
“TIMÊ” significa “fixar valor, estimar e
• - No vers. 3 deste capitulo 3 Porque pela graça, que me é dada, digo a cada um
dentre vós que não apense de si mesmo além do que convém, mas que saiba com
temperança, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.
• Paulo se contra põem em relação o vers. 12 não devemos nos preocupar em
ficar honrando a si próprio (se valorizando) devemos buscar valorizar uns ao
outros .
• PARABOLA (LC 14:7-14 )
•
• - Contudo e sempre muito difícil se falar de Mutualidade, ou reciprocidade sem
se falar de amor.
• - Sabemos que a base do cristianismo é (AMOR FRATERNAL) – JO3-16
• Uma boa definição do amor fraternal está em 2 Coríntios 8:9
• Pois vocês conhecem a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, se fez
pobre por amor de vocês, para que por meio de sua pobreza vocês se tornassem
ricos.
• Amor fraternal se resume em um sentimento de carinho pelo outro que chega
a levar uma pessoa a fazer grandes sacrifícios em pró da outra.
• Em 1 Pedro 1:22 lemos o seguinte - Purificando as vossas almas pelo
Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido;
amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro;
• Pedro usa expressões “amai-vos sem fingimento” e “de coração”. Precisamos
caminhar diariamente na decisão de procurar amar e ajudar pessoas que são
colocadas diante de nós, nas mais diferentes circunstâncias desta forma
estaremos valorizando nosso irmão e honrando uns ao outros.
• E interessante pensar no conceito do que e graça e o que é misericórdia .
• (Graça è a honra que recebemos sem ter feito nada por merecer ) EF2:8 – pela
graça sois salvo e isso não vem de vos...
• Misericórdia – e a honra veta aquilo que mereceríamos e não recebemos LM
3: 22 misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, )
• Quantas vezes não temos tido miosericordia de nossos irmãos ?
• Muitas vezes nosso orgulho não nos permite conceder honra aos nosso
irmãos pois nos sentimos rebaixados .
• Quando irmão faz algo de bom nos escondemos atrás do argumento
• “toda honra seja dada somente a cristo “
• Quando o irmão faz algo de errado - estamos prontos a condenar
• Antonimo de honrar
• (desonrar) caluniar, rejeitar, depredar, profanar, infamar, difamar, desprestigiar, abocanhar,
maldizer, vituperar, depreciar, violar,l, triunfar, desdenhar, destratar, desrespeitar, afrontar,
desestimar.
• Entendemos que muita vez devemos a questão de “honrar” de acordo com os nossos
princípios e visões humans e passamos a honrar pessoas as quais nos julgamos ter algum
valor em especial , pessoas a quais hipervalorizamos valorizamos , pessoas que julgamos
importante pela função que exerce em algum lugar , ou pelo salario que ganha , ou porque
tem mais tempo de igreja , pelo dizimo que entrega e por ai vai .
• Não é esta honra que Paulo esta falando
• Porem precisamos entender a honra de um posto de vida cristologico ou teocêntrico
• DEUS pela misericórdia concede honra até mesmo a quem não pensamos ter.
Ex
• Quem merece mais honra? Um general, um rei, um juiz, um profeta ou uma prostituta .
• Hebreus 11:31,32
• Pela fé Raabe, a meretriz, não pereceu com os incrédulos, acolhendo em paz os espias.
E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de
Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas,
• Conclusão :
• Efésios 4:11-13 nos fala sobre todos nos termos algo a acrescentar na igreja apartir dos dons
que o senhor nos da
• E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e
outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério,
para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do
conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude
de Cristo.
•
Desta forma que precisamos aprender a honrar nossos irmãos buscando nele seu valor
• Invista no valor que há em seu irmão, com certeza você também vai ter muito a ganhar .
• Coloque o seu irmão no lugar de respeito.
•
•
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx
pregacao romanos    12 9-21  honrar   uns aos outros.pptx

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Fernanda Tulio
 
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º anoProjeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
jose ebner
 
Educação por Princípios Bíblicos.pdf
Educação por Princípios Bíblicos.pdfEducação por Princípios Bíblicos.pdf
Educação por Princípios Bíblicos.pdf
AnaLusa225976
 
Pauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aulaPauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aula
Gelson Rocha
 
Projeto roda de leitura
Projeto roda de leituraProjeto roda de leitura
Projeto roda de leitura
Grupo "FG"
 
Direitos de aprendizagem produção de textos
Direitos de aprendizagem   produção de textosDireitos de aprendizagem   produção de textos
Direitos de aprendizagem produção de textos
mariaelidias
 
2ª formação AAP 2015
2ª formação   AAP 20152ª formação   AAP 2015
2ª formação AAP 2015
Elisabete Panssonatto
 
Projeto de leitura
Projeto de leituraProjeto de leitura
Projeto de leitura
Moisés Rodrigues
 
Replanejamento escolar
Replanejamento escolarReplanejamento escolar
O que ensinar na produção de texto
O que ensinar na produção de textoO que ensinar na produção de texto
O que ensinar na produção de texto
Cristina Baizi
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
proletramentoalfa
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Alekson Morais
 
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICSistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Vera Marlize Schröer
 
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola LêProjeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
Cirlei Santos
 
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramentoMinicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Eunice Mendes de Oliveira
 
A importância da observação em sala de aula
A importância da observação em sala de aulaA importância da observação em sala de aula
A importância da observação em sala de aula
Marcos Neves
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
lucavao2010
 
MODELO DE Projeto literatura na escola
MODELO DE Projeto  literatura na escolaMODELO DE Projeto  literatura na escola
MODELO DE Projeto literatura na escola
Leonardo dos santos macedo
 
Fluencia leitora
Fluencia leitoraFluencia leitora
Fluencia leitora
Elisangela Santos
 
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópiaApresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Eunice Mendes de Oliveira
 

Mais procurados (20)

Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
 
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º anoProjeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
 
Educação por Princípios Bíblicos.pdf
Educação por Princípios Bíblicos.pdfEducação por Princípios Bíblicos.pdf
Educação por Princípios Bíblicos.pdf
 
Pauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aulaPauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aula
 
Projeto roda de leitura
Projeto roda de leituraProjeto roda de leitura
Projeto roda de leitura
 
Direitos de aprendizagem produção de textos
Direitos de aprendizagem   produção de textosDireitos de aprendizagem   produção de textos
Direitos de aprendizagem produção de textos
 
2ª formação AAP 2015
2ª formação   AAP 20152ª formação   AAP 2015
2ª formação AAP 2015
 
Projeto de leitura
Projeto de leituraProjeto de leitura
Projeto de leitura
 
Replanejamento escolar
Replanejamento escolarReplanejamento escolar
Replanejamento escolar
 
O que ensinar na produção de texto
O que ensinar na produção de textoO que ensinar na produção de texto
O que ensinar na produção de texto
 
Slides leitura
Slides leituraSlides leitura
Slides leitura
 
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento   psicogênese da língua escritaApresentação planejamento   psicogênese da língua escrita
Apresentação planejamento psicogênese da língua escrita
 
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAICSistema de Escrita Alfabética - PNAIC
Sistema de Escrita Alfabética - PNAIC
 
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola LêProjeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
 
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramentoMinicurso falando de alfabetizacao e letramento
Minicurso falando de alfabetizacao e letramento
 
A importância da observação em sala de aula
A importância da observação em sala de aulaA importância da observação em sala de aula
A importância da observação em sala de aula
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
 
MODELO DE Projeto literatura na escola
MODELO DE Projeto  literatura na escolaMODELO DE Projeto  literatura na escola
MODELO DE Projeto literatura na escola
 
Fluencia leitora
Fluencia leitoraFluencia leitora
Fluencia leitora
 
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópiaApresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
Apresen tação o supervisor escolar em ação- adilaine- - cópia
 

Semelhante a pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx

Lição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em CristoLição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em Cristo
Ailton da Silva
 
Lição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9  - A nova vida em CristoLição 9  - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em Cristo
Ailton da Silva
 
Apostila Juventude Adoração
Apostila Juventude AdoraçãoApostila Juventude Adoração
Apostila Juventude Adoração
pibvilaverde
 
Lição 1 - O real significado da adoração e do louvor
Lição 1 - O real significado da adoração e do louvorLição 1 - O real significado da adoração e do louvor
Lição 1 - O real significado da adoração e do louvor
Natalino das Neves Neves
 
Romanos 12
Romanos   12Romanos   12
Romanos 12
Joel Silva
 
LBJ Lição 6 - O sustento da igreja
LBJ Lição 6 - O sustento da igrejaLBJ Lição 6 - O sustento da igreja
LBJ Lição 6 - O sustento da igreja
Natalino das Neves Neves
 
Série Gerar: igreja - O Povo da Promessa e da Graça - 15 mar15 - dvs textos
Série Gerar: igreja - O Povo da Promessa e da Graça - 15 mar15 - dvs textosSérie Gerar: igreja - O Povo da Promessa e da Graça - 15 mar15 - dvs textos
Série Gerar: igreja - O Povo da Promessa e da Graça - 15 mar15 - dvs textos
Cecilia Moral
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)
Joel Silva
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)
Joel Silva
 
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
Joel Silva
 
O valor da humildade
O valor da humildadeO valor da humildade
O valor da humildade
denisj2
 
Escola de servos
Escola de servosEscola de servos
Escola de servos
revgarbin
 
10 Características da Igreja que Agrada a Deus continua.pptx
10 Características da Igreja que Agrada a Deus continua.pptx10 Características da Igreja que Agrada a Deus continua.pptx
10 Características da Igreja que Agrada a Deus continua.pptx
AndrewGuimares1
 
Boletim itaberaba 24.01.2016
Boletim itaberaba 24.01.2016Boletim itaberaba 24.01.2016
Boletim itaberaba 24.01.2016
Igreja Presbiteriana de Itaberaba
 
Alegria de vir a casa de Deus
Alegria de vir a casa de DeusAlegria de vir a casa de Deus
Alegria de vir a casa de Deus
Almy Alves
 
AULA 3 - 1° TRIMESTRE. ORDENAÇA BÍBLICA.
AULA 3 - 1° TRIMESTRE. ORDENAÇA BÍBLICA.AULA 3 - 1° TRIMESTRE. ORDENAÇA BÍBLICA.
AULA 3 - 1° TRIMESTRE. ORDENAÇA BÍBLICA.
NenaMaria4
 
Boletim cbg 16_fev_2014
Boletim cbg 16_fev_2014Boletim cbg 16_fev_2014
Boletim cbg 16_fev_2014
Silas Roberto Nogueira
 
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptxestudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
Tiago Silva
 
CELEBRAÇÃO PENITENCIAL V.JAGUARA 2023 FINAL.pptx
CELEBRAÇÃO PENITENCIAL V.JAGUARA 2023 FINAL.pptxCELEBRAÇÃO PENITENCIAL V.JAGUARA 2023 FINAL.pptx
CELEBRAÇÃO PENITENCIAL V.JAGUARA 2023 FINAL.pptx
ParoquiaSantoAntonio3
 
Estudos vocação e ministério
Estudos  vocação e ministérioEstudos  vocação e ministério
Estudos vocação e ministério
Joel Silva
 

Semelhante a pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx (20)

Lição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em CristoLição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em Cristo
 
Lição 9 - A nova vida em Cristo
Lição 9  - A nova vida em CristoLição 9  - A nova vida em Cristo
Lição 9 - A nova vida em Cristo
 
Apostila Juventude Adoração
Apostila Juventude AdoraçãoApostila Juventude Adoração
Apostila Juventude Adoração
 
Lição 1 - O real significado da adoração e do louvor
Lição 1 - O real significado da adoração e do louvorLição 1 - O real significado da adoração e do louvor
Lição 1 - O real significado da adoração e do louvor
 
Romanos 12
Romanos   12Romanos   12
Romanos 12
 
LBJ Lição 6 - O sustento da igreja
LBJ Lição 6 - O sustento da igrejaLBJ Lição 6 - O sustento da igreja
LBJ Lição 6 - O sustento da igreja
 
Série Gerar: igreja - O Povo da Promessa e da Graça - 15 mar15 - dvs textos
Série Gerar: igreja - O Povo da Promessa e da Graça - 15 mar15 - dvs textosSérie Gerar: igreja - O Povo da Promessa e da Graça - 15 mar15 - dvs textos
Série Gerar: igreja - O Povo da Promessa e da Graça - 15 mar15 - dvs textos
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)
 
Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)Colossences 1 (parte 2)
Colossences 1 (parte 2)
 
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02E.b.d   jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
E.b.d jovens 1ºtrimestre 2017 lição 02
 
O valor da humildade
O valor da humildadeO valor da humildade
O valor da humildade
 
Escola de servos
Escola de servosEscola de servos
Escola de servos
 
10 Características da Igreja que Agrada a Deus continua.pptx
10 Características da Igreja que Agrada a Deus continua.pptx10 Características da Igreja que Agrada a Deus continua.pptx
10 Características da Igreja que Agrada a Deus continua.pptx
 
Boletim itaberaba 24.01.2016
Boletim itaberaba 24.01.2016Boletim itaberaba 24.01.2016
Boletim itaberaba 24.01.2016
 
Alegria de vir a casa de Deus
Alegria de vir a casa de DeusAlegria de vir a casa de Deus
Alegria de vir a casa de Deus
 
AULA 3 - 1° TRIMESTRE. ORDENAÇA BÍBLICA.
AULA 3 - 1° TRIMESTRE. ORDENAÇA BÍBLICA.AULA 3 - 1° TRIMESTRE. ORDENAÇA BÍBLICA.
AULA 3 - 1° TRIMESTRE. ORDENAÇA BÍBLICA.
 
Boletim cbg 16_fev_2014
Boletim cbg 16_fev_2014Boletim cbg 16_fev_2014
Boletim cbg 16_fev_2014
 
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptxestudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
estudos-vocaoeministrio-160302141634 (1).pptx
 
CELEBRAÇÃO PENITENCIAL V.JAGUARA 2023 FINAL.pptx
CELEBRAÇÃO PENITENCIAL V.JAGUARA 2023 FINAL.pptxCELEBRAÇÃO PENITENCIAL V.JAGUARA 2023 FINAL.pptx
CELEBRAÇÃO PENITENCIAL V.JAGUARA 2023 FINAL.pptx
 
Estudos vocação e ministério
Estudos  vocação e ministérioEstudos  vocação e ministério
Estudos vocação e ministério
 

Último

O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
Nilson Almeida
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
André Luiz Marques
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
JaquelineSantosBasto
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
REFORMADOR PROTESTANTE
 

Último (14)

O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
 

pregacao romanos 12 9-21 honrar uns aos outros.pptx

  • 1. • Romanos 12: 9- 21 • Versiculo chave - 10 Dediquem-se uns aos outros com amor fraternal. Prefiram dar honra aos outros mais do que a vocês. Leia o capítulo completo: Romanos 12.
  • 2. • Introdução: Honrar segundo o dicionário significa “dignificar, distinguir”, isto é, mostrar consideração especial a alguma pessoa. Tratar com honra implica em homenagear e logo pensamos em alguma cerimônia em que formalmente honramos. • Como cristão devemos pensar o honrar conforme o conceito que a biblia nos impõem , desta forma a apalavra do grego mais utilizada para HONRAR é “TIMÊ” significa “fixar valor, estimar e • - No vers. 3 deste capitulo 3 Porque pela graça, que me é dada, digo a cada um dentre vós que não apense de si mesmo além do que convém, mas que saiba com temperança, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um. • Paulo se contra põem em relação o vers. 12 não devemos nos preocupar em ficar honrando a si próprio (se valorizando) devemos buscar valorizar uns ao outros . • PARABOLA (LC 14:7-14 ) •
  • 3. • - Contudo e sempre muito difícil se falar de Mutualidade, ou reciprocidade sem se falar de amor. • - Sabemos que a base do cristianismo é (AMOR FRATERNAL) – JO3-16 • Uma boa definição do amor fraternal está em 2 Coríntios 8:9 • Pois vocês conhecem a graça de nosso Senhor Jesus Cristo que, sendo rico, se fez pobre por amor de vocês, para que por meio de sua pobreza vocês se tornassem ricos. • Amor fraternal se resume em um sentimento de carinho pelo outro que chega a levar uma pessoa a fazer grandes sacrifícios em pró da outra. • Em 1 Pedro 1:22 lemos o seguinte - Purificando as vossas almas pelo Espírito na obediência à verdade, para o amor fraternal, não fingido; amai-vos ardentemente uns aos outros com um coração puro;
  • 4. • Pedro usa expressões “amai-vos sem fingimento” e “de coração”. Precisamos caminhar diariamente na decisão de procurar amar e ajudar pessoas que são colocadas diante de nós, nas mais diferentes circunstâncias desta forma estaremos valorizando nosso irmão e honrando uns ao outros. • E interessante pensar no conceito do que e graça e o que é misericórdia . • (Graça è a honra que recebemos sem ter feito nada por merecer ) EF2:8 – pela graça sois salvo e isso não vem de vos... • Misericórdia – e a honra veta aquilo que mereceríamos e não recebemos LM 3: 22 misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, ) • Quantas vezes não temos tido miosericordia de nossos irmãos ?
  • 5. • Muitas vezes nosso orgulho não nos permite conceder honra aos nosso irmãos pois nos sentimos rebaixados . • Quando irmão faz algo de bom nos escondemos atrás do argumento • “toda honra seja dada somente a cristo “ • Quando o irmão faz algo de errado - estamos prontos a condenar • Antonimo de honrar • (desonrar) caluniar, rejeitar, depredar, profanar, infamar, difamar, desprestigiar, abocanhar, maldizer, vituperar, depreciar, violar,l, triunfar, desdenhar, destratar, desrespeitar, afrontar, desestimar.
  • 6. • Entendemos que muita vez devemos a questão de “honrar” de acordo com os nossos princípios e visões humans e passamos a honrar pessoas as quais nos julgamos ter algum valor em especial , pessoas a quais hipervalorizamos valorizamos , pessoas que julgamos importante pela função que exerce em algum lugar , ou pelo salario que ganha , ou porque tem mais tempo de igreja , pelo dizimo que entrega e por ai vai . • Não é esta honra que Paulo esta falando • Porem precisamos entender a honra de um posto de vida cristologico ou teocêntrico • DEUS pela misericórdia concede honra até mesmo a quem não pensamos ter. Ex • Quem merece mais honra? Um general, um rei, um juiz, um profeta ou uma prostituta . • Hebreus 11:31,32 • Pela fé Raabe, a meretriz, não pereceu com os incrédulos, acolhendo em paz os espias. E que mais direi? Faltar-me-ia o tempo contando de Gideão, e de Baraque, e de Sansão, e de Jefté, e de Davi, e de Samuel e dos profetas,
  • 7. • Conclusão : • Efésios 4:11-13 nos fala sobre todos nos termos algo a acrescentar na igreja apartir dos dons que o senhor nos da • E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas, e outros para pastores e mestres, com o fim de preparar os santos para a obra do ministério, para que o corpo de Cristo seja edificado, até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo. • Desta forma que precisamos aprender a honrar nossos irmãos buscando nele seu valor • Invista no valor que há em seu irmão, com certeza você também vai ter muito a ganhar . • Coloque o seu irmão no lugar de respeito. • •