SlideShare uma empresa Scribd logo
2012

   MULHERES DA BIBLIA
   FIDELIDADE DE DEUS
   [Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um resumo é um apanhado geral
   do conteúdo do documento. Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um
   resumo é um apanhado geral do conteúdo do documento.]




                              FABIANO

                                                           23/10/2012
Sumário
  Compromisso de amor Tamar ...................................................................................... 3
  A Esposa De Noé .............................................................................................................. 8
  A Filha De Jefté ............................................................................................................... 13
  A Mulher Sunamita......................................................................................................... 19
  A Mãe De Sansão............................................................................................................ 22
  A Mãe de Tiago e João .................................................................................................. 25
  A Viúva De Sarepta ........................................................................................................ 27
  A Viúva E Suas Duas Moedas ..................................................................................... 29
  Abigail ............................................................................................................................... 31
  Ana ..................................................................................................................................... 34
  Ana - Viúva E Profetisa Da Tribo De Aser ................................................................ 37
  Bate-Seba ......................................................................................................................... 39
  DALILA .............................................................................................................................. 42
  Dorcas ............................................................................................................................... 46
  Débora ............................................................................................................................... 48
  Esposa de Ló ................................................................................................................... 55
  Ester ................................................................................................................................... 62
  EVA..................................................................................................................................... 65
  GÔMER.............................................................................................................................. 69
  Hulda .................................................................................................................................. 72
  ISABEL - JUSTA DIANTE DE DEUS ........................................................................... 74
  Jael ..................................................................................................................................... 76
  Jeoseba ............................................................................................................................. 79
  Joana ................................................................................................................................. 85
  Joquebede ........................................................................................................................ 88
Lia ....................................................................................................................................... 91
       LÍDIA .................................................................................................................................. 97
       LÓIDE................................................................................................................................. 99
       MARIA .............................................................................................................................. 102
       Maria Madalena ............................................................................................................. 106
       Marta Ou Maria?............................................................................................................ 108
       Miriã ................................................................................................................................. 114
       Mulher de Potifar .......................................................................................................... 122
       Mulher Pecadora........................................................................................................... 125
       Mulher Samaritana ....................................................................................................... 126
       Mulher Virtuosa............................................................................................................. 129
       Mulheres Israelitas ....................................................................................................... 132
       Noemi............................................................................................................................... 134
       PRISCILA ........................................................................................................................ 137
       Raabe ............................................................................................................................... 139
       Rainha De Sabá............................................................................................................. 146
       Raquel ............................................................................................................................. 148
       Rebeca............................................................................................................................. 154
       Rute .................................................................................................................................. 162
       Sara .................................................................................................................................. 164
       Sulamita .......................................................................................................................... 172
       Tamar ............................................................................................................................... 174
Bibliografia ............................................................................................................................... 178
Obras Citadas ............................................................................................................................ 178
Compromisso de amor Tamar
TAMAR (Nora de Judá)
(Seu nome significa “tamareira” ou “palmeira”)

Seu caráter:
Impelida por uma necessidade esmagadora, sacrificou sua reputação e quase perdeu a
vida para alcançar seus objetivos.

Seu sofrimento:
Os homens em sua vida falharam no cumprimento de suas responsabilidades, deixando-a
viúva e sem filhos.

Sua alegria:
Que seu comportamento ousado não resultasse em ruína, mas no cumprimento de sua
esperança de ter filhos.

Textos-chave:
Gênesis 38 / Mateus 1.3

SUA HISTÓRIA
As genealogias não são uma leitura muito convidativa. Você talvez as receba com um
bocejo, ou passe inteiramente por cima delas quando lê a Bíblia. Mas até mesmo longas
listas de nomes enigmáticos podem revelar interessantes visões do misterioso plano de
Deus. É assim que as Escrituras funcionam, expondo riquezas ocultas a cada página.
Veja, por exemplo, a genealogia no primeiro capítulo de Mateus. Ele alista um total de 41
ancestrais de Jesus do sexo masculino, a começar de Abraão, e cinco ancestrais
femininas, três das quais (Tamar, Raabe e Bate-Seba) com histórias recheadas de
detalhes desagradáveis, como incesto, prostituição, fornicação e assassinato.
Jesus, o Filho perfeito do Pai perfeito, tinha em sua árvore genealógica vários ramos
imperfeitos e um número suficiente de personagens pitorescos para povoar um romance
moderno. A simples menção de mulheres em sua genealogia já é surpreendente, e mais
ainda o fato de que quatro das cinco ali citadas engravidaram fora do casamento. Além
disso, quatro dessas mulheres eram estrangeiras e não israelitas.
Tamar estava incluída em ambas as categorias. Seu sogro, Judá (filho de Jacó e Lia),
havia arranjado para que ela se casasse com seu primogênito, meio cananita e meio
hebreu. Er era um homem perverso, a quem Deus matou por causa dos seus pecados.
Isso é tudo o que sabemos dele.
Depois de Er vinha Onã, o segundo filho de Judá. Como era costume na época, Judá deu
Onã a viúva Tamar, instruindo-o para dormir com ela para que pudesse ter filhos, os quais
continuariam a linhagem de Er. Mas Onã era esperto demais e buscava apenas seus
próprios interesses. Ele dormia com Tamar, mas derramava seu sêmen no chão,
assegurando, assim, que ela continuasse sem filhos. Desse modo, não ficaria
sobrecarregado de responsabilidade com crianças que continuariam a linhagem do irmão,
não a sua. Deus, porém, notou isso e Onã também morreu por causa da sua
perversidade.
Assim, Judá já perdera dois filhos para Tamar. Deveria arriscar um terceiro? Selá era o
único filho que lhe restava, e ainda não tinha chegado a idade adulta. A fim de acalmar a
nora, Judá aconselhou-a a voltar para a casa do pai e a viver como viúva até que Selá
pudesse casar-se. O tempo passou e Tamar continuava vestida em roupas de viuvez.
Depois que a mulher de Judá morreu, ele viajou, certo dia, para Timna, a fim de tosar
suas ovelhas. Ao saber da viagem do sogro, Tamar decidiu agir de maneira dramática e
desesperada. Se Judá não queria dar seu filho mais moço em casamento, ela faria o
possível para propagar o nome da família a seu modo. Tirando as roupas de viúva,
disfarçou-se colocando um véu, como se fosse uma prostituta, e sentou-se ao lado da
estrada para Timna. Judá dormiu com ela e lhe deu seu anel de sinete e seu cordão,
juntamente com seu cajado, como penhor de pagamento futuro.
Cerca de três meses mais tarde, Judá soube que Tamar estava grávida, mas não tinha
ideia de que ele fosse o responsável pela condição dela. Furioso porque a nora havia se
prostituído, ordenou que fosse apedrejada até a morte. Antes de a sentença ser
executada, Tamar enviou-lhe, porém, uma mensagem chocante: “Do homem de quem
são estas coisas concebi. Reconhece de quem é este selo, e este cordão, e este cajado
(Gen. 38.25).
O homem, que tão rapidamente julgara Tamar sem se importar com o encontro secreto
que teve com uma prostituta, foi pego de surpresa. Para seu crédito, contou a verdade,
dizendo:
- Mais justa é ela do que eu, porquanto não a dei a Selá, meu filho.
Seis meses mais tarde, Tamar deu à luz gêmeos. Mais uma vez, como acontecera com
Jacó e Esaú, os gêmeos lutavam em seu ventre. Uma pequenina mão saiu e depois
desapareceu, mas não antes de ser amarrada com um fio vermelho pela parteira. A
seguir, surgiu um corpinho escorregadio, mas sem o fio escarlate. Eles chamaram o
primeiro menino de Perez (que significa “abrindo caminho”). A seguir, o que tinha o fio
vermelho nasceu, e o chamaram de Zera (que significa “escarlate”). Perez foi reconhecido
como primogênito. De sua descendência viria o Rei Davi e, finalmente, centenas de anos
mais tarde, Jesus de Nazaré.
Judá mostrara pouco interesse pela continuação da sua linhagem. Em vez disso, Deus
usou uma mulher, envergonhada por não ter filhos e decidida a tê-los, a fim de assegurar
que a tribo de Judá não só sobrevivesse, como também viesse um dia a gerar o Messias.

SUA VIDA E SUA ÉPOCA
Prostituição
Por mais abominável que seja para nós, a prostituição era, na verdade, uma espécie de
adoração no Oriente Próximo da antiguidade. Os povos pagãos frequentemente
acreditavam que os deuses da fertilidade concediam bênçãos para aqueles que
praticavam a prostituição cultual. Os sacrifícios e pagamento pelo uso de uma prostituta
cultual representavam grandes somas de dinheiro para os cofres da divindade adorada. O
intercurso sexual, em si, simboliza a fertilidade esperada e a abundância da colheita.
Judá, um viúvo que só recentemente fora “consolado” da sua tristeza (Gen. 38,12), viajou
ara Timna na época da tosa pra ver como suas ovelhas Estavam sendo tosquiadas. É
possível que, ao ver Tamar, tenha pensado que ela fosse uma prostituta do santuário e
teve intercurso com ela para garantir uma boa quantidade de lã. Isso não justifica, de
forma alguma, o ato de Judá, mas lança alguma luz sobre seus possíveis motivos.
As prostitutas do santuário mantinham-se cobertas por espessos véus antes e depois do
intercurso sexual, numa tentativa de criar a ilusão de que o participante estava praticando
o ato sexual com a própria deusa. Essa prática favoreceu Tamar, dando-lhe o disfarce
perfeito para que seu sogro jamais a reconhecesse.
A prostituição é uma imagem usada muitas vezes pelos profetas bíblicos para descrever a
desobediência de Israel e sua tendência de seguir falsos deuses. Eles consideravam
Deus como marido de Israel, seu guardião e seu verdadeiro amor. Sempre que os
israelitas se afastavam do Deus verdadeiro adorando deuses falsos, eles se “prostituíam”.
Essa é uma ilustração bem forte, mas correta, do afastamento do Deus que os amava
sinceramente e que estava disposto a cuidar deles e vigiá-los, bastando que
permanecessem leais ao Senhor.
A história de Tamar toma-nos de surpresa e causa certa repulsa. Recuamos diante dos
sórdidos detalhes da prostituição e encontramos pouca inspiração nisso. Todavia,
histórias como a de Tamar é que tornam a Bíblia tão digna de crédito. Quem inventaria tal
coisa e depois a registraria, não só como narrativa histórica, mas também como evento da
vida de alguém pertencente a linhagem do Messias? Só o Deus das eternas surpresas. O
Deus que toma os desajustados, os desesperados e os profanos usando-os em seus
eternos e santos propósitos.


SEU LEGADO NAS ESCRITURAS

Leia Gênesis 38.1-10
41. Era esperado que Onã tivesse filhos para continuar a descendência de seu irmão Er
por meio de Tamar. Esse é o mesmo procedimento que o do “parente resgatador”, que
encontramos no livro de Rute. O parente mais próximo deveria ter um filho para continuar
a linhagem do marido falecido. Embora isso pareça ofensivo para nós hoje, qual você
acha que foi o propósito de Deus ao decretar tal prática?

Leia Gênesis 38.11-19
42. Nenhum dos homens na vida de Tamar cumpriu com suas responsabilidades para
com ela, inclusive o sogro Judá. Descreva como, em sua opinião, Tamar deve ter se
sentido no decorrer de todos esses eventos. Zangada? Ignorada? Desonrada?
Desprezada? Envergonhada?
43. Por que Tamar estava tão desesperada para ter um filho?
44. Você, ou alguém que conhece, deseja intensamente ter filhos? Como os problemas
da esterilidade hoje se comparam com o que as mulheres do passado suportavam em
seus dias?

Leia Gênesis 38.20-24
45. Qual você acha que foi a reação de Judá à notícia da gravidez de Tamar? Não seria
falsidade da parte dele condenar a atitude ela, mas não a sua própria?
46. Esses padrões de dois pesos e duas medidas ainda existem hoje? Como? São tão
comuns como eram no tempo passado?

Leia Gênesis 38.25-30
47. Considerando o que Tamar fez ao oferecer-se disfarçada de prostituta ao sogro, as
palavras dele, no versículo 26, a surpreendem? Por quê? Explique o que Judá queria
dizer com essas palavras.
48. A história de Tamar é difícil de entender. Não existe um jeito simples de conciliar seus
atos com nossos conceitos atuais. Por que uma história assim foi incluída nas Escrituras
inspiradas?

Leia Mateus 1.3
49. O que a inclusão de Tamar na linhagem de Cristo mostra a você sobre o poder de
Deus para extrair o bem mesmo de eventos trágicos?
50. Como Deus trouxe o bem a partir de más experiências vivenciadas por você ou por
alguém que você conhece?
SUA PROMESSA

A história de Gênesis 38 não revela nada a respeito do conhecimento de Tamar sobre a
mão de Deus nos acontecimentos de sua vida. É muito provável que ignorasse
completamente o poder de Deus em operação. Mas o Senhor estava, não obstante,
trabalhando, produzindo o bem em meio à tragédia e abençoando, apesar de todos
aqueles eventos menos do que dignos.
Essa é a beleza desta história. O poder de Deus para produzir coisas positivas a partir de
situações negativas, e até pecaminosas, ainda atua hoje como na época de Tamar.
Talvez não dê para perceber isso hoje nem amanhã – ou talvez nunca -, mas podemos
confiar no Deus que amamos para fazer o que mais gosta: abençoar-nos apesar de nós
mesmas.

Promessas nas Escrituras

Nem uma só promessa caiu de todas as boas palavras que falou de vós o Senhor, vosso
Deus; todas vos sobrevieram, nem uma delas falhou. (Js 23.14)

Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus,
daqueles que são chamados segundo o seu propósito. (Rm 8.28)

O teu caminho, ó Deus, é de santidade. Que deus é tão grande como o nosso Deus? (Sl
77.13)


SEU LEGADO DE ORAÇÃO

Judá gerou de Tamar a Perez e a Zerá. (Da genealogia de Cristo em Mateus 1.3)

Medite
Gênesis 38

Louve a Deus
Por ter permitido que seu Filho se associasse intimamente com os seres humanos
decaídos, de quem descendia.

Agradeça
Pelo fato de Deus usar circunstâncias não favoráveis para produzir bons resultados.

Confesse
Qualquer tendência que você tenha de julgar outros usando dupla medida, como Judá fez
com Tamar.

Peça a Deus
Que tire qualquer aflição que esteja sentindo e que a substitua por esperança, lembrando
o texto de Jeremias 29.11: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o
Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que desejais.”

Eleve o coração
Se você nunca desenhou sua árvore genealógica, faça um esforço para traçar sua
linhagem, retrocedendo pelo menos quatro ou cinco gerações – mais até se tiver tempo e
energia. Peça a parentes mais velhos que forneçam o máximo de informação sobre seus
ancestrais. Dê atenção especial às mulheres de sua árvore genealógica. Tome nota sobre
tudo o que descobrir. Poderá descobrir, assim, alguns detalhes fascinantes sobre a
procedência da sua família.
Oração
 “Senhor, tu me formaste no ventre da minha mãe”. Sabias, então, como iria ser cada dia
da minha vida. Vistes as grandes coisas e as dificuldades, a alegria e a tristeza. Neste
momento, apresento diante de ti uma situação (ou lembrança) com a qual ainda não me
reconciliei. Quando tiver de olhar para as circunstâncias penosas, ajuda-me a
compreender que estavas presente mesmo em meio a elas. Entrego-as agora a ti. Ajuda-
me a sentir a tua presença confortadora em minha vida.


A AMADA
Uma mulher apaixonada. Onde há uma combinação mais explosiva de idealismo com
coisas terrenas?
Em Cantares de Salomão, encontramos uma mulher apaixonada que sabe que também é
amada. Ela nunca é identificada pelo nome. Podemos supor que é uma personagem
fictícia ou um símbolo – se não fosse pelo facto do rei Salomão ter sido identificado como
seu visitante. O total anonimato dessa mulher faz dela alguém com quem todas nós
podemos nos identificar. Vamos chamá-la de “amada” porque, no poema, ela é sempre
vista assim em relação ao seu amado. A amada diz que sua pele está queimada pelo
trabalho debaixo do sol, mas as únicas descrições físicas que temos dela são
generosamente exageradas. Então, temos de focalizar onde realmente interessa: seu
carácter. Precisamos conhecer sua identidade interior. Por todo o poema, a amada está
com toda a sua atenção voltada para o amado. Ela pensa nele e fala dele
constantemente, o idealiza e louva cada uma de suas características com linguagem
extravagante. Ela aprecia totalmente sua atenção e encontra forças no amor dele. Mas
ela não nos transmite a impressão de que vive encolhida sob a sombra de seu marido
nem que vai se tornar invisível. Não é uma violeta trêmula e indefesa se retraindo. Tem
uma forte percepção de si mesma. Faz planos para a vida que ela e seu marido irão
compartilhar. Sabe que é a parceira sexual de que ele precisa e quer. Não tem vergonha
de expressar seu desejo por ele (7.12). A amada insiste que seu amado é seu, mas não é
excessivamente possessiva. Gosta da apreciação sadia de suas amigas por ele e deseja
um compromisso de vida com o amado através de um amor que é mais forte que a morte.
A mulher de Cantares já seria um exemplo poderoso, mesmo se fosse apenas uma
personagem de um antigo poema de amor. Mas alguns cristãos, durante séculos, têm
interpretado Cantares de Salomão como uma alegoria entre Cristo e seu povo. Neste
caso nós somos a amada! Ela simboliza todos os crentes, não apenas as mulheres. A
alegoria é apropriada. O amor de Cristo deveria dar energia e confiança para você ser a
pessoa que Ele criou para ser. Deveria dar-lhe sua total atenção e louvar tudo o que diz
respeito a Ele e levar outros a conhecê-lo, em vez de ser exclusivista. Cristo se
compromete de forma eterna, e você, também, pode responder com um compromisso que
vai durar por toda a eternidade. A amada ainda continua sendo um exemplo para você.
Mostra o amor terreno que pode dar ao seu marido – mas também o amor comprometido
que pode dedicar a Jesus Cristo.

Para saber mais a respeito de “A amada” leia Cantares de Salomão 1-8.

Fonte: Bíblia de Estudo da Mulher - Cantares.
A Esposa De Noé
A Esposa De Noé - A Que Creu Na Profecia

"Mas contigo estabelecerei a minha aliança; e entrarás na arca, tu e os teu filhos, tua
mulher e as mulheres de teus filhos contigo" (Gênesis 06h18min).

Na Bíblia, nós a conhecemos como "a esposa de Noé". O seu nome não sabemos, mas,
com certeza, Deus sabe e o colocou no Livro da Vida, no livro onde estão os nomes de
todos aqueles salvos pelo sangue do Seu Filho unigênito, Jesus Cristo.
Maria? Rute? Madalena? Não sabemos, mas sabemos que ela era uma mulher virtuosa e
submissa a seu esposo Noé.

O mundo, naquela época, estava corrompido. O pecado inundava toda a terra. Mas havia
um família que era fiel ao Senhor - a família de Noé. Ele era um homem justo que andava
com Deus, juntamente com sua esposa, seus três filhos - Sem, Cão e Jefé - e suas noras.
Em Gênesis 6:5-7, a Bíblia nos diz: "E viu o Senhor que a maldade do homem se
multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era
só má continuamente. Então se arrependeu o Senhor: Destruirei o homem que criei de
sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus.”

Até então, a vida da esposa de Noé era simples. Ela cuidava de Noé, de seus filhos e do
seu lar. Ele tinha uma vida sem preocupação, pois tinha o Senhor. Ela não imaginava que
a sua vida e a de todos da sua família iria mudar. Tudo começou com "o chamado do
Senhor". Disse Deus a Noé: "... O fim de toda a carne é vindo perante a minha face;
porque a terra está cheia de violência e eis que os desfarei com a terra" (Gênesis
06h13min).
E ainda disse a ele que fizesse uma arca de madeira de gofer. Nela entraria ele, seus
filhos, sua esposa e as mulheres de seus filhos, pois ele iria trazer "um dilúvio de águas
sobre a terra, para desfazer toda a carne em que há espírito de vida debaixo dos céus..."
(Gênesis 07h17min).

Como nós reagiríamos a esta notícia tão séria?
Como nós reagiríamos ao saber que, com exceção da sua família, todos iriam morrer?
Como nós reagiríamos ao saber que tudo iria mudar daqui para frente?

Lembro que quando meu esposo (Hélio) decidiu fazer o seu Ph D na área de Informática
no CANADÁ e me deu a notícia, minha reação não foi muito positiva. Minha vida iria
mudar, e muito! Quatro anos fora do Brasil, com quatro filhos, língua diferente (na
Universidade eu tinha feito o Curso de Letras, mas fiz na área de Língua Neo-Latinas
[Francês e Português]) e ... Muitas e muitas mudanças. Talvez a esposa de Noé tenha, a
princípio, reagido assim, mas finalmente, ambas, eu e ela decidimos seguir os planos de
nossos maridos e também os planos de Deus. Quando seguimos o que a Bíblia nos diz
(no nosso caso, sendo submissas a nosso marido) tudo no final dá certo. Em ambos os
casos, no meu e no da esposa de Noé, tudo, realmente, deu certo. Nós decidimos agir
com sabedoria e com um espírito cooperativo. Decidimos arregaçar as mangas e dizer de
todo o nosso coração: "Eis-me aqui! Em que posso ajudar?" Bem, foi assim que eu decidi
agir e, provavelmente, foi assim que a esposa de Noé também decidiu agir. Nós não
reagimos como a esposa de Jó que era reclamona e rixosa mas reagimos como Deus
quis que reagíssemos - nos esforçando para estarmos no centro da Sua vontade.
A esposa de Noé creu na profecia. Ela creu no que Deus disse a seu esposo. Ela creu
que toda a humanidade iria perecer sob as águas do dilúvio.
O coração desta mulher de Deus, certamente, estava preocupado não apenas com a
morte de todas aquelas pessoas que ela conhecia mas também com a vida e alma de
seus filhos e noras. Como mãe amorosa ela deve ter falado do amor de Deus e da
promessa de salvação. Ela amava seu esposo, seus filhos, suas noras e, principalmente,
o Senhor. Por isso podemos fechar nossos olhos e imaginar o que ela fazia enquanto
Noé, Sem, Cão e Jafé construíam a arca. Podemos imaginar e dizer que ...

1- Ela orava.
Ela pedia a Deus para conservá-los obedientes a Seus (do Senhor) planos; para não
desanimarem; não duvidarem, em nenhum momento, da profecia.
Como uma mulher de Deus, ela também orava pela humanidade pecadora que estava
prestes a receber o castigo por causa da sua iniqüidade.
E você, irmã, assim como a esposa de Noé, ora por seu marido, pela vida espiritual dele,
por seu trabalho secular ...? Você ora por seus filhos? Ora pela salvação deles? Você tem
um peso em seu coração pelas almas que estão caminhando para o inferno? Você tem
falado à sua família, seus amigos, seus vizinhos do amor de Jesus que veio ao mundo
para morrer por você e por eles para dar a todos a vida eterna? Este é um assunto que
deve ser encarado com muita seriedade, pois o inferno existe e é real.

2- Ela exortava.
Provavelmente, houve momentos de desânimo na vida de Noé e de seus filhos. Mas,
certamente, ela estava sempre ali de joelhos orando e mostrando a eles o amor de Deus
em suas vidas. Ela os exortava e animava. Ela os encorajava a serem fiéis e obedientes
ao Senhor, pois era isto que Deus esperava deles.
A mulher de Noé, provavelmente, era a mulher que a Bíblia diz em Provérbios 31:10:
"Mulher virtuosa quem a achará?"

E você, minha irmã, sempre encoraja seu marido? Você o encoraja em seus planos (nos
dele), mesmo que não sejam os seus? E você faz isso de coração ou apenas para,
aparentemente, ser uma esposa submissa? Não estou dizendo que é fácil ser submissa,
nem que é fácil seguir os planos do marido quando eles não são os mesmos planos
meus. Mas de uma coisa estou certa: se eu colocar os meus joelhos no chão e pedir ao
Senhor que mude o meu coração para um coração submisso, para um coração que se
submete com alegria, com certeza, Ele vai me atender. E é aí quando estarei fazendo a
vontade do Senhor e lutando pra ter um lar feliz junto com meu marido e com nossos
filhos.

3- Ela ajudava.
Podemos imaginá-la cozinhando e preparando a refeição para levar até onde eles
estavam trabalhando, construindo a arca.
Podemos imaginá-la cuidando da casa, dos animais, da plantação (provavelmente, junto
com suas noras), enquanto eles estavam no trabalho que o Senhor lhes pediu para fazer.

E você, amada irmã, é aquela "ajudadora idônea" (Gênesis 2:18) do seu marido? Ou você
vive atrapalhando-o, não deixando ele ter tempo para trabalhar para o Senhor?
Lembro-me de ter lido em algum lugar que havia uma esposa que vivia revoltada com seu
marido por ele , de vez em quando, pedir a ela para trazer um chá para ele. O escritório
dele era no primeiro andar da casa e a cozinha no térreo. Ela reclamava, reclamava,
reclamava ... mas ele não dava ouvidos às reclamações da sua mulher que pode ser
comparada a de Provérbios 21:19: "É melhor morar numa terra deserta do que com a
mulher rixosa e irritadiça." Mas, apesar de estar agindo rixosamente, ela era uma mulher
de Deus e era, verdadeiramente, uma crente no Senhor. Então, ela decidiu por algo que
deixava seu coração cheio de amor todas a vezes que seu marido pedia o tão polêmico
chá - agora, ela levava o chá, não para seu marido mas para o Senhor. Ela fazia de conta
que era para Deus que ela estava fazendo o chá.

A Bíblia nos diz em Provérbios 21:1... "Como ribeiros de águas assim é o coração do rei
na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer." Meditando neste versículo,
cheguei a conclusão de que o bom mesmo é pedir a Deus que Ele mude o meu coração
assim como Ele muda o coração do rei e o inclina a todo o seu querer. Assim, posso ser
uma ajudadora do meu marido fazendo o que ele me pede com amor para ele mesmo.

Quando o Senhor colocar no coração do seu marido o desejo de obedecê-Lo em algo que
Ele (o Senhor) tem preparado para ele (seu marido), não seja uma pedra de tropeço mas
diga: "O que posso fazer para ajudá-lo a obedecer ao Senhor?" Seja uma esposa dócil e
cooperadora, pois a bênção sempre vem depois da obediência.
A esposa de Noé, por causa da sua obediência e fé foi abençoada juntamente com seu
esposo, filhos e noras.

Tudo que vimos até agora, não podemos afirmar que realmente aconteceu. A Bíblia nada
diz a respeito desta mulher. A Bíblia não diz qual foi a sua reação quanto a todos estes
acontecimentos. Não sabemos se ela foi obediente ao Senhor do princípio até ao fim.
Tudo o que vimos são apenas suposições. Mas quando a Bíblia nos diz: "E no mesmo dia
entraram na arca Noé, seus filhos Sem, Cão e Jafé, sua mulher e as mulheres de seus
filhos" (Gênesis 7:13), temos certeza que ela entrou na arca. E, quando a Bíblia,
novamente, nos diz: "Então falou Deus a Noé dizendo: Sai da arca, tu com tua mulher, e
teus filhos e as mulheres de teus filhos" (Gênesis 8:15-16), então temos certeza que ela e
seu esposo, os seus filhos e suas esposas saíram da arca.
A Bíblia ainda nos diz que "... edificou Noé um altar ao Senhor; e tomou de todo o animal
limpo e de toda a ave limpa, e ofereceu holocausto sobre o altar. E o Senhor sentiu o
suave cheiro ...".

E Deus abençoou esta família e mandou que eles frutificassem, multiplicassem e
enchessem a terra.

Que eu e você, irmã, independente de como foi a esposa de Noé, possamos ser mulheres
fortes, obedientes, corajosas, ajudadoras e mulheres de fé. Que o Senhor nos ajude nesta
batalha.


   Sara
A Mulher De Formosa Aparência


"Pela fé também a mesma Sara recebeu a virtude de conceber, e deu à luz já fora da
idade; porquanto teve por fiel aquele que lho tinha prometido" (Hebreus 11:11).

1- Primeiro Passos Rumo À Canaã

Não foi fácil para Sara, esposa de Abraão, esperar o cumprimento das promessas de
Deus.
O Senhor fez promessas importantes a seu marido e, pela fé, eles tiveram que abandonar
tudo - sua terra, seus familiares, a casa do pai - e seguir para uma terra que o Senhor
lhes prometeu.
O Senhor disse a Abraão: "... Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai,
para a terra que Eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e
engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção" (Gênesis 12:1-2).

Não foi fácil para eles e não é fácil para nós quando Deus nos manda fazer algo que vai
mudar, completamente, a nossa maneira de viver. É difícil visualizar o que Deus está
planejando para nós, pois, como diz Twila Paris: "Como seres humanos, não somos
capazes de ter a visão completa das coisas. Mas o Senhor tem essa capacidade, e Ele
está fazendo a obra à Sua maneira e no Seu tempo."
Sara tinha a sua vida calma, tranqüila, juntamente, com seu marido na cidade de Ur dos
caldeus. Agora, tudo iria mudar. A sua vida iria dar uma reviravolta sem igual! Ela iria para
uma terra que não conhecia e que Deus disse: "... para a terra que te mostrarei."
Certamente, foi difícil para Sara deixar a bela cidade de Ur que ficava às margens do rio
Eufrate. Mas, por amor a seu esposo e, principalmente, por amor a Deus, ela partiu
decidida no seu coração, de olhar para a frente e confiar nas bênçãos que Deus tinha já,
de antemão, preparado para eles.

Assim como Sara, devemos confiar no Deus que cuida de nós, que nos ama e tem
preparado o melhor para as nossas vidas.
Como filhas que desejam se tornar "a menina dos olhos do Senhor", devemos, assim
como Sara, olhar para a frente, aceitar os Seus planos para nossa vida sem reclamar,
sem exigir dEle, pois a Bíblia nos diz que devemos fazer "todas a coisas sem
murmurações nem contendas" (Filipenses 2:14).
Mesmo que estejamos vendo coisas ruins naquilo que Deus tem de bom para nós,
devemos confiar nEle. Ele é o Deus Todo Poderoso que está no controle de tudo, é Ele
que sabe o que é melhor para nós, é Ele que está caminhando lado a lado conosco, não
nos deixando tropeçar se, pela fé, entregarmos tudo em Suas mãos. Ele é o que vai
encher o nosso coração de alegria, júbilo e ardente confiança. Devemos ser agradecidos
a Ele por causa da Sua fidelidade, do cumprimento das Suas promessas e por Seu amor
por nós fazendo tudo segundo a Sua vontade.

2. Mulher de Formosa Aparência Porém Leal e Correta

Vários são os conselhos que a Palavra de Deus nos dá sobre beleza.
Em Provérbios 31:30, ela diz: "Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que
teme ao Senhor, essa sim será louvada."

Outro conselho encontramos em Provérbios 6:25: "Não cobices no teu coração a sua
formosura, nem te prendas aos seus olhos."

Nós mulheres, que tanto nos preocupamos com a beleza física (na verdade, não vejo
nada de errado nisso, pois somos o templo do Espírito Santo e temos que cuidar do
nosso corpo mas... sem exagero) precisamos não esquecer de que o que, realmente, tem
valor para Deus é a beleza interior.

A Bíblia nos diz, em Gênesis 12:11, que Sara era mulher formosa à vista. Mas ela, além
de ter a beleza física ela também tinha um espírito muito bonito, pois era leal, correta,
submissa a seu esposo. Esta obediência rendeu-lhe, em alguma ocasiões, momentos de
sofrimento e desesperança. Em determinado momento, Abraão e Sara tiveram que se
mudar para o Egito por causa da vida difícil que estavam levando. Abraão, porém,
sabendo que sua vida corria perigo, pois faraó, com certeza, iria achar Sara muito bonita,
combinou com ela dizer que era sua irmã. Na verdade, ela era meio irmã, pois era filha do
mesmo pai. Esta sua decisão trouxe grande sofrimento para Sara. Ele disse: "... Ora, bem
sei que és mulher formosa à vista; E será que, quando os egípcios te virem, dirão: Esta é
sua mulher? E matar-me-ão a mim, e a ti te guardarão em vida. Dize, peço-te, que és
minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti"
(Gênesis 12:11-13). Sara obedeceu e neste seu ato de obediência vemos duas
características difíceis de serem encontradas, hoje em dia, nas mulheres que lutam por
seus direitos de igualdade com os homens. Elas são: submissão e fé em Deus.

a. Submissão - Sara foi, realmente, uma mulher submissa e por isso Deus cuidou dela e a
abençoou.
Você é uma mulher submissa a seu esposo assim como foi Sara?
Ou... você é uma mulher insubmissa e por muito menos deixa de receber as bênçãos que
Deus teria para você?

Irmã, trabalhemos mais o nosso interior procurando obedecer ao que Deus nos manda na
Sua palavra, não apenas nos submetendo a nosso marido mas lendo a Bíblia,
diariamente, orando ao Senhor e derramando no Seu altar nossos agradecimentos e
pedidos, tendo um grande pesar em nossos corações pelas almas perdidas, sendo
sensível às necessidades do nosso próximo, amando e criando nossos filhos na
admoestação do Senhor.
Deixe que seu interior seja uma luz que brilha neste mundo cheio de trevas.
Deixe que seu interior mostre ao mundo que o Deus que você aceitou é um Deus de
amor, um Deus que sacrificou Seu próprio Filho para nos dar a vida eterna.

b. Fé em Deus
Por causa da sua beleza, Sara foi desejada por faraó que a colocou como mais uma no
seu harém. Sara sofreu, pensou que talvez nunca mais visse Abraão, mas por causa de
sua grande fé, esperou que o Senhor agisse.
No Salmo 27:14 a Bíblia nos diz: "Espera no Senhor, anima-te, e Ele fortalecerá o teu
coração; espera, pois, no Senhor."

Em Isaías 40:31, lemos: "Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão
com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão."

E foi, exatamente, isto que Sara fez. Ela repousou no Senhor e saiu vitoriosa. Quando
esperamos no Senhor, sentimos a Sua paz e conforto no coração. Esperamos nEle com
fé e, com certeza, seremos abençoadas. O mesmo Deus que livrou Sara das mãos de
faraó é o nosso Deus que nos livrará e estará conosco nos momentos que precisarmos
dEle.
E, com fé em nosso coração, não esqueçamos, irmãs, de enfeitar o nosso interior com um
"espírito manso e quieto que é precioso diante de Deus" (1 Pedro 3:4).

3. Tentativa de Sara de Ajudar Deus

Deus havia prometido a Abraão que ele teria um filho com Sara. Muitos anos se passaram
e ela começando a ficar impaciente, decidiu dar uma mãozinha a Deus. Como era
comum, naquela época, uma serva poderia se deitar com seu patrão se sua esposa não
pudesse lhe dar um filho. Sara, então, deu permissão a Agar, sua serva egípcia, para
dormir com Abraão, seu esposo. Sua escrava teria o filho prometido que ela não poderia
dar a ele. Este filho seria o filho da promessa e o filho que só provocou discórdia entre
Sara e Agar.
Mesmo tendo Sara agido de maneira errada, Deus lhe deu o filho que Ele havia
prometido. Ismael, filho de Agar com Abraão, já havia nascido quando nasceu Isaque, o
verdadeiro filho da promessa.
A ajuda que Sara quis dar a Deus só causou muita angústia e sofrimento futuro, pois os
conflitos que existem, hoje em dia, entre árabes e judeus são devido a este ato
impensado de Sara ao permitir que sua escrava se deitasse com Abraão. Ela esqueceu o
que Deus havia dito a seu esposo. Vamos ver Gênesis 17:15-16: "Disse Deus mais a
Abraão: A Sarai tua mulher não chamarás mais pelo nome de Sarai, mas Sara será o seu
nome. Porque Eu a hei de abençoar, e te darei dela um filho; e a abençoarei, e será mãe
das nações; reis de povos sairão dela."

Sara, cujo nome significa "princesa", foi um exemplo de mulher submissa, leal, temente a
Deus e cuja fé a colocou na galeria dos heróis da fé encontrada em Hebreus 11.

4. Oração

"Senhor Deus e Pai, quero colocar em Tuas mãos a minha vida. Que eu possa confiar em
Ti, sentindo em meu coração os planos que tens para mim.
Que eu seja sensível à voz do Teu Espírito para que, assim, eu aceite com alegria o que
tens preparado para mim.
Que não duvide, mas creia, que tens ainda muitos planos para minha vida e que eu possa
aceitá-los com o coração cheio de alegria.
Que as pessoas ao meu redor possam ver em minha face o riso que colocaste dentro de
minha alma.
Obrigada, Senhor!
Amém!



A Filha De Jefté
- A Que Amou A Deus Acima Da Própria Vida
"E ela lhe disse: Meu pai, tu deste a palavra ao Senhor, faze de mim conforme o que
prometeste... (Juízes 11:36)

A Bíblia não menciona o nome da filha de Jefté mas podemos ver que a sua fé, o seu
amor e dedicação ao Senhor nos mostra que sua confiança no Senhor estava acima de
todo e qualquer medo; a sua confiança a deixava forte sabendo que o seu Deus era
Senhor da situação; a sua confiança era cheia da fé que agradava a Deus.
Como o Senhor deve ter-se orgulhado desta jovem que preferiu morrer a desfazer o voto
que seu pai fizera a Ele.
Como seu pai deve ter-se orgulhado dela, filha única e tão querida, ao vê-la enfrentar a
morte com coragem a fim de que ele não deixasse de cumprir o que havia prometido ao
Senhor. Ele prometeu a Deus que ofereceria em holocausto o primeiro que saísse para
falar com ele na sua volta para casa.

Ah, irmã, não sei qual seria a minha reação diante de tamanha decisão. Nunca cheguei a
passar por tão grande sofrimento mas de uma coisa tenho certeza: o meu Deus, o meu
Senhor e Salvador Jesus Cristo, estaria junto a mim neste momento tão difícil! Ele estaria
me fortalecendo e me dando sabedoria para fazer a decisão que agradaria a Ele.

Apesar de ser filho de uma prostituta com Gileade, Jefté foi o nono juiz de Israel. Se
lermos Hebreus 11:32 vemos que a Bíblia nos diz que ele foi um homem que venceu
reinos e praticou a justiça. Ele amava e era fiel ao Senhor.
Sendo visitado pelo Espírito Santo, ele "fez um voto ao Senhor, e disse: Se totalmente
deres os filhos de Amom nas minhas mãos, aquilo que, saindo da porta de minha casa,
me sair ao encontro, voltando eu dos filhos de Amom em paz, isso será do Senhor, e o
oferecerei em holocausto." (Juízes 11:30-31)

Irmã, devemos confiar que o Senhor não tem prazer no mal e Ele, como um Deus
onisciente, sabe o que é melhor para Seus filhos. Concordo com Elisabeth Elliot quando
ela diz: "Nosso Deus e Pai é amor em Sua essência e, portanto, não é capaz de desejar
para seu filho senão o melhor. Ele tem toda a sabedoria e sabe exatamente o que é
melhor. Ele é Todo-poderoso e pode nos dar o que quiser" como também tirar o que
quiser, pois Ele sabe o que é bom para nós.

Mas por que estou dizendo tudo isto? Quando Jefté fez esta promessa ao Senhor, ele
jamais imaginou que quem iria sair para recebê-lo seria a sua filha, a sua única e amada
filha. Sim, ela correu para abraçá-lo, ela correu para receber a triste notícia da promessa
que seu pai havia feito ao Senhor.
A reação de Jefté foi completamente diferente da reação de sua filha.
Ele ... "rasgou as vestes e disse: Ah! filha minha, muito me abateste, e estás entre os que
me turbam! Porque eu abri a minha boca ao Senhor, e não tornarei atrás." (Juízes 11:35).
Ela ... "lhe disse: Meu pai, tu deste a palavra ao Senhor, faze de mim conforme o que
prometeste..." (Juízes 11:36)

Daí, tiramos uma lição preciosa: se seguirmos o que a Palavra de Deus nos ensina, os
nossos filhos serão salvos e passarão a eternidade no céu, junto ao Senhor.

Imagine se este pai não tivesse...
1) testemunhado do Senhor através da sua vida! Certamente, sua filha não estaria
usufruindo das maravilhas que o Senhor havia preparado para ela.
Provérbios 23:26 diz: "Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observam os
meus caminhos." Isto Jefté fez.

2) criado sua filha na doutrina e admoestação do Senhor. Ela, certamente, não estaria
usufruindo das maravilhas que o Senhor havia preparado para ela.
Efésios 6:4 diz: "E vós, pais, não provoqueis à ira vossos filhos, mas criai-vos na doutrina
e admoestação do Senhor." Isto Jefté fez.

3) falado do Senhor à sua filha. Certamente, ela não estaria usufruindo das maravilhas
que o Senhor havia preparado para ela.
Deuteronômio 6:6-7 diz: "E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E
as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa , e andando pelo
caminho, e deitando-te e levantando." Isto Jafté fez.

Estes são os passos que nós devemos seguir para termos a certeza de que, um dia,
nossos filhos estarão conosco no céu, com o Senhor, por toda a eternidade.

"Senhor, obrigada pelo presente de poder ser mãe de cinco filhos maravilhosos!
Obrigada, Senhor, porque colocaste em meu coração o desejo de andar nos Teus
caminhos, sendo exemplo de uma verdadeira crente para meus filhos!
Obrigada, Senhor, porque colocaste em meu coração 'paciência' para, todos os dias, ler a
Tua Palavra para eles, falar do Teu amor a eles e orar junto com eles!
Obrigada, Senhor, porque segui os Teus ensinamentos e como discipliná-los!
Obrigada porque abriste cada coraçãozinho a fim de que eles entendessem o Teu grande
amor enviando o Teu Filho unigênito, Jesus, para morrer no lugar de cada um deles.
Obrigada, Pai, pela salvação que deste a meus filhos!
Obrigada pelo privilégio de ter meu filho Mauro junto a Ti.
Obrigada, Senhor, e receba a gratidão de uma mãe saudosa mas confiante de que, um
dia, estaremos todos juntos Te louvando e Te adorando.
Amém!

A filha de Jefté está hoje no céu, graças a Jesus que morreu em seu lugar e graças a
fidelidade de um pai que não mediu esforços para falar do amor de Deus a ela.

Irmã, você deve olhar para o exemplo de Jefté que mostrou a sua filha que o Deus que
ele aceitou era bom e amoroso e isto ele fazia através do exemplo de vida que ele dava.
Nunca esqueça de que a alma do seu filho pode estar em suas mãos.
Nunca esqueça de ter tempo para seu filho, de orar por ele, de orar com ele, de amá-lo e
de falar do Senhor "... assentado em tua casa e andando pelo caminho, e deitando-te e
levantando-te." (Deuteronômio 6:7)


A Mulher Cananéia-
Humilde E Cheia De Fé

"Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas" (Mateus
15:28).

A mulher cananéia era gentia e, por não fazer parte da raça judaica, era considerada uma
mulher sem nenhum valor. Quando lemos a sua história e olhamos para nós mesmas,
sentimos vontade de ser como ela ... uma mulher humilde e cheia de fé.

Muitas vezes, vivemos o nosso dia a dia caminhando de salto alto sobre um pedestal nos
achando maior e melhor do que os outros. Mas é bom lembrar que, aqui na terra, somos
apenas servos trabalhando para o Senhor. Devemos descer do alto da montanha onde
nos encontramos e sermos humildes como a mulher cananéia, pois esta é a atitude que
agrada a Deus.
Quando, então, eu decidir agradar ao Senhor sendo uma serva humilde, perguntas
certamente surgirão diante de mim ...

a- Como trato as pessoas que moram comigo?
Com ar superior ou com humildade?
b- Como me relaciono com as pessoas que estão em uma reunião comigo?
Querendo que todos me ouçam e sigam as minhas opiniões ou, humildemente, ouvindo e
seguindo as opiniões dos outros?
c- Como me posiciono diante dos irmãos que estão comigo no mesmo ministério?
Querendo que todos sigam única e exclusivamente as minhas decisões ou declino das
minhas e aceito também as dos outros com humildade?

Como uma serva de Deus tenho que evitar ser uma pedra de tropeço ou mesmo um fardo
que as pessoas têm que carregar. Que eu seja uma mulher dócil, meiga e humilde, pois
estas qualidades são tudo que uma mulher de Deus deveria almejar em sua vida.
Se, pelo menos, estamos nos esforçando para termos estes atributos, então enchamos o
nosso coração e o nosso espírito com os conselhos sábios da Palavra de Deus ...

"Ainda que o Senhor é excelso, atenta todavia para o humilde; mas ao soberbo conhece-o
de longe" (Salmo 138:6).

"Melhor é ser humilde de espírito com os mansos, do que repartir o despojo com os
soberbos" (Provérbios 16:19).
"O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, honra e vida" (Provérbios
22:4).
Agradecemos ao Senhor por estes versículos cheios de sabedoria!

A mulher cananéia não era judia mas tinha qualidades em sua vida que agradavam a
Deus. Ela era humilde, uma boa mãe mas passava por tribulações que a faziam sofrer
muito. Sua filha vivia possuída por um demônio que a atormentava muito. A filha sofria
muito mas ela, certamente, sofria muito mais.
Quando nosso filho está passando por momentos de tribulação ... seja na saúde, nos
estudos, no namoro, na vida espiritual ... nós estamos, juntamente com ele, sofrendo e
pedindo a Deus que o ajude a superar estes momentos difíceis.

Esta pobre mulher cananéia não sabia mais o que fazer quando via a sua amada filha
descabelada, com o rosto desfigurado, talvez com grunhidos estranhos e risadas. A cena
era aterradora e o sofrimento de ambas era sem igual!

A Bíblia nos diz que ela "... ouvindo falar dele [de Jesus], foi e lançou-se aos Seus pés"
(Marcos 7:25). Já podemos notar aí os primeiros sinais de humildade, pois ela não veio
fazer um pedido com um espírito altivo mas "lançou-se a Seus pés". Lembremos que ela
não era uma mulher judia mas uma mulher "... grega, siro-fenícia de nação".
Podemos imaginar ela rogando a Jesus ... "Senhor, cura a minha filha, pois ela anda
atormentada com um demônio! Tem misericórdia dela, Senhor!" E Jesus lhe respondeu
assim: "Deixa primeiro saciar os filhos; porque não convém tomar o pão dos filhos e
lançá-lo aos cachorrinhos" (Marcos 7:27).
Muitas vezes, eu fico pensando: "Por que Jesus deu a esta pobre mulher uma resposta
tão dura?"
Vejam este comentário que li certa vez sobre esta passagem ... "A resposta dEle parecerá
menos rude quando se sabe que o termo que Jesus usa neste trecho para "cachorrinhos"
não era aquele termo irônico que os judeus geralmente reservavam para os gentios. Pelo
contrário, era o termo usado para cãezinhos de estimação"
Com um espírito de mansidão e humildade no coração, ela responde ao Senhor com
palavras sábias e doces ... "Sim, Senhor; mas também os cachorrinhos comem, debaixo
da mesa, as migalhas dos filhos" (Marcos 7:28).
Que resposta sábia! Que fé!

O Senhor Jesus foi, então, tocado pelo amor de uma mãe desesperada, pela sabedoria
de uma mulher virtuosa e pela fé de uma mulher segundo o coração de Deus.

Provérbios 31:10-11 poderia ser dito assim: "Mulher [cananéia] quem a achará? O seu
valor muito excede ao de rubis. O coração de [sua filha] está nela confiado."
É este tipo de mulher virtuosa, humilde e cheia de fé que eu e você deveríamos almejar
ser, um dia.

Não apenas a mulher cananéia mas também outras mulheres da Bíblia nos deixaram este
exemplo de humildade ...

Joana - mulher rica que desceu da sua alta posição social para andar junto a Jesus e
seus discípulos;
A mulher pecadora - mulher que, humildemente, cobriu de beijos os pés de Jesus, ungiu-
os com o precioso ungüento que ela trouxe em um vaso de alabastro e enxugou-os com
seus próprios cabelos.
Finalmente, depois de ter proferido palavras que mostraram ao Senhor a sua humildade e
fé, ouviu dEle as seguinte palavras: "... Por essa palavra, vai; o demônio já saiu da tua
filha" (Marcos 7:29).
Com o coração jubiloso e, certamente, muito agradecido, ela voltou para a sua casa
agradecida ao Senhor por ter livrado a sua filha da servidão espiritual.
Chegando em casa, ela "achou a filha deitada sobre a cama, e que o demônio já tinha
saído" (Marcos 7:30).
As bênçãos do Senhor sobre nossas vidas são inúmeras e é a Ele, somente a Ele que
devemos dar graça!

"Obrigada, Pai, pela força que recebo de Jesus a fim de poder enfrentar o meu dia a dia
com coragem e fé.
Ensina-me a confiar sempre em Ti e no Teu amor!
Amém"

A Mulher Com Fluxo De Sangue
A Que Foi Curada E Salva Pela Fé


"Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na Sua veste. Porque
dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei" (Marcos 5:27-28).

Fecho os olhos e me imagino na pele daquela mulher que teve doze anos de sua vida
sendo repudiada pela família, amigos e por todos aqueles que a conheciam. Não me
sentiria bem e não sei como reagiria sabendo que, por causa de um fluxo de sangue, eu
seria considerada imunda e qualquer pessoa que tocasse em mim, também seria imunda.
Como eu me sentiria junto a meu marido, filhos ... enfim, junto a minha família?

A Palavra de Deus em Levítico 15:25-27 nos diz que ... "Também a mulher, quando tiver o
fluxo do seu sangue, por muitos dias fora do tempo da sua separação, ou quando tiver
fluxo de sangue por mais tempo do que a sua separação, todos os dias do fluxo da sua
imundícia será imunda, como nos dias da sua separação. Toda a cama, sobre que se
deitar todos os dias do seu fluxo, ser-lhe-á como a cama da sua separação; e toda a
coisa, sobre que se assentar, será imunda, conforme a imundícia da sua separação. E
qualquer que a tocar será imundo; portanto lavará as suas vestes, e se banhará com
água, e será imundo até à tarde."

O povo judeu obedecia com toda a reverência a Palavra de Deus e por isso essa mulher
era considerada imunda por todo esse tempo.
Era mais comum a mulher ser considerada impura por apenas sete dias - tempo
necessário para o período menstrual. Levítico 15:19 fala, exatamente, sobre isto ... "Mas a
mulher, quando tiver fluxo, e o seu fluxo de sangue estiver na sua carne, estará sete dias
na sua separação, e qualquer que a tocar, será imundo até à tarde."
Com esta mulher, a situação era diferente, pois ela tinha o fluxo de sangue há doze anos
e ninguém, com certeza, queria ficar junto dela. Ela era imunda, impura e todos se
afastavam de sua presença. Não podemos imaginar o tamanho do seu sofrimento, pois,
para ela, não havia mais cura para este seu tão grande mal.

Hoje, com o avanço da medicina, este seu problema, certamente, seria resolvido, pois ela
poderia estar com um tumor fibroso, ou com alguma infecção ou problema hormonal mas,
naquela época, muitos médicos trataram dela em vão. Podemos ler, no evangelho de
Marcos 5:26a, que ela "... havia padecido muito com muitos médicos" e além de tudo, ela
havia "despendido tudo quanto tinha" (Marcos 5:26b).
Ela era uma mulher assim como eu e você, sujeita a doenças e pronta a gastar e
despender tudo com qualquer coisa necessária para obter a cura.

. Muitas vezes, nos tornamos fracas, desencorajadas porque procuramos resolver tudo
com nossas próprias forças.
. Muitas vezes, perdemos a esperança porque não entregamos tudo nas mãos de Deus.
. Muitas vezes, nos esquecemos de que o nosso Pai Celestial é o médico dos médicos e
o Deus dos impossíveis. Ele pode curar as nossas enfermidades quando Ele quiser sem
ter que marcarmos dia, nem hora.

Esta mulher que tinha o fluxo de sangue por doze anos nos dá um exemplo de fé que
deve ser seguido por nós, pois, "... sem fé é impossível agradar-Lhe" (Hebreus 11:6).

Quando ela soube que Jesus curava e fazia muitos milagres, seu coração se encheu da
certeza de que esta seria a sua chance de cura.
A multidão que seguia Jesus era muito grande mas a sua vontade de ficar boa era muito
maior. Não importava quantas pessoas ela teria que enfrentar, o importante era que ela
tivesse, pelo menos, a chance de tocar nas vestes dEle.

O plano para a sua vida já estava traçado. Jesus sabia tudo que estava para acontecer e,
de repente, Ele sentiu que ela O tocou. Mas, certamente, para tornar público aquele ato
de fé e de coragem, Ele disse: "Quem tocou nas Minhas vestes?" (Marcos 5:30b). Ela,
num ato de medo ou reconhecimento, caiu a Seus pés e contou-Lhe sobre os doze anos
de sofrimento por causa de uma hemorragia, sua separação dos seus entes queridos e
também o dinheiro que gastou com médicos. Foram doze anos de solidão e tremenda
aflição. Ela sabia que não deveria tocar em ninguém mas, pela fé ela arriscou ser
censurada pelo rabino e por todas aquelas pessoas que seguiam Jesus tocando em Suas
vestes.
Ele, ternamente, falou com ela. Não a censurou, não a chamou de pecadora mas de filha.
Jesus disse-lhe palavras doces que a deixaram feliz ... "Filha, a tua fé te salvou" (Marcos
5:34).

Como você se sentiria se ouvisse Jesus lhe chamar de filha e ainda lhe dizer que você
estava salva?
Amada irmã, três coisas importantes aconteceram na vida desta mulher depois que o
Senhor proferiu estas palavras ...

1) Ela foi curada de uma hemorragia que a separava de seus entes queridos e amigos.
2) Ela foi chamada de filha por Jesus, o próprio Deus que a criou.
3) Ela foi salva não apenas pela fé que ela depositou em Jesus mas, principalmente, por
Seu grande amor por ela, morrendo na cruz do Calvário no seu lugar

Quantas bênçãos ela recebeu em sua vida , de uma só vez! Agora, ela estava curada,
tornou-se uma filha de Deus e foi salva para todo o sempre. Foi necessário, somente, um
toque amoroso de suas mãos nas vestes de Jesus.
O nosso Salvador é Aquele que está sempre conosco nas horas difíceis da nossa vida. É
Ele que ...

1- nos cura quando pensamos que não há mais nada a ser feito;
2- nos sustenta quando estamos prestes a cair;
3- nos carrega em Seus braços amorosos quando nos encontramos prostrados;
4- acalma nossos corações quando nos encontramos aflitas;
5- em Sua Palavra, nos diz 365 vezes "Não temas!";
6- nos perdoa quando nos sentimos, completamente, perdidas por causa dos nossos
pecados;
7- nos consola quando perdemos um ente querido e a dor é insuportável;
8- nos dá a paz mesmo quando estamos no "vale da sombra da morte".
9- firma os nossos pés na Rocha eterna;
10- nos pode dizer ... "Filha, a tua fé te salvou."

"Obrigada, Pai, por cada detalhe da minha vida que Tu cuidas!
Obrigada, porque somente Tu podes sondar meu coração e me embalar quando estou
necessitando de Ti!
Obrigada, porque somente Tu conheces meus pensamentos e diriges os meus passos
para que eu não tropece e caia!
Obrigada por esta mulher que colocaste na Bíblia e que serviu de exemplo de fé para a
minha vida!
Aumenta a minha fé, Senhor, para que com ela, eu possa agradar-Te!
Por favor, Senhor, cura todas as minhas enfermidades, tanto as físicas como as
espirituais!
Deixa-me tocar em Ti naqueles momentos em que estou lendo a Tua Palavra.
Deixa-me tocar em Ti enquanto derramo no Teu altar as minhas preocupações, rancores,
ansiedades...
Amém!"

Ah, amada irmã, como devemos ser sempre mulheres agradecidas a Deus!
Ele, na Sua Palavra, faz-nos promessas maravilhosas, promessas de um verdadeiro Pai
amoroso. Dentre tantas promessas, Ele promete nos curar assim como curou a mulher
que tinha hemorragia.
Vamos nos deleitar nas doces palavras do nosso Deus?

"E disse: Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de
Seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos Seus mandamentos, e guardares todos os
Seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque
Eu sou o Senhor que te sara" (Êxodo 15:26). Obrigada, Pai!

"Senhor meu Deus, clamei a Ti, e Tu me saraste" (Salmo 30:2). Obrigada, Senhor!

"Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o Seu santo nome.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios. Ele
é O que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades. Que
redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e misericórdia" (Salmos
103:1-4). Obrigada, meu Deus, pela Tua bondade e misericórdia!

Como é bom saber que o Senhor me ama e se importa comigo!
Que possamos usufruir deste amor com muita fé e com um espírito agradecido e
confiante

A Mulher Sunamita
- Piedosa, Bondosa E... Hospitaleira
"Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu" (Heb
10:23).

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o
Deus de toda a consolação: Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que
também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação
com que nós mesmos somos consolados por Deus" (2Co 1:3-4).

Vamos, hoje, conhecer uma mulher cujo nome não sabemos. A Bíblia nos diz que ela
morava em Suném e era uma mulher importante.
Para Deus, ela não só era importante mas era uma mulher de coração dócil e sensível.
Ao ver que Eliseu, o profeta de Deus, passava sempre por sua cidade, ela abriu as portas
de sua casa e seu coração para acolhê-lo. Esta sua atitude mostrou o quanto ela amava e
era sensível aos que estavam precisando dela, o quanto ela era hospitaleira, qualidade
difícil de se encontrar, hoje em dia.
Esta mulher, conhecida como Sunamita, tem, com certeza, o seu nome na lista de
mulheres hospitaleiras. E você, irmã, quer ter este mesmo espírito hospitaleiro da
Sunamita? O mesmo espírito hospitaleiro de Marta e Maria, que hospedaram Jesus e os
apóstolos? O mesmo espírito hospitaleiro da viúva de Sarepta que ofereceu a última
porção de comida que tinha ao profeta Elias? Então, peça ao Senhor para transformá-la
numa mulher cujo espírito seja sensível às necessidades do próximo.
Eu e você temos que querer esta transformação, temos que querer ter o coração aberto,
que goste de ajudar aqueles que estão precisando de nós, temos que querer ser aquela
mulher que percebe e é sensível às necessidades das pessoas.
Devemos querer ser uma mulher segundo o coração de Deus...

1- que tem a alma aberta às necessidades daqueles que o Senhor coloca diante dela;
2- que enxerga, de longe, os que estão precisando dela;
3- que ajuda com docilidade, amabilidade aqueles que estão necessitando dela;
4- que mesmo tendo pouco, não mede esforços em dividir o que tem com aqueles que
estão precisando dela;
5- que está sempre pronta para ajudar o seu próximo;
6- que sempre tem força e coragem para ajudar os necessitados.

Estes e tantos outros atributos faziam parte da vida desta mulher Sunamita, que era um
exemplo de hospitalidade, de bondade, de coração piedoso e contente.

Irmã, se Jesus deixou a Sua glória para se tornar homem e servir, lavando os pés
daqueles que Ele mesmo criou, os apóstolos, por que eu não posso deixar o meu conforto
e me dispor a ajudar as pessoas que estão precisando de mim?
Se a viúva de Sarepta deixou de lado o seu egoísmo e dividiu com o Elias, o profeta do
Senhor, o pouco que tinha de farinha e de azeite, por que eu não posso também dividir
com quem está precisando a porção que o Senhor me dá, a cada dia?
Se Abraão preparou uma refeição tão suntuosa e ofereceu a três estranhos (Gên 18) que
foram até a sua casa, por que eu não posso oferecer um almoço a um pastor ou
missionário que está visitando a minha igreja?

Amada irmã, ao lermos a Palavra de Deus, podemos encontrar dezenas de mulheres e
homens de Deus que são exemplos de hospitalidade para nós que queremos seguir os
seus passos e queremos principalmente agradar ao Senhor sendo mulheres dóceis e
hospitaleiras.
Agradar ao Senhor é o que mais desejo em minha vida. No entanto, muitas vezes, não
consigo atingir o meu objetivo porque dou lugar à natureza velha que ainda habita em
mim. É quando, então, percebo que devo orar mais, ler mais a Palavra de Deus e
procurar seguir o que Ele me ensina. A Bíblia me diz que devo orar não só por mim mas
também por você a fim de que "... possais andar dignamente diante do Senhor,
agradando-Lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento
de Deus" (Col 1:10).

Eliseu se sentia confortável ao se hospedar no quarto que a Sunamita havia pedido ao
marido para construir especialmente para ele.
Por causa da generosidade e da hospitalidade desta mulher de Deus é que tornou-se um
hábito para Eliseu parar na casa dela.

irmã, gostaria de fazer-lhe duas perguntas que poderão medir o seu grau de mulher
hospitaleira:
1- "Você já foi hospitaleira numa ocasião difícil ou inconvenientemente?
2- Ou só quando isso se ajustava a seu programa?" ('Elas' de Ann Spangler e Jean
Syswerda)

Hebreus 13:2 nos exorta a sermos hospitaleiras. Veja o que esta carta nos diz: "Não vos
esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos."

Quando estamos no centro da vontade de Deus, obedecendo à Sua voz, certamente,
bênçãos virão sobre a nossa vida. Isto foi o que aconteceu com a mulher Sunamita. A
Bíblia nos diz que o profeta Eliseu recolheu-se ao seu quarto e se deitou. Conversando
com o seu servo Geazi, ele pediu que chamasse a mulher Sunamita. Ela veio e, ao
chegar junto ao profeta, ela ouviu dele o seguinte: "... A este tempo determinado, segundo
o tempo da vida, abraçarás um filho" (2Re 4:16a).
A mulher Sunamita, com certeza, gostaria de ter um filho mas ela estava com medo de
que toda aquela promessa fosse apenas um sonho e não uma realidade. Mas a
concretização da promessa aconteceu exatamente no tempo determinado, como disse a
Palavra de Deus em 2Re 4:17.
Vejam que presente maravilhoso - um filho! Somente nós que já somos mães sabemos
que um filho é a maior dádiva que recebemos do Senhor, depois da salvação. É um
presente que teremos conosco até o momento que bem aprouver ao Senhor, pois um
filho, na verdade, não é propriedade nossa mas um ser que Deus colocou em nossas
mãos para educá-lo, para falar das maravilhas do Senhor, do Seu plano de salvação e
para amá-lo, amá-lo e amá-lo.
Às vezes, Deus decide levar nosso filho para junto dEle e nós ficamos tristes, chorosas e
com muita saudade. Isto aconteceu comigo - o Senhor decidiu levar o meu filho Mauro -
27 anos, filho amado e mui querido - para junto dEle. Isto também aconteceu com a
mulher Sunamita - o Senhor decidiu levar o filhinho dela. Posso imaginar o seu desespero
e a sua decisão de ir até Eliseu contar o ocorrido. Em 2Re 4:28-36, podemos ver tudo o
que aconteceu:
"E disse ela: Pedi eu a meu senhor algum filho? Não disse eu: Não me enganes?
E ele disse a Geazi: Cinge os teus lombos, toma o meu bordão na tua mão, e vai; se
encontrares alguém não o saúdes, e se alguém te saudar, não lhe respondas; e põe o
meu bordão sobre o rosto do menino.
Porém disse a mãe do menino: Vive o Senhor, e vive a tua alma, que não te hei de deixar.
Então ele se levantou, e a seguiu.
E Geazi passou adiante deles, e pôs o bordão sobre o rosto do menino; porém não havia
nele voz nem sentido; e voltou a encontrar-se com ele, e lhe trouxe aviso, dizendo: O
menino não despertou.
E, chegando Eliseu àquela casa, eis que o menino jazia morto sobre a sua cama.
Então entrou ele, e fechou a porta sobre eles ambos, e orou ao Senhor.
E subiu à cama e deitou-se sobre o menino, e, pondo a sua boca sobre a boca dele, e os
seus olhos sobre os olhos dele, e as suas mãos sobre as mãos dele, se estendeu sobre
ele; e a carne do menino aqueceu.
Depois desceu, e andou naquela casa de uma parte para a outra, e tornou a subir, e se
estendeu sobre ele, então o menino espirrou sete vezes, e abriu os olhos.
Então chamou a Geazi, e disse: Chama esta sunamita. E chamou-a, e veio a ele. E disse
ele: Toma o teu filho."

Comigo não aconteceu o mesmo. Não tive o privilégio de ter o profeta de Deus, Eliseu,
em minha casa, nem tive o privilégio de ter o meu filho de volta mas de uma coisa tenho
certeza: O Senhor não erra! Ele nunca falha! E, apesar da saudade que tenho dele, sei
que não existe maior privilégio do que o privilégio de estar vendo sempre o Senhor Jesus
todos os dias por toda a eternidade.

"Obrigada, Senhor, pelo presente maravilhoso que Tu nos deste, enviando o Teu Filho
unigênito, para morrer em nosso lugar e nos dar a vida eterna.
Obrigada porque sei que meu filho, que eu tanto amo, está ao Teu lado para todo o
sempre. Em breve, estarei junto a Ti e junto a ele. As lágrimas não mais existirão, pois Tu
mesmo as enxugarás para sempre.
Amém!

Baseado em Números 23:19 que diz que "Deus não é homem, para que minta; nem filho
do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o
confirmaria?", e conhecendo os tanto atributos de Deus, vemos que se Ele disse que ela
teria um filho, com certeza, este filho viveria.

Amada irmã, eleve o seu coração ao Senhor e peça que Ele a transforme numa mulher
hospitaleira. Que Ele mude o seu coração e a transforme numa mulher sensível às
necessidades dos outros e - este é o passo mais difícil - que Ele coloque diante de você
oportunidades que a possibilitem de cuidar de pessoas que estão precisando de seus
cuidados. Ore mais ou menos assim:

"Pai, muda o meu coração! Transforma-me numa mulher segundo o Teu coração. Coloca
diante de mim alguém necessitado para que eu possa demonstrar o amor que tenho
recebido e aprendido de Ti. Que eu seja uma mulher sensível ao Teu chamado e que me
transforme numa mulher piedosa, bondosa e...hospitaleira, pois Tu me ensinaste na Tua
Palavra que eu não deveria me esquecer da hospitalidade "porque por ela alguns, não o
sabendo, hospedaram anjos".
Amém!

A Mãe De Sansão
- Esposa De Manoá

"E havia um homem ... cujo nome era Manoá; e sua mulher, sendo estéril, não tinha
filhos" (Juízes 13:2).

Dentre tantas flores do jardim de Deus estão as Rosas, Hortênsias, as Saras, as Anas, as
Rebecas e ... aquela linda flor cuja fragrância chega até o Senhor com cheiro suave. É ela
a esposa de Manoá.
Enquanto tantas flores do jardim de Deus tinham nomes, ela era conhecida apenas como
... a esposa de Manoá. Eu não sei e você também não sabe o nome dela mas o Senhor
sabe e a apresenta como uma mulher de valor.
Estudando sobre esta flor, bela aos olhos de Deus, descobrimos que seu perfume vem de
sua humildade, de sua fé, de seu caráter.
A Bíblia nos diz que ela era casada com Manoá, "... homem de Zorá, da tribo de Dã ..."
(Juízes 13:2).
Assim como Sara, Rebeca, Ana e Isabel, ela também era estéril mas confiava no Deus
que ouve e responde orações.
A sua vida não foi fácil, pois, em Israel, uma mulher não ter filhos significava que estava
em pecado e, por isso, Deus a estava castigando. Muitos a olhavam com um ar de
censura e isto deixava a sua alma angustiada. Por causa de tamanho sofrimento que ia
além de suas forças, ela se achegou mais ao Senhor. Ela, mais do que nunca, estava
precisando da Sua ajuda.

Muitas vezes me encontro na mesma situação da esposa de Manoá ... precisando,
urgentemente, da ajuda do Senhor. É quando, então, me achego mais a Ele, começo
conversar com Ele, apresentando tudo aquilo que está me perturbando com um espírito
humilde e de submissão.
A esposa de Manoá tinha, diante do Senhor, um espírito humilde que muito O agradava.

Quando colocamos, com humildade, a nossa vida no trono de Deus, tudo em nós é
transformado e a nossa fé se fortifica.

Deus ouviu a oração da esposa de Manoá que com muita fé rogou a Ele que mudasse a
sua vida e lhe desse um filho. O Senhor não só a ouviu como procurou dar a ela muitas
bênçãos.
Juízes 13:3-5 nos mostram de que maneira ela foi abençoada ...
"E o anjo do Senhor apareceu a esta mulher, e disse-lhe: Eis que agora és estéril, e
nunca tens concebido; porém conceberás, e terás um filho. Agora, pois, guarda-te de
beber vinho, ou bebida forte, ou comer coisa imunda. Porque eis que tu conceberás e
terás um filho sobre cuja cabeça não passará navalha; porquanto o menino será nazireu
de Deus desde o ventre; e ele começará a livrar a Israel da mão dos filisteus."

Assim como a esposa de Manoá que, humildemente e com fé, orou ao Senhor fazendo-
lhe um pedido que vinha do fundo do seu coração, nós também, com humildade e fé,
devemos colocar no altar do Senhor os nossos problemas sabendo que a Sua resposta
será o melhor para a nossa vida.

Como seria nossa reação diante destas bênçãos que a mulher de Manoá recebeu?

1- Primeiramente, seria um privilégio receber em minha casa o Anjo do Senhor. Esta seria
a primeira bênção que eu receberia acompanhada de uma alegria indescritível.

2- Depois, quando o Anjo do Senhor me dissesse que eu teria um filho, com certeza, meu
coração exultaria de uma alegria sem igual. Esta seria a segunda bênção.

3- Em seguida, quando Ele me desse algumas instruções que deveriam ser seguidas por
mim, eu iria perceber o quanto o Senhor estava se importando comigo. Esta seria a
terceira bênção.

4- Finalmente, quando Ele me desse algumas instruções a respeito daquele filhinho que
eu tanto almejava, eu iria perceber o quanto Ele estava se importando com ele. Esta seria
a quarta bênção.

Foi assim que a esposa de Manoá se sentiu. Ela era uma pessoa importante para o
Senhor que a estava abençoando por causa da sua forte fé. Ela não fez perguntas, não
duvidou de nada mas saiu para contar a seu esposo dizendo: "Um homem de Deus veio a
mim, cuja aparência era semelhante de um anjo de Deus, terribilíssima; e não lhe
perguntei donde era, nem ele me disse o seu nome. Porém disse-me: Eis que tu
conceberás e terás um filho; agora pois, não bebas vinho, nem bebida forte, e não comas
coisa imunda; porque o menino será nazireu de Deus, desde o ventre até ao dia da sua
morte."

Você tem este mesmo sentimento de fé da mulher de Manoá?
Você crê na Bíblia e nas palavras do Senhor?
Amada irmã, siga os passos da mulher de Manoá que não só amava o Senhor como cria
nas Suas palavras e obedecia a Ele.

Vejamos o que o Anjo do Senhor disse a ela sobre o seu filho ...

1) Ele seria nazireu desde o seu ventre até o dia que ele morresse. Não podia tomar
vinho, nem bebida forte e nem comer coisa imunda. Sabemos que ela foi uma mulher
obediente e fez, exatamente, como o anjo lhe disse.

2) Ele iria libertar o povo judeu das mãos dos filisteus.

Tudo que aprendemos do Senhor, assim como ela, devemos transmitir a nossos filhos.
Coloque a Palavra de Deus em seus corações e peça ao Senhor que, no futuro, Ele os
livre das influências do mundo e os firme em Seus caminhos.

Devemos amar o nosso Deus e, diariamente, agradecer a Ele as inúmeras bênçãos
derramadas em nossas vidas ... Sua proteção e cuidado diário.

"Senhor, que o meu caminhar diário chegue a Ti como um perfume suave!
Que eu possa ser colocada no meio das flores do Teu jardim e me transformar em uma
delas.
Amém!"

A Bíblia nos diz, em Juízes 13:24, que a mulher de Manoá teve "um filho, a quem pôs o
nome de Sansão; e o menino cresceu, e o Senhor o abençoou."

Até aqui a conhecíamos como a mulher de Manoá, agora, a chamaremos de mãe de
Sansão, que foi juiz em Israel e foi considerado o homem mais forte que já existiu na face
da terra.
Antes, ela era uma mulher triste. Agora, ela se transformou em uma mulher feliz e
realizada.

Amada irmã, eu e você devemos agradecer a Deus pela bênção de ser mãe e pelas
lições preciosas que aprendemos na Sua Palavra quando ela nos diz:

"Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão" (Salmos
127:3).

"Faz com que a mulher estéril habite em casa, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao
Senhor" (Salmos 113:9).

"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se
desviará dele" (Provérbios 22:6).

"E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação
do Senhor" (Efésios 6:4).

"Obrigada, Senhor, porque és um Pai que nos ensinas.
Obrigada, porque confiaste em mim, dando-me cinco filhos maravilhosos para criar.
Que eu, juntamente, com eles possamos adorá-Lo e sermos sempre agradecidos a Ti por
toda a eternidade."
Amém!


A Mãe de Tiago e João
- Uma Mulher Como Eu e Você


"Então se aproximou dEle a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-O, e
fazendo-Lhe um pedido" (Mateus 20:20).

A mãe de Tiago e João não foi uma mãe diferente de mim e de você. Para ela, Tiago e
João eram ...

1- os melhores filhos do mundo;
2- aqueles que mais amavam o Senhor;
3- os que agiam com mais fidelidade.

E, por estas e por tantas outras boas características que eles possuíam, ela tinha em seu
coração uma reivindicação a ser feita ao Senhor.

Chegando bem pertinho de Jesus, ela não temeu, nem se envergonhou mas disse-Lhe:
Senhor, por favor, "dize que estes meus dois filhos se assentem, um à Tua direita e outro
à Tua esquerda, no Teu reino" (Mateus 20:21).
Esta sua atitude foi de uma mulher arrogante ou de uma mulher que amava tanto os filhos
e conhecia tanto seus corações que não mediu esforços para, corajosamente, fazer tal
pedido ao Senhor?
Para as outras mães que, por acaso, se encontravam juntas a Jesus e que também
amavam seus filhos, ela era uma mulher arrogante, excessivamente orgulhosa e soberba.
Talvez pensaram ...

1- "Como ela se atreve a fazer tal proposta?"
2- "Ela pensa que seus filhos são melhores e mais importantes do que os nossos?"
3- "Não acredito no que estou ouvindo!"

A mãe de Tiago e João não se importou com o que os outros iriam pensar. Ela amava
muito seus filhos e sabia que eles amavam muito o Senhor. Ela conhecia seus corações e
achava que eles mereciam sentar-se um à direita e o outro à esquerda do Senhor quando
o reino fosse estabelecido.

Ah, irmã, nós que somos mães jamais deveríamos censurá-la, pois, com certeza, agimos
do mesmo jeito quando achamos que nosso filho ...
a- é o mais inteligente de sua turma da Universidade;
b- é o melhor jogador do time de basquete do colégio;
c- é o mais bonito de sua turma;
d- é o mais espiritual dentre os tantos jovens da igreja.

Como mãe, olho para meus filhos (e agora para meus netos) com os mesmos olhos da
mãe coruja. Para mim, eles são e sempre serão os melhores, os mais bonitos apesar de
saber que são pecadores e cheios de defeitos.
Como mãe, que sempre quer o melhor para seus filhos, eu entendo o porquê deste
pedido da mulher de Zebedeu e mãe de Tiago e João. Mas por entender o pedido dela,
isto não quer dizer que estou certa, nem que ela agiu corretamente, pois, afinal de contas,
havia outros que mereciam aquela posição privilegiada.

Sempre queremos o melhor para nossos filhos mas, como mulheres de Deus, devemos
sempre almejar o melhor para eles sem passar por cima dos outros. E sabemos que o
melhor para nossos filhos é o bem espiritual de cada um e a dedicação deles no serviço
do Senhor.

Pela Bíblia, sabemos que a mãe de Tiago e João chegou até Jesus com um espírito de
humildade. Ela chegou junto a Ele "adorando-O e fazendo-Lhe um pedido" (Mateus
20:20b). Assim como ela, nós também devemos ser mulheres humildes, pois esta deve
ser sempre uma qualidade de uma mulher segundo o coração de Deus.
O que, realmente, significa humildade?
De acordo com o dicionário de Aurélio Buarque, humildade é uma "virtude que nos dá o
sentimento de nossa fraqueza. É também "modéstia" e "submissão". É este tipo de
característica que devemos ter em nossa vida a fim de agradar a Deus.

Se como mãe desejo e quero o melhor para meu filho, então, tenho que usar um meio
seguro para conseguir este meu objetivo e, o único meio, é a oração. Elevar meu coração
e minha alma ao Senhor em favor deles é melhor do que exigir ou insinuar.

Deus está no controle de minha vida e da vida de cada um dos meus filhos. Posso pedir
que Ele ...

I- cuide deles e os livre das más influências deste mundo;
II- os coloque no lugar perfeito que Ele escolheu;
III- os fortifique em Seus caminhos;
IV- os capacite a usar os dons que Ele lhes deu.

Jesus, que cuida de nós, nos orienta e nos ensina em Sua Palavra, como devemos agir
para agradar a Deus. Em Mateus 20:27, Ele nos diz que "qualquer que entre vós quiser
ser o primeiro, seja vosso servo; Bem como o Filho do homem não veio para ser servido,
mas para servir e para dar a sua vida em resgate de muitos."
Que lição preciosa de humildade!
Se o meu Salvador, o próprio Deus, não se importou de deixar a Sua glória e vir ao
mundo para servir, quanto mais eu, uma pecadora!
Por que ser servida em vez de servir?
Por que querer ser exaltada em vez de exaltar?
Como uma mulher de Deus devo ser uma serva fiel, pronta para servi-Lo e servir a
qualquer que necessitar de mim. Que o Senhor tenha sempre em Suas mãos o meu
coração, transformando-o de acordo com a Sua vontade e plano perfeito para a minha
vida.

Além deste episódio, vemos esta mulher junto com outras mulheres fiéis aos pés de
Jesus na Sua crucificação e na manhã em que Ele ressuscitou. Ela pôde ver o
cumprimento de tudo que Ele havia dito:

"E estavam ali, olhando de longe, muitas mulheres que tinham seguido Jesus desde a
Galiléia, para o servir; Entre as quais estavam Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago e
de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu" (Mateus 27:55-56).

"E, passado o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram
aromas para irem ungi-Lo. E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã
cedo, ao nascer do sol. E diziam umas às outras: Quem nos revolverá a pedra da porta do
sepulcro: E, olhando, viram que já a pedra estava revolvida; e era ela muito grande. E,
entrando no sepulcro, viram um jovem assentado à direita, vestido de uma roupa
comprida branca; e ficaram espantadas. Ele, porém, disse-lhes: Não vos assusteis;
buscais a Jesus Nazareno, que foi crucificado; já ressuscitou, não está aqui; eis aqui o
lugar onde o puseram" (Marcos 16:1-6).

A ressurreição de Cristo serviu para fortalecer ainda mais a sua fé e, provavelmente, a
fortaleceu naqueles momentos difíceis (se é que estava viva) da morte de Tiago pelas
mãos de Herodes Agripa. Ele se tornou o primeiro apóstolo-mártir.

O Senhor também fortalece o nosso espírito com promessas preciosas na Sua Palavra ...

"Disse Deus a Abraão: A Sarai tua mulher não chamarás mais pelo nome de Sarai, mas
Sara será o seu nome. Porque eu a hei de abençoar, e te darei dela um filho; e a
abençoarei, e será mãe das nações; reis de povos sairão dela" (Gênesis 17:15-16).
Deus deu a Sara o filho que ela tanto desejava. Para ela, foi um privilégio ser mãe com a
idade de noventa anos.

"Faz com que a mulher estéril habite em casa, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao
Senhor" (Salmo 113:9).
Ser estéril e depois ser abençoada com muitos filhos? Somente o nosso Deus é capaz de
fazer este tão grande milagre na vida de uma mulher. Amém!

"Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a
louva. Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente!
(Provérbios 31:28-29).
Existe alguma coisa que deixa nosso coração de mãe mais feliz do que saber que nossos
filhos nos chamam de bem-aventurada?

Que possamos amar nossos filhos com a mesma intensidade que a mãe de Tiago e João
os amava e que, assim como ela, cheguemos humildemente aos pés do Senhor e
possamos dizer:

"Senhor, obrigada pelas bênçãos das tantas promessas que Tu nos dás na Tua Palavra!
Obrigada, porque Tu nos ensinas que é sendo humilde que se é considerada grande no
reino!
Obrigada, porque aprendi que o caminho para ver os meus filhos felizes é entregando-os
a Ti!
Obrigada, pelo cuidado que Tu tens com a minha vida e a vida de todos aqueles que amo!
Em nome de Jesus, amém!


A Viúva De Sarepta
- Exemplo De Humildade E Fé


"E Elias disse: Não temas; vai, faze conforme à tua palavra; porém faze primeiro para mim
um bolo pequeno, e traze-mo aqui; depois para ti e para teu filho." (1Re 17:13)

O seu nome não sabemos mas a conhecemos como "a viúva de Sarepta". Mulher de
coração bom que nos deixou um exemplo de humildade e fé no Deus que pouco a pouco
ela foi conhecendo.

Tudo começou quando o profeta Elias disse ao rei Acabe - o rei que irritou Deus mais "do
que todos os reis de Israel que foram antes dele." (1Re 16:33b):
"Vive o Senhor Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho
nem chuva haverá, segundo a minha palavra." (1Re 17:1b)
Esta tremenda seca atingiu a todos, até mesmo o profeta Elias. Mas Deus cuidou dele
assim como cuida de todos nós, seus filhos. A Bíblia nos diz que ele foi morar perto do
ribeiro de Querite, bebeu de suas águas e foi alimentado por corvos que traziam pão e
carne pela manhã e pão e carne à noite. Deus estava no controle de tudo e cuidava muito
bem do seu servo. Por causa do plano perfeito que o Senhor tinha para a sua vida, Ele,
então, enviou Elias para Sarepta para ali viver.
Lá, naquela cidade, vivia uma mulher viúva, juntamente com seu filho. Por causa da
terrível seca que assolava aquela terra, ela esta prestes a morrer quando o Senhor falou
com ela. O que Ele disse a esta pobre viúva, não sabemos mas a Bíblia em 1 Reis 17:9
nos diz que Ele falou com Elias o seguinte:
"Levanta-te, e vai para Sarepta, que é de Sidom, e habita ali; eia que eu ordenei ali a uma
mulher viúva que te sustente."

Irmã, esta pobre viúva tinha apenas um punhado de farinha e um pouco de azeite para
fazer um bolo que só dava para ela e para seu filho comerem e, depois, morrerem.
Ah, irmã, eu não sei o que faria nesta situação! Não sei como estaria o meu coração - se
aberto para ouvir o que o profeta falava (de um Deus que eu não conhecia) ou se fechado
pensando apenas em mim e no meu filho. Por um lado, eu estaria agindo com amor,
misericórdia e pena de alguém que, assim como eu, também estava faminto e, por outro
lado, estaria agindo egoisticamente, pensando somente em mim e no meu filho.
Que o Senhor, através do Seu Espírito, sempre esteja me convencendo a ter um espírito
misericordioso e sempre pronto a dividir o punhado que Ele tão amorosamente me
concede a cada dia!

A decisão desta mulher, que estava a um passo da morte, foi uma decisão sábia,
corajosa, misericordiosa e cheia de compaixão para com o profeta. Ela decidiu não só
abrir a sua mão mas também o seu coração para dividir o pouco que tinha.

Assim como a viúva de Sarepta, conhecemos pessoas que arriscaram suas vidas ou
mesmo doaram toda a sua vida para ajudar pessoas que estavam precisando delas. Por
exemplo:
1) Corrie ten Boom foi uma mulher de Deus que viveu na época da Segunda Grande
Guerra Mundial, onde a mão pesada de Hittler caía sobre o povo judeu. Muitos e muitos
deles foram escondidos no porão de sua casa a fim de escaparem da morte e de campos
de concentração. Esta sua decisão a levou para um campo de concentração alemão onde
ela foi a única dentre suas irmãs que sobreviveu. Ela arriscou a sua vida por amor a Deus
e a Seu povo

2) Raabe foi uma extraordinária mulher que arriscou a sua vida porque amava a Deus. Ela
ajudou os dois espias enviados por Josué, escondendo-os em sua casa para que não
fossem mortos pelos homens de sua terra. Ela poderia ser morta mas agiu corajosamente
e ficou do lado de Deus e do seu povo.

Irmã, no nosso dia a dia também enfrentamos situações que, muitas vezes, são
permitidas pelo Senhor e nos deixam atônitas. O que devemos fazer? Que medida
devemos tomar? O que poderá acontecer conosco? Quando estas perguntas surgem em
nossas mentes devemos recorrer ao Senhor e ver o que é que Ele quer de nós. Devemos
esquecer o nosso egoísmo, esquecer o nosso eu e ficar do lado do Senhor e do Seu
povo. Não pensemos só em nós, em nosso conforto, em nosso bel prazer mas pensemos
nos que estão precisando de nós e que tipos de bênçãos podemos derramar nas vidas de
outras pessoas. Que o Senhor nosso Deus nos use e nos fortaleça, dando-nos sabedoria
e coragem!


    No livro "Mulheres Que Amaram a Deus", a autora, Elizabeth George, faz uma
    comparação entre a viúva de Sarepta e uma outra mulher que viveu nesta mesma
    época - Jezabel. Ela disse: "A Bíblia nos diz: 'Os olhos do Senhor estão em todo
    lugar, contemplando os maus e os bons (Provérbios 15:3)'. Na história da vida
    dessas duas mulheres, vemos o mal e o bem:

    A Viúva de Sarepta-----------------------------------------------------Jezabel
    1- Era pobre porém generosa ---------------------------------------------------- 1- Era rica e
    má
    2- Cuidou de Elias ------------------------------------------------------------------ 2- Prometeu
    matar Elias
    3- Acreditou no Deus Todo Poderoso ------------------------------------------- 3- Acreditava
    em Baal
    4- Não possuía nada mas possuía tudo ----------------------------------------- 4- Possuía
    tudo mas não possuía nada
    5- É mencionada na Palavra de Deus ------------------------------------------- 5- Morreu de
    forma brutal "

    Com qual destas duas mulheres você se parece?
    Com qual destas duas mulheres você quer se parecer?
    Você é uma mulher hospitaleira?
    Você tem prazer em dividir o pão que o Senhor lhe dá, diariamente?
    A escolha é sua. A decisão é sua. O querer agradar ao Senhor depende de você.
    A viúva de Sarepta é um bom exemplo para a sua vida. Siga os seus passos. Seja
    um exemplo de mulher que tem prazer em dividir não apenas coisas materiais mas
    principalmente as espirituais. Seja sensível às necessidades daqueles que o Senhor
    coloca diante de você.

    Amada irmã:
    aja com fé, crendo que o Senhor é Aquele que supre as suas necessidades;
    aja com fé, crendo que o Senhor é Aquele que vai transformá-la numa mulher
    hospitaleira (a sua parte é querer ser hospitaleira e a do Senhor é mudar o seu
    coração);
    aja com fé, crendo que o Senhor é Aquele que vai transformá-la na mulher do Seu
    coração - dócil, misericordiosa e sábia.

    Que o Senhor esteja nos ajudando neste tão grande desejo de mudança e de
    transformação! E que esta vontade tenha início AGORA para que possamos nos
    apresentar diante de Deus "aprovado, como obreiro que não tem de que se
    envergonhar..." (2Ti 2:15) Amém!

    A Viúva E Suas Duas Moedas

"E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas"
(Lucas 21:2).
Viajando um pouco através da Bíblia, posso imaginar tudo o que aconteceu naquele dia
em que Jesus, juntamente com Seus discípulos, encontrava-se sentado no templo. Chego
quase a ouvir o tilintar de cada moeda que era colocada no gazofilácio por homens ricos,
homens que se orgulhavam de
poder colocar "tantas moedas"!
A multidão entrava e saía do templo mas os olhos do Senhor se voltaram para uma pobre
viúva que se encontrava junto a um destes treze gazofilácios em forma de trombeta que
pendiam das paredes. Observando-a atentamente, Jesus percebeu que ela havia
colocado, no receptáculo, apenas duas moedas que representavam tudo que ela tinha.
Ele, que é o próprio Deus onisciente, viu naquela pobre mulher, o que os outros, ao Seu
redor, jamais poderiam ver ... o amor em doar e a confiança que Deus supriria todas a
suas necessidades. Enquanto os outros davam do que sobrava, ela deu tudo que
possuía. Foi o Senhor mesmo quem disse: "Porque todos aqueles deitaram para as
ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que
tinha" (Lucas 21:4).

Ah, amada irmã, onde está o seu coração? A Bíblia nos diz ... "Porque onde estiver o
vosso tesouro, aí estará também o vosso coração" (Mateus 6:21).
Que o nosso coração, irmã, não esteja repousando no nosso tesouro, seja ele um grande
ou um pequeno tesouro, pois isto não agrada a Deus.

Várias passagens bíblicas servem de conselho àquelas pessoas que amam mais ao
dinheiro do que a Deus (Serei eu? Será você? Seremos nós?).Vamos bombardear as
nossas vidas com a Palavra de Deus a fim de podermos seguir os mesmos passos desta
viúva elogiada por Jesus.

1- O apóstolo Pedro, amorosamente, nos aconselha a não sermos gananciosos ... "... não
por torpe ganância, mas de ânimo pronto" (1 Pedro 5:2).

2- O autor de Hebreus nos aconselha através de uma sábia advertência ... "Sejam vossos
costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te
deixarei, nem te desampararei" (Hebreus 13:5).

3- O apóstolo Paulo também nos aconselha e adverte ... "Porque o amor ao dinheiro é a
raiz de toda a espécie de males" (1 Timóteo 6:10).
Obs. Devo salientar que não há nenhum mal em se ter dinheiro mas o amor ao dinheiro é
que é "a raiz de toda espécie de males".

Estes conselhos e advertências não são direcionados apenas aos descrentes mas são
também para nós crentes que, como todo mundo, somos atraídas pelo dinheiro que se
torna uma grande e perigosa barreira entre nós e o Senhor. Ele nos alerta quanto a isto
quando diz: "Nenhum servo pode servir a dois senhores; porque, ou há de odiar um e
amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a
Mamom" Lucas 16:13).

Ann Spangler e Jean Syswerda no livro "Elas" nos diz que ... "A história da viúva e de
suas duas moedas de cobre nos lembra de que o reino de Deus funciona sobre princípios
completamente diferentes daqueles do reino deste mundo. Na economia divina, o
tamanho da oferta não é importante; o que importa é o tamanho do coração do doador."

Amada irmã, tenho uma série de exercícios que irão ajudá-la a fortalecer o seu coração e
transformá-la numa mulher bela aos olhos do Pai. Eles são ...
1) Leia a Palavra de Deus, diariamente.
"Lâmpada para os meus pés é a Tua palavra, e luz para o meu caminho" (Salmo
119:105).

2) Decore versículos e guarde-os em seu coração, diariamente.
"Escondi a Tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra Ti" (Salmo 119:11).

3) Lembre, diariamente, que o coração do rei está na mão do Senhor, e o seu também.
"Como ribeiros de água assim é o coração do rei na mão do Senhor, que o inclina a todo
o Seu querer" (Provérbios 21:1).

4) Ore sem cessar, diariamente, e sinta que o seu coração, a cada dia, se fortalece.
"Orai sem cessar ... porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco" (1
Tessalonicenses 5:17-18).

Exercite sempre o seu coração para que ele fique no centro da vontade de Deus. Veja
que, ao exercitá-lo, ele vai, pouco a pouco, se fortalecendo e você vai se transformando
numa mulher de honra, numa mulher que deseja sempre agradar ao Senhor.

A viúva que deu as duas moedas e que foi elogiada por Jesus, deve ser o exemplo de
mulher a ser seguido por você e por mim.
Jesus disse que ela deu tudo que possuía, deu todo o seu sustento. Ela confiava em
Deus e sabia que Ele cuidaria dela.
Observando este quadro podemos visualizá-la repousando, confiantemente, nos braços
do Senhor. É assim que eu e você devemos fazer - confiar e repousar.

Amada irmã, Deus deve ser a primeira pessoa em nossa vida. Por isso, antes de
pagarmos qualquer coisa, coloquemos no gazofilácio o que propusemos em nosso
coração (agora já bem forte, bem exercitado!). Não toquemos as trombetas para que o
mundo veja "o quanto demos" mas ofertemos ao Senhor de coração e Ele, só Ele poderá
ver a sinceridade da nossa oferta.

A história desta mulher de Deus, desta viúva, que deu suas duas únicas moedas a Deus,
foi registrada na Bíblia. Certamente, irmã, suas ofertas estão também sendo registradas lá
no céu. Veja que conselho sábio do Senhor Jesus para a nossa vida ... "Não ajunteis
tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e
roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e
onde os ladrões não minam nem roubam" (Mateus 6:19).

"Senhor Deus, obrigada porque Tu és um Deus que não julgas pela aparência mas vês o
coração.
Obrigada, Pai, pela minha situação financeira, pela saúde e força que Tu me dás.
Transforma o meu coração, Senhor, e faze-me uma mulher generosa e cheia de fé.
Que eu possa sempre repousar em Teus braços fortes e amorosos.
Amém!"


     Abigail
Uma Mulher Bela, Generosa, Sábia E Cheia De Virtudes

“Abigail... era a mulher de bom entendimento e formosa...” (1Sa 25:3).
Abigail era uma mulher formosa que amava o Senhor.
Ela estava sendo refinada como a prata mas, pacientemente, aceitava os ensinamentos
de Deus. A cada dia, ela aprendia a conviver com um marido (Nabal) insensato, tolo e
sem nenhuma sabedoria.
Apesar da Bíblia não relatar como era o seu trabalho no lar, supomos que ela era uma
boa dona de casa e uma esposa exemplar. Além destas qualidades que agradavam a
Deus, ela ainda era generosa, inteligente e uma mulher pacificadora. Observando o seu
marido, podemos ver que ele era um homem duro e muito mau. Por causa da dureza do
seu coração, recusando ajudar com víveres a Davi e seus companheiros, ele pôs em risco
a sua vida, a da sua família e servos.

Em 1 Samuel 25:14-17 a Bíblia nos diz que Abigail foi avisada deste procedimento
insensato do seu marido. Veja como tudo aconteceu:
”Porém um dentre os moços o anunciou a Abigail, mulher de Nabal, dizendo: Eis que Davi
enviou mensageiros desde o deserto a saudar o nosso amo; porém ele os destratou.
Todavia, aqueles homens têm-nos sido muito bons, e nunca fomos agravado por eles, e
nada nos faltou em todos os dias que convivemos com eles quando estavam ao campo.
De muro em redor nos serviram, assim de dia como de noite, todos os dias que andamos
com eles apascentando as ovelhas. Considera, pois, e vê o que hás de fazer, porque o
mal já está de todo determinado contra o nosso amo e contra toda a sua casa, e ele é um
homem vil, que não há quem lhe possa falar.”
Homem rico, porém tolo e insensato!
Observando estes versículos podemos ver que o relacionamento entre Abigail e seus
servos era de pura confiança, enquanto o de Nabal com eles era de completa
desconfiança.

Ao examinarmos o nosso caminhar diário podemos saber de que lado estamos:
*Será que sou parecida com Abigail, uma mulher equilibrada, sábia e dócil de coração?
*Ou será que sou mais parecida com Nabal, um homem duro nas decisões, autoritário e
com um coração insensível?

Posso descobrir de que lado estou observando:
*Como trato meu marido; *Como trato meus filhos; *Como trato aquela (s) pessoa (s) que
me ajuda (m) no trabalho de casa.

Você é uma mulher mansa, dócil, compreensiva assim como Abigail?
Ou você é uma mulher rixosa como a esposa de Jó?

Irmã, cabe a nós decidirmos se queremos estar no centro da vontade de Deus
agradando-O, ou se queremos andar com nossos próprios pés fazendo o que agrada à
nossa carne.

“Senhor, que eu decida Te agradar, andar no centro da Tua vontade, mesmo tendo que
enfrentar inimigos, o inimigo das nossas almas, tribulações, privações...
Aceita, a minha oração e ‘cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um
espírito reto.’
Fortalece, Senhor, o meu caráter e aumenta a minha fé! Amém!”

Por causa da resposta insensata de Nabal, Abigail teve que agir com rapidez e sabedoria
a fim de salvar a vida de seu marido, de toda a sua família e de seus servos.
Certamente, Abigail era uma mulher submissa a seu esposo, porém quando ela viu o
grande erro que ele havia cometido, ela preferiu seguir o seu coração que era, na
verdade, mais submisso a Deus.
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia
Mulheres da biblia

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Lição 4 - A Degeneração da Liderança Sacerdotal
Lição 4 - A Degeneração da Liderança SacerdotalLição 4 - A Degeneração da Liderança Sacerdotal
Lição 4 - A Degeneração da Liderança Sacerdotal
Éder Tomé
 
Libertação na adoração
Libertação na adoraçãoLibertação na adoração
Libertação na adoração
Reverendoh Adry Araujo
 
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritualPalestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Caroline Calaça
 
Santidade e arrebatamento
Santidade e arrebatamentoSantidade e arrebatamento
Santidade e arrebatamento
Netto Pregador
 
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
Cacilda Barbosa Santiago
 
'O poder da esposa que ora stormie omartian' com você
 'O poder da esposa  que ora   stormie omartian' com você 'O poder da esposa  que ora   stormie omartian' com você
'O poder da esposa que ora stormie omartian' com você
MICHELLE SMITH C. M. TEIXEIRA
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Fruto do Espírito
Fruto do EspíritoFruto do Espírito
Fruto do Espírito
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Lição 13 – Orando sem Cessar
Lição 13 – Orando sem CessarLição 13 – Orando sem Cessar
Lição 13 – Orando sem Cessar
Éder Tomé
 
63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus
Jaasiel Gomes de Oliveira
 
APOSTILA DISCIPULADO BASICO
APOSTILA DISCIPULADO BASICOAPOSTILA DISCIPULADO BASICO
APOSTILA DISCIPULADO BASICO
BispoAlberto
 
Uma vida cheia de gratidão
Uma vida cheia de gratidãoUma vida cheia de gratidão
Uma vida cheia de gratidão
José Reinaldo da Silva
 
Idolatria Moderna
Idolatria ModernaIdolatria Moderna
Idolatria Moderna
Marcelo Santos
 
Apostila curso-casais-pronta-pdf-free
Apostila curso-casais-pronta-pdf-freeApostila curso-casais-pronta-pdf-free
Apostila curso-casais-pronta-pdf-free
JooAlbertoSoaresdaSi
 
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.comO Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
leitemel
 
A Família e a Igreja
A Família e a IgrejaA Família e a Igreja
A Família e a Igreja
Luan Almeida
 
Dia Nacional da Escola Dominical
Dia Nacional da Escola DominicalDia Nacional da Escola Dominical
Dia Nacional da Escola Dominical
Igreja Evangélica Assembleia de Deus
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
Cleudson Corrêa
 
Mito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Mito 4 o esposo é o sacerdote do larMito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Mito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Térbia Leal
 
50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I
Itamar Freire
 

Mais procurados (20)

Lição 4 - A Degeneração da Liderança Sacerdotal
Lição 4 - A Degeneração da Liderança SacerdotalLição 4 - A Degeneração da Liderança Sacerdotal
Lição 4 - A Degeneração da Liderança Sacerdotal
 
Libertação na adoração
Libertação na adoraçãoLibertação na adoração
Libertação na adoração
 
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritualPalestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
Palestra congresso de mulheres transformação e crescimento espiritual
 
Santidade e arrebatamento
Santidade e arrebatamentoSantidade e arrebatamento
Santidade e arrebatamento
 
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
Mulheres moldadas pela Palavra de Deus
 
'O poder da esposa que ora stormie omartian' com você
 'O poder da esposa  que ora   stormie omartian' com você 'O poder da esposa  que ora   stormie omartian' com você
'O poder da esposa que ora stormie omartian' com você
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Fruto do Espírito
Fruto do EspíritoFruto do Espírito
Fruto do Espírito
 
Lição 13 – Orando sem Cessar
Lição 13 – Orando sem CessarLição 13 – Orando sem Cessar
Lição 13 – Orando sem Cessar
 
63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus63573803 manual-do-encontro-com-deus
63573803 manual-do-encontro-com-deus
 
APOSTILA DISCIPULADO BASICO
APOSTILA DISCIPULADO BASICOAPOSTILA DISCIPULADO BASICO
APOSTILA DISCIPULADO BASICO
 
Uma vida cheia de gratidão
Uma vida cheia de gratidãoUma vida cheia de gratidão
Uma vida cheia de gratidão
 
Idolatria Moderna
Idolatria ModernaIdolatria Moderna
Idolatria Moderna
 
Apostila curso-casais-pronta-pdf-free
Apostila curso-casais-pronta-pdf-freeApostila curso-casais-pronta-pdf-free
Apostila curso-casais-pronta-pdf-free
 
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.comO Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
O Livro de Êxodo a 1 Samuel Disponível em: www.portadesiao.blogspot.com
 
A Família e a Igreja
A Família e a IgrejaA Família e a Igreja
A Família e a Igreja
 
Dia Nacional da Escola Dominical
Dia Nacional da Escola DominicalDia Nacional da Escola Dominical
Dia Nacional da Escola Dominical
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
 
Mito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Mito 4 o esposo é o sacerdote do larMito 4 o esposo é o sacerdote do lar
Mito 4 o esposo é o sacerdote do lar
 
50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I50 Estudos Para Celulas I
50 Estudos Para Celulas I
 

Semelhante a Mulheres da biblia

Ragnarok- Guia de Cenário
Ragnarok- Guia de CenárioRagnarok- Guia de Cenário
Ragnarok- Guia de Cenário
Raphael Oliveira
 
101,5 REFLEXõES
101,5 REFLEXõES101,5 REFLEXõES
101,5 REFLEXõES
Alex Martins
 
61650162 iniciacao-viagem-astral-lancellin-joao-nunes-maia
61650162 iniciacao-viagem-astral-lancellin-joao-nunes-maia61650162 iniciacao-viagem-astral-lancellin-joao-nunes-maia
61650162 iniciacao-viagem-astral-lancellin-joao-nunes-maia
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Pode-Quem-Pensa-Que-Pode-Lauro-Trevisan.pdf
Pode-Quem-Pensa-Que-Pode-Lauro-Trevisan.pdfPode-Quem-Pensa-Que-Pode-Lauro-Trevisan.pdf
Pode-Quem-Pensa-Que-Pode-Lauro-Trevisan.pdf
VIEIRA RESENDE
 
Pode Quem Pensa Que Pode - Lauro Trevisan.pdf
Pode Quem Pensa Que Pode - Lauro Trevisan.pdfPode Quem Pensa Que Pode - Lauro Trevisan.pdf
Pode Quem Pensa Que Pode - Lauro Trevisan.pdf
SIMONEANDRADE78
 
Insetos benéficos do algodoeiro
Insetos benéficos do algodoeiroInsetos benéficos do algodoeiro
Insetos benéficos do algodoeiro
netoneves
 
A vida escreve (psicografia chico xavier e waldo vieira espírito hilário si...
A vida escreve (psicografia chico xavier e waldo vieira   espírito hilário si...A vida escreve (psicografia chico xavier e waldo vieira   espírito hilário si...
A vida escreve (psicografia chico xavier e waldo vieira espírito hilário si...
Ana Cristina Ramos
 
Danação
DanaçãoDanação
Danação
casijor
 
A obra completa de orunmilá (reparado)
A obra completa de orunmilá (reparado)A obra completa de orunmilá (reparado)
A obra completa de orunmilá (reparado)
Javier Edgardo
 
005 emmanuel emmanuel - chico xavier - ano 1938
005 emmanuel   emmanuel - chico xavier  - ano 1938005 emmanuel   emmanuel - chico xavier  - ano 1938
005 emmanuel emmanuel - chico xavier - ano 1938
Everton Ferreira
 
Emmanuel emmanuel - chico xavier - ano 1938
Emmanuel   emmanuel - chico xavier  - ano 1938Emmanuel   emmanuel - chico xavier  - ano 1938
Emmanuel emmanuel - chico xavier - ano 1938
Moseo
 
Mpb
MpbMpb
20 razões porque não sou testemunha de jeová ami lto justus
20 razões porque não sou testemunha de jeová   ami lto justus20 razões porque não sou testemunha de jeová   ami lto justus
20 razões porque não sou testemunha de jeová ami lto justus
Deusdete Soares
 
Exercicios espirituaispefeitadevocao
Exercicios espirituaispefeitadevocaoExercicios espirituaispefeitadevocao
Exercicios espirituaispefeitadevocao
babins
 
Exercícios Espirituais para Total Consagração a Santíssima Virgem
Exercícios Espirituais para Total Consagração a Santíssima VirgemExercícios Espirituais para Total Consagração a Santíssima Virgem
Exercícios Espirituais para Total Consagração a Santíssima Virgem
Carlinhos Pregador
 
Aobracompletadeorunmil 110611023515-phpapp01
Aobracompletadeorunmil 110611023515-phpapp01Aobracompletadeorunmil 110611023515-phpapp01
Aobracompletadeorunmil 110611023515-phpapp01
Daiane Amaral
 
Textos ler-escrever
Textos ler-escrever Textos ler-escrever
Textos diversos primeiro ao quarto ano
Textos diversos primeiro ao quarto anoTextos diversos primeiro ao quarto ano
Textos diversos primeiro ao quarto ano
Kelly Arduino
 
Modas sertanejas cifras & tab's
Modas sertanejas cifras & tab'sModas sertanejas cifras & tab's
Modas sertanejas cifras & tab's
Nome Sobrenome
 
Sobremesas com frutas
Sobremesas com frutasSobremesas com frutas
Sobremesas com frutas
mucamaba
 

Semelhante a Mulheres da biblia (20)

Ragnarok- Guia de Cenário
Ragnarok- Guia de CenárioRagnarok- Guia de Cenário
Ragnarok- Guia de Cenário
 
101,5 REFLEXõES
101,5 REFLEXõES101,5 REFLEXõES
101,5 REFLEXõES
 
61650162 iniciacao-viagem-astral-lancellin-joao-nunes-maia
61650162 iniciacao-viagem-astral-lancellin-joao-nunes-maia61650162 iniciacao-viagem-astral-lancellin-joao-nunes-maia
61650162 iniciacao-viagem-astral-lancellin-joao-nunes-maia
 
Pode-Quem-Pensa-Que-Pode-Lauro-Trevisan.pdf
Pode-Quem-Pensa-Que-Pode-Lauro-Trevisan.pdfPode-Quem-Pensa-Que-Pode-Lauro-Trevisan.pdf
Pode-Quem-Pensa-Que-Pode-Lauro-Trevisan.pdf
 
Pode Quem Pensa Que Pode - Lauro Trevisan.pdf
Pode Quem Pensa Que Pode - Lauro Trevisan.pdfPode Quem Pensa Que Pode - Lauro Trevisan.pdf
Pode Quem Pensa Que Pode - Lauro Trevisan.pdf
 
Insetos benéficos do algodoeiro
Insetos benéficos do algodoeiroInsetos benéficos do algodoeiro
Insetos benéficos do algodoeiro
 
A vida escreve (psicografia chico xavier e waldo vieira espírito hilário si...
A vida escreve (psicografia chico xavier e waldo vieira   espírito hilário si...A vida escreve (psicografia chico xavier e waldo vieira   espírito hilário si...
A vida escreve (psicografia chico xavier e waldo vieira espírito hilário si...
 
Danação
DanaçãoDanação
Danação
 
A obra completa de orunmilá (reparado)
A obra completa de orunmilá (reparado)A obra completa de orunmilá (reparado)
A obra completa de orunmilá (reparado)
 
005 emmanuel emmanuel - chico xavier - ano 1938
005 emmanuel   emmanuel - chico xavier  - ano 1938005 emmanuel   emmanuel - chico xavier  - ano 1938
005 emmanuel emmanuel - chico xavier - ano 1938
 
Emmanuel emmanuel - chico xavier - ano 1938
Emmanuel   emmanuel - chico xavier  - ano 1938Emmanuel   emmanuel - chico xavier  - ano 1938
Emmanuel emmanuel - chico xavier - ano 1938
 
Mpb
MpbMpb
Mpb
 
20 razões porque não sou testemunha de jeová ami lto justus
20 razões porque não sou testemunha de jeová   ami lto justus20 razões porque não sou testemunha de jeová   ami lto justus
20 razões porque não sou testemunha de jeová ami lto justus
 
Exercicios espirituaispefeitadevocao
Exercicios espirituaispefeitadevocaoExercicios espirituaispefeitadevocao
Exercicios espirituaispefeitadevocao
 
Exercícios Espirituais para Total Consagração a Santíssima Virgem
Exercícios Espirituais para Total Consagração a Santíssima VirgemExercícios Espirituais para Total Consagração a Santíssima Virgem
Exercícios Espirituais para Total Consagração a Santíssima Virgem
 
Aobracompletadeorunmil 110611023515-phpapp01
Aobracompletadeorunmil 110611023515-phpapp01Aobracompletadeorunmil 110611023515-phpapp01
Aobracompletadeorunmil 110611023515-phpapp01
 
Textos ler-escrever
Textos ler-escrever Textos ler-escrever
Textos ler-escrever
 
Textos diversos primeiro ao quarto ano
Textos diversos primeiro ao quarto anoTextos diversos primeiro ao quarto ano
Textos diversos primeiro ao quarto ano
 
Modas sertanejas cifras & tab's
Modas sertanejas cifras & tab'sModas sertanejas cifras & tab's
Modas sertanejas cifras & tab's
 
Sobremesas com frutas
Sobremesas com frutasSobremesas com frutas
Sobremesas com frutas
 

Mulheres da biblia

  • 1. 2012 MULHERES DA BIBLIA FIDELIDADE DE DEUS [Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um resumo é um apanhado geral do conteúdo do documento. Digite o resumo do documento aqui. Em geral, um resumo é um apanhado geral do conteúdo do documento.] FABIANO 23/10/2012
  • 2. Sumário Compromisso de amor Tamar ...................................................................................... 3 A Esposa De Noé .............................................................................................................. 8 A Filha De Jefté ............................................................................................................... 13 A Mulher Sunamita......................................................................................................... 19 A Mãe De Sansão............................................................................................................ 22 A Mãe de Tiago e João .................................................................................................. 25 A Viúva De Sarepta ........................................................................................................ 27 A Viúva E Suas Duas Moedas ..................................................................................... 29 Abigail ............................................................................................................................... 31 Ana ..................................................................................................................................... 34 Ana - Viúva E Profetisa Da Tribo De Aser ................................................................ 37 Bate-Seba ......................................................................................................................... 39 DALILA .............................................................................................................................. 42 Dorcas ............................................................................................................................... 46 Débora ............................................................................................................................... 48 Esposa de Ló ................................................................................................................... 55 Ester ................................................................................................................................... 62 EVA..................................................................................................................................... 65 GÔMER.............................................................................................................................. 69 Hulda .................................................................................................................................. 72 ISABEL - JUSTA DIANTE DE DEUS ........................................................................... 74 Jael ..................................................................................................................................... 76 Jeoseba ............................................................................................................................. 79 Joana ................................................................................................................................. 85 Joquebede ........................................................................................................................ 88
  • 3. Lia ....................................................................................................................................... 91 LÍDIA .................................................................................................................................. 97 LÓIDE................................................................................................................................. 99 MARIA .............................................................................................................................. 102 Maria Madalena ............................................................................................................. 106 Marta Ou Maria?............................................................................................................ 108 Miriã ................................................................................................................................. 114 Mulher de Potifar .......................................................................................................... 122 Mulher Pecadora........................................................................................................... 125 Mulher Samaritana ....................................................................................................... 126 Mulher Virtuosa............................................................................................................. 129 Mulheres Israelitas ....................................................................................................... 132 Noemi............................................................................................................................... 134 PRISCILA ........................................................................................................................ 137 Raabe ............................................................................................................................... 139 Rainha De Sabá............................................................................................................. 146 Raquel ............................................................................................................................. 148 Rebeca............................................................................................................................. 154 Rute .................................................................................................................................. 162 Sara .................................................................................................................................. 164 Sulamita .......................................................................................................................... 172 Tamar ............................................................................................................................... 174 Bibliografia ............................................................................................................................... 178 Obras Citadas ............................................................................................................................ 178
  • 4. Compromisso de amor Tamar TAMAR (Nora de Judá) (Seu nome significa “tamareira” ou “palmeira”) Seu caráter: Impelida por uma necessidade esmagadora, sacrificou sua reputação e quase perdeu a vida para alcançar seus objetivos. Seu sofrimento: Os homens em sua vida falharam no cumprimento de suas responsabilidades, deixando-a viúva e sem filhos. Sua alegria: Que seu comportamento ousado não resultasse em ruína, mas no cumprimento de sua esperança de ter filhos. Textos-chave: Gênesis 38 / Mateus 1.3 SUA HISTÓRIA As genealogias não são uma leitura muito convidativa. Você talvez as receba com um bocejo, ou passe inteiramente por cima delas quando lê a Bíblia. Mas até mesmo longas listas de nomes enigmáticos podem revelar interessantes visões do misterioso plano de Deus. É assim que as Escrituras funcionam, expondo riquezas ocultas a cada página. Veja, por exemplo, a genealogia no primeiro capítulo de Mateus. Ele alista um total de 41 ancestrais de Jesus do sexo masculino, a começar de Abraão, e cinco ancestrais femininas, três das quais (Tamar, Raabe e Bate-Seba) com histórias recheadas de detalhes desagradáveis, como incesto, prostituição, fornicação e assassinato. Jesus, o Filho perfeito do Pai perfeito, tinha em sua árvore genealógica vários ramos imperfeitos e um número suficiente de personagens pitorescos para povoar um romance moderno. A simples menção de mulheres em sua genealogia já é surpreendente, e mais ainda o fato de que quatro das cinco ali citadas engravidaram fora do casamento. Além disso, quatro dessas mulheres eram estrangeiras e não israelitas. Tamar estava incluída em ambas as categorias. Seu sogro, Judá (filho de Jacó e Lia), havia arranjado para que ela se casasse com seu primogênito, meio cananita e meio hebreu. Er era um homem perverso, a quem Deus matou por causa dos seus pecados. Isso é tudo o que sabemos dele. Depois de Er vinha Onã, o segundo filho de Judá. Como era costume na época, Judá deu Onã a viúva Tamar, instruindo-o para dormir com ela para que pudesse ter filhos, os quais continuariam a linhagem de Er. Mas Onã era esperto demais e buscava apenas seus próprios interesses. Ele dormia com Tamar, mas derramava seu sêmen no chão, assegurando, assim, que ela continuasse sem filhos. Desse modo, não ficaria sobrecarregado de responsabilidade com crianças que continuariam a linhagem do irmão, não a sua. Deus, porém, notou isso e Onã também morreu por causa da sua perversidade. Assim, Judá já perdera dois filhos para Tamar. Deveria arriscar um terceiro? Selá era o único filho que lhe restava, e ainda não tinha chegado a idade adulta. A fim de acalmar a
  • 5. nora, Judá aconselhou-a a voltar para a casa do pai e a viver como viúva até que Selá pudesse casar-se. O tempo passou e Tamar continuava vestida em roupas de viuvez. Depois que a mulher de Judá morreu, ele viajou, certo dia, para Timna, a fim de tosar suas ovelhas. Ao saber da viagem do sogro, Tamar decidiu agir de maneira dramática e desesperada. Se Judá não queria dar seu filho mais moço em casamento, ela faria o possível para propagar o nome da família a seu modo. Tirando as roupas de viúva, disfarçou-se colocando um véu, como se fosse uma prostituta, e sentou-se ao lado da estrada para Timna. Judá dormiu com ela e lhe deu seu anel de sinete e seu cordão, juntamente com seu cajado, como penhor de pagamento futuro. Cerca de três meses mais tarde, Judá soube que Tamar estava grávida, mas não tinha ideia de que ele fosse o responsável pela condição dela. Furioso porque a nora havia se prostituído, ordenou que fosse apedrejada até a morte. Antes de a sentença ser executada, Tamar enviou-lhe, porém, uma mensagem chocante: “Do homem de quem são estas coisas concebi. Reconhece de quem é este selo, e este cordão, e este cajado (Gen. 38.25). O homem, que tão rapidamente julgara Tamar sem se importar com o encontro secreto que teve com uma prostituta, foi pego de surpresa. Para seu crédito, contou a verdade, dizendo: - Mais justa é ela do que eu, porquanto não a dei a Selá, meu filho. Seis meses mais tarde, Tamar deu à luz gêmeos. Mais uma vez, como acontecera com Jacó e Esaú, os gêmeos lutavam em seu ventre. Uma pequenina mão saiu e depois desapareceu, mas não antes de ser amarrada com um fio vermelho pela parteira. A seguir, surgiu um corpinho escorregadio, mas sem o fio escarlate. Eles chamaram o primeiro menino de Perez (que significa “abrindo caminho”). A seguir, o que tinha o fio vermelho nasceu, e o chamaram de Zera (que significa “escarlate”). Perez foi reconhecido como primogênito. De sua descendência viria o Rei Davi e, finalmente, centenas de anos mais tarde, Jesus de Nazaré. Judá mostrara pouco interesse pela continuação da sua linhagem. Em vez disso, Deus usou uma mulher, envergonhada por não ter filhos e decidida a tê-los, a fim de assegurar que a tribo de Judá não só sobrevivesse, como também viesse um dia a gerar o Messias. SUA VIDA E SUA ÉPOCA Prostituição Por mais abominável que seja para nós, a prostituição era, na verdade, uma espécie de adoração no Oriente Próximo da antiguidade. Os povos pagãos frequentemente acreditavam que os deuses da fertilidade concediam bênçãos para aqueles que praticavam a prostituição cultual. Os sacrifícios e pagamento pelo uso de uma prostituta cultual representavam grandes somas de dinheiro para os cofres da divindade adorada. O intercurso sexual, em si, simboliza a fertilidade esperada e a abundância da colheita. Judá, um viúvo que só recentemente fora “consolado” da sua tristeza (Gen. 38,12), viajou ara Timna na época da tosa pra ver como suas ovelhas Estavam sendo tosquiadas. É possível que, ao ver Tamar, tenha pensado que ela fosse uma prostituta do santuário e teve intercurso com ela para garantir uma boa quantidade de lã. Isso não justifica, de forma alguma, o ato de Judá, mas lança alguma luz sobre seus possíveis motivos. As prostitutas do santuário mantinham-se cobertas por espessos véus antes e depois do intercurso sexual, numa tentativa de criar a ilusão de que o participante estava praticando o ato sexual com a própria deusa. Essa prática favoreceu Tamar, dando-lhe o disfarce perfeito para que seu sogro jamais a reconhecesse. A prostituição é uma imagem usada muitas vezes pelos profetas bíblicos para descrever a desobediência de Israel e sua tendência de seguir falsos deuses. Eles consideravam Deus como marido de Israel, seu guardião e seu verdadeiro amor. Sempre que os israelitas se afastavam do Deus verdadeiro adorando deuses falsos, eles se “prostituíam”. Essa é uma ilustração bem forte, mas correta, do afastamento do Deus que os amava
  • 6. sinceramente e que estava disposto a cuidar deles e vigiá-los, bastando que permanecessem leais ao Senhor. A história de Tamar toma-nos de surpresa e causa certa repulsa. Recuamos diante dos sórdidos detalhes da prostituição e encontramos pouca inspiração nisso. Todavia, histórias como a de Tamar é que tornam a Bíblia tão digna de crédito. Quem inventaria tal coisa e depois a registraria, não só como narrativa histórica, mas também como evento da vida de alguém pertencente a linhagem do Messias? Só o Deus das eternas surpresas. O Deus que toma os desajustados, os desesperados e os profanos usando-os em seus eternos e santos propósitos. SEU LEGADO NAS ESCRITURAS Leia Gênesis 38.1-10 41. Era esperado que Onã tivesse filhos para continuar a descendência de seu irmão Er por meio de Tamar. Esse é o mesmo procedimento que o do “parente resgatador”, que encontramos no livro de Rute. O parente mais próximo deveria ter um filho para continuar a linhagem do marido falecido. Embora isso pareça ofensivo para nós hoje, qual você acha que foi o propósito de Deus ao decretar tal prática? Leia Gênesis 38.11-19 42. Nenhum dos homens na vida de Tamar cumpriu com suas responsabilidades para com ela, inclusive o sogro Judá. Descreva como, em sua opinião, Tamar deve ter se sentido no decorrer de todos esses eventos. Zangada? Ignorada? Desonrada? Desprezada? Envergonhada? 43. Por que Tamar estava tão desesperada para ter um filho? 44. Você, ou alguém que conhece, deseja intensamente ter filhos? Como os problemas da esterilidade hoje se comparam com o que as mulheres do passado suportavam em seus dias? Leia Gênesis 38.20-24 45. Qual você acha que foi a reação de Judá à notícia da gravidez de Tamar? Não seria falsidade da parte dele condenar a atitude ela, mas não a sua própria? 46. Esses padrões de dois pesos e duas medidas ainda existem hoje? Como? São tão comuns como eram no tempo passado? Leia Gênesis 38.25-30 47. Considerando o que Tamar fez ao oferecer-se disfarçada de prostituta ao sogro, as palavras dele, no versículo 26, a surpreendem? Por quê? Explique o que Judá queria dizer com essas palavras. 48. A história de Tamar é difícil de entender. Não existe um jeito simples de conciliar seus atos com nossos conceitos atuais. Por que uma história assim foi incluída nas Escrituras inspiradas? Leia Mateus 1.3 49. O que a inclusão de Tamar na linhagem de Cristo mostra a você sobre o poder de Deus para extrair o bem mesmo de eventos trágicos? 50. Como Deus trouxe o bem a partir de más experiências vivenciadas por você ou por alguém que você conhece?
  • 7. SUA PROMESSA A história de Gênesis 38 não revela nada a respeito do conhecimento de Tamar sobre a mão de Deus nos acontecimentos de sua vida. É muito provável que ignorasse completamente o poder de Deus em operação. Mas o Senhor estava, não obstante, trabalhando, produzindo o bem em meio à tragédia e abençoando, apesar de todos aqueles eventos menos do que dignos. Essa é a beleza desta história. O poder de Deus para produzir coisas positivas a partir de situações negativas, e até pecaminosas, ainda atua hoje como na época de Tamar. Talvez não dê para perceber isso hoje nem amanhã – ou talvez nunca -, mas podemos confiar no Deus que amamos para fazer o que mais gosta: abençoar-nos apesar de nós mesmas. Promessas nas Escrituras Nem uma só promessa caiu de todas as boas palavras que falou de vós o Senhor, vosso Deus; todas vos sobrevieram, nem uma delas falhou. (Js 23.14) Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. (Rm 8.28) O teu caminho, ó Deus, é de santidade. Que deus é tão grande como o nosso Deus? (Sl 77.13) SEU LEGADO DE ORAÇÃO Judá gerou de Tamar a Perez e a Zerá. (Da genealogia de Cristo em Mateus 1.3) Medite Gênesis 38 Louve a Deus Por ter permitido que seu Filho se associasse intimamente com os seres humanos decaídos, de quem descendia. Agradeça Pelo fato de Deus usar circunstâncias não favoráveis para produzir bons resultados. Confesse Qualquer tendência que você tenha de julgar outros usando dupla medida, como Judá fez com Tamar. Peça a Deus Que tire qualquer aflição que esteja sentindo e que a substitua por esperança, lembrando o texto de Jeremias 29.11: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que desejais.” Eleve o coração Se você nunca desenhou sua árvore genealógica, faça um esforço para traçar sua linhagem, retrocedendo pelo menos quatro ou cinco gerações – mais até se tiver tempo e energia. Peça a parentes mais velhos que forneçam o máximo de informação sobre seus ancestrais. Dê atenção especial às mulheres de sua árvore genealógica. Tome nota sobre
  • 8. tudo o que descobrir. Poderá descobrir, assim, alguns detalhes fascinantes sobre a procedência da sua família. Oração “Senhor, tu me formaste no ventre da minha mãe”. Sabias, então, como iria ser cada dia da minha vida. Vistes as grandes coisas e as dificuldades, a alegria e a tristeza. Neste momento, apresento diante de ti uma situação (ou lembrança) com a qual ainda não me reconciliei. Quando tiver de olhar para as circunstâncias penosas, ajuda-me a compreender que estavas presente mesmo em meio a elas. Entrego-as agora a ti. Ajuda- me a sentir a tua presença confortadora em minha vida. A AMADA Uma mulher apaixonada. Onde há uma combinação mais explosiva de idealismo com coisas terrenas? Em Cantares de Salomão, encontramos uma mulher apaixonada que sabe que também é amada. Ela nunca é identificada pelo nome. Podemos supor que é uma personagem fictícia ou um símbolo – se não fosse pelo facto do rei Salomão ter sido identificado como seu visitante. O total anonimato dessa mulher faz dela alguém com quem todas nós podemos nos identificar. Vamos chamá-la de “amada” porque, no poema, ela é sempre vista assim em relação ao seu amado. A amada diz que sua pele está queimada pelo trabalho debaixo do sol, mas as únicas descrições físicas que temos dela são generosamente exageradas. Então, temos de focalizar onde realmente interessa: seu carácter. Precisamos conhecer sua identidade interior. Por todo o poema, a amada está com toda a sua atenção voltada para o amado. Ela pensa nele e fala dele constantemente, o idealiza e louva cada uma de suas características com linguagem extravagante. Ela aprecia totalmente sua atenção e encontra forças no amor dele. Mas ela não nos transmite a impressão de que vive encolhida sob a sombra de seu marido nem que vai se tornar invisível. Não é uma violeta trêmula e indefesa se retraindo. Tem uma forte percepção de si mesma. Faz planos para a vida que ela e seu marido irão compartilhar. Sabe que é a parceira sexual de que ele precisa e quer. Não tem vergonha de expressar seu desejo por ele (7.12). A amada insiste que seu amado é seu, mas não é excessivamente possessiva. Gosta da apreciação sadia de suas amigas por ele e deseja um compromisso de vida com o amado através de um amor que é mais forte que a morte. A mulher de Cantares já seria um exemplo poderoso, mesmo se fosse apenas uma personagem de um antigo poema de amor. Mas alguns cristãos, durante séculos, têm interpretado Cantares de Salomão como uma alegoria entre Cristo e seu povo. Neste caso nós somos a amada! Ela simboliza todos os crentes, não apenas as mulheres. A alegoria é apropriada. O amor de Cristo deveria dar energia e confiança para você ser a pessoa que Ele criou para ser. Deveria dar-lhe sua total atenção e louvar tudo o que diz respeito a Ele e levar outros a conhecê-lo, em vez de ser exclusivista. Cristo se compromete de forma eterna, e você, também, pode responder com um compromisso que vai durar por toda a eternidade. A amada ainda continua sendo um exemplo para você. Mostra o amor terreno que pode dar ao seu marido – mas também o amor comprometido que pode dedicar a Jesus Cristo. Para saber mais a respeito de “A amada” leia Cantares de Salomão 1-8. Fonte: Bíblia de Estudo da Mulher - Cantares.
  • 9. A Esposa De Noé A Esposa De Noé - A Que Creu Na Profecia "Mas contigo estabelecerei a minha aliança; e entrarás na arca, tu e os teu filhos, tua mulher e as mulheres de teus filhos contigo" (Gênesis 06h18min). Na Bíblia, nós a conhecemos como "a esposa de Noé". O seu nome não sabemos, mas, com certeza, Deus sabe e o colocou no Livro da Vida, no livro onde estão os nomes de todos aqueles salvos pelo sangue do Seu Filho unigênito, Jesus Cristo. Maria? Rute? Madalena? Não sabemos, mas sabemos que ela era uma mulher virtuosa e submissa a seu esposo Noé. O mundo, naquela época, estava corrompido. O pecado inundava toda a terra. Mas havia um família que era fiel ao Senhor - a família de Noé. Ele era um homem justo que andava com Deus, juntamente com sua esposa, seus três filhos - Sem, Cão e Jefé - e suas noras. Em Gênesis 6:5-7, a Bíblia nos diz: "E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente. Então se arrependeu o Senhor: Destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus.” Até então, a vida da esposa de Noé era simples. Ela cuidava de Noé, de seus filhos e do seu lar. Ele tinha uma vida sem preocupação, pois tinha o Senhor. Ela não imaginava que a sua vida e a de todos da sua família iria mudar. Tudo começou com "o chamado do Senhor". Disse Deus a Noé: "... O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência e eis que os desfarei com a terra" (Gênesis 06h13min). E ainda disse a ele que fizesse uma arca de madeira de gofer. Nela entraria ele, seus filhos, sua esposa e as mulheres de seus filhos, pois ele iria trazer "um dilúvio de águas sobre a terra, para desfazer toda a carne em que há espírito de vida debaixo dos céus..." (Gênesis 07h17min). Como nós reagiríamos a esta notícia tão séria? Como nós reagiríamos ao saber que, com exceção da sua família, todos iriam morrer? Como nós reagiríamos ao saber que tudo iria mudar daqui para frente? Lembro que quando meu esposo (Hélio) decidiu fazer o seu Ph D na área de Informática no CANADÁ e me deu a notícia, minha reação não foi muito positiva. Minha vida iria mudar, e muito! Quatro anos fora do Brasil, com quatro filhos, língua diferente (na Universidade eu tinha feito o Curso de Letras, mas fiz na área de Língua Neo-Latinas [Francês e Português]) e ... Muitas e muitas mudanças. Talvez a esposa de Noé tenha, a princípio, reagido assim, mas finalmente, ambas, eu e ela decidimos seguir os planos de nossos maridos e também os planos de Deus. Quando seguimos o que a Bíblia nos diz (no nosso caso, sendo submissas a nosso marido) tudo no final dá certo. Em ambos os casos, no meu e no da esposa de Noé, tudo, realmente, deu certo. Nós decidimos agir com sabedoria e com um espírito cooperativo. Decidimos arregaçar as mangas e dizer de todo o nosso coração: "Eis-me aqui! Em que posso ajudar?" Bem, foi assim que eu decidi agir e, provavelmente, foi assim que a esposa de Noé também decidiu agir. Nós não reagimos como a esposa de Jó que era reclamona e rixosa mas reagimos como Deus quis que reagíssemos - nos esforçando para estarmos no centro da Sua vontade.
  • 10. A esposa de Noé creu na profecia. Ela creu no que Deus disse a seu esposo. Ela creu que toda a humanidade iria perecer sob as águas do dilúvio. O coração desta mulher de Deus, certamente, estava preocupado não apenas com a morte de todas aquelas pessoas que ela conhecia mas também com a vida e alma de seus filhos e noras. Como mãe amorosa ela deve ter falado do amor de Deus e da promessa de salvação. Ela amava seu esposo, seus filhos, suas noras e, principalmente, o Senhor. Por isso podemos fechar nossos olhos e imaginar o que ela fazia enquanto Noé, Sem, Cão e Jafé construíam a arca. Podemos imaginar e dizer que ... 1- Ela orava. Ela pedia a Deus para conservá-los obedientes a Seus (do Senhor) planos; para não desanimarem; não duvidarem, em nenhum momento, da profecia. Como uma mulher de Deus, ela também orava pela humanidade pecadora que estava prestes a receber o castigo por causa da sua iniqüidade. E você, irmã, assim como a esposa de Noé, ora por seu marido, pela vida espiritual dele, por seu trabalho secular ...? Você ora por seus filhos? Ora pela salvação deles? Você tem um peso em seu coração pelas almas que estão caminhando para o inferno? Você tem falado à sua família, seus amigos, seus vizinhos do amor de Jesus que veio ao mundo para morrer por você e por eles para dar a todos a vida eterna? Este é um assunto que deve ser encarado com muita seriedade, pois o inferno existe e é real. 2- Ela exortava. Provavelmente, houve momentos de desânimo na vida de Noé e de seus filhos. Mas, certamente, ela estava sempre ali de joelhos orando e mostrando a eles o amor de Deus em suas vidas. Ela os exortava e animava. Ela os encorajava a serem fiéis e obedientes ao Senhor, pois era isto que Deus esperava deles. A mulher de Noé, provavelmente, era a mulher que a Bíblia diz em Provérbios 31:10: "Mulher virtuosa quem a achará?" E você, minha irmã, sempre encoraja seu marido? Você o encoraja em seus planos (nos dele), mesmo que não sejam os seus? E você faz isso de coração ou apenas para, aparentemente, ser uma esposa submissa? Não estou dizendo que é fácil ser submissa, nem que é fácil seguir os planos do marido quando eles não são os mesmos planos meus. Mas de uma coisa estou certa: se eu colocar os meus joelhos no chão e pedir ao Senhor que mude o meu coração para um coração submisso, para um coração que se submete com alegria, com certeza, Ele vai me atender. E é aí quando estarei fazendo a vontade do Senhor e lutando pra ter um lar feliz junto com meu marido e com nossos filhos. 3- Ela ajudava. Podemos imaginá-la cozinhando e preparando a refeição para levar até onde eles estavam trabalhando, construindo a arca. Podemos imaginá-la cuidando da casa, dos animais, da plantação (provavelmente, junto com suas noras), enquanto eles estavam no trabalho que o Senhor lhes pediu para fazer. E você, amada irmã, é aquela "ajudadora idônea" (Gênesis 2:18) do seu marido? Ou você vive atrapalhando-o, não deixando ele ter tempo para trabalhar para o Senhor? Lembro-me de ter lido em algum lugar que havia uma esposa que vivia revoltada com seu marido por ele , de vez em quando, pedir a ela para trazer um chá para ele. O escritório dele era no primeiro andar da casa e a cozinha no térreo. Ela reclamava, reclamava, reclamava ... mas ele não dava ouvidos às reclamações da sua mulher que pode ser comparada a de Provérbios 21:19: "É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça." Mas, apesar de estar agindo rixosamente, ela era uma mulher
  • 11. de Deus e era, verdadeiramente, uma crente no Senhor. Então, ela decidiu por algo que deixava seu coração cheio de amor todas a vezes que seu marido pedia o tão polêmico chá - agora, ela levava o chá, não para seu marido mas para o Senhor. Ela fazia de conta que era para Deus que ela estava fazendo o chá. A Bíblia nos diz em Provérbios 21:1... "Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer." Meditando neste versículo, cheguei a conclusão de que o bom mesmo é pedir a Deus que Ele mude o meu coração assim como Ele muda o coração do rei e o inclina a todo o seu querer. Assim, posso ser uma ajudadora do meu marido fazendo o que ele me pede com amor para ele mesmo. Quando o Senhor colocar no coração do seu marido o desejo de obedecê-Lo em algo que Ele (o Senhor) tem preparado para ele (seu marido), não seja uma pedra de tropeço mas diga: "O que posso fazer para ajudá-lo a obedecer ao Senhor?" Seja uma esposa dócil e cooperadora, pois a bênção sempre vem depois da obediência. A esposa de Noé, por causa da sua obediência e fé foi abençoada juntamente com seu esposo, filhos e noras. Tudo que vimos até agora, não podemos afirmar que realmente aconteceu. A Bíblia nada diz a respeito desta mulher. A Bíblia não diz qual foi a sua reação quanto a todos estes acontecimentos. Não sabemos se ela foi obediente ao Senhor do princípio até ao fim. Tudo o que vimos são apenas suposições. Mas quando a Bíblia nos diz: "E no mesmo dia entraram na arca Noé, seus filhos Sem, Cão e Jafé, sua mulher e as mulheres de seus filhos" (Gênesis 7:13), temos certeza que ela entrou na arca. E, quando a Bíblia, novamente, nos diz: "Então falou Deus a Noé dizendo: Sai da arca, tu com tua mulher, e teus filhos e as mulheres de teus filhos" (Gênesis 8:15-16), então temos certeza que ela e seu esposo, os seus filhos e suas esposas saíram da arca. A Bíblia ainda nos diz que "... edificou Noé um altar ao Senhor; e tomou de todo o animal limpo e de toda a ave limpa, e ofereceu holocausto sobre o altar. E o Senhor sentiu o suave cheiro ...". E Deus abençoou esta família e mandou que eles frutificassem, multiplicassem e enchessem a terra. Que eu e você, irmã, independente de como foi a esposa de Noé, possamos ser mulheres fortes, obedientes, corajosas, ajudadoras e mulheres de fé. Que o Senhor nos ajude nesta batalha. Sara A Mulher De Formosa Aparência "Pela fé também a mesma Sara recebeu a virtude de conceber, e deu à luz já fora da idade; porquanto teve por fiel aquele que lho tinha prometido" (Hebreus 11:11). 1- Primeiro Passos Rumo À Canaã Não foi fácil para Sara, esposa de Abraão, esperar o cumprimento das promessas de Deus. O Senhor fez promessas importantes a seu marido e, pela fé, eles tiveram que abandonar tudo - sua terra, seus familiares, a casa do pai - e seguir para uma terra que o Senhor lhes prometeu.
  • 12. O Senhor disse a Abraão: "... Sai-te da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai, para a terra que Eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção" (Gênesis 12:1-2). Não foi fácil para eles e não é fácil para nós quando Deus nos manda fazer algo que vai mudar, completamente, a nossa maneira de viver. É difícil visualizar o que Deus está planejando para nós, pois, como diz Twila Paris: "Como seres humanos, não somos capazes de ter a visão completa das coisas. Mas o Senhor tem essa capacidade, e Ele está fazendo a obra à Sua maneira e no Seu tempo." Sara tinha a sua vida calma, tranqüila, juntamente, com seu marido na cidade de Ur dos caldeus. Agora, tudo iria mudar. A sua vida iria dar uma reviravolta sem igual! Ela iria para uma terra que não conhecia e que Deus disse: "... para a terra que te mostrarei." Certamente, foi difícil para Sara deixar a bela cidade de Ur que ficava às margens do rio Eufrate. Mas, por amor a seu esposo e, principalmente, por amor a Deus, ela partiu decidida no seu coração, de olhar para a frente e confiar nas bênçãos que Deus tinha já, de antemão, preparado para eles. Assim como Sara, devemos confiar no Deus que cuida de nós, que nos ama e tem preparado o melhor para as nossas vidas. Como filhas que desejam se tornar "a menina dos olhos do Senhor", devemos, assim como Sara, olhar para a frente, aceitar os Seus planos para nossa vida sem reclamar, sem exigir dEle, pois a Bíblia nos diz que devemos fazer "todas a coisas sem murmurações nem contendas" (Filipenses 2:14). Mesmo que estejamos vendo coisas ruins naquilo que Deus tem de bom para nós, devemos confiar nEle. Ele é o Deus Todo Poderoso que está no controle de tudo, é Ele que sabe o que é melhor para nós, é Ele que está caminhando lado a lado conosco, não nos deixando tropeçar se, pela fé, entregarmos tudo em Suas mãos. Ele é o que vai encher o nosso coração de alegria, júbilo e ardente confiança. Devemos ser agradecidos a Ele por causa da Sua fidelidade, do cumprimento das Suas promessas e por Seu amor por nós fazendo tudo segundo a Sua vontade. 2. Mulher de Formosa Aparência Porém Leal e Correta Vários são os conselhos que a Palavra de Deus nos dá sobre beleza. Em Provérbios 31:30, ela diz: "Enganosa é a beleza e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa sim será louvada." Outro conselho encontramos em Provérbios 6:25: "Não cobices no teu coração a sua formosura, nem te prendas aos seus olhos." Nós mulheres, que tanto nos preocupamos com a beleza física (na verdade, não vejo nada de errado nisso, pois somos o templo do Espírito Santo e temos que cuidar do nosso corpo mas... sem exagero) precisamos não esquecer de que o que, realmente, tem valor para Deus é a beleza interior. A Bíblia nos diz, em Gênesis 12:11, que Sara era mulher formosa à vista. Mas ela, além de ter a beleza física ela também tinha um espírito muito bonito, pois era leal, correta, submissa a seu esposo. Esta obediência rendeu-lhe, em alguma ocasiões, momentos de sofrimento e desesperança. Em determinado momento, Abraão e Sara tiveram que se mudar para o Egito por causa da vida difícil que estavam levando. Abraão, porém, sabendo que sua vida corria perigo, pois faraó, com certeza, iria achar Sara muito bonita, combinou com ela dizer que era sua irmã. Na verdade, ela era meio irmã, pois era filha do mesmo pai. Esta sua decisão trouxe grande sofrimento para Sara. Ele disse: "... Ora, bem
  • 13. sei que és mulher formosa à vista; E será que, quando os egípcios te virem, dirão: Esta é sua mulher? E matar-me-ão a mim, e a ti te guardarão em vida. Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti" (Gênesis 12:11-13). Sara obedeceu e neste seu ato de obediência vemos duas características difíceis de serem encontradas, hoje em dia, nas mulheres que lutam por seus direitos de igualdade com os homens. Elas são: submissão e fé em Deus. a. Submissão - Sara foi, realmente, uma mulher submissa e por isso Deus cuidou dela e a abençoou. Você é uma mulher submissa a seu esposo assim como foi Sara? Ou... você é uma mulher insubmissa e por muito menos deixa de receber as bênçãos que Deus teria para você? Irmã, trabalhemos mais o nosso interior procurando obedecer ao que Deus nos manda na Sua palavra, não apenas nos submetendo a nosso marido mas lendo a Bíblia, diariamente, orando ao Senhor e derramando no Seu altar nossos agradecimentos e pedidos, tendo um grande pesar em nossos corações pelas almas perdidas, sendo sensível às necessidades do nosso próximo, amando e criando nossos filhos na admoestação do Senhor. Deixe que seu interior seja uma luz que brilha neste mundo cheio de trevas. Deixe que seu interior mostre ao mundo que o Deus que você aceitou é um Deus de amor, um Deus que sacrificou Seu próprio Filho para nos dar a vida eterna. b. Fé em Deus Por causa da sua beleza, Sara foi desejada por faraó que a colocou como mais uma no seu harém. Sara sofreu, pensou que talvez nunca mais visse Abraão, mas por causa de sua grande fé, esperou que o Senhor agisse. No Salmo 27:14 a Bíblia nos diz: "Espera no Senhor, anima-te, e Ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor." Em Isaías 40:31, lemos: "Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão." E foi, exatamente, isto que Sara fez. Ela repousou no Senhor e saiu vitoriosa. Quando esperamos no Senhor, sentimos a Sua paz e conforto no coração. Esperamos nEle com fé e, com certeza, seremos abençoadas. O mesmo Deus que livrou Sara das mãos de faraó é o nosso Deus que nos livrará e estará conosco nos momentos que precisarmos dEle. E, com fé em nosso coração, não esqueçamos, irmãs, de enfeitar o nosso interior com um "espírito manso e quieto que é precioso diante de Deus" (1 Pedro 3:4). 3. Tentativa de Sara de Ajudar Deus Deus havia prometido a Abraão que ele teria um filho com Sara. Muitos anos se passaram e ela começando a ficar impaciente, decidiu dar uma mãozinha a Deus. Como era comum, naquela época, uma serva poderia se deitar com seu patrão se sua esposa não pudesse lhe dar um filho. Sara, então, deu permissão a Agar, sua serva egípcia, para dormir com Abraão, seu esposo. Sua escrava teria o filho prometido que ela não poderia dar a ele. Este filho seria o filho da promessa e o filho que só provocou discórdia entre Sara e Agar. Mesmo tendo Sara agido de maneira errada, Deus lhe deu o filho que Ele havia prometido. Ismael, filho de Agar com Abraão, já havia nascido quando nasceu Isaque, o verdadeiro filho da promessa.
  • 14. A ajuda que Sara quis dar a Deus só causou muita angústia e sofrimento futuro, pois os conflitos que existem, hoje em dia, entre árabes e judeus são devido a este ato impensado de Sara ao permitir que sua escrava se deitasse com Abraão. Ela esqueceu o que Deus havia dito a seu esposo. Vamos ver Gênesis 17:15-16: "Disse Deus mais a Abraão: A Sarai tua mulher não chamarás mais pelo nome de Sarai, mas Sara será o seu nome. Porque Eu a hei de abençoar, e te darei dela um filho; e a abençoarei, e será mãe das nações; reis de povos sairão dela." Sara, cujo nome significa "princesa", foi um exemplo de mulher submissa, leal, temente a Deus e cuja fé a colocou na galeria dos heróis da fé encontrada em Hebreus 11. 4. Oração "Senhor Deus e Pai, quero colocar em Tuas mãos a minha vida. Que eu possa confiar em Ti, sentindo em meu coração os planos que tens para mim. Que eu seja sensível à voz do Teu Espírito para que, assim, eu aceite com alegria o que tens preparado para mim. Que não duvide, mas creia, que tens ainda muitos planos para minha vida e que eu possa aceitá-los com o coração cheio de alegria. Que as pessoas ao meu redor possam ver em minha face o riso que colocaste dentro de minha alma. Obrigada, Senhor! Amém! A Filha De Jefté - A Que Amou A Deus Acima Da Própria Vida "E ela lhe disse: Meu pai, tu deste a palavra ao Senhor, faze de mim conforme o que prometeste... (Juízes 11:36) A Bíblia não menciona o nome da filha de Jefté mas podemos ver que a sua fé, o seu amor e dedicação ao Senhor nos mostra que sua confiança no Senhor estava acima de todo e qualquer medo; a sua confiança a deixava forte sabendo que o seu Deus era Senhor da situação; a sua confiança era cheia da fé que agradava a Deus. Como o Senhor deve ter-se orgulhado desta jovem que preferiu morrer a desfazer o voto que seu pai fizera a Ele. Como seu pai deve ter-se orgulhado dela, filha única e tão querida, ao vê-la enfrentar a morte com coragem a fim de que ele não deixasse de cumprir o que havia prometido ao Senhor. Ele prometeu a Deus que ofereceria em holocausto o primeiro que saísse para falar com ele na sua volta para casa. Ah, irmã, não sei qual seria a minha reação diante de tamanha decisão. Nunca cheguei a passar por tão grande sofrimento mas de uma coisa tenho certeza: o meu Deus, o meu Senhor e Salvador Jesus Cristo, estaria junto a mim neste momento tão difícil! Ele estaria me fortalecendo e me dando sabedoria para fazer a decisão que agradaria a Ele. Apesar de ser filho de uma prostituta com Gileade, Jefté foi o nono juiz de Israel. Se lermos Hebreus 11:32 vemos que a Bíblia nos diz que ele foi um homem que venceu reinos e praticou a justiça. Ele amava e era fiel ao Senhor. Sendo visitado pelo Espírito Santo, ele "fez um voto ao Senhor, e disse: Se totalmente deres os filhos de Amom nas minhas mãos, aquilo que, saindo da porta de minha casa,
  • 15. me sair ao encontro, voltando eu dos filhos de Amom em paz, isso será do Senhor, e o oferecerei em holocausto." (Juízes 11:30-31) Irmã, devemos confiar que o Senhor não tem prazer no mal e Ele, como um Deus onisciente, sabe o que é melhor para Seus filhos. Concordo com Elisabeth Elliot quando ela diz: "Nosso Deus e Pai é amor em Sua essência e, portanto, não é capaz de desejar para seu filho senão o melhor. Ele tem toda a sabedoria e sabe exatamente o que é melhor. Ele é Todo-poderoso e pode nos dar o que quiser" como também tirar o que quiser, pois Ele sabe o que é bom para nós. Mas por que estou dizendo tudo isto? Quando Jefté fez esta promessa ao Senhor, ele jamais imaginou que quem iria sair para recebê-lo seria a sua filha, a sua única e amada filha. Sim, ela correu para abraçá-lo, ela correu para receber a triste notícia da promessa que seu pai havia feito ao Senhor. A reação de Jefté foi completamente diferente da reação de sua filha. Ele ... "rasgou as vestes e disse: Ah! filha minha, muito me abateste, e estás entre os que me turbam! Porque eu abri a minha boca ao Senhor, e não tornarei atrás." (Juízes 11:35). Ela ... "lhe disse: Meu pai, tu deste a palavra ao Senhor, faze de mim conforme o que prometeste..." (Juízes 11:36) Daí, tiramos uma lição preciosa: se seguirmos o que a Palavra de Deus nos ensina, os nossos filhos serão salvos e passarão a eternidade no céu, junto ao Senhor. Imagine se este pai não tivesse... 1) testemunhado do Senhor através da sua vida! Certamente, sua filha não estaria usufruindo das maravilhas que o Senhor havia preparado para ela. Provérbios 23:26 diz: "Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observam os meus caminhos." Isto Jefté fez. 2) criado sua filha na doutrina e admoestação do Senhor. Ela, certamente, não estaria usufruindo das maravilhas que o Senhor havia preparado para ela. Efésios 6:4 diz: "E vós, pais, não provoqueis à ira vossos filhos, mas criai-vos na doutrina e admoestação do Senhor." Isto Jefté fez. 3) falado do Senhor à sua filha. Certamente, ela não estaria usufruindo das maravilhas que o Senhor havia preparado para ela. Deuteronômio 6:6-7 diz: "E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa , e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando." Isto Jafté fez. Estes são os passos que nós devemos seguir para termos a certeza de que, um dia, nossos filhos estarão conosco no céu, com o Senhor, por toda a eternidade. "Senhor, obrigada pelo presente de poder ser mãe de cinco filhos maravilhosos! Obrigada, Senhor, porque colocaste em meu coração o desejo de andar nos Teus caminhos, sendo exemplo de uma verdadeira crente para meus filhos! Obrigada, Senhor, porque colocaste em meu coração 'paciência' para, todos os dias, ler a Tua Palavra para eles, falar do Teu amor a eles e orar junto com eles! Obrigada, Senhor, porque segui os Teus ensinamentos e como discipliná-los! Obrigada porque abriste cada coraçãozinho a fim de que eles entendessem o Teu grande amor enviando o Teu Filho unigênito, Jesus, para morrer no lugar de cada um deles. Obrigada, Pai, pela salvação que deste a meus filhos! Obrigada pelo privilégio de ter meu filho Mauro junto a Ti.
  • 16. Obrigada, Senhor, e receba a gratidão de uma mãe saudosa mas confiante de que, um dia, estaremos todos juntos Te louvando e Te adorando. Amém! A filha de Jefté está hoje no céu, graças a Jesus que morreu em seu lugar e graças a fidelidade de um pai que não mediu esforços para falar do amor de Deus a ela. Irmã, você deve olhar para o exemplo de Jefté que mostrou a sua filha que o Deus que ele aceitou era bom e amoroso e isto ele fazia através do exemplo de vida que ele dava. Nunca esqueça de que a alma do seu filho pode estar em suas mãos. Nunca esqueça de ter tempo para seu filho, de orar por ele, de orar com ele, de amá-lo e de falar do Senhor "... assentado em tua casa e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te." (Deuteronômio 6:7) A Mulher Cananéia- Humilde E Cheia De Fé "Ó mulher, grande é a tua fé! Seja isso feito para contigo como tu desejas" (Mateus 15:28). A mulher cananéia era gentia e, por não fazer parte da raça judaica, era considerada uma mulher sem nenhum valor. Quando lemos a sua história e olhamos para nós mesmas, sentimos vontade de ser como ela ... uma mulher humilde e cheia de fé. Muitas vezes, vivemos o nosso dia a dia caminhando de salto alto sobre um pedestal nos achando maior e melhor do que os outros. Mas é bom lembrar que, aqui na terra, somos apenas servos trabalhando para o Senhor. Devemos descer do alto da montanha onde nos encontramos e sermos humildes como a mulher cananéia, pois esta é a atitude que agrada a Deus. Quando, então, eu decidir agradar ao Senhor sendo uma serva humilde, perguntas certamente surgirão diante de mim ... a- Como trato as pessoas que moram comigo? Com ar superior ou com humildade? b- Como me relaciono com as pessoas que estão em uma reunião comigo? Querendo que todos me ouçam e sigam as minhas opiniões ou, humildemente, ouvindo e seguindo as opiniões dos outros? c- Como me posiciono diante dos irmãos que estão comigo no mesmo ministério? Querendo que todos sigam única e exclusivamente as minhas decisões ou declino das minhas e aceito também as dos outros com humildade? Como uma serva de Deus tenho que evitar ser uma pedra de tropeço ou mesmo um fardo que as pessoas têm que carregar. Que eu seja uma mulher dócil, meiga e humilde, pois estas qualidades são tudo que uma mulher de Deus deveria almejar em sua vida. Se, pelo menos, estamos nos esforçando para termos estes atributos, então enchamos o nosso coração e o nosso espírito com os conselhos sábios da Palavra de Deus ... "Ainda que o Senhor é excelso, atenta todavia para o humilde; mas ao soberbo conhece-o de longe" (Salmo 138:6). "Melhor é ser humilde de espírito com os mansos, do que repartir o despojo com os soberbos" (Provérbios 16:19).
  • 17. "O galardão da humildade e o temor do Senhor são riquezas, honra e vida" (Provérbios 22:4). Agradecemos ao Senhor por estes versículos cheios de sabedoria! A mulher cananéia não era judia mas tinha qualidades em sua vida que agradavam a Deus. Ela era humilde, uma boa mãe mas passava por tribulações que a faziam sofrer muito. Sua filha vivia possuída por um demônio que a atormentava muito. A filha sofria muito mas ela, certamente, sofria muito mais. Quando nosso filho está passando por momentos de tribulação ... seja na saúde, nos estudos, no namoro, na vida espiritual ... nós estamos, juntamente com ele, sofrendo e pedindo a Deus que o ajude a superar estes momentos difíceis. Esta pobre mulher cananéia não sabia mais o que fazer quando via a sua amada filha descabelada, com o rosto desfigurado, talvez com grunhidos estranhos e risadas. A cena era aterradora e o sofrimento de ambas era sem igual! A Bíblia nos diz que ela "... ouvindo falar dele [de Jesus], foi e lançou-se aos Seus pés" (Marcos 7:25). Já podemos notar aí os primeiros sinais de humildade, pois ela não veio fazer um pedido com um espírito altivo mas "lançou-se a Seus pés". Lembremos que ela não era uma mulher judia mas uma mulher "... grega, siro-fenícia de nação". Podemos imaginar ela rogando a Jesus ... "Senhor, cura a minha filha, pois ela anda atormentada com um demônio! Tem misericórdia dela, Senhor!" E Jesus lhe respondeu assim: "Deixa primeiro saciar os filhos; porque não convém tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos" (Marcos 7:27). Muitas vezes, eu fico pensando: "Por que Jesus deu a esta pobre mulher uma resposta tão dura?" Vejam este comentário que li certa vez sobre esta passagem ... "A resposta dEle parecerá menos rude quando se sabe que o termo que Jesus usa neste trecho para "cachorrinhos" não era aquele termo irônico que os judeus geralmente reservavam para os gentios. Pelo contrário, era o termo usado para cãezinhos de estimação" Com um espírito de mansidão e humildade no coração, ela responde ao Senhor com palavras sábias e doces ... "Sim, Senhor; mas também os cachorrinhos comem, debaixo da mesa, as migalhas dos filhos" (Marcos 7:28). Que resposta sábia! Que fé! O Senhor Jesus foi, então, tocado pelo amor de uma mãe desesperada, pela sabedoria de uma mulher virtuosa e pela fé de uma mulher segundo o coração de Deus. Provérbios 31:10-11 poderia ser dito assim: "Mulher [cananéia] quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis. O coração de [sua filha] está nela confiado." É este tipo de mulher virtuosa, humilde e cheia de fé que eu e você deveríamos almejar ser, um dia. Não apenas a mulher cananéia mas também outras mulheres da Bíblia nos deixaram este exemplo de humildade ... Joana - mulher rica que desceu da sua alta posição social para andar junto a Jesus e seus discípulos; A mulher pecadora - mulher que, humildemente, cobriu de beijos os pés de Jesus, ungiu- os com o precioso ungüento que ela trouxe em um vaso de alabastro e enxugou-os com seus próprios cabelos.
  • 18. Finalmente, depois de ter proferido palavras que mostraram ao Senhor a sua humildade e fé, ouviu dEle as seguinte palavras: "... Por essa palavra, vai; o demônio já saiu da tua filha" (Marcos 7:29). Com o coração jubiloso e, certamente, muito agradecido, ela voltou para a sua casa agradecida ao Senhor por ter livrado a sua filha da servidão espiritual. Chegando em casa, ela "achou a filha deitada sobre a cama, e que o demônio já tinha saído" (Marcos 7:30). As bênçãos do Senhor sobre nossas vidas são inúmeras e é a Ele, somente a Ele que devemos dar graça! "Obrigada, Pai, pela força que recebo de Jesus a fim de poder enfrentar o meu dia a dia com coragem e fé. Ensina-me a confiar sempre em Ti e no Teu amor! Amém" A Mulher Com Fluxo De Sangue A Que Foi Curada E Salva Pela Fé "Ouvindo falar de Jesus, veio por detrás, entre a multidão, e tocou na Sua veste. Porque dizia: Se tão-somente tocar nas suas vestes, sararei" (Marcos 5:27-28). Fecho os olhos e me imagino na pele daquela mulher que teve doze anos de sua vida sendo repudiada pela família, amigos e por todos aqueles que a conheciam. Não me sentiria bem e não sei como reagiria sabendo que, por causa de um fluxo de sangue, eu seria considerada imunda e qualquer pessoa que tocasse em mim, também seria imunda. Como eu me sentiria junto a meu marido, filhos ... enfim, junto a minha família? A Palavra de Deus em Levítico 15:25-27 nos diz que ... "Também a mulher, quando tiver o fluxo do seu sangue, por muitos dias fora do tempo da sua separação, ou quando tiver fluxo de sangue por mais tempo do que a sua separação, todos os dias do fluxo da sua imundícia será imunda, como nos dias da sua separação. Toda a cama, sobre que se deitar todos os dias do seu fluxo, ser-lhe-á como a cama da sua separação; e toda a coisa, sobre que se assentar, será imunda, conforme a imundícia da sua separação. E qualquer que a tocar será imundo; portanto lavará as suas vestes, e se banhará com água, e será imundo até à tarde." O povo judeu obedecia com toda a reverência a Palavra de Deus e por isso essa mulher era considerada imunda por todo esse tempo. Era mais comum a mulher ser considerada impura por apenas sete dias - tempo necessário para o período menstrual. Levítico 15:19 fala, exatamente, sobre isto ... "Mas a mulher, quando tiver fluxo, e o seu fluxo de sangue estiver na sua carne, estará sete dias na sua separação, e qualquer que a tocar, será imundo até à tarde." Com esta mulher, a situação era diferente, pois ela tinha o fluxo de sangue há doze anos e ninguém, com certeza, queria ficar junto dela. Ela era imunda, impura e todos se afastavam de sua presença. Não podemos imaginar o tamanho do seu sofrimento, pois, para ela, não havia mais cura para este seu tão grande mal. Hoje, com o avanço da medicina, este seu problema, certamente, seria resolvido, pois ela poderia estar com um tumor fibroso, ou com alguma infecção ou problema hormonal mas, naquela época, muitos médicos trataram dela em vão. Podemos ler, no evangelho de Marcos 5:26a, que ela "... havia padecido muito com muitos médicos" e além de tudo, ela havia "despendido tudo quanto tinha" (Marcos 5:26b).
  • 19. Ela era uma mulher assim como eu e você, sujeita a doenças e pronta a gastar e despender tudo com qualquer coisa necessária para obter a cura. . Muitas vezes, nos tornamos fracas, desencorajadas porque procuramos resolver tudo com nossas próprias forças. . Muitas vezes, perdemos a esperança porque não entregamos tudo nas mãos de Deus. . Muitas vezes, nos esquecemos de que o nosso Pai Celestial é o médico dos médicos e o Deus dos impossíveis. Ele pode curar as nossas enfermidades quando Ele quiser sem ter que marcarmos dia, nem hora. Esta mulher que tinha o fluxo de sangue por doze anos nos dá um exemplo de fé que deve ser seguido por nós, pois, "... sem fé é impossível agradar-Lhe" (Hebreus 11:6). Quando ela soube que Jesus curava e fazia muitos milagres, seu coração se encheu da certeza de que esta seria a sua chance de cura. A multidão que seguia Jesus era muito grande mas a sua vontade de ficar boa era muito maior. Não importava quantas pessoas ela teria que enfrentar, o importante era que ela tivesse, pelo menos, a chance de tocar nas vestes dEle. O plano para a sua vida já estava traçado. Jesus sabia tudo que estava para acontecer e, de repente, Ele sentiu que ela O tocou. Mas, certamente, para tornar público aquele ato de fé e de coragem, Ele disse: "Quem tocou nas Minhas vestes?" (Marcos 5:30b). Ela, num ato de medo ou reconhecimento, caiu a Seus pés e contou-Lhe sobre os doze anos de sofrimento por causa de uma hemorragia, sua separação dos seus entes queridos e também o dinheiro que gastou com médicos. Foram doze anos de solidão e tremenda aflição. Ela sabia que não deveria tocar em ninguém mas, pela fé ela arriscou ser censurada pelo rabino e por todas aquelas pessoas que seguiam Jesus tocando em Suas vestes. Ele, ternamente, falou com ela. Não a censurou, não a chamou de pecadora mas de filha. Jesus disse-lhe palavras doces que a deixaram feliz ... "Filha, a tua fé te salvou" (Marcos 5:34). Como você se sentiria se ouvisse Jesus lhe chamar de filha e ainda lhe dizer que você estava salva? Amada irmã, três coisas importantes aconteceram na vida desta mulher depois que o Senhor proferiu estas palavras ... 1) Ela foi curada de uma hemorragia que a separava de seus entes queridos e amigos. 2) Ela foi chamada de filha por Jesus, o próprio Deus que a criou. 3) Ela foi salva não apenas pela fé que ela depositou em Jesus mas, principalmente, por Seu grande amor por ela, morrendo na cruz do Calvário no seu lugar Quantas bênçãos ela recebeu em sua vida , de uma só vez! Agora, ela estava curada, tornou-se uma filha de Deus e foi salva para todo o sempre. Foi necessário, somente, um toque amoroso de suas mãos nas vestes de Jesus. O nosso Salvador é Aquele que está sempre conosco nas horas difíceis da nossa vida. É Ele que ... 1- nos cura quando pensamos que não há mais nada a ser feito; 2- nos sustenta quando estamos prestes a cair; 3- nos carrega em Seus braços amorosos quando nos encontramos prostrados; 4- acalma nossos corações quando nos encontramos aflitas;
  • 20. 5- em Sua Palavra, nos diz 365 vezes "Não temas!"; 6- nos perdoa quando nos sentimos, completamente, perdidas por causa dos nossos pecados; 7- nos consola quando perdemos um ente querido e a dor é insuportável; 8- nos dá a paz mesmo quando estamos no "vale da sombra da morte". 9- firma os nossos pés na Rocha eterna; 10- nos pode dizer ... "Filha, a tua fé te salvou." "Obrigada, Pai, por cada detalhe da minha vida que Tu cuidas! Obrigada, porque somente Tu podes sondar meu coração e me embalar quando estou necessitando de Ti! Obrigada, porque somente Tu conheces meus pensamentos e diriges os meus passos para que eu não tropece e caia! Obrigada por esta mulher que colocaste na Bíblia e que serviu de exemplo de fé para a minha vida! Aumenta a minha fé, Senhor, para que com ela, eu possa agradar-Te! Por favor, Senhor, cura todas as minhas enfermidades, tanto as físicas como as espirituais! Deixa-me tocar em Ti naqueles momentos em que estou lendo a Tua Palavra. Deixa-me tocar em Ti enquanto derramo no Teu altar as minhas preocupações, rancores, ansiedades... Amém!" Ah, amada irmã, como devemos ser sempre mulheres agradecidas a Deus! Ele, na Sua Palavra, faz-nos promessas maravilhosas, promessas de um verdadeiro Pai amoroso. Dentre tantas promessas, Ele promete nos curar assim como curou a mulher que tinha hemorragia. Vamos nos deleitar nas doces palavras do nosso Deus? "E disse: Se ouvires atento a voz do Senhor teu Deus, e fizeres o que é reto diante de Seus olhos, e inclinares os teus ouvidos aos Seus mandamentos, e guardares todos os Seus estatutos, nenhuma das enfermidades porei sobre ti, que pus sobre o Egito; porque Eu sou o Senhor que te sara" (Êxodo 15:26). Obrigada, Pai! "Senhor meu Deus, clamei a Ti, e Tu me saraste" (Salmo 30:2). Obrigada, Senhor! "Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o Seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios. Ele é O que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades. Que redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e misericórdia" (Salmos 103:1-4). Obrigada, meu Deus, pela Tua bondade e misericórdia! Como é bom saber que o Senhor me ama e se importa comigo! Que possamos usufruir deste amor com muita fé e com um espírito agradecido e confiante A Mulher Sunamita - Piedosa, Bondosa E... Hospitaleira "Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu" (Heb 10:23). "Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e o
  • 21. Deus de toda a consolação: Que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, com a consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus" (2Co 1:3-4). Vamos, hoje, conhecer uma mulher cujo nome não sabemos. A Bíblia nos diz que ela morava em Suném e era uma mulher importante. Para Deus, ela não só era importante mas era uma mulher de coração dócil e sensível. Ao ver que Eliseu, o profeta de Deus, passava sempre por sua cidade, ela abriu as portas de sua casa e seu coração para acolhê-lo. Esta sua atitude mostrou o quanto ela amava e era sensível aos que estavam precisando dela, o quanto ela era hospitaleira, qualidade difícil de se encontrar, hoje em dia. Esta mulher, conhecida como Sunamita, tem, com certeza, o seu nome na lista de mulheres hospitaleiras. E você, irmã, quer ter este mesmo espírito hospitaleiro da Sunamita? O mesmo espírito hospitaleiro de Marta e Maria, que hospedaram Jesus e os apóstolos? O mesmo espírito hospitaleiro da viúva de Sarepta que ofereceu a última porção de comida que tinha ao profeta Elias? Então, peça ao Senhor para transformá-la numa mulher cujo espírito seja sensível às necessidades do próximo. Eu e você temos que querer esta transformação, temos que querer ter o coração aberto, que goste de ajudar aqueles que estão precisando de nós, temos que querer ser aquela mulher que percebe e é sensível às necessidades das pessoas. Devemos querer ser uma mulher segundo o coração de Deus... 1- que tem a alma aberta às necessidades daqueles que o Senhor coloca diante dela; 2- que enxerga, de longe, os que estão precisando dela; 3- que ajuda com docilidade, amabilidade aqueles que estão necessitando dela; 4- que mesmo tendo pouco, não mede esforços em dividir o que tem com aqueles que estão precisando dela; 5- que está sempre pronta para ajudar o seu próximo; 6- que sempre tem força e coragem para ajudar os necessitados. Estes e tantos outros atributos faziam parte da vida desta mulher Sunamita, que era um exemplo de hospitalidade, de bondade, de coração piedoso e contente. Irmã, se Jesus deixou a Sua glória para se tornar homem e servir, lavando os pés daqueles que Ele mesmo criou, os apóstolos, por que eu não posso deixar o meu conforto e me dispor a ajudar as pessoas que estão precisando de mim? Se a viúva de Sarepta deixou de lado o seu egoísmo e dividiu com o Elias, o profeta do Senhor, o pouco que tinha de farinha e de azeite, por que eu não posso também dividir com quem está precisando a porção que o Senhor me dá, a cada dia? Se Abraão preparou uma refeição tão suntuosa e ofereceu a três estranhos (Gên 18) que foram até a sua casa, por que eu não posso oferecer um almoço a um pastor ou missionário que está visitando a minha igreja? Amada irmã, ao lermos a Palavra de Deus, podemos encontrar dezenas de mulheres e homens de Deus que são exemplos de hospitalidade para nós que queremos seguir os seus passos e queremos principalmente agradar ao Senhor sendo mulheres dóceis e hospitaleiras. Agradar ao Senhor é o que mais desejo em minha vida. No entanto, muitas vezes, não consigo atingir o meu objetivo porque dou lugar à natureza velha que ainda habita em mim. É quando, então, percebo que devo orar mais, ler mais a Palavra de Deus e procurar seguir o que Ele me ensina. A Bíblia me diz que devo orar não só por mim mas também por você a fim de que "... possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-Lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento
  • 22. de Deus" (Col 1:10). Eliseu se sentia confortável ao se hospedar no quarto que a Sunamita havia pedido ao marido para construir especialmente para ele. Por causa da generosidade e da hospitalidade desta mulher de Deus é que tornou-se um hábito para Eliseu parar na casa dela. irmã, gostaria de fazer-lhe duas perguntas que poderão medir o seu grau de mulher hospitaleira: 1- "Você já foi hospitaleira numa ocasião difícil ou inconvenientemente? 2- Ou só quando isso se ajustava a seu programa?" ('Elas' de Ann Spangler e Jean Syswerda) Hebreus 13:2 nos exorta a sermos hospitaleiras. Veja o que esta carta nos diz: "Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos." Quando estamos no centro da vontade de Deus, obedecendo à Sua voz, certamente, bênçãos virão sobre a nossa vida. Isto foi o que aconteceu com a mulher Sunamita. A Bíblia nos diz que o profeta Eliseu recolheu-se ao seu quarto e se deitou. Conversando com o seu servo Geazi, ele pediu que chamasse a mulher Sunamita. Ela veio e, ao chegar junto ao profeta, ela ouviu dele o seguinte: "... A este tempo determinado, segundo o tempo da vida, abraçarás um filho" (2Re 4:16a). A mulher Sunamita, com certeza, gostaria de ter um filho mas ela estava com medo de que toda aquela promessa fosse apenas um sonho e não uma realidade. Mas a concretização da promessa aconteceu exatamente no tempo determinado, como disse a Palavra de Deus em 2Re 4:17. Vejam que presente maravilhoso - um filho! Somente nós que já somos mães sabemos que um filho é a maior dádiva que recebemos do Senhor, depois da salvação. É um presente que teremos conosco até o momento que bem aprouver ao Senhor, pois um filho, na verdade, não é propriedade nossa mas um ser que Deus colocou em nossas mãos para educá-lo, para falar das maravilhas do Senhor, do Seu plano de salvação e para amá-lo, amá-lo e amá-lo. Às vezes, Deus decide levar nosso filho para junto dEle e nós ficamos tristes, chorosas e com muita saudade. Isto aconteceu comigo - o Senhor decidiu levar o meu filho Mauro - 27 anos, filho amado e mui querido - para junto dEle. Isto também aconteceu com a mulher Sunamita - o Senhor decidiu levar o filhinho dela. Posso imaginar o seu desespero e a sua decisão de ir até Eliseu contar o ocorrido. Em 2Re 4:28-36, podemos ver tudo o que aconteceu: "E disse ela: Pedi eu a meu senhor algum filho? Não disse eu: Não me enganes? E ele disse a Geazi: Cinge os teus lombos, toma o meu bordão na tua mão, e vai; se encontrares alguém não o saúdes, e se alguém te saudar, não lhe respondas; e põe o meu bordão sobre o rosto do menino. Porém disse a mãe do menino: Vive o Senhor, e vive a tua alma, que não te hei de deixar. Então ele se levantou, e a seguiu. E Geazi passou adiante deles, e pôs o bordão sobre o rosto do menino; porém não havia nele voz nem sentido; e voltou a encontrar-se com ele, e lhe trouxe aviso, dizendo: O menino não despertou. E, chegando Eliseu àquela casa, eis que o menino jazia morto sobre a sua cama. Então entrou ele, e fechou a porta sobre eles ambos, e orou ao Senhor. E subiu à cama e deitou-se sobre o menino, e, pondo a sua boca sobre a boca dele, e os seus olhos sobre os olhos dele, e as suas mãos sobre as mãos dele, se estendeu sobre ele; e a carne do menino aqueceu. Depois desceu, e andou naquela casa de uma parte para a outra, e tornou a subir, e se
  • 23. estendeu sobre ele, então o menino espirrou sete vezes, e abriu os olhos. Então chamou a Geazi, e disse: Chama esta sunamita. E chamou-a, e veio a ele. E disse ele: Toma o teu filho." Comigo não aconteceu o mesmo. Não tive o privilégio de ter o profeta de Deus, Eliseu, em minha casa, nem tive o privilégio de ter o meu filho de volta mas de uma coisa tenho certeza: O Senhor não erra! Ele nunca falha! E, apesar da saudade que tenho dele, sei que não existe maior privilégio do que o privilégio de estar vendo sempre o Senhor Jesus todos os dias por toda a eternidade. "Obrigada, Senhor, pelo presente maravilhoso que Tu nos deste, enviando o Teu Filho unigênito, para morrer em nosso lugar e nos dar a vida eterna. Obrigada porque sei que meu filho, que eu tanto amo, está ao Teu lado para todo o sempre. Em breve, estarei junto a Ti e junto a ele. As lágrimas não mais existirão, pois Tu mesmo as enxugarás para sempre. Amém! Baseado em Números 23:19 que diz que "Deus não é homem, para que minta; nem filho do homem, para que se arrependa; porventura diria ele, e não o faria? Ou falaria, e não o confirmaria?", e conhecendo os tanto atributos de Deus, vemos que se Ele disse que ela teria um filho, com certeza, este filho viveria. Amada irmã, eleve o seu coração ao Senhor e peça que Ele a transforme numa mulher hospitaleira. Que Ele mude o seu coração e a transforme numa mulher sensível às necessidades dos outros e - este é o passo mais difícil - que Ele coloque diante de você oportunidades que a possibilitem de cuidar de pessoas que estão precisando de seus cuidados. Ore mais ou menos assim: "Pai, muda o meu coração! Transforma-me numa mulher segundo o Teu coração. Coloca diante de mim alguém necessitado para que eu possa demonstrar o amor que tenho recebido e aprendido de Ti. Que eu seja uma mulher sensível ao Teu chamado e que me transforme numa mulher piedosa, bondosa e...hospitaleira, pois Tu me ensinaste na Tua Palavra que eu não deveria me esquecer da hospitalidade "porque por ela alguns, não o sabendo, hospedaram anjos". Amém! A Mãe De Sansão - Esposa De Manoá "E havia um homem ... cujo nome era Manoá; e sua mulher, sendo estéril, não tinha filhos" (Juízes 13:2). Dentre tantas flores do jardim de Deus estão as Rosas, Hortênsias, as Saras, as Anas, as Rebecas e ... aquela linda flor cuja fragrância chega até o Senhor com cheiro suave. É ela a esposa de Manoá. Enquanto tantas flores do jardim de Deus tinham nomes, ela era conhecida apenas como ... a esposa de Manoá. Eu não sei e você também não sabe o nome dela mas o Senhor sabe e a apresenta como uma mulher de valor. Estudando sobre esta flor, bela aos olhos de Deus, descobrimos que seu perfume vem de sua humildade, de sua fé, de seu caráter. A Bíblia nos diz que ela era casada com Manoá, "... homem de Zorá, da tribo de Dã ..." (Juízes 13:2). Assim como Sara, Rebeca, Ana e Isabel, ela também era estéril mas confiava no Deus
  • 24. que ouve e responde orações. A sua vida não foi fácil, pois, em Israel, uma mulher não ter filhos significava que estava em pecado e, por isso, Deus a estava castigando. Muitos a olhavam com um ar de censura e isto deixava a sua alma angustiada. Por causa de tamanho sofrimento que ia além de suas forças, ela se achegou mais ao Senhor. Ela, mais do que nunca, estava precisando da Sua ajuda. Muitas vezes me encontro na mesma situação da esposa de Manoá ... precisando, urgentemente, da ajuda do Senhor. É quando, então, me achego mais a Ele, começo conversar com Ele, apresentando tudo aquilo que está me perturbando com um espírito humilde e de submissão. A esposa de Manoá tinha, diante do Senhor, um espírito humilde que muito O agradava. Quando colocamos, com humildade, a nossa vida no trono de Deus, tudo em nós é transformado e a nossa fé se fortifica. Deus ouviu a oração da esposa de Manoá que com muita fé rogou a Ele que mudasse a sua vida e lhe desse um filho. O Senhor não só a ouviu como procurou dar a ela muitas bênçãos. Juízes 13:3-5 nos mostram de que maneira ela foi abençoada ... "E o anjo do Senhor apareceu a esta mulher, e disse-lhe: Eis que agora és estéril, e nunca tens concebido; porém conceberás, e terás um filho. Agora, pois, guarda-te de beber vinho, ou bebida forte, ou comer coisa imunda. Porque eis que tu conceberás e terás um filho sobre cuja cabeça não passará navalha; porquanto o menino será nazireu de Deus desde o ventre; e ele começará a livrar a Israel da mão dos filisteus." Assim como a esposa de Manoá que, humildemente e com fé, orou ao Senhor fazendo- lhe um pedido que vinha do fundo do seu coração, nós também, com humildade e fé, devemos colocar no altar do Senhor os nossos problemas sabendo que a Sua resposta será o melhor para a nossa vida. Como seria nossa reação diante destas bênçãos que a mulher de Manoá recebeu? 1- Primeiramente, seria um privilégio receber em minha casa o Anjo do Senhor. Esta seria a primeira bênção que eu receberia acompanhada de uma alegria indescritível. 2- Depois, quando o Anjo do Senhor me dissesse que eu teria um filho, com certeza, meu coração exultaria de uma alegria sem igual. Esta seria a segunda bênção. 3- Em seguida, quando Ele me desse algumas instruções que deveriam ser seguidas por mim, eu iria perceber o quanto o Senhor estava se importando comigo. Esta seria a terceira bênção. 4- Finalmente, quando Ele me desse algumas instruções a respeito daquele filhinho que eu tanto almejava, eu iria perceber o quanto Ele estava se importando com ele. Esta seria a quarta bênção. Foi assim que a esposa de Manoá se sentiu. Ela era uma pessoa importante para o Senhor que a estava abençoando por causa da sua forte fé. Ela não fez perguntas, não duvidou de nada mas saiu para contar a seu esposo dizendo: "Um homem de Deus veio a mim, cuja aparência era semelhante de um anjo de Deus, terribilíssima; e não lhe perguntei donde era, nem ele me disse o seu nome. Porém disse-me: Eis que tu conceberás e terás um filho; agora pois, não bebas vinho, nem bebida forte, e não comas
  • 25. coisa imunda; porque o menino será nazireu de Deus, desde o ventre até ao dia da sua morte." Você tem este mesmo sentimento de fé da mulher de Manoá? Você crê na Bíblia e nas palavras do Senhor? Amada irmã, siga os passos da mulher de Manoá que não só amava o Senhor como cria nas Suas palavras e obedecia a Ele. Vejamos o que o Anjo do Senhor disse a ela sobre o seu filho ... 1) Ele seria nazireu desde o seu ventre até o dia que ele morresse. Não podia tomar vinho, nem bebida forte e nem comer coisa imunda. Sabemos que ela foi uma mulher obediente e fez, exatamente, como o anjo lhe disse. 2) Ele iria libertar o povo judeu das mãos dos filisteus. Tudo que aprendemos do Senhor, assim como ela, devemos transmitir a nossos filhos. Coloque a Palavra de Deus em seus corações e peça ao Senhor que, no futuro, Ele os livre das influências do mundo e os firme em Seus caminhos. Devemos amar o nosso Deus e, diariamente, agradecer a Ele as inúmeras bênçãos derramadas em nossas vidas ... Sua proteção e cuidado diário. "Senhor, que o meu caminhar diário chegue a Ti como um perfume suave! Que eu possa ser colocada no meio das flores do Teu jardim e me transformar em uma delas. Amém!" A Bíblia nos diz, em Juízes 13:24, que a mulher de Manoá teve "um filho, a quem pôs o nome de Sansão; e o menino cresceu, e o Senhor o abençoou." Até aqui a conhecíamos como a mulher de Manoá, agora, a chamaremos de mãe de Sansão, que foi juiz em Israel e foi considerado o homem mais forte que já existiu na face da terra. Antes, ela era uma mulher triste. Agora, ela se transformou em uma mulher feliz e realizada. Amada irmã, eu e você devemos agradecer a Deus pela bênção de ser mãe e pelas lições preciosas que aprendemos na Sua Palavra quando ela nos diz: "Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão" (Salmos 127:3). "Faz com que a mulher estéril habite em casa, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao Senhor" (Salmos 113:9). "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele" (Provérbios 22:6). "E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor" (Efésios 6:4). "Obrigada, Senhor, porque és um Pai que nos ensinas.
  • 26. Obrigada, porque confiaste em mim, dando-me cinco filhos maravilhosos para criar. Que eu, juntamente, com eles possamos adorá-Lo e sermos sempre agradecidos a Ti por toda a eternidade." Amém! A Mãe de Tiago e João - Uma Mulher Como Eu e Você "Então se aproximou dEle a mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, adorando-O, e fazendo-Lhe um pedido" (Mateus 20:20). A mãe de Tiago e João não foi uma mãe diferente de mim e de você. Para ela, Tiago e João eram ... 1- os melhores filhos do mundo; 2- aqueles que mais amavam o Senhor; 3- os que agiam com mais fidelidade. E, por estas e por tantas outras boas características que eles possuíam, ela tinha em seu coração uma reivindicação a ser feita ao Senhor. Chegando bem pertinho de Jesus, ela não temeu, nem se envergonhou mas disse-Lhe: Senhor, por favor, "dize que estes meus dois filhos se assentem, um à Tua direita e outro à Tua esquerda, no Teu reino" (Mateus 20:21). Esta sua atitude foi de uma mulher arrogante ou de uma mulher que amava tanto os filhos e conhecia tanto seus corações que não mediu esforços para, corajosamente, fazer tal pedido ao Senhor? Para as outras mães que, por acaso, se encontravam juntas a Jesus e que também amavam seus filhos, ela era uma mulher arrogante, excessivamente orgulhosa e soberba. Talvez pensaram ... 1- "Como ela se atreve a fazer tal proposta?" 2- "Ela pensa que seus filhos são melhores e mais importantes do que os nossos?" 3- "Não acredito no que estou ouvindo!" A mãe de Tiago e João não se importou com o que os outros iriam pensar. Ela amava muito seus filhos e sabia que eles amavam muito o Senhor. Ela conhecia seus corações e achava que eles mereciam sentar-se um à direita e o outro à esquerda do Senhor quando o reino fosse estabelecido. Ah, irmã, nós que somos mães jamais deveríamos censurá-la, pois, com certeza, agimos do mesmo jeito quando achamos que nosso filho ... a- é o mais inteligente de sua turma da Universidade; b- é o melhor jogador do time de basquete do colégio; c- é o mais bonito de sua turma; d- é o mais espiritual dentre os tantos jovens da igreja. Como mãe, olho para meus filhos (e agora para meus netos) com os mesmos olhos da mãe coruja. Para mim, eles são e sempre serão os melhores, os mais bonitos apesar de saber que são pecadores e cheios de defeitos. Como mãe, que sempre quer o melhor para seus filhos, eu entendo o porquê deste
  • 27. pedido da mulher de Zebedeu e mãe de Tiago e João. Mas por entender o pedido dela, isto não quer dizer que estou certa, nem que ela agiu corretamente, pois, afinal de contas, havia outros que mereciam aquela posição privilegiada. Sempre queremos o melhor para nossos filhos mas, como mulheres de Deus, devemos sempre almejar o melhor para eles sem passar por cima dos outros. E sabemos que o melhor para nossos filhos é o bem espiritual de cada um e a dedicação deles no serviço do Senhor. Pela Bíblia, sabemos que a mãe de Tiago e João chegou até Jesus com um espírito de humildade. Ela chegou junto a Ele "adorando-O e fazendo-Lhe um pedido" (Mateus 20:20b). Assim como ela, nós também devemos ser mulheres humildes, pois esta deve ser sempre uma qualidade de uma mulher segundo o coração de Deus. O que, realmente, significa humildade? De acordo com o dicionário de Aurélio Buarque, humildade é uma "virtude que nos dá o sentimento de nossa fraqueza. É também "modéstia" e "submissão". É este tipo de característica que devemos ter em nossa vida a fim de agradar a Deus. Se como mãe desejo e quero o melhor para meu filho, então, tenho que usar um meio seguro para conseguir este meu objetivo e, o único meio, é a oração. Elevar meu coração e minha alma ao Senhor em favor deles é melhor do que exigir ou insinuar. Deus está no controle de minha vida e da vida de cada um dos meus filhos. Posso pedir que Ele ... I- cuide deles e os livre das más influências deste mundo; II- os coloque no lugar perfeito que Ele escolheu; III- os fortifique em Seus caminhos; IV- os capacite a usar os dons que Ele lhes deu. Jesus, que cuida de nós, nos orienta e nos ensina em Sua Palavra, como devemos agir para agradar a Deus. Em Mateus 20:27, Ele nos diz que "qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo; Bem como o Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir e para dar a sua vida em resgate de muitos." Que lição preciosa de humildade! Se o meu Salvador, o próprio Deus, não se importou de deixar a Sua glória e vir ao mundo para servir, quanto mais eu, uma pecadora! Por que ser servida em vez de servir? Por que querer ser exaltada em vez de exaltar? Como uma mulher de Deus devo ser uma serva fiel, pronta para servi-Lo e servir a qualquer que necessitar de mim. Que o Senhor tenha sempre em Suas mãos o meu coração, transformando-o de acordo com a Sua vontade e plano perfeito para a minha vida. Além deste episódio, vemos esta mulher junto com outras mulheres fiéis aos pés de Jesus na Sua crucificação e na manhã em que Ele ressuscitou. Ela pôde ver o cumprimento de tudo que Ele havia dito: "E estavam ali, olhando de longe, muitas mulheres que tinham seguido Jesus desde a Galiléia, para o servir; Entre as quais estavam Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago e de José, e a mãe dos filhos de Zebedeu" (Mateus 27:55-56). "E, passado o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram
  • 28. aromas para irem ungi-Lo. E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do sol. E diziam umas às outras: Quem nos revolverá a pedra da porta do sepulcro: E, olhando, viram que já a pedra estava revolvida; e era ela muito grande. E, entrando no sepulcro, viram um jovem assentado à direita, vestido de uma roupa comprida branca; e ficaram espantadas. Ele, porém, disse-lhes: Não vos assusteis; buscais a Jesus Nazareno, que foi crucificado; já ressuscitou, não está aqui; eis aqui o lugar onde o puseram" (Marcos 16:1-6). A ressurreição de Cristo serviu para fortalecer ainda mais a sua fé e, provavelmente, a fortaleceu naqueles momentos difíceis (se é que estava viva) da morte de Tiago pelas mãos de Herodes Agripa. Ele se tornou o primeiro apóstolo-mártir. O Senhor também fortalece o nosso espírito com promessas preciosas na Sua Palavra ... "Disse Deus a Abraão: A Sarai tua mulher não chamarás mais pelo nome de Sarai, mas Sara será o seu nome. Porque eu a hei de abençoar, e te darei dela um filho; e a abençoarei, e será mãe das nações; reis de povos sairão dela" (Gênesis 17:15-16). Deus deu a Sara o filho que ela tanto desejava. Para ela, foi um privilégio ser mãe com a idade de noventa anos. "Faz com que a mulher estéril habite em casa, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao Senhor" (Salmo 113:9). Ser estéril e depois ser abençoada com muitos filhos? Somente o nosso Deus é capaz de fazer este tão grande milagre na vida de uma mulher. Amém! "Levantam-se seus filhos e chamam-na bem-aventurada; seu marido também, e ele a louva. Muitas filhas têm procedido virtuosamente, mas tu és, de todas, a mais excelente! (Provérbios 31:28-29). Existe alguma coisa que deixa nosso coração de mãe mais feliz do que saber que nossos filhos nos chamam de bem-aventurada? Que possamos amar nossos filhos com a mesma intensidade que a mãe de Tiago e João os amava e que, assim como ela, cheguemos humildemente aos pés do Senhor e possamos dizer: "Senhor, obrigada pelas bênçãos das tantas promessas que Tu nos dás na Tua Palavra! Obrigada, porque Tu nos ensinas que é sendo humilde que se é considerada grande no reino! Obrigada, porque aprendi que o caminho para ver os meus filhos felizes é entregando-os a Ti! Obrigada, pelo cuidado que Tu tens com a minha vida e a vida de todos aqueles que amo! Em nome de Jesus, amém! A Viúva De Sarepta - Exemplo De Humildade E Fé "E Elias disse: Não temas; vai, faze conforme à tua palavra; porém faze primeiro para mim um bolo pequeno, e traze-mo aqui; depois para ti e para teu filho." (1Re 17:13) O seu nome não sabemos mas a conhecemos como "a viúva de Sarepta". Mulher de coração bom que nos deixou um exemplo de humildade e fé no Deus que pouco a pouco
  • 29. ela foi conhecendo. Tudo começou quando o profeta Elias disse ao rei Acabe - o rei que irritou Deus mais "do que todos os reis de Israel que foram antes dele." (1Re 16:33b): "Vive o Senhor Deus de Israel, perante cuja face estou, que nestes anos nem orvalho nem chuva haverá, segundo a minha palavra." (1Re 17:1b) Esta tremenda seca atingiu a todos, até mesmo o profeta Elias. Mas Deus cuidou dele assim como cuida de todos nós, seus filhos. A Bíblia nos diz que ele foi morar perto do ribeiro de Querite, bebeu de suas águas e foi alimentado por corvos que traziam pão e carne pela manhã e pão e carne à noite. Deus estava no controle de tudo e cuidava muito bem do seu servo. Por causa do plano perfeito que o Senhor tinha para a sua vida, Ele, então, enviou Elias para Sarepta para ali viver. Lá, naquela cidade, vivia uma mulher viúva, juntamente com seu filho. Por causa da terrível seca que assolava aquela terra, ela esta prestes a morrer quando o Senhor falou com ela. O que Ele disse a esta pobre viúva, não sabemos mas a Bíblia em 1 Reis 17:9 nos diz que Ele falou com Elias o seguinte: "Levanta-te, e vai para Sarepta, que é de Sidom, e habita ali; eia que eu ordenei ali a uma mulher viúva que te sustente." Irmã, esta pobre viúva tinha apenas um punhado de farinha e um pouco de azeite para fazer um bolo que só dava para ela e para seu filho comerem e, depois, morrerem. Ah, irmã, eu não sei o que faria nesta situação! Não sei como estaria o meu coração - se aberto para ouvir o que o profeta falava (de um Deus que eu não conhecia) ou se fechado pensando apenas em mim e no meu filho. Por um lado, eu estaria agindo com amor, misericórdia e pena de alguém que, assim como eu, também estava faminto e, por outro lado, estaria agindo egoisticamente, pensando somente em mim e no meu filho. Que o Senhor, através do Seu Espírito, sempre esteja me convencendo a ter um espírito misericordioso e sempre pronto a dividir o punhado que Ele tão amorosamente me concede a cada dia! A decisão desta mulher, que estava a um passo da morte, foi uma decisão sábia, corajosa, misericordiosa e cheia de compaixão para com o profeta. Ela decidiu não só abrir a sua mão mas também o seu coração para dividir o pouco que tinha. Assim como a viúva de Sarepta, conhecemos pessoas que arriscaram suas vidas ou mesmo doaram toda a sua vida para ajudar pessoas que estavam precisando delas. Por exemplo: 1) Corrie ten Boom foi uma mulher de Deus que viveu na época da Segunda Grande Guerra Mundial, onde a mão pesada de Hittler caía sobre o povo judeu. Muitos e muitos deles foram escondidos no porão de sua casa a fim de escaparem da morte e de campos de concentração. Esta sua decisão a levou para um campo de concentração alemão onde ela foi a única dentre suas irmãs que sobreviveu. Ela arriscou a sua vida por amor a Deus e a Seu povo 2) Raabe foi uma extraordinária mulher que arriscou a sua vida porque amava a Deus. Ela ajudou os dois espias enviados por Josué, escondendo-os em sua casa para que não fossem mortos pelos homens de sua terra. Ela poderia ser morta mas agiu corajosamente e ficou do lado de Deus e do seu povo. Irmã, no nosso dia a dia também enfrentamos situações que, muitas vezes, são permitidas pelo Senhor e nos deixam atônitas. O que devemos fazer? Que medida devemos tomar? O que poderá acontecer conosco? Quando estas perguntas surgem em nossas mentes devemos recorrer ao Senhor e ver o que é que Ele quer de nós. Devemos
  • 30. esquecer o nosso egoísmo, esquecer o nosso eu e ficar do lado do Senhor e do Seu povo. Não pensemos só em nós, em nosso conforto, em nosso bel prazer mas pensemos nos que estão precisando de nós e que tipos de bênçãos podemos derramar nas vidas de outras pessoas. Que o Senhor nosso Deus nos use e nos fortaleça, dando-nos sabedoria e coragem! No livro "Mulheres Que Amaram a Deus", a autora, Elizabeth George, faz uma comparação entre a viúva de Sarepta e uma outra mulher que viveu nesta mesma época - Jezabel. Ela disse: "A Bíblia nos diz: 'Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons (Provérbios 15:3)'. Na história da vida dessas duas mulheres, vemos o mal e o bem: A Viúva de Sarepta-----------------------------------------------------Jezabel 1- Era pobre porém generosa ---------------------------------------------------- 1- Era rica e má 2- Cuidou de Elias ------------------------------------------------------------------ 2- Prometeu matar Elias 3- Acreditou no Deus Todo Poderoso ------------------------------------------- 3- Acreditava em Baal 4- Não possuía nada mas possuía tudo ----------------------------------------- 4- Possuía tudo mas não possuía nada 5- É mencionada na Palavra de Deus ------------------------------------------- 5- Morreu de forma brutal " Com qual destas duas mulheres você se parece? Com qual destas duas mulheres você quer se parecer? Você é uma mulher hospitaleira? Você tem prazer em dividir o pão que o Senhor lhe dá, diariamente? A escolha é sua. A decisão é sua. O querer agradar ao Senhor depende de você. A viúva de Sarepta é um bom exemplo para a sua vida. Siga os seus passos. Seja um exemplo de mulher que tem prazer em dividir não apenas coisas materiais mas principalmente as espirituais. Seja sensível às necessidades daqueles que o Senhor coloca diante de você. Amada irmã: aja com fé, crendo que o Senhor é Aquele que supre as suas necessidades; aja com fé, crendo que o Senhor é Aquele que vai transformá-la numa mulher hospitaleira (a sua parte é querer ser hospitaleira e a do Senhor é mudar o seu coração); aja com fé, crendo que o Senhor é Aquele que vai transformá-la na mulher do Seu coração - dócil, misericordiosa e sábia. Que o Senhor esteja nos ajudando neste tão grande desejo de mudança e de transformação! E que esta vontade tenha início AGORA para que possamos nos apresentar diante de Deus "aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar..." (2Ti 2:15) Amém! A Viúva E Suas Duas Moedas "E viu também uma pobre viúva lançar ali duas pequenas moedas" (Lucas 21:2).
  • 31. Viajando um pouco através da Bíblia, posso imaginar tudo o que aconteceu naquele dia em que Jesus, juntamente com Seus discípulos, encontrava-se sentado no templo. Chego quase a ouvir o tilintar de cada moeda que era colocada no gazofilácio por homens ricos, homens que se orgulhavam de poder colocar "tantas moedas"! A multidão entrava e saía do templo mas os olhos do Senhor se voltaram para uma pobre viúva que se encontrava junto a um destes treze gazofilácios em forma de trombeta que pendiam das paredes. Observando-a atentamente, Jesus percebeu que ela havia colocado, no receptáculo, apenas duas moedas que representavam tudo que ela tinha. Ele, que é o próprio Deus onisciente, viu naquela pobre mulher, o que os outros, ao Seu redor, jamais poderiam ver ... o amor em doar e a confiança que Deus supriria todas a suas necessidades. Enquanto os outros davam do que sobrava, ela deu tudo que possuía. Foi o Senhor mesmo quem disse: "Porque todos aqueles deitaram para as ofertas de Deus do que lhes sobeja; mas esta, da sua pobreza, deitou todo o sustento que tinha" (Lucas 21:4). Ah, amada irmã, onde está o seu coração? A Bíblia nos diz ... "Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração" (Mateus 6:21). Que o nosso coração, irmã, não esteja repousando no nosso tesouro, seja ele um grande ou um pequeno tesouro, pois isto não agrada a Deus. Várias passagens bíblicas servem de conselho àquelas pessoas que amam mais ao dinheiro do que a Deus (Serei eu? Será você? Seremos nós?).Vamos bombardear as nossas vidas com a Palavra de Deus a fim de podermos seguir os mesmos passos desta viúva elogiada por Jesus. 1- O apóstolo Pedro, amorosamente, nos aconselha a não sermos gananciosos ... "... não por torpe ganância, mas de ânimo pronto" (1 Pedro 5:2). 2- O autor de Hebreus nos aconselha através de uma sábia advertência ... "Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei" (Hebreus 13:5). 3- O apóstolo Paulo também nos aconselha e adverte ... "Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males" (1 Timóteo 6:10). Obs. Devo salientar que não há nenhum mal em se ter dinheiro mas o amor ao dinheiro é que é "a raiz de toda espécie de males". Estes conselhos e advertências não são direcionados apenas aos descrentes mas são também para nós crentes que, como todo mundo, somos atraídas pelo dinheiro que se torna uma grande e perigosa barreira entre nós e o Senhor. Ele nos alerta quanto a isto quando diz: "Nenhum servo pode servir a dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom" Lucas 16:13). Ann Spangler e Jean Syswerda no livro "Elas" nos diz que ... "A história da viúva e de suas duas moedas de cobre nos lembra de que o reino de Deus funciona sobre princípios completamente diferentes daqueles do reino deste mundo. Na economia divina, o tamanho da oferta não é importante; o que importa é o tamanho do coração do doador." Amada irmã, tenho uma série de exercícios que irão ajudá-la a fortalecer o seu coração e transformá-la numa mulher bela aos olhos do Pai. Eles são ...
  • 32. 1) Leia a Palavra de Deus, diariamente. "Lâmpada para os meus pés é a Tua palavra, e luz para o meu caminho" (Salmo 119:105). 2) Decore versículos e guarde-os em seu coração, diariamente. "Escondi a Tua palavra no meu coração, para eu não pecar contra Ti" (Salmo 119:11). 3) Lembre, diariamente, que o coração do rei está na mão do Senhor, e o seu também. "Como ribeiros de água assim é o coração do rei na mão do Senhor, que o inclina a todo o Seu querer" (Provérbios 21:1). 4) Ore sem cessar, diariamente, e sinta que o seu coração, a cada dia, se fortalece. "Orai sem cessar ... porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco" (1 Tessalonicenses 5:17-18). Exercite sempre o seu coração para que ele fique no centro da vontade de Deus. Veja que, ao exercitá-lo, ele vai, pouco a pouco, se fortalecendo e você vai se transformando numa mulher de honra, numa mulher que deseja sempre agradar ao Senhor. A viúva que deu as duas moedas e que foi elogiada por Jesus, deve ser o exemplo de mulher a ser seguido por você e por mim. Jesus disse que ela deu tudo que possuía, deu todo o seu sustento. Ela confiava em Deus e sabia que Ele cuidaria dela. Observando este quadro podemos visualizá-la repousando, confiantemente, nos braços do Senhor. É assim que eu e você devemos fazer - confiar e repousar. Amada irmã, Deus deve ser a primeira pessoa em nossa vida. Por isso, antes de pagarmos qualquer coisa, coloquemos no gazofilácio o que propusemos em nosso coração (agora já bem forte, bem exercitado!). Não toquemos as trombetas para que o mundo veja "o quanto demos" mas ofertemos ao Senhor de coração e Ele, só Ele poderá ver a sinceridade da nossa oferta. A história desta mulher de Deus, desta viúva, que deu suas duas únicas moedas a Deus, foi registrada na Bíblia. Certamente, irmã, suas ofertas estão também sendo registradas lá no céu. Veja que conselho sábio do Senhor Jesus para a nossa vida ... "Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam" (Mateus 6:19). "Senhor Deus, obrigada porque Tu és um Deus que não julgas pela aparência mas vês o coração. Obrigada, Pai, pela minha situação financeira, pela saúde e força que Tu me dás. Transforma o meu coração, Senhor, e faze-me uma mulher generosa e cheia de fé. Que eu possa sempre repousar em Teus braços fortes e amorosos. Amém!" Abigail Uma Mulher Bela, Generosa, Sábia E Cheia De Virtudes “Abigail... era a mulher de bom entendimento e formosa...” (1Sa 25:3).
  • 33. Abigail era uma mulher formosa que amava o Senhor. Ela estava sendo refinada como a prata mas, pacientemente, aceitava os ensinamentos de Deus. A cada dia, ela aprendia a conviver com um marido (Nabal) insensato, tolo e sem nenhuma sabedoria. Apesar da Bíblia não relatar como era o seu trabalho no lar, supomos que ela era uma boa dona de casa e uma esposa exemplar. Além destas qualidades que agradavam a Deus, ela ainda era generosa, inteligente e uma mulher pacificadora. Observando o seu marido, podemos ver que ele era um homem duro e muito mau. Por causa da dureza do seu coração, recusando ajudar com víveres a Davi e seus companheiros, ele pôs em risco a sua vida, a da sua família e servos. Em 1 Samuel 25:14-17 a Bíblia nos diz que Abigail foi avisada deste procedimento insensato do seu marido. Veja como tudo aconteceu: ”Porém um dentre os moços o anunciou a Abigail, mulher de Nabal, dizendo: Eis que Davi enviou mensageiros desde o deserto a saudar o nosso amo; porém ele os destratou. Todavia, aqueles homens têm-nos sido muito bons, e nunca fomos agravado por eles, e nada nos faltou em todos os dias que convivemos com eles quando estavam ao campo. De muro em redor nos serviram, assim de dia como de noite, todos os dias que andamos com eles apascentando as ovelhas. Considera, pois, e vê o que hás de fazer, porque o mal já está de todo determinado contra o nosso amo e contra toda a sua casa, e ele é um homem vil, que não há quem lhe possa falar.” Homem rico, porém tolo e insensato! Observando estes versículos podemos ver que o relacionamento entre Abigail e seus servos era de pura confiança, enquanto o de Nabal com eles era de completa desconfiança. Ao examinarmos o nosso caminhar diário podemos saber de que lado estamos: *Será que sou parecida com Abigail, uma mulher equilibrada, sábia e dócil de coração? *Ou será que sou mais parecida com Nabal, um homem duro nas decisões, autoritário e com um coração insensível? Posso descobrir de que lado estou observando: *Como trato meu marido; *Como trato meus filhos; *Como trato aquela (s) pessoa (s) que me ajuda (m) no trabalho de casa. Você é uma mulher mansa, dócil, compreensiva assim como Abigail? Ou você é uma mulher rixosa como a esposa de Jó? Irmã, cabe a nós decidirmos se queremos estar no centro da vontade de Deus agradando-O, ou se queremos andar com nossos próprios pés fazendo o que agrada à nossa carne. “Senhor, que eu decida Te agradar, andar no centro da Tua vontade, mesmo tendo que enfrentar inimigos, o inimigo das nossas almas, tribulações, privações... Aceita, a minha oração e ‘cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.’ Fortalece, Senhor, o meu caráter e aumenta a minha fé! Amém!” Por causa da resposta insensata de Nabal, Abigail teve que agir com rapidez e sabedoria a fim de salvar a vida de seu marido, de toda a sua família e de seus servos. Certamente, Abigail era uma mulher submissa a seu esposo, porém quando ela viu o grande erro que ele havia cometido, ela preferiu seguir o seu coração que era, na verdade, mais submisso a Deus.