SlideShare uma empresa Scribd logo
NÃO DEIXEM ESTRAGAR MAIS A MADEIRA!

Dois anos depois das cheias catastróficas de 20 de
Fevereiro e 18 meses após os incêndios florestais de
Agosto de 2010, a Ilha da Madeira está mais
exposta aos humores da Natureza.
Foi exactamente isto que afirmei numa entrevista
que concedi à LUSA, tendo apontado, como
exemplos, as ribeiras da Madalena, da Ponta do Sol,
da Ribeira Brava, dos Socorridos e as três que
desaguam na baía do Funchal.
Como seria de esperar numa Região alérgica ao
debate de ideias, o Director Regional do Ambiente e
do Ordenamento do Território, manifestou-se
diametralmente contra a minha opinião e na falta
de argumentação cientificamente sustentável,
deitou mão ao breviário da sabedoria laranja e
debitou esta preciosidade:
"Estamos muito perto do mar, o que é um risco, ou
estamos muito perto de uma linha de água, o que é
um risco, ou estamos muito perto de uma encosta,
que é um risco, ou de uma escarpa, que é um risco.
 Se fosse para eliminar todo o risco de uma situação
de ocupação do solo, não restava à população outra
alternativa que a emigração. Fechávamos a
Madeira"!
Aqui e agora, apenas vou mostrar 3 exemplos, que
comprovam o que afirmei na referida entrevista. Se

                         1
necessário for, nos próximos dias poderei
apresentar muitos outras imagens duma Ilha
financeiramente falida e ecologicamente muito
debilitada.

ATERRO DAS CARREIRAS
Junto à estrada das Carreiras, um aterro tem vindo
a crescer, com certeza com a aprovação do Director
Regional do Ambiente.
Acontece que o referido aterro não só subiu muito
para além da cota da estrada, que corre o risco de
transformar-se num caminho de lama, como já
fechou um vale que pertence à bacia hidrográfica
da Ribeira de João Gomes. Quando chover
intensamente o senhor director, o senhor secretário
e o senhor presidente, em uníssono culparão a
Natureza, porque nesta ilha, do mar à serra em
todo o lado estamos expostos ao risco.




                         2
3
CORUJEIRA – FREGUESIA DO MONTE

O sítio da Corujeira, na freguesia do Monte, ficou
muito maltratado a 20 de Fevereiro. Construção
desordenada e um ribeiro estrangulado por aterros
e estaleiros localizados a montante, formaram uma
associação de elevada capacidade destrutiva.
O dinheiro da Lei de Meios, fruto da solidariedade
nacional, deveria ter sido usado para destruir as
casas localizadas em locais de elevado risco de
cheia e / ou desmoronamentos, deslocando as
pessoas para zonas da cidade muito mais seguras e
a necessitar duma intervenção regenerativa.
Porque o governo regional gosta muito de entubar
ribeiros e tem horror ao ordenamento do território,
o resultado está à vista.




                         4
5
RIBEIRA DE SANTA LUZIA
O Governo Regional já adjudicou a obra de junção
das fozes das ribeiras de Santa Luzia e João Gomes
pela módica quantia de 37 milhões de euros e
prepara-se para repetir o concurso para a
construção dum cais e duma marina à frente da
Avenida do Mar, onde foram depositados os
materiais da cheia de 20 de Fevereiro e de outras
                        6
de menor impacto ocorridas em Outubro,
Novembro e Dezembro de 2010 e Janeiro de 2011.
Para satisfazer este capricho do senhor que faliu a
Madeira, lá irão mais uns 20 milhões de euros.
O dinheiro para desfigurar a baía do Funchal virá da
Lei de Meios!
Da Lei de Meios virão também 4,4 milhões de euros
para a construção de açudes ao longo do canal de
escoamento da Ribeira de Santa Luzia.
Mas, enquanto a poderosa máquina publicitária do
governo emite doses elevadas informação
anestesiante, com o objectivo de manter apática a
sociedade madeirense, uma empresa, participada
pelo mesmo governo, continua a destruir o
belíssimo vale da Ribeira de Santa Luzia e
incrementar o risco de catástrofe, como é possível
constatar pelas fotografias seguintes:




                         7
8
9
Aos Madeirenses indignados, aos Portugueses que
foram solidários no 20 de Fevereiro e aos Europeus
que financiaram a “Madeira Nova”, lanço um apelo
quase desesperado:
NÃO DEIXEM DESTRUIR MAIS A ILHA DA MADEIRA!

Funchal, 18 de Fevereiro de 2012
Raimundo Quintal




                        10

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O maior crime sócio ambiental do brasil ocorrido em mariana
O maior crime sócio ambiental do brasil ocorrido em marianaO maior crime sócio ambiental do brasil ocorrido em mariana
O maior crime sócio ambiental do brasil ocorrido em marianaFernando Alcoforado
 
Temporal Na Ilha Da Madeira Em 2010 9 C
Temporal Na Ilha Da Madeira Em 2010 9 CTemporal Na Ilha Da Madeira Em 2010 9 C
Temporal Na Ilha Da Madeira Em 2010 9 CAna T.
 
Grupo 2 - Rios de Portugal
Grupo 2 - Rios de PortugalGrupo 2 - Rios de Portugal
Grupo 2 - Rios de PortugalVânia Dias
 
O Rio Mondego Sofia
O Rio Mondego SofiaO Rio Mondego Sofia
O Rio Mondego Sofianaliniram
 
O rio mondego e a serra da estrela rodrigo
O rio mondego e a serra da estrela rodrigoO rio mondego e a serra da estrela rodrigo
O rio mondego e a serra da estrela rodrigoBandodos15
 
O rio douro diogo
O rio douro diogoO rio douro diogo
O rio douro diogoebgandra
 
Atualidades 2 - Desastre de mariana
Atualidades 2 - Desastre de marianaAtualidades 2 - Desastre de mariana
Atualidades 2 - Desastre de marianaGerson Coppes
 
Rio Mondego 1
Rio Mondego 1Rio Mondego 1
Rio Mondego 1naliniram
 
Rio Mondego -Ana Filipa
Rio Mondego -Ana FilipaRio Mondego -Ana Filipa
Rio Mondego -Ana Filipaguest0cb04
 
Riscos geologicos - O caso das cheias do Rio Douro
Riscos geologicos - O caso das cheias do Rio DouroRiscos geologicos - O caso das cheias do Rio Douro
Riscos geologicos - O caso das cheias do Rio DouroHélder Ferreira
 
Rio ave
Rio aveRio ave
Rio aveaasf
 
2 as aguas-oceanicas_e_os_mares
2 as aguas-oceanicas_e_os_mares2 as aguas-oceanicas_e_os_mares
2 as aguas-oceanicas_e_os_maresLucas Cechinel
 
C:\Documents And Settings\ProprietáRio De Hp\Os Meus Documentos\Rios Portugueses
C:\Documents And Settings\ProprietáRio De Hp\Os Meus Documentos\Rios PortuguesesC:\Documents And Settings\ProprietáRio De Hp\Os Meus Documentos\Rios Portugueses
C:\Documents And Settings\ProprietáRio De Hp\Os Meus Documentos\Rios Portuguesesguestdc4fd36
 
Locais AgradáVeis10 Gondomar
Locais AgradáVeis10 GondomarLocais AgradáVeis10 Gondomar
Locais AgradáVeis10 Gondomarnetescrita
 

Mais procurados (19)

O maior crime sócio ambiental do brasil ocorrido em mariana
O maior crime sócio ambiental do brasil ocorrido em marianaO maior crime sócio ambiental do brasil ocorrido em mariana
O maior crime sócio ambiental do brasil ocorrido em mariana
 
Temporal Na Ilha Da Madeira Em 2010 9 C
Temporal Na Ilha Da Madeira Em 2010 9 CTemporal Na Ilha Da Madeira Em 2010 9 C
Temporal Na Ilha Da Madeira Em 2010 9 C
 
Grupo 2 - Rios de Portugal
Grupo 2 - Rios de PortugalGrupo 2 - Rios de Portugal
Grupo 2 - Rios de Portugal
 
Rio Mondego
Rio MondegoRio Mondego
Rio Mondego
 
O Rio Mondego Sofia
O Rio Mondego SofiaO Rio Mondego Sofia
O Rio Mondego Sofia
 
O rio mondego e a serra da estrela rodrigo
O rio mondego e a serra da estrela rodrigoO rio mondego e a serra da estrela rodrigo
O rio mondego e a serra da estrela rodrigo
 
O rio douro diogo
O rio douro diogoO rio douro diogo
O rio douro diogo
 
Os rios de portugal
Os rios de portugalOs rios de portugal
Os rios de portugal
 
Aspectos litoral_2
Aspectos litoral_2Aspectos litoral_2
Aspectos litoral_2
 
Atualidades 2 - Desastre de mariana
Atualidades 2 - Desastre de marianaAtualidades 2 - Desastre de mariana
Atualidades 2 - Desastre de mariana
 
Rompimento da barragem em mariana
Rompimento da barragem em marianaRompimento da barragem em mariana
Rompimento da barragem em mariana
 
Rio Mondego 1
Rio Mondego 1Rio Mondego 1
Rio Mondego 1
 
Rio Mondego -Ana Filipa
Rio Mondego -Ana FilipaRio Mondego -Ana Filipa
Rio Mondego -Ana Filipa
 
Rio mondego
Rio mondegoRio mondego
Rio mondego
 
Riscos geologicos - O caso das cheias do Rio Douro
Riscos geologicos - O caso das cheias do Rio DouroRiscos geologicos - O caso das cheias do Rio Douro
Riscos geologicos - O caso das cheias do Rio Douro
 
Rio ave
Rio aveRio ave
Rio ave
 
2 as aguas-oceanicas_e_os_mares
2 as aguas-oceanicas_e_os_mares2 as aguas-oceanicas_e_os_mares
2 as aguas-oceanicas_e_os_mares
 
C:\Documents And Settings\ProprietáRio De Hp\Os Meus Documentos\Rios Portugueses
C:\Documents And Settings\ProprietáRio De Hp\Os Meus Documentos\Rios PortuguesesC:\Documents And Settings\ProprietáRio De Hp\Os Meus Documentos\Rios Portugueses
C:\Documents And Settings\ProprietáRio De Hp\Os Meus Documentos\Rios Portugueses
 
Locais AgradáVeis10 Gondomar
Locais AgradáVeis10 GondomarLocais AgradáVeis10 Gondomar
Locais AgradáVeis10 Gondomar
 

Destaque

Redes sociais para empreendedores
Redes sociais para empreendedoresRedes sociais para empreendedores
Redes sociais para empreendedoresXana Abreu
 
Inovação & Marketing
Inovação & MarketingInovação & Marketing
Inovação & MarketingXana Abreu
 
Redes sociais para empreendedores
Redes sociais para empreendedoresRedes sociais para empreendedores
Redes sociais para empreendedoresXana Abreu
 
Fui multado...e agora?!
Fui multado...e agora?!Fui multado...e agora?!
Fui multado...e agora?!Xana Abreu
 
Guia fiscal 2011
Guia fiscal 2011Guia fiscal 2011
Guia fiscal 2011Xana Abreu
 
Redes sociais para #Empreendedores
Redes sociais para #EmpreendedoresRedes sociais para #Empreendedores
Redes sociais para #EmpreendedoresXana Abreu
 
Cartaz desfile e chá
Cartaz desfile e chá Cartaz desfile e chá
Cartaz desfile e chá Xana Abreu
 
Dicionário de acordes para teclado
Dicionário de acordes para tecladoDicionário de acordes para teclado
Dicionário de acordes para tecladoaltairhg
 

Destaque (9)

Redes sociais para empreendedores
Redes sociais para empreendedoresRedes sociais para empreendedores
Redes sociais para empreendedores
 
B. Vista
B. VistaB. Vista
B. Vista
 
Inovação & Marketing
Inovação & MarketingInovação & Marketing
Inovação & Marketing
 
Redes sociais para empreendedores
Redes sociais para empreendedoresRedes sociais para empreendedores
Redes sociais para empreendedores
 
Fui multado...e agora?!
Fui multado...e agora?!Fui multado...e agora?!
Fui multado...e agora?!
 
Guia fiscal 2011
Guia fiscal 2011Guia fiscal 2011
Guia fiscal 2011
 
Redes sociais para #Empreendedores
Redes sociais para #EmpreendedoresRedes sociais para #Empreendedores
Redes sociais para #Empreendedores
 
Cartaz desfile e chá
Cartaz desfile e chá Cartaz desfile e chá
Cartaz desfile e chá
 
Dicionário de acordes para teclado
Dicionário de acordes para tecladoDicionário de acordes para teclado
Dicionário de acordes para teclado
 

Semelhante a Não deixem estragar mais a Madeira

Barragens que barram vidas, paisagens e sonhos – patrimónios que se afogam ir...
Barragens que barram vidas, paisagens e sonhos – patrimónios que se afogam ir...Barragens que barram vidas, paisagens e sonhos – patrimónios que se afogam ir...
Barragens que barram vidas, paisagens e sonhos – patrimónios que se afogam ir...Jorge Moreira
 
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [estreitoformaefas
 
Manifesto em defesa do Meio Ambiente e dos Direitos das Comunidades Pesqueira...
Manifesto em defesa do Meio Ambiente e dos Direitos das Comunidades Pesqueira...Manifesto em defesa do Meio Ambiente e dos Direitos das Comunidades Pesqueira...
Manifesto em defesa do Meio Ambiente e dos Direitos das Comunidades Pesqueira...Mª Arméle Dornelas
 
VIVER COM A EROSÃO COSTEIRA NA EUROPA
VIVER COM A EROSÃO  COSTEIRA  NA EUROPAVIVER COM A EROSÃO  COSTEIRA  NA EUROPA
VIVER COM A EROSÃO COSTEIRA NA EUROPACláudio Carneiro
 
Programa nacional de aceleração do crescimento e a realidades das comunidades...
Programa nacional de aceleração do crescimento e a realidades das comunidades...Programa nacional de aceleração do crescimento e a realidades das comunidades...
Programa nacional de aceleração do crescimento e a realidades das comunidades...CPPNE
 
1 perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
1   perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas1   perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
1 perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemasPelo Siro
 
Maria Ant [1]
Maria Ant  [1]Maria Ant  [1]
Maria Ant [1]Ana T.
 
Temporalnailhadamadeiraem2010 9c-100328094248-phpapp01
Temporalnailhadamadeiraem2010 9c-100328094248-phpapp01Temporalnailhadamadeiraem2010 9c-100328094248-phpapp01
Temporalnailhadamadeiraem2010 9c-100328094248-phpapp01carlossono
 
Terramoto E IncêNdio Em S
Terramoto E IncêNdio Em STerramoto E IncêNdio Em S
Terramoto E IncêNdio Em SAna T.
 
Enchente no rio madeira
Enchente no rio madeiraEnchente no rio madeira
Enchente no rio madeiraMayara Garcia
 

Semelhante a Não deixem estragar mais a Madeira (20)

Informativo insp 35
Informativo insp   35Informativo insp   35
Informativo insp 35
 
Barragens que barram vidas, paisagens e sonhos – patrimónios que se afogam ir...
Barragens que barram vidas, paisagens e sonhos – patrimónios que se afogam ir...Barragens que barram vidas, paisagens e sonhos – patrimónios que se afogam ir...
Barragens que barram vidas, paisagens e sonhos – patrimónios que se afogam ir...
 
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
Clc ng2 dr4_carla, marcelino, micaela [
 
Manifesto em defesa do Meio Ambiente e dos Direitos das Comunidades Pesqueira...
Manifesto em defesa do Meio Ambiente e dos Direitos das Comunidades Pesqueira...Manifesto em defesa do Meio Ambiente e dos Direitos das Comunidades Pesqueira...
Manifesto em defesa do Meio Ambiente e dos Direitos das Comunidades Pesqueira...
 
Informativo insp 37
Informativo insp   37Informativo insp   37
Informativo insp 37
 
VIVER COM A EROSÃO COSTEIRA NA EUROPA
VIVER COM A EROSÃO  COSTEIRA  NA EUROPAVIVER COM A EROSÃO  COSTEIRA  NA EUROPA
VIVER COM A EROSÃO COSTEIRA NA EUROPA
 
Boletim moab
Boletim moabBoletim moab
Boletim moab
 
Boletim moab-f
Boletim moab-fBoletim moab-f
Boletim moab-f
 
Programa nacional de aceleração do crescimento e a realidades das comunidades...
Programa nacional de aceleração do crescimento e a realidades das comunidades...Programa nacional de aceleração do crescimento e a realidades das comunidades...
Programa nacional de aceleração do crescimento e a realidades das comunidades...
 
1 perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
1   perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas1   perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
1 perturbacao no-equilibrio_dos_ecossistemas
 
Maria Ant [1]
Maria Ant  [1]Maria Ant  [1]
Maria Ant [1]
 
O urbanismo e a gestão de desastres naturais
O urbanismo e a gestão de desastres naturaisO urbanismo e a gestão de desastres naturais
O urbanismo e a gestão de desastres naturais
 
Temporalnailhadamadeiraem2010 9c-100328094248-phpapp01
Temporalnailhadamadeiraem2010 9c-100328094248-phpapp01Temporalnailhadamadeiraem2010 9c-100328094248-phpapp01
Temporalnailhadamadeiraem2010 9c-100328094248-phpapp01
 
Terramoto E IncêNdio Em S
Terramoto E IncêNdio Em STerramoto E IncêNdio Em S
Terramoto E IncêNdio Em S
 
Informativo insp 58
Informativo insp   58Informativo insp   58
Informativo insp 58
 
Informativo insp 33
Informativo insp   33Informativo insp   33
Informativo insp 33
 
Zonas costeiras
Zonas costeirasZonas costeiras
Zonas costeiras
 
Apresenta..2[1]
Apresenta..2[1]Apresenta..2[1]
Apresenta..2[1]
 
Informativo insp 61
Informativo insp   61Informativo insp   61
Informativo insp 61
 
Enchente no rio madeira
Enchente no rio madeiraEnchente no rio madeira
Enchente no rio madeira
 

Mais de Xana Abreu

Madeira Bentley Magazin
Madeira Bentley MagazinMadeira Bentley Magazin
Madeira Bentley MagazinXana Abreu
 
Momentos mágicos
Momentos mágicosMomentos mágicos
Momentos mágicosXana Abreu
 
Monte Carlo travel show
Monte Carlo travel showMonte Carlo travel show
Monte Carlo travel showXana Abreu
 
Expressões animais
Expressões animaisExpressões animais
Expressões animaisXana Abreu
 
Galopando a vida
Galopando a vidaGalopando a vida
Galopando a vidaXana Abreu
 
Inovação & Marketing
Inovação & MarketingInovação & Marketing
Inovação & MarketingXana Abreu
 
Fotos antigas da madeira
Fotos antigas da madeiraFotos antigas da madeira
Fotos antigas da madeiraXana Abreu
 
A singular beleza madeirense
A singular beleza madeirenseA singular beleza madeirense
A singular beleza madeirenseXana Abreu
 
O poder dos gatos‏
O poder dos gatos‏O poder dos gatos‏
O poder dos gatos‏Xana Abreu
 
Mel de abelha e canela
Mel de abelha e canelaMel de abelha e canela
Mel de abelha e canelaXana Abreu
 
Guia do Consumidor - Utilidades!
Guia do Consumidor - Utilidades!Guia do Consumidor - Utilidades!
Guia do Consumidor - Utilidades!Xana Abreu
 
Fotos aéreas inéditas
Fotos aéreas inéditasFotos aéreas inéditas
Fotos aéreas inéditasXana Abreu
 
Diário de um cão
Diário de um cãoDiário de um cão
Diário de um cãoXana Abreu
 
Cães, pois está claro ;)
Cães, pois está claro ;)Cães, pois está claro ;)
Cães, pois está claro ;)Xana Abreu
 
Noé afinal morava em Portugal
Noé afinal morava em PortugalNoé afinal morava em Portugal
Noé afinal morava em PortugalXana Abreu
 
Animais muito mais que humanos
Animais muito mais que humanos Animais muito mais que humanos
Animais muito mais que humanos Xana Abreu
 
Diário de uma dieta
Diário de uma dietaDiário de uma dieta
Diário de uma dietaXana Abreu
 

Mais de Xana Abreu (20)

Fine pics
Fine picsFine pics
Fine pics
 
Madeira Bentley Magazin
Madeira Bentley MagazinMadeira Bentley Magazin
Madeira Bentley Magazin
 
Portugal
PortugalPortugal
Portugal
 
Momentos mágicos
Momentos mágicosMomentos mágicos
Momentos mágicos
 
Monte Carlo travel show
Monte Carlo travel showMonte Carlo travel show
Monte Carlo travel show
 
Expressões animais
Expressões animaisExpressões animais
Expressões animais
 
Galopando a vida
Galopando a vidaGalopando a vida
Galopando a vida
 
Inovação & Marketing
Inovação & MarketingInovação & Marketing
Inovação & Marketing
 
Fotos antigas da madeira
Fotos antigas da madeiraFotos antigas da madeira
Fotos antigas da madeira
 
A singular beleza madeirense
A singular beleza madeirenseA singular beleza madeirense
A singular beleza madeirense
 
O poder dos gatos‏
O poder dos gatos‏O poder dos gatos‏
O poder dos gatos‏
 
Mel de abelha e canela
Mel de abelha e canelaMel de abelha e canela
Mel de abelha e canela
 
Guia do Consumidor - Utilidades!
Guia do Consumidor - Utilidades!Guia do Consumidor - Utilidades!
Guia do Consumidor - Utilidades!
 
Fotos aéreas inéditas
Fotos aéreas inéditasFotos aéreas inéditas
Fotos aéreas inéditas
 
Partners
PartnersPartners
Partners
 
Diário de um cão
Diário de um cãoDiário de um cão
Diário de um cão
 
Cães, pois está claro ;)
Cães, pois está claro ;)Cães, pois está claro ;)
Cães, pois está claro ;)
 
Noé afinal morava em Portugal
Noé afinal morava em PortugalNoé afinal morava em Portugal
Noé afinal morava em Portugal
 
Animais muito mais que humanos
Animais muito mais que humanos Animais muito mais que humanos
Animais muito mais que humanos
 
Diário de uma dieta
Diário de uma dietaDiário de uma dieta
Diário de uma dieta
 

Não deixem estragar mais a Madeira

  • 1. NÃO DEIXEM ESTRAGAR MAIS A MADEIRA! Dois anos depois das cheias catastróficas de 20 de Fevereiro e 18 meses após os incêndios florestais de Agosto de 2010, a Ilha da Madeira está mais exposta aos humores da Natureza. Foi exactamente isto que afirmei numa entrevista que concedi à LUSA, tendo apontado, como exemplos, as ribeiras da Madalena, da Ponta do Sol, da Ribeira Brava, dos Socorridos e as três que desaguam na baía do Funchal. Como seria de esperar numa Região alérgica ao debate de ideias, o Director Regional do Ambiente e do Ordenamento do Território, manifestou-se diametralmente contra a minha opinião e na falta de argumentação cientificamente sustentável, deitou mão ao breviário da sabedoria laranja e debitou esta preciosidade: "Estamos muito perto do mar, o que é um risco, ou estamos muito perto de uma linha de água, o que é um risco, ou estamos muito perto de uma encosta, que é um risco, ou de uma escarpa, que é um risco. Se fosse para eliminar todo o risco de uma situação de ocupação do solo, não restava à população outra alternativa que a emigração. Fechávamos a Madeira"! Aqui e agora, apenas vou mostrar 3 exemplos, que comprovam o que afirmei na referida entrevista. Se 1
  • 2. necessário for, nos próximos dias poderei apresentar muitos outras imagens duma Ilha financeiramente falida e ecologicamente muito debilitada. ATERRO DAS CARREIRAS Junto à estrada das Carreiras, um aterro tem vindo a crescer, com certeza com a aprovação do Director Regional do Ambiente. Acontece que o referido aterro não só subiu muito para além da cota da estrada, que corre o risco de transformar-se num caminho de lama, como já fechou um vale que pertence à bacia hidrográfica da Ribeira de João Gomes. Quando chover intensamente o senhor director, o senhor secretário e o senhor presidente, em uníssono culparão a Natureza, porque nesta ilha, do mar à serra em todo o lado estamos expostos ao risco. 2
  • 3. 3
  • 4. CORUJEIRA – FREGUESIA DO MONTE O sítio da Corujeira, na freguesia do Monte, ficou muito maltratado a 20 de Fevereiro. Construção desordenada e um ribeiro estrangulado por aterros e estaleiros localizados a montante, formaram uma associação de elevada capacidade destrutiva. O dinheiro da Lei de Meios, fruto da solidariedade nacional, deveria ter sido usado para destruir as casas localizadas em locais de elevado risco de cheia e / ou desmoronamentos, deslocando as pessoas para zonas da cidade muito mais seguras e a necessitar duma intervenção regenerativa. Porque o governo regional gosta muito de entubar ribeiros e tem horror ao ordenamento do território, o resultado está à vista. 4
  • 5. 5
  • 6. RIBEIRA DE SANTA LUZIA O Governo Regional já adjudicou a obra de junção das fozes das ribeiras de Santa Luzia e João Gomes pela módica quantia de 37 milhões de euros e prepara-se para repetir o concurso para a construção dum cais e duma marina à frente da Avenida do Mar, onde foram depositados os materiais da cheia de 20 de Fevereiro e de outras 6
  • 7. de menor impacto ocorridas em Outubro, Novembro e Dezembro de 2010 e Janeiro de 2011. Para satisfazer este capricho do senhor que faliu a Madeira, lá irão mais uns 20 milhões de euros. O dinheiro para desfigurar a baía do Funchal virá da Lei de Meios! Da Lei de Meios virão também 4,4 milhões de euros para a construção de açudes ao longo do canal de escoamento da Ribeira de Santa Luzia. Mas, enquanto a poderosa máquina publicitária do governo emite doses elevadas informação anestesiante, com o objectivo de manter apática a sociedade madeirense, uma empresa, participada pelo mesmo governo, continua a destruir o belíssimo vale da Ribeira de Santa Luzia e incrementar o risco de catástrofe, como é possível constatar pelas fotografias seguintes: 7
  • 8. 8
  • 9. 9
  • 10. Aos Madeirenses indignados, aos Portugueses que foram solidários no 20 de Fevereiro e aos Europeus que financiaram a “Madeira Nova”, lanço um apelo quase desesperado: NÃO DEIXEM DESTRUIR MAIS A ILHA DA MADEIRA! Funchal, 18 de Fevereiro de 2012 Raimundo Quintal 10