SlideShare uma empresa Scribd logo
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA JAMILE ROSSETTI DE SOUZA PATRÍCIA DA ROCHA JAEGGER VANESSA MARTINS MARQUES VIVIANE DA SILVA SANTILIANO CURSO DE PEDAGOGIA 5º SEMESTRE 2010
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA A NOVELA SÓCIO LINGUISTICA DE MARCOS BAGNO, FALA DE DUAS AMIGAS, CHAMADAS EMÍLA E SÍLVIA,  QUE VÃO ATÉ A CHÁCARA DE IRENE, ACOMPANHADA DE SUA ESPERTA SOBRINHA VERA.  TODAS SÃO PROFESSORAS PRIMÁRIAS.
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA AO CHEGAR, ENCONTRAM  A EMPREGADA DE IRENE,  QUE É UM TANTO ENGRAÇADA, E FALA DE UM JEITO BEM PECULIAR. CHAMA-SE “EULÁLIA”.
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA IRENE, TIA DE EMÍLIA, É DOUTORA EM LINGUISTICA. E O JEITO INUSITADO DE EULÁLIA SE EXPRESSAR, PROVOCA UM CERTO ESTRANHAMENTO NAS VISITAS... AFINAL, COMO UMA DOUTORA EM LINGUISTICA,  AGUENTA “AQUELA FALA”, O DIA TODO?
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA ELAS LOGO QUE INICIAM A CONVERSA COM IRENE,  JÁ COMENTAM O QUE OBSERVARAM. IRENE MUITO PACIENTE, AS CONVIDA PARA UM CHÁ, E CLARO UMA CONVERSA SOBRE “ A LINGUA DE EULÁLIA”. MENINAS, QUE MAL HÁ EM FALAR  DIFERENTE?!? FALAR DIFERENTE,  NÃO É FALAR ERRADO...VOU EXPLICAR
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA AS TRÊS SE SENTAM, JÁ TOMANDO A XICARÁ DE CHÁ DE MATE,RECÉM COLHIDO DA CHÁCARA E QUE EULÁLIA FAZIA TÃO BEM. ESSA FORMA QUE EULÁLIA TEM DE FALAR, TEM UMA EXPLICAÇÃO. É CULTURAL.  MAS PODERIA SER, HISTÓRICA,  SOCIOLÓGICA E ATÉ PSICOLÓGICA!
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA EULÁLIA, VEM DE UM LUGAR, ONDE O  “ NORMAL”, É FALAR ASSIM MESMO. ASSIM COMO,PARA NÓS,  A LINGUAGEM FORMAL, É A “IDEAL”.
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA A LINGUISTICA É UMA CIÊNCIA, QUE  ESTUDA A LINGUAGEM E SUAS TRANSFORMAÇÕES.
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA E EULÁLIA, FOI MINHA INSPIRAÇÃO PARA  ESTUDAR LINGUISTICA, POIS TAMBÉM TINHA ESSA MESMA DÚVIDA E FICAVA  INTRIGADA, COMO VOCÊS ESTÃO AGORA.
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA AO CONTRÁRIO DO QUE MUITOS PENSAM, NÓS ESTUDIOSOS DA LINGUA, NÃO QUEREMOS  ACABAR COM A GRAMÁTICA, APENAS REFORÇAR UM MOVIMENTO DE  VALORIZAÇÃO DA LINGUAGEM FALADA E ESCRITA.
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA EXEMPLO: A VELOCIDADE DA FALA, É DIFERENTE DA VELOCIDADE DA ESCRITA.O DITONGO “EI” É O EXEMPLO MAIS CLARO DISSO.
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA COM A CONSTANTE TRANSFORMAÇÃO, NOSSO PORTUGUÊS,VEM SE MODIFICANDO, BUSCANDO A HARMONIZAÇÃO VOCÁLICA E SONORA.REFLETINDO NOS  DIVERSOS SOTAQUES, ASSIM COMO O DE  EULÁLIA. ENTENDEM?
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA ENTENDEMOS SIM. E PENSAMOS, QUE A ESCOLA, EM GERAL, SISTEMATIZA TUDO, ANTES DE  SIGNIFICAR. FERINDO AS TENDÊNCIAS NATURAIS COTIDIANAS DO ALUNO (A).
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA E O GRANDE DESAFIO, É REFLETIR. PENSAR E REPENSAR A EDUCAÇÃO. OS CONCEITOS DE CERTO E ERRADO. E PRINCIPALMENTE, AGIR, A PARTIR DA REALIDADE  DO ALUNO.
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA POIS É FESSORAS...I EU QUI TAVA DITRAIS  DA PORTA, ESCUTANO, TIVE A MIOR, AULA  DI MINHA VIDA INTERA...IXISTI SIM UMA TAR LINGUAGE PADRÃO, MAS EU NUM PERCISO MI INVERGINHÁ DAS MINHA RAÍZI, POIS  EULÁLIA TAMBÉM É CURTURA, SÔ!
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA ISSO MESMO GAROTA! ESSAS FÉRIAS FORAM DE MUITA  APRENDIZAGEM ! AGORA EULÁLIA,  SENTA AQUI, E ENSINA MAIS PRA GENTE!
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA XÁ CUMIGO!ACHU INTÉ, QUI VO DAR UMAS AULA DE CURTURA POR AÍ, UAI! hehehe...
CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA IMAGENS RETIRADAS DOS SITES: WWW.NEIDEDOMINGUES.BLOGSPOT.COM CARMEMZZZ.BLOGSPOT.COM WWW.CEFALA.ORG WWW.REVISTADELETRAS.WORPRESS.COM WWW.BRASILESCOLA.COM WWW.MARCOSBAGNO.COM.BR WWW.FILOLOGIA.ORG

Mais conteúdo relacionado

Destaque

sem
semsem
A língua de eulália
A língua de euláliaA língua de eulália
A língua de eulália
Anne Mari
 
Relatório da entrevista sobre gestão
Relatório da entrevista sobre gestãoRelatório da entrevista sobre gestão
Relatório da entrevista sobre gestãoKarina Barbosa
 
Folhetoo
FolhetooFolhetoo
Folhetoo
Anne Mari
 
Canção de protesto
Canção de protestoCanção de protesto
Canção de protesto
Jonas Freitas
 
21.samba cancao
21.samba cancao21.samba cancao
21.samba cancao
Claudio Sant Ana
 
4.joaquin antoniocallado
4.joaquin antoniocallado4.joaquin antoniocallado
4.joaquin antoniocallado
Claudio Sant Ana
 
Música Popular Brasileira
Música Popular BrasileiraMúsica Popular Brasileira
Música Popular Brasileiraluzilson44
 
Mpb 1917 1928
Mpb 1917 1928Mpb 1917 1928
Mpb 1917 1928
Claudio Sant Ana
 
MúSica Popular Na Republica
MúSica Popular Na RepublicaMúSica Popular Na Republica
MúSica Popular Na Republica
Claudio Sant Ana
 
1.origens(1500)
1.origens(1500)1.origens(1500)
1.origens(1500)
Claudio Sant Ana
 
Da música popular portuguesa ao PopRock
Da música popular portuguesa ao PopRockDa música popular portuguesa ao PopRock
Da música popular portuguesa ao PopRock
João Pinto
 
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
Elô Ribeiro
 
Manifestação sócio cultural
Manifestação sócio culturalManifestação sócio cultural
Manifestação sócio cultural
Junior Onildo
 
Mídia e Preconceito Linguístico
Mídia e Preconceito LinguísticoMídia e Preconceito Linguístico
Mídia e Preconceito Linguístico
vivalinguaviva
 
Dia da Lingua Materna - 21 Fevereiro
Dia da Lingua Materna  - 21 FevereiroDia da Lingua Materna  - 21 Fevereiro
Dia da Lingua Materna - 21 Fevereiro
Fraga Digital
 
Inclusão nas Instituições Educacionais
Inclusão nas Instituições EducacionaisInclusão nas Instituições Educacionais
Inclusão nas Instituições Educacionais
Alex Sandro C. Sant'Ana
 
O menino do pijama listrado
O menino do pijama listradoO menino do pijama listrado
O menino do pijama listrado
Antonio Justino
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil

Destaque (19)

sem
semsem
sem
 
A língua de eulália
A língua de euláliaA língua de eulália
A língua de eulália
 
Relatório da entrevista sobre gestão
Relatório da entrevista sobre gestãoRelatório da entrevista sobre gestão
Relatório da entrevista sobre gestão
 
Folhetoo
FolhetooFolhetoo
Folhetoo
 
Canção de protesto
Canção de protestoCanção de protesto
Canção de protesto
 
21.samba cancao
21.samba cancao21.samba cancao
21.samba cancao
 
4.joaquin antoniocallado
4.joaquin antoniocallado4.joaquin antoniocallado
4.joaquin antoniocallado
 
Música Popular Brasileira
Música Popular BrasileiraMúsica Popular Brasileira
Música Popular Brasileira
 
Mpb 1917 1928
Mpb 1917 1928Mpb 1917 1928
Mpb 1917 1928
 
MúSica Popular Na Republica
MúSica Popular Na RepublicaMúSica Popular Na Republica
MúSica Popular Na Republica
 
1.origens(1500)
1.origens(1500)1.origens(1500)
1.origens(1500)
 
Da música popular portuguesa ao PopRock
Da música popular portuguesa ao PopRockDa música popular portuguesa ao PopRock
Da música popular portuguesa ao PopRock
 
Mpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigidoMpb manuela corrigido
Mpb manuela corrigido
 
Manifestação sócio cultural
Manifestação sócio culturalManifestação sócio cultural
Manifestação sócio cultural
 
Mídia e Preconceito Linguístico
Mídia e Preconceito LinguísticoMídia e Preconceito Linguístico
Mídia e Preconceito Linguístico
 
Dia da Lingua Materna - 21 Fevereiro
Dia da Lingua Materna  - 21 FevereiroDia da Lingua Materna  - 21 Fevereiro
Dia da Lingua Materna - 21 Fevereiro
 
Inclusão nas Instituições Educacionais
Inclusão nas Instituições EducacionaisInclusão nas Instituições Educacionais
Inclusão nas Instituições Educacionais
 
O menino do pijama listrado
O menino do pijama listradoO menino do pijama listrado
O menino do pijama listrado
 
Música Brasil
Música BrasilMúsica Brasil
Música Brasil
 

Semelhante a " A LÍNGUA DE EULÁLIA"

Portifolio 5 periodo slide
Portifolio 5 periodo slidePortifolio 5 periodo slide
Portifolio 5 periodo slide
eliene ferreira de sa teles santos
 
Edição junho julho 2014
Edição junho julho 2014Edição junho julho 2014
Edição junho julho 2014
EMEI JOSE ROBERTO DE CASTRO RIBEIRO
 
LETRAMENTO
LETRAMENTOLETRAMENTO
LETRAMENTO
roxanessavivi
 
Projetos 2011 - Escola Arraial Novo do Bom Jesus
Projetos 2011 - Escola Arraial Novo do Bom JesusProjetos 2011 - Escola Arraial Novo do Bom Jesus
Projetos 2011 - Escola Arraial Novo do Bom Jesus
Casa da Árvore - Cultura Digital e Aprendizagem Criativa
 
Jornal do José Roberto - Edição Junho
Jornal do José Roberto - Edição JunhoJornal do José Roberto - Edição Junho
Jornal do José Roberto - Edição Junho
EMEI JOSE ROBERTO DE CASTRO RIBEIRO
 
Experiência Exitosa - EEF Pe.Marcondes Cavalcante
Experiência Exitosa - EEF Pe.Marcondes CavalcanteExperiência Exitosa - EEF Pe.Marcondes Cavalcante
Experiência Exitosa - EEF Pe.Marcondes Cavalcante
Eligia2010
 
PROJETO DESCOBRINDO SÃO PAULO- EMEF PROF. MÁXIMO DE MOURA SANTOS
PROJETO DESCOBRINDO SÃO PAULO- EMEF PROF. MÁXIMO DE MOURA SANTOSPROJETO DESCOBRINDO SÃO PAULO- EMEF PROF. MÁXIMO DE MOURA SANTOS
PROJETO DESCOBRINDO SÃO PAULO- EMEF PROF. MÁXIMO DE MOURA SANTOS
Heloísa Giannichi
 
Festejando e Aprendendo
Festejando e Aprendendo Festejando e Aprendendo
Festejando e Aprendendo
Gervasio Mozine
 
Jornal da Turma dos Biólogos
Jornal da Turma dos BiólogosJornal da Turma dos Biólogos
Jornal da Turma dos Biólogos
Simone Franco
 
Rotary boletim mensal agosto-segunda edição
Rotary boletim mensal agosto-segunda ediçãoRotary boletim mensal agosto-segunda edição
Rotary boletim mensal agosto-segunda edição
Lincoln Maru
 
Portfólio 2010
Portfólio 2010Portfólio 2010
Portfólio 2010
E.M.Belisário Pena
 
Aula cultura e artes introdução à arte e cultura
Aula cultura e artes introdução à arte e culturaAula cultura e artes introdução à arte e cultura
Aula cultura e artes introdução à arte e cultura
GustavoTxaiTorres1
 
Apresentação de todos projetos desenvolvidos 1º semestre 2013
Apresentação de todos projetos desenvolvidos 1º semestre 2013Apresentação de todos projetos desenvolvidos 1º semestre 2013
Apresentação de todos projetos desenvolvidos 1º semestre 2013
Antônio Fernandes
 
Apresentação projeto quem sou eu
Apresentação projeto  quem sou euApresentação projeto  quem sou eu
Apresentação projeto quem sou eu
Maria Santos
 
Colônias espirituais
Colônias espirituaisColônias espirituais
Colônias espirituais
Sonia Dalmeida Dalmeida
 
Biblioteca Marisa Serrano
Biblioteca Marisa SerranoBiblioteca Marisa Serrano
Biblioteca Marisa Serrano
bibliomunicipalmserrano
 
Congregação 2011
Congregação 2011Congregação 2011
Congregação 2011
vomoreno
 
Slide_solidarte_artedagente_focal.espacodeleitura
Slide_solidarte_artedagente_focal.espacodeleituraSlide_solidarte_artedagente_focal.espacodeleitura
Slide_solidarte_artedagente_focal.espacodeleitura
renanpdasilvaa
 
Complementos para a aula de linguagem.
Complementos para a aula de linguagem.Complementos para a aula de linguagem.
Complementos para a aula de linguagem.
Elisângela Stocco
 
Complementos para aula de linguagem
Complementos para aula de linguagemComplementos para aula de linguagem
Complementos para aula de linguagem
Elisângela Stocco
 

Semelhante a " A LÍNGUA DE EULÁLIA" (20)

Portifolio 5 periodo slide
Portifolio 5 periodo slidePortifolio 5 periodo slide
Portifolio 5 periodo slide
 
Edição junho julho 2014
Edição junho julho 2014Edição junho julho 2014
Edição junho julho 2014
 
LETRAMENTO
LETRAMENTOLETRAMENTO
LETRAMENTO
 
Projetos 2011 - Escola Arraial Novo do Bom Jesus
Projetos 2011 - Escola Arraial Novo do Bom JesusProjetos 2011 - Escola Arraial Novo do Bom Jesus
Projetos 2011 - Escola Arraial Novo do Bom Jesus
 
Jornal do José Roberto - Edição Junho
Jornal do José Roberto - Edição JunhoJornal do José Roberto - Edição Junho
Jornal do José Roberto - Edição Junho
 
Experiência Exitosa - EEF Pe.Marcondes Cavalcante
Experiência Exitosa - EEF Pe.Marcondes CavalcanteExperiência Exitosa - EEF Pe.Marcondes Cavalcante
Experiência Exitosa - EEF Pe.Marcondes Cavalcante
 
PROJETO DESCOBRINDO SÃO PAULO- EMEF PROF. MÁXIMO DE MOURA SANTOS
PROJETO DESCOBRINDO SÃO PAULO- EMEF PROF. MÁXIMO DE MOURA SANTOSPROJETO DESCOBRINDO SÃO PAULO- EMEF PROF. MÁXIMO DE MOURA SANTOS
PROJETO DESCOBRINDO SÃO PAULO- EMEF PROF. MÁXIMO DE MOURA SANTOS
 
Festejando e Aprendendo
Festejando e Aprendendo Festejando e Aprendendo
Festejando e Aprendendo
 
Jornal da Turma dos Biólogos
Jornal da Turma dos BiólogosJornal da Turma dos Biólogos
Jornal da Turma dos Biólogos
 
Rotary boletim mensal agosto-segunda edição
Rotary boletim mensal agosto-segunda ediçãoRotary boletim mensal agosto-segunda edição
Rotary boletim mensal agosto-segunda edição
 
Portfólio 2010
Portfólio 2010Portfólio 2010
Portfólio 2010
 
Aula cultura e artes introdução à arte e cultura
Aula cultura e artes introdução à arte e culturaAula cultura e artes introdução à arte e cultura
Aula cultura e artes introdução à arte e cultura
 
Apresentação de todos projetos desenvolvidos 1º semestre 2013
Apresentação de todos projetos desenvolvidos 1º semestre 2013Apresentação de todos projetos desenvolvidos 1º semestre 2013
Apresentação de todos projetos desenvolvidos 1º semestre 2013
 
Apresentação projeto quem sou eu
Apresentação projeto  quem sou euApresentação projeto  quem sou eu
Apresentação projeto quem sou eu
 
Colônias espirituais
Colônias espirituaisColônias espirituais
Colônias espirituais
 
Biblioteca Marisa Serrano
Biblioteca Marisa SerranoBiblioteca Marisa Serrano
Biblioteca Marisa Serrano
 
Congregação 2011
Congregação 2011Congregação 2011
Congregação 2011
 
Slide_solidarte_artedagente_focal.espacodeleitura
Slide_solidarte_artedagente_focal.espacodeleituraSlide_solidarte_artedagente_focal.espacodeleitura
Slide_solidarte_artedagente_focal.espacodeleitura
 
Complementos para a aula de linguagem.
Complementos para a aula de linguagem.Complementos para a aula de linguagem.
Complementos para a aula de linguagem.
 
Complementos para aula de linguagem
Complementos para aula de linguagemComplementos para aula de linguagem
Complementos para aula de linguagem
 

Último

Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
tnrlucas
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Annelise Gripp
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
anpproferick
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Rafael Santos
 
REDE_DE_COMPUTADORES_TECNOLOGIA_TIPOS.pptx
REDE_DE_COMPUTADORES_TECNOLOGIA_TIPOS.pptxREDE_DE_COMPUTADORES_TECNOLOGIA_TIPOS.pptx
REDE_DE_COMPUTADORES_TECNOLOGIA_TIPOS.pptx
IranyGarcia
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
anpproferick
 

Último (6)

Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
 
REDE_DE_COMPUTADORES_TECNOLOGIA_TIPOS.pptx
REDE_DE_COMPUTADORES_TECNOLOGIA_TIPOS.pptxREDE_DE_COMPUTADORES_TECNOLOGIA_TIPOS.pptx
REDE_DE_COMPUTADORES_TECNOLOGIA_TIPOS.pptx
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
 

" A LÍNGUA DE EULÁLIA"

  • 1. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA JAMILE ROSSETTI DE SOUZA PATRÍCIA DA ROCHA JAEGGER VANESSA MARTINS MARQUES VIVIANE DA SILVA SANTILIANO CURSO DE PEDAGOGIA 5º SEMESTRE 2010
  • 3. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA A NOVELA SÓCIO LINGUISTICA DE MARCOS BAGNO, FALA DE DUAS AMIGAS, CHAMADAS EMÍLA E SÍLVIA, QUE VÃO ATÉ A CHÁCARA DE IRENE, ACOMPANHADA DE SUA ESPERTA SOBRINHA VERA. TODAS SÃO PROFESSORAS PRIMÁRIAS.
  • 4. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA AO CHEGAR, ENCONTRAM A EMPREGADA DE IRENE, QUE É UM TANTO ENGRAÇADA, E FALA DE UM JEITO BEM PECULIAR. CHAMA-SE “EULÁLIA”.
  • 5. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA IRENE, TIA DE EMÍLIA, É DOUTORA EM LINGUISTICA. E O JEITO INUSITADO DE EULÁLIA SE EXPRESSAR, PROVOCA UM CERTO ESTRANHAMENTO NAS VISITAS... AFINAL, COMO UMA DOUTORA EM LINGUISTICA, AGUENTA “AQUELA FALA”, O DIA TODO?
  • 7. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA ELAS LOGO QUE INICIAM A CONVERSA COM IRENE, JÁ COMENTAM O QUE OBSERVARAM. IRENE MUITO PACIENTE, AS CONVIDA PARA UM CHÁ, E CLARO UMA CONVERSA SOBRE “ A LINGUA DE EULÁLIA”. MENINAS, QUE MAL HÁ EM FALAR DIFERENTE?!? FALAR DIFERENTE, NÃO É FALAR ERRADO...VOU EXPLICAR
  • 8. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA AS TRÊS SE SENTAM, JÁ TOMANDO A XICARÁ DE CHÁ DE MATE,RECÉM COLHIDO DA CHÁCARA E QUE EULÁLIA FAZIA TÃO BEM. ESSA FORMA QUE EULÁLIA TEM DE FALAR, TEM UMA EXPLICAÇÃO. É CULTURAL. MAS PODERIA SER, HISTÓRICA, SOCIOLÓGICA E ATÉ PSICOLÓGICA!
  • 9. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA EULÁLIA, VEM DE UM LUGAR, ONDE O “ NORMAL”, É FALAR ASSIM MESMO. ASSIM COMO,PARA NÓS, A LINGUAGEM FORMAL, É A “IDEAL”.
  • 10. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA A LINGUISTICA É UMA CIÊNCIA, QUE ESTUDA A LINGUAGEM E SUAS TRANSFORMAÇÕES.
  • 11. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA E EULÁLIA, FOI MINHA INSPIRAÇÃO PARA ESTUDAR LINGUISTICA, POIS TAMBÉM TINHA ESSA MESMA DÚVIDA E FICAVA INTRIGADA, COMO VOCÊS ESTÃO AGORA.
  • 12. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA AO CONTRÁRIO DO QUE MUITOS PENSAM, NÓS ESTUDIOSOS DA LINGUA, NÃO QUEREMOS ACABAR COM A GRAMÁTICA, APENAS REFORÇAR UM MOVIMENTO DE VALORIZAÇÃO DA LINGUAGEM FALADA E ESCRITA.
  • 15. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA EXEMPLO: A VELOCIDADE DA FALA, É DIFERENTE DA VELOCIDADE DA ESCRITA.O DITONGO “EI” É O EXEMPLO MAIS CLARO DISSO.
  • 16. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA COM A CONSTANTE TRANSFORMAÇÃO, NOSSO PORTUGUÊS,VEM SE MODIFICANDO, BUSCANDO A HARMONIZAÇÃO VOCÁLICA E SONORA.REFLETINDO NOS DIVERSOS SOTAQUES, ASSIM COMO O DE EULÁLIA. ENTENDEM?
  • 17. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA ENTENDEMOS SIM. E PENSAMOS, QUE A ESCOLA, EM GERAL, SISTEMATIZA TUDO, ANTES DE SIGNIFICAR. FERINDO AS TENDÊNCIAS NATURAIS COTIDIANAS DO ALUNO (A).
  • 18. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA E O GRANDE DESAFIO, É REFLETIR. PENSAR E REPENSAR A EDUCAÇÃO. OS CONCEITOS DE CERTO E ERRADO. E PRINCIPALMENTE, AGIR, A PARTIR DA REALIDADE DO ALUNO.
  • 19. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA POIS É FESSORAS...I EU QUI TAVA DITRAIS DA PORTA, ESCUTANO, TIVE A MIOR, AULA DI MINHA VIDA INTERA...IXISTI SIM UMA TAR LINGUAGE PADRÃO, MAS EU NUM PERCISO MI INVERGINHÁ DAS MINHA RAÍZI, POIS EULÁLIA TAMBÉM É CURTURA, SÔ!
  • 20. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA ISSO MESMO GAROTA! ESSAS FÉRIAS FORAM DE MUITA APRENDIZAGEM ! AGORA EULÁLIA, SENTA AQUI, E ENSINA MAIS PRA GENTE!
  • 21. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA XÁ CUMIGO!ACHU INTÉ, QUI VO DAR UMAS AULA DE CURTURA POR AÍ, UAI! hehehe...
  • 22. CENTRO UNIVERSITÁRIO METODISTA IPA IMAGENS RETIRADAS DOS SITES: WWW.NEIDEDOMINGUES.BLOGSPOT.COM CARMEMZZZ.BLOGSPOT.COM WWW.CEFALA.ORG WWW.REVISTADELETRAS.WORPRESS.COM WWW.BRASILESCOLA.COM WWW.MARCOSBAGNO.COM.BR WWW.FILOLOGIA.ORG