SlideShare uma empresa Scribd logo
AULA 1
Tema: Jesus Cristo
Professora: Isabel França
LIÇÃO 1 – A NECESSIDADE HUMANA: O PROBLEMA DO
PECADO
•O que é Pecado?
- Transgressão dos
mandamentos de Deus
“Todo aquele que pratica o pecado
transgride a Lei; de fato, o pecado
é a transgressão da Lei.”
1 João 3:4
Como o pecado entra na gente? O homem nasce bom, certo?
“O homem nasce bom e a sociedade o corrompe.”
Rousseau
tanto judeus como gregos, todos estão debaixo
do pecado, como está escrito: Não há um justo,
nem um sequer. Não há ninguém que entenda;
não há ninguém que busque a Deus.
Romanos 3.9-11
Porque todos pecaram e destituídos estão da
glória de Deus
Romanos 3.23
”
“
”
“
Por que nascemos com uma
natureza pecaminosa?
Pelo que, como por um homem
entrou o pecado no mundo, e pelo
pecado, a morte, assim também a
morte passou a todos os homens,
por isso que todos pecaram.
Romanos 5.12
”
“
?
?
Pecado Original
O Senhor Deus colocou o homem no
jardim do Éden para cuidar dele e
cultivá-lo. E o Senhor Deus ordenou ao
homem: “Coma livremente de qualquer
árvore do jardim, mas não coma da
árvore do conhecimento do bem e do
mal, porque no dia em que dela comer,
certamente você morrerá.
Gênesis 2.15-17
”
“
Consequências do Pecado Original
• Morte espiritual (Rm 6.23)
- perca de comunhão com Deus, medo,
vergonha, egoísmo...
•Morte física (Ec 12.7)
• Morte eterna (Mt 25.46)
•Maldição sobre a terra (Gn
3.16-19)
- dores, doenças, trabalhar para comer...
• Antes do nascimento do Filho de Deus, o Pai ofereceu várias
possibilidades de arrependimento aos seres humanos (Hb 1.1-3)
- Deus enviou profetas para lembrar ao povo sua aliança com Abraão.
Mas as suas maldades
separaram vocês do seu
Deus; os seus pecados
esconderam de vocês o
rosto dele, e por isso ele
não os ouvirá.
Isaías 59.2
”
“
Homem
pecador
DEUS
santo
Pecado
Morte eterna
Porque Deus amou o
mundo de tal maneira que
deu o seu Filho unigênito,
para que todo aquele que
nele crê não pereça, mas
tenha a vida eterna.
João 3.16
”
“
Homem
pecador
DEUS
santo
O PLANO DE DEUS : O SALVADOR
Morte eterna
Jesus Cristo foi o Salvador mesmo?
?
?
O que o Novo
Testamento fala sobre
Jesus Cristo?
O que o Antigo
Testamento fala sobre
o Salvador?
LIÇÃO 2 – QUEM É JESUS, QUAL O SEU CARÁTER E
MINISTÉRIO
NASCIMENTO – Simplicidade e glória
- Seu nascimento foi anunciado por anjos: a Maria (Lc 1.26-
33), a José (Mt 1.2,21) e a pastores (Lc 2.8-14)
- Foi concebido pelo poder de Deus em uma jovem virgem
(Lc 1.35-36)
- Nasceu em um estábulo em Belém (Lc 2.4-7)
- Recebeu a visita de pastores (Lc 2.15-20) e de magos do
Oriente que o presentearam com ouro, incenso e mirra.
-Aos 30 anos foi batizado por João Batista
(para cumprir a vontade do Pai)
“Assim que Jesus foi batizado, saiu da água.
Naquele momento o céu se abriu, e ele viu o
Espírito de Deus descendo como pomba e
pousando sobre ele. Então uma voz dos céus disse:
‘Este é o meu Filho amado, em quem me agrado’”.
(Lucas 3.16,17)
MINISTÉRIO – Batismo
-Jejum de 40 dias no deserto;
-Foi capacitado pelo Espírito Santo;
-Iniciou o seu ministério pregando:
“Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo”.
(Mateus 4.17)
-Pregava nas sinagogas, nos montes e em todas as
cidades do entorno do mar da Galileia, anunciando a
salvação;
-Pregação acessível e genuína: fazia uso de parábolas,
esclarecia as leis de Moisés e falava com autoridade;
-Realizava curas, expulsava demónios e ressuscitava
mortos.
MINISTÉRIO
“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele
me ungiu para pregar boas novas aos pobres.
Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos
e recuperação da vista aos cegos, para libertar os
oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor”
(Lucas 4.16-19)
“Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou
consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o
ministério da reconciliação”. (2 Coríntios 5.18)
MINISTÉRIO – Libertação e reconciliação
-Jesus foi rejeitado e insultado principalmente pelos líderes judeus;
-Eles tinham uma falsa expectativa.
MINISTÉRIO – Rejeição
EXPECTATIVA
-Rei que iria
libertar o povo
de Israel dos
Romanos
-Estabelecer um
reino terreno
-Rei que veio
libertar todo o
mundo do
pecado
-Estabelecer
um reino
terreno e
celestial
REALIDADE
x
• Jesus Cristo possui duas naturezas, uma
humana e outra divina.
NATUREZA E CARÁTER – A imagem do Pai
“embora sendo Deus, não considerou
que o ser igual a Deus era algo a que devia
apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo,
vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos
homens. E, sendo encontrado
em forma humana, humilhou-se a si mesmo
e foi obediente até a morte, e morte de cruz.”
(Filipenses 2.5-8)
SÁBIO
CUIDADOSO
INSTRUTOR
IRREPREENSÍVEL
“Ninguém nunca viu Deus. Somente o Filho único, que é Deus e está
ao lado do Pai, foi quem nos mostrou quem é Deus.” (João 1:18)
AMOROSO
JUSTO
MISERICORDIOSO
PERDOADOR
Mateus 22:15-22
João 17:1-26
Marcos 1:14
Efésios 1:3,4
João 13.1/João 15:13
Mateus
3:15/1Pedro3:1
Mateus9:36
LIÇÃO 3 – A MORTE E RESSURREIÇÃO DE JESUS
• O pecado entrou no mundo através de um homem e por meio de outro
homem muitos são salvos (Rm.12-21)
• O sacrifício na cruz constituiu o cumprimento da justiça de Deus, um
sacrifício único e definitivo que liberta todos que creem nele. (Hb 9.28;
10.14)
Não obedeceu
Trouxe morte
Obedeceu em tudo
Trouxe vida eterna
ADÃO JESUS
“Portanto, visto que os filhos são pessoas de carne e
sangue, ele também participou dessa condição humana,
para que, por sua morte, derrotasse aquele que tem o
poder da morte, isto é, o Diabo, e libertasse aqueles que
durante toda a vida estiveram escravizados pelo medo da
morte.Pois é claro que não é a anjos que ele ajuda, mas aos
descendentes de Abraão. Por essa razão era necessário que
ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os
aspectos, para se tornar sumo sacerdote misericordioso e
fiel com relação a Deus, e fazer propiciação pelos pecados
do povo. Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu
quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que
também estão sendo tentados.”
(Hebreus 2.14-18)
RESURREIÇÃO
• Ele mesmo disse como morreria e que ao
terceiro dia ressuscitaria;
• A ressurreição, cumpre uma promessa milenar
(Daniel 12.2);
• O primeiro ressuscitado para a vida eterna
(1 Coríntios 15.20-23);
• Viveu na terra por 40 dias após ressuscitado e
apareceu a cerca de 500 pessoas (1 Coríntios
15.6).
RESURREIÇÃO - Evidências
1. Crucificação – confirmada por fontes extra bíblicas
2. O túmulo vazio de Jesus
3. As mulheres foram as primeiras testemunhas
4. A nova coragem dos Apóstolos de Jesus
5. Grande multidão de testemunhas oculares
6. Conversão de Paulo
7. Eles morreram por Jesus
8. Os evangelhos e cartas do Novo Testamento
E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé.
1 Coríntios 15:14
PROFECIAS - Nascimento
• Miqueias 5.2,3
“Mas tu, Belém-Efrata, embora
pequena entre os clãsde
Judá, de ti virá para mim
aquele que será o governante
sobre Israel. Suas origens estão
no passado distante, em
tempos antigos. Por isso os
israelitas serão abandonados
até que aquela que está em
trabalho de parto dê à luz.”
•Isaías 7.14
“o Senhor mesmo
lhes dará um sinal:
a virgem ficará
grávida e dará à luz
um filho, e o
chamará Emanuel”
PROFECIAS - Ministério
•Isaías 9.1-7
“Contudo, não haverá mais escuridão para
os que estavam aflitos. No passado ele
humilhou a terra de Zebulom e de Naftali,
mas no futuro honrará a Galiléia dos
gentios, o caminho do mar, junto ao Jordão.
O povo que caminhava em trevas viu uma
grande luz; [...] Porque um menino nos
nasceu, um filho nos foi dado, e o governo
está sobre os seus ombros. E ele será
chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus
Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz.”
•Isaías 35.5,6
“Então se abrirão
os olhos dos
cegos e se
destaparão os
ouvidos dos
surdos. Então os
coxos saltarão
como o cervo, e a
língua do mudo
cantará de
alegria.”
PROFECIAS - Morte
• Gênesis 3.15
“Porei inimizade entre você e a mulher,
entre a sua descendência e o descendente dela;
este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o
calcanhar”
•Isaías 53
Jesus Cristo foi o Salvador mesmo?
?
?
Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós.
Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai,
cheio de graça e de verdade.
João 1:14
REFERÊNCIA
Bíblia de Estudo Arqueológica NVI/Equipe de tradução:
Claiton André Kunz, Eliseu Manoel dos Santos e Marcelo
Smargiasse; Prefácio da Edição Brasileira: Luiz Sayão _
São Paulo: Editora Vida, 2013.
Bíblia Almeida Revista e Corrigida 2009 Online

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a JESUS CRISTO, AULA.pdf

As lições de Jesus no caminho de Emaús
As lições de Jesus no caminho de EmaúsAs lições de Jesus no caminho de Emaús
As lições de Jesus no caminho de Emaús
Juraci Rocha
 
Chamada E Escolha
Chamada E EscolhaChamada E Escolha
Chamada E Escolha
Pastor Robson Colaço
 
Passos bíblicos para o fim
Passos bíblicos para o fimPassos bíblicos para o fim
Passos bíblicos para o fim
abimaelfilho
 
Porquê Jesus - O Deus-Homem
Porquê Jesus - O Deus-HomemPorquê Jesus - O Deus-Homem
Porquê Jesus - O Deus-Homem
Apologética em Português
 
Estudando plano salvacao
Estudando plano salvacaoEstudando plano salvacao
Estudando plano salvacao
Elias Nogueira
 
3 mistério
3 mistério3 mistério
3 mistério
pgshama
 
A natureza humana de cristo
A natureza humana de cristoA natureza humana de cristo
A natureza humana de cristo
Monteiro07
 
O oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristoO oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristo
dimas campos
 
O oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristoO oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristo
dimas campos
 
34. apocalipse 1
34. apocalipse 134. apocalipse 1
34. apocalipse 1
pohlos
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Erberson Pinheiro
 
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráterLição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Erberson Pinheiro
 
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTOA NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
ASD Remanescentes
 
Resplandecer
ResplandecerResplandecer
Resplandecer
lucena
 
Os Acontecimentos dos tempos_do_fim
Os Acontecimentos dos tempos_do_fimOs Acontecimentos dos tempos_do_fim
Os Acontecimentos dos tempos_do_fim
Midia Jornalismo
 
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
NeyCardoso4
 
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdfarrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
roberto bueno
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolha
lucena
 
Jesus Cristo, o Modelo Supremo de Caráter
Jesus Cristo, o Modelo Supremo de CaráterJesus Cristo, o Modelo Supremo de Caráter
Jesus Cristo, o Modelo Supremo de Caráter
Márcio Martins
 
Os 5 Pontos Do Calvinismo
Os 5 Pontos Do CalvinismoOs 5 Pontos Do Calvinismo
Os 5 Pontos Do Calvinismo
prmaycon
 

Semelhante a JESUS CRISTO, AULA.pdf (20)

As lições de Jesus no caminho de Emaús
As lições de Jesus no caminho de EmaúsAs lições de Jesus no caminho de Emaús
As lições de Jesus no caminho de Emaús
 
Chamada E Escolha
Chamada E EscolhaChamada E Escolha
Chamada E Escolha
 
Passos bíblicos para o fim
Passos bíblicos para o fimPassos bíblicos para o fim
Passos bíblicos para o fim
 
Porquê Jesus - O Deus-Homem
Porquê Jesus - O Deus-HomemPorquê Jesus - O Deus-Homem
Porquê Jesus - O Deus-Homem
 
Estudando plano salvacao
Estudando plano salvacaoEstudando plano salvacao
Estudando plano salvacao
 
3 mistério
3 mistério3 mistério
3 mistério
 
A natureza humana de cristo
A natureza humana de cristoA natureza humana de cristo
A natureza humana de cristo
 
O oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristoO oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristo
 
O oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristoO oficio sacerdotal de cristo
O oficio sacerdotal de cristo
 
34. apocalipse 1
34. apocalipse 134. apocalipse 1
34. apocalipse 1
 
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo TestamentoLição 7 - Missões no Antigo Testamento
Lição 7 - Missões no Antigo Testamento
 
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráterLição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
Lição 13 - Jesus cristo, o modelo supremo de caráter
 
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTOA NATUREZA HUMANA DE CRISTO
A NATUREZA HUMANA DE CRISTO
 
Resplandecer
ResplandecerResplandecer
Resplandecer
 
Os Acontecimentos dos tempos_do_fim
Os Acontecimentos dos tempos_do_fimOs Acontecimentos dos tempos_do_fim
Os Acontecimentos dos tempos_do_fim
 
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
.......A CRUZ E O PLANO DA REDENCAO.pptx
 
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdfarrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
arrebatamento-marca-da-besta-grande-tribulacao.pdf
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolha
 
Jesus Cristo, o Modelo Supremo de Caráter
Jesus Cristo, o Modelo Supremo de CaráterJesus Cristo, o Modelo Supremo de Caráter
Jesus Cristo, o Modelo Supremo de Caráter
 
Os 5 Pontos Do Calvinismo
Os 5 Pontos Do CalvinismoOs 5 Pontos Do Calvinismo
Os 5 Pontos Do Calvinismo
 

Último

Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 

Último (14)

Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 

JESUS CRISTO, AULA.pdf

  • 1. AULA 1 Tema: Jesus Cristo Professora: Isabel França
  • 2. LIÇÃO 1 – A NECESSIDADE HUMANA: O PROBLEMA DO PECADO •O que é Pecado? - Transgressão dos mandamentos de Deus “Todo aquele que pratica o pecado transgride a Lei; de fato, o pecado é a transgressão da Lei.” 1 João 3:4
  • 3. Como o pecado entra na gente? O homem nasce bom, certo? “O homem nasce bom e a sociedade o corrompe.” Rousseau tanto judeus como gregos, todos estão debaixo do pecado, como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. Não há ninguém que entenda; não há ninguém que busque a Deus. Romanos 3.9-11 Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus Romanos 3.23 ” “ ” “
  • 4. Por que nascemos com uma natureza pecaminosa? Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram. Romanos 5.12 ” “ ? ?
  • 5. Pecado Original O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo. E o Senhor Deus ordenou ao homem: “Coma livremente de qualquer árvore do jardim, mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá. Gênesis 2.15-17 ” “
  • 6. Consequências do Pecado Original • Morte espiritual (Rm 6.23) - perca de comunhão com Deus, medo, vergonha, egoísmo... •Morte física (Ec 12.7) • Morte eterna (Mt 25.46) •Maldição sobre a terra (Gn 3.16-19) - dores, doenças, trabalhar para comer...
  • 7. • Antes do nascimento do Filho de Deus, o Pai ofereceu várias possibilidades de arrependimento aos seres humanos (Hb 1.1-3) - Deus enviou profetas para lembrar ao povo sua aliança com Abraão.
  • 8. Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá. Isaías 59.2 ” “ Homem pecador DEUS santo Pecado Morte eterna
  • 9. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3.16 ” “ Homem pecador DEUS santo O PLANO DE DEUS : O SALVADOR Morte eterna
  • 10. Jesus Cristo foi o Salvador mesmo? ? ? O que o Novo Testamento fala sobre Jesus Cristo? O que o Antigo Testamento fala sobre o Salvador?
  • 11. LIÇÃO 2 – QUEM É JESUS, QUAL O SEU CARÁTER E MINISTÉRIO NASCIMENTO – Simplicidade e glória - Seu nascimento foi anunciado por anjos: a Maria (Lc 1.26- 33), a José (Mt 1.2,21) e a pastores (Lc 2.8-14) - Foi concebido pelo poder de Deus em uma jovem virgem (Lc 1.35-36) - Nasceu em um estábulo em Belém (Lc 2.4-7) - Recebeu a visita de pastores (Lc 2.15-20) e de magos do Oriente que o presentearam com ouro, incenso e mirra.
  • 12. -Aos 30 anos foi batizado por João Batista (para cumprir a vontade do Pai) “Assim que Jesus foi batizado, saiu da água. Naquele momento o céu se abriu, e ele viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele. Então uma voz dos céus disse: ‘Este é o meu Filho amado, em quem me agrado’”. (Lucas 3.16,17) MINISTÉRIO – Batismo
  • 13. -Jejum de 40 dias no deserto; -Foi capacitado pelo Espírito Santo; -Iniciou o seu ministério pregando: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo”. (Mateus 4.17) -Pregava nas sinagogas, nos montes e em todas as cidades do entorno do mar da Galileia, anunciando a salvação; -Pregação acessível e genuína: fazia uso de parábolas, esclarecia as leis de Moisés e falava com autoridade; -Realizava curas, expulsava demónios e ressuscitava mortos. MINISTÉRIO
  • 14. “O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos e proclamar o ano da graça do Senhor” (Lucas 4.16-19) “Tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação”. (2 Coríntios 5.18) MINISTÉRIO – Libertação e reconciliação
  • 15. -Jesus foi rejeitado e insultado principalmente pelos líderes judeus; -Eles tinham uma falsa expectativa. MINISTÉRIO – Rejeição EXPECTATIVA -Rei que iria libertar o povo de Israel dos Romanos -Estabelecer um reino terreno -Rei que veio libertar todo o mundo do pecado -Estabelecer um reino terreno e celestial REALIDADE x
  • 16. • Jesus Cristo possui duas naturezas, uma humana e outra divina. NATUREZA E CARÁTER – A imagem do Pai “embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até a morte, e morte de cruz.” (Filipenses 2.5-8)
  • 17. SÁBIO CUIDADOSO INSTRUTOR IRREPREENSÍVEL “Ninguém nunca viu Deus. Somente o Filho único, que é Deus e está ao lado do Pai, foi quem nos mostrou quem é Deus.” (João 1:18) AMOROSO JUSTO MISERICORDIOSO PERDOADOR Mateus 22:15-22 João 17:1-26 Marcos 1:14 Efésios 1:3,4 João 13.1/João 15:13 Mateus 3:15/1Pedro3:1 Mateus9:36
  • 18. LIÇÃO 3 – A MORTE E RESSURREIÇÃO DE JESUS • O pecado entrou no mundo através de um homem e por meio de outro homem muitos são salvos (Rm.12-21) • O sacrifício na cruz constituiu o cumprimento da justiça de Deus, um sacrifício único e definitivo que liberta todos que creem nele. (Hb 9.28; 10.14) Não obedeceu Trouxe morte Obedeceu em tudo Trouxe vida eterna ADÃO JESUS
  • 19. “Portanto, visto que os filhos são pessoas de carne e sangue, ele também participou dessa condição humana, para que, por sua morte, derrotasse aquele que tem o poder da morte, isto é, o Diabo, e libertasse aqueles que durante toda a vida estiveram escravizados pelo medo da morte.Pois é claro que não é a anjos que ele ajuda, mas aos descendentes de Abraão. Por essa razão era necessário que ele se tornasse semelhante a seus irmãos em todos os aspectos, para se tornar sumo sacerdote misericordioso e fiel com relação a Deus, e fazer propiciação pelos pecados do povo. Porque, tendo em vista o que ele mesmo sofreu quando tentado, ele é capaz de socorrer aqueles que também estão sendo tentados.” (Hebreus 2.14-18)
  • 20. RESURREIÇÃO • Ele mesmo disse como morreria e que ao terceiro dia ressuscitaria; • A ressurreição, cumpre uma promessa milenar (Daniel 12.2); • O primeiro ressuscitado para a vida eterna (1 Coríntios 15.20-23); • Viveu na terra por 40 dias após ressuscitado e apareceu a cerca de 500 pessoas (1 Coríntios 15.6).
  • 21. RESURREIÇÃO - Evidências 1. Crucificação – confirmada por fontes extra bíblicas 2. O túmulo vazio de Jesus 3. As mulheres foram as primeiras testemunhas 4. A nova coragem dos Apóstolos de Jesus 5. Grande multidão de testemunhas oculares 6. Conversão de Paulo 7. Eles morreram por Jesus 8. Os evangelhos e cartas do Novo Testamento E, se Cristo não ressuscitou, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. 1 Coríntios 15:14
  • 22. PROFECIAS - Nascimento • Miqueias 5.2,3 “Mas tu, Belém-Efrata, embora pequena entre os clãsde Judá, de ti virá para mim aquele que será o governante sobre Israel. Suas origens estão no passado distante, em tempos antigos. Por isso os israelitas serão abandonados até que aquela que está em trabalho de parto dê à luz.” •Isaías 7.14 “o Senhor mesmo lhes dará um sinal: a virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e o chamará Emanuel”
  • 23. PROFECIAS - Ministério •Isaías 9.1-7 “Contudo, não haverá mais escuridão para os que estavam aflitos. No passado ele humilhou a terra de Zebulom e de Naftali, mas no futuro honrará a Galiléia dos gentios, o caminho do mar, junto ao Jordão. O povo que caminhava em trevas viu uma grande luz; [...] Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz.” •Isaías 35.5,6 “Então se abrirão os olhos dos cegos e se destaparão os ouvidos dos surdos. Então os coxos saltarão como o cervo, e a língua do mudo cantará de alegria.”
  • 24. PROFECIAS - Morte • Gênesis 3.15 “Porei inimizade entre você e a mulher, entre a sua descendência e o descendente dela; este lhe ferirá a cabeça, e você lhe ferirá o calcanhar” •Isaías 53
  • 25. Jesus Cristo foi o Salvador mesmo? ? ?
  • 26. Aquele que é a Palavra tornou-se carne e viveu entre nós. Vimos a sua glória, glória como do Unigênito vindo do Pai, cheio de graça e de verdade. João 1:14
  • 27. REFERÊNCIA Bíblia de Estudo Arqueológica NVI/Equipe de tradução: Claiton André Kunz, Eliseu Manoel dos Santos e Marcelo Smargiasse; Prefácio da Edição Brasileira: Luiz Sayão _ São Paulo: Editora Vida, 2013. Bíblia Almeida Revista e Corrigida 2009 Online